Vous êtes sur la page 1sur 2

ESCOLA DE PRIMEIRO GRAU JESUS CRISTO E O PIBID LETRAS LP/UFBA:PRÁXIS E

TEORIA NO CONTEXTO DA FORMAÇÃO.

Beatriz Souza de Jesus⃰


Elias Lima Dos Santos⃰
João Paulo Alves da Silva Santos⃰
Laina Lisa Pereira da Conceição⃰
Larissa Cardoso Portugal⃰
Larissa Lavínia Diniz Caetano⃰
Lilian Isabel Gomes dos Santos Miranda⃰
Raeli Assunção Domingos⃰
Ronaldo Lira de Albuquerque Júnior⃰
Suiana Julião Santos⃰
Bruna Vasconcelos de Santana1

Resumo

O resumo, ora apresentado, foi organizado pelo grupo de bolsistas ID do subnúcleo de


trabalhos sob a supervisão da professora Bruna Vasconcelos de Santana, da rede
estadual de ensino básico do município de Salvador; vinculado ao subprojeto PIBID/UFBA
Letras LP, sob a coordenação de área da profa. Dra. Lavínia Mattos, e tem como objetivo
geral apresentar as diretrizes político-educacionais, teóricas e pedagógicas que norteiam
as atividades de observação e acompanhamento da rotina docente e das práticas de
ensino da língua portuguesa na comunidade escolar. Atendendo estudantes desde a
educação infantil até o 9º ano, onde grande parte vive em situação de vulnerabilidade
econômica social, a Escola de primeiro grau Jesus Cristo, na qual estamos desenvolvendo
nosso trabalho, está localizada no bairro periférico de Salvador, Pau da Lima. À vista disso,
a escola tem como proposta educar o ser humano de forma integral, com destaque para a
construção do caráter, da cidadania responsável e compreensão dos direitos e deveres
sociais; e fundamento nos princípios de cooperação, respeito, dignidade, prudência e
compromisso, abordagens estas importantes para práticas funcionais de ensino da língua
materna. Nesta fase inicial de nossas atividades de convivência e (re)conhecimento da
rotina escolar e da professora, temos focado em discussões acerca das diretrizes
educacionais da escola, como Projeto Político Pedagógico – PPP, planejamento da III
unidade e o Plano anual da disciplina de LP da unidade escolar, este objetivando o
desenvolvimento dos educandos quanto ao domínio eficiente do discurso nas múltiplas
ocorrências interativas, sobretudo nas esferas públicas de uso da linguagem, em vistas ao
aumento das probabilidades de atuação social dos mesmos no exercício da cidadania e
suas possíveis articulações com os objetivos assumidos pelo subprojeto PIBID Letras.
Alinha-se a esta prática, discussões teóricas sobre perspectivas crítico-funcionais da
linguagem, visando a compreensão de conhecimentos que nos permita refletir sobre as
demandas atuais no ensino da língua portuguesa e seus desdobramentos para práticas
crítico-funcionais de leitura e produção textual, este o objetivo geral do subprojeto PIBID


Bolsistas ID PIBID/CAPES/UFBa Letras LP
1Supervisora bolsista PIBID/CAPES/UFBa Letras LP. Professora da Secretaria de Educação da
Bahia
Letras. Nesta perspectiva, assumimos referenciais teóricos e metodológicos como Bakhtin
(2012), quanto aos gêneros do discurso e as práticas de linguagens intrínsecas de sua
funcionalidade; Fairclough (2001), no que concerne ao discurso como prática social; Freire
(1970) e sua abordagem emancipatória da educação; Kleiman (1995); Rojo (2012); Moura
(2012), para questões acerca dos Letramentos e Multiletramentos, dentre outros autores.
Esta etapa preliminar de formação será essencial para a elaboração e desenvolvimento
das oficinas, pois, nela, buscaremos uma relação de proximidade com os assuntos
relacionados ao cotidiano da unidade escolar e aperfeiçoamento de nossas vivências
enquanto docentes em formação, compreendendo a importância da funcionalidade entre a
teoria e a prática, da necessidade de um trabalho processual em relação às produções
textuais e práticas de leituras, além do reconhecimento de ser a escola um espaço de
respeito e (re) conhecimento de si e do outro. Com isso, visamos enquanto futuros
docentes não só aprimorar nossa prática acadêmica como também contribuir
significativamente para o ensino da língua materna.

Palavras-chave: PIBID/UFBA Letras LP, Leitura e Produção textual, Ensino de Língua


Portuguesa.