Vous êtes sur la page 1sur 3

Modulo 1

O que é ética?
Segundo Aristóteles  o homem age por valores , pois ele tem conhecimento do que
é bom ou mal, do justo e injusto.
Valores: vai de como o homem vê o mundo a sua volta, agindo de acordo com suas
noções do que são compartilhados com outros homens em um determinado
momento.
Os valores que os homens tomam como diretrizes para suas decisões, refletem sobre
diversos aspectos.
O home é um ser moral que age, um ser que avalia suas ações a partir de valores.
O homem que age de acordo com valores correspondentes ao aceitável no meio de
convivência, ele é ético e tem comportamento ético ou tomando atitudes áticas

Ética (do grego ethikos, “costume”, “comportamento”)

Agir de forma ética é corresponder aos anseios daquilo que se espera do homem, com
relação a seu comportamento e suas atitudes no meio ao seu círculo social.
Moral e Ética
Moral conjunto de normas e condutas reconhecidas como adequadas ao
comportamento humano por uma comunidade.
A moral estabelece princípios de vida capazes de orientar o homem para uma ação
moralmente correta.
A moral está ligada com a consciência do indivíduo, quando se pergunta uma atitude
ou quando se reflete se uma ação ocorreu de acordo com o certo. Essas reflexões é a
consciência moral.
Ética  estudo sistematizado das diversas morais .
 Disciplina teórica sobre uma pratica humana, que é o comportamento moral.
 A ética tem principalmente preocupação pratica quando orientada pelo desejo de
unir o saber ao fazer.
 A ética busca aplicar o conhecimento sobre ser o para construir aquilo que deve
ser
 Ser verdadeiro consigo mesmo é ser ético, pois se agirmos assim como nós
mesmos agiremos também com o outro.
Racionalidade e liberdade
Aristóteles caracteriza seres humanos como racionais e também concebe duas
dimensões anímica ou psíquica (psique = alma), uma racional por expressar-se pela
filosofia e matemática e outra privada de razão, por conta de seus elementos vegetativos
e apetitivos
O que nos diferencia de outros animais é a racionalidade, capacidade de pensar, julgar
usar a razão, planejar, realizar escolhas e julga-las, determinando seu valor.
Agimos acreditando estamos fazendo o bem e, mesmo quando julgamos mal nossas
ações.
O critério básico para qualquer julgamento é sempre estabelecido pelo bem.

Aristóteles identificou três coisas que controlam suas ações:


1. Sensações
2. Razão
3. Desejo
 Sensação
Não é a principal para julgar a ação, pois os outros animais também
possuem sensações, mas não participam da ação.
 Ação
movimento deliberado origem de ação é a escolha, o homem e diferente de
outros animais pois são capazes de fazer escolhas.
 Desejo
Através da razão desejamos e racionalmente efetuar escolhas.
Aristóteles dizia que o desejo é a força que impulsiona todos as nossas ações que pela
razão, ou guiado por ela, conduzimos nossos desejos ao encontro do seu objetivo.
As escolhas que vão moldar o caráter do ser humanos.
Seus vícios e virtudes são manifestações de suas escolhas ao longo da vida chamado
valores morais
Valores morais  Convívio em sociedade repleto de valores acumulados pela
educação, pela religião, pela cultura e ETC.
Quando exercitamos a liberdade, estamos também nos relacionando de certa forma com
outros indivíduos e são dessas relações que surgem o que vamos chamar de realidade
social
As relações que temos com um indivíduo ou mais, são as relações sociais que vão
formar uma sociedade.
O homem age de acordo com seus próprios desejos, ou seja, liberdade de ação.
Para organizar o homem em sociedade foi preciso cria leis, regras de conduta e de
convívio, regras que são transmitidas pela a todos pela educação e que também são
garantidas por lei.
Somos livres para fazer escolhas, mas sem prejudicar o ouro para satisfazer os nossos
desejos.

Civilização e Valores
No livro “O mal-estar na civilização” Freud diz que os seres humanos estão condenados
durante toda existência a viver um conflito irremediável entre as necessidades que
instigam à concretização de uma vida em liberdade e os entraves que são encontrados na
sociedade em que vivem quando se deparam com as ‘leis’.
Freud faz uma reconstrução das ideias de Aristóteles
sobre o que o homem deseja, realizar, de mais importante na vida?
- Todos os seres humanos vivem em bisca da felicidade.
- Toda ação humana tem objetivo a felicidade permanente.
Porque nos afastamos dessa meta principal que é a felicidade plena e duradoura
refletindo sobre a ética civilizatória como promessa de felicidade. Buscamos constantes
de uma formula que não existe na religião, artes, ciência e tão pouco na filosofia,
- A liberdade e as leis vão criar um conflito irremediável.
Uma das tarefas mais difíceis da civilização e humanizar esse animal racional chamado
homem.
Homem se diferencia dos outros animais pela cultura. Os homens são seres da cultura.
O acesso aos bens culturais produzidos em toda a história é o que define nossa condição
humana. O homem é um animal cujo o maior desejo e se tornar humano.