Vous êtes sur la page 1sur 42

See discussions, stats, and author profiles for this publication at: https://www.researchgate.

net/publication/281639698

Alguns ensaios normatizados de resistência ao trilhamento elétrico,


ensaios alternativos e lacunas fenomenológicas. Some standardized
tests of resistance to electrical tracking, al...

Conference Paper · September 2015

CITATIONS READS

0 470

1 author:

Ricardo F. da Silva
Federal University of Technology - Paraná/Brazil (UTFPR)
10 PUBLICATIONS   8 CITATIONS   

SEE PROFILE

Some of the authors of this publication are also working on these related projects:

Estudos Sobre Aplicação de Computação Ubíqua na Tecnologia de Criptomoedas View project

All content following this page was uploaded by Ricardo F. da Silva on 10 September 2015.

The user has requested enhancement of the downloaded file.


Alguns Ensaios Normatizados de Resistência
ao Trilhamento Elétrico, Algumas Alternativas
de Ensaios e Lacunas Fenomenológicas

Prof. Dr. Ricardo Fernandes da Silva


1
Sumário
• Introdução;
• Ensaios Normatizados;
• Ensaios Alternativos;
• Resultados e Discussões;
• Lacunas Fenomenológicas;
• Trabalhos Futuros.

2
Introdução
• O trilhamento elétrico, pode ser definido como a
formação de um caminho condutor permanente na
superfície do material isolante;

• Sua formação ocorre por compostos de carbono


através da superfície do isolante, resultado da
degradação devido à ação de descargas
superficiais;

3
Introdução

• Estas descargas na superfície geram altas


correntes superficiais e por consequência alta
dissipação de calor e degradação do material;

• Este fenômeno persistindo, causa a ruptura


completa da superfície do material, eliminando desta
forma o caráter isolante.

4
Introdução

5
Introdução

6
Modelo de degradação da superfície isolante proposto por Malik et al
Introdução

• Os diversos ensaios para determinação do


trilhamento elétrico não são consenso entre
pesquisadores e/ou fabricantes;

• Não existência de uma correlação da resistência ao


trilhamento elétrico a outras propriedades do
material.

7
Ensaios Normatizados

• IEC 60112 – Índice de Trilhamento


• IEC 60587 – NBR 10296 – Plano Inclinado
• ASTM D 2132 – 98 – Névoa Salina

• IEC 62217 – Roda de Trilhamento

8
Ensaios Normatizados
IEC 60112 - Método para a determinação dos índices de resistência e
de comparação ao trilhamento dos materiais isolantes sólidos.

9
Ensaios Normatizados
IEC 60587 - Materiais Isolantes Elétricos Utilizados Sob Severas
Condições Ambientais - Métodos de Ensaio para Avaliar a
Resistência ao Trilhamento Elétrico e Erosão

10
Ensaios Normatizados
ASTM D 2132-98 – Método de ensaio para trilhamento elétrico e
erosão - Névoa Salina

11
Ensaios Normatizados
IEC 62217 – Isoladores poliméricos para uso indoor e outdor com
uma tensão nominal > 1 000 V - Definições gerais, métodos de ensaio
e critérios de aceitação

12
Ensaios Alternativos

• Metodos não lineares


• Recurrence Plot (RP)
• Dimensão Fractal

13
Ensaios Alternativos
• Recurrence Plot (RP)

14
Ensaios Alternativos
• Dimensão Fractal

15
Ensaios Alternativos

16
Ensaios Alternativos

Diagrama esquemático do sistema de medição de energia absorvida

17
Ensaios Alternativos

Diagrama esquemático do sistema de medição de energia absorvida

18
Ensaios Alternativos
Proteção sobre-corrente

19
Ensaios Alternativos
Circuito da Placa Emissora

20
Ensaios Alternativos
Placa Emissora

21
Ensaios Alternativos

Circuito da Placa Receptora

22
22
Ensaios Alternativos
Placa Receptora

23
Ensaios Alternativos
Aquisição dos dados

24
Ensaios Alternativos
Aquisição dos dados

25
Ensaios Alternativos
Aquisição dos dados

26
Resultados e Discussões

Sinal de entrada e saída do sistema eletro/óptico


27
Resultados e Discussões

Sinal de corrente na entrada do sistema eletro/óptico e seu FFT


28
Resultados e Discussões

• Devido ao grande número de dados deve-se


separar aqueles de interesse dos demais;
• Para separação do dados utilizou-se como
parâmetro o Fator de forma (K);

29
Resultados e Discussões
• Fator de forma durante 1s de ensaio

30
Resultados e Discussões

Formas de onda típicas dos eventos c, d e e no modelo de Malik


31
Resultados e Discussões
• Amostra A de LLDPE

32
Resultados e Discussões
• Amostra B de LLDPE

33
Resultados e Discussões
• Comparação com o modelo de Malik

34
Resultados e Discussões

• Absorção de energia em HDPE - Comercial

35
Resultados e Discussões
• Absorção de energia em Borracha de Silicone

36
Lacunas Fenomenológicas

• Qual o mecanismo de formação das trilhas?


• Como as trilhas se comportam
microscopicamente?
• Qual a quantidade de trilhas crítica para a
ruptura do material?
• Qual a extensão do dano ao material além da
superfície?

37
Lacunas Fenomenológicas

• Como se mede a resistência ao trilhamento


elétrico?
• A resistência ao trilhamento elétrico pode ser
considerada uma propriedade do material?
• Existe relação entre a resistividade elétrica do
material e a resistência ao trilhamento elétrico?

38
Lacunas Fenomenológicas

• Haverá um único ensaio de resistência ao


trilhamento elétrico para todos os materiais
dielétricos?

39
Trabalhos futuros

• Desenvolver um software de aquisição e


tratamento dos dados em tempo real;
• Estabelecer uma grandeza física para
resistência ao trilhamento elétrico, como
W/mm, W/mm2;
• Realizar estudos de resistência ao trilhamento
elétrico com a técnica de absorção de energia
em outros materiais poliméricos;
40
Trabalhos futuros

• Aplicar a técnica de absorção de energia no


ensaio de Plano Inclinado;
• Sugerir aos comitês responsáveis pelas normas
técnicas a aplicação desta técnica como um outro
teste para avaliação da resistência ao trilhamento
em materiais isolantes.

View publication stats