Vous êtes sur la page 1sur 7

Resumo Gerenciamento de Projetos

(Material de estudo para provas de Segunda e Quinta)

1. Qual o recurso essencial para a sobrevivência da empresa moderna?

Executar projetos, de maneira cada vez mais eficiente.

2. Defina Project Management Institute (PMI):

É uma instituição sem fins lucrativos, dedicada ao avanço do estado da arte em


gerenciamento de projetos; seu principal compromisso é “promover o
profissionalismo e ética em gestão de projetos”.

3. Qual o maior desafio ao gerenciar um projeto?

Definir com clareza os produtos e/ou serviços relacionados aos seus objetivos,
que, por sua vez, serão entregues aos cliente/patrocinador, estabelecendo o escopo
do trabalho que deverá ser realizado pela equipe.

4. Defina Gerência de Projetos (GP):

É um ramo da administração que trata do PLANEJAMENTO, EXECUÇÃO e


CONTROLE de projetos.

5. Defina Gerenciamento de Projetos:

 É o ato ou ação de gerir, executar a gerência.


 É a aplicação do conhecimento, habilidades, ferramentas e técnicas às
atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos.

6. Defina Projeto para o PMBOK:

É um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou


resultado exclusivo.

7. Como o gerenciamento de projetos é realizado?

Através de aplicação e integração apropriadas dos 42 processos agrupados


logicamente abrangendo os 5 pontos. Iniciação; Planejamento; Execução;
Monitoramento e Controle e; Encerramento.
8. Como é composto um gerenciamento de projetos?

 Identificação dos requisitos;


 Adaptação às diferentes necessidades, preocupações e expectativas das
partes interessadas (stakeholders) à medida que o projeto é planejado e
realizado;

 Balanceamento das restrições conflitantes do projeto que incluem, mas não


se limitam a: Escopo, Cronograma, Orçamento, Recursos e Riscos.

9. Defina Projeto: Cite Exemplos:

É um processo único, consistindo em um grupo de atividades coordenadas e


controladas com datas para início e término, empreendido para alcance de um
objetivo conforme requisitos específicos, incluindo limitações de tempo, custo e
recursos.

Exemplos:
 Construção de uma nova estação de metrô;
 Desenvolvimento de um software;
 Realização de uma viagem;
 Construção de um edifício;
 Publicação de um livro.

10. Determine o que não são exemplos de projetos: Cite:

Procedimentos contínuos e repetitivos em uma organização (o que chamamos de


operações), tais como:
 Fabricação de um carro;
 Venda de produtos,
 Pagamentos de fornecedores;
 Manutenção dia-a-dia da planta industrial.

11. Qual o papel do Gerente de Projeto?

É a pessoa designada pela organização executora para atingir os objetivos do


projeto.
12. Quais as 3 características básicas apresentadas por um Gerente de
Projetos? Defina:

 Conhecimento: Refere-se ao que o gerente de projetos sabe sobre


gerenciamento de projetos;
 Desempenho: Refere-se ao que o gerente de projetos é capaz de realizar
enquanto aplica seu conhecimento em gerenciamento de projetos;
 Pessoal: Refere-se ao comportamento do gerente de projetos na execução
do projeto ou de alguma atividade relacionada.

13. Defina Escopo:


É processo de desenvolvimento de uma descrição detalhada do projeto e do
produto.

14. Defina Escopo do Produto:


As características e funções que descrevem um produto, serviço ou resultado.

15. Defina Escopo do Projeto:


O trabalho que precisa ser realizado para entregar um produto, serviço ou resultado
com as características e funções especificadas.

16. O Escopo é dividido em 3 blocos distintos. Defina-os:

ENTRADAS:

 Termo de Abertura: É usado para fornecer os requisitos e a descrição do


produto.
 Documentação dos requisitos: Descreve como os requisitos individuais
atendem às necessidades do negócio para o projeto.
 Ativos de processos organizacionais: Políticas, procedimentos e modelos
para a declaração do escopo de um projeto; Arquivos de projetos anteriores
e; Lições aprendidas em fases ou projetos anteriores.

FERRAMENTAS E TÉCNICAS:

 Opinião especializada: É usada frequentemente para analisar as


informações necessárias para desenvolver a declaração do escopo do
projeto. Essa especialização é oferecida por qualquer grupo ou pessoa com
conhecimento ou treinamento especializado.
 Análise de produto: Para projetos que têm um produto como entrega,
transformar as descrições do produto em entregas tangíveis, inclui técnicas
tais como a decomposição do produto, análise de sistemas, análise de
requisitos, engenharia de sistemas, engenharia de valor e análise de valor.
 Identificação de alternativas: É uma técnica usada para gerar diferentes
métodos para se executar e desempenhar o trabalho do projeto. Várias
técnicas comuns de gerenciamento podem ser usadas, por exemplo,
brainstorming.
 Oficinas: São sessões focadas que unem as partes interessadas
multifuncionais para definir os requisitos do produto.

SAÍDAS:

 Declaração do escopo do projeto: Descreve detalhadamente as entregas


do projeto e o trabalho necessário para criar as mesmas. Fornece também um
entendimento comum do escopo do projeto entre as partes interessadas.
Possibilita que a equipe desempenhe um planejamento mais detalhado.
 Atualizações dos documentos do projeto: Documentos do projeto que
podem ser atualizados incluem, mas não estão limitados a:
Registro das partes interessadas; Documentação dos requisitos e; Matriz de
rastreabilidade de requisitos.

17. Defina as nove áreas de conhecimento propostas pelo PMBOK:

 Gerenciamento da Integração do Projeto – inclui os processos necessários


para identificar, definir, combinar, unificar e coordenar os diversos processos
de gerenciamento;

 Gerenciamento do Escopo do Projeto - inclui os processos necessários


para definir e controlar o que está e o que não está incluído no projeto;

 Gerenciamento do Prazo/tempo do Projeto - inclui os processos


necessários para executar o projeto no prazo previsto;

 Gerenciamento do Custo do Projeto - inclui os processos envolvidos no


planejamento, estimativa, orçamentação e controle de custos, de modo que
seja possível terminar o projeto dentro do orçamento aprovado;

 Gerenciamento da Qualidade do Projeto - inclui todas as atividades da


organização executora que determinam as responsabilidades, os objetivos e
as políticas de qualidade, de modo que o projeto atenda ás necessidades que
motivaram sua realização;

 Gerenciamento dos Recursos Humanos do Projeto - inclui os processos


necessários para organização e gerenciamento da equipe do projeto;
 Gerenciamento da Comunicação do Projeto - inclui os processos
necessários para garantir a geração, coleta, distribuição, armazenamento,
recuperação e destinação final das informações sobre o projeto de forma
oportuna e adequada;

 Gerenciamento dos Riscos do Projeto - inclui os processos necessários


para identificação, análise, respostas, controle e monitoramento dos riscos em
um projeto, visando aumentar a probabilidade e impacto dos eventos
positivos e diminuir a probabilidade e o impacto dos eventos negativos;

 Gerenciamento das Aquisições do Projeto - inclui os processos


necessários para comprar ou contratar produtos, serviços ou resultados de
fora da equipe do projeto, que sejam necessários para a realização do
trabalho.

18. Defina os processos do Gerenciamento do Escopo do Projeto:

 Coletar os requisitos—O processo de definição e documentação das


necessidades das partes interessadas para alcançar os objetivos do projeto.
 Definir o escopo—O processo de desenvolvimento de uma descrição
detalhada do projeto e do produto.
 Criar a EAP—O processo de subdivisão das entregas e do trabalho do
projeto em componentes menores e mais facilmente gerenciáveis.
 Verificar o escopo—O processo de formalização da aceitação das entregas
terminadas do projeto.
 Controlar o escopo—O processo de monitoramento do progresso do escopo
do projeto e escopo do produto e gerenciamento das mudanças feitas na
linha de base do escopo.

19. O Processo de Coletar Requisitos é dividido em 3 blocos distintos.


Defina-os:

ENTRADAS:

 Termo de Abertura: É usado para fornecer os requisitos e a descrição do


produto.
 Registro das partes interessadas: É usado para identificar as partes que
podem fornecer informações detalhadas sobre requisitos do projeto e do
produto.
FERRAMENTAS E TÉCNICAS:

 Entrevistas: É um meio de se descobrir informações das partes


interessadas através de conversas diretas com as mesmas.
 Dinâmica de Grupo: Unem as partes interessadas pré-qualificadas e
especialistas no assunto para aprender a respeito das suas expectativas e
atitudes sobre um produto, serviço ou resultado proposto.
 Oficinas: São sessões focadas que unem as partes interessadas
multifuncionais para definir os requisitos do produto.
 Téc. de criatividade em grupos: Organizadas para identificar os
requisitos do projeto e do produto. Algumas das técnicas de criatividade
em grupo que podem ser usadas são:

Brainstorming: Uma técnica usada para gerar e coletar múltiplas ideias


relacionadas aos requisitos do projeto e do produto.
Técnica de grupo nominal: Essa técnica amplia o brainstorming adicionando
um processo de votação para ordenar as melhores ideias e as levando para um
brainstorming adicional ou priorização.
Técnica Delphi: Um seleto grupo de especialistas responde questionários e
fornece comentários a respeito das respostas de cada rodada de coleta de
requisitos.
Mapas mentais: Ideias criadas através de brainstorming individuais são
consolidadas num único mapa mental que reflete a existência de atributos
comuns e diferenças de entendimento, além de gerar novas ideias.
Diagrama de afinidade: Essa técnica permite que um grande número de ideias
seja organizado em grupos para revisão e análise.

 Téc. de tomadas de decisão: É um processo de avaliação de múltiplas


alternativas onde uma resolução com ações futuras é esperada. São eles:

Unanimidade: Todos concordam com uma única solução.


Maioria: Suporte de mais de 50% dos membros do grupo.
Pluralidade: O maior bloco no grupo decide, mesmo que a maioria não seja
alcançada.
Ditadura: Um indivíduo decide pelo grupo.

 Questionários e Pesquisas: São conjuntos escritos de questões


projetadas para acumular rapidamente informações a partir de um amplo
número de entrevistados.
 Observações: Fornecem uma maneira direta de se examinar indivíduos
em seu ambiente e como desempenham o seu trabalho ou tarefas e
executam processos.
 Protótipos: Construir um protótipo é um método para se obter respostas
iniciais sobre os requisitos através de um modelo funcional do produto
esperado, antes de construí-lo.
SAÍDAS:

 Documentação dos requisitos: Descreve como os requisitos individuais


atendem às necessidades do negócio para o projeto.
 Plano de gerenciamento dos requisitos: Documenta como os mesmos
serão analisados, documentados e gerenciados do início ao fim do projeto.
 Matriz de rastreabilidade dos requisitos: Liga os requisitos às suas origens
e os rastreia durante todo o ciclo de vida do projeto.