Vous êtes sur la page 1sur 5

1 - "EU LHES DOU ESSE NOVO MANDAMENTO:

AMEM UNS AOS OUTROS. Assim como eu os amei,


amem também uns aos outros. Se tiverem amor uns
pelos outros, todos saberão que são meus
seguidores".
Palavras de Jesus Cristo

Como se tornam cada vez mais freqüentes e comuns


afirmações como essas:
"Lugar de mulher é na cozinha" e "quem gosta da
mulher, deixa ela em casa".
"Homem é assim mesmo; não presta por natureza.
Costuma ser grosso, estúpido e infiel, e na maioria das
vezes só pensa em si mesmo".
"Meu pai e minha mãe não estão com nada. O "clique"
deles está sempre atrasado. Enquanto eles ainda estão num
XT eu já fui e voltei no meu Pentium. Além disso, vivem
pegando no meu pé: cuida disso, cuida daquilo, não
volta muito tarde, cuidado com as amizades. São um
pé no ""saco".

Irmãos, amigos, será que nunca ouvimos nada parecido


com as frases que acabei de citar, em nossas rodas de
amizade? Será que estas afirmações já não estão sendo
ouvidas em nossos lares também?

Uma pergunta inicial: serão nossos lares, LARES


FELIZES? Reinam neles harmonia, a compreensão, o amor?
Eu acredito que se perguntássemos nesta hora se todos
não gostariam que em seus lares reinassem harmonia, a
compreensão e o amor, que teríamos a mesma
resposta:CLARO QUE SIM! Diante de tal resposta eu logo
perguntaria: Um lar assim, está ao alcance de todos? E
antes que alguém responda, eu mesmo digo, para que
ninguém tenha dúvidas a esse respeito: SIM, ESTÁ.

O Salvador Jesus, em nosso texto nos apresenta o mapa


da mina, o segredo de um lar feliz, ao dizer: "AMEM UNS
AOS OUTROS, ASSIM COMO EU OS AMEI".

Por acaso não é a falta deste tipo de amor que Jesus


aconselha, a causa de tantos conflitos entre marido e
mulher, entre pais e filhos, e entre irmãos? Não é verdade
que o que mais se vê são pessoas egoístas, que só
pensam em si mesmas, em seu bem, em sua
felicidade, em seu prazer, em sua auto satisfação e
realização? POIS JESUS VEIO TRANSFORMAR ESTE
CONCEITO EGOÍSTA DE AMOR, apresentado-se a si mesmo
como exemplo a ser seguido ao afirmar: "AMEM-SE UNS
AOS OUTROS COMO EU OS AMEI".

JESUS, na verdade, nunca foi egoísta. Querem ver?

Ele que era e é Deus com o Pai e o Espírito Santo, "não


exigiu nem tampouco se apegou a seu direitos como
Deus, mas pôs de lado seu imenso poder e sua glória
assumindo a forma de servo", tornando-se homem igual
a nós (Fp 2.6-7)

Ele que era e é o Senhor e proprietário de todas as


coisas, nasce pobre numa estrebaria, passa fome, sede, não
tem nem sequer uma pedra sobre a qual reclinar sua
cabeça, para enriquecer a nós, os pobres de espírito que
nele crêem.

Ele que tinha e tem o direito de condenar ao inferno a


todos os pecadores, tomou sobre si os nossos pecados e por
causa deles foi condenado. Ele que é o Senhor da vida,
enfrenta a morte de cruz para que os que nele crêem,
tenham a vida sem fim.

Este, amigos, é o amor de Cristo, AMOR QUE NÃO


PENSA EM SEU PRÓPRIO BEM ESTAR, mas sim, no bem
estar do outro, amor que não trata de levar vantagem para
si mesmo, mas sim, que está pronto ao sacrifício em favor
do outro.
Este é o amor que nos salvou do poder do pecado, da
morte e de satanás, e que nos concede, além disso tudo,
quando cremos, a força, o poder, e o ânimo para amar
como ele amou.

Sim, este é o amor de Cristo que nos quer servir de


modelo para o nosso amor.
Diante disso eu pergunto: PODE QUALQUER UM
PRATICAR O AMOR DE JESUS? Na verdade somente
aquele que já foi atingido pelo seu amor, aquele que:
1) HUMILDEMENTE RECONHECE: "Senhor, não
tenho amado como tu queres que eu ame".;

2) ARREPENDIDO SUPLICA: "Perdoa-me, por causa


de Jesus" e, que então, perdoado

3) PROMETE: "Eu quero amar como tu queres. Para tal


fim, ajuda-me, Senhor".

Queremos lares felizes, abençoados? Então busquemos,


pois, em primeiro lugar, forças no amor de Cristo.
Se assim procedermos, com certeza teremos:
a) CÔNJUGES ATENCIOSOS, carinhosos, pacientes,
fiéis, que respeitam, que perdoam e pedem perdão, que se
sacrificam em favor da pessoa amada;
b) FILHOS QUERIDOS, que honram, respeitam, e no
Senhor obedecem seus pais.

Que Deus nos dê lares onde o amor de Cristo seja


praticado. Que cada um de nós examine-se para ver se tem
ou não cumprido a vontade de Jesus que é o SEGREDO DE
LARES FELIZES, a saber, o "AMEM UNS AOS OUTROS,
ASSIM COMO EU OS AMEI".
Que assim seja. Amém.
Mensagem do reverendo Egon Martim Seibert - Pastor
da IELB e Capelão da ULBRA.