Vous êtes sur la page 1sur 11

Monitoria de Português

Unidade 1

FEV Monitores: Jenifer e João Marcos


Série: 9º ano
Unidade 1 – Estrutura Verbal

 Radical – O radical é a base do verbo, cujo sentido está nele embutido.


Sem este morfema, o verbo não existe.
Ex: Deixar, comprar, correr.

 Vogal temática – A vogal temática vem imediatamente após o radical por


motivo eufônico, isto é, boa pronúncia e/ou para ligá-lo às desinências,
formando o tema.
Ex: Deixei, comprou e correram.
 Desinências Verbais – Desinência é um morfema, elemento final, elemento
morfológico, sufixo gramatical ou simplesmente terminação que indica a flexão
de uma palavra, neste caso, um verbo.
Nós temos as desinências modo-temporais (DMTs) e as desinências número-pessoais
(DNPs).
 Afixos – Os afixos são morfemas derivacionais ligados ao radical e capazes de
modificar o seu significado, formando palavras novas. Existem dois tipos: os prefixos
e os sufixos.
O prefixo vem antes do radical para ampliar sua significação e formar nova palavra.
Ex: Des + graça = desgraça; a + teu = ateu
O sufixo vem depois do radical para ampliar seu sentido e formar nova palavra.
Ex: Casar + mento = casamento; churrasco + aria = churrascaria
Letra de ligação

 Letra de ligação – Não é morfema, pois não carrega sentido algum. É


apenas uma letra (vogal ou consoante) de ligação.
Ex: Frutífero = frut + í + fero; gasômetro = gás + ô + metro.
Derivação

 Derivação é o processo que origina uma palavra derivada de uma outra


primitiva, original na língua portuguesa.
Ex: Pedreiro (pedra), empresário (empresa).

Tipos de derivação
 Prefixal – A derivação prefixal se dá quando um prefixo é 1) colocado
junto à palavra primitiva ou 2) colocado como último elemento de uma
palavra que já havia sofrido algum processo de formação.
Ex: Homem = Super- + homem = Super-homem;
Duque > Duquesa = Arqui- + duquesa = Arquiduquesa.
 Sufixal – Ocorre derivação sufixal quando um sufixo é 1) colocado junto à
palavra primitiva ou 2) colocado como último elemento de uma palavra que já
havia sofrido algum processo de formação.
Ex: Pincel = Pincel + (-ada) = Pincelada;
Cobrir > Descobrir = Descobrir + (-mento) = Descobrimento.
 Parassintética (Circunfixação) – A derivação parassintética ocorre quando há
acréscimo simultâneo de prefixo e de sufixo a uma palavra primitiva (substantivo
ou adjetivo).
Ex: Envelhecer = En + velho + ecer; aterrar = a + terra + ar.
 Regressiva (Regressão) – Ocorre derivação regressiva quando um verbo que
indica ação serve de base para a formação de um substantivo abstrato que
igualmente indica ação ou resultado de uma ação –tal substantivo é chamado
de deverbal, pois é derivado de verbo.
Ex: Atrasar = Atraso; Tossir = Tosse.
 Imprópria (Conversão) – A derivação imprópria se dá pela mudança (daí
conversão) de classificação morfológica de uma palavra, a depender do
contexto.
Ex: Você tem aracnofobia? (radical) / Eu tenho muitas fobias. (substantivo)
Composição

 Ocorre composição quando uma palavra é constituída por dois ou mais


radicais.

Tipos de composição
 Por justaposição – Neste tipo de composição, não há perda de elementos
estruturais e fonéticos nos radicais (normalmente separados por hífen).
Ex: Pontapé (ponta + pé); vaivém (vai + vem).
 Por aglutinação – Neste tipo de composição, há perda de elementos
estruturais e fonéticos nos radicais (não são separados por hífen).
Ex: Boquiaberto (boca + aberta); mundividência (mundo + vidência).
Atividades de fixação
1ª) (FGV – PC/RJ – Inspetor – 2008) Em xenofobia, há a seguinte combinação de sentidos: estrangeiro + aversão.
Assinale a alternativa em que a explicação do sentido do elemento que antecede -fobia não tenha sido feita
corretamente.

a) pantofobia (pantera).
b) estasiofobia (permanecer de pé).
c) fotofobia (luz).
d) ictiofobia (peixe).
e) gamofobia (casamento).
2ª) (Cespe/UnB – Ministério do Meio Ambiente – Analista Ambiental – 2008) A palavra “bicombustível” é formada por
prefixação.
( ) CERTO
( ) ERRADO

3ª) (Cespe/UnB – Instituto Rio Branco – Diplomata – 2010) Os vocábulos “instabilidade”, “imperfeita”, “inçados” e “impõe”
são formados por prefixo cujo valor semântico denota privação ou negação.
( ) CERTO
( ) ERRADO

4ª) O vocábulo “agravada” tem o mesmo radical que os vocábulos gravidez e gravidade.
( ) CERTO
( ) ERRADO

5ª) (Cespe/UnB – PM/ES – Soldado – 2010) A formação dos vocábulos “lamentavelmente” e “plenamente” ocorre de
maneira idêntica: a partir do acréscimo do sufixo -mente a um adjetivo.
( ) CERTO
( ) ERRADO