Vous êtes sur la page 1sur 2

Novena de Pentecostes Segundo dia

O dom da Sabedoria
“O dom do entendimento é uma luz que o Espírito Santo dá para penetrar na verdade
da fé” (Leão Dehon, OSP 3, p. 553)
Canto
Estaremos aqui reunidos como estavam em Jerusalém. Pois só quando vivemos
unidos é que o Espírito Santo nos vem.
Ninguém para esse vento passando; ninguém vê, e ele sopra onde quer; Força
igual têm o Espírito quando faz a Igreja de Cristo crescer.
Estaremos aqui reunidos como estavam em Jerusalém. Pois só quando vivemos
unidos é que o Espírito Santo nos vem.
Heb. 01: O dom do entendimento não se trata da inteligência humana, da capacidade
intelectual de que podemos ser mais ou menos dotados. Ao contrário, é uma graça
que só o Espírito Santo pode infundir e que suscita no cristão a capacidade de ir além
do aspecto externo da realidade e perscrutar as profundidades do pensamento de
Deus e do seu desígnio de salvação.
Heb. 02: O dom do entendimento está intimamente ligado à fé. Quando o Espírito
Santo habita o nosso coração e ilumina a nossa mente, faz-nos crescer dia após dia
na compreensão daquilo que o Senhor disse e levou a cabo. O próprio Jesus disse
aos seus discípulos: enviar-vos-ei o Espírito Santo e Ele far-vos-á entender tudo o
que vos ensinei. Compreender os ensinamentos de Jesus, entender a sua Palavra,
compreender o Evangelho, entender a Palavra de Deus. Podemos ler o Evangelho e
entender algo, mas se lermos o Evangelho com este dom do Espírito Santo
conseguiremos compreender a profundidade das palavras de Deus. Este é um
grande dom, uma dádiva enorme que todos nós devemos pedir, e pedir juntos:
concedei-nos, ó Senhor, o dom do entendimento! (Papa Francisco)
Todos: Senhor, tenho imensa necessidade do dom do Entendimento. Peço-o ao
Coração de Jesus, que é a sua fonte, e peço-o a Maria, que é o seu canal. Ajudai-
me a dispor-me para o receber, vivendo na pureza de coração, no recolhimento, na
oração e na união a Nosso Senhor. Amém. (cf. Leão Dehon, OSP 3, p. 555).

Leitura dehoniana
Coro 01: “O dom do Entendimento é um a luz que o Espírito Santo dá para penetrar
intimamente as verdades da fé, e esta penetração, diz S. Tomás, deve fazer conceber
uma verdadeira ideia e uma estima justa do fim último e de tudo o que a ele se refere.
Coro 02: O objeto da nossa fé é Deus e os seus mistérios, com a nossa vida em
Deus e as nossas relações sobrenaturais com o próximo.
Coro 01: O que a fé fez simplesmente acreditar, o dom do Entendimento no-lo faz
penetrar mais claramente. – Aqueles cujo ofício é instruir os outros, os pregadores,
os diretores, devem estar cheios deste dom. É particularmente necessário para o
bem entendermos o sentido da Escritura Sagrada e as suas figuras alegóricas.
Coro 02: São Jerónimo teve o dom do Entendimento, particularmente para o sentido
literal; S. Gregório para o sentido moral; Santo Ambrósio e Santo Agostinho para o
sentido alegórico.
Coro 01: São Bernardo pela grande pureza do seu coração, saboreava o sentido
moral mais elevado, o sentido místico da Escritura.
Coro 02: Entremos nas disposições dos Santos para lermos com fruto a Sagrada
Escritura. (Leão Dehon, OSP 3, p. 553).
Oração Veni Creator
Vinde Espirito Criador, Veni Creator Spiritus,
As nossas almas visitai Mentes tuorum visita,
E enchei os nossos corações Imple superna gratia,
Com vossos dons celestiais. Quae tu creasti, pectora.
Vós sois chamado o intercessor, Qui Paraclitus diceris,
Do Deus excelso o dom sem par. Altissimi donum Dei,
A fonte viva, o fogo, o amor, Fons vivus, ignis, caritas,
A unção divina e salutar. Et spiritalis unctio.
Sois doador dos sete dons e Tu septiformis munere,
E sois poder na mão do Pai. Digitus Paternae dexterae,
Por Ele prometido a nós, Tu rite promissum Patris,
Por nós Seus feitos proclamai. Sermone ditans guttura.
A nossa mente iluminai, Accende lumen sensibus,
Os corações enchei de amor. Infunde amorem cordibus,
Nossa fraqueza encorajai Infirma nostri corpis
Qual força eterna e protetor. Virtute firmans perpeti.
Nosso inimigo repeli e Hostem repellas longius,
E concedei-nos vossa paz. Pacemque dones protinus;
Se pela graça nos guiais Ductore sic te praevio,
O mal deixamos para trás. Vitemus omne noxium.
Ao Pai e ao Filho Salvador Per te sciamus da Patrem
Por vós possamos conhecer. Noscamus atque Filium;
Que procedeis do seu amor Teque utriusque Spiritum
Fazei-nos sempre firmes crer. Credamus omni tempore.
Amém! Deo Patri sit gloria,
Et Filio, qui a mortuis
Surrexit, ac Paraclito
In saeculorum saecula. Amen.

Centres d'intérêt liés