Vous êtes sur la page 1sur 6

MECÂNICA DOS SOLOS – LABORATÓRIO - Ensaio 3 – Análise granulométrica dos solos 1

1. INTRODUÇÃO TAB. 1 – Quantidade de amostra para a granulometria


Dimensões dos maiores grãos
A análise dos tamanhos dos grãos que constituem um contidos na amostra Quantidade mínima a tomar
solo é largamente usada na classificação dos solos para (estimadas olho nu)
fins de engenharia. Esta análise é utilizada também como (mm) (kg)
parte de especificações de controle tecnológico em obras <5 1
rodoviárias, aeroportos, barragens e outras obras de terra. 5 a 25 4
O ensaio de granulometria normatizado permite determinar > 25 8
as proporções relativas de frações do solo segundo
escalas granulométricas especificadas. b) Operações preliminares
Os solos que contêm frações com partículas muito
pequenas não podem ter a sua granulometria determinada Determinar, com as resoluções da Tabela 2, a
apenas por peneiramento, pois, as malhas das peneiras massa da amostra seca ao ar e anotá-la como mt.
requeridas seriam muito finas, frágeis e de fabricação
inviável na prática. Nestes casos, a análise granulométrica TAB. 2 – Seleção da balança a ser utilizada na determinação
é realizada pela combinação do peneiramento com o da massa da amostra seca ao ar
método da sedimentação. Na análise por sedimentação Dimensões dos
aplicam-se a Lei de Stokes à velocidade de queda das maiores grãos Balança a ser utilizada
partículas em um meio viscoso e a teoria do densímetro contidos na
relacionada à variação da densidade da suspensão com o amostra
decorrer do tempo de sedimentação. (mm) Capacidade (kg) Resolução (g)
> 25 10 1
2. OBJETIVO
5 a 25 5 0,5
< 25 1,5 0,1
Determinação da curva granulométrica do solo com o uso
do processo que combina os métodos de peneiramento e
sedimentação. Passar este material na peneira de 2,0mm,
tomando-se a precaução de desmanchar no almofariz
3. MATERIAIS E EQUIPAMENTOS todos os torrões ainda existentes, de modo a
assegurar a retenção na peneira somente os grãos
a)
o
Estufa capaz de manter a temperatura entre 105 C e maiores que a abertura da malha.
o
110 C. Lavar a parte retida na peneira de 2,0mm a fim de
b) Balanças com capacidade para 200g, 1,5kg, 5kg e eliminar o material fino aderente e secar em estufa a
o o
10kg, com resoluções de 0,01g, 0,1g, 0,5g e 1g, 105 C a 110 C, até a constância de massa. O
respectivamente e sensibilidade compatíveis. material assim obtido será utilizado no peneiramento
c) Recipientes que permitam guardar as amostras sem grosso.
perda de umidade.
d) Aparelho de dispersão. c) Sedimentação
e) Proveta de vidro, com cerca de 450mm de altura e
65mm de diâmetro, com traço de referência indicando Do material passado na peneira de 2,0 mm, tomar
o
1000ml a 20 C. cerca de 120g, no caso de solos arenosos, ou 70 g, no
f)
o
Densímetro de bulbo simétrico, calibrado a 20 C e caso de solos siltosos e argilosos, para a
com resolução de 0,001, graduado de 0,995 a 1,050. sedimentação e o peneiramento fino. Pesar este
g)
o
Termômetro graduado em 0,1 C; de 0 a 50 C.
o material e anotar como Mh. Tomar ainda cerca de
h) Relógio com a indicação de segundos e cronômetro. 100g para a determinação da umidade higroscópica
i) Bécker de vidro, com capacidade de 250ml. (w).
j) Proveta de vidro com capacidade de 250ml. Transferir o material assim obtido para um bécker
k) Peneiras de malhas quadradas com as seguintes de 250ml e juntar, com o auxílio de uma proveta,
aberturas (mm): 50 – 38 – 25 – 19 - 9,5 - 4,8 – 2,0 – como defloculante, 125ml de solução de
1,2 – 0,6 – 0,42 – 0,25 – 0,15 – 0,075. hexametafosfato de sódio com a concentração de
l) Escova com cerdas metálicas. 45,7g do sal por 1000ml de solução (1). Agitar o
m) Agitador mecânico de peneiras. bécker até que todo o material fique imerso e deixar
n) Bagueta de vidro. em repouso, no mínimo por 12 horas.
o) Frasco lavador. Verter esta mistura no copo de dispersão,
p) Amostra de solo. removendo-se com água destilada, com auxílio da
q) Água destilada. bisnaga, o material aderido ao bécker. Adicionar água
r) Solução defloculante. destilada até que seu nível fique 5cm abaixo das
s) Almofariz e mão de gral recoberta de borracha. bordas do copo e submeter a mistura à ação do
t) Repartidor de amostra. aparelho dispersor durante 15 minutos (2).
u) Bandeja de 50 x 30 x 6 cm. Transferir o material disperso para a proveta e
remover com água destilada, utilizando o frasco
lavador, todo o material aderido ao copo. Juntar água
4. PROCEDIMENTO destilada até atingir o traço correspondente a 1000 ml.
Colocar a proveta em local com pouca variação de
a) Preparação da amostra temperatura, com agitação constante feita com a
bagueta de vidro, para manter as partículas em
Secar a amostra ao ar, desmanchar os torrões, suspensão. Logo que a suspensão atinja a
evitando-se a quebra dos grãos, e homogeneizar a temperatura de equilíbrio, tomar a proveta e, tapando-
amostra. lhe a boca com uma das mãos, executar, com auxílio
Com o auxílio do repartidor de amostra, ou pelo da outra, movimentos enérgicos de agitação, durante
quarteamento, reduzir a quantidade de material até se um minuto, nos quais a boca da proveta passe de
obter uma amostra representativa do solo em coma para baixo e vice-versa.
quantidade suficiente para a realização do ensaio. Imediatamente após a agitação, colocar a proveta
Do material que passa na peneira de 75mm, sobre a bancada, disparar o cronômetro, anotar a hora
tomar uma quantidade, função da dimensão estimada exata do início da sedimentação e mergulhar
dos maiores grãos, conforme indicado na Tabela 1. cuidadosamente o densímetro na suspensão. Efetuar
a leituras do densímetro correspondentes aos tempos
de sedimentação (t) de 30s, 1 e 2 minutos. Retirar
lenta e cuidadosamente o densímetro da suspensão.
Fazer as leituras subseqüentes a 4, 8, 15 e 30
minutos, 1, 2, 4, 8, 24 horas, a contar do início da
JPA 2016
MECÂNICA DOS SOLOS – LABORATÓRIO - Ensaio 3 – Análise granulométrica dos solos 2
sedimentação. Cerca de 15 a 20 segundos antes de b) Peneiramento fino
cada leitura, mergulhar lenta e cuidadosamente o
densímetro na suspensão. Todas as leituras devem Porcentagens de materiais que passam nas peneiras :
ser feitas na parte superior do menisco, com
M' M
interpolação de 0,0005. Assim que uma dada leitura Qf  s ' i N
seja efetuada, retirar o densímetro da suspensão e Ms
colocá-lo numa proveta com água limpa, à mesma onde :
temperatura da suspensão.
Após cada leitura, excetuadas as duas primeiras, Q f  Porcentagem do material passado em cada peneira
medir a temperatura da suspensão com resolução de M h  Massa do material úmido submetido à sedimentação
o
0,1 C.
Realizada a última leitura, verter o material da e ao peneiramento fino
proveta na peneira de 0,075mm incluindo o material w  umidade higroscópica da amostra, %
que tenha aderido às paredes da proveta, que será
removido com auxílio de água, e efetuar a lavagem do N  porcentagem de material que passa na peneira de
material acumulado na peneira mencionada, 2,0mm, calculada no peneiramento grosso
empregando-se água potável à baixa pressão.
Mh
M s'  100
NOTAS: 100  w
1. A solução de hexametafosfato de sódio deve ser
tamponada com carbonato de sódio até que a
solução atinja um pH entre 8 e 9, evitando-se c) Sedimentação
assim a reversão da solução para ortofosfato de
sódio.
Diâmetro das partículas de solo em suspensão
2. Os solos que contenham grãos suscetíveis de
sofrerem quebra devem ser dispersos em menor 1800 a
d
tempo.
   d t
onde :
d) Peneiramento fino
d  diâmetro das partículas, mm
Secar o material retido na peneira de 0,075mm em   coeficiente de viscosidade do meio dispersor,
estufa, à temperatura de 105oC a 110oC, até
constância de massa, e, utilizando-se o agitador à temperatura do ensaio, g s/cm 2 , Tab. 3
mecânico, passar este material nas peneiras de 1,2 – a  altura de queda das partículas, cm, com resolução
0,6 – 0,42 – 0,30 – 0,15 e 0,075mm. Anotar as
massas retidas acumuladas em cada peneira com de 0,1cm, correspondente à leitura do densímetro,
resolução de 0,01g. Tab. 4
Peneiramento grosso
t  tempo de sedimentação, s
Pesar o material retido na peneira de 2,0mm,   massa específica das partículas (grãos) do solo, g/cm 3
obtido nas operações preliminares, com a resolução
indicada na Tabela 2 e anotar como Mg.  d  massa específica do meio dispersor à temperatura
do ensaio, g/cm 3
Utilizando-se do agitador mecânico, passar este
material nas peneiras de 50 – 38 – 25 – 19 – 9,5 e Nota : Para efeito de cálculo, considerar  d  1,000g/cm 3
4,8mm. Anotar, com a resolução indicada na Tabela 2,
as massas retidas acumuladas em cada peneira.

5. CÁLCULOS Porcentagem do material em suspensão


 V  c Lc  Ldc 
a) Peneiramento grosso Qs  N
   d  M s'
Massa total da amostra seca : onde :
M  Mg Qs  porcentagem de solo em suspensão no instante
Ms  t 100  M g
100  w da leitura do densímetro
onde : N  porcentagem de material que passa na peneira
M s  massa total da amostra seca de 2mm, calculada no peneiramento grosso
M t  massa total da amostra seca ao ar
V  Volume da suspensão, cm 3
M g  massa do material seco retido na peneira de 2,0mm
 c  massa específica da água, à temperatura de
w  umidade higroscópica do material passado na peneira
calibração do densímetro (20o C), g/cm 3
de 2,0 mm
Lc  leitura corrigida do densímetro na suspensão
Porcentagens de materiais que passam nas peneiras : Ldc  leitura corrigida do densímetro no meio na
M  Mi na temperatura da suspensão, Tab. 5
Qg  s 100
Ms
onde :
Qg  porcentagem do material passado em cada peneira
M s  massa total da amostra seca
M i  massa do material retido acumulado em cada peneira

JPA 2016
MECÂNICA DOS SOLOS – LABORATÓRIO - Ensaio 3 – Análise granulométrica dos solos 3
TAB. 3 – Viscosidade da água
-6 2
(Valores em 10 gs/cm )
o
C 10 20 30 7. RESULTADOS
0 13,36 10,29 8,16
1 12,99 10,03 7,98 O resultado final deve ser apresentado graficamente,
2 12,63 9,80 7,82 dispondo-se em abscissas os diâmetros das partículas, em
3 12,30 9,56 7,66 escala logarítmica, e em ordenadas as porcentagens de
4 11,98 9,34 7,50 material com partículas com diâmetros menores que os
5 11,68 9,13 7,45 diâmetros considerados, em escala aritmética, conforme o
exemplo da Figura 1.
6 11,38 8,92 7,20
7 11,09 8,72 7,06
8 10,81 8,52 6,92
9 10,54 8,34 6,76

100

90

80

70
Porcentagem que passa

60

50

40

30

20

10

0
0,001 0,01 0,1 1 10 100
Diâmetro dos grãos (mm)

FIG. 1 – Curva granulométrica

6. REFERÊNCIA

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS.


NBR 7181: Solo – Análise granulométrica. Rio de Janeiro,
1984.

JPA 2016
MECÂNICA DOS SOLOS – LABORATÓRIO - Ensaio 3 – Análise granulométrica dos solos 4
Tab. 4 – Leituras do densímetro corrigidas e altura de queda

MECÂNICA DOS SOLOS - GRANULOMETRIA - SEDIMENTAÇÃO


CALIBRAÇÃO DE DENSIMETRO
CORREÇÃO DA ESCALA DE LEITURAS DE DENSIDADE E ALTURA DE QUEDA - RESUMO
Prof. Jairo Pereira de Araújo L: leitura do densímetro a: altura de queda para as três primeira leituras
28/03/2007 Lc: leitura do densímetro corrigida (*1) a': altura de queda da quarta leitura em diante

Densímetro: 215 Densímetro: 217 Densímetro: 218 Densímetro: 220


L Lc a a' L Lc a a' L Lc a a' L Lc a a'

(cm) (cm) (cm) (cm) (cm) (cm) (cm) (cm)


1,055 1,0557 10,1 9,2 1,055 1,0542 10,6 9,7 1,055 1,0530 10,6 9,7 1,055 1,0558 11,0 10,2
1,054 1,0547 10,3 9,4 1,054 1,0532 10,8 9,9 1,054 1,0520 10,8 9,9 1,054 1,0547 11,2 10,4
1,053 1,0537 10,5 9,6 1,053 1,0522 11,0 10,1 1,053 1,0511 11,0 10,1 1,053 1,0537 11,4 10,5
1,052 1,0526 10,7 9,8 1,052 1,0512 11,2 10,3 1,052 1,0501 11,2 10,3 1,052 1,0526 11,6 10,7
1,051 1,0516 10,9 10,0 1,051 1,0502 11,4 10,4 1,051 1,0491 11,4 10,5 1,051 1,0515 11,7 10,9
1,050 1,0505 11,0 10,2 1,050 1,0492 11,6 10,6 1,050 1,0481 11,6 10,6 1,050 1,0505 11,9 11,1
1,049 1,0495 11,2 10,4 1,049 1,0482 11,8 10,8 1,049 1,0471 11,8 10,8 1,049 1,0494 12,1 11,2
1,048 1,0485 11,4 10,5 1,048 1,0472 11,9 11,0 1,048 1,0462 11,9 11,0 1,048 1,0483 12,3 11,4
1,047 1,0474 11,6 10,7 1,047 1,0462 12,1 11,2 1,047 1,0452 12,1 11,2 1,047 1,0473 12,4 11,6
1,046 1,0464 11,8 10,9 1,046 1,0452 12,3 11,4 1,046 1,0442 12,3 11,4 1,046 1,0462 12,6 11,8
1,045 1,0453 12,0 11,1 1,045 1,0442 12,5 11,6 1,045 1,0432 12,5 11,6 1,045 1,0452 12,8 11,9
1,044 1,0443 12,2 11,3 1,044 1,0432 12,7 11,8 1,044 1,0422 12,7 11,8 1,044 1,0441 13,0 12,1
1,043 1,0433 12,4 11,5 1,043 1,0422 12,9 12,0 1,043 1,0413 12,9 12,0 1,043 1,0430 13,2 12,3
1,042 1,0422 12,6 11,7 1,042 1,0412 13,1 12,2 1,042 1,0403 13,1 12,1 1,042 1,0420 13,3 12,5
1,041 1,0412 12,8 11,9 1,041 1,0402 13,3 12,4 1,041 1,0393 13,3 12,3 1,041 1,0409 13,5 12,6
1,040 1,0401 13,0 12,1 1,040 1,0392 13,5 12,5 1,040 1,0383 13,4 12,5 1,040 1,0398 13,7 12,8
1,039 1,0391 13,2 12,3 1,039 1,0382 13,7 12,7 1,039 1,0373 13,6 12,7 1,039 1,0388 13,9 13,0
1,038 1,0380 13,4 12,5 1,038 1,0372 13,9 12,9 1,038 1,0364 13,8 12,9 1,038 1,0377 14,1 13,2
1,037 1,0370 13,6 12,7 1,037 1,0361 14,1 13,1 1,037 1,0354 14,0 13,1 1,037 1,0367 14,2 13,4
1,036 1,0360 13,8 12,9 1,036 1,0351 14,2 13,3 1,036 1,0344 14,2 13,3 1,036 1,0356 14,4 13,5
1,035 1,0349 14,0 13,1 1,035 1,0341 14,4 13,5 1,035 1,0334 14,4 13,5 1,035 1,0345 14,6 13,7
1,034 1,0339 14,2 13,3 1,034 1,0331 14,6 13,7 1,034 1,0324 14,6 13,7 1,034 1,0335 14,8 13,9
1,033 1,0328 14,4 13,5 1,033 1,0321 14,8 13,9 1,033 1,0315 14,8 13,9 1,033 1,0324 15,0 14,1
1,032 1,0318 14,6 13,7 1,032 1,0311 15,0 14,1 1,032 1,0305 15,0 14,0 1,032 1,0314 15,1 14,3
1,031 1,0308 14,8 13,9 1,031 1,0301 15,2 14,3 1,031 1,0295 15,2 14,2 1,031 1,0303 15,3 14,5
1,030 1,0297 15,0 14,1 1,030 1,0291 15,4 14,5 1,030 1,0285 15,4 14,4 1,030 1,0292 15,5 14,6
1,029 1,0287 15,2 14,3 1,029 1,0281 15,6 14,7 1,029 1,0276 15,6 14,6 1,029 1,0282 15,7 14,8
1,028 1,0276 15,4 14,5 1,028 1,0271 15,8 14,9 1,028 1,0266 15,7 14,8 1,028 1,0271 15,9 15,0
1,027 1,0266 15,6 14,7 1,027 1,0261 16,0 15,1 1,027 1,0256 15,9 15,0 1,027 1,0260 16,1 15,2
1,026 1,0256 15,8 14,9 1,026 1,0251 16,2 15,3 1,026 1,0246 16,1 15,2 1,026 1,0250 16,2 15,4
1,025 1,0245 16,0 15,1 1,025 1,0241 16,4 15,5 1,025 1,0236 16,3 15,4 1,025 1,0239 16,4 15,6
1,024 1,0235 16,2 15,3 1,024 1,0231 16,6 15,7 1,024 1,0227 16,5 15,6 1,024 1,0229 16,6 15,7
1,023 1,0224 16,4 15,5 1,023 1,0221 16,8 15,9 1,023 1,0217 16,7 15,8 1,023 1,0218 16,8 15,9
1,022 1,0214 16,6 15,7 1,022 1,0211 17,0 16,1 1,022 1,0207 16,9 16,0 1,022 1,0207 17,0 16,1
1,021 1,0204 16,8 15,9 1,021 1,0201 17,2 16,3 1,021 1,0197 17,1 16,2 1,021 1,0197 17,2 16,3
1,020 1,0193 17,0 16,1 1,020 1,0191 17,4 16,5 1,020 1,0187 17,3 16,4 1,020 1,0186 17,3 16,5
1,019 1,0183 17,2 16,3 1,019 1,0181 17,6 16,7 1,019 1,0178 17,5 16,6 1,019 1,0176 17,5 16,7
1,018 1,0172 17,4 16,5 1,018 1,0171 17,8 16,9 1,018 1,0168 17,7 16,8 1,018 1,0165 17,7 16,9
1,017 1,0162 17,6 16,7 1,017 1,0161 18,0 17,1 1,017 1,0158 17,9 17,0 1,017 1,0154 17,9 17,0
1,016 1,0152 17,8 16,9 1,016 1,0150 18,2 17,3 1,016 1,0148 18,1 17,2 1,016 1,0144 18,1 17,2
1,015 1,0141 18,0 17,1 1,015 1,0140 18,4 17,5 1,015 1,0138 18,3 17,4 1,015 1,0133 18,3 17,4
1,014 1,0131 18,2 17,3 1,014 1,0130 18,6 17,7 1,014 1,0129 18,5 17,6 1,014 1,0122 18,5 17,6
1,013 1,0120 18,4 17,5 1,013 1,0120 18,8 17,9 1,013 1,0119 18,7 17,8 1,013 1,0112 18,7 17,8
1,012 1,0110 18,6 17,7 1,012 1,0110 19,0 18,1 1,012 1,0109 18,9 18,0 1,012 1,0101 18,9 18,0
1,011 1,0100 18,8 17,9 1,011 1,0100 19,2 18,3 1,011 1,0099 19,1 18,2 1,011 1,0091 19,0 18,2
1,010 1,0089 19,0 18,1 1,010 1,0090 19,4 18,5 1,010 1,0089 19,3 18,4 1,010 1,0080 19,2 18,4
1,009 1,0079 19,2 18,4 1,009 1,0080 19,6 18,7 1,009 1,0080 19,5 18,6 1,009 1,0069 19,4 18,6
1,008 1,0068 19,5 18,6 1,008 1,0070 19,8 18,9 1,008 1,0070 19,7 18,8 1,008 1,0059 19,6 18,8
1,007 1,0058 19,7 18,8 1,007 1,0060 20,1 19,1 1,007 1,0060 19,9 19,0 1,007 1,0048 19,8 18,9
1,006 1,0048 19,9 19,0 1,006 1,0050 20,3 19,3 1,006 1,0050 20,1 19,2 1,006 1,0037 20,0 19,1
1,005 1,0037 20,1 19,2 1,005 1,0040 20,5 19,5 1,005 1,0041 20,3 19,4 1,005 1,0027 20,2 19,3
1,004 1,0027 20,3 19,4 1,004 1,0030 20,7 19,7 1,004 1,0031 20,5 19,6 1,004 1,0016 20,4 19,5
1,003 1,0016 20,5 19,6 1,003 1,0020 20,9 20,0 1,003 1,0021 20,7 19,8 1,003 1,0006 20,6 19,7
1,002 1,0006 20,7 19,8 1,002 1,0010 21,1 20,2 1,002 1,0011 20,9 20,0 1,002 0,9995 20,8 19,9
1,001 0,9995 20,9 20,0 1,001 1,0000 21,3 20,4 1,001 1,0001 21,1 20,2 1,001 0,9984 21,0 20,1
1,000 0,9985 21,1 20,2 1,000 0,9990 21,5 20,6 1,000 0,9992 21,3 20,4 1,000 0,9974 21,2 20,3
0,999 0,9975 21,3 20,5 0,999 0,9980 21,7 20,8 0,999 0,9982 21,5 20,6 0,999 0,9963 21,4 20,5
0,998 0,9964 21,6 20,7 0,998 0,9970 21,9 21,0 0,998 0,9972 21,7 20,8 0,998 0,9953 21,6 20,7
0,997 0,9954 21,8 20,9 0,997 0,9960 22,1 21,2 0,997 0,9962 21,9 21,0 0,997 0,9942 21,7 20,9
0,996 0,9943 22,0 21,1 0,996 0,9950 22,3 21,4 0,996 0,9952 22,1 21,2 0,996 0,9931 21,9 21,1
0,995 0,9933 22,2 21,3 0,995 0,9939 22,6 21,6 0,995 0,9943 22,3 21,4 0,995 0,9921 22,1 21,3
(*1) Correção da escala impressa em papel da haste do densímetro.

JPA 2016
MECÂNICA DOS SOLOS – LABORATÓRIO - Ensaio 3 – Análise granulométrica dos solos 5
TAB. 5 – Leituras do densímetro no meio dispersor

MECÂNICA DOS SOLOS - GRANULOMETRIA - SEDIMENTAÇÃO


CALIBRAÇÃO DE DENSIMETRO
VARIAÇÃO DAS LEITURAS DO DENSÍMETRO NO MEIO DISPERSOR
Prof. Jairo Pereira de Araújo
Ldc: leitura do densímetro no meio dispersor corrigida (*1)
MEIO DISPERSOR: 125ml de solução defloc. + 875ml de água destil.
T Ldc T Ldc T Ldc
o o o
C C C

5,0 1,0066 17,0 1,0054 29,0 1,0026


5,5 1,0066 17,5 1,0053 29,5 1,0024
6,0 1,0066 18,0 1,0052 30,0 1,0023
6,5 1,0066 18,5 1,0051 30,5 1,0021
7,0 1,0065 19,0 1,0050 31,0 1,0020
7,5 1,0065 19,5 1,0049 31,5 1,0018
8,0 1,0065 20,0 1,0048 32,0 1,0017
8,5 1,0064 20,5 1,0047 32,5 1,0015
9,0 1,0064 21,0 1,0046 33,0 1,0013
9,5 1,0064 21,5 1,0045 33,5 1,0012
10,0 1,0063 22,0 1,0044 34,0 1,0010
10,5 1,0063 22,5 1,0043 34,5 1,0008
11,0 1,0062 23,0 1,0042 35,0 1,0007
11,5 1,0062 23,5 1,0040 35,5 1,0005
12,0 1,0061 24,0 1,0039 36,0 1,0003
12,5 1,0061 24,5 1,0038 36,5 1,0001
13,0 1,0060 25,0 1,0037 37,0 1,0000
13,5 1,0059 25,5 1,0035 37,5 0,9998
14,0 1,0059 26,0 1,0034 38,0 0,9996
14,5 1,0058 26,5 1,0033 38,5 0,9994
15,0 1,0057 27,0 1,0031 39,0 0,9992
15,5 1,0056 27,5 1,0030 39,5 0,9990
16,0 1,0056 28,0 1,0029 40,0 0,9988
16,5 1,0055 28,5 1,0027
(*1) Correção da escala impressa em papel da haste do densímetro.

JPA 2016
MECÂNICA DOS SOLOS – LABORATÓRIO - Ensaio 3 – Análise granulométrica dos solos 6
Folha de ensaio

JPA 2016