Vous êtes sur la page 1sur 9

Parte 1

Questão 1
(UNIOESTE)

A filosofia da História – o primeiro tema da filosofia de Augusto Comte – foi sistematizada pelo próprio
Comte na célebre “Lei dos Três Estados” e tinha o objetivo de mostrar por que o pensamento positivista
deve imperar entre os homens. Sobre a “Lei do Três Estados” formulada por Comte, é correto afirmar que

a) Augusto Comte demonstra com essa lei que todas as ciências e o espírito humano desenvolvem-se na
seguinte ordem em três fases distintas ao longo da história: a positiva, a teológica e a metafísica.

b) na “Lei dos Três Estados” a argumentação desempenha um papel de primeiro plano no estado
teológico. O estado teológico, na sua visão, corresponde a uma etapa posterior ao estado positivo.

c) o estado positivista apresenta-se na “Lei dos Três Estados” como o momento em que a observação
prevalece sobre a imaginação e a argumentação, e na busca de leis imutáveis nos fenômenos
observáveis.

d) para Comte, o estado metafísico não tem contato com o estado teológico, pois somente o estado
metafísico procura soluções absolutas e universais para os problemas do homem.
ver resposta

Questão 2

O positivismo foi uma das grandes correntes de pensamento social, destacando-se, entre seus principais
teóricos, Augusto Comte e Émile Durkheim. Sobre a concepção de conhecimento científico presente no
positivismo do século XIX, é correto afirmar:

a) A busca de leis universais só pode ser empreendida no interior das ciências naturais, razão pela qual o
conhecimento sobre o mundo dos homens não é científico.

b) Os fatos sociais fogem à possibilidade de constituírem objeto do conhecimento científico, haja vista sua
incompatibilidade com os princípios gerais de objetividade do conhecimento e a neutralidade científica.

c) Apreender a sociedade como um grande organismo, a exemplo do que fazia o materialismo histórico, é
rejeitado como fonte de influência e orientação para as investigações empreendidas no âmbito das
ciências sociais.

d) A ciência social tem como função organizar e racionalizar a vida coletiva, o que demanda a necessidade
de entender suas regras de funcionamento e suas instituições forjadas historicamente.

e) O papel do cientista social é intervir na construção do objeto, aportando à compreensão da sociedade


os valores por ele assimilados durante o processo de socialização obtido no seio familiar.
ver resposta

Questão 3

O positivismo é a linha de pensamento dominante no trabalho de Comte. Sobre essa corrente de


pensamento, marque a alternativa correta:

a) o pensamento positivo baseia-se no bom humor e na felicidade, que devem comandar as ações do
sujeito social moderno que busca entender os conflitos que se instauram no mundo pós-revolução
industrial.b) as classes sociais sempre estarão em conflito generalizado entre si, uma vez que o caráter
positivo da realidade de uma sempre resultará em resultados negativos para as outras.

c) o conhecimento verdadeiro só pode ser obtido por meio da experimentação e pelo aferimento científico.
d) o mundo palpável e observável insere-se dentro do conceito de conhecimento negativo, e a jornada
espiritual voltada para Deus configura-se como o conhecimento positivo.
ver resposta

Questão 4

Comte acreditava que os problemas sociais e as sociedades, em geral, deveriam ser estudadas com o
mesmo rigor científico das demais ciências naturais. A partir dessa premissa, Augusto Comte cunhou o
nome “Sociologia”, que seria dado à nova área de estudo que se dedicaria às sociedades. Qual era o
objetivo principal da sociologia de Comte?

a) Transformar o meio social fixo e imutável do século XIX, de forma a inserir perspectivas relativistas
acerca do pensamento humano.

b) Demonstrar que o mundo é um lugar violento e degenerado, em que a busca pelo pensamento positivo
é impossível.

c) Entender os efeitos do estranhamento cultural entre diferentes indivíduos em sua convivência com suas
diferenças culturais.

d) Entender as leis que regem nosso mundo social, ajudando-nos a compreender os processos sociais e
dando-nos controle direto sobre os rumos que nossas sociedades tomariam.
ver resposta

---=========

Parte 2

O Darwinismo Social pode ser definido corretamente como:

a) o estudo da vida biológica em sociedade, como as sociedades das abelhas, das formigas etc.

b) a tentativa de igualar, a nível de organização social, os animais superiores, como os mamíferos, e a


sociedade dos homens.

c) o período da atividade intelectual de Charles Darwin em que o naturalista inglês dedicou-se à criação da
Sociologia, ao lado de nomes como August Comte.

d) a transposição da teoria da evolução das espécies e da seleção natural do terreno da ciência natural
para a realidade sociocultural.

e) a tentativa de estabelecer relação entre o comportamento animal e o comportamento humano a partir


de experimentos psicológicos.

Podemos dizer que uma das consequências da doutrina do Darwinismo Social, elaborada no século XIX,
foi:

a) o aperfeiçoamento das sociedades democráticas e a evolução tecnológica ocidental.

b) as lutas pelos direitos civis e pela “igualdade racial”.

c) as políticas de segregação racial do século XX.

d) as leis de segregação racial implementadas no Brasil durante o período republicano.

e) a dessegregação racial nos Estados Unidos na primeira metade do século XX.


Parte 3

22) Constituem exemplos de políticas eugenísticas promovidas como política oficial de Estado:
I. O apartheid na África do Sul, em vigor até o início dos anos de 1990.
II. As ações dos cidadãos comuns da Ku-Klux-Klan nos Estados Unidos, sobretudo nos anos 1960, com o
crescimento do movimento dos direitos civis em defesa da raça branca.
III. A implantação dos campos de concentração na Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial.
IV. O movimento Anauê no Brasil, promovido por Plínio Salgado e base das milícias integralistas criadas
por Getúlio Vargas.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

Parte 4 
Na segunda metade do século XIX, a doutrina sobre a seleção natural das espécies, elaborada pelo
naturalista inglês Charles Darwin, foi transferida para as relações humanas, numa situação histórica
marcada
A) Pela
pela
pelos
pelasconcórdia
noção
tratados
concepções
fundação
de domínio,
favoráveis
universal
de
de instituições
unificação
supremacia
entre
aos povos
povos
europeia
destinadas
ecolonizados.
de
hierarquia
diferentes
e de
a promover
paz
racial.
armada.
continentes.
a paz.
B) Pela noção de domínio, supremacia e hierarquia racial.
C) Pelos tratados favoráveis aos povos colonizados.
D) Pelas concepções de unificação europeia e de paz armada.

E) Pela fundação de instituições destinadas a promover a paz.

Parte 5 (desconsidere a numeração em desordem)


São estados do positivismo:
Última Parte
Iindique a falácia
1. Sou contra a pena de morte, porque a pena de morte tira a vida a uma pessoa.
 a) Petição de princípio.
 b) Ad hominem.
 c) Apelo à ignorância.
 d) Boneco de palha.

2. Ninguém provou a sua inocência. Logo, ela é culpada.


a) Derrapagem.
b) Falso dilema.
c) Apelo à ignorância.
d) Petição de princípio.
3. «Quando uma oposição a única coisa que tem a dizer ao governo é que o governo é
propaganda, é porque realmente não tem mais nada para dizer.»José Sócrates, TSF.
 a) Ad hominem, porque ataca-se a oposição em vez da tese que esta defende.
 b) Petição de princípio, porque a premissa é a mesma que a conclusão.
 c) Apelo à ignorância, porque se do facto de a oposição só ter uma coisa a dizer se conclui que
não tem mais nada a dizer.
d) Falso dilema, porque se assume que a oposição só tem duas opções, dizer que o governo é
propaganda ou nada dizer, quando há outras opções.

4. Se se legaliza o aborto até às 10 semanas, a seguir legaliza-se o aborto até às 20 semanas. E, se
se legaliza o aborto até às 20 semanas, a seguir legaliza-se o aborto até às 30 semanas. E, se se
legaliza o aborto até às 30 semanas, a seguir legaliza-se o aborto até imediatamente antes o
nascimento. E, se se legaliza o aborto até imediatamente antes o nascimento, a seguir legaliza-se o
infanticídio. Logo, não se pode legalizar o aborto até às 10 semanas.
 a) Derrapagem, porque se refuta uma afirmação derivando delas consequências prováveis mas
inaceitáveis.
 b) Derrapagem, porque o argumento obriga a aceitar a conclusão.
 c) Falso dilema, porque o argumento coloca duas possibilidades como as únicas existentes:
legalizar o infanticídio ou legalizar o aborto até às dez semanas.
d) Boneco de palha, porque se distorce o que o opositor defende.

5. «O meu professor está sempre a dizer que devemos fazer os trabalhos de casa. Mas, no seu
tempo de estudante, ele era o maior “baldas” da escola: nunca fazia o que lhe mandavam e
reprovou pelo menos três anos por faltas. Portanto, não faço os trabalhos de casa e não vou à
aula.»
 a) Falso dilema.
 b) Boneco de palha.
c) Ad hominem.
 d) Derrapagem.

6. [Sobre Camões] Poeta ou aventureiro? Cartaz publicitário da RTP ao programa «Grandes


Portugueses».
a) Falso dilema, porque as opções não esgotam todas as possibilidades.
b) Apelo à ignorância, porque Camões foi ambas as coisas.
c) Apelo à ignorância, porque se quer concluir algo sobre Camões a partir da nossa ignorância
sobre ele.
d) Falso dilema, porque as alternativas são falsas.

7. Aquilo que os defensores da eutanásia querem é muito claro. Querem poder matar quem esteja
muito doente. É essa a razão pela qual me oponho à prática da eutanásia.
 a) Ad hominem, porque apresentam uma objeção irrelevante para atacar o que os defensores da
eutanásia dizem.
 b) Falso dilema, porque sugere que tem de se optar entre ser a favor ou contra a eutanásia.
c) Ad hominem, porque atacam os defensores da eutanásia e não aquilo que defendem.
 d) Boneco de palha, porque distorcem a posição dos defensores da eutanásia.

8. A: – A tua decisão viola claramente a lei.


B: – O quê, não me digas que cumpres sempre a lei? És daqueles que nunca anda a mais de 120
na autoestrada? Não me digas que nunca andaste a mais de 120 na autoestrada!
 a) Não incorre em qualquer falácia.
b) Ad hominem.
c) Boneco de palha.
d) Apelo à ignorância.

9. Não há uma ligação clara entre fumar e cancro de pulmão, apesar do que os médicos dizem e de
anos de estudos científicos. Portanto, fumar não faz mal aos teus pulmões.
a) Ad hominem.
 b) Petição de princípio.
 c) Apelo à ignorância.
d) Falso dilema.

10. Se aprovarmos leis contra as armas automáticas, não demorará muito até aprovarmos leis
contra todas as armas. E, se aprovarmos leis contra todas as armas, começaremos a restringir os
nossos direitos. E, se começarmos a restringir os nossos direitos, acabaremos por viver num
Estado totalitário. Portanto, não devemos banir as armas automáticas.
 a) Boneco de palha, porque se distorce a posição do opositor de modo a mais facilmente refutá-la.
b) Bola de neve, porque se tenta refutar que se deva aprovar leis contra as armas automáticas
derivando daí consequências cada vez mais inaceitáveis.
 c) Falso dilema, porque se põe as coisas em termos de ter ou não armas automáticas quando há
outras opções.
d) Apelo à ignorância, porque se pretende esclarecer as pessoas acerca das consequências
nefastas da aprovação de leis contra as armas automáticas.

Parte 1 Gabarito
Respostas

Resposta Questão 1
A afirmação correta é a da letra “c”. O estado positivo caracteriza-se, segundo Comte, pela subordinação
da imaginação e da argumentação à observação. Isso quer dizer que o processo de construção do
conhecimento humano ocorre a partir da experimentação própria do método científico.

voltar a questão

Resposta Questão 2
Alternativa “d”. Comte propunha uma ciência da sociedade, capaz de explicar e compreender todos os
fenômenos sociais da mesma forma que as ciências naturais buscavam interpelar seus objetos de estudo.

voltar a questão

Resposta Questão 3
Resposta correta: letra “c”. Segundo essa perspectiva, a ciência deve basear-se apenas em observações
cuidadosas feitas a partir da experimentação sensorial. Essa seria a única forma possível de inferir leis
que explicariam a relação entre os fenômenos observados e de produzir o verdadeiro conhecimento.
voltar a questão

Resposta Questão 4
A resposta correta é a letra “d”.

Parte 2 – Mando o Gab por foto

Parte 3 – Idem

Parte 4- Idem

Parte 5- Idem

Gabarito última parte

Iindique a falácia
1.
 A. A conclusão «Sou contra a pena de morte» e a premissa «A pena de morte tira a vida a uma
pessoa» expressam a mesma proposição, embora por intermédio de frases diferentes.
2.
C. Usa-se a ausência de prova como prova.

3.
R.: B.

4.
R.: A.

5.
R.: C. Ataca-se o professor e não aquilo que ele afirma. O comportamento passado do professor é
irrelevante para determinar a verdade do que defende.

6.
R.: A.

7.
R.: D.

8.
R.: B. Ataca-se a pessoa e não o que ela disse.

9.
R.: C. A ausência de prova é usada como prova.

10.
 R.: B.