Vous êtes sur la page 1sur 7

OXALÁ

Bendito e louvado seja O nome de Oxalá


E leva pras ondas do mar, Óh Iemanjá…
Os pedidos dos filhos de Oxalá
Oi corre, corre, rio abaixo, Oi corre, que Oxum mandou,
E leva pras ondas do mar, Óh Iemanjá…
Os pedidos dos filhos de Oxalá.
De longe eu via terra, de longe eu vi o mar (2x)
De longe vi uma estrela, mas era Ele meu Pai Oxalá (2x)
Eu quero ver o céu iluminar
Iluminar a coroa de Oxalá (2x)
Eu quero ver a coroa de espinho
Irradiando energia da coroa de Oxalá
Eu quero ver a coroa de espinhos
Irradiando energia sobre os filhos do congá
Epa baba Oxalá ele é o rei
Ele é o rei de todos os Orixás (2x)
(Senzala/ Terreiro) em festa, Umbanda em alegria
Oxalá o pai da verdade, Chegou o nosso dia.
Oxalá é quem governa o mundo
Só ele pode governa
Foi ele quem no deu a luz
Clareou a Umbanda e nossos Orixás
Oxalá, Oxalá, Oxalá
Abre os caminhos pra seus filhos trabalhar.
Oxalá nas oliveiras pediu ao senhor do mundo (2x)
Que plantasse e semeá-se a caridade que o pai determinou
Como é lindo Oxalá, como é lindo Oxalá,
Como é lindo Oxalá em seu Congá
Oxalá meu Pai tens pena de mim tens dó
A volta do mundo é grande o seu poder é maior
Oxalá vai abençoar os seus filhos no conga
Vai pedir a virgem santa para tudo iluminar
Oxalá é rei da Umbanda e seu reino é de luz
Ilumina o terreiro e a fé ele conduz
Oxalá seus filhos lhe pedem auxilio
Vinde a eles ajudar
Derramai vossos olhos piedosos e estes filhos de fé
Meu pai Oxalá... Obrigado meu pai que bom
As voltas do teu abraço são laços de luz e som
Meu pai Oxalá... eu sei que estais em mim
As dores da ilusão a força do não e o sim
Peço agora o seu amor nesta hora de esperança
Pra ser livre como a flor seu adulto e ser criança
Abençoe a todos nós nossos pais nossos avós
Nossos filhos e parentes nossas vidas tão carentes
Meu pai Oxalá... És tudo na criação
Igual teu poder não há, me cura me dá sua mão.
Vou caminhando nas estradas desta vida
E me protegem 7 luzes de Orixás
Filhos de Umbanda, minha fé é o que me guia
Nos caminhos de Aruanda sobre a paz de Oxalá (2x)
Oxalá é Pai, Oxalá é rei
Divino Pai, divina força que me encanta
Nos caminhos de Aruanda sua luz é minha lei (2x)
Rio, montes e cascatas vejo a beleza do mar
Olho pro céu e as estrelas sempre a me iluminar
Pois cada passo que dou é uma vitória a galgar
E de joelhos em terra sempre louvarei a meu pai Oxalá
Meu pai supremo ...és criador
É a mais pura bondade é a paz e o amor
Me cubra com sua gloria me prometa nunca faltar
E de joelhos em terra sempre louvarei a meu pai Oxalá
Nzambi olhai esse mundo, que o senhor criou
Com beleza e encanto Oxalá com o seu manto
A bondade semeou (2x)
Carregando a cruz carregando a dor
Oxalá é luz ele é o amor (2x)
Abre a porta do coração pra receber Meu Pai
Abre a porta do coração pra encontrar a paz (2x)
Oxalá meu pai, Oxalá meu pai
Quem é seu filho de fé balanceia mas não cai
Senhor,
Fazei-me instrumento de vossa paz!
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve a união
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre,
Fazei que eu procure mais ...consolar que ser consolado,
Compreender que ser compreendido,
Amar que ser amado.
Pois é dando, que se recebe,
É perdoando que se é perdoado
E é morrendo que se vive... para a vida
eterna!
Simiromba
Ê, Simiromba â.
Vem, vem, vem, Simiromba!
Simiromba, vem â Simiromba
Vem, vem, vem, Simiroba !
Ele vem com a cruz na mão, Simiromba.
Ê, Simiromba â Vem, vem, vem, Simiromba!
Vem abençoar a gente, Simiromba
Vem pelas mãos de Deus, Simiromba..
Vem, vem, vem, Simiromba!
Se meus olhos não me enganam,
É São Francisco, Simiromba â.
Me abençoa, meu Pai.
No raio do amor. No raio da Luz!
Se meus olhos não me enganam,
É São Francisco, Simiromba â
Me abençoa, meu Pai,
No amor de Maria com a sua cruz!
Simi, Simi, Simi, Simiromba
Simi, Simi, Simi, Simiromba
Simiromba anda devagarzinho
Passo a passo, segue o seu caminho
E a todos que encontra Deseja Paz e Bem
Simiromba é pura bondade
Expressão maior de humildade
E de amor pela Humanidade Também.
Simiromba é o pobrezinho
O menor de todos irmãozinhos
Pés descalços, a túnica rota É o que possui.
E, se ganha um pão na estrada
O recebe com as mãos enchagadas
Abençoa e passando adiante Logo distribui.
Simiromba é o pai da pobreza
E por ele se tem a certeza
Que o que vale são os sentimentos Para Deus
Não importa se é rico ou se é pobre
Se tem ouro, ou prata, ou cobre
Nada disso se leva consigo Pro Reino dos Céus.