Vous êtes sur la page 1sur 25

SISTEMAS ESTRUTURAIS 2

PRÉ-DIMENSIONAMENTO DE MADEIRAS
A COMPRESSÃO
PRÉ-DIMENSIONAMENTO
FLUXOGRAMA DE PRÉ-DIMENSIONAMENTO
A CONCEPÇÃO ESTRUTURAL
REGRAS PARA A CONCEPÇÃO ESTRUTURAL
REGRAS PARA A CONCEPÇÃO ESTRUTURAL

5. Evitar reentrâncias significativas


ESQUEMA
ESTRUTURAL -
ADAPTADO DE
ENGEL (2001)
CONCEITOS FUNDAMENTAIS
CONCEITOS FUNDAMENTAIS
SEÇÕES
COMERCIAIS
PROPRIEDADES DAS MADEIRA
Resistência da Madeira - No cálculo de uma estrutura de madeira, podem ser utilizados valores de
resistências obtidos em ensaios, realizados em laboratório, ou fornecidos pela norma brasileira para o
projeto de estruturas de madeira.
PROPRIEDADES DAS MADEIRA
Resistência da Madeira - No cálculo de uma estrutura de madeira, podem ser utilizados valores de
resistências obtidos em ensaios, realizados em laboratório, ou fornecidos pela norma brasileira para o
projeto de estruturas de madeira.
PROJETO ESTRUTURAL
PRÉ-DIMENSIONAMENTO
PEÇAS COMPRIMIDAS

Considerando de maneira simplificada apenas a compressão simples e, ainda,


para efeito de pré-dimensionamento vamos calculara as peças como sendo
curtas, sujeita apenas aos efeitos de ruptura.
CÁLCULO DE RESISTÊNCIA DAS PEÇAS
EXERCÍCIO
1 - Calcule a resistência de dimensionamento a compressão (Fwd) do: IPÊ na direção das
fibras, supondo madeira de primeira e em Natal (Classe de umidade 3).

Fwk (comp.) = 76Mpa = 760kgf/cm²

Fwd = 0,45 * 760 / 1,4 = 244,3 kgf/cm²


CARGAS ATUANTES – TELHADO E PISO
As ações a considerar em edifícios, tanto permanentes (g) como acidentais (q) serão
determinadas a partir da NBR 6120.
Para edifícios residenciais a carga acidental é em geral 1,5 kN/m² (2 kN/m² em
áreas de serviço e lavanderias, 3 kN/m² em corredores e escadas com acesso ao
público). A carga permanente é determinada por composição de acordo com a NBR
- 6120, mas podemos dar alguns valores totais das sobre-cargas fixas comuns em
lajes:
CARGAS ATUANTES – NBR 6120
Revestimento de piso de tacos 0,7 kN/m²
Revestimento de piso de mármore, ladrilhos, cerâmica, granitina 0,85
kN/m²
Assoalho com barrotilhos 0,27 kN/m²
Assoalho com vigamento (8 x 16) 0,34 kN/m²
Forro de madeira 0,16 kN/m²
Forro de fibro-cimento com 6 mm de espessura 0,18 kN/m²
Telhados por m² de projeção
Carga acidental em forros não destinados a depósitos 0,5 kN/m² Telha colonial 1,20 k/m²
Telha fibro-cimento 6 mm 0,38 kN/m²
Telha fibro-cimento 8 mm 0,44 kN/m²
Telha zinco 1 mm 0,32 kN/m²
Telha folha galvanizada 1 mm 0,34 kN/m²
CARGAS ATUANTES – TELHADO E PISO
Pras cargas atuantes vamos usar o seguinte : Carga de telhas cerâmicas + Carga de
fôrro + Peso Próprio da Estrutura + Carga Humana de Manutenção + Carga de
Vento de Sobrepressão. Isso vai dar uma média de 100,00 Kgf/m2 de cobertura.

Para pisos o valor médio usual de pré-dimensionamento (Cargas convencionais de


sobrecarga + estrutura de madeira) = 310 Kgf/m2 de piso
ÁREA DE INFLUÊNCIA - PILARES
ÁREA DE INFLUÊNCIA - PILARES
Carga nos Pilares
Telhados (qc)
SEÇÕES – PEÇAS
COMPRIMIDAS
EXERCÍCIO
2 - Calcule a dimensão de um pilar (compressão): IPÊ na direção das fibras, supondo
madeira de primeira, em Natal (Classe de umidade 3), 2 pavimentos, área de influencia do
pilar de 20m² e um telhado de 10° de inclinação (telha de barro).

Fwd = 0,45 * 760 / 1,4 = 244,3 kgf/cm² Exercício anterior

Pilares de madeira = 12x12cm ou de 15x15cm

Telhado = qc
Nd = 1,4*20*1,35 (310 (2+0,7) + 1,4*100*20/cos 10°= 34.481,8Kgf

A= 34.481,8Kgf/ 244,3 kgf/cm² = 141,15cm²

Se fixarmos uma das dimensões em 12cm teríamos uma outra seção de 11,8cm, mas utilizando as dimensões
comercial usaríamos uma peça de 12x12cm