Vous êtes sur la page 1sur 23

RECURSOS

CINESIOTERAPÊUTICOS

SIDNEY BRAGA
CINESIOTERAPIA
• Treinamento planejado e sistemático de movimentos
corporais, posturas ou atividades físicas

• Objetivos Gerais
• Tratar ou prevenir comprometimentos
• Melhorar, restaurar ou potencializar a função física
• Prevenir ou reduzir fatores de risco ligados à saúde
• Otimizar o estado de saúde geral, seu preparo físico ou
sensação de bem estar.
Cinesioterapia
 Tipos de técnicas
 Mobilização articular
 Técnicas de ADM
• Alongamentos
• ADM Passiva (Exercício passivo)
• ADM Ativo-assistida (Exercício ativo-assistido)
• ADM Ativa (Exercício ativo livre)
• ADM Auto-assistida
 Exercícios resistidos
 Exercícios de equilíbrio e propriocepção
 Exercícios pliométricos
Cinesioterapia
 Mobilização articular
• Tração
• Deslizamento

 Efeitos fisiológicos
• Efeitos mecânicos
• Estimulo da secreção e movimento do líquido sinovial
• Manutenção e melhora da força tensiva dos tecidos
articulares e periarticulares
• Manutenção e melhora dos impulsos nervosos aferentes
dos receptores articulares e periarticulares
(propriocepção)
Cinesioterapia

• Efeitos mecânicos

• Fornecimento de nutrientes para as porções avasculares

• Redução de edema e dor

• Efeitos neurofisiológicos

• Estímulo de mecanorreceptores

• Inibição de estímulos nociceptivos (comportas)


Cinesioterapia

Indicações

• Hipomobilidade articular reversível

• Falhas de posicionamento/subluxações

• Limitação de ADM progressiva

• Imobilidade funcional
Cinesioterapia

 Contra-indicações
• Hipermobilidade articular
• Edema por derrame articular
• Inflamação
• Precauções
• Artroplastias totais (depende do mecanismo)
• Tecido conjuntivo recém-formado
• Doenças sistêmicas (AR)
Cinesioterapia
 Alongamentos

• Indicações

• ADM limitada por aderências, contraturas e formação de


tecido cicatricial

• Restrição na mobilidade ou imobilidade

• Fraqueza muscular e encurtamento em sentidos opostos

• Preparo físico e prevenção de lesões

• Antes e/ou depois de exercícios vigorosos


Cinesioterapia
 Contra-indicações

• Bloqueio ósseo

• Fratura recente

• Processo inflamatório agudo ou infeccioso

• Cicatrização de tecidos moles pode ser prejudicada


em tecidos encurtados

• Hematoma ou outra indicação de trauma dos tecidos

• Hipermobilidade instalada
Cinesioterapia
 Tipos de alongamento
• Alongamento passivo ou manual
• Alongamento manual assistido
• Auto-alongamento
• Alongamento balístico
• Técnicas de facilitação e inibição neuromuscular
– Alongamento com FNP (manter-relaxar, contrair-relaxar e
contração do agonista) ou inibição ativa ou alongamento
ativo ou alongamento facilitado
• Técnicas de energia muscular ou músculo-energia
Cinesioterapia
 Efeitos fisiológicos
• Melhora da circulação
• Aumento da densidade capilar intramuscular
• Aumento das proteínas contráteis
• Aumento do número de sarcômeros
• Melhor deslizamento de actina e mosina
• Melhor adaptação do fuso muscular (sensível a
distensão)
• Inibição das estruturas contráteis pelo OTG
(relaxamento reflexo) – sarcômeros relaxam e
aumentam de tamanho
Cinesioterapia
Exercícios de ADM
Exercício passivo Exercício ativo Exercício ativo-
livre assistido

• Locais com
inflamação aguda; • Capaz de
• Quando o • Paciente capaz contrair
movimento ativo é de contrair o músculo,
Indicações prejudicial; músculo sem porém
• Paciente não é ajuda de necessita de
capaz de realizar assistência certa
movimento (coma, assistência
paralisa, repouso
absoluto)
Cinesioterapia
ADM Passiva ADM Ativa ADM Ativo-
assistida
• Melhora • Melhora na circulação;
circulação e • Nutrição muscular
dinâmica vascular; • Secreção e
• Facilita secreção movimentação de
e movimentação líquido sinovial;
de líquido sinovial • Melhora e manutenção
Efeitos • Nutrição da da elasticidade
fisiológicos articulação fisiológica e Mesmos efeitos
• Diminui ou inibi a contratilidade de da ADM ativa,
dor músculos participantes; porém em menor
• Auxilia no • Melhora o trofismo; intensidade
processo de • Previne atrofia;
cicatrização após • Prevenção de trombos;
lesão ou cirurgia • Feedback sensorial a
• Percepção de partir das contrações
movimento musculares
Cinesioterapia

Exercício passivo Exercício ativo Exercício


livre ativo-assistido

Febre
PIC elevada
H.A.S descompensada
Contra- Infecções ativas
indicações Trombose
Dores causadas por movimentos
Lacerações agudas
Fraturas não tratadas
Imediatamente após cirurgias
Cinesioterapia
Exercícios resistidos

CONCEITOS
Força Produção de tensão e força
resultante
Rapidez com que o trabalho é
Potência realizado
Realização de atividades de Resistência muscular à
baixa intensidade repetidas fadiga – habilidade do
Resistência à fadiga ou mantidas por tempo músculo contrair contra
prolongado uma carga e sustentar
tensão por longo período
de tempo
Cinesioterapia
PRINCÍPIOS
Aplicação de uma carga que Força: da carga
Princípio da exceda a capacidade metabólica
sobrecarga do músculo Resistência: de
repetições
Princípio AEDI Especificidade da estrutura
(Adaptação
Específicas às Função da estrutura
Demandas Impostas)
Mudanças adaptativas são
transitórias
Princípio da
reversibilidade Pode ocorrer redução no
desempenho muscular

Necessidade de manutenção
Cinesioterapia

TIPOS DE FIBRAS MUSCULARES

CARACTERÍSTICAS Tipo I Tipo II A Tipo IIB

Resistência à fadiga Alta Intermediária Baixa

Densidade capilar Alta Alta Baixa

Sistema energético Aeróbico Aeróbico Anaeróbico

Velocidade de Lenta Rápida Rápida


contração

Velocidade de Lenta Rápida Rápida


máxima
encurtamento
Cinesioterapia
EFEITOS E ADAPTAÇÕES FISIOLÓGICAS
Variável Treino de força Treino de resistência
• Hipertrofia em maior intensidade • Hipertrofia mínima
nas fibras Tipo II
Sistema • Hiperplasia • Aumento da densidade
musculo- • Discreto aumento na densidade de leitos capilares
esquelético de leitos capilares e volume
mitocondrial • Aumento na densidade
e volume mitocondrial
Sistema • Aumento do número de unidades
nervoso motoras
• Aumento das reservas de ATP • Aumento das reservas
de ATP
Metabolismo • Aumento nas reservas de • Aumento nas reservas
mioglobina de mioglobina
• Aumento das reservas
de triglicerídeos
Cinesioterapia

EFEITOS E ADAPTAÇÕES FISIOLÓGICAS


Variáveis Treino de força Treino de resistência

Enzimas Aumento de Creatinafosfoquinase e


Mioquinase
Composição • Aumento da massa corporal
corporal magra Diminuição da % de
• Diminuição da % de gordura gordura corporal
corporal
• Força tensiva de tendões, músculos, ligamentos e tecido
conjuntivo
Tecido
conjuntivo • Aumento na densidade mineral óssea

• Aumento da massa óssea


Cinesioterapia

Exercício Exercício
Variáveis Exercício isométrico concêntrico excêntrico

Contração com
produção de força, Contração muscular Alongamento sob
Conceito porém sem mudança com encurtamento tensão
aplicável no
comprimento muscular
e movimento articular
Cinesioterapia
Variáveis Exercício isométrico Exercício Exercício
concêntrico excêntrico
• Prevenir ou minimizar • Ativação
atrofia muscular quando • Ativação muscular
o movimento articular muscular (controle
não é possível; (controle neuro neuromuscular);
• Ativação muscular muscular);
(reestabelecimento do • Aumento de
Indicações controle neuro • Aumento de força, resistência
muscular); força, e hipertrofia
• Desenvolver estabilidade resistência e
postural ou articular hipertrofia; • Melhorar controle
• Melhorar a força postural ou
muscular quando não se • Melhorar articular
pode utilizar o exercício controle
dinâmico; postural ou
• Desenvolver força articular
muscular em pontos
particulares da ADM
Cinesioterapia
Exercício Exercício
Variáveis isométrico concêntrico Exercício excêntrico

• Distúrbios cardíacos e circulatórios


• Bloqueio ósseo
• Fratura recente
Contra- Distúrbios • Processo inflamatório agudo ou infeccioso
indicações cardíacos e
circulatórios • Cicatrização de tecidos moles pode ser
prejudicada em tecidos encurtados ou
alongados
• Hematoma ou outra indicação de trauma
dos tecidos
• Hipermobilidade instalada
Cinesioterapia
Exercícios em cadeia cinética aberta Exercícios em cadeia cinética fechada
(CCA) (CCF)
• Seguimento distal se move no espaço • Seguimento distal permanece fixo
• Movimentos articulares independentes • Movimentos articulares
interdependentes
• A ativação muscular ocorre • A ativação muscular ocorre em
predominantemente no movimentador múltiplos grupos musculares, tanto em
primário e é isolada para os músculos músculos proximais quanto distais.
da articulação em movimento.

• A resistência é aplicada ao • A resistência é aplicada


seguimento distal que se move simultaneamente a múltiplos
seguimentos
• Uso de carga rotatória externa • Uso de carga axial
• Normalmente necessita de • Estabilização interna (ação muscular,
estabilização externa (manual ou compressão articular, congruência e
equipamento) controle postural