Vous êtes sur la page 1sur 13

Índice Remissivo de Assuntos

Tatiana c,,rea,, Cervo


Universidade Federal de Santa Maria

Aços (ver também Materiais metálicos) lingotamento, 1160


annaduras soldáveis, 1117 sinterização, 1156
CA-50 soldável, 1119 tubos estruturais, 1177
desvantagens, 1122 Adições minerais, 778,791,936
fabricação de, 1120 concreto, no, 809
nonnas brasileiras, 1123 calor de hidratação, 810
processos de, 1120 durabilidade, 814
vantagens, 1122 corrosão das armaduras, 815
estruturais (ver Aços estruturais) porosidade, 814
protensão, reação álcali-agregado, 815
cordoalha resistência aos sulfatos, 815
engraxada, 1129 módulo de deformação, 814
plastificada, 1129 reologia, 809
pontes estaiadas, para, 1129 resistência à compressão, 815
fabricação, 1124 resistência à tração, 814
matéria prima, 1124 retração por secagem, 8 IO
tratamento térmico, 1127 escória de alto-forno, 779, 794
tela soldada nervurada, 1138 área específica, 800
, .
aplicação, 1141 caractensticas
características geométricas, 1039 composição química, 795
fornecimento, 1141 finura. 800
histórico, 1139 granulometria, 800
tipos, 1140 hidraulicidade, 801
treliças metálicas, 1130 reatividade, 796
espaçador treliçado, 1136 utilização, 794
lajes, 1132 fíler, 809
treliças planos de aço hidratação, 796
alvenaria, para, 1143 pozolanas, 780, 802
aplicações, 1147 características, 794,806
características dimensionais, 1144 composição, 792
ligação alvenaria-estrutura, 1148 finura, 808
projeto de alvenaria, 1145 massa especffica, 809
reforço de argamassa, 1149 teor de vidro, 808
tipos, 1144 reações pozolânicas, 805
steel deck, 1150 tipos
Aços estruturais, 1154, 1162 (ver também Light steel framing) cinza de casca arroz, 803
baixo carbono, 1162 cinza volante, 803
' conectores, 1178 rnetacaulim, 804
arames de solda, 1181 sílica ativa, 803
resistência, 1182 Agregados, 483, 934
chumbadores, 1178 características, 489
resistência, 1178 índices físicos, 490
eletrodos, 1181 absorção, 490
parafusos, 1179 análise mineralógica, 497
resistência, 1180 cargas Superficiais, 501
perfis estruturais, 1162 durabilidade, 500
a frio, 1175 fmosArgilosos , 498

laminados, 1166 forma e textura, 494
soldados, 117 l impurezas orgânicas, 498
produção, 1155 massa específica, 492
aciaria, 1159 material Pulverulento, 499
alto forno, 1157 partículas Friáveis, 499
coqueria, 1155 partículas Reativas, 500
laminação, 1161 resistência, 493



f

1762 T. Cureau Cervo

superfície específica, 496 normalização, 1047


torrões de Argila, 499 vantagens, 1047
umidade, 490 Argamassas
estruturas de contenção, para, 519 aderência, 9017
argamassa-substrato, 917
drenagem interna, 521
fragmentos de roc.has, 485 ensaio, 922
frações granu]ométricas, 486 influência dos materiais, 919
agregados, 489 assentamento, para, 896
materiais naturais, 486 classificação, 894
materiais processados, 488 defmição, 893
mistura de partículas dosage.m, 926
compacidade, 508 métodos, 927
estabilidade, 509 preparo das argamassas, 930
estabilização, 511 funções, 895
resistência ao cisalhamento, 510 histórico, 893
granulometria, 502 normalização, 939
curvas Granulométricas, 503 patologias, 930
índices físicos, 506 adições, 936
absorção, 507 aditivos, 937
índices de vazios, 507 agregados, 934
massa específica, 506 água,938
porosidade, 507 cal, 933
superfície Específica, 507 cimento, 932
umidade, teor de, 507 eflorescência, 938
propriedades hidráulicas, 514 propriedades, 903
propriedades mecânicas, 511 adesão inicial, 913
defonnabilidade, 513 consistência, 905
índice suporte califórnia, 512 densidade, 912
• A • •

. .res1Stenc1a ao c1salhamento, 511 plasticidade, 505


pavimentação, 515 reologia, 505
pavimento rodoviário, 515 retenção de água, 911
bases e sub-bases, 516 trabalhabilidade, 505
revestimento asfáltico, 517 retração, 914
revestimento rígido, 518 •
revestimento, 900
rochas, 484 Arranjos atômicos, 158
Alumínio esbutural, 1182, 1185 estrutura molecular, 158
produção, 1182
cadeias poliméricas, 159
Alvenaria estrutural
histórico, 1045
materiais típicos, 160
estrutura amorfa, 166, 170
Brasil, I050
materiais, 1051 materiais, exemplos de 171
estrutura cristalina, 161 '
argamassas de assentamento, 1056
alotropia, 167
materiais
. constituintes , 1057
.

tipos, 1059 célula unitária, 161


traços, especificações, 1060 cristalinidade 161
blocos cerâmicos, 1052, 1054
direções, 165'
absorção, l054 materiais, exemplos de, 168
. " . planos, 165
res1Stenc1a à compressão, 1054
blocos de concreto, 1052, 1055 sistemas cristalinos 162
Bambu, 1619 '
absorção, 1055
aspecto, 1055 defmição, 1622

dimensões, 1055 rrucroestrutura, 1627
morfologia, 1623
resistência à compressão, 1055
retração, 1055 colmos, 1624
blocos sílico-calcário, 1052 flores, 1626
grautes, 1062 folha, 1625
dosagem, 1064 ' frutos, 1626
lançamento, 1064 galhos, 1625
~teriais constituintes, 1063 raízes,

1623
nustura, 1064 nzomas, 1623
obtenção, 1628
prop~edades no estado endurecido, 1063
propnedades no estado fresco, 1063 corte, 1629
ruptura a compressão, 1065 cura, 1630
alvenarias, 1068 secagem, 1631
argamassa, 1065 seleção, 1629
blocos, 1065 tratamento, 1631
prismas, 1065 perspectivas, 1644
tensões, 1067 propriedades físicas, 1632
absorção, 1638

'
"' '
''
Índice Re,nissivo de Assi,ntos 1763
diâmetro externo, 1633
distância internodal, 1633 aluminato, 338
espessura da parede, 1633 belita, 337
. massa específica, 1639 ferroaluminato, 338
propnedades mecânicas 1640 estrutura, 325
. ' propriedades, 347
c1sall1amento, 1643
compressão, 16411643 vidros, 342
tração, 16401643 Cerâmica para acabamentos
Cal, 695,933 histórico, 590
aplicações, 720 louças Sanitárias, 615
blocos, 721 revestimentos Cerâmicos, 589
concreto, 722 agressão, fatores de, 608
tintas, 720 análise visual, 607
cime11to Portland 724 características, 599
cal virgem ' abrasão, resistência à, 602
co.mposição química, 703 absorção de água, 599
nucroestruturn, 704 ataques químicos, 603
qualidade,704 cádmo, resistência ao, 606
reatividade, 705 choque ténnico, resistência ao, 605
resíduo de extinção 705 chumbo, resistência ao, 606
cal hidratada, 707 ' coeficiente de atrito, 606
composição qufmica 707 congelamento, resistência ao, 600
qualidade,708 ' dureza, 607
expansão,600, 610
água combinada, 71 O flexão, resistência à, 601
anidrido carbônico, 709 geométricas, 598
ensaios, 714 gretagem, resistência à, 606
estabilidade, 712 manchas, resistência à, 603
finura, 711 ruptura, carga de, 600
impurezas, 709 técnicas, 599
óxidos livres, 710 embalagem, 615
óxidos totais, 709 especificação, 609
requisitos
. . físicos,
, .
711 fabricação, 594
requ1s1tos qu1nucos, 709 confonnação, 596
rendimento, 7 J3 esmaltação, 597
retenção de água, 712 matéria-prima,595
cal hidráulica, 719 queima,597
cal residual, 718 secagem,597
defmição, 696 histórico, 590
microestrutura, 708 patologias, 609
misturas inertes, 716 peças especiais, 614
produção,698 vantagens, 593
calcinação, 700 Cerâmica vennelha, 565
hidratação, 701 argilas para, 566
matéria prima, 698 caracterização, ensaios de, 567
reações químicas, 699 absorção de água, 574
transformações,699 análise ténnica, 568
terminologia, 724 composição mineralógica, 567
Cerâmicas composição química, 567
degradação, 379 contração Linear, 572
defeitos interatômicos, 380 corpos de prova, em, 571
deformação plástica, 381 distribuição granuJométrica, 569
eflorescência, 383 massa específica, 573
expansão por unidade, 382 plasticidade, 570
imperfeições, 380 porosidade, 573
microfissuras, 381 ruptura à flexão, 573
microestrutura, 385 unidade de confonnação, 572
cerâmica avançada, 351 constituintes, 566
diagrama de fases, 343 componentes, 578
estruturas cristalinas, 327 alvenarias, 578
complexos, 328 blocos, 578
coríndon,328 nonnas brasileiras, 580
espinélio, 329 propriedades, 581
grafita, 330 tijolos, 578
perovsquita, 328 elementos vazados, 586
estruturas simples, 327 ladrilhos, 586
silicatos, 330 lajotas cerâmicas, 586
cimento portland, 326 plaquetas, 586
alita, 326 pingadeiras, 586
1764 T. Cureau Cervo

tavelas, 586 refratário, 837


telhas cerâmicas, 581 características físicas
nonnas,584 fmura, 831
propriedades, 584 massa específica, 832
tipos, 584 calor de Hidratação, 832
tubos cerâmicos, 584 classificação, 827
.normas, 584 composição, 827
fabricação, 574 conversão, 831
moldagem, 575 fabricação, 827
preparação da massa, 574 hidratação, 828
queima,576 microestrutura, 830
fomos , tipos de, 577 propriedades
secagem, 576 carbonatação, 834
Ciência e engenharia dos materiais, 1,3 corrosão das annaduras, 834
classificação dos materiais hidrólise alcalina, degradação por, 834
desenvolvimento científico, 17 resistência à compressão, 832
materiais avançados, 19 resistência à sulfatos, 833
materiais não convencionais, 20 retração, 833
técnico-científico, 11 cimento de belita, 860
biomateriais, 17 cimento de escória, 825, 837
cerâmicas, 12 ativadores químicos, 839
compósitos, 15 características, 838
metais, 11 cimento escória-cal, 839
polímeros, 13 cimento escória-silicato de sódio, 841
semicondutores, 16 cimento escória-sulfato de cálcio, 840
construção civil, importância da indústria, 21 hidratação, 838
desenvolvimento econômico, 23 cimento de magnésio, 858
desenvolvimento social, 22 cimento de fosfato de magnésio, 859
sustentabilidade, 25 cimento de oxicloreto de magnésio, 858
escolha de Materiais, 7 cimento de oxisulfato de magnésio, 859
exemplo, 9 cimento de pega rápida, 860
estrutura atômica, 143 cimento de retração compensada, 826,843
estrutura do átomo, 143 aplicações, 844
número quântico, 146 características, 845
valência, 149 cimento com sulfoaluminato de cálcio, 846
massa atômica, 144 base aluminato de cálcio, 847
número atômico, 144 base aluminato de cálcio hidratado, 847
tabela periódica, 146 base Hauyne, 847
fases dos materiais, 172 compatibilidade com aditivos, efeito de,
fase amorfa, 172 850
fase cristalina, 172 composição, efeito de, 849
fase impura, 172 concreto endurecido, influência no, 850
metais, 172 concreto fresco, influência no, 850
solução sólida intersticial, 173 cura, efeito de, 849
solução sólida substitucional, 173 envelhecimento do cimento, efeito de, 850
fonnação profissional, importância da, 29 finura, efeito de, 849
ensino de materiais, 32
grau de restrição, efeito de, 849
imperfeições estruturais, 175
mecanismo de expansão, 848
imperfeições cristalinas, 176 relação a/c, efeito de, 849
contorno de grão, 179 temperatura, efeito de, 849
defeitos planares, 179 teor de cimento, efeito de, 849
defeitos pontuais, 176 tipo de agregado, efeito de, 850
discordâncias, 177 cimento tipo K, 823, 845
superfície do material, 179 cimento tipo M, 845
ligações atômicas, 149 cimento tipo S, 845
características dos materiais, 157 cimento esférico, 826,845
energia de ligação, 156 cimento geopolimérico, 826,854
espaço interatônúco, 155 cimento natural, 857
ligações covalentes, 151 cimento ultra fmo, 826,851
ligações iônicas, 150 aplicações
ligações metálicas, 152 acabamento superficial, 853
van der Waals, forças de, 153 estabilização de solos, 853
Cimentos especiais, 825 fissuras, 852
cimento de aluminato de cálcio, 825, 826 fabricação, 851
aplicações, 835 Cimento Portland, 761,769,913
pisos industriais, 835, 836 adições minerais, com, 778, 791
" tubulações, 835 escória de alto-forno, 779,794,819
resistência ao calor, 836 fíler. 781, 809 . ..
'
.1
.
- -- -

'
Índice Remissivo de Assuntos 1765

pozolanas, 780, 802 . visco-elasticidade, 1462


. sulfato de cálcio '
778 Vaz.tos, 1459
c1D1entos Brasileiro, 765 fabricação, 1473
experiência Brasileira 764 tipos, 1448
histórico, 762 ' Concreto com adições
fabricação, 773 propriedades, 809
adições, 778 calor ?e Hidratação, 81 O
clínquer, 774 durabilidade, 814
moagem final, 781 corrosão das annaduras 815
nonnalização, 766 porosidade, 814 '
alta resistência inicial, cimento de, 769 rea~? ál.cali-agregado, 815
alto forno, cimento de 770 . res1stenc1a aos sulfatos, 815
baixo cal?r de hidratação, cimento de, 773 módulo de deformação 814
branco, cimento, 773 reologia, 809 '
• A •
comum, cimento, 771 res!st:nc1a à compressão, 811
composto, cimento, 771 res1stencia à tração, 812
poços petrolíferos, cimentos para 773 retração por secagem, 810
pozolânico, cimento, 770 ' Concreto de Cimento Portland, 945
. resistente a sulfatos, cimento, 772 classes, 973
qualidade, 783 coefic!ente de diJatação térmica, 973
resíduos, co-processamento de, 787 coeficiente de Poisson, 976
tecnologia, 787 conceituação, 945
tipos, 789 consistência, 968
Comp6sitos, 1481 deformação total, 982
aplicações, 1499 diagrama tensão-deformação
classificação, 1484 compressão, 976
composição, 1483 tração, 977
definição, 1482 espessura fictícia, 981
funcionamento, 1485 fluência, 978, 982
tipos,1486 histórico, 946
matnz ceranuca, 1487
• A • concreto estrutural, 952
estruturas metálicas, 949
matriz metálica, 1487
matriz polimérica, 1489 evolução, 960
obras marcantes, 956
custos, 1514 perspectivas futuras, 959
comercializ.ação, 1512
comportamento estrutural, 1515 idade fictícia, 981
massa específica, 973
fabricação, 1510 módulo de elasticidade, 974
fibra celulósica, 1502
normalização, 967
fibras de madeira, 1503 proporcionamento, 967
fibra de vidro, 1501 produtos (ver Produtos de cimento Portland)
fibras empregadas, 1506 proporcionamento, 966
tintas, 1505 resistência à compressão, 970
outros, 1505 resistência à tração, 973
propriedades, 1516 retração, 979, 982
reforço estrutural, 1506 Escória, 794,819,837
outros tipos, 1499 características, 837
reforçado com fibras, 1493 hidratação, 838
comprimento da fibra, 1496 Fibras vegetais, 1599
orientação, 1498 aplicações
propriedades das fibras, 1495 estudos, 1612
teor de fibra, 1497 painéis de paredes, 1613
tipos de fibras, 1494 telhas, 1615
volume crítico, 1498 Brasil, no, 1606
reforçado com partículas, 1462 fibras de bambu, 1610
Concretos asfálticos, 1447 fibras de coco, 1607
aplicações, 1455, 1475 fibras de sisai, 1608
características papel desagregado, 1610
distribuição granulométrica, 1449 seleção, l (>06
teor de asfalto, 1453 componentes, 1610
controle tecnológico, 1477 durabilidade
dosagem, 1457 aumento da, 1604
densidade, 1459 decomposição, 1604
massas específicas, 1458, 1459 histórico, 1ro1, 1604
método Marshall, 1463 Brasil, 1(>03
deformação plástica, 1473 materiais fibrosos, 1600
fadiga, 1469 Fibrocimento, 1023
resiliência, 1466 , .
caractensticas
resistência, 1466
• - -

1766 T. Cureau Cervo


'
durabilidade, l 041 modificados com poliuretano
microestrutura,1038 oxidados, 1419 , 1421 .: ~.·~ ~~
propriedades mecânicas, 1039 policondensados,1421 ~.-.-. -~-~:,...
fabricação polímeros sintéticos,.1425 ·~·~~~
processo Hatschek, 1032 resina de gel de acrílico, 143 l

processo Magnani, 1031 3 -· -


resina de poliuretano, 1432 ~ ;.3 rL ,

matérias-primas, silicatização, 1432


aglomerantes, l 025 preservação, 1415
cargas minerais, l 025 projeto de, 1414
fibras minerais, 1026 .
projeto de impenneab11iz?ç_a .
fibras poliméricas, 1027 o, 1439
detalhesconstrunvos,1440
fibras vegetais, 1029 qualidade da execução, 1414
produtos de, 1034 qualidade de materiais, 1414
Gesso, 727 qualidade do substra!~, 1415
aplicações sistemas impenneabilizantes 1435
revestimentos ,
classificação, 1435 .
gesso acartonado, 754 flexíveis, 1435
outros, 756 rígidos, 1435
pastas de gesso, 749 semi-flexíveis, 1426
pastas de gesso modificados, 7
52 efeito da ,'
patologias, 756 aderência, 1439
placas, 756
definição,728,757 água,1427
endurecimento, 737 intemperismo, 1438
expansão,739,748 mantas, 1437
hidratação, 735,737, 746 membranas, 1436
pega,737 Light steel framing, 1189
produção, 731 aplicações, 1197
composição, 733 perftS a frio, 1199
matéria prima, 731 perfis, tipos, 1200
transfonnação, 734 método construtivo, 1202
propriedades, 740 modulação, 1198
aditivos retardadores de pega, retrofit, 1198
745,748 vantagens, 1196
compressão, 743
consistência, 748 Madeiras, 1209
dureza, 743 acabamentos (ver Madeira p >
ara acabamentos)
especificação, 740 características, 1213
estabilidade dimensional, 745 umidade, 1214
microestrutura, 744 ensaios, 1215
porosidade, 744, 749 densidade, 1216
propriedades físicas, 741 umidade, efeito da, 1217
tempo de pega, 742, 746 variação dimensional, 1219
teor de água, 762 causas, 1219
tenninologia, 757 defeitos, 1222
lmpenneabilização, 1413 inchamento, 1221
fiscalização, 1415 retração, 1221 ' .

isolamento ténnico, 1442 degradação, 383
materiais isolantes, 1443 agentes oxidantes, 386 . •

transmissão de calor, 1443 decomposição térmica, 387 • f

materiais impenneabilizantes hiclrolítica, 387


:
, 1416
argamassas impenneáveis, 14 intemperismo, 388 '
32
asfaltos, 1417 microorganismos, 384 .•
modificados com polímeros, 1 fungos, 383 -

cimentos impenneabilizantes 417 ~

, 1429 insetos, 384 .


'•
argamassas poliméricas flexív estruturais (ver Madeira estru ..
eis, 1431 fôrmas e escoramento (ver M tural)
argamassas poliméricas semifle adeiras para fônnas e

xíveis, 1430 escoramentos)
cristalizantes, 1429 •
t

concretos impenneáveis, 143 preservação, 1229


2
mantas asfálticas. 1422 classes de risco, 1230, 1238 •
acabamento superficial, 1424 seleção da espécie. 1231 •

..
composição, 1422 tratamento, 1233 ... '.
~

fabricação, 1423 métodos, 1233, 1235


estruturante, 1424 produto preservativo, 1234. 1
massa asfáltica, 1422 propriedades, 1223 235
membrana asfáltica, 1418 compre ão, 1223
diluídos, 1420 cisalhamento, 1225
• elastoméricos, 1421 fatores que influenciam t
emulsões 1420 defeit os, l 228
densidade. 1227
Índice Remissivo de Assuntos 1767

inclinação das fibras, 1227 madeiras compensadas, 1297


medula, 1228 propriedades, 1302
nós, 1227 madeiras serradas, 1295
parênquima, 1228 patologias, 1294
• umidade,1228 planejamento, 1292
flexão, 1225 projeto de fônnas, 1292
resistência ao choque, 1226 sistema de fôrmas, 1294
1
torção, 1226 utilização, 1294
tração, 1226 Materiais betuminosos
Madeira estrutural, 1241 aplicações, 1382
aplicações classificação
• madeira colada, 1260 alcatrões, 1379
madeira compensado, 1262 asfaltos, 1372
madeira reconstituída, 1262 agentes rejuvenecedores, 1379
madeira serrada, 1260 asfaltos diluídos, 1386
ligações asfaltos modificados, 1377
pinos metálicos, 1256 emulsões asfálticas, 1372
propriedades,1242 piches, 1377
classes de resistência, 1250 histórico, 1351
densidade, 1247 normas de ensaios
estrutura interna, 1242 asfaltos, 1361
resistência, 1249 asfaltos diluídos, 1370
rigidez, 1248 asfaltos modificados, 1371
umidade, 1247 emulsões asfálticas, 1368
valores de resistência, 1254 piches, 1371
valores de rigidez, 1255 petróleo, 1352
Madeiras para acabamentos, 1265, 1266 alcatrão, 1353
caracteásticas, 1265 asfalto, 1353
esquadrias, 1274 caracteásticas, 1362
normalização, 1275 betume,1353
perfis, 1276 refino, 1352
laminados, 1277 produção, 1354
maciços, 1276 alcatrões,1359
madeira e alumínio, 1278 asfaltos, 1354
agentes rejuvenecedores, 1359
patologias, 1279 asfaltos diluídos, 1357
proteção, 1279 emulsões asfálticas, 1356
forros, 1274 modificados,1358
Ili
paredes, 1272 piches, 1357
pisos, 1267 propriedades, 1382
laminados, 1271 Materiais de construção
parquetes, 1270 perspectivas futuras, 1747
tábuas, 1267 eco-eficiência, 1748
tacos, 1269 concreto pós-reativos, 1749
produtos derivados, 1280 gradações funcionais, 1752
aglomerados, 1284 madeira densificada, 1751
compensado, 1272 materiais ativos, 1753
compostos para pisos, 1287 cromoativos, 1754
duras de fibras, 1276 magnetoativos, 1753
isolantes de fibras, 1287 memória de forma, 1754
lâminas paralelas, 1283 mudança de fase, 1754
média densidade de fibras, 1286 materiais multifuncionais, 1755
partículas não orientadas, 1285 autolimpantes, 1747

partículas orientadas, 1285 pinturas frias, 1749
sarrafeados, 1287 Materiais metálicos, 1077 (ver também Metais)
Madeiras para fônnas e escoramentos, 1291 classificação, 1078
classificação, 1294 microestrutura, 281
materiais, 1295 diagrama de fases, 282
acessórios equiltbrio, condições de, 283
equipamentos, 1305 diagrama de fases, 284
, pregos, 1303 resfriamento, 283
tensores, 1305 ferro- carbono, 287
escoramentos alotropia do ferro, 287
• lajes, 1319 diagrama de fases, 289
vigas, 1319 microestrutura, 292, 297
' painéis de fôrmas, 1306 solidificação dos metais, 281
lajes, 1307 transformações de fase, 291
pilares, 1312 alterações microestruturais, 297
vigas, 1310
'

1768 T. Cureau Ce,.,o

comportamento, 304 nonnalização, 1700


estado sólido, reações no, 296 ambientais
ligas Ferrosas, 313 classificação, 1703
aços, 314 (ver também Aços) resolução 266, 1704
aços, alto carbono, 317 resolução 315, 1701
aços, baixo carbono, 315 Brasileiras, 1700
aços inoxidáveis, 317 resíduos de construção, 1691
aços, médio carbono, 316 composição, 1691
ferros fundidos, 318 resíduos cerâmicos, 1693
ligas não Ferrosas, 322 agregados reciclados, 1694
alumínios e suas ligas, 322 argamassas, 1697
cobre, 322 blocos, 1695
ligas de Cobre, 322 resíduos de madeiras, 1713
tratamento ténnico, 306 combustível, 1713
recozimento, 307 resíduos poliméricos, 1703
produção, 1079 aplicações,1705
alumínio, 1079 madeira plástica, 1707
' 1
cobre, 1082 madeira-plástico, 1709 .. . ,.
.
zinco, 1085 pneus,1710 ' ..
produtos combustíveis, 1712
aço galvanizado, 1107 concreto asfáltico, 1711
alumínio Materiais refratários, 619
acessórios, 1099 abrasivos, 650
esquadrias, 1087 características, 650
telhas, 1110 tipos, 653
cobre classificação, 621
cabos elétricos, 1094 matérias-prima, 623
conexões,1093 fabricação, 627
fios, 1094 queima,624
tubos, 1093 refratários silicoaluminosos, 623
ferro fundido microestrutura,629
conexões,1111 propriedades, 631
tubos, 1111 abrasão, 624
metais sanitários, 1101 choque térmico, 644
tipos, 1086 compressão, 634
aços,1086 densidade, 632
alumínio e suas ligas, 1087 erosão, 634
cobre e suas ligas, 1088 tlexão,634
ferros fundidos, 1087 fluência, 638
zinco e suas ligas, 1091 porosidade, 632
Materiais poliméricos, 1387 refratariedade simples, 631
aplicações,1390,1408 refratariedade sob carga, 637
adesivos, 1396 temperatura, efeito da, 635
aditivos químicos, 1400 variação dimensional, 633
apoios, 1407 refratários não-confonnados, 641, 649
coberturas,1407 argamassas, 642
conexões hidrosanitárias, 1405 concretos refratários, 644
eletrodutos, 1402 composição, 644
esmaltes, 1390 ligação,647
espumas, 1406 instalação, 647
fibras poliméricas, 1398 massas de projeção, 648
fio polimérico, 1398 massas granulares, 643
impenneabiJização, 1383 massas moldáveis, 642
isolamento ténnico, 1397 propriedades, 649
lacas, 1390 revestimentos,649
materiais elétricos, 1402 Mecânica da fratura, 241, 248
películas, 1396 concentração de tensões, 244, 250
reparos de estruturas, 1402 defonnação, mecanismos físicos, 242
selantes, 1401 efeito escala, 245
tintas, 1390 elastoplástica
tubulações hidrosanitárias, 1405 fraturamento com amolecimento, 264
vemízes,1390
fraturamento com localização, 264
classificação, 1388
materiais dúcteis, 262
Materiais reciclados, 1689 modelos de análise, 263
mercado, 1698 modelos inelásticos, 266
custo, 1698 ruptura quase-frágil, 265
' desafios, 1698 fissuração
volume, 1699 acumulação de dano, 246
1

.,•'
. ,

,·... .. .

. . . . ......... .
Índice Remissivo de Assuntos 1769

ductilidade, J736
deslocamento da, 254 expansão, 1738
estabil idade da , 253 fi ss uração, 1736
início da. 246 fluência, 1735
propagação dn. 247 nanopartículas, 1738
Jibernção da energia. 255 produtos de, J734
materiais cimentfcios, 269 rendimento, 1738
parâmetros de tenacidade, 269 3 , 2 7 8 resistência, 1736
com prim en to ca ra ct er ís tico , 2 7
ia d e fr atu ra m cn to , 2 6 9 ,2 7 2 ,2 74 materiais auto-montados, 1739
en er g nanocomp6si tos cerâmicos, 1731
ensaios, 271.278 aerogéis, 1733
métodos, 269,276 nanocomp6sitos metais, 1728
modelos efeitos , 274 corrosão, 1731
materiais frágeis fjgas nanomodificadas, 1729
fraturamento , 249 metais, 1729
modos de solicitação,249 nanofibras, 1729
mecânica do dano, 247 nano co m p 6si tos po Jímér ico s, 17 22
mecanismos de fnlha, 244 ca rg as ino rgânicas lam elares , 1723
resis tência real, 245 nanofibras, 1727
~istência teórica, 245 nanoparúcu1as, 1727
tenacidade ao fraturamento, 253 NonnaJização
zona elástica-linear, 259 benefícios, 76
zona ineJástica, 259 conceito, 75
m bém m at eria is m et ál ico s)
Metais (ve r ta conformidade, avaliação da
degradação,383 certificação,77,8 9
corrosão , 383 acreditação, 93
cavitação, 396 laboratórios, 93
erosão, 384 modelos, 92
fluidos, 384 PBQP-H,94
frestas, em, 399 processo de , 93
galvânica, 399 vantagens, 92
inteJUcliluJar, 394 declaração d a conformidade, 90
pites, 398 definição,89
tensão, 396 tipos,8 9
turbuJência , 395 construção civil, na , 86
uniforme , 397 materiais , de, 91
eletroquímica, 389 resp o n sa bilidade p rofissional, 8 7
ffsica, 393 tipos , 91
Microestrutura dos materiais elaboração de nonnas , 84, 86
técnicas experimentais, 405 níveis de, 78
adsorção de nitrogênio, 433 nonnas COPANT, 80
análise de imagem, 430 .normas de associações, 79
análise petrográfica, 429 nonnas do MERCOSUL, 79
análises químicas, 405 nonnas empresariais, 79
clássica, 405
at ô m ic a, 4 09 normas internacionais, 80
espectr o sc o p ia ab so rç ão normas Nacionais, 79
tro sc o p ia d e in frav en n el h o , 4 0 6
espec normas ISO
espectroscopia Raman, 408 io histórico, 80
op ia p o r fl uo re sc ên ci a d e ra
espectrosc séries, 81
X,410
o n ân ci a m ag n ét ic a normas regulamentadoras, 77
espectro sc o p ia ress
nonnas técnicas, 77
nuclear, 41 O objetivos, 76
análises ténnicas, 411 en ci al, 415 Polímeros, 1323
caJo rim el ria ex p lo ra tó ria d ifer
aditivos, 1327
diferencial, 414 ~ a s , 1329
tennogravimelria , 412 estabili:zadores, 1328
difratometria de raio X, 415 retardadores de chama, 1329
p o r d ifra çã o a lase r, 4 3 4
granu1o m et ria pigmentos, 1328
microscopia , 419 plastificantes, 1328
eletrônica, 421 cadeias poliméricas, 366
eletrônica de transmissão, 427 tennoplásticos, 367
óptica, 419 tennorígidos, 369
ria p or in tru sã o d e m er cú ri o , 4 3 1
porosimet
8 classificação dos, 357
potencial zeta, determinação, 41 rnac ro m o léculas, estrutura d as, 358
Nanotecnologia, 1719 composição química, 356
auto-reparo, 1739 cristalinídade,375
b•iomimédíca, 1739 degradação,400
cimento, 1734 dissolução, 400
coesão,1735
• e • •

t •
. ·!~
1770 T. Cureau Cervo . ..

inchamento, 400 materiais, 1016


rupturas de ligações, 401 produção, 1017
hidrocarbonetos, 356 qualidade, 1017
matérias poliméricos (ver Materiais poliméricos) granitidas, 992
moldagem, 1329 dimensões, 994
compressão, 1331 ensaios, 994
extrusão, 1330 execução, 993
fundição, 1332 materiais, 993
injeção, 1329 qualidade, 993
insuflação, 1332 introdução, 985
peso molecular e distribuição, 364 ladrilhos hidráulicos, 990
[
polimeriz.ação, 360 dimensões, 992
J por adição, 364 ensaios, 992
i porcondensação, 360 materiais, 990
produtos petroquímicas, 1324 .Produção, 990
propriedades, 1333 qualidade, 992
comportamento mecânico, 1333 meio-fios, 997
elétricas, 1338 mourões, 1009
estabilidade dimensional, 1333 dimensões, 1O1O
inflamabilidade, 1338 ensaios, 1011
massa específica, 1333 materiais, 1010
penneabilidade, 1338 produção, 1010
t A • •

res1Stenc1a ao impacto, 1337 qualidade, 1010


ténnicas, 1338 muros de placas, 1011
tipos, 360, 372,1339 dimensões, l O12
elastoméricos, 372, 1347, 1337 materiais, 1O11
borracha natural, 1347 produção, 1011
estireno-butadieno, 1348 qualidade, 1012
isobutileno-isopreno, 1349 outros elementos, 1019
policloropreno, 1348 pré-moldados
polietileno clorosulfonado, 1349 dosagem, 1019
tennofixos, 1345, 1337 postes, 1013
resina de fonnaldefdo, 1346 dimensões. 1O14
resina epóxi, 1345 ensaios, 1014
poliamidas, 1347 materiais, 1O13
polidimetil-siloxano, 1346 produção, 1013
tennoplásticos, 1339, 1326 qualidade, 1013
poliacetato de vinila, 1344 saneamento
policarbonato, 1343 materiais diversost 1000
policloreto de vinila, 1342 materiais de saneamento, l 001
poliestireno, 1341 peças especiais. 1001
polietileno, 1340 tubos, 1002
polimetil metacrilato, 1344 dimensões, 1006
polipropileno, 1342 ensaios. 1006
politetra fluoretileno, 1342 materiais, 1002
Produtos de cimento portland produção, 1003
artefatos de cimento, 987 qualidade, 1005
blocos de concreto celular, IO17 aduelas, 1007
d.imensõe.5, 1018 dimensões, 1008.
ensaios, 1018 ensaios. 1009
materiais, 1O18 materiais, 1007
produção, 1O18 produção. 1008
qualidade, 1018 qualidade, 100
blocos para alve ~ 988 telhas, 998
dimensões, 989 dimensões. 999
ensaios, 989 ensaios, 1000
materiais, 988 materiais, 998
produção. 988 produção,998
qualidade, 989 qualidade, 999
blocos para pavimentação, 994 Propriedades dos materiais, 207
dimensões, 986 propriedades tisicas. 208
ensaios, 995 condutividade elétrica. 210. 211
materiais, 1005 massa especffica, 209·
produção.985 resi!.tividade elétrica. 210
qualidade,986 propriedade~ mecãnica.\, 216
donnentes de concreto, 1015 el ticidade. 217
dimensões, JO17 lei de Hooke, 217
ensaios, 1017 Po· n. coeficiente de. 220

..
Índice Re111issivo de Assuntos 1771

relação entre variáveis, 221 produção, 1666


plasticidade, 222 vantagens, 1671
ductibilidade, 224 siderúrgicos, 1662
fadiga, 226 sólidos, 1658
Saint-Venant, princípios de , 227 classificação
tenacidade, 226 meio ambiente, 1658
viscosidade, 228 origem, 1659
visco elasticidade, 232 resíduos de mineração, 1661
fluência, 233 meio ambiente, 1658
Kelvin-Voigt, modelos de, 237 urbanos, 1664
Maxwell, modelos de, 235 Rochas, 439,484
1 alteração, 474
! propriedades térmicas, 212
capacidade calorífica, 212 caracterização tecnológica, 455
condutividade térmica, 213 deterioração, 474
expansão ténnica, 214 durabilidade, 475
Qualidade na construção civil, 37, 38 ensaios, 478
aplicação de desempenho, 54, 68 patologias, 476
avaliaçãotécnica,69 exploração, 452
proposta para avaliações técnicas, 70 minerais, 440
desempenho, 52 ornamentais, 462
avaliação de produtos, 59 colocação, 472
condição de exposição, 61 conservação, 478
exigências do usuário, 61 empregos, 465
métodos de avaliação, 68 especificações, 470
requisitos e critérios, 61 recomendações, 472
acústica,65 requisitos, 470
estanqueidade, 63 revestimentos, 462
durabilidade, 65 seleção, 467
segurança ao fogo, 63 processamento, 452
segurança estrutural, 62 propriedades, 455
térmica, 64 absorção, 460
vida útil, 66 capilaridade, 460
execução, etapas de, 48 compressão, 461
processos de certificação, 49 densidade, 460
programas de qualidade, 50 dilatação térmica, 461
gestão ambiental, 39 dureza,459
gestão de produtividade, 40 flexão,461
gestão de responsabilidade social, 40 ondas ultra-sônicas, 462
Lean construction, 52 petrográficas, 458
Lean Thinking, 52 porosidade, 460
produção e distribuição, etapas de, 46 tipos,443 1

conform.idades,46 ígneas,445
modelos de certificação, 46 metamórficas, 449
programas de qualidade, 47 sedimentares, 447
projeto, etapas de, 41 Seleção de materiais
planejamento estratégico, 43 critérios de projeto, 123, 125
segurança no trabalho e saúde operacional, 39 aspectos construtivos, 135
uso, operação e manutenção, etapa de, 51 custo, 129
Resíduos, 1651 aquisição de materiais, 130
agrícolas, 1664 dos materiais, 131
aplicações operação e manutenção, 131
histórico, 1653 produtividade, 130
indústria cerâmica, 1684 desempenho, 133
celulose, 1671 estética, 132
aplicações, 1675 materiais e mão-de-obra, disponibilidade de, 134
características, 1673 nonnas técnicas, 125
considerações, 1676 sustentabilidade, 126
processo, 1672 geração de Resíduos, 127
escórias de aciaria, 1676 materiais adequados, 128
aplicações, 1682 recursos naturais, 126
características, 1680 seleção e especificação, 136
. produção, 1677 exemplos de, 140
mdustriais, 1663 Solo
materiais reciclados (ver Materiais reciclados) adensamento, 549
metalúrgicos, 1662 água, retenção de, 546
rochas ornamentais, 1665 classificação, 533
aplicações, 1669 composição mineralógica, 535
características, 1667 composição química, 534
, ---- . -o · ·-· - -i-- ~ u-

1772 T. Ci,reaz, Cervo

estrutura, quanto à, 535 Sustentabilidade, 97


origem. quanto à, 534 compostos orgânicos voláteis, 104
propriedades físicas, quanto à, 535 contaminação por lixiviação, 109
classificações mistas, 540 ciclo de vida dos, 98, 111, 114
MTC, classificação, 541 materiais de construção
plasticidade, 539 análise do, 98, 111
textura, 535 abrangência, 114
uso do solo, 542 avaliação,107
colapso. 549, 554 interpretação, 116
compactação, 548 inventário, 114, 115
expansão. 549 objetivo, 114
fundnção,como,555 impacto ambiental, 98, 111, 1131 117.
aterro. 554,561 fluxo dos, 98
corte,554,559 mudança climática, influência na, 100
índices ffsicos, 543 produção,98, 110
massa específica, 544 extração da matéria prima, 98, 110
índices de vazios, 544 transporte, 11 O
massa específica aparente seca, 544 vida útil, 111,113 , ' ..
teor de unúdade, 543 outros impactos, 110 '. . ••
.
penneabilidade, 554 Terra crua, 1565 •
~

• 1 •

resistência, 552 adobes,1579


tipos, 528 água,1581
comportamento,528 argamassas de assentamento, 1584
intemperismo, 528 composição, 1581
propriedades, 528 ensaios, 1587
Solo-cal estabilizantes, 1584
aplicações fônnas, 1583
blocos, 885 mistura, 1585
pavimentação, 887 resistências, 1584
propriedades geotécnicas, melhoria das, 889 propriedades,1569
reforço, 889 água no solo, 1572
tijolos, 885 consistência, 1575
composição, 875 densidade seca, 1573
escolh.a dos solos, 877 retração, 1576
estabilização química, 896 tipos, 1573
fatores tecnológicos, 879 umidade ótima, 1574
preparo, 878 argilas, 1570
propriedades geotécnicas, 879 composição ranulométrica, 1570 1

propriedades no estado endurecido, 880 composição química, 1569 •


'

Solo-cimento estabilii.ação, 1576


aplicações cal, 1578
blocos, 870 cimento, 1577
fundações,868 fibras, 1579
parede monolítica, 872 tecnologias, 1568
tijolos, 870 tijolos prensados, 1590
composição qualidade,1592
cimento, 865 composição granulométrica, 1592
solo, 865 controle, 1596
definição,863 estabilizante, 1595 ,
dosagem, 866 prensas, 1594
histórico, 863 umidade,1593
nonnalização,875 Tmtas, 1523
resíduos de construção, emprego, 873 classificação, 1532
Superfícies e interfaces, 183 constituintes, 1524
efeitos tensoativos aditivos, 1527
adsorção, 190 pigmentos, 1525
camada dupla, 193 resinas, 1524
potencial zeta, 193 solventes, 1526
fenômenos de superfície durabilidade, 1551
aditivos redutores de água, 201 variáveis ambientais, 1553
capilaridade,197 biodegradação,1555
compósitos, 204 calor, 1555
estabilidade de colóides, 199 luz, 1554
materiais metálicos, 202 poluentes abnosféricos, 1556
molhamento, 195 umidade, 1555
penneabilidade, 197 vida útil, 1553

união de superffcies sólidas, 201 ensaios, 1556
tennodinâmica, 188 métodos, 1557 ' - .;
.
.
• .•. ..
.
• ,,
J
·- .
,.
• t.

~.
..: .
Índice Reniissivo de AssunJos 1773
nQ.I111as, 1558
laminado, 665
relação de, 1561
materiais cromogênicos, 672
especificações, 1549
cristais Hquidos, 673
fabricação_, 1531 dicrofcos, 674
impacto ambiental, 1546
••
voe, 1547 fotocrômicos, 673
pigmentos tóxicos, 1549 tennocrômicos, 673
refletidos, 666
película, formação, 1541 serigrafados, 669
emulsão acrílica, 1541 temperados, 665
emulsão vinílica, 1541 U-Glass, 669
resinas alquídicas, 1542 vitrocerfunicos,674
resinas epóxi, 1544
resinas poliuretanas, 1544
proporcionamento, 1527
fração de pigmentos, 1528
sistemas de pinturas, 1533
tipos, 1534
base aquosa, 1536
epóxi, 1540
esmalte sintético, 1539
fundos acrílicos, 1537
látex acrílico, 1536
massa, 1540
massas niveladoras, 1537
poliuretano, 1540
primer, 1539
PVA, 1536
sistemas alquídicos, 1538
sistemas bicomponentes, 1540
vernizes acrílicos, 1537
vernizes sintéticos, 1540
Vidros,657
características físicas, 678
ângulo de incidência, 686
propriedades acústicas, 679
propriedades óticas, 680
absorção, 684
infravermelho, 682
reflexão, 684
refração, 684
transmissão, 684
ultravioleta, 681
visível, 682
classificação, 664
colocação, 677
conforto, 687
desempenho, 688
calor solar, fator de, 689
relaçãoluz/calo~691
resistência ténnica, 689
sombreamento, coeficiente de, 690
transmitância de luz, 690
transmitância ténnica, 689
transferência de calor, 688
transferência de luz, 688
definição, 658
dimensões, 665
espessura, 676
estrutura, 662
fabricação, 663
histórico, 657
matérias primas, 658
tipos, 664
aramado,669
baixa emissividade, 671
duplo, 670
Float, 673
impresso, 669

Centres d'intérêt liés