Vous êtes sur la page 1sur 4

IMPESSOALIDADE

• Agente comunicador único: serviço público


• EMISSOR: não deve apresentar impressões subjetivas sobre o que
comunica
NÃO PODE FALAR: "PREZADO DIRETOR..."

• DESTINATÁRIO: deve receber tratamento homogêneo NÃO PODE FALAR: "DESPREZADO DIRETOR"

• ASSUNTO: deve ser de interesse público NÃO HÁ ESPAÇO PARA QUESTÕES PESSOAIS: "SOLICITO INFORMAÇÕES DOS MEUS..."

• OBS:
Uso da primeira pessoa (singular ou plural):não fere a impessoalidade
(EU) SOLICITO É possível escrever um texto em primeira pessoa
do plural, mas assinado por apenas uma pessoa.
(NÓS) SOLICITAMOS
É o chamado plural de modéstia.
"Gostaríamos..." no final assinatura de João X
IMPESSOALIDADE – QUESTÕES
1. (Cespe/2017) Decorre do princípio da moralidade a prescrição de que não
deve haver impressões pessoais em textos oficiais.
2. (Cespe/2013) O caráter impessoal do assunto tratado nas comunicações
oficiais deve restringir o uso dos documentos oficiais a situações
relacionadas ao interesse público, não cabendo tom particular ou
pessoal na redação desses documentos.
3. (Cespe/2014) Admite-se o registro de impressões pessoais na redação
oficial, desde que o assunto seja de interesse público e expresso em
linguagem formal
4. (Cespe/2016) O tratamento impessoal nas comunicações oficiais decorre,
principalmente, do fato de o comunicador ser o serviço público.
5. (Cespe/2013) Na redação oficial, a impessoalidade refere-se ao emprego adequado
de estruturas formais, como a utilização de pronomes de tratamento para
determinada autoridade, à polidez e à civilidade no enfoque dado ao assunto que
se pretende comunicar.

6. (FGV/2014) De acordo com o Manual de Redação da Presidência da República, o tratamento


impessoal que deve ser dado aos assuntos que constam das comunicações oficiais decorre:
I. da ausência de impressões individuais de quem comunica;
II. da impessoalidade de quem recebe a comunicação, tanto o cidadão quanto um órgão público;
III. do caráter impessoal do próprio assunto tratado.

Completa(m) o enunciado corretamente


a) somente os itens II e III.
b) somente os itens I e III.
c) somente os itens I e II.
d) todos os itens
e) nenhum dos itens
7. (Cespe/2017) Assim, gostaríamos de convidar Sua Excelência para
participar da referida cerimônia entregando as premiações aos escolhidos
e também proferindo breve discurso de encerramento.
O uso da primeira pessoa do plural no último parágrafo do documento
em questão fere o princípio da impessoalidade, necessário nas
comunicações oficiais.

8. (Cespe/2015) Nas práticas de correspondência oficial contemporâneas, o


uso da forma verbal "Encaminho", na primeira pessoa do singular, é
inadequado por denotar intimidade.

Centres d'intérêt liés