Vous êtes sur la page 1sur 3

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef

sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.
Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef
sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade, que a presidente Dilma Roussef


sancionou (Lei nº 12.528) em novembro de 2011 – com iguais objetivos e garantia de acesso às
informações públicas, a Comissão Estadual da Memória e Verdade terá mandato de dois anos,
renovável por mais dois, é composta por nove membros, sendo seis representantes da
sociedade civil e três do governo.