Vous êtes sur la page 1sur 3

APRESENTAÇÃO

Apresentamos, com grande satisfação, a primeira edição do ano, trata-se do v.12, n.1
de 2019. Essa edição está dividida em duas seções, onde o leitor encontrará 08 (oito) artigos e
01 (um) ensaio teórico.
A seção ARTIGOS tem início com o artigo de autoria de Mirelle Simões de Aguiar,
Bethânia Alves de Assis, Marilene Olivier Ferreira de Oliveira, Duarte de Souza Rosa Filho e
Danilo Alves Duarte, todos vinculados à Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). O
artigo intitulado: “O Dark Side no Setor Rural: um panorama das condições de trabalho
análogas à escravidão no Brasil” teve como objetivo “[...] apresentar um panorama do
trabalho escravo rural contemporâneo no Brasil, com base em estatísticas elaboradas a partir
das fiscalizações dos Auditores Fiscais do Trabalho, do então Ministério do Trabalho (MTb),
nos anos de 2015, 2016 e 2017”. Este artigo é fruto da parceria via fast track com o Seminário
de Gestão Organizacional e Contemporânea (Segoc) da Ufes.

É de autoria de Ismael de Mendonça Azevedo, mestre em Administração pela


Universidade Portiguar (UnP) e docente da Escola de Negócios e Hospitalidade da UnP, o
segundo artigo dessa seção: “Assédio Moral em análise: o status quo dos estudos na
Administração”. Nele o autor, através das leis que delimitam a análise bibliométrica, buscou
elaborar um panorama geral da produção científica sobre o tema em questão, isso no âmbito
nacional.
De autoria de Fabrício Simplício Maia, professor doutor do curso de Administração da
Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Daiane Messer, Eduarda Paiz e Simone
Sengrafredo, administradoras pela UFFS, é o terceiro artigo dessa seção, intitulado “Processo
decisório: análise fílmica com base no filme Treze dias que abalaram o mundo”. No artigo
os autores objetivaram analisar o filme com base na literatura sobre processo decisório.
O artigo “O impacto do ecodesign no processo de desenvolvimento de produtos” de
autoria de Ricardo Oselame Schiochet, mestrando em Administração pela Universidade
Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) é o quarto artigo dessa seção. O artigo teve como
propósito “[...] compreender de que maneira empresas de diferentes segmentos estão

V.12, nº1, p.01-03, nov./fev. 2019. 1


Revista FOCO. ISSN: 1981-223X

implementando os conceitos e ferramentas de ecodesign em seus processos de


desenvolvimento de produto”.
De autoria de Danny de Castro Soares, doutorando em Economia pela Universidade
Católica de Brasília, e Alexandre Maduro-Abreu, doutor em Desenvolvimento Sustentável e
diretor do Centro de Pesquisa em Gestão, Inovação e Sustentabilidade da Universidade de
Brasília (UnB), o artigo “Relationship between environment, structure and efficiency in
contingency theory: a systematic review of literature” é o quinto dessa seção. No artigo, os
autores realizam uma revisão sistemática de literatura sobre a relação entre estrutura,
ambiente e eficiência dentro do contexto da teoria da contingência, com a finalidade de
verificar se a teoria atualmente ainda utiliza o pressuposto de que “[...] a estrutura das
organizações deve ser flexível a contingências externas, especialmente ao ambiente
dinâmico”.
O sexto artigo dessa seção é “Fusão e Aquisição para obtenção de vantagem
competitiva: um estudo no setor de supermercados” de autoria de Víctor Zômpero Ortolan e
Douglas Vieira da Silva. Ambos os autores são mestrandos em Administração de Empresas
pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, e tiveram como objetivo “[...] compreender a
estratégia de fusão e aquisição como fonte de criação de vantagem competitiva para pequenas
e médias empresas em supermercados localizados em regiões do interior do Estado de São
Paulo”.
De autoria de Higya Alessandra Merlin, Fernando Faleiros de Oliveira e Djanires
Lageano Neto de Jesus, todos professores na UNIGRAN Capital, o artigo “Seleção Interna
por Competências: proposta para implantação do processo na Justiça do Trabalho
brasileira”, é o sétimo dessa seção. Para responder os seguintes problemas: “Como é
realizada a seleção interna na Justiça do Trabalho e Quais são as oportunidades de melhoria
evidenciadas no processo de seleção interna aplicado na Justiça do Trabalho?”, os autores
analisaram “[...] o processo de seleção interna por competências na Administração Pública
Federal e sua respectiva aplicação na Justiça do Trabalho Brasileira”.
Em seguida, o oitavo artigo dessa seção, de autoria de Juliane Duarte Ferreira,
graduanda em Administração pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de
Farroupilha (IFFar); Nuvea Kuhn, mestranda em Desenvolvimento e Políticas Públicas pela
Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS); Natieli Pessarolo Kaiber, graduanda em
Administração pelo IFFar e; Flavia Luana Alves, também graduanda em Administração pelo
V.12, nº1, p.01-03, nov./fev. 2019. 2
Revista FOCO. ISSN: 1981-223X

IFFar. Nesse, artigo intitulado “Inserção profissional no mundo do trabalho: perspectivas de


egressos e formandos do curso de Administração” os autores analisaram a visão dos
egressos e formandos do curso de Administração de uma Instituição de Ensino na cidade de
Santa Rosa, localizada na região Noroeste do Rio Grande do Sul, em relação a inserção
profissional do administrador no mundo do trabalho.
A última seção dessa edição é destinada a um ENSAIO de autoria de Raphaela Reis
Conceição Castro Silva, professora de Gestão Pública do Instituto Federal do Rio de Janeiro
(IFRJ) e Isabela Grossi Amaral, mestranda em Administração pela Universidade Federal de
Lavras (Ufla), intitulado “Breves reflexões sobre as (res)significações do trabalho nas
sociedades ocidentais e a ciência administrativa”. Neste ensaio as autoras se orientaram para
os seguintes problemas: “Qual é a relação entre o conceito de trabalho e a ciência
administrativa? Ou melhor, qual é sentido do trabalho na (ou para) sociedade atual?”.
Esperamos com mais essa edição, colaborar para o desenvolvimento científico e
acadêmico dos leitores e pesquisadores.

Kamille Ramos Torres


Co-editora-chefe da Revista FOCO

V.12, nº1, p.01-03, nov./fev. 2019. 3