Vous êtes sur la page 1sur 30

EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA

CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM


ENSINO MÉDIO INTEGRADO

C I R Ú R G I C O
POSICIONAMENTO
Walfrido Farias Gomes
Professor do Ensino Médio Integrado
E n f e r m e i r o C O R E N /C E 312 . 517

1 EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA


Reriutaba/Ce 2019
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Posicionamento
Cirúrgico
O posicionamento cirúrgico é uma arte,
uma ciência e também um fator chave
no desempenho do procedimento
SEGURO e EFICIENTE, por meio da
aplicação de conhecimentos
relacionados à anatomia, fisiologia e
patologia.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Posição
Cirúrgica
 É aquela em que o paciente é colocado, depois de
anestesiado, para ser submetido à intervenção cirúrgica,
de modo a propiciar acesso fácil ao campo operatório.
 É IMPRESCINDÍVEL verificar se não há:
 Compressão dos vasos, orgão, nervos e proeminências
ósseas;
 Contato direto do paciente com partes metálicas da
mesa;
 Hiperextensão dos membros;
 Fixação incorreta da mesa e do paciente.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Objetivo do posicionamento
Cirúrgico
 Deverá EXPOR somente a área cirúrgica, de modo que permita
uma boa visibilidade e movimentação do cirurgião e da equipe;
Deverá oferecer o MÍNIMO de desconforto possível ao paciente;
Deverá seguir os princípios do alinhamento corporal;
Deverá PERMITIR a desobstrução do suprimento vascular;
Proporcionar ACESSO para a administração de soluções
endovenosas, drogas, agentes anestésicos.;
NÃO deverá ter interferência na respiração;
Deverá proteger os nervos, músculos, pele contra pressão
indevida;
Deverá ser observada a precaução quanto à segurança do paciente
em relação ao peso, à idade, à altura e à deformidade física,
respeitando seus limites anatômicos e fisiológicos.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

O posicionamento está
relacionado:

Mesas cirúrgicas;
Treinamento da equipe de
Enfermagem;
Parceria com a equipe médica.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Recursos de Proteção
 Colchonetes;
 Braçadeiras;
 Travesseiros;
 Perneiras;
 Fixadores de braços e pernas;
 Colchão piramidal (caixa de ovo);
 Protetores de calcâneo;
 Protetores crânio – faciais.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

TIPOS Posições Cirúrgicas

Posição em que o paciente O paciente fica deitado com


fica deitado de costas com os abdome para baixo. Indicada
braços e pernas estendidas ao para cirurgias da região dorsal,
longo da mesa. lombar, sacrococcígea e occipital.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Posição Supina

Posição Prona
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

CIRÚRGIAS
Posição Supina Posição Prona
• abdominais;
• neurológicas; • na coluna vertebral;
• transplantes de órgãos; • neurocirurgias em região
• ortopédicas; posterior;
• cardíacas; • de calcâneos.
• vasculares;
• plásticas;
• ginecológicas;
• oftálmicas;
• otorrinolaringológicas;
• de mão;
• de cabeça e pescoço.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

TIPOS Posições Cirúrgicas

Paciente colocado em DD, Paciente estará em decúbito


com cabeça e tronco em dorsal com elevação da cabeça e
níveis mais baixos que os tórax e abaixamento do MMII.
membros inferiores.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Posição
Trendelemburg

Posição
Proclive
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

CIRÚRGIAS
Posição Trendelemburg Posição Proclive
• abdominais; • de ombro;
• ginecológicas; • neurocirurgias;
• vasculares. • de cabeça e pescoço;
• cirurgias plásticas na face e
no nariz;
• otorrinolaringológicas;
• oftalmológicas;
• de mamas, incluindo
prótese.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

TIPOS Posições Cirúrgicas

Paciente permanece Essa é a posição sentada


parcialmente sentado na propriamente dita, isto é, em
mesa. ângulo de 90º. Flexiona-se a
parte dos MMII para prevenção
de quedas.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

CIRÚRGIAS

Posição Fowler
• neurocirurgias (a cabeça do paciente
deve ser apoiada com suporte próprio).
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

TIPOS Posições Cirúrgicas

Paciente em DD com as pernas flexionadas, afastadas, e


apoiadas em perneiras acolchoada e os braços apoiados em
talas.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Posição
Litotomia

Posição
Ginecológica
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

CIRÚRGIAS
Posição Litotomia
ou Ginecológica

• ginecológicas;
• obstétricas;
• de reto;
• de hemorroidas;
• de bexiga.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

TIPOS Posições Cirúrgicas

Paciente em DV na qual são levemente inclinadas, ficando os braços e


pernas em posição oposta. Com os braços apoiados em talas. É a
posição derivada da ventral, na qual os MMII, tórax e MMSS são
abaixados de forma que o corpo fique fletido sobre a mesa, mantendo-
se a região a ser operada em plano mais elevado.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

CIRÚRGIAS

Posição Canivete

• na região anal;
• em alguns tipos de cirurgias de coluna.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

TIPOS Posições Cirúrgicas

Paciente permanece em decúbito lateral, esquerdo ou direito,


com a perna que esta do lado de cima flexionada, afastada e
apoiada.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Posição
Decúbito
Lateral

Posição
Decúbito
Lateral
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

CIRÚRGIAS
Posição Lateral ou
Sims

• de tórax;
• renais;
• exames intestinais.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

TIPOS Posições Cirúrgicas

O paciente permanece em posição


dorsal, com cabeça pendida (com
abaixamento completo da cabeceira
da mesa) apoiada ao joelho do
cirurgião, para evitar estiramento de
ligamentos e músculos cervicais.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

CIRÚRGIAS

Posição Rose

• amigdalectomia;
• tumores cervicas.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Mesa Cirúrgica
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Mesa Cirúrgica
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

Posições Cirúrgicas
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

RESUMO
Decúbito dorsal ou Supina: É aquela em que o paciente se encontra
deitado de costas, com as pernas estendidas e os braços estendidos e
apoiados em talas. O dorso do paciente e a coluna vertebral estão
repousando na superfície do colchão da mesa cirúrgica
Decúbito ventral ou Prona: O paciente fica deitado de abdômen para
baixo, com os braços estendidos para frente e apoiados em talas. O
sistema respiratório fica mais vulnerável na posição de decúbito
ventral.
Posição trendelenburg: É uma variação da posição de decúbito dorsal
onde a parte superior do dorso é abaixada e os pés são elevados.
Mantém as alças intestinais na parte superior da cavidade
abdominal.
Posição trendelenburg Reverso: Mantém as alças intestinais na parte
inferior da cavidade abdominal. Reduz a pressão sangüínea cerebral.
Posição fowler ou sentada: O paciente permanece semi-sentado na
mesa de operação. Posição utilizada para conforto do paciente
quando há dispnéia.
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro

RESUMO
Posição de litotômia ou Ginecológica: O paciente permanece em
decúbito dorsal, com as pernas flexionadas, afastadas e
apoiadas em perneiras acolchoadas, e os braços estendidos e
apoiados.
Posição de canivete (kraske): O paciente se encontra em decúbito
ventral, com as coxas e pernas para fora da mesa e o tórax
sobre a mesa, a qual está levemente inclinada no sentido
oposto das pernas, e os braços estendidos e apoiados em talas
Decúbito lateral ou sims: O paciente permanece em decúbito
lateral, esquerdo ou direito, com a perna que está do lado de
cima flexionada, afastada e apoiada na superfície de repouso.
Posição Rose: O paciente permanece em posição dorsal, com
cabeça pendida (com abaixamento completo da cabeceira da
mesa) apoiada ao joelho do cirurgião, para evitar estiramento
de ligamentos e músculos cervicais.
OBRIGADO!
EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
ENSINO MÉDIO INTEGRADO

EEEP FRANCISCA CASTRO DE MESQUITA


CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Enfermagem WALFRIDO FARIAS GOMES
ENSINO MÉDIO INTEGRADO Pct Cirúrgico COREN/CE 312.517 Enfermeiro