Vous êtes sur la page 1sur 144

I

Contents
Introdução ............................................................................................................ 1
X Antes de Você Iniciar ................................................................................... 1
X Se precisar de mais Ajuda .......................................................................... 2
X Documentação Adicional............................................................................ 2
X Programa de Informação de Performance do Mastercam .............. 3

Melhorias Gerais no Sistema................................................................ 7


X Mudanças no Local de Instalação ........................................................... 7
X Nova extensão dos arquivos ...................................................................... 7
X Instalação separada para o Mastercam Arte ........................................ 8
X Melhorias no Plano Dinâmico .................................................................. 9
X Tutorial: Criando uma nova vista usando o Planos Dinâmico.. 9
X Controles de Incremento ........................................................................... 13
X Marcações visuais ........................................................................................ 13
X Tamanho das Janelas .................................................................................. 14
X Destacar a Barra de Funções ................................................................... 14
X Mudança do Padrãoo ao Importar Sólidos ......................................... 14
X Atualizações nos Conversores ................................................................ 15

Melhorias no Modelamento ................................................................. 17


X Atribuindo Cores para as faces do Sólido .......................................... 17
X Tutorial: Ajustando as cores para as faces do sólido e car-
acterísticas .................................................................................. 17
X Função Arranjo em sólidos ...................................................................... 21
X Tutorial: Criando um arranjo circular em sólido ..................... 21
X Ferramentas de Análise de Sólidos e Superfícies ........................... 25
X Tutorial: Analizando ângulo de inclinação e curvatura da peça.
II • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

25
X Alterar vistas com Janelas de sólidos abertas ................................... 30
X Entrando com Diâmetros rapidamente ................................................ 30
X Tutorial: Criando um círculo baseado no tamanho de uma rosca
30
X Melhorias na Crianção de Bolt Circle .................................................. 32

Melhorias Fresamento - Geral .......................................................... 35


X Novo formato da Biblioteca de Ferramentas..................................... 35
X Montagem de Ferramentas ....................................................................... 35
X Suporte às ferramentas ISCAR HEM .................................................. 36
X Simulação de Máquina no Mastercam ................................................. 37
X Tutorial: Usando a simulação de máquina ............................... 38
X Desmarcando pontos na Seleção de Ponto de furação .................. 42
X Melhorias nas Folha de Preparação/ActiveReports ........................ 42
X Parâmetros para Travar Avanços ........................................................... 46
X Controles de Tolerâncias movido .......................................................... 47

Melhorias na Fresa Produção (Nível 1) ..................................... 49


X Novas Operações 2D Alta Velocidade ................................................ 49
X Tutorial: Criando as usinagem dinâmicas de Cavidade e Ressalto
50
X Tutorial: Criando um Contorno Dinâmico................................ 58
X Faceamento de Ilhas em operações 2D Alta Velocidade ............. 64
X Melhorias na Usinagem de Círculos ..................................................... 65
X Melhorias nas operações de Transformar Usinagens..................... 67
X Usinagem 2D Automática de Sólidos .................................................. 74
X Furação Automática de Sólidos .............................................................. 77

Melhorias na Fresa Ferramentaria (Nível 3) ........................ 81


X Novas Operações 3D Alta Velocidade ................................................ 81
X Suporte de encadeamentos de sólidos em Multi-eixos.................. 85
X Novas operações Multi-eixos .................................................................. 85
III

X Melhorias na Interface do Mult-eixos.................................................. 88


X Tutorial: Criando uma operação Multi-eixos ........................... 88

Melhorias no Router ................................................................................ 101


X Suporte do Bloco de Furação na Furação Automática de Sólido .
101
X Importando Sólidos em operações de Nesting ............................... 102
X Melhorias na Usinagem Automática .................................................. 102
X Suporte do SCT (sistemas de coordenadas de trabalho) para ATP
104

Melhorias no Torneamento ............................................................... 105


X Nova operação de Torneamento com Bedame............................... 105
X Tutorial: Criando operação de torneamento com bedame ..... 105
X Opção de ejetar barra da placa ...............................................................115
X Melhrorias na operação de corte ...........................................................115
X Melhorias na operação de desbaste......................................................117
X Parâmetros de Mergulho - Angulo de Segurança para Mergulho
118
X Melhorias na Compensação de Ferramenta......................................119
X Melhorias no Torneamento com Barras ............................................ 121
X Melhorias em Perfil a Tornear .............................................................. 122

Wire Enhancements ................................................................................. 125


X Novo formato da Biblioteca de Potências ........................................ 125

Melhorias do Arte ...................................................................................... 129


X Novas Usinagens no Arte ....................................................................... 129
X Exportar para Escala de 256 Cores de Cinza .................................. 130

Post Enhancements ................................................................................... 131


X Parâmetros personalizados para operações de Transformar ..... 131
X Opções de Ejeção de Barra para o Torno - Linha 903 ................ 134
IV • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

X Linha 20800 do NCI para Controle de Compensação em Multi-


eixos ................................................................................................................. 135
X Suporte no NCI para novas bibliotecas de Potência em Erosão a
Fio ..................................................................................................................... 136
Introdução
Bem vindo ao Mastercam X5! O Mastercam X5 traz uma série de ferramentas CAD/CAM
dedicadas à eficiência e rapidez em suas tarefas de usinagem. Temos a certeza de que se
beneficiará do que o Mastercam X5 tem para oferecer.
Poderá acessar rapidamente algumas das novas funções do Mastercam X5 através da janela de
Novidades, que aparece imediatamente ao abrir o Mastercam X5. Ao clicar nos tópicos do lado
esquerdo, poderá ver exemplos das novas características, assistir vídeos e aprender os
fundamentos sobre o Mastercam X5. Para voltar a esta janela, a qualquer instante, escolha a partir
do menu do Mastercam Ajuda, Novidades.

Note: Algumas das opções da janela das Novidades, somente ficarão disponíveis em
determinados produtos habilitados em seu hardlock (SIM) Mastercam.

Antes de Você Iniciar


As novidades do Mastercam X5 mostram as novas características de cada nível de produto
Mastercam. O título de cada capítulo corresponde ao produto Mastercam que tem tais
características. Por exemplo, nas Melhorias do Fresa Nível 1 (Produção) se discute a nova
2 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

funcionalidade que poderá acessar se possuir o Mastercam X5 Fresa Nível 1 (produção) ou


superior.

Necessidades do Tutorial
Diversos capítulos deste documento contém pequenos tutoriais sobre as novas funções presentes
no Mastercam X5 Para completar estes tutoriais, você deverá atender os seguintes pré-requisitos:

ƒ Deverá conhecer o sistema operacional Windows ®.


ƒ Você deverá ter o Mastercam X5 instalado. Todos os arquivos do tutorial estão
localizados na pasta de instalação de seu Mastercam
...\Documentation\ExampleParts. Para sistemas Windows 32-bits, os
arquivos estão localizados em C:\Arquivos de Programas\mcamx5; Em
sistemas 64-bits estão em C:\Arquivos de Programas (x86)\mcamx5.
ƒ Inicie o Mastercam utilizando seu modo preferido:
Š Clique duplo no ícone do Mastercam.
Ou
Š Iniciar o Mastercam através do menu Iniciar do Windows.

Se precisar de mais Ajuda


Há outros modos de obter ajuda no Mastercam, incluindo os seguintes:
ƒ Ajuda do Mastercam - Acessar a Ajuda do Mastercam selecionando no menu Ajuda,
Conteúdo ou teclar [Alt+H]. Também, a maioria das janelas e barras de ferramentas
possuem o botão da Ajuda que abre a Ajuda do Mastercam, diretamente na
informação relacionada.
ƒ Ajuda Online - Poderá pesquisar a informação e até se cadastrar e acessar o fórum de
usuários Mastercam www.emastercam.com. Poderá também encontrar informações
úteis, incluindo vídeos em www.mastercam.com ou www.mastercamedu.com.
ƒ Revenda Mastercam - Seu revendedor local poderá ajudá-lo na maioria das questões
sobre o Mastercam.
ƒ Suporte Técnico - CNC Software, 860-875-5006.
ƒ Retorno sobre a Documentação - Para questões sobre outros documentos Mastercam.
ƒ Mastercam University - Teinamento do Mastercam realizado online Para maiores
informações do Mastercam University, favor contactar a Ascongraph,
visitewww.mastercam.com, ou email comercial@ascongraph.com.br.

Documentação Adicional
Poderá encontrar mais informações sobre o uso do Mastercam nos seguintes materiais,
localizados na pasta \Documentation da sua instalação:
INTRODUÇÃO • 3

ƒ Mastercam X5 Guia de Instalação


ƒ Mastercam X5 Guia de Gerenciamento
ƒ Mastercam X5 Guia Rápido
ƒ Mastercam X5 Guia de Referência
ƒ Mastercam X5 Guia de Transição
ƒ Mastercam X5 Cartão de Guia Rápido
ƒ Mastercam X5 Guia de Referência Erosão
ƒ Mapeamento de funções da Versão 9 para X
ƒ Mastercam X5 NCI e Parâmetros de Referência
ƒ Mastercam X5 Guia de Pós-processamento

Programa de Informação de Performance do


Mastercam
O programa de Informação de Performance é uma ferramenta opcional. A participação é
completamente voluntária. Ao permitir esta funcionalidade, esta será executada em todas as
sessões Mastercam, automaticamente, coletando dados de como utiliza as funções do Mastercam,
e repassando-as para a CNC Software, Inc. (Mastercam).
As informações obtidas serão usadas somente para fins de qualidade e melhorias no programa.
Esse programa nos ajuda a ter ideia das funcionalidades mais usadas no produto. Estes dados
NÃO contém qualquer informação do modelo do usuário ou informações utilizadas para criar tais
modelos. Este programa não pode/não irá coletar quaisquer dados com propósito de engenharia
reversa.

IMPORTANT: Este Programa de Informação do Cliente Mastercam não coletará, em


nenhum momento, quaisquer dados não relativos ao Mastercam. Nenhuma informação
sensível, pessooal ou privada será coletada.
4 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Na configuração padrão o programa já vem desativado. Para participar do programa, clicar na


opção mostrada abaixo na janela do Programa de Informação de Performance.

Esta janela aparece quando o Mastercam é aberto pela primeira vez após a instalação. Para
participar, selecionar a opção "Sim" e clicar OK.
O status poderá ser alterado a qualquer instante. Para mudar suas informações de participação,
selecionar Programa de Informação de Performance do menu Help.

As informações coletadas pelo Mastercam incluem:


ƒ Versão do executável do Mastercam
ƒ Seu número de hardlock
ƒ O nome da função chamada e como foi acessada (botão, tecla de atalho, menu)
INTRODUÇÃO • 5

Dados combinados do Programa de Melhoria do Mastercam, são utilizados pela CNC Software
para responder os seguintes tipos de questões:
ƒ Quais funções do Mastercam são mais ou menos utilizadas?
ƒ Quais tipos de arquivos são convertidos, e qual frequência?
ƒ Quais C-Hooks são utilizados, e qual frequência?
ƒ Quais comandos são utilizados sequencialmente ou em conjunto entre si?

Note: As listas acima não são completas. Estes são exemplos dos tipos de dados que a CNC
Sofware irá coletar.

Se estiver rodando o Programa de Melhoria do Mastercam, um ícone (mostrado abaixo) será


apresentado na barra de atalhos do Windows, no canto direito inferior de seu computador.

Notes:
• Participar deste programa não causará impacto no seu tempo de acesso ou performance
de seu computador.
• Se estiver rodado o Programa de Melhoria do Mastercam, este será automaticamente
fechado ao encerrar o Mastercam.
• Os dados armazenadas por este programa, são enviados à CNC, ao encerrar o
Mastercam, ou após um número determinado de operações.
• Se não possuir uma conexão com a Internet, os dados serão salvos no seu disco rígido
local. Da próxima vez que abrir o Mastercam, o programa irá tentar enviar os dados. Se
os dados não puderem ser enviados num período de 5 dias, automaticamente serão
eliminados de seu sistema.
• A participação poderá ser ativada ou desativada a qualquer instante durante o uso do
Mastercam.
6 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5
Melhorias Gerais no Sistema
Mudanças no Local de Instalação
Para maior compatibilidade com o sistema da Microsoft® ,o diretório padrão para instalação do
Mastercam agora é C:\Program Files\mcamx5 para sistemas 32-bits, e C:\Program
Files (x86)\mcamx5 para sistemas 64-bits. Esta mudança exige que dados modificados
pelo usuário sejam relocados do local de instalação para dois locais, podendo ser específicas do
usuário ou compartilhadas.

Sistema Operacional Local dos Dados


Windows XP Dados específicos do usuário: C:\Documents and
Settings\<Nome do Usuário>\Meus Documentos\my
mcamx5
Dados compartilhados: C:\Documents and Settings\All
Users\Documentos Compartilhados\shared mcamx5
Windows Vista e Dados específicos do usuário: C:\Usuários\<Nome do
Windows 7 usuário>\Documentos\my mcamx5
Dados compartilhados:
C:\Usuários\Público\Documentos\shared mcamx5.

Em sistemas 32-bits, arquivos não modificados (incluindo documentação) são armazenadas em


C:\Arquivos de Programas\mcamx5 e C:\Arquivos de Programas\Common
Files\Mastercam; Para 64-bits C:\Arquivos de Programas (x86)\mcamx5 e
C:\Arquivos de Programas (x86)\Common Files\Mastercam.
Para maiores informações, visualizar o Guia de Instalação Mastercam X5 e o Guia de Transição
Mastercam X5 sob a pasta do Mastercam \Documentation .

Nova extensão dos arquivos


Agora a extensão dos arquivos Mastercam inclui o número da versão. Os seguintes tipos de
arquivos são afetados:

ƒ .MCX-5 ƒ .GMD-5 ƒ .MATERIALS-5

ƒ .EMCX-5 ƒ .LMD-5 ƒ .OPERATIONS-5

ƒ .DEFAULTS-5 ƒ .MMD-5 ƒ .TOOLS-5

ƒ .CONTROL-5 ƒ .RMD-5 ƒ .WMD-5

As extensões dos arquivos POWER, POST, NC e NCI não são afetadas.


8 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Instalação separada para o Mastercam Arte


No Mastercam X5, o Mastercam Arte não é automaticamente instalado com os outros produtos.
Para instalá-lo, selecionar a opção Mastercam Arte da interface de instalação.

A Biblioteca de Design do Arte só é instalada se são instalados os arquivos de exemplo do Arte.

Note: Para modificar ou criar superfícies e operações do Arte é necessário ter uma licença
do Arte. Mesmo sem o Arte instalado, pode-se importar, visualizar e usinar modelos do
Arte.
MELHORIAS GERAIS NO SISTEMA • 9

Melhorias no Plano Dinâmico


Agora pode-se acessar os eixos do Plano Dinâmico diretamente do Gerenciador de Vistas. Clicar
no botão Criar a Partir de para retornar à área gráfica e criar uma nova vista a partir da vista
selecionada.

A janelas do Planos Dinâmico também foi melhorada. Quando na janela, pode-se nomear a vista
criada usando os eixos interativos, atribuir um código para zeramento, e automaticamente ajustar
o SCT (Sistema de Coordenadas de Trabalho) à sua nova vista.

X Criando uma nova vista usando o Planos Dinâmico


1 A partir do menu do Mastercam, escolha Arquivo, Abrir.
2 Vá até ..\Documentation\ExampleParts e selecione NEW_VIEW.MCX-5
3 Pressione [Alt +S] para sombrear a peça e facilitar a seleção de geometrias.
4 Na barra de status ao final da tela, clicar em
SCT e selecionar Gerenciador de Vistas do
menu.
A janela de Gerenciador de Vistas será aberta.
10 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

5 Clicar em Criar a Partir de para criar uma


nova vista baseada na vista de topo atual.
A janela de Plano Dinâmico aparece e o ícone
aparecerá na área gráfica na origem da vista
atual.

6 O proximo passo é reposicionar a origem da vista. Clicar na bola que representa a


origem dos eixos e arrastar para o canto esquerdo da borda frontal da peça.
MELHORIAS GERAIS NO SISTEMA • 11

TIP: Usar o AutoCursor para indicar a posição e


garantir que o ponto final da linha foi
selecionado.

7 Clicar no segundo segmento do eixo Y


(pedaço entre a seta e a letra Y) e rotacionar
90º para apontar na direção da parte de trás da
peça.
8 Clicar novamente para confirmar a posição.
12 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

9 Na janela do Plano Dinâmico, digitar


MINHA VISTA como o nome da nova vista.
10 selecionar Ajustar SCT para mudar o SCT
para a nova vista.
11 Clicar OK para retornar ao Gerenciador de
Vista.

12 O ícone indicando a vista ativa do SCT foi movida para a nova vista. Clique em OK
para fechar o Gerenciador de Vistas.
MELHORIAS GERAIS NO SISTEMA • 13

Controles de Incremento
Controles de incremento foram adicionados às funções de criar e transformar para facilitar a
entrada de valores. Clicar no botão de incremetar para aumetar ou diminuir um valor. Ajustar o
incremento na página de controles de incremento na janela de Configurações do Sistema.

Marcações visuais
A cor de fundo do botão de atributos muda para vermelho sempre que o Gerenciador de Atributos
está ativo. E um balão avisa quais atributos ativos, portanto não necessitando abrir a janela para
checar.
Adicionalmente, ao rolar o mouser sobre o botão SOMENTE, um lista de opções de máscaras
será apresentada. V. não precisa mais abrir a Janela SOMENTE para ver seus ajustes.
14 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Tamanho das Janelas


Esta funcionalidade nova também foi aplicada a diversas janelas do Mastercam a fim de melhor
seu uso. Alterar o tamanho das janelas é feito a partir do canto direito inferior, através do mouse.

Destacar a Barra de Funções


Ao ativar a barra de funções (via a janela de Estados da Barra ou botão direito do mouse no menu)
o sistema momentaneamente destaca a nova barra com um retângulo.

Mudança do Padrãoo ao Importar Sólidos


Antes do Mastercam X5, ao importar um sólido usando os conversores do Mastercam, as
geometrias nas bordas das curvas eram criadas em todas as bordas do sólido. A fim de reduzir o
tamanho da peça e sua compexidade, esta opção agora fica desligada como padrão. Para ligar esta
opção, acesse Ajustes, Configuração no menu do Mastercam, e indique a opção Curvas de
borda na página dos Conversores.
MELHORIAS GERAIS NO SISTEMA • 15

Note: Poderã ligar e desligar esta opção para arquivos individuais, usando o botão
Opções na janela de Abrir Arquivo.

Atualizações nos Conversores


ƒ ACIS: R20 SP2
ƒ Autodesk Inventor: 2011
ƒ ProEngineer: Podem agora ser lidos os arquivos criados na versão Educacional do ProE
ƒ SolidWorks: 2010 SP2.1
ƒ Unigraphics: NX7
16 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5
Melhorias no Modelamento
Atribuindo Cores para as faces do Sólido
Essas novas funções atribuem cores diferentes para as faces dos sólidos ou caracteristicas. O
Mastercam aplica as cores sobre o sólido de acordo com uma hierarquia definida. Nesta
hierarquia, "cores das características" são aplicadas sobre as cores do sólido, e "cores das faces"
são aplicadas sobre as "cores das características". Esta função facilita a seleção de áreas dos
sólidos para usinagens e outras operações.

X Ajustando as cores para as faces do sólido e


características
1 A partir do menu do Mastercam, escolha Arquivo, Abrir.
2 Vá até ..\Documentation\ExampleParts e selecione
SET_SOLID_COLORS.MCX-5
3 Tecle [Alt + S] para sombrear as superfícies da peça.
4 Do menu do Mastercam, selecione Sólidos. Cores de Face/Característica. Definir a
cor da face
5 Selecionar a cor 138 digitando o número na janela de seleção de cores ou selecionando
da grade.

6 Clique em OK para finalizar a seleção de


cores.
7 Selecione o fundo da peça e a face ao redor do furo central maior.
8 Clicar Finalizar Seleção Na barra de
Seleções Gerais para finalzar a seleção de
faces.
18 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

As áreas selecionadas serão mostradas com uma face de cor laranja sobre a cor verde do
sólido.

9 Clicar na aba Sólidos no Gerenciador de


Operações para acessar o Gerenciador de
Sólidos.
10 Na barra de ferramentas de sólidos, clicar em
Definir cor da características .
11 Selecionar a cor 9 digitando o número na
janela de seleção de cores ou selecionando da
grade.
12 Clicar OK para completar a seleção.
MELHORIAS NO MODELAMENTO • 19

13 Selecionar os Furos de 1 a 8 no Gerenciador de Sólios. A peça é atualizada após clicar


em cada característica.

14 Clicar Finalizar Seleção Na barra de Seleções Gerais para finalzar a seleção de


características.

Usando "Cores de Face" e "Cores de Característica" na


seleção.
Após atribuir as cores para as faces e características do sólido, as cores podem ser usadas
para facilitar a seleção para a usinagem. Assim, o Mastercam destaca as cores da face
quando selecionadas para a usinagem.

Note: O exercício a seguir exige o Mastercam Fresa NÍvel 3.

1 Acesse Tipo de Máquina, Fresa, Padrão a partir do menu principal do Mastercam


para usar a CNC definida como padrão.
2 Selecione Usinagens, 3D Alta Velocidade para criar uma nova usinagem de superfície.

Note: O Mastercam abrirá duas janelas - uma sobre refinamento de usinagens e uma
perguntando o nome do arquivo NC a ser gerado. Clicar OK em ambas janelas para
prosseguir.
20 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

3 Clicar Ativar seleção de sólidos na barra de Seleção Geral para selecionar partes do
sólido para usinagem.

4 Clicar em Tudo na barra de Seleção Geral.


5 Clique no botão Cor.
A seleçao "Tudo" lista todas as cores
aplicadas no modelo.

6 Selecione a cor 138 e clique OK. Ambas as áreas com a cor laranja são selecionadas.
MELHORIAS NO MODELAMENTO • 21

7 Clicar Finalizar Seleção Na barra de Seleções Gerais para finalzar a seleção de


características.
8 Clicar em OK na janela de seleções de superfícies para a usinagem para confirmar as
superfícies a usinar.
9 (Opcional) Complete a usinagem selecionando uma ferramenta e adicionando os
parâmetros de usinagem.

Função Arranjo em sólidos


No Mastercam X5, pode-se criar um arranjo de características do sólido selecionando-se a
geometria e produzindo multiplas cópias da mesma linearmente (Arranjo Linear) ou ao redor de
um ponto central (Arranjo Circular). Pode-se também clicar na área gráfica para posicionar as
cópias (Arranjo Manual).

X Criando um arranjo circular em sólido


1 A partir do menu do Mastercam, escolha Arquivo, Abrir.
2 Vá até ..\Documentation\ExampleParts e selecione PATTERNS.MCX-5
3 Tecle [Alt + S] para sombrear as superfícies da peça.
4 A partir do menu do Mastercam, escolha Sólidos, Arranjo. Arranjo circular.
5 Clicar no botão Selecionar fonte na janela da
função Arranjo circular para selecionar a
característica do sólido.
6 Selecionar a característica no formato de um "osso" próxima ao centro da peça.

7 Pressionar [Enter] para retornar à janela do Arranjo Circular.


22 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

A marca de seleção verde ao lado da opção de


selecionamento do sólido mostra que a
seleção foi realizada.

8 No campo Parâmetros, aumente o número de cópias para 7 e selecione a opção Todo o


Círculo . A peça é atualizada automaticamente ao alterar-se o número de cópias

Note: O parâmetro Ângulo é desativado porque


o Mastercam automaticamente calcula o ângulo
entre cópias ao selecionar-se Todo o Círculo.
MELHORIAS NO MODELAMENTO • 23

Editando os resultados da função "Arranjo"


Realizando as seguintes etapas, pode-se ajustar o número de cópias feitas no sólido. Pode-se
também realizar mudanças na geometria original, e automaticamente as mudanças serão
refletidas nas geometrias copiadas.
1 Clicar no botão Remover cópias e clicar em
qualquer uma das cópias da geometria na
peça.
2 Pressionar [Enter] para retornar à janela do Arranjo Circular.
3 Clicar no botão Refazer cópias para refazer
as cópias removidas.

4 Para fechar a janela de Arranjo circular, clique em OK.


5 Clicar na aba Sólidos no Gerenciador de Operações para acessar o Gerenciador de
Sólidos.
6 Clicar na linha Parâmetros da Extrusão
principal para editar a geometria original.
24 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

7 Na janela "Extrudar encadeamento", clicar em


Inclinar para inclinar as paredes da extrusão.
8 Entrar com o valor 2.0 para reduzir a altura da
extrusão.
9 Para fechar a janela de Extrudar
encadeamento, clique em OK.
A extrusão está marcada como
"desatualizada" e precisa ser regenerada.

10 No Gerenciador de Sólidos clicar em Regenerar todas . A extrusão original e todas as


cópias do Arranjo serão atualizadas.
11 Pressionar [F1] e usar o zoom para observar as mudanças.
MELHORIAS NO MODELAMENTO • 25

Ferramentas de Análise de Sólidos e Superfícies


Analize a curvatura de uma superfície para identificar sobrecortes e raios mínimos com duas
novas Funções de análise: Analizar Ângulo de Inclinação e Analizar Curvatura. Essas novas
funções destacam áreas da peça com cores pré-especificadas e suporta tanto sólidos como
superfícies.

X Analizando ângulo de inclinação e curvatura da peça


1 A partir do menu do Mastercam, escolha Arquivo, Abrir.
2 Vá até ..\Documentation\ExampleParts e selecione ANALYZE.MCX-5
3 Tecle [Alt + S] para sombrear as superfícies da peça.
4 A partir do menu do Mastercam, escolha Analisar, Testar Sólidos e Superfícies.
Ângulo de inclinação.
5 Clicar em Regenerar visual para ver os
resultados iniciais da análise.
26 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

A peça é mostrada em cores para mostrar diferentes ângulos de inclinação.


Restante (que não
são marcados por
outras cores)
Horizontal

Ângulo positivo
menor do que 3 Vertical
graus

6 Clicar no botão Superfícies vertical Cor , e


selecionar a cor 158 da janela de cores e clicar
OK.
A nova cor vertical é mostrada
imediatamente.
MELHORIAS NO MODELAMENTO • 27

7 Digitar 1.0 para o "Ângulo positivo menor que" e pressionar [Enter].


A área vertical é reduzida baseada na tolerância mais apertada.

8 Para fechar a janela de Analizar ângulo de inclinação, clique em OK.


9 A partir do menu do Mastercam, escolha Analisar, Testar Sólidos e Superfícies.
Curvatura.
10 Clicar em Regenerar visual para ver os
resultados iniciais da análise.
28 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

A peça é mostrada em cores para mostrar diferentes tipos de curvas.

Raios menor do Plano


que 2 mm

Restante (que não


são marcados por
outras cores)

11 Digitar 1.0 para o "Raio menor que" e pressionar [Enter].


12 Marcar o campo Mostrar somente raios internos . Esta opção destaca todas as
concordâncias internas a partir da perspectiva do plano de referência e os valores
entrados em Raio menor que .
13 Desmarcar a opção Plano para facilitar a visualização das curvas internas.
14 Alterar a cor dos Restantes para 159 entrando com o número ou selecionando a cor.
MELHORIAS NO MODELAMENTO • 29

15 Tecle [F1] e abra uma janela de zoom conforme a imagem a seguir.

As áreas vermelhas mostram onde exixtria material remanescente se a usinagem usar


uma ferramenta com o raio de canto menor do que o raio interno, ou côncavo, da
geometria.

16 Para fechar a janela de Analizar Curvatura, clique em OK.


30 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Alterar vistas com Janelas de sólidos abertas


Agora pode-se acessar as funções de modo imediato como, Ajustar e Zoom, mesmo quando
janelas de sólido estão abertas. As funções de modo imediato, interrompem a função, e ao
encerrar, retornam à função original.

Entrando com Diâmetros rapidamente


No Mastercam X5, pode-se especificar diâmetros rapidamente, e sem a necessidade de consultar-
se as tabelas de furação. Letra padrão, número da broca e tamanho da rosca foram adicionados aos
campos calculáveis no Mastercam.

X Criando um círculo baseado no tamanho de uma rosca


1 A partir do menu do Mastercam, escolha Arquivo, Abrir.
2 Vá até ..\Documentation\ExampleParts e selecione
ADD_TAP_HOLE.MCX-5
3 Tecle [Alt + S] para sombrear as superfícies da peça.
4 A partir do menu, escolha Criar, Arco, Círculo a partir do centro.
5 Clicar no ponto azul acima do círculo central e criar um círculo temporário.

6 Clicar novamente para definir o diâmetro do círculo temporário.


MELHORIAS NO MODELAMENTO • 31

7 Botão direito, clicar no campo Diâmetro na


barra de dados do Círculo a partir do centro e
selecionar B = Tabelas de rosca para acessar
a tabela de tamanhos de rosca.

8 Selecionar o tamanho de rosca métrica M12x1.75 .

9 Clicar em OK para selecionar o tamanho do furo.


O Mastercam automaticamente preenche o diâmetro correto para acomodar o tamanho
de rosca selecionado.
32 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

10 Clique em OKna barra de dados de Círculo a


partir do centro para terminar o círculo.

Notes:
• Pode-se também digitar # e um número de broca de 1-97, ou digitar # e uma letra de
broca de A-Z em um campo calculável para automaticamente obter o diâmetro correto
(Sistema Inglês de unidades somente).
• Pode-se selecionar Diâmetro do furo de sólido do menu no botão direito para o
Mastercam informar o diâmetro de um furo no sólido.

Melhorias na Crianção de Bolt Circle


Bolt circle não é mais uma função .NEThook e sim do Mastercam. Foi também melhorada para
poder realizar:
ƒ Desenhar círculos em 2D ou "enrolados" ao redor de um diâmetro.
ƒ Desenhar círculos ao redor de um círculo completo ou ao longo de um ângulo.
ƒ Pré-visaualização e, se desejado, inverter resultados.
ƒ Remover circulos individuais.
ƒ Criar um ponto central.
MELHORIAS NO MODELAMENTO • 33

Para acessar a função, selecionar no menu do Mastercam Criar, Bolt Circle .


34 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5
Melhorias Fresamento - Geral
Novo formato da Biblioteca de Ferramentas
O Mastercam X5 suporta dois tipos de formatos de biblioteca de ferramentas Bibliotecas de
ferramentas com a extensão .TOOLS-5 usa o formato tradicional do banco de dados do
Mastercam. Este é o mesmo formato de arquivo usado nas versões anteriores e continua a ser o
formato nativo para arquivos MCX-5. Bibliotecas com a extensão .TOOLDB usarão um novo
formato "SQL-style" do banco de dados.
Esse novo formato do banco de dados TOOLDB não somente suporta bibliotecas de ferramentas,
mas também armazena materiais, suportes, montagens e parâmetros de usinagem. Esse novo
formato facilita para os fabricantes de ferramentas e terceiros a integração com a interface do
Mastercam. O novo banco de dados é a primeira etapa em melhorar as ferramentas suportadas
pelo Mastercam.

Montagem de Ferramentas
Associar uma ferramenta com um suporte agora é possível no Mastercam X5. Anteriormente,
quando selecionada uma ferramenta e um suporte e a ferramenta fosse reusada posteriormente, o
suporte usado seria perdido e teria de ser reconfigurado para as operações subsequentes. Outro
caso, se o suporte fosse alterado, seria necessário retonar à todas operações anteriores que
estavam usando o suporte substituído.
Uma vez que o suporte é "adicionado" à ferramenta, a montagem resultante, pode ser usada nas
operações subsequentes. A única interação necessária é se o suporte é modificado e a montagem
da ferramenta é referenciada em mais de uma operação. Quando isso acontece a seguinte
mensagem é mostrada:

Pode-se selecionar uma das três opções a seguir:


ƒ Atualizar a montagem e todas as operações que usam a montagem - (config.
padrão) atualiza todas as operações do mesmo grupo de máquinas que referenciam esta
ferramenta.
36 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

ƒ Criar uma nova montagem - adiciona uma nova configuração como uma nova
montagem e atribui um novo número para a ferramenta no Mastercam.
ƒ Modificar somente a operação atual - adiciona uma nova montagem porém retém o
número original (duplica) da ferramenta.

Note: A função Salvar na biblioteca disponível nos parâmetros de usinagem não foi
modificada para salvar uma montagem na biblioteca.

Suporte às ferramentas ISCAR HEM


As seguintes usinagens suportam as ferramenas ISCAR HEM (High Efficiency Machining) com
velocidades RCTF (Radial Chip Thinning Factor) e a função de cálculo de avanços:
ƒ 2D Alta velocidade - Usinagem Dinâmica de Cavidade, Usinagem Dinâmica de
Ressalto, Reusinagem Dinâmica, Contorno Dinâmico
ƒ 3D Alta velocidade - Desbaste Dinâmico de Superfície
Essa nova função exige a seleção de uma das ferramentas ISCAR da biblioteca. Os cálculos HEM
usam os parâmetros armazenados com a ferramenta na biblioteca.
MELHORIAS FRESAMENTO - GERAL • 37

Ao marcar a opção Iscar HEM na página de ferramenta, utiliza-se do fator HEM para maximizar
velocidades e eficiência entrando com um valor ou usando a barra de fator. O avanço de corte e a
rotação do spindle são automaticamente ajustados baseados neste valor.

Dessa forma, o campo Passe lateral em Parâmetros de Corte se tranforma em três opções. Pode-
se selecionar um passe lateral de 5%, 7%, ou 10%.

Simulação de Máquina no Mastercam


A Simulação de Máquina é um modo seguro e eficiente de realizar-se "pré-testes" para checagem
de colisões antes de enviar-se os códigos para a máquina. Use a simulação de máquina para testar
múltiplas fixações e definir as estratégias para uma certa operação. Pode-se testar diferentes
posicionamentos da peça na máquina porém evitando o uso desnecessário de sua máquina.
Além da simulação em si, pode-se verificar remoção de material e simulação do ferramental
completo para checagem de colisões. Use a barra de ferramentas de simulação para ajuste dos
parâmetros como máquina desejada, peça, fixações, definição de bloco e tolerâncias.

Note: A simulação não suporta operações de torneamento ou erosão a fio.


38 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

X Usando a simulação de máquina


1 A partir do menu do Mastercam, escolha Arquivo, Abrir.
2 Vá até ..\Documentation\ExampleParts e selecione
SIMULATION.MCX-5.
Para iniciar a simulação, o arquivo Mastercam Fresa ou Router deve incluir ao menos
uma operação e uma superfície ou sólido como peça.
3 Na barra Machine Simulation, clicar em
Simulation startup settings .
Se a barra de ferramentas não estiver visível,
botão-direito em qualquer área aberta na
região das barras e selecionar Machine
Simulation para mostrá-la.
4 No campo Machine é mostrado a lista com todas as configurações de máquina
instaladas juntamente com o Mastercam X5. A janela com o Preview mostra a máquina
selecionada.
MELHORIAS FRESAMENTO - GERAL • 39

IMPORTANT: A simulação de máquina não está associada com os seu arquivos de


Definição de Máquina. Isto permite o teste das operações em diversas configurações de
máquinas.

5 Da lista de máquinas, selelcionar 6_5AXGEN_VMCHTAC .


6 Clicar no campo Geometry . Por definição, a simulação carrega todas as superfícies ou
sólidos visíveis na área gráfica, mas pode-se controlar as geometrias através das opções
em Geometry.

7 Das opções, selecionar All elements .

TIP: Controles similares são usados na seleção das fixações em Fixture. Por exemplo, pode-
se mover todas as geometrias das fixações para um nível específico, e ligar ou desligar sua
visualização.

8 Para iniciar a simulação, ao final da janela


clicar em Simulate . A peça é posicionada
sobre a mesa.
40 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Essa simulação mostra a movimentação da máquina e inclui checagem de colisão,


porém sem remoção de material.

9 No canto esquerdo superior clicar em Run


para iniciar a simulação.

10 Durante a simulação, clicar em Workpiece


focus para mostrar somente a peça e a
ferramenta.
Esta opção mantém a peça estacionária e
move a ferramenta ao redor da peça.
MELHORIAS FRESAMENTO - GERAL • 41

11 Ao final da simulação, mova o botão na barra de progresso para trás para retornar ao
inicio da simulação.
12 Clicar em Machine focus para mostrar a peça
e máquina novamente.

13 Mover o botão de velocidade para acelerar ou


diminuir a velocidade de simulação e clicar
em Run .

14 Para retornar à área gráfica clicar em Exit .


42 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Desmarcando pontos na Seleção de Ponto de furação


Dois novos botões foram adicionadas à janela de Seleção de Ponto de Furação para desmarcar
pontos sem necessitar-se fechar a janela e recomeçar o processo.

ƒ Desmarcar - desmarca o último ponto selecionado. Clicando mais de uma vez remove
pontos selecionados um a um.
ƒ Desmarcar Todos - demarca todos os pontos selecionados. Esta função não finaliza a
seleção dos pontos, e sim permite recomeçar a seleção. Selecionar Sim para desmarcar
todos os pontos ou Não, que cancela o pedido de "desmarcar".
Na seleção de pontos individualmente (padrão), os botões Desmarcar e Desmarcar Todos só
ficam ativos quando após selecionar os pontos a desmarcar, clicar-se em [Esc] . Estes botões
podem ficar ativos em outras ações que completem a seleção individual dos pontos, como clicar
em outro botão na janela Seleção de Ponto de Furação.
Em furações existentes, no Gerenciador de Pontos de Furação para adicionar outros pontos, os
botões Desmarcar e Desmarcar Todos :
ƒ Somente funcionam em novos pontos. Os já incluidos na operação não são afetados.
ƒ Ficam inativos até que pontos sejam selecionados.
ƒ Tornam-se novamente inativos assim que pontos novos são desmarcados.

Melhorias nas Folha de Preparação/ActiveReports


O Mastercam X5 inclui diversas melhorias nas funções que usam ActiveResports, incluindo as
Folhas de Preparação:
MELHORIAS FRESAMENTO - GERAL • 43

ƒ O Mastercam X5 foi atualizado para utilizar a última versão do ActiveReports. Modelos


Padrão e customizados criados na versão anterior (versão 3) continuarão a funcionar
sem atualização.
ƒ Na última versão do ActiveReports Designer
(versão 6), foram feitas melhorias como a
substituição dos DataField para controles de
subrelatórios (Subreport). Quando
relacionando um subrelatório com um
relatório, deve-se informar a localização desse
subrelatório.

ƒ Agora no Mastercam X5, relatórios de Nesting podem incluir informações do material.


O modelo padrão não faz a chamada desta informação, assim devendo ser inserida com
o ActiveReports Designer.
ƒ Salvar imagens capturadas para as folhas de preparação em uma pasta específica. Clicar
no botão Selecionar Pasta para especificar um local.

ƒ Pode-se também definir quais são os modelos padrão para os relatórios do


ActiveReports, em Configuração do Sistema.
44 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Note: Se nenhum modelo é definido, o Mastercam aplica a folha de preparação padrão


definida nesta janela.

ƒ Customize as informações gerais na janela Folha de Processos. Pode-se mudar a ordem


dos campos existentes ou criar novos.

ƒ Adicione arquivos .XML customziados para informações adicionais. No ActiveReports


Designer, editar o modelo desejado para fazer a chamada das informações. Ao criar-se
uma folha de preparação, pode-se adicionar informações extras no campo Aditional
Parameters.
MELHORIAS FRESAMENTO - GERAL • 45

ƒ Uma nova fonte de dados XML melhora o acesso às informações de operação,


ferramenta, e zeramentos.
ƒ Novos referenciamentos foram adicionados àpara a fonte de dados XML Para maiores
informações sobre o assunto, visualizar a ajuda do Mastercam.
ƒ Um novo conjunto de Subreports para entrada manual de operações foram incluidos aos
modelos.

Note: Entrada manual de operações não estão incluidas nos exemplos.


46 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Parâmetros para Travar Avanços


O parâmetro Travar Avanços é agora selecionado (ativado) na página Usinagens nos arquivos
de Configuração do Sistema. Anteriormente à versão X5, essa opção era desmarcada. Quando
ativada, o Mastercam trava qualquer avanço ou velocidade entrados manualmente na página de
parâmetros da usinagem.

Os valores de avanços e velocidades nãoo mudam até serem reentrados ou selecionando a opção
Reinicializar avanços & velocidades do menu do botão-direito na página Ferramenta.

Note: Esta função está agora disponível para Torno. Em Torno, os campos afetados estão
na página de Parâmetros e incluem: Avanço de Corte, Avanço de Mergulho, Rotação do
Fuso e Máxima Rotação. Para mais informações sobre melhorias no Mastercam X5 Torno,
visualizar Melhorias no Torneamento on page 105
MELHORIAS FRESAMENTO - GERAL • 47

Controles de Tolerâncias movido


Os controles de Tolerâncias foram movidos da página Arco Filtrar / Tolerâncias no Mastercam
X4 para a página Parâmetros de Corte no Mastercam X5 para
operações "estilo-árvore" em Fresa/Router. Os parâmetros estão localizados no canto da página.
48 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5
Melhorias na Fresa Produção
(Nível 1)
Novas Operações 2D Alta Velocidade
A operação original Usinagem Dinâmica foi dividida em duas novas operações: Usinagem
Dinâmica de Cavidade e Usinagem Dinâmica de Ressalto. O Mastercam X5 também adiciona
duas novas usinagens dinâmicas ao grupo 2D Alta Velocidade: Reusinagem Dinâmica e Contorno
Dinâmico.
Para accesar as operações dinâmicas, do menu do Mastercam acesse Usinagens, 2D Alta
Velocidade . Após selecionar as geometrias à usinar, selecionar um dos tipos de usinagem
dinâmica da lista.

Note: As usinagens 2D Alta Velocidade não estão mais disponíveis em Produção (Nível 1).

Usinagens dinâmicas de Cavidade e Ressalto


Selecione Usinagem Dinâmica de Cavidade para conter a ferramenta em uma cavidade com ou
sem ilhas. Selecione Usinagem Dinâmica de Ressalto quando necessita-se atacar de fora pra
dentro evitando certas áreas.
50 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

X Criando as usinagem dinâmicas de Cavidade e Ressalto


1 A partir do menu do Mastercam, escolha Arquivo, Abrir.
2 Vá até ..\Documentation\ExampleParts e selecione
DYNAMIC_CORE_AREA.MCX-5
3 Do menu do Mastercam, selecionar Usinagens, 2D Alta velocidade.

Note: Clicar OK se perguntado do nome do NC.

4 Para encadear, selecionar o encadeamento verde ao fundo da cavidade no canto direito


superior.

5 Clique em OK na janela de Encadear para completar a seleção.


MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 51

6 Selecionar a operação Usinagem Dinâmica de Cavidade .

7 Na página Ferramenta, clicar em Selecionar Ferram, da Biblioteca e selecionar uma


fresa de topo de 12mm.

8 Na janela de seleção da ferramenta, clicar OK para voltar aos parâmetros.


9 Nos Parâmetros de Corte, realizar os seguintes ajustes:
Š Ajustar Raio de Usinagem para 10% para reduzir movimentações bruscas entre
passes. Esse parâmetro controla o tamanho dos arcos em cada passe.
52 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Š Ajustar Micro Subidas para 0.5mm. Essa é a distância que a ferramenta retrai da
peça para ajudar na retirada de cavacos e minimizar aquecimento da ferramenta.
Š Ajustar para 0,5mm o Sobremetal nas Paredes e Sobremetal nos pisos para deixar
materiar para um futuro acabamento.

10 Na página Profundidades de Corte, desmarcar a opção Profundidades de Corte .


11 Ná página Transições, realizar os seguintes ajustes:
Š Entrar com 5.0mm para Raio da Hélice para controlar o tamanho da entrada em
hélice.
Š Entrar com 0.5mm para Segurança Z para adicionar uma altura extra antes de
entrar.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 53

Š Entrar com 10.0 para o Ângulo de Mergulho para ajustar o ângulo do movimento
de entrada.

12 Em Parêmetros de Conexão, entrar com 40.0 para a Retração garantindo a retração entre
cavidades.
54 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

13 Em Arco Filtrar/Tolerãncias, ajustar a Taxa de Filtragem para 3:1. Isso ajusta a taxa de
filtragem para a tolerância de corte, para cálculo da tolerância final. Para mais
informações sobre filtros e tolerâncias, visualizar a ajuda do Mastercam.

14 Clique em OK para confirmar a operação.


15 Tecle [F1] e abra uma janela de zoom conforme a imagem a seguir. Pode-se observar
como a operação é iniciada internamente se deslocando no sentido da fronteira exterior,
mudando o formato para acomodar a cavidade.

TIP: Ao copiar a operação para as outras duas cavidades e reencadear, a usinagem é


automaticamente ajustada para o novo formato.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 55

Incluindo uma Usinagem Dinâmica de Ressalto


A Usinagem Dinâmica de Ressalto exige dois encadeamentos. O encadeamento externo
representa a fronteira do bloco, permitindo que a usinagem se mova livremente fora desta
área. O encadeamento interno definie o limite da trajetória.
1 Botão-direito na área gráfica e selecionar Ajustar para ver a peça toda.
2 Do menu do Mastercam, selecionar Usinagens, 2D Alta velocidade.
3 Selecionar a linha laranja como primeiro encadeamento.

4 Selecionar a borda lilás ao redor do topo da peça como o segundo encadeamento.


5 Clique em OK na janela de Encadear para completar a seleção.
56 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

6 Selecionar a operação Usinagem Dinâmica de Ressalto .

7 O Mastercam armazena todos os parâmetros utilidados na usinagem da cavidade,


portanto não é necessário reentrá-los. Clique em OK para confirmar a operação.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 57

Reusinagem Dinâmica
A nova Reusinagem Dinâmica se comporta semelhante à atual 2D Alta Velocidade - Usinagem de
Sobras, a diferença é na movimentação dinâmica da nova operação. A imagem a seguir destaca a
movimentação dinâmica usada para retirar o material remanescente nos cantos da peça.
58 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Ainda, na nova Reusinagem Dinâmica ou na Usinagem de Sobras, foi adicionado uma nova
página aumentando as especificações do que é material remanescente.

Contorno Dinâmico
Novo no Mastercam X5, o Contorno Dinâmico - também baseado na movimentação dinâmica -
usa uma inteligente e eficiente estratégia para retirar material nas paredes. O Contorno Dinâmico
suporta múltiplos passes e opcionalmente passes de acabamento.

X Criando um Contorno Dinâmico


1 A partir do menu do Mastercam, escolha Arquivo, Abrir.
2 Vá até ..\Documentation\ExampleParts e selecione
DYNAMIC_CONTOUR.MCX-5
3 Do menu do Mastercam, selecionar Usinagens, 2D Alta velocidade.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 59

4 Selecionar a curva laranja superior para encadamento. Assegurar a diração horária do


encadeamento.

TIP: Se o encadeamento está no sentido anti-


horário, clicar Reverter para invertê-lo.

5 Clique em OK na janela de Encadear para completar a seleção.


6 Selecionar a operação Contorno Dinâmico .
60 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

7 Na página Ferramenta, clicar em Selecionar Ferram, da Biblioteca e selecionar uma


fresa de topo de 6mm.

8 Na janela de seleção da ferramenta, clicar OK para voltar aos parâmetros.


9 Nos Parâmetros de Corte, realizar os seguintes ajustes:
Š Ajustar para 1.0mm o Passe Lateral para controlar a distancia entre passes.
Š Ajustar o Raio de Usinagem para 10% para reduzir movimentações bruscas entre
passes. Esse parâmetro controla o tamanho dos arcos em cada passe.
Š Para Tamanho do Vazio , selecionar Distância e entrar com 200.0mm. Se a
distância do final de um passe para o início do outro é menor do que a distância
estabelecida, o Mastercam não cria um movimento de retração.
Š Ajustar Micro Subidas para 0.5mm. Essa é a distância que a ferramenta retrai da
peça para ajudar na retirada de cavacos e minimizar aquecimento da ferramenta.
Š Para o parâmetro Movimento>Tamanho do Vazio, retração, selecionar Quando
exceder a distância do menu. Essa opção cria uma retração quando o próximo
passe começa em uma distância que é maior do que a estabelecida.
Š Ajustar para 0.5mm o Sobremetal nos pisos para um futuro acabamento.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 61

10 Na página Contorno de Parede, ajustar os seguintes parâmetros:


Š Em Raio da ferramenta que conformou o bloco, entrar com 15.0mm. Este
parâmetro usa o raio da ferramenta de uma operação anterior para melhor definir o
formato do bloco removido no contorno dinâmico.
Š Para Espessuara do bloco entrar com 3.0mm Esse campo ajusta o volume de bloco
em XY que a operação remove.
62 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

11 Na página Profundidades de Corte, desmarcar a opção Profundidades de Corte .


12 Na página Parâmetros de Conexão, entrar com -9,525 para profundidade.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 63

13 Clique em OK para confirmar a operação.

14 Tecle [F1] e abra uma janela de zoom conforme a imagem a seguir. A movimentação da
ferrameta evita o sobrecarregamento da mesma quando usinando somente as paredes da
peça.
64 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Faceamento de Ilhas em operações 2D Alta


Velocidade
A funcionalidade faceamento de ilhas agora também está disponível nas operações 2D Alta
Velocidade.
ƒ Usinagem de Sobras e Reusinagem Dinâmica
ƒ Usinagem de Cavidade e Usinagem Dinâmica de Cavidade
ƒ Usinagem de Ressaltos e Usinagem Dinâmica de Ressaltos
Ao selecionar Usar profundidade das ilhas na página de Profundidades de Corte, o Mastercam
mantêm a ferramenta sobre a ilha até a profundidade da ilha. Então a ferramenta passa a atuar ao
redor da ilha até atingir a profundidade final.

Pode-se também ativar o Faceamento de ilhas independente dos ajustes de profundidade.


Quando ativada, o Mastercam faz o faceamento do topo das ilhas até sua profundidade. Ao facear-
se o topo das ilhas, além de limpar o bloco, cria-se uma superfície para operações posteriores.
Após cada passe na profundidade, a ilhas entre o último corte e o corte atual são faceadas. O
Mastercam ordena as ilhas da mais baixa para a mais alta visando a remoção eficiente de material.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 65

Melhorias na Usinagem de Círculos


O Fresamento de Círculos agora permite definir avanços e rotações para passes de Acabamento e
Semi-Acabamento.
66 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Novas transições em alta velocidade também reduzem a movimentação da ferramenta quando em


vazio.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 67

Melhorias nas operações de Transformar Usinagens


As operações de Transformar incluem muitas melhorias no Mastercam X5.

1 Remover Comentários - quando selecionado, o NCI resultante da transformação não


contém mais comentários da operação original da tranformação.
2 Árvore de controle das operações originais
Š Pode-se entrar manualmente com operações.
Š Pode-se selecionar operações que referenciam sólidos quando Criar novas
operações e geometria está ativada. O sólido não é copiado, somente as
superfícies, encadeamentos, ou pontos necessários.
Š A árvore de operações originais agora mostra somente as operações do mesmo
grupo de máquinas.
3 Método - Plano da Ferramenta
Š Incluir origem - o plano de ferramenta da operação contém a origem e a vista.
Ao transformar pelo plano da ferramenta, a X5 permite escolher se deseja ou
não transformar a origem junto com a vista do plano da ferramenta. Em
operações 5-eixos recomenda-se não habilitar esta opção, onde a origem ficará
estacionária enquanto o plano da ferramenta é transformado.
68 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Š Salvar vistas - Salva os planos transformados no Gerenciador de Vistas durante


a regeneração quando Criar novas operações e geometria está deselecionada.
Quando Criar novas operações e geometria é selecionada, a opção Salvar
vistas é forçada a ativar e desativar.
4 Extair das originais - Existem dois tipos de informação que no transformar podem ser
extraídas das operações originais:
Š NCI - refere-se às linhas atuais do NCI da operação original. Ao marcar esta
opção, o Transformar lê, copia, e transforma cada linha do NCI da operação
original. Opção somente disponível para Transladar e Rotacionar.
Š Geometria - refere-se às entidades e geometrias associadas da operação
original. Ao marcar esta opção, o Transformar copia e transforma a operação
original e suas geometrias, regenera uma nova operação e reivindica as linhas do
NCI como suas. Este modo garante todas as direções de corte, compensações, e
movimentos de entrada e saída como se fosses programadas manualmente. Está
é a unica opção disponível para o Transformar do tipo espelhar.

Mudanças no Transformar - Transladar


Para o tipo Transladar, a maioria das mudanças foram realizadas para melhorar a integração entre
a transformação da geometria e a interface da operação.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 69

1 Polar - um movimento incremental da operação original de sua posição atual. Funciona


como o Retangular, porém especifíca-se um incremento XYZ ao invés de distâncias X e
Y.
2 Cópias - número de cópias criadas pelo Mastercam e o espaçamento entre cópias. Estas
opções são as mesmas que transformar a geometria.

Note: A opção Copiar operações originais na página Tipos e Métodos afeta o número de
cópias criadas.

3 Parâmetros de Cópia - mesmas opções de Transformar geometia.

Mudanças no Transformar - Rotacionar


Como nas melhorias do Transladar, os novos parâmetros adicionadas visam facilitar a integração
com a interface do Transformar.
70 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Mudanças no Transformar - Espelhar


A nova opção Diração de corte no método Espelhar controla se o Mastercam aplica ou não a
mesma direção de corte, compensações, ponto inicial, e ordem de seleção da operação original
para a operação espelhada.

ƒ Reverter ordem - mantém o mesmo ponto inicial para a operação Espelhar como na
operação original, porém inverte a ordem das entidades copiadas, incluindo a direção do
encadeamento, ordem dos pontos, e para superfícies a ordem de seleção. Esta opção
tambem inverte a direção de corte e compensação na nova operação espelhada.
Para aplicar o mesmo sentido de corte e compensações da operação original,
deselecionar esta opção. Pode-se pelo menos manter ou não o ponto inicial, ou mesma
entidade inicial para a operação espelhada.
ƒ Manter ponto inicial - ponto inicial da operação transformada é o mesmo da operação
original. O sentido de corte pode estar diferente, se marcada também a opção Reverter
ordem. Nos exemplos seguintes, a operação original é mostrada à esquerda, e a
espelhada à direita.

Note: Ao marcar a opção Reverter ordem , o Mastercam automaticamente marca a opção


Manter ponto inicial .
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 71

A imagem a seguir mostra o sentido de corte resultante ao marcar-se a opção Reverter


ordem e Manter ponto inicial para a operação espelhada.

Operação original Operação espelhada

O Mastercam inverte o sentido de corte de horário para anti-horário e mantém a mesma


ordem das entidades (ponto inicial e direção do encadeamento).
72 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

A imagem a seguir mostra os resultados ao deselecionar-se Reverter ordem e


selecionar Manter ponto inicial.

Operação original Operação espelhada

O Mastercam mantém o ponto inicial e o sentido de corte da operação original. Porém,


a entidade inicial do encadeamento muda consequentemente.
ƒ Manter ponto inicial - disponível somente quando Reverter ordem é deselecionado.
Selecionar esta opção quando desejar a mesma entidade do encadeamento e o mesmo
sentido de corte da operação inicial.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 73

A imagem a seguir mostra os resultados desta opção, onde o Mastercam muda o ponto
inicial para manter a entidade inicial.

Operação original Operação espelhada


74 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Usinagem 2D Automática de Sólidos


Usinagem de Paredes Inclinadas
Usinagem 2D Automática de Sólidos agora reconhece e usina paredes inclinadas ao marcar a
opção Reconhecer parede inclinadas na página Setup.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 75

Na página Ferramentas de Acabamento, pode-se correlacionar o ângulo de inclinação da parede


com uma ferramenta cônica.
76 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Pode-se também especificar um passe em profundidade para paredes inclinadas em Desbaste,


Reusinagem e Acabamento de Paredes.

Ligando uma Operação à um Sólido


Esta nova função garante que o usuário saiba quando uma operação 2D Automática de Sólidos
necessita ser atualizada devido à mudanças no sólido. O Mastercam agora marca a operação 2D
Automática de Sólidos, com o botão Detectar em parâmetros, como "desatualizada" e regenera o
sólido. Precisa-se editar a operação 2D Automática de Sólidos, redetectar as características, e
regenerar a operação quando o sólido foi alterado.
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 77

Geometrias em Arcos 3D no Movimento de entrada


para Desbaste
No Desbaste da operação Usinagem 2D Automática de Sólidos, marcar a opção Movimentação
por Arcos 3D para criar arcos 3D para a movimentação de entrada.

Furação Automática de Sólidos


Note: Para melhorias na Furação Automática de Sólidos, visualizar Suporte do Bloco de
Furação na Furação Automática de Sólido on page 101

Salvando Informações de Características


Informações ajustadas na página Características, como tipo de furo, ferramenta de acabamento,
planos, supressão de partes, são salvas juntamente com a peça ao clicar em OK. As informações
salvas serão apicadas à características existentes mesmo ao clicar novamente em Detectar .
Selecionando Cancelar discarta as mudanças e restaura as informações anteriores..
78 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Controles Adicionais do 4º eixo


Furação Automática de Sólidos agora suporta planos para furação com eixos rotativos. A página
Setup inclui a opção Saída para 4º eixo e uma lista para Eixo de Rotação .

Quando a definição de máquina ativa esta configurada com uma eixo rotativo, seleciona-se esta
opção, e em seguida o tipo de eixo de rotação. Quando a opção Definição de Máquina é
MELHORIAS NA FRESA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) • 79

Selecionada (padrão), o Masterca gera planos de ferramenta baseado na definição do eixo rotativo
da máquina. Pode-se substituir esta opção escolhendo outro item da lista.
80 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Invertendo Planos em Múltiplos Furos


A página Características agora permite selecionar e reverter o plano de múltiplos furos ao mesmo
tempo. Botão-direito na coluna Planos para os furos e selecionar Plano do menu do mouse.
Melhorias na Fresa
Ferramentaria (Nível 3)
Novas Operações 3D Alta Velocidade
O Mastercam X5 adiciona novas operações de desbaste e acabamento para a gama de operações
já existentes.

OptiRough (Desbaste Dinâmico de Superfície)


A nova operação 3D Alta Velocidade, OptiRough suporta ferramentas capazes de grandes
profundidades de corte. Usa-se um agressivo, rápido e inteligente desbaste dinâmico baseado nas
operações dinâmicas 2D do Mastercam. Para acessá-la, do menu selecionar Usinagens, 3D Alta
velocidade. Após selecionar as superfícies a usinar, selecionar Desbaste como o tipo da operação,
e em seguida OptiRough.
Uma única operação OptiRough pode cortar o material em duas direções: em passes para baixo (-
Z) e passes para cima (+Z). Esta eficiente bi-direcional estratégia de corte remove o máximo de
material possível com o mínimo de passes para baixo, reduzindo o tempo dos ciclos.
82 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Conforme os passes são calculados, o desbaste dinâmico limpa o material na direção de -Z,
evitando quaisquer ilhas. Os números na imagem a seguir indicam a ordem de corte.

Ao ativar passes para cima nos Parâmetros de Corte, o Mastercam calcula fatias adicionais na
direção +Z para remover qualquer material deixado para trás pelos passes para baixo - por
exemplo, ilhas, grandes vazios e paredes inclinadas. Os passes para cima usam a estratégia da
Reusinagem dinâmica 2D. Os passes para cima são ordenados entre os passes para baixo.

TIP: Como os passes para cima são opcionais, pode-se usar esta operação para um
desbaste agressivo, sem importar-se com a reusinagem, o que toma tempo.
MELHORIAS NA FRESA FERRAMENTARIA (NÍVEL 3) • 83

Acabamento Híbrido
Usinagem Híbrida é a última operação adicionada e foi desenvolvida para alcançar regiões
íngremes e rasas do modelo. Esta poderosa operação se beneficia de novas tecnologias como a
movimentação de corte em curvas. Para acessá-la, do menu selecionar Usinagens, 3D Alta
Velocidade. Após selecionar as superfícies a usinar, selecionar Acabamento como o tipo da
operação, e em seguida Híbrido.
O Acabamento híbrido suporta um ângulo para distinguir as regiões íngremes das regiões rasas. E
também inclui passes separados em áreas rasas e áreas íngremes.

O valor Passo para baixo em área íngreme define a distância Z constante entre passes para
baixo. O Mastercam utiliza este passo para baixo junto com o Ângulo limite e Passe lateral em
área rasa para o cálculo da usinagem híbrida.
Primeiramente o Mastercam fatia a peça em seções definidas pela distância Passo para baixo em
área íngreme. Então analiza a inclinação de transição da superfície entre cada passo para baixo
juntamente com o Ângulo limite.
84 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

ƒ Se a distância de transição de inclinação da


superfície junto com o passo para baixo é
menor que o ângulo limite, a operação
considera uma região íngreme e um único
corte 2D linha d'agua é gerado.

ƒ Caso contrário, o passe para baixo é considerado em uma região rasa. O Mastercam usa
o passo para baixo em área íngreme para criar passes 3D em corte para o passo para
baixo em áreas rasas.

Note: Se existe uma combinação de áreas rasas e íngremes em um único passo para baixo,
o passo é considerado em área rasa.

A operação híbrida gera um movimento nas áreas rasas e ingremes sem costuras, mantendo uma
ordem lógica de corte das fatias.
MELHORIAS NA FRESA FERRAMENTARIA (NÍVEL 3) • 85

A entrada é assegurada pelas estratégias 3D Alta Velocidade, garantindo um movimento suave.

Suporte de encadeamentos de sólidos em Multi-eixos


Agora pode-se encadear loops, faces, ou bordas para certas operações multieixos. Aplica-se às
seguintes áreas:
ƒ Curvas guias - operações de Curvas
ƒ Encadeamentos de controle do eixo da ferramenta - Curva, fluxo, multi-superfícies.

Novas operações Multi-eixos


O Mastercam X5 introduz oito novas operações utilizando a malha triangular. As operações de
malha triangular podem sem encontradas em Superfície/Sólido no menu Usinagens.
86 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Estas novas operações suportam supefície, sólido e STL. As estratégias são muito semelhando
com as de operações 3-eixos, incluindo desbaste, acabamento paralelo, acabamento Z constante,
rugosidade constante, dentre outras.
MELHORIAS NA FRESA FERRAMENTARIA (NÍVEL 3) • 87

O que torna estas operações diferentes é o benefícios extraídos das operações multi-eixos como
controle do eixo da ferramenta, checagem de colisões e conexões. Por exemplo, pode-se travá-las
para saída em 3-eixos mas ainda suportando sobrecortes com fresas tipo bola.
88 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Melhorias na Interface do Mult-eixos


O Mastercam X5 introduz uma interface unificada e de fácil uso. Siga as seguintes etapas para
todos processos multi-eixos:
1 Iniciar selecionando uma família de operações.
2 Selecione o tipo de operação.
3 Proceder pela árvore de parâmetros até todas as informações necessárias estarem
preenchidas. A estrutura da árvore será alterada conforme a família e tipos de
operações.
A árvore está organizada de forma lógida para a entrada dos parâmetros. Avançar ao longo da
árvore, selecionando as opções e ajustando os parâmetros para criar a operação multi-eixos
desejada.

X Criando uma operação Multi-eixos


1 A partir do menu do Mastercam, escolha Arquivo, Abrir.
2 Vá até ..\Documentation\ExampleParts e selecione MULTIAXIS.MCX-5
3 Se desejar sombrear a peça, pressionar [Alt+S] .
4 Acesse a partir do menu do Mastercam
Usinagens, Multi-eixos.
As usinagens Multi-eixos podem ser
acessadas por um único menu.
MELHORIAS NA FRESA FERRAMENTARIA (NÍVEL 3) • 89

A página de tipo de operação foi reorganizada para melhorar o acesso à operação


desejada.
Š As operações clássicas do Mastercam estão sob o botão Clássico .
Š Operações Multi-eixos para geometrias wireframe (arcos, linhas, splines) estão
arupadas sob o botão Wireframe .
Š Para fresar furos e furação, selecionar as operações sob o botão Furar/Fresar
círculos .

5 Selecionar a operação tipo Msurf sob a família Clássico .

Entrando com os Parâmetros da Ferramenta


Uma vez selecionado o tipo de operação, o próximo passo é ajustar a ferramenta.
1 Selecionar a página Ferramenta da árvore de parâmetros à esquerda da janela. A
estrutura da árvore foi projetada para seguir-se uma ordem lógica.
90 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

2 Na página Ferramenta, clicar no botão Selecionar ferram. da biblioteca .

3 Clicar em Nova biblioteca na janela de


seleção da ferramenta para selecionar uma
biblioteca.
4 Selecionar a biblioteca MILL_MM (NEW).TOOLS-5 e clicar OK.
MELHORIAS NA FRESA FERRAMENTARIA (NÍVEL 3) • 91

5 Selecionar a fresa esférica de 12mm e clicar OK .

TIP: A marca verde ao lado da página ferramentas mostra que alterações foram realizadas
na página.

6 Na página Ferramenta, clicar no botão


Selecionar ferram. da biblioteca .
7 Selecionar o arquivo BT40.HOLDERS e
clicar OK.
92 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

8 Selecionar o suporte B4C4-0020 .

Note: Para mais informações sobre a Montagem de Ferramentas no Mastercam X5,


visualizar Montagem de Ferramentas on page 35.

Entrando com os Parâmetros de Movimentação Ferramenta


As próximas páginas na árvore de parâmetros controlam a movimentação da ferramenta
durante a operação.
1 Na página Padrão de Corte, ajustar os seguintes parâmetros:
Š Em Tipo de padrão selecionar a opção Esfera para adequar a movimentação da
ferramenta ao formato esférico da peça.
Š Em Método de corte selecionar Espiral para gerar uma movimentação em espiral.
Š Em Tipo de compensação selecionar Computador .
Š Entrar com o valor 0.03mm em Tolerância de corte para ajustar a precisão da
operação. Uma menor tolerância de corte cria uma operação mais precisa, porém
demora mais tempo para ser processada e para gerar o programa NC. Este valor
também é usado para eliminar posições duplicadas e na compensação de
superfícies.
Š Entrar com 3.0mm para Passe lateral para controlar a distância entre passes.
MELHORIAS NA FRESA FERRAMENTARIA (NÍVEL 3) • 93

Š Entrar com 5.0mm em Passe longitudinal para limitar a movimentação da


ferramenta. O valor especificado é a distancia entre vetores gerados ao longo da
geometria selecionada.
Notar que ao clicar nos campos, as imagens à direita demonstram visualmente qual
parâmetro está sendo abordado.

2 Ao lado da opção Tipo de padrão, clicar em


Selecionar para ajustar as dimensões da
esfera que controlam a movimentação.
94 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

3 As opções na janela Parâmetros da Esfera estabelecem a dimensão e o local da esfera


usada como padrão de corte para a operação. Entrar com as dimensões da esfera
mostrada na figura a seguir e clicar em OK.

4 Ao final da página Padrão de corte clicar em Parâmetros de fluxo .


5 Na janela de Fluxo das Linhas, clicar em
Direção de corte . Nesta opção muda-se a
direção para a ferramenta circule ao redor da
peça.
MELHORIAS NA FRESA FERRAMENTARIA (NÍVEL 3) • 95

6 ClicarOK para retornar aos parâmetros da operação.


7 Ná página Controle do Eixo da Ferramenta, realizar os seguintes ajustes:
Š No campo Controle da ferramenta, selecionar Superfície para manter a ferramenta
normal à superfície esférica.
Š Marcar o campo Ãngulo incremental e entrar com o valor 1.0. Este valor é uma
medida angular entre vetores (da ferramenta) adjacentes. Um vetor adicional é
inserido entre vetores quando o ângulo calculado entre os vetores é maior do que o
ângulo definido.
96 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

8 Na página Controle de Colisões, entrar com 1.5mm em Sobremetal a deixar para


compensação das superfícies.

9 Ao lado de Superfícies de compensação,


clicar em Selelcionar para selecionar a
superfície na tela gráfica. Superfícies de
compensação são usadas para orientar a ponta
da ferramenta.
10 Clicar no botão com a seta para selecionar as
superfícies de compensação.
11 Abrir uma janela ao redor de toda a peça para
selecionar todas as superfícies.

12 Clicar Finalizar Seleção Na barra de


Seleções Gerais para finalzar a seleção das
superfícies.
MELHORIAS NA FRESA FERRAMENTARIA (NÍVEL 3) • 97

13 Agora a janela de seleção de superfícies


mostra (entre parenteses) 171 superfícies
selecionadas. ClicarOK para retornar aos
parâmetros da operação.

14 Na página Parâmetros de Conexão, ajustar os seguintes parâmetros:


Š Entrar com 25.0mm em Retração para ajustar a altura de retração da ferramenta
antes do próximo passe.
Š Entrar com 5.0mm em Rápido para ajustar a altura antes da entrada em corte no
movimento de mergulho.
Š No campo Manter ferramenta abaixada em:,marcar a opção Distância e entrar
com o valor 20.0mm. Se a distância do final de um passe para o início do outro é
menor do que o valor estabelecido, o Mastercam não cria um movimento de
retração. A ferramenta se move diretamente entre os passes de acordo com a altura
em Rápido.
98 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

15 Na página Ponto de Troca/Ref. (em Conexão), entrar com o valor 250.0 para X, Y, e Z .

16 Clique em OK para confirmar a operação.


MELHORIAS NA FRESA FERRAMENTARIA (NÍVEL 3) • 99

Simulando os Resultados da Usinagem


Agora com a operação completa, pode-se ver os resultados com a Simulação de Máquina.
1 Na barra Machine Simulation, clicar em
Simulation startup settings .
Se a barra de ferramentas não estiver visível,
botão-direito em qualquer área aberta na
região das barras e selecionar Machine
Simulation para mostrá-la.
2 No canto esquerdo superior clicar em Run
para iniciar a simulação.
100 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Pode-se visualizar a usinagem completa como deveria aparecer na máquina.

3 Para retornar à área gráfica clicar em Exit .

Note: Para mais informações sobre a Simulação de Máquina no Mastercam X5, visualizar
Simulação de Máquina no Mastercam on page 37.
Melhorias no Router
Suporte do Bloco de Furação na Furação Automática
de Sólido
Para minimizar o tempo de troca de ferramenta, a operação Furação Automática de Sólido agora
reconhece os Blocos de furação configurados na Definição de Máquina ativa. A Furação
Automática de Sólidos pode atribuir ferramentas de blocos de furação, e gerar operações.

Se a definiçao de máquina ativa contém um ou mais blocos de furação, a operação mostra a janela
da Definição de Máquina e a opção Usar Bloco de Furação .
102 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Quando marcada a opção Usar Blocos de Furação (padrão), o Mastercam adiciona o bloco de
furação às ferramentas selecionadas para a operação com os ciclos de furação.
Se mais de um bloco de furação existe na Definição de
máquina, clicar em Selecionar para escolher o bloco a
ser usado. Furos que não podem ser furados com bloco
de furação são feitos individualmente.
Para mais informações sobre novas funções na Furação Automática de Sólido, visualizar
Furação Automática de Sólidos on page 77.

Importando Sólidos em operações de Nesting


No Mastercam X5, ambos Nestings Retangular e Formato Real suportam operações em sólidos,
incluindo Usinagens 2D/Furação Automática de Sólidos. Usinagens Automáticas (parent
operations), porém, ainda não são suportadas.

Melhorias na Usinagem Automática


O Mastercam X5 inclui diversas melhorias às Usinagem Automática (ATP)
ƒ Não precisa-se mais estar em Fresa ou Router para executar a ATP. Quando executanto
a ATP, a definição de máquina da ATP substitui a definição de máquinas do Mastercam.
ƒ Pode-se apagar ou anexar novos level para um scan existente.
MELHORIAS NO ROUTER • 103

ƒ Pode-se criar novas operações com o Explorados de Estratégias. Selecionar Arquivo,


Novo Operação e selecionar uma operção do submenu, ou clicar em Adicionar nova
operação e selecionar uma operação das opções.

ƒ Três novas opções foram incluídas na janela de configurações:


Š Filtrar nível 0
Š Combinar vistas
Š Ignorar níveis vazios - também aplica-se ao processamento de peça única.
104 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Suporte do SCT (sistemas de coordenadas de


trabalho) para ATP
Selecionar Usar SCT ativo para utilizar o SCT ativo para criar as operações automáticas. Se a
opção não é selecionada, a ATP utiliza o SCT definido como padrão.
Melhorias no Torneamento
Nova operação de Torneamento com Bedame
A ISCAR e a Mastercam trabalharam juntamente para desenvolver na X5 uma nova operação de
Torneamento com Bedame. Os bedames de tornear da ISCAR estão no mercado a algum tempo, e
são muito usados em operações de alta eficiênta tanto para operações de canais como de
torneamento. Porém, devido à complexidade da movimentação e médotos de corte requeridos, seu
uso ficou restrito à programações manuais. Com o Mastercam X5 Torno, alturas de segurança,
elminação de anéis arrancados, e limpeza de degrais foram adicionados para suportar os bedames
de tornear da ISCAR.

X Criando operação de torneamento com bedame


1 A partir do menu do Mastercam, escolha Arquivo, Abrir.
2 Vá até ..\Documentation\ExampleParts e selecione PLUNGE_TURN.MCX-
5
Este arquivo já contém uma operação de faceamento para retirada de material da frente
da peça. O próximo passo é utilizar o bedame para tornear em uma operação de canal.
3 Do menu do Mastercam, acesse Usinagens, Torneamento com Bedame.

Note: Ao selecionar o Torneamento com Bedame pela primeira vez, um aviso aparecerá
informando que somente ferramentas específicas são apropriadas para este tipo de
operação.

Para desativar a mensagem, marcar a opção Não mostrar mensagem novamente e


clicar OK.
106 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

4 Selecionar Encadeamento na janela Opções de Canal e clique OK para definir o canal.

5 Selecionar o encadeamento como mostrado. A seta verde indica o inicio do


encadeamento e a vermelha o final.

Note: A cor de seleção foi alterada de amarelo para azul para facilitar a visualização.
Para alterar a cor de seleção, no menu do Mastercam entrar em Ajustes, Configuração e
ajustar preferências na página Cores.

6 Clique em OK para confirmar a seleção.


MELHORIAS NO TORNEAMENTO • 107

7 Nos parâmetros da operação, selecionar a ferramenta T0202 da biblioteca.

8 Na janela de parâmetros da operação, certifique-se de selecionar Usar bloco como


fronteira externa . Está opção é necessária para o Torneamento com Bedame.

9 Na aba de parâmetros do desbaste, ajustar as seguintes opções:


Š Ajustar para 0,5mm o Sobremetal em X e Sobremetal em Z para deixar materiar
para um futuro acabamento.
108 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Š Ajustar a Profundidade de Corte para 3.0mm, equivalendo 60% da largura da


ferramenta. Esta porcentagem é a máxima profundidade de corte recomendada pela
ISCAR neste tipo de operação.

TIP: Ao entrar com valores superiores, o Mastercam exibe um aviso.

Š Nos parâmetros de Limpeza de degraus, marcar Limpeza de degraus e entrar com


o valor 60% para máxima largura. Esta opção remove degrais que são muito
grandes para o acabamento. Degrais muito largos podem remanescer quando a
parede é inclinada A operação adiciona um ou mais passes se a largura do degraus
passa a máxima porcentagem estabelecida.

10 Na aba de acabamento da operação, selecionar Negativo para prevenir os anéis


arrancados. Um anél arrancado ocorre quando a ferramenta arranca, e não corta,
MELHORIAS NO TORNEAMENTO • 109

material na borda da peça. Com esta opção ativada, a operação inclui movimentos de
mergulho negativos (direção de corte) para remover este material extra.
110 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

11 Clique em OK para confirmar a seleção.

12 No Gerenciador de Operações, clicar em


Simular para visualizar a operação.

13 Na jenla Simular, clicar em Mostrar


ferramenta, Mostrar suporte, e Verificação
rápida para ver a ferramenta, o suporte e a
remoção de material.
MELHORIAS NO TORNEAMENTO • 111

14 Clicar em Executar para iniciar a simulação. Notar os passes extras adicionados nas
áreas grandes, e os movimentos de mergulho para prevenir anéis arrancados.

15 Clique em OK para finalizar a simulação.

Operação para o canal inclinado


Canais inclinados podem ser um dos mais difíceis para programar. Mas as operação
Torneamento com Bedame inclui funções especiais para estea casos.
1 Do menu do Mastercam, acesse Usinagens, Torneamento com Bedame.
2 Clicar OK para finalizar a seleção do canal, similar à operação anterior.
3 Selecionar o encadeamento como mostrado à
direita. A seta verde indica o inicio do
encadeamento e a vermelha o final.
4 Clique em OK para confirmar a seleção.
112 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

5 Na janela de parâmetros da operação, certificar que a ferramenta T0202 continua


selecionada Ângulo Ferramenta

6 Entrar com o valor -45 para angular a ferramenta conforme geometria.

7 ClicarOK para retornar aos parâmetros da operação.


8 Nos parâmetros de forma da operação, clicar Fundo para ajustar o ângulo do canal a
partir do fundo.
MELHORIAS NO TORNEAMENTO • 113

9 Selecionar a linha do fundo do canal na janela


gráfica.
10 Marcar a opção Usar bloco como fronteira
externa para reduzir esforços no primeiro
corte.

11 Na aba de acabamento da operação, notar o parâmetro de Retração de alívio . Este


parâmetro auxilia os insertos da ISCAR para canal/torneamento quando se deslocando
em qualquer direção na superfície. Este valor ajusta a deflecção da ferramenta.
114 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

12 Clique em OK para confirmar a seleção.

13 Selecionar a operação no Gerenciador de Operações e clicar em Simular para observar


a movimentação.
14 Clicar em Executar para iniciar a simulação.

15 Clique em OK para finalizar a simulação.


MELHORIAS NO TORNEAMENTO • 115

Opção de ejetar barra da placa


Essa melhoria é específica para usuários programando múltiplos fusos. Até agora, não podia-se
iniciar com a barra em ambas placas e usar a operação de Transferência de Barra, porque esta
operação não permite uma placa com uma barra pegar a barra de outra placa. A nova opção
Ejetar barra na janela da página de propriedades da placa permite ejetar a barra da placa para
que a transferência de barra possa ser usada posteriormente.

Melhrorias na operação de corte


O Mastercam X5 inclui as seguintes melhorias para operações de corte. Na janela de parâmetros
da operação de corte:
ƒ A opção para definir a entrada da ferramenta (para ambos cortes principais de
segurança) e retração incremental no modelo, ao invés de selecionar-se o ponto de
corte.
ƒ Um novo parâmetro Face de trás da barra para que o ponto de corte possa ser
selecionado e ainda deixar um sobremetal para faceamento.
ƒ A possibilidade de aplicar um avanço de corte e rotação secundária em um raio
definido.
116 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Pode-se também na janela de parâmetros da barra, manter-se ambas partes da barra após a
operação de corte. Pode-se acessar esta janela ao clicar-se em Atualizar Barra na aba de
parâmetros da operação.
MELHORIAS NO TORNEAMENTO • 117

Melhorias na operação de desbaste


Inspeção da Ferramenta
Após adicionar a insperção de ferramenta em operações de canal, o Mastercam X5 adiciona uma
função similar à de desbaste. Esta função permite a inspeção da ferramenta entre passes, após um
volume de corte específico ou tempo determinado. Pode-se acessar esta função da página de
parâmetros do desbaste na janela de propriedades do desbaste.
118 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Saída de Ferramenta
As estratégias de desbaste agora suportam vazios no final da usinagem. O parâmetro Saída de
ferramenta extende o corte depois da barra de acordo com um valor específico.

Parâmetros de Mergulho - Angulo de Segurança para


Mergulho
Anteriormente, o ângulo de segurança para mergulho somente tinha a opção para a traseira da
ferramenta. Como a orientação da ferramenta é relativa à direção de corte, a "traseira" da
ferramenta pode estar em ambos lados, dependendo do encadeamento.Agora na janela de
parâmetros de mergulho, pode-se selecionar tanto a frente como a traseira para o angulo de
segurança Para acessar estas novas opções clicar em Parâmetros de Mergulho na aba de
Parâmetros de Desbaste nas propriedades de Desbaste no Torno.
MELHORIAS NO TORNEAMENTO • 119

Melhorias na Compensação de Ferramenta


Várias melhorias foram implantadas para resolver os seguintes problemas da compensação:
ƒ Cortes em vazio causados pelo zeramento da fronteira da barra em função do
sobremetal.
ƒ Cortes em vazio devido ao zeramento da peça e zeramento da barra.
ƒ O contorno perde profundidade durante cortes com compensação e causa perda de
cortes.
ƒ Lacunas entre o zeramento da peça e da fornteira da barra causa passes perdidos.
120 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Em adição, ao usar-se a compensação de corte, o controle numérico da máquina é o responsável


pelo zeramento da geometria pelo raio da ferramenta. Porém alguns controles não conseguem
lidar com arcos internos menores do que o raio da ferramenta. Operações de Torno agora incluem
uma opção de compensação da ferramenta chamada Otimizar comp. no Controle que remove
arcos internos menores que o raio da ferramenta. Esta opção so é habilitada quando a opção de
compensação é Controle .
MELHORIAS NO TORNEAMENTO • 121

Note: Para reverter a compensção presente antes da X5, acessar Iniciar, Programas,
Mastercam X5, MCAMX Control Panel Applet. As opções para modificar a
compensação de corte estão na página Toolpath support .

Melhorias no Torneamento com Barras


A verificação e checagem de colisão no Mastercam foi melhorada para criar uma visualização
mais precisa do torneamento com barras,e ainda mantendo uma precisa checagem de colisão.
Para visualização e verificação em Simular e Simular por sólido, O Mastercam cria uma
montagem representativa 3D de um perfil 2D. Este perfil é fornecido ou pelos parâmetros da
122 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

ferramenta ou por ferramenta customizada. A checagem de colisão não é efetuada com o modelo
3D. Continua-se a checar colisões como feito anteriormente.

Melhorias em Perfil a Tornear


O Mastercam X5 refina a função Perfil a Tornear da X4 para gerar perfis mais rapidamente a
partir dos sólidos para aplicações de torneamento.
MELHORIAS NO TORNEAMENTO • 123

Para acessar a função, selecionar no menu do Mastercam Criar, Perfil a Tornear .

Selecionar Usar Propriedades do Sólido para usar parâmetros "Parasolids" e diretamente obter o
perfil. Esse método cria rapidamente linhas/arcos precisos na maioria dos casos. Se este método
falha, o método de malha polígonal é usado. Esta opção só é habilitada se Rotação está
selecionada e nenhuma superfície foi selecionada.
124 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5
Wire Enhancements
Novo formato da Biblioteca de Potências
Em adição à atual biblioteca do Mastercam POWER, o Mastercam X5 inclui mais uma, a
biblioteca TECH. Esta nova base de dados facilita a seleção dos melhores parâmetros de potência
baseados na sua operação. A biblioteca TECH é específica ao controle da máquina. Por exemplo,
ao carregar uma definição de máquina como a Mitsubishi ou Makino suportadas pelo Mastercam
X5, uma biblioteca TECH é carregada (específica para o controle da máquina). Pode-se visualizar
isto nas seguintes duas definições de controle:
126 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Ao criar uma operação de erosão a fio usando uma biblioteca TECH/Definição de controle, os
ajustes de potência da biblioteca podem ser acessados através da página Fio/Potência nas janelas
de definição de controle.

Notes:
• as bibliotecas de potência TECH não são associadas às operações/trajetórias. Quando
inicialmente cria-se a operação, o Mastercam lê os ajustes de potência da biblioteca
mas as permite serem alteradas para a operação. Quando editando a operação, o
Mastercam armazena os ajustes de potência realizados.
• Todas as operações baseadas na biblioteca de potência TECH podem ter até 9 passes,
com excessão de contornos inclinados com ilhas que permitem até 18 passes, 9 para o
primeiro corte e 9 para o corte inclinado/cônico.
WIRE ENHANCEMENTS • 127

• Os ajustes padrões da biblioteca de potência TECH podem ser alterados por operação,
clicando-se nos botões da biblioteca na página Fio/Potência.
128 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5
Melhorias do Arte
Novas Usinagens no Arte
O Mastercam X5 inclui quatro novas usinagens no Arte. Todas estas estratégias permitem
restringir a usinagem dentro de um encadeamento fechado ou encadeamentos aninhados.
Adicionalmente, as novas estratégias em espiral, podem cortar de dentro para fora. São
especialmente úteis para moedas, gravações e relevos na indústria de papel.

Paralelo - Contenção Espiral - Contenção

Horizontal Circular

Espiral - Contenção Espiral - Seguir Fronteira de

Retangular Contenção
130 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X4

Exportar para Escala de 256 Cores de Cinza


O Mastercam Arte agora tem a habilidade de exportar em 256 cores escala de cinza. Exportar
para um dos tres padrões de formatos gráficos, invalida uma qualidade superior do arquivo a
cortar em laser as imagens em 3D.

A partir do menu do Arte indicar Exportar Superfície de Base do Arte e salve a Superfície de
Base do Arte para um dos seguintes formatos gráficos:
ƒ BMP
ƒ JPG
ƒ TIFF
Post Enhancements
Parâmetros personalizados para operações de
Transformar
Uma das novas funções do Mastercam X5 é a possibilidade de definir-se parâmetros
personalizados para operações de Transformar. Pode-se definir até quatro parâmetros inteiros, e
quatro parâmetros reais (decimais).

Estes valores trabalham semelhantemente aos outros parâmetros personalizados para operações
de furação e miscelâneas. As proxímas seções demonstram como melhor ultilizar esta nova
função.
132 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Definindo as legendas dos Campos


O Gerenciador de Definição de Controle inlcui uma nova página chamada Operação de
Transformar. Use-o para definir o nome desejado de cada campo.

Suportando os novos parâmetros no pós-processador


Duas novas linhas de NCI viabilizam os valores para o pós:
ƒ 1031 para valores reais personalizados. Essa linha chama uma nova entrada postblock,
ptransreal$.
ƒ 1032 para valores inteiros personalizados. Essa linha chama uma nova entrada
postblock, ptransreal$.
Cada linha possui 10 parâmetros. Na X5, somente os primeiros quatro são suportados, parâmetros
de 5 a 10 são para uso futuro.
Novas variáveis predefinidas armazenam os valores:
ƒ trans_mr1$-trans_mr10$ para os parâmetros reais customizados.
ƒ trans_mr1$-trans_mr10$ para os parâmetros inteiros customizados.
POST ENHANCEMENTS • 133

As novas linhas são chamadas seguindo a linha 1020.

As novas variáveis predefinidas armazenam os valores até a proxima 1031/1032 é chamada. Isto
significa que o pós precisa resetá-las entre operações de transformar.

Note: Os pós genéricos do Mastercam não possuem nenhuma implementação dos novos
postblocks (blocos de pós). Escitores de pós que querem usar esta função na X5 precisam
declarar e inicializar os novos postblocks do rascunho.
134 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Opções de Ejeção de Barra para o Torno - Linha 903


Operações de placa para torno na X5 agora incluem a opção Ejetar bloco .

Ao selecionar esta operação, clmp_op$ é ajustado para 3. Este valor sai no pós como o segundo
parâmetro na linha 903 do NCI.
POST ENHANCEMENTS • 135

Linha 20800 do NCI para Controle de Compensação


em Multi-eixos
O Mastercam X5 agora suporta controle da compensação em multi-eixos. Entrar com o diâmetro
desejado da ferramenta na página Parâmetros de Corte. O valor padrão é o diâmetro da ferramenta
da operação, porém pode-se substitui-lo a qualquer momento.

Este valor sai em uma nova linha 20800 do NCI e está disponível para o pós.

Está nova linha NCI pode ser chamada para Fresa, Torno, e Router, com excessão de operações
misc. do torno. É chamado para trocas de ferramentas e para trocas de ferramentas (null) onde a
136 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

operação muda. A saída é a linha 20009 para mudanças na ferramenta para fresamento e 20112
para mudanças no torno. Se a operação não é multieixos o valor de saída é zero.

Suporte no NCI para novas bibliotecas de Potência em


Erosão a Fio
O Mastercam X5 introduz novas bibliotecas de potência baseadas em XMl, os arquivos TECH.
Diversas novas linhas 20000 no NCI foram criadas para suportar a nova base de dados destes
arquivos. Estas novas linhas seguem o esquema similar ao usado na X4 para a interface
Agievision.
ƒ Linhas 22001-22005 são compartilhadas com a interface Agievision.
ƒ Linhas 22101-22113 são novas linhas, criadas especificamente para as novas
bibliotecas de potência.
Antes de usar as novas bibliotecas, habilitar a interface Technology Database selecionado qualque
uma das novas definições de máquina de erosão a fio que incluam (TECH) em seu nome. Para a
X5, estas novas definições de máquina incluem Makino e Mitsubishi.
POST ENHANCEMENTS • 137

Como a interface Agievision, as definições de controle para as máquinas TECH estão ligadas ao
Modelo da máquina selecionado na página do Modelo do controle. A não ser que selecione
Mitsubishi ou Makino, as novas funções não serão habilitadas

Usar a variável sx_nci_default$ para validar a seleção do modelo da máquina:


ƒ Para a Makino, sx_nci_default$ = 100.100
ƒ Para a Mitsubishi, sx_nci_default$ = 50.50
A variável sx_nci_default$ funciona como na interface Agievision. Para mais informações
sobre os pós Agievision, visualizar Mastercam X5 NCI & Parameter Reference Guide Instalados
na pasta de instalação em \Documentation .
O fio para o Modelo da máquina é chamada junto com a linha 22001.

Note: Para as máquinas Makino e Mitsubishi, a opção de controle é desabilitada. Esta


opção sempre sai como 0 na linha 22002.

Saída NCI para arquivos TECH


Quando a interface é habilitada, as linhas 22001 a 22113 são chamadas para cada desbaste e passe
leve, para cortes primários e inclinados. Os dados vistos e selecionados no Technology Database
são lidos dos dados XML, no arquivo TECH, nem tudo está visível na janela.
138 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5

Use a imagem acima, a imagem a seguir e a tabela abaixo como um guia para saídas no NCI.
Visualizar a ajuda online do Mastercam X5 para aprender a usar as diferentes opções ao
programar.

Linha NCI Descrição


22001 Modelo da máquina (string) da definição de contole.
22002 Nem sempre usado 0.
22003 Não usado; sempre em branco.
22004 Parte do material (string).
22005 Material do fio (string).
22101 Máquina (string); usado para identificar a biblioteca.
22102 Controle (string); usado para identificar a biblioteca.
22103 Unidades inteiras. 0=polegada, 1=métrico.
22104 Comentário da biblioteca de potência. Este único string é usado
para toda a biblioteca.
22105 Descrição/legenda da qualidade. Comentário aplicado para passes
individuais.
POST ENHANCEMENTS • 139

Linha NCI Descrição


22106 Machining condition code. Está é uma saída do tipo string, porém
só contém dados numéricos. Este também é chamada com as linhas
de troca de ferramenta (NCI 1000/1001/1002) como o parâmetro
ccode$ .
22107 Esta linha consiste em um sting de seis valores numéricos:
1 Mínima espessura da parte primária.
2 Máxima espessura da parte primária.

Note: Nem todas as partes terão valores diferentes para


espessuras máximas e mínimas. Nestes casos, um único valor de
espessura sairá em ambos campos.

3 Primary Ra. Se a selecionada Finish (Ra) é uma gama de


valores, será chamado o valor mediano.
4 Mínima espessura da parte inclinada.
5 Máxima espessura da parte inclinada. Visualizar nota
depois do parâmetro 2.
6 Taper Ra (inclinado) Se a selecionada Finish (Ra) é uma
gama de valores, será chamado o valor mediano.
22108 A classe Method para cortes primários (string).
22109 A classe Method para cortes inclinados (string).
22110 Caminhos dos Arquivos Miscelâneos. Estes são tipicamente lidos a
22111 partir do arquivo .TECH.
22112 Finish (Ra) string para cortes primários.
22113 Finish (Ra) string para cortes inclinados.

Note: As definições de máquina da Makino e Mitsubishi suportadas pelo Mastercam X5,


incluem pós com estas funções já implementadas. Ao usar estes pós e definições de
máquina, não há necessidade de programação para suportar as novas bibliotecas.
140 • WHAT’S NEW IN MASTERCAM X5