Vous êtes sur la page 1sur 29

GUIA DA AVALIAÇÃO DE

DESEMPENHO: CONHEÇA OS
MODELOS MAIS UTILIZADOS
03  Introdução
05  
Importância da avaliação
de desempenho
09  
Tipos de avaliação de
desempenho
16  
Como fazer uma avaliação de
desempenho
24  
Como escolher o modelo ideal
para a minha empresa
27  Conclusão
29  Sobre a Ser HCM
INTRODUÇÃO
INTRODUÇÃO

A avaliação de desempenho é uma das ferramentas mais


importantes para obter dados sobre a qualidade e a produtividade
de uma equipe, bem como dos talentos individuais da empresa.

Porém, muitas vezes, essa ferramenta é negligenciada, seja


pelo desconhecimento da sua utilidade, seja pela falta de
conhecimento sobre como utilizá-la. Dessa forma, a empresa
perde muito e deixa de explorar o máximo potencial do seu quadro
de colaboradores.

Quer ver como implementar a avaliação de desempenho pode


fazer a diferença nos seus resultados? Então acompanhe
a leitura deste e-book conosco e descubra tudo sobre esse
poderoso recurso.

4
IMPORTÂNCIA DA
AVALIAÇÃO DE
DESEMPENHO
IMPORTÂNCIA DA
AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Avaliar o desempenho da sua equipe não é uma questão de


escolha, e sim algo necessário para quem visa ter um melhor
controle dos seus processos e planeja crescer de forma estruturada.

Para isso, a qualidade do desempenho precisa ser avaliada


constantemente e sistematicamente, de forma que os erros
possam ser identificados e corrigidos o mais rápido possível, bem
como os acertos valorizados, explorados e maximizados.

Esse diagnóstico pode ser feito por meio de ferramentas


específicas que vão permitir analisar o desempenho dos
colaboradores, incluindo aqui a definição de um período
determinado para avaliação.

6
IMPORTÂNCIA DA
AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Cabe mencionar que a avaliação de desempenho é uma ferramenta


que funciona de maneira relacional com outras funções da área
de recursos humanos. Por meio desse método valoroso, é possível
entender questões específicas de determinado cargo/função e, diante
disso, realizar ações de melhoria que podem ser remanejamento,
treinamento, entre outros, tudo visando melhorar o potencial do
colaborador e gerar resultados melhores para a empresa.

E quando falamos em resultados melhores, estamos falando


de maior satisfação, motivação e união da equipe, assim como
questões mais mercadológicas, como a manutenção da boa imagem
da empresa junto ao público, aumento nas vendas e lucros maiores.

7
IMPORTÂNCIA DA
AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Fora que a avaliação de desempenho também é uma


ferramenta que possibilita ao trabalhador se situar melhor
na empresa e saber de que forma como o seu trabalho está
sendo visto. Essa noção é essencial para que ele possa
conduzir melhor as atividades e direcionar os seus esforços
para atingir os objetivos traçados.

A melhor condução dos trabalhos ocorre com o ajuste das


falhas encontradas, o que promove, de forma natural, o melhor
aproveitamento do capital humano e traz um cenário mais
favorável para desenvolver e trabalhar os talentos presentes no
quadro laboral, diminuindo a rotatividade de colaboradores.

8
TIPOS DE
AVALIAÇÃO DE
DESEMPENHO
TIPOS DE AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

Existem vários tipos de avaliação de desempenho. Conheça, a


seguir, as principais.

AUTOFEEDBACK

O autofeedback, também conhecido como autoavaliação, é


realizado em duas fases. Na primeira, o colaborador responde
perguntas de um questionário acerca da sua atuação, listando
seus pontos fracos e fortes.

Após isso, esses pontos são discutidos junto ao seu superior para
encontrar caminhos que permitam corrigir o que foi apontado
como negativo e manter/aumentar o que está dando certo.
Esse modelo de avaliação é importante para ampliar a visão
do colaborador acerca da sua atuação e, com isso, promover o
crescimento de forma contínua.

10
TIPOS DE AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

AVALIAÇÃO 360 GRAUS

Na avaliação 360 graus, se obtém um feedback bastante completo.


Isso ocorre devido a participação de todos os envolvidos no
processo de trabalho no qual um colaborador está inserido.

Gestor, líder, membros da mesma equipe e o colaborador se


reúnem para avaliar os pontos positivos e negativos. Inclusive,
há a possibilidade de usar o feedback de clientes e fornecedores
para trazer uma visão externa sobre a atuação daquele funcionário.

Essa amplitude de visões gera um número grande de feedbacks


diferentes, permitindo assim chegar a um ponto de convergência.

11
TIPOS DE AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

AVALIAÇÃO DOS OBJETIVOS

A avaliação de desempenho com base em metas e objetivos


utiliza o caráter quantitativo para ser realizada. Nela, são
considerados quais foram os resultados alcançados pelo
colaborador no período determinado.

O objetivo é verificar se o avaliado atendeu às expectativas da


empresa e conseguiu realizar as metas definidas. Já que esse
método se baseia em números, é visto como uma avaliação
segura e acertada.

12
TIPOS DE AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

AVALIAÇÃO DO LÍDER

Esse é um modelo que acaba não sendo muito utilizado, mas


que é de suma importância para os resultados da empresa.
Normalmente, as organizações avaliam somente os colaboradores
e não abrem margem para que os líderes sejam avaliados.
Considerando que o líder é o responsável por conduzir a equipe
rumo ao sucesso, o seu desempenho impacta nos resultados
dos demais colaboradores. Sabendo disso, é essencial que ele
também passe pelo crivo da avaliação de desempenho e receba
feedback sobre a sua performance.

Nesse cenário, o feedback é dado pelos colaboradores, superiores


do líder e demais gestores, gerando assim uma visão completa do
seu desempenho. Essa soma de feedbacks trará ao líder dados
concretos para ele entender de que forma a sua equipe o enxerga
e o rumo da sua atuação.

13
TIPOS DE AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

AVALIAÇÃO 3.0

A avaliação 3.0 é uma representante das tendências mais


modernas de recursos humanos, principalmente por estar
interligada com o desenvolvimento tecnológico. Em cenários
como esse, o uso de elementos facilitadores como aplicativos
são uma forma de desburocratizar o processo e, ao mesmo
tempo, torná-lo mais humano e democrático.

Esse modelo de avaliação não se trata de um sistema novo,


ele se caracteriza mesmo como uma reformulação da forma
tradicional de avaliar, transformando o processo em uma tarefa
mais ágil e rápida de ser cumprida.

Sua utilização também serve para que os avaliadores


lembrem de todos os dados que precisam ser coletados,
já que a tecnologia facilita bastante o armazenamento
de informações.

O melhor armazenamento contribui para analisar e ajustar


questões mais pontuais, evitando tornar o processo avaliativo
em algo que tem um longo hiato na sua realização (1 ano de
distância, por exemplo).

14
TIPOS DE AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

Dessa maneira, ganham força os feedbacks frequentes e o


monitoramento que, nesse caso, não funciona como uma
fiscalização, e sim como um acompanhamento do desempenho,
sendo amplamente favorável para todas as partes envolvidas.

A função dos aplicativos nesse momento é reunir e trocar


informações, afinal muitos líderes não se encontram com
frequência e contar com uma ferramenta para facilitar a
comunicação é muito bem-vindo.

Evita-se, com isso, aquela velha máxima de que as informações


não chegaram aos gestores. É claro que a avaliação 3.0 depende
da alimentação correta dos dados, o que se torna bem mais
simples com o uso da tecnologia e da própria desburocratização
do método em si.

15
COMO FAZER UMA
AVALIAÇÃO DE
DESEMPENHO
COMO FAZER UMA AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

Agora que você já sabe o que é avaliação de desempenho


e também os principais tipos utilizados, vamos
apresentar algumas dicas e dados imprescindíveis na
elaboração dessa estratégia. Veja quais são!

17
COMO FAZER UMA AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

DELIMITAÇÃO DE UM PERÍODO

Para que a avaliação de desempenho funcione bem, é preciso


delimitar um período específico de análise que pode ser
mensal, trimestral, semestral e até mesmo anual (sendo esse
o menos indicado).

Porém, mesmo com essas amplas possibilidades, o


recomendado é achar um meio termo, ou seja, um período que
não seja muito curto e também não muito longo. Dessa forma,
se consegue um tempo hábil para o colaborador melhorar o
seu desempenho, se tem uma qualidade de obtenção de dados
maior e a realização dos ajustes necessários pode ser feita de
forma mais estratégica, sem muita demora.

18
COMO FAZER UMA AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

O importante dentro desse período é utilizar os dados para revisar


comportamentos e identificar deficiências. Muitas vezes, as
deficiências ocorrem não por falha no desempenho do colaborador,
mas sim pela forma que os processos são conduzidos, tendo a
estrutura da empresa grande influência sobre isso.

Em um rápido exemplo, foi identificado que um colaborador


leva metade do seu expediente para terminar uma
determinada atividade, visto que a lentidão do processo já é
conhecida e impacta na utilização do tempo.

Então, é preciso considerar essa deficiência na hora de fazer a


avaliação e, a partir disso, ver o que pode ser feito para melhorar
a situação, como reorganização dos processos, adoção de uma
nova estratégia de trabalho, compra de novos equipamentos e
contratação de mais um colaborador para a função.

Todos esses são exemplos de melhorias que podem ser feitas a


partir dos dados obtidos na avaliação de desempenho. A partir
da implementação dessas melhorias, aí se define um novo período
para avaliar o impacto das mudanças e de que forma o colaborador
está lidando com elas.

19
COMO FAZER UMA AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

Além disso, é possível dar pequenos feedbacks diários/


semanais, já que o aconselhamento e o constante
monitoramento dão ao empregado uma noção melhor do seu
desempenho e servem também como reconhecimento pelo
trabalho feito, motivando-o assim para focar ainda mais no
seu engajamento e desenvolvimento dentro da empresa.

20
COMO FAZER UMA AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

CRIAÇÃO DE UM PROGRAMA

É preciso enxergar a avaliação de desempenho como uma


estratégia contínua e não como uma ferramenta de uso
esporádico. Portanto, é necessário criar um programa de
avaliação de desempenho, no qual será possível obter dados
capazes de facilitar e qualificar a tomada de decisão.

A criação do programa permite definir diretrizes melhores,


tanto as mais amplas quanto mais específicas. Esse fator dá
mais objetividade ao processo de avaliação e torna melhor o
fator de comparação entre os colaboradores.

A análise, é preciso lembrar, não serve somente para


avaliar o desempenho laboral, mas também é um ótimo
instrumento para ser usado de base para o aumento
de salários, concessão de bônus, prêmios, entre outros
incentivos financeiros.

Sob esse cerne, fica fácil entender que um programa de


avaliação de desempenho bem construído se destaca por essa
amplitude de propósitos, se tornando um verdadeiro norteador
dos processos organizacionais do dia a dia.

21
COMO FAZER UMA AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

VIÉS COMUNICATIVO

A avaliação de desempenho não pode ser vista apenas


como um instrumento formal, ela deve trazer junto a isso
um viés comunicativo eficiente que permita aproximar
funcionários e gestores.

A divisão do processo em si, especialmente em feedbacks


cotidianos, é uma excelente maneira de exercitar esse maior
poder de comunicação. O acompanhamento de resultados deve
trazer dados relevantes tanto para os avaliadores como para
os avaliados e isso precisa ser conhecido, ao menos em partes,
antes da revelação total do que foi diagnosticado.

22
COMO FAZER UMA AVALIAÇÃO
DE DESEMPENHO

O grande fruto de uma comunicação bem-feita nesse


sentido é o de que todos possam entender quais são
os resultados a serem buscados, como eles podem ser
alcançados e o quanto o alcance deles impacta nos números
gerais da empresa.

Ajuda também a facilitar a identificação de falhas na condução


das operações e deixa uma porta aberta para os avaliados
contatarem os seus gestores sobre problemas que estão
impedindo o progresso. O ganho de qualidade disso será
refletido nas ações cotidianas e no crescimento dos
resultados internos e externos da organização.

23
COMO ESCOLHER O
MODELO IDEAL PARA A
MINHA EMPRESA
COMO ESCOLHER O MODELO
IDEAL PARA A MINHA EMPRESA

Diante de tantos modelos, tendo todos eles suas vantagens e


desvantagens, escolher o melhor para a sua empresa é uma tarefa
difícil. Para isso, é importante analisar alguns critérios como:

• possibilidade de aplicação;

• facilidade de alimentar e analisar os dados;

• número de pessoas envolvidas na realização do processo;

• tecnologia disponível;

• histórico de avaliações da empresa;

• metas e objetivos da avaliação.

25
COMO ESCOLHER O MODELO
IDEAL PARA A MINHA EMPRESA

Avaliar esses critérios torna a escolha bem mais clara. É claro


que o título do tópico sugere que vamos fazer alguma indicação
e realmente faremos. Como o modelo da avaliação 3.0 reúne os
conceitos clássicos e os modernos (inovação, tecnologia etc)
ele acaba se tornando uma excelente opção, até mesmo pela já
explicada facilidade de uso e capacidade de diminuir a distância
entre as partes envolvidas.

O seu surgimento e crescimento fará, naturalmente, que outros


modelos sejam menos utilizados e alguns até deixados de lado.
Por isso, se atrelar ao que há de mais moderno em termos de
avaliação é bastante indicado.

26
CONCLUSÃO
CONCLUSÃO

Além de conhecer a fundo a importância da


avaliação de desempenho, neste guia você pôde
aprender o que deve ser levado em conta na hora
de fazê-la, quais são os principais tipos existentes e
qual deles é o mais indicado para a sua empresa.

Analisando todos esses pontos, vemos que mais


do que fazer a avaliação de desempenho, é preciso
criar uma estratégia que possibilite tirar máximo
proveito dela para que, dessa forma, ela se torne
de fato uma vantagem competitiva.

Tudo que diz respeito a desempenho deve


refletir dentro e fora da empresa, sendo a
qualificação dos processos internos um dos
passos mais importantes para melhorar os
resultados externos.

Com base em tudo isso, a avaliação de desempenho


se apresenta como um poderoso recurso para
toda e qualquer empresa que visa atingir a alta
performance e ter base para mantê-la, bem como
torná-la ainda melhor a cada novo período.

28
A SER é uma empresa que desenvolve há mais de
25 anos softwares especialmente voltados para
Gestão de Desempenho. São soluções inovadoras
para transformar os talentos de nossos clientes em
pessoas vitoriosas.

Com um modelo de negócios único no mercado, a


SER é um parceiro estratégico, tático e operacional
indispensável para você.

Para conhecer os produtos, acesse www.serhcm.com