Vous êtes sur la page 1sur 6

Universidade Federal do Maranhão

CCET - Centro de Ciências Exatas e Tecnologia


DEE - Departamento de Engenharia de Eletricidade
Disciplina: 0109 – Eletrônica de Potência
Professora: Silvangela Lilian Barcelos
Aluno(a) ___________________________________
Nota:__________

Reposição – Av1

1- (a) Um IGBT usado em conversor de energia tem perdas de condução de 0.045 kW e perdas de
chaveamento iguais a 10 -4 fs W. A resistência térmica junção-cápsula é Rj-c = 1,02 o C/W e a
temperatura máxima suportada pela junção é 150 o C. Assumindo que a temperatura da cápsula é
igual a 47 o C, determine a máxima frequência de chaveamento permitida. (b). Assumindo que este
IGBT seja montado num dissipador e a temperatura ambiente seja 39 o C, caso a frequência de
chaveamento seja 400 vezes a frequência fundamental da rede elétrica, qual é o valor máximo
permitido para a resistência térmica cápsula -ambiente (Rc-a) do dissipador? (2,5 pontos).
(a) Possibilidade de solução:

Perda total: Pd=45+10 -3 fs; (1)

Relação entre perda e temperatura

Tj – Ta = Pd Rɵja (2)

Substituindo-se (1) em (2), tem-se:

Tj – Ta = (45 + 10 -3 fs) Rɵja

150 – 47 = (45 + 10 -3 fs) 1,02

fs = 760 kHz
(b) Possibilidade de solução:

Pd = 45 + 10 -3 (400. 60) = 69W

Tj – Ta = Pd (Rɵjc + Rɵca)

145 – 45 = 69 (1,02 + Rɵca)

Rɵca = 3,03 ̊ C/W

2- No circuito da Figura 1 o valor RMS da tensão da fonte 𝑣𝑠 é igual a 220 V e a frequência é 60 Hz. A
resistência de carga é igual a 10 Ω e a indutância da carga é 50 mH. (2,5 pontos)
a. Trace as formas de onda da tensão e da corrente na carga e da tensão e corrente no diodo
D1. Trace também as formas de onda da tensão de corrente no diodo de roda livre D0.
b. Calcule os valores da tensão média e RMS na carga.
c. Calcule os valores médio e RMS da corrente de carga.
d. Calcule a potência dissipada na carga.

Figura 1

a) Formas de ondas:
200 vs

vo(V)
0 vo
-200

16 16.5 17 17.5 18 18.5 19 19.5 20


wt (rad)x

0
vd1(V)

-100
-200
-300
16 16.5 17 17.5 18 18.5 19 19.5 20
wt (rad)x

0
vdo (V)

-100
-200
-300
16 16.5 17 17.5 18 18.5 19 19.5 20
wt (rad)x

30
20
id1(A)

10
0
16 16.5 17 17.5 18 18.5 19 19.5 20
wt (rad)x
30
20 I1
ido(A)

10 I2
0
16 16.5 17 17.5 18 18.5 19 19.5 20
wt (rad)x
30
20 I2
io (A)

10 I1
I1
16 16.5 17 17.5 18 18.5 19 19.5 20
wt (rad)x

b) Valor médio e RMS da tensão na carga:


√2𝑉𝑆𝑅𝑀𝑆 √2×220
Tensão média: 𝑉̅𝑜 = = = 99,03 𝑉
𝜋 𝜋

𝑉𝑆𝑅𝑀𝑆 220
Tensão RMS: 𝑉𝑜𝑟𝑚𝑠 = = = 155,56 𝑉
√2 √2

c) Valor médio e RMS da corrente na carga:


O valor médio da tensão na carga está somente sobre a componente resistiva. Assim:
̅̅̅
𝑉 99,03
Corrente média na carga: 𝐼̅𝑜 = 𝑜 = = 9,903 𝐴
𝑅0 10
Corrente RMS na carga:
Há necessidade de deduzir uma expressão para 𝑖𝑜 (𝜔𝑡).
√2𝑉𝑠𝑟𝑚𝑠 𝑅
𝑖𝑜 (𝜔𝑡) = 𝐼1 + [𝑠𝑒𝑛(∅)𝑒 −𝜔𝐿×𝜔𝑡 + 𝑠𝑒𝑛(𝜔𝑡 − ∅)] , 𝑝𝑎𝑟𝑎 0 ≤ 𝜔𝑡 < 𝜋
𝑍
𝑅
𝑖𝑜 (𝜔𝑡) = 𝐼2 𝑒 −𝜔𝐿×(𝜔𝑡−𝜋) , 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝜋 < 𝜔𝑡 < 2𝜋
Fazendo:

√2𝑉𝑠𝑟𝑚𝑠 𝑅
𝑖𝑜 (𝜋) = 𝐼1 + [𝑠𝑒𝑛(∅)𝑒 −𝜔𝐿×𝜋 + 𝑠𝑒𝑛(𝜋 − ∅)] = 𝐼2
𝑍
𝑅
𝑖𝑜 (2𝜋) = 𝐼2 𝑒 −𝜔𝐿×(2𝜋−𝜋) = 𝐼1
Resolvendo o sistema de equações acima, encontra-se 𝐼1 e 𝐼2. Com isso fica determinada a
expressão para a corrente na carga no período de 0 ≤ 𝜔𝑡 < 2𝜋,
Logo:
1 2𝜋
𝐼𝑜𝑟𝑚𝑠 = √ ∫ (𝑖𝑜 (𝜔𝑡)) 2𝑑(𝜔 𝑡)=11,23 A
2𝜋 0

d) Potência dissipada na carga:


2
𝑃𝑜 = 𝑅×𝐼𝑜𝑟𝑚𝑠 = 10×11,232 = 1261 = 1,26 𝑘𝑊

3- No circuito da Figura 2 o valor RMS das tensões de linha da fonte trifásica é igual a 380 V e a
frequência é 60 Hz. A resistência de carga é igual a 12 Ω e a indutância da carga suficientemente
grande para que o ripple da corrente na carga em regime permanente possa ser desprezado. (2,5
pontos)
a ) Tra ce as formas de onda da tensão e da corrente na ca rga e da tensão e corrente nos diodos D1 e D4.
b) Tra ce um diagrama de condução dos diodos D1 a D6.
c) Ca l cule o va lor da tensão média na ca rga.
d) Ca l cule os va lores médio e RMS da corrente de ca rga.
e) Ca l cule a potência dissipada na carga.
f) Ca l cule a THDi das correntes de linha na fonte CA.
g) Ca l cule o fator de potência da carga equivalente vi sta pela fonte CA.

Solução:
a) Formas de ondas:
500
vo e vd1

-500
0 0.5 1 1.5 2 2.5 3 3.5 4
wt (rad)x

500
vd4

-500
0 0.5 1 1.5 2 2.5 3 3.5 4
wt (rad)x

50
io (A)

0
0 0.5 1 1.5 2 2.5 3 3.5 4
wt (rad)x
50

id1(A)
0
0 0.5 1 1.5 2 2.5 3 3.5 4
wt (rad)x

50
id4(A)

0
0 0.5 1 1.5 2 2.5 3 3.5 4
wt (rad)x

50
ia (A))

-50
0 0.5 1 1.5 2 2.5 3 3.5 4
wt (rad)x

b) Diagrama de condução dos diodos:

200
va,vb,vc

0
-200

0 0.5 1 1.5 2 2.5 3 3.5 4


wt (rad)x
D1 D3 D5 D1 D3 D5
D6 D2 D4 D6 D2 D4

c) Valor médio e RMS da tensão na carga:


3√2𝑉𝐿𝑅𝑀𝑆 3√2×380
Tensão média: 𝑉̅𝑜 = = = 513,2 𝑉
𝜋 𝜋

d) Valor médio e RMS da corrente na carga:


O valor médio da tensão na carga está somente sobre a componente resistiva. Assim,
̅̅̅
𝑉 513,2
Corrente média na carga: 𝐼̅𝑜 = 𝑜 = = 42,77 𝐴
𝑅0 12
Corrente RMS na carga:
Considerando que a corrente na carga não tem ripple:.
𝐼𝑜𝑟𝑚𝑠 = 𝐼̅𝑜 = 42,77 A

e) Potência dissipada na carga:


2
𝑃𝑜 = 𝑅×𝐼𝑜𝑟𝑚𝑠 = 12×42,772 = 21951 𝑊 = 21,95𝑘𝑊

f) THD de corrente:
2 2
𝐼𝑎 𝑅𝑀𝑆 = √ ×𝐼𝑜 = √ ×42,77 = 34,92 𝐴
3 3

3 2 3 2
𝐼1𝑅𝑀𝑆 = √ ×𝐼𝑜 = √ ×42,77 = 33,34 𝐴
𝜋 3 𝜋 3
2 2
√𝐼𝑎𝑅𝑀𝑆 − 𝐼1𝑅𝑀𝑆
𝑇𝐻𝐷𝑖 = ×100% = 31,14%
𝐼1𝑅𝑀𝑆

g) Fator de potência:
𝐼1𝑅𝑀𝑆
𝐹𝑃 = ×cos(∅)
𝐼𝑎𝑅𝑀𝑆
40,12
𝐹𝑃 = × cos(0) = 0,9547
42,02

4- Descreva através do circuito mostrado na Figura 4 e através de um equacionamento adequado o


efeito da indutância da fonte na comutação de um retificador com carga RL.

Figura 4
500
V ase

0
F

-500
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9
wt (rad)

500
v0(wt)

-500
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9
wt (rad)

500
VD1

-500
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9
wt (rad)
50
icarga)

-50
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9
wt (rad)

50
iD1 e iD4

-50
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9
wt (rad)

50

0
ia

-50
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9
wt (rad)

Figura 2 e Figura 3