Vous êtes sur la page 1sur 7

Direito Penal | Material de Apoio

Professor Antonio Pequeno.

1 Aplicação da lei penal. 1.1 Princípios da legalidade e da anterioridade. 1.2 A lei penal no tempo e no espaço. 1.3
Tempo e lugar do crime. 1.4 Lei penal excepcional, especial e temporária. 1.5 Territorialidade e extraterritorialidade
da lei penal. 1.6 Pena cumprida no estrangeiro. 1.7 Eficácia da sentença estrangeira. 1.8 Contagem de prazo. 1.9
Frações não computáveis da pena. 1.10 Interpretação da lei penal. 1.11 Analogia. 1.12 Irretroatividade da lei penal.
1.13 Conflito aparente de normas penais. 2 O fato típico e seus elementos. 2.1 Crime consumado e tentado. 2.2 Pena
da tentativa. 2.3 Concurso de crimes. 2.4 Ilicitude e causas de exclusão. 2.5 Excesso punível. 2.6 Culpabilidade. 2.6.1
Elementos e causas de exclusão. 3 Imputabilidade penal. 4 Concurso de pessoas. 5 Crimes contra a pessoa. 6 Crimes
contra o patrimônio. 7 Crimes contra a fé pública. 8 Crimes contra a administração pública. 9 Delitos hediondos (Lei
Federal nº 8.072/1990). 10 Disposições constitucionais aplicáveis ao direito penal. 11. Direito de Representação e
processo de responsabilidade administrativa e penal nos casos de abuso de autoridade (Lei 4.898/1965).

1 Aplicação da lei penal. 1.1 Princípios da legalidade e da anterioridade

1-Ano: 2012 Banca: VUNESP Órgão: TJ-SP Prova: Titular de Serviços de Notas e de Registros
Pode-se afirmar que o princípio da legalidade
a) a depender do crime, pode ter índole constitucional ou infraconstitucional e é sinônimo de reserva legal.
b) tem índole constitucional e tem por finalidade proteger o cidadão contra o arbítrio do poder punitivo estatal, já
que deve haver perfeita correspondência entre a conduta praticada e a previsão legal.
c) torna possível à medida provisória e lei delegada definirem crimes, criando tipos e impondo penas, desde que a
exceção esteja prevista na Constituição Federal.
d) torna possível a reprovação do autor de um fato punível porque, de acordo com as circunstâncias concretas,
poderia e deveria agir de modo diferente.

2-Banca: VUNESP Órgão: TJ-MT Prova: Técnico Judiciário


É correto afirmar que o princípio da legalidade
a) está previsto no código de processo penal.
b) pode ser entendido como in dubio pro reo.
c) é uma garantia de que à lei compete fixar os crimes e suas penas.
d) não tem previsão legal.
e) consiste na ideia de ninguém poder ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar crime.

1.2 A lei penal no tempo e no espaço. 1.3 Tempo e lugar do crime. 1.4 Lei penal excepcional, especial e temporária.
1.5 Territorialidade e extraterritorialidade da lei penal. 1.6 Pena cumprida no estrangeiro. 1.7 Eficácia da sentença
estrangeira. 1.8 Contagem de prazo. 1.9 Frações não computáveis da pena. 1.10 Interpretação da lei penal. 1.11
Analogia. 1.12 Irretroatividade da lei penal. 1.13 Conflito aparente de normas penais.

Ano: 2017 Banca: VUNESP Órgão: TJM-SP Prova: Escrevente Técnico Judiciário
3-Nos termos previstos no Código Penal, é correto afirmar que
a) se considera praticado o crime no momento do resultado.
b) a lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos anteriores, salvo se decididos por
sentença condenatória transitada em julgado.
c) o dia do começo deve ser excluído no cômputo do prazo. Contam-se os dias, os meses e os anos pelo calendário
comum.
d) o funcionário público que se apropria, por negligência, de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público
ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou o desvia, em proveito próprio, comete o crime de peculato-
culposo.
e)exigir, para outrem, indiretamente, fora da função mas em razão dela, vantagem indevida caracteriza o crime de
concussão.

1
FOCUSCONCURSOS.COM.BR
Direito Penal | Material de Apoio
Professor Antonio Pequeno.

Ano: 2016 Banca: VUNESP Órgão: Câmara de Marília - SP


Prova: Procurador Jurídico
4-Aplica-se a lei penal brasileira ao crime cometido no território nacional. O art. 5° do CP estende a aplicação da lei
penal brasileira para fato cometido em
a) embarcação privada brasileira atracada em portos estrangeiros.
b) embarcação estrangeira de propriedade privada navegando no mar territorial do Brasil.
c) aeronave privada brasileira pousada em aeroportos estrangeiros, desde que o país respectivo tenha acordo de
extradição com o Brasil.
d) sede de embaixada ou unidade consular do Brasil no estrangeiro.
e) residência do embaixador brasileiro em país estrangeiro que faça parte do Mercosul.

Ano: 2016 Banca: VUNESP Órgão: Prefeitura de Registro – SP Prova: Advogado


5-Assinale a alternativa correta.
a) A lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos anteriores, desde que não decididos
por sentença condenatória transitada em julgado.
b) A pena cumprida no estrangeiro atenua a pena imposta no Brasil pelo mesmo crime, quando diversas, ou nela é
computada, quando idênticas.
c) A lei excepcional ou temporária aplica-se ao fato praticado durante sua vigência e somente no período de sua
duração.
d) Ficam sujeitos à lei brasileira, embora cometidos no estrangeiro, os crimes contra a Administração Pública, por
quem está a seu serviço, sendo o agente punido segundo a lei brasileira somente se condenado no estrangeiro.
e) A sentença estrangeira, quando a aplicação da lei brasileira produz na espécie as mesmas consequências, pode ser
homologada no Brasil, para obrigar o condenado à reparação do dano, a restituições e a outros efeitos civis,
prescindindo de pedido da parte interessada.

Ano: 2015 Banca: VUNESP Órgão: PC-CE Prova: Escrivão de Polícia Civil
6-Na data de 03 de outubro de 2014, na cidade de Aquiraz – CE, o indivíduo B efetuou dois disparos de arma de fogo
contra a pessoa C, que foi socorrida no Hospital mais próximo. A pessoa C foi posteriormente transferida para um
Hospital na cidade de Fortaleza – CE, local em que faleceu na data de 09 de outubro de 2014, em decorrência dos
disparos de arma de fogo efetuados pelo indivíduo B na cidade de Aquiraz – CE. Assinale a alternativa correta em
relação ao lugar e tempo do crime praticado pelo indivíduo B, segundo o previsto no Código Penal
a) Considera-se o lugar do crime tanto aquele em que ocorreram os disparos de arma de fogo na cidade de Aquiraz –
CE quanto o local em que a pessoa C faleceu na cidade de Fortaleza – CE; e o tempo do crime, tanto o dia 03 quanto
o dia 09 de outubro de 2014.
b) Considera-se o lugar do crime aquele em que a pessoa C faleceu na cidade de Fortaleza – CE; e o tempo do crime
o dia 09 de outubro de 2014
c) Considera-se o lugar do crime tanto aquele em que ocorreram os disparos de arma de fogo na cidade de Aquiraz –
CE quanto o local em que a pessoa C faleceu na cidade de Fortaleza – CE; e o tempo do crime, o dia 09 de outubro de
2014.
d) Considera-se o lugar do crime aquele em que ocorreram os disparos de arma de fogo na cidade de Aquiraz – CE; e
o tempo do crime, o dia 09 de outubro de 2014.
e) Considera-se o lugar do crime tanto aquele em que ocorreram os disparos de arma de fogo na cidade de Aquiraz –
CE quanto o local em que a pessoa C faleceu na cidade de Fortaleza – CE; e o tempo do crime, o dia 03 de outubro de
2014.

Ano: 2015 Banca: VUNESP Órgão: PC-CE Prova: Inspetor de Polícia


7-Nos termos do Código Penal, a imputabilidade penal é excluída pela
a)embriaguez completa e culposa que torna o autor, ao tempo da ação ou da omissão, inteiramente incapaz de
entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse entendimento.
b)doença mental ou desenvolvimento mental incompleto ou retardado, que torna o autor, ao tempo da ação ou da
omissão, inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse
entendimento.
c)emoção
2
FOCUSCONCURSOS.COM.BR
Direito Penal | Material de Apoio
Professor Antonio Pequeno.

d)paixão.
e)embriaguez, proveniente de caso fortuito ou força maior, que privou o autor, ao tempo da ação ou da omissão, da
plena capacidade de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse entendimento

Ano: 2015 Banca: VUNESP Órgão: PC-CE Prova: Escrivão de Polícia Civil
8-Com relação à consumação e tentativa do crime, nos termos previstos no Código Penal, é correto afirmar que
a)diz-se o crime consumado, quando nele se reúnem a maioria dos elementos de sua definição legal.
b)diz-se o crime tentado quando não se exaure por circunstâncias alheias à vontade do agente.
c)diz-se o crime tentado quando, iniciada a cogitação, não se consuma por circunstâncias alheias à vontade do
agente
d)salvo disposição em contrário, pune-se a tentativa com a pena correspondente ao crime consumado, diminuída de
um a dois terços.
e)diz-se o crime consumado, quando nele se reúnem dois terços dos elementos de sua definição legal

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Delegado de Polícia


9-“X” estaciona seu automóvel regularmente em uma via pública com o objetivo de deixar seu filho, “Z”, na pré-
escola, entretanto, ao descer do veículo para abrir a porta para “Z”, não percebe que, durante esse instante, a
criança havia soltado o freio de mão, o suficiente para que o veículo se deslocasse e derrubasse um idoso, que vem a
falecer em razão do traumatismo craniano causado pela queda. Em tese, “X”
a) responderá pelo crime de homicídio culposo com pena mais severa do que a estabelecida no Código Penal, nos
termos do Código de Trânsito Brasileiro.
b) responderá pelo crime de homicídio culposo, entretanto, a ele poderá ser aplicado o perdão judicial.
c) não responde por crime algum, uma vez que não agiu com dolo ou culpa.
d) responderá pelo crime de homicídio doloso por dolo eventual.
e) responderá pelo crime de homicídio culposo em razão de sua negligência.

10-Durante as festividades de Natal de 2013, o motorista “A” dirigia o seu veículo pela Rodovia Presidente Dutra na
velocidade de 90 km/h, num trecho em que a velocidade máxima permitida era de 110 km/h. Ao transitar por uma
curva, veio a perder o controle de seu veículo, atropelando “B” e “C” que se encontravam num ponto de ônibus no
acesso à cidade de Arujá. “B” faleceu no local e “C” foi socorrido em estado grave, permanecendo internado no
hospital da cidade
Apenas com base nas informações contidas no caso descrito, há possibilidade de “A” ser responsabilizado,
penalmente,
a) por crime culposo consumado.
b) por crime doloso consumado e tentado.
c) por um crime doloso consumado e por outro crime culposo tentado
d) somente por crime tentado.
e) por uma contravenção penal.

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Investigador de Polícia Civil
11-Nos termos do Código Penal, “entende-se em _____. ______ quem, usando moderadamente dos meios
necessários, repele injusta agressão, atual ou iminente, a direito seu ou de outrem”.
Assinale a alternativa que completa corretamente a afirmação.
a) estado de necessidade
b) estrito cumprimento de dever legal
c) legítima defesa
d) exercício regular de direito
e) coação irresistível

3
FOCUSCONCURSOS.COM.BR
Direito Penal | Material de Apoio
Professor Antonio Pequeno.

Banca: VUNESP Órgão: Câmara Municipal de São Carlos – SP Prova: Advogado


12-Assinale a alternativa correta no tocante às previsões relativas aos crimes no Código Penal.
a) Para a omissão ser considerada penalmente relevante, é suficiente que o omitente possa agir para evitar o
resultado.
b) Diz-se o crime tentado, quando, iniciada a preparação, não se consuma por circunstâncias alheias à vontade do
agente.
c) O erro sobre elemento constitutivo do tipo legal de crime exclui a culpabilidade e isenta de pena o autor do crime.
d) O erro sobre a ilicitude do fato, se inevitável, isenta de pena; se evitável, poderá diminuí-la de um sexto a um
terço.
e) Se o fato criminoso é cometido em estrita obediência à ordem manifestamente ilegal de superior hierárquico, só é
punível o autor da coação ou da ordem.

5 Crimes contra a pessoa. 6 Crimes contra o patrimônio. 7 Crimes contra a fé pública. 8 Crimes contra a
administração pública. 9 Delitos hediondos (Lei Federal nº 8.072/1990). 10 Disposições constitucionais aplicáveis ao
direito penal. 11. Direito de Representação e processo de responsabilidade administrativa e penal nos casos de
abuso de autoridade (Lei 4.898/1965).

Ano: 2015 Banca: VUNESP Órgão: PC-CE Prova: Escrivão de Polícia Civil
13-Assinale a alternativa correta no que diz respeito aos crimes contra a vida previstos no Código Penal
a)No crime de homicídio, a prática deste mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe são
circunstâncias que, apesar de não qualificar o crime, caracterizam-se como causas de aumento de pena
b) No crime de induzimento, instigação ou auxílio a suicídio, a prática da conduta criminosa por motivo egoístico é
circunstância que qualifica o crime.
c) Não se pune o aborto praticado por médico se não há outro meio de salvar a vida da gestante.
d) O crime de aborto provocado pela gestante ou com seu consentimento equipara-se e possui a mesma pena que o
aborto provocado por terceiro.
e) No crime de homicídio simples, se o agente comete o crime impelido por motivo de relevante valor social ou
moral, ou sob o domínio de violenta emoção, logo em seguida a injusta provocação da vítima, o juiz deve conceder o
perdão judicial.

Ano: 2015 Banca: VUNESP Órgão: PC-CE Prova: Escrivão de Polícia Civil
14-No crime de furto, caracteriza-se como causa de aumento de pena, mas não qualificadora do crime
a) a prática do crime mediante concurso de duas ou mais pessoas.
b) a prática do crime durante o repouso noturno
c) a prática do crime com abuso de confiança, ou mediante fraude, escalada ou destreza.
d) a prática do crime com emprego de chave falsa.
e) a prática do crime com destruição ou rompimento de obstáculo à subtração da coisa.

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Investigador de Polícia Civil
15-Nos termos do Código Penal, assinale a alternativa que contenha apenas crimes contra o patrimônio.
a) Homicídio; estelionato; extorsão
b) Estelionato; furto; roubo.
c) Dano; estupro; homicídio
d) Furto; roubo; lesão corporal.
e) Extorsão; lesão corporal; dano

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Escrivão de Polícia


16-A conduta de induzir, instigar ou auxiliar outra pessoa a suicidar-se, que tem como resultado lesão corporal de
natureza leve,
a) tem pena duplicada se cometida por motivo egoístico.
b) tem pena agravada se a vítima tem diminuída, por qualquer causa, a capacidade de resistência.
c) não é prevista como crime.
4
FOCUSCONCURSOS.COM.BR
Direito Penal | Material de Apoio
Professor Antonio Pequeno.

d) tem pena aumentada se a vítima for menor de idade.


e) é punida com pena de 1 (um) a 3 (três) anos.

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Escrivão de Polícia


17-Qualifica o crime de furto, nos termos do art. 155, § 4.º do CP, ser o fato praticado.
a) em local ermo ou de difícil acesso.
b) contra ascendente ou descendente.
c) durante o repouso noturno.
d) com abuso de confiança.
e) mediante emprego de arma de fogo.

Ano: 2013 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Agente de Polícia


18-Apolo conduzia seu automóvel por uma via pública quando seu veículo veio a ser “fechado” bruscamente pelo
automóvel conduzido por Dafne. Em seguida, Apolo, muito nervoso por conta da “fechada” que levou, passou a
perseguir Dafne com seu automóvel para “tirar satisfação” pelo ocorrido. Ao alcançar o veículo de Dafne, esta
xingou Apolo com alguns “palavrões”. Ato contínuo, Apolo, que estava armado com um revólver, para o qual tinha a
devida licença de porte de arma, disparou cinco tiros em Dafne, causando-lhe a sua morte instantânea.
Com base nos dados expostos, é correto afirmar que Apolo
a) deverá responder pelo crime de lesão corporal seguida de morte.
b) deverá responder pelo crime de homicídio qualificado por ter sido cometido por motivo torpe.
c) cometeu o crime de homicídio simples, mas não sofrerá pena em razão de ter reagido a uma injusta provocação
da vítima.
d) cometeu o crime de homicídio, mas terá diminuída sua pena em razão de ter porte de arma e de ter agido em
legítima defesa da honra.
e) deverá responder pelo crime de homicídio qualificado por ter sido cometido por motivo fútil.

Ano: 2013 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Agente de Polícia


19-Orfeu, maior de idade e devidamente habilitado, voltava de viagem de férias na direção de seu automóvel, tendo
em sua companhia sua esposa e três filhos menores. Durante o percurso, envolveu-se em acidente de trânsito, no
qual Orfeu foi considerado culpado, e sua família que estava no automóvel veio a falecer em decorrência do sinistro
causado por negligência de Orfeu.
Tendo em vista os fatos narrados e considerando o que dispõe o código Penal, é correto afirmar que
a) Orfeu não responderá por qualquer crime, uma vez que a morte de seus familiares decorreu de um mero acidente
de trânsito.
b) Orfeu deverá ser imediatamente preso em razão de ter cometido o crime de homicídio triplamente qualificado.
c) o juiz poderá deixar de aplicar a pena a Orfeu, pois as consequências da infração já o atingiram de forma tão grave
que a pena se tornou desnecessária.
d) por se tratar de morte de familiares, Orfeu terá direito à redução da pena ao responder pelo crime de homicídio
simples.
e) Orfeu não deverá ser responsabilizado pelo falecimento de seus familiares, pois o acidente de trânsito ocorreu
por simples negligência, a qual afasta a caracterização do crime

Ano: 2013 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Agente de Polícia


20-Baco, cliente de uma vídeolocadora, aluga 4 filmes e os leva para casa. Passado o período de locação, Baco decide
devolver somente 3 filmes e retém um deles com a intenção de ficar definitivamente com o filme de propriedade da
locadora. Essa conduta de Baco configura o crime de
a) apropriação indébita.
b) furto.
c) roubo.
d) receptação.
e) peculato.

5
FOCUSCONCURSOS.COM.BR
Direito Penal | Material de Apoio
Professor Antonio Pequeno.

Ano: 2013 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Investigador de Polícia


21-No que diz respeito aos crimes contra o patrimônio previstos no Código Penal, é correto afirmar que
a) subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa, e mantendo a
vítima em seu poder, restringindo sua liberdade, caracteriza o crime de extorsão mediante sequestro.
b) o crime de furto é qualificado se praticado com destruição ou rompimento de obstáculo à subtração da coisa.
c) sequestrar pessoa com o fim de obter, para si ou para outrem, qualquer vantagem, como condição ou preço do
resgate, caracterizará o crime de roubo mediante sequestro se este durar menos do que 24 (vinte e quatro) horas.
d) o crime de furto é qualificado se praticado durante o repouso noturno.
e) quem acha coisa alheia perdida e dela se apropria, deixando de restituí-la ao dono ou legítimo possuidor ou de
entregá-la à autoridade competente, dentro do prazo de 15 (quinze) dias, não comete crime se desconhece a
identidade do proprietário do objeto.

Ano: 2013 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Escrivão de Polícia Civil
22-A conduta de constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, e com o intuito de obter para si ou para
outrem indevida vantagem econômica, a fazer, tolerar que se faça ou deixar fazer alguma coisa caracteriza o crime
de
a) extorsão.
b) abuso de poder.
c) exercício arbitrário.
d) coação no curso do processo.
e) roubo.

Ano: 2013 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Escrivão de Polícia Civil
Analise as informações apresentadas a seguir e classifique-as como (V) verdadeira ou (F) falsa.
O crime de homicídio é qualificado, nos expressos termos do § 2. o do art. 121 do CP, se cometido
( ) para assegurar a execução, a ocultação, a impunidade ou vantagem de outro crime.
( ) por funcionário público no exercício de suas funções.
( ) durante o repouso noturno.
A classificação correta, de cima para baixo, é:
a) V, V, F.
b) F, V, V.
c) V, F, V.
d) V, F, F.
e)V, V, V.

Ano: 2013 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Escrivão de Polícia Civil
24-O crime de induzimento, instigação ou auxílio a suicídio
a) é punido com pena de detenção e multa.
b) só se caracteriza se o suicídio se consuma ou se a vítima sofre lesão corporal de natureza grave.
c) é punido com pena de detenção, apenas.
d) tem a pena aumentada de metade se a vítima é menor.
e) tem a pena aumentada de metade se o crime é praticado por motivo egoístico.

25-A conduta de “dar causa à instauração de investigação policial, de processo judicial, instauração de investigação
administrativa, inquérito civil ou ação de improbidade administrativa contra alguém, imputando-lhe crime de que o
sabe inocente” configura

a) denunciação caluniosa.
b) condescendência criminosa.
c) falso testemunho.
d) comunicação falsa de crime.
e) fraude processual.

6
FOCUSCONCURSOS.COM.BR
Direito Penal | Material de Apoio
Professor Antonio Pequeno.

Ano: 2017 Banca: VUNESP Órgão: TJ-SP Prova: Escrevente Técnico Judiciário
26-Funcionário público municipal, imprudentemente, deixa a porta da repartição aberta ao final do expediente.
Assim agindo, mesmo sem intenção, concorre para que outro funcionário público, que trabalha no mesmo local,
subtraia os computadores que guarneciam o órgão público. O Município sofre considerável prejuízo. A conduta do
funcionário que deixou a porta aberta traduz-se em
a) peculato culposo.
b) fato atípico.
c) prevaricação.
d) peculato-subtração.
e) mero ilícito funcional, sem repercussão na esfera penal.

Ano: 2017 Banca: VUNESP Órgão: Câmara de Cotia – SP Prova: Procurador Legislativo
27-Segundo o Código Penal brasileiro, sobre os crimes praticados por funcionários públicos contra a Administração
Pública, assinale a alternativa correta.
a) O funcionário público que se apropria do dinheiro da “caixinha”, arrecadada por todos os funcionários para pagar
a festa de comemoração de fim de ano, em tese, pratica o crime de peculato.
b) O funcionário público que insere dados inexatos no banco de dados da Administração Pública, por distração, em
tese, pratica o crime de inserção de dados falsos em sistema de informações.
c) O funcionário público que utiliza verba destinada à aquisição de combustível dos carros oficiais para reembolsar
despesa gasta com o combustível de seu próprio veículo, em tese, pratica o crime de emprego irregular de verba
pública.
d) A pena será aumentada da metade, quando os autores forem ocupantes de função de direção em orgão da
Administração Direta.
e) É considerado funcionário público quem exerce cargo, emprego ou função pública, ainda que transitoriamente e
sem remuneração.

Ano: 2016 Banca: VUNESP Órgão: Câmara de Marília – SP Prova: Procurador Jurídico
28-Funcionários públicos estão executando um ato legal. Mediante violência, um indivíduo opõe-se à execução do
ato, e acaba causando lesão corporal leve em um particular que prestava auxílio aos funcionários públicos. Em que
pese a oposição o ato se executa. O indivíduo
a) comete crime de resistência e também responderá pela violência (lesão corporal).
b) comete crime de desobediência, o qual terá sua pena aumentada por conta da violência (lesão corporal).
c) apenas responderá pela violência (lesão corporal), não havendo porque se cogitar de outro crime, pois o ato foi
executado.
d) apenas comete crime de resistência, não havendo porque se cogitar de outro crime, uma vez que a vítima de
violência (lesão corporal) não se trata de funcionário público.
e) não comete crime algum.

Ano: 2016 Banca: VUNESP Órgão: Câmara Municipal de Poá – SP Prova: Procurador Jurídico
29-A fim de evitar o cumprimento de reintegração de posse, indivíduo lança pedras contra Oficial de Justiça que está
dando cumprimento ao respectivo mandado judicial. Tal conduta configura o crime de
a) desacato.
b) resistência.
c) desobediência.
D) usurpação de função pública.

GAB:1-B, 2-C, 3-E, 4-B, 5-B, 6-E, 7-B, 8-D, 9-C, 10-A, 11-C, 12-D, 13-C, 14-B, 15-B ,16-C, 17-D, 18-E, 19-C, 20-A, 21-B,
22-A, 23-D, 24-B, 25-A, 26-A, 27-E, 28-A, 29-B.

7
FOCUSCONCURSOS.COM.BR