Vous êtes sur la page 1sur 15

O QUE É SER SER HUMANO?

Nada deve parecer impossível de mudar:


Nós vos pedimos com insistência:
Nunca digam - Isso é natural!
Diante dos acontecimentos de cada dia,
Numa época em que corre o sangue
Em que o arbitrário tem força de lei,
Em que a humanidade se desumaniza
Não digam nunca: Isso é natural
A fim de que nada passe por imutável.
Bertolt Brecht
Mitos sobre o homem

Pau que nasce torto, não tem


jeito, morre torto.

Filho de peixe, peixinho é.


Mitos sobre o homem

Três mitos filosóficos sobre o


homem:

Mito do Homem Natural - ´O homem
nasce bom, mas a sociedade o corrompe'
(Rousseau)

Mito do Homem Isolado

Mito do Homem Abstrato
Mito do homem natural
Quem é o homem?

O homem é um ser sócio-histórico

 As condições biológicas permitem


ao homem apropriar-se da cultura e
formar capacidades e funções
psíquicas, mas...
As condições sociais e do meio é
que dá às espécieis a possibilidade
de viver
O homem aprende a ser homem

 A criança, no momento do seu nascimento,


não passa de um candidato à humanidade,
mas não a pode alcançar no isolamento: deve
aprender a ser um homem na relação com
outros homens.
O homem aprende a ser homem

A única aptidão inata no homem é a


aptidão para a formação de outras
aptidões.
O que caracteriza o humano?
 O homem trabalha e utiliza instrumentos

 O homem cria e utiliza a linguagem

 O homem compreende o mundo ao seu


redor
O homem é multi-determinado
 Suporte Biológico
 Trabalho
 Instrumento
 Linguagem
 Consciência de si
 Relações sociais
Então por qual razão ainda nos
damos o direito de definir quem é
humano e quem não é?
Contrato social

Essa noção de contrato traz implícito que as


pessoas abrem mão de certos direitos para
um governo ou outra autoridade a fim de
obter as vantagens da ordem social. Nesse
prisma, o contrato social seria um acordo
entre os membros da sociedade, pelo qual
reconhecem a autoridade, igualmente sobre
todos, de um conjunto de regras, de um
regime político ou de um governante.
(Hobbes, Rousseau, Locke)
Freud: civilização e barbárie

Segundo Freud, a civilização foi instituída para


que os homens saíssem de sua condição
natural de bárbaros. Para isso, o homem
abre mão de suas liberdades individuais
para poder viver em sociedade.
'Estado de natureza' : O homem é
mau?