Vous êtes sur la page 1sur 3

INTRODUÇÃO

A bancada HD 98 é capacitado a realizar ensaios relativos à Mecânica dos


Fluidos, Teorema de Torricelli, Efeito Venturi, Hidrodinâmica, Hidrostática, perda
de carga em condutos fechados também pode ser denominada como sistema de
ensaios em tubulações fechadas, conjunto de ensaios em condutos forçados e
experimento de pressão e vazão.
REFERENCIAL TEÓRICO

O cálculo da perda de carga em tubulações é fundamental para o estudo de uma instalação


hidráulica, seja ela de bombeamento, seja ela por gravidade. Devemos ter em mente, que a
perda de carga, ou seja, a dissipação de energia por unidade de peso acarreta uma diminuição
da pressão estática do escoamento, sendo que esta diminuição pode ser observada pela
representação da Linha de Energia (LE) do escoamento, que é o lugar geométrico que representa
a carga total de cada seção do escoamento. Devemos salientar que o estudo do escoamento de
um fluido real, é até hoje um tanto que empírico, já que nem sempre o cálculo teórico
corresponde aos resultados observados na prática, fato este observado principalmente para
números de Reynolds
MATERIAIS QUE COMPÕE A BANCADA

 7 tubulações para testes de diferentes materiais, dentre eles: cobre, PVC e aço
galvanizado;
 Sistemas de análise de perda de carga localizada, dentre eles: registros de
gaveta, esfera, filtros, rugosidades variadas, curvas de raios curto e longo,
cotovelos e joelhos, expansão e contração súbita, possibilitando escoamentos
alternativos ao longo do sistema;
 Ponto de aquisição de pressão do tipo pneumática ao longo das tubulações
 Manômetro analógico para monitoramente de pressão, com sistema anti-
vibração;
 Tubo de Venturi confeccionado em acrílico;
 Placa de orifício confeccionada em acrílico, contendo duas lâminas em alumínio
de medidas diversas, para diferentes comparativos de resultados;
 02 Pitot com regulagem de altura por sistema fuso-milimétrico do tipo
micrômetro e escala graduada para visualização dos resultados dos diferentes
comparativos de velocidade da água;
 Reservatório para medição volumétrica confeccionado em acrílico com
capacidade volumétrica de 60 litros, possuindo em sua tubulação de descarga
medidor de fluxo digital;
 Cronômetro manual;
 Manômetro diferencial digital, com anemômetro e tubo de Pitot.

TELLES, Pedro Carlos Silva. Tubulações Industriais. 4ª ed. Rio de Janeiro. Livros Técnicos e
Científicos, 1976. 471p

http://www.hidrodidatica.com.br/bancada-de-hidraulica-sistema-ensaio-em-
tubulacoes-fechadas-condutos-forcados-pressao-e-vazao.php