Vous êtes sur la page 1sur 10

1.

Qual a finalidade da inclusão de um agente floculante em uma


suspensão?

2. Qual a via de administração de medicamentos adequada para volumes


moderados, veículos oleosos e algumas substâncias irritantes?

3. Na instalação de uma área para produção de solução injetável de


glicose 5% 250 mL, é imprescindível pressão atmosférica
a) positiva e ar condicionado.
b) negativa e ar condicionado.
c) negativa e equipamento de fluxo laminar.
d) negativa e filtro de ar.
e) positiva e equipamento de fluxo laminar.

4. Pomadas oftálmicas são eliminadas da superfície do olho numa razão


de 0,5% por minuto e soluções 16% do volume por minuto. A rota de
penetração dos fármacos depende de transpor as camadas.

I. A principal rota de penetração de fármaco no olho é a difusão simples através


da córnea.

II. As camadas que compõe o olho são camada epitelial, estroma hidrofílico,
endotélio.

III. Fármacos hidrofílicos tem maior capacidade de penetração que os


lipofílicos.

IV. São preparadas com excipientes com baixo ponto de fusão ou de fácil
difusão.

Sobre esta forma farmacêutica, pomadas oftálmicas, podemos afirmar que:

a) Nenhuma das alternativas estão corretas


b) Todas as alternativas estão corretas
c) I, II e III estão incorretas
d) I, III e IV estão corretas
e) Somente III está incorreta

5. Defina pomada e explique cada tipo existente

6. Explique absorção transepidérmica e absorção transfolicular

7. Defina:

a) Géis
b) Emulsões
c) Suspensões
d) Óvulos
e) Supositórios
f) Cremes
g) Ceratos
h) Ungüentos
i) Pastas dérmicas

8. Como são chamadas as pomadas que apresentam a propriedade de


penetrar na pele, atuando nas camadas tissulares mais profundas, mas
sem que os fármacos veiculados atinjam a corrente circulatória?

9. Pomadas e Pastas diferem entre si porque as Pastas contém maior


quantidade de
a) Líquidos na fase externa ou dispersante
b) Sólidos na fase dispersa ou interna
c) Fase externa
d) Sólidos na fase dispersante ou externa
e) Líquidos na fase interna ou dispersa

10. Marque a opção verdadeira:

a) O EHL é alto, isto significa que o agente emulsificante tem uma


característica mais lipofílica.
b) As loções são mais facilmente aplicadas na pele e também mais
facilmente removidas.
c) A emulsão se forma espontaneamente quando dois líquidos imiscíveis
se misturam.
d) Cremes A/0 apresentam a fase interna oleosa e a fase externa aquosa e
se conservam bem.

11. O que caracteriza uma emulsão?

12. Correlacione o uso das suspensões:


( 1 ) Oral ( ) Pele
( 2 ) Parenteral ( ) Antiácidos
( 3 ) Tópico ( ) Intramuscular
( ) Mucosas
( ) Subcutâneo
( ) Analgésicos
( ) Antibióticos

13. Algumas teorias explicam o processo de emulsificação cite-as e


explique-as:
14. O que são Pirogênios?

15. Como pode ser realizado a eliminação dos pirogênios?

16. Quais são os ensaios para verificação de pirogênios?

17. São emulsificantes e estabilizantes para sistemas farmacêuticos


emulsionáveis as seguintes substâncias, EXCETO:
a) Agentes desagregantes, como o amido de milho
b) Substâncias Protéicas, como a gelatina
c) Materiais à base de carboidratos, como a goma arábica
d) Tensoativos que podem ser aniônicos, catiônicos ou não-iônicos

18. Estudando as suspensões, baseado na Equação de Stokes podemos


afirmar através da leitura abaixo que:
V = 2r²(d1 – d2) g

Onde:
V= velocidade de sedimentação
r2= diâmetro da partícula
d1 = densidade da partícula
d2 = densidade do meio
ρi densidade da partícula
ρe densidade do meio
g= constante gravitacional
η= viscosidade do meio

Marque V (verdadeiro) ou F (falso)

( ) I. A velocidade de sedimentação é maior quanto maior for a partícula;

( ) II. Quanto maior o tamanho partícula fase dispersa menor será a


velocidade de sedimentação;

( ) III. Quanto maior a densidade partículas menor será a velocidade de


sedimentação contanto que a densidade do veículo seja constante;
( ) IV. Quanto maior o tamanho da partícula da fase dispersa, menor será a
velocidade de sedimentação;

19. Quais os componentes de uma emulsão?

20. Julgue as afirmativas abaixo:


( ) Formulações O/A são mais indicadas para uso oral do que A/O devido a
melhoria do paladar

( ) Quanto maior a temperatura maior a estabilidade das emulsões

( ) O aumento da viscosidade da fase externa aumenta a estabilidade das


emulsões

( ) Quanto maior a tensão superficial, maior a estabilidade das emulsões

( ) Tensoativos com mais força na cadeia HIDROFÍLICA irá estabilizar melhor


EMULSÃO O/A

21. Ordene corretamente as etapas do preparo de uma emulsão:


( ) Pesar os componentes da fase aquosa, incluindo o emulsionante, e pesar
os componentes da fase oleosa 1
( ) Agregar a fase aquosa na fase oleosa, com agitação lenta e constante 3
( ) Manter a agitação até o completo resfriamento uma vez formada a
emulsão 4
( ) Aquecer a fase oleosa e fase aquosa a aproximadamente 75º C 2

22. Explique POTENCIAL ZETA

23. Qual o objetivo da esterilização?

24. A esterilização é dividida em dois processos. Quais são eles?

25. Quais as características de uma boa emulsão?

26. Quais as características desejáveis de uma suspensão?

27. Dada a formulação, diga qual a forma farmacêutica e proponha uma


técnica para o seu preparo. Calcule também cada componente a ser
utilizado.
a)
COMPONENTES
Estearato de Glicerila 6% (p/p)
Álcool Cetoestearílico Etoxilado 4% (p/p)
Miristato de isopropila 10%(p/p)
Óleo de semente de uva 6% (p/p)
Nipazol 0,1% (p/p)
Nipagin 0,1% (p/p)
Água Destilada (q.s.p.) 100g

b) CÁLCULO DOS
COMPONENTES
COMPONENTES
Lanolina anidra 30% 15 g
Vaselina sólida Qsp 50g 35 g

GABARITO

1. Para evitar a formação de sedimento compacto

2. Intramuscular

3. E

4. E

5. São preparações semissólidas desenvolvidas para aplicação externa na


pele ou membranas mucosas que amolecem ou se fundem na
temperatura corporal
TIPOS
 Pomadas lipófilas
São aquelas que não absorvem ou só podem absorver pequenas qtdds de
água. Formam um filme protetor sobre a camada córnea, hidratando a pele.
São oclusivas. Geralmente são preparadas com vaselina, parafina, óleos
vegetais, materiais graxos de origem animal e ceras.
 Pomadas que absorvem água
São pomadas que podem absorver maiores qtdds de água. Os excipientes
utilizados no seu preparo são os mesmos para as pomadas hidrofóbicas,
porém com a presença de emulsificantes tipo A/O como lanolina, álcoois de
lanolina, álcoois graxos e monoglicérides.
 Pomadas hidrófilas
São preparações nas quais os excipientes são miscíveis à água. Geralmente
são preparadas à base de polietilenoglicóis de diferentes pesos moleculares
(líquidos e sólidos).

6. Absorção Transepidérmica - substâncias lipossolúveis penetram por


difusão passiva através dos lipídeos existentes entre os filamentos de
queratina (transcelular). Substâncias polares, de baixo peso molecular,
penetram através da superfície externa do filamento de queratina, no
extrato hidratado (intercelular).
Absorção transfolicular – a absorção nessa região é menos
significativa que a transepidérmica, porém é uma penetração fácil devido aos
agentes químicos não necessitarem atravessar o extrato córneo.
7.
a) São sistemas semissólidos que consistem em suspensões de pequenas
partículas inorgânicas ou grandes moléculas orgânicas interpenetradas
por um líquido.
b) São sistemas heterogêneos, de aspecto leitoso, formados por líquidos
imiscíveis, onde pelo menos um encontra-se intimamente disperso no
outro na forma de finas gotículas, graças a um agente
emulsificante.Possuem uma fase aquosa e uma oleosa, podendo ser,
qualquer uma, a fase externa dando origem a emulsões tipo O/A ou A/O.
c) São preparações farmacêuticas obtidas pela dispersão de uma fase
sólida insolúvel ou praticamente insolúvel em uma fase líquida ou
semissólida.
d) São preparações farmacêuticas de forma ovóide, raramente cônicos, por
vezes olivares, de consistência sólida, em regra mole,destinados a
serem introduzidos na vagina.
e) São formas farmacêuticas sólidas, de forma e peso adequados, para
introdução no reto. Devem fundir à temperatura corporal ou dispersar em
meio aquoso para exercer efeitos sistêmicos e/ou localizados.Podem
apresentar forma cônica (ação tópica), ovóide ou de torpedo (melhor
retenção no reto)
f) São pomadas multifases compostas de uma fase lipófila e de uma fase
aquosa. São preparados com excipientes emulsivos do tipo O/A ou A/O.
g) São preparações que possuem uma elevada porcentagem de ceras,
desempenham ação protetora de epiderme irritadas.
h) Contêm resinas, sendo usados como revulsivos (provocam aumento da
circulação local).
i) Possuem elevado teor de pós (>25%).Esta levada concentração de pós
as tornam capazes de absorver exsudados cutâneos, possuindo efeito
secante. Sua ação terapêutica se restringe à epiderme.
8. Endodérmicas

9. B

10. B
11. A presença de um agente surfactante (emulsificante)

12. 3, 1, 2, 3, 2, 1, 1

13. TEORIA DA TENSÃO SUPERFICIAL


O emulsionamento acontece pela redução da tensão superficial entre as
fases AQUOSA E OLEOSA.

TEORIA DA CUNHA ORIENTADA


Camadas monomoleculares do emulsionante orientam-se com maior ou menor
penetração em cada fase de acordo com a afinidade do emulsionante pelas
fases, formando cunhas orientadas que circundam as gotículas da fase
interna.
TEORIA DA PELÍCULA INTERFACIAL
O emulsionante orienta-se na interface das fases, circundando as gotículas da
fase interna formando uma fina película na sua superfície

14. Substâncias que, quando injetadas por via endovenosa, provocam febre,
independentemente do agente terapêutico utilizado. Compostas por
partículas, restos celulares, moléculas orgânicas.
15. Através do processo de esterilização, da filtração (filtros Millipore de
0,22µ) e ultra filtração

16.
 Ensaios biológicos em cobaias – verificação da hipertermia em coelhos:
variação de 0,6˚C/Kg (dose mínima de pirogênio – PMD).
 Gelificação in vitro: lisado de amebas que parasitam um caranguejo,
liofilizado, que em presença de pirogênio, forma um gel (LAL – Limulus
amebocyte lisade).
17. A

18. F, V, F, V

19. Fase oleosa, fase aquosa e fase emulsificante

20. V, F, V, F, V

21. 1, 3, 4, 2
22. A partícula suspensa com a sua camada elétrica fixa move-se num
campo elétrico e a diferença de potencial ao longo da parte difusa dessa
dupla camada é o potencial zeta. Se esse potencial for elevado as
partículas têm pouca tendência a aglutinar porque se repelem devido à
carga elétrica. Quanto maior for o potencial zeta de uma partícula, tanto
maior será sua estabilidade.

23. Destruição ou remoção de todas as formas de m.o.

24. Processos físicos: Calor: úmido e seco (+ eficiente); Filtração;


Radiação
Processos químicos: Agentes bactericidas
25. Pequenas gotículas – o tamanho das gotículas pode variar de 0,01µ até
100µ, dependendo de fatores mecânicos, técnicos ou dos agentes
emulsificante
 Lenta agregação (coalescência) das gotículas dispersas – “quebra” a
base
 Lenta cremagem na superfície (ocorre quando o líquido disperso é
menos denso)
 Lenta sedimentação no fundo (ocorre quando o dispersado é mais
pesado que o dispersante

26. Sedimentação lenta e dispersão com agitação suave (ausência de


aglomerados ou formação de cristais)
 Uniformidade no tamanho das partículas (devem medir entre 1 e 50μm)
 Escoamento rápido e uniforme
 Viscosidade – veículos muito viscosos podem não fluir pela boca do
frasco ou pelo orifício da agulha
27. a)
CÁLCULO DOS
COMPONENTES
COMPONENTES
Estearato de Glicerila 6g
Álcool Cetoestearílico Etoxilado 4g
Miristato de isopropila 10g
Óleo de semente de uva 6g
Nipazol 0,1g
Nipagin 0,1g
Água Destilada (q.s.p.) 73,8 ml

Emulsão Hidratante

Processo de fabricação

a. Calcular a quantidade de água


b. Pesar os componentes da fase aquosa e levar ao aquecimento
c. Pesar os componentes da fase oleosa, quando a água estiver a
60º C, iniciar o aquecimento da fase oleosa
d. Quando as duas fases estiverem em 70º - 80º C, retirar do
aquecimento e verter a fase aquosa sobre a fase oleosa,
lentamente e com agitação
e. Agitar por 5 minutos e iniciar o resfriamento

b) CÁLCULO DOS
COMPONENTES
COMPONENTES
Lanolina anidra 15 g
Vaselina sólida 35

Pomada simples
PROCESSO DE FABRICAÇÃO
1. Calcular e pesar os componentes
2. Levar ao aquecimento até completar fusão
Fusão = processo mais rápido; não pode deixar ferver, o aquecimento
tem de acontecer de forma suave
3. Homogeneizar e esfriar