Vous êtes sur la page 1sur 7

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

Centro de Ciências da Natureza


Departamento de Química
OPERAÇÕES UNITÁRIAS I
Profa. Carla Verônica Rodarte de Moura

Aluno(a):______________________________________________________________________________

2ª Lista de Exercícios
1) Uma lama de talco que contém 75% em massa de água é seca fazendo-se reduzir sua massa em 72 kg. Após a
secagem o sólido ainda permanece com 20% de água. Calcule: a) a massa original da lama, b) a massa de água
presente na lama após a secagem.

2) Uma solução de soda cáustica a 10% deve ser concentrada em um evaporador onde 500 kg da água da solução são
evaporados e removidos. Se a solução concentrada final contiver 28,2% de NaOH, calcule a massa da solução
concentrada final.

3) Um adesivo líquido, usado para fazer laminado, consiste de um polímero dissolvido num solvente. A quantidade de
polímero na solução tem que ser cuidadosamente controlada para esta aplicação. Um fornecedor do adesivo
recebeu um pedido de 3000 kg de uma solução de adesivo contendo 13% em massa do polímero. Ele possuía: a)
500 kg de uma solução a 10%, b) uma grande quantidade de uma solução a 20%, c) solvente puro. Calcule a massa
de cada uma das soluções estoque para preparar 3000 kg da solução a 13%. Use toda a solução a 10%.

1) Uma empresa trabalha preparando água de bateria, ou seja solução de ácido sulfúrico a 19,65%. A solução é
preparada da seguinte forma: um tanque de ácido sulfúrico de bateria usado e fraco contém H 2SO4 a 10,42% (o
restante é água pura), Se 300 kG de H 2SO4 a 78,8% são adicionados ao tanque para que a concentração final seja
de 19,65% em H2SO4, quantos quilogramas de ácido de bateria terão que ser produzidos?

4) Uma mistura liquida contendo 45% de benzeno e 55% de tolueno em massa alimenta uma coluna de destilação.
Uma corrente de produto que deixa o topo da coluna contém 95% molar de benzeno, e uma corrente de produto
de fundo contém 8% do benzeno fornecido à coluna (92% do benzeno sai pelo topo). A vazão da alimentação é
2.000 L/h e a massa específica relativa da mistura de alimentação é 0,872 kg/L. Determine a vazão mássica da
corrente de topo e a vazão mássica e a composição (frações mássicas) da corrente de fundo.

5) Uma mistura líquida de benzeno (58,20%), tolueno (20,40%) e xileno (21,40) é carga de um processo de destilação.
A recuperação de benzeno no destilado deve ser de 98% e a de xileno no resíduo deve ser de 95%. A fração
mássica de benzeno no destilado (líquido) deve ser de 90%. Calcule a composição mássica do destilado e do
resíduo.

6) Calcule a composição do destilado e do resíduo de uma coluna de destilação conhecendo-se a composição da


carga e sabendo-se que:
a) o destilado não terá nenhum componente com ponto de ebulição maior que o do isobutano;
b) no resíduo não terá nenhum componente com ponto de ebulição menor do que o propano;
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
Centro de Ciências da Natureza
Departamento de Química
OPERAÇÕES UNITÁRIAS I
Profa. Carla Verônica Rodarte de Moura

c) o teor de isobutano no destilado é = 5,0%


d) o teor de propano no resíduo é = 0,8%

Componente Carga, y %
eteno 2,0
etano 3,0
propeno 5,0
propano 15,0
isobutano 25,0
n-butano 35,0
n-pentano 15,0

7) Um forno usa como combustível um gás contendo: CH 4, C2H6 e H2. A análise de Orsat dos gases de combustão é:
CO2 = 9,6%, O2 = 5,2%, N2 = 85,2%. Calcule:
a) A % de excesso de ar usado
b) A razão mássica ar/gás combustível
c) A composição do gás combustível, sabendo-se que o teor de H 2 é de 5%.

8) Um combustível composto de metano e etano em proporções desconhecidas é queimado em uma fornalha com ar
enriquecido em oxigênio (O2 = 50,0%). O gás de combustão apresentou a seguinte análise de Orsat: CO 2 = 25%; O2
= 15%;
CO = 0%. Calcule:
a) a composição do combustível;
b) a razão em quantidade de matéria ar rico/combustível

9) Deseja-se produzir monocloroetano (MCE) a partir da reação:

C2H6 + Cl2 C2H5Cl + HCl

Em paralelo ocorre a seguinte reação indesejável de produção de dicloroetano (DCE)

C2H6 + Cl2 C2H4Cl2 + HCl

a) Sabendo-se que o principal objetivo é maximizar a seletividade do MCE em relação ao DCE, você projetaria um
reator para alta ou baixa conversão de etano? Qual dos reagentes deve ser alimentado em excesso?
b) Considere que a conversão do etano seja de 13,5%, que a seletividade seja de 12,5 e que o produto efluente
do reator contenha 0,8% de cloro. Calcule a razão molar (em relação ao MCE) de todas as espécies químicas
presentes no efluente do reator.
c) Calcule a % de excesso de etano, para os dados do item b.

10) Aldeído fórmico pose ser produzido pela reação de metano e oxigênio na presença de um catalisador gerando
também dióxido de carbono como produto indesejável de acordo com as reações:

CH4 + O2 HCOOH + H2O

CH4 + 2 O2 CO2 + H2O


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
Centro de Ciências da Natureza
Departamento de Química
OPERAÇÕES UNITÁRIAS I
Profa. Carla Verônica Rodarte de Moura

Se o produto efluente do reator contém HCOOH = 45,4%, CO 2 = 0,8%, CH4 = 3,8%, H2O = 47,0 e O2= 3,0%.
Calcule:
a) % do reagente em excesso
b) % de conversão do metano
c) % de rendimento do aldeído fórmico
d) A seletividade do aldeído em relação ao CO 2

11) Uma coluna de destilação separa 10.000 kg/h de uma mistura de 50% benzeno/50% tolueno. O produto D
recuperado do condensador, no topo da coluna, contém 95% de benzeno e o fundo W da coluna contém 96% de
tolueno. A corrente de Vapor V que entra no condensador pelo topo da coluna é igual a 8.000 kg/h. Uma parte do
produto que sai do condensador é retornado à coluna como refluxo, e o restante é recolhido para ser usado em
outro lugar. Suponha que as composições das correntes no topo da coluna (V), do produto retirado (D) e do refluxo
(R) sejam idênticas, 0,95 de benzeno e 0,05 de tolueno já que a corrente V é condensada completamente. Ache a
razão entre a quantidade de produto refluxado R e o produto retirado D . Figura abaixo.

12) Acetona é usada na fabricação de muitos produtos químicos e também como solvente. Neste último caso, muitas
restrições são colocadas na liberação do vapor de acetona para o meio ambiente. Você deve projetar um sistema
de recuperação de acetona de acordo com o fluxograma abaixo. Todas as concentrações de gases e líquidos
mostradas, são especificadas em percentagem em peso, nesse caso especial, para tornar os cálculos mais simples.
Calcule: A, F, W, B e D por hora, sabendo-se que G = 1400 kg/h.
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
Centro de Ciências da Natureza
Departamento de Química
OPERAÇÕES UNITÁRIAS I
Profa. Carla Verônica Rodarte de Moura

13) Na figura a seguir aparece um fluxograma rotulado de um processo contínuo no estado estacionário contendo
duas unidades. Cada corrente contém dois componentes, A e B, em diferentes proporções. Três correntes cujas
vazões e/ou composições não são conhecidas são rotuladas de 1, 2 e 3. Calcule as vazões e composições
desconhecidas das correntes 1, 2 e 3.

14) Base don the process drawn in the diagram, what is the kg recycle/kg feed if the amount of W is 100 kg? The
known compositions are inserted on the processes diagram.
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
Centro de Ciências da Natureza
Departamento de Química
OPERAÇÕES UNITÁRIAS I
Profa. Carla Verônica Rodarte de Moura

15) 4.500 Kg de uma solução que é 1/3 de K 2CrO4 em massa se junta com uma corrente de reciclo contendo 36,4%
K2CrO4 e a corrente combinada alimenta um evaporador. A corrente concentrada que deixa o evaporador contém
49,4% de K2CrO4. Esta corrente entra em um cristalizador, no qual é resfriada (causando precipitação dos cristais de
K2CrO4 r logo filtrada). A torta do filtro consiste em cristais de K 2CrO4 e uma solução contendo 36,4 % de K 2CrO4 em
massa. Os cristais constituem 95% da massa total da torta através do filtro, também contendo 36,4% de4 K 2CrO4 é
corrente de reciclo.

a) Calcule a taxa de evaporação, a taxa de produção de K 2CrO4 cristalino, as taxas de alimentação para os quais o
evaporador e o cristalizador devem ser projetados e a razão de reciclo (massa de reciclo/massa de
alimentação virgem).
b) Suponha que o filtrado fosse descartado em lugar de ser reciclado. Calcule a taxa de produção dos cristais.
Quais são os benefícios e custos da reciclagem?
Hint: m4 = 0,95(m4 + m5)

16) No processo de obtenção de amônia, a carga é uma mistura gasosa de N 2 e H2 na relação estequiométrica,
contendo metano e argônio como inertes, totalizando um teor de 1,2%. A corrente gasosa, contendo os reagentes
não convertidos, os inertes e a amônia gasosa são divididos em duas correntes, uma que é reciclada ao reator e a
outra que é purgada para evitar acumulo de metano e argônio no reator, de tal forma que a carga combinada não
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
Centro de Ciências da Natureza
Departamento de Química
OPERAÇÕES UNITÁRIAS I
Profa. Carla Verônica Rodarte de Moura

contenha mais que 2,20% de inertes. A conversão global dos reagentes é de 65%, no entanto apenas 75% da
amônia produzida é recuperada como amônia líquida. Calcule:
a) A razão molar de purga (gás de purga/gás de reciclo)
b) A % de conversão por passe no reator.

17) Deseja-se separar uma mistura contendo 50% de acetona e 50% de água (em peso) em duas correntes – uma rica
em acetona, a outra em água. O processo de separação consiste na extração da acetona da água com a metil
isobutil cetona (MIBC), que dissolve a acetona mas que é praticamente imiscível em água, seguida por destilação
para separar a acetona do solvente (MIBC). A descrição que se segue introduz alguns termos comumente usados
em processos em extração líquido-líquido. O processo é mostrado de forma esquemática na figura abaixo.

A mistura acetona (soluto)-água(solvente) é posta em contato com a MIBC (solvente) em um misturador que fornece
um com contato entre as duas fases líquidas. Uma porção da acetona alimentação se transfere da fase aquosa para a
fase orgânica (MIBC) neste passo. A mistura passa a um tanque de decantação, onde as fases se separam e são
retiradas. A fase rica no diluente (neste caso a água) é chamada de rafinado, e a fase rica no solvente (MIBC) é o
extrato. A combinação misturador-decantador é a primeira etapa deste processo de separação.
O rafinado passa a uma segunda etapa de extração, onde entra em contato com uma segunda corrente de
MIBC pura, o que leva à transferência de mais acetona. As duas fases são separadas em um segundo decantador e o
rafinado desta segunda etapa é descartado. Os extratos das duas etapas de mistura—decantação são combinados e
fornecidos a uma coluna de destilação. O produto do topo da coluna é rico em acetona e constitui o produto do
processo. O produto do fundo é rico em MIBC, e em um processo real seria provavelmente reciclado de volta ao
extrator, mas isto não será considerado neste exemplo.
Em um estudo em planta-piloto, para cada 100 Kg de acetona-água fornecidos à primeira etapa de extração,
100 Kg de MIBC são alimentados à primeira etapa e 75 kG Pa segunda etapa. O extrato da primeira etapa contém
27,5% em peso de acetona. (Todas as percentagens no resto do parágrafo são em peso). O rafinado da segunda etapa
tem uma massa de 43,1 Kg e consiste em 5,3% de acetona, 1,6% de MIBC e 93,1% de água, enquanto o extrato da
segunda etapa contém 9,0% de acetona, 88% de MIBC e 3% de água. O produto de topo da coluna de destilação
contém 2% de MIBC, 1% de água e o resto é acetona.
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
Centro de Ciências da Natureza
Departamento de Química
OPERAÇÕES UNITÁRIAS I
Profa. Carla Verônica Rodarte de Moura

Para uma base admitida de 100 Kg de mistura acetona-água na alimentação, calcule as massas e composições
(percentagens dos componentes em peso) do rafinado e do extrato da Etapa 1, do extrato da Etapa 2, do extrato
combinado e dos produtos de topo e de fundo da coluna de destilação.

18) Um sólido contendo 21% de umidade deve ser secado até conter no máximo 2,5% de umidade, em um secador a
ar em contracorrente. O ar a ser utilizado é disponível com 10% de umidade relativa e na vazão de 30.000 m 3/h
medida a 25 ºC e 0,1 Mpa. Antes de entrar no secador, o ar é aquecido até 200 ºC e sai do secador nas seguintes
condições: 80 ºC, 98,2 kPa e 10% de umidade relativa. Calcule a capacidade do secador expressa em Mg/d de
sólido úmido a ser tratado.

19) Na seção de preparo de carga de uma indústria de fabricação de gasolina natural, o isopentano é removido da
gasolina livre de butano. Suponha, para simplificar, que o processo e seus componentes sejam aqueles mostrados
na figura abaixo. Qual é a fração de gasolina isenta de butano que é percolada pela torre de isopentano? As etapas
detalhadas não serão relacionadas na análise e resolução deste problema. O processo se dá no estado estacionário
e não ocorre reação.

20) Qual é o número mínimo de metros cúbicos de ar seco a 20 ºC e 100 kPa necessários para evaporar 6,0 kg de
álcool etílico, se a pressão total permanece constante a 100 kPa e a temperatura permanece a 20 ºC? Assuma que
o ar é soprado para evaporar o álcool de maneira que a pressão de saída da mistura ar/álcool seja de 100 kPa.
P*álcool = 5,93 kPa.

21) Um sólido contendo 21,0% de umidade deve ser secado até conter no máximo 2,5 de umidade, em um secador a
ar em contracorrente. O ar a ser utilizado está disponível com 10% de umidade relativa e na vazão de 30.000 m 3 /h
medida a 25 ºC e 0,1 Mpa. Antes de entrar no secador, o ar é aquecido até 200 ºC e si do secador nas seguintes
condições: 80 ºC, 98,2 kPa e 10,0% de umidade relativa. Calcule a capacidade do secador expressa em Mg/d de
sólido úmido a ser tratado.