Vous êtes sur la page 1sur 8

FACULDADE DE TEOLOGIA SEPHER ELOAH

Mantido pelo Instituto Sepher Elohim – IBISE


CNPJ 08.681.484/0001-93 - Fone: (61)98158-4396 (91)987698138
Presidente: Rev. Dr. Wagner Alves, DD ThD

CADERNO DE PROVA
Diagnóstico para Fim de Conclusão do Bacharelado Livre em Teologia.

BRASÍLIA-DF
PROVA DE CRISTOLOGIA

PARTINDO DO PRESSUPOSTO QUE O QUE MELHOR O CRISTÃO CONHECE É


A CRISTO E QUE TUDO O QUE PRECISA SER CONHECIDO SOBRE JESUS
ESTÁ CONTIDO NAS PÁGINAS DAS SANTAS ESCRITURAS, PROPOMOS AO
ESTUDANTE ESTAS QUESTÕES. SE VOCÊ CONSEGUIR ACERTAR DE 70%
ACIMA, TERÁ SIDO APROVADO E A MATÉRIA DE CRISTOLOGIA ESTARÁ
COMPLETADA. ESCREVA “V” ENTRE OS PARÊNTESES QUANDO A
AFIRMAÇÃO FOR VERDADEIRA E “F” QUANDO A AFIRMAÇÃO FOR FALSA.

( ) A encarnação teria ocorrido, mesmo que não houvesse pecado.


( ) A expressão “se fez” não tem a força de uma transmutação, mas significa “veio
a ocorrer”.
( ) A finalidade única e precípua da encarnação foi a expiação.
( ) A natureza divina de Jesus tinha onipotência e onisciência, mas não as
manifestava à natureza humana.
( ) Alguns atos de Cristo foram humanos, outros, divinos, e outros, teantrópicos.
( ) Ao tornar-se homem, Jesus deixou de lado sua divindade.
( ) Apesar de não ter pecado, outras fraquezas humanas manifestaram-se em Jesus.
( ) Apesar de ter um corpo físico, Jesus não teve um corpo humano.
( ) As duas naturezas de Cristo mesclaram-se, e delas surgiu uma terceira natureza.
( ) Cristo é de origem sobrenatural, mas não é divino. É apenas um ser diferente
dos demais seres humanos, um privilegiado.
( ) Cristo é o Messias que estava para vir.
( ) Cristo era preexistente como filho de Deus.
( ) Cristo era um simples homem em si mesmo. Não teve existência anterior, mas
teve um nascimento miraculoso, e foi batizado com o Espírito Santo, e tornou-se divino,
devendo ser adorado.
( ) Cristo não tinha um corpo humano e sua morte na cruz foi apenas aparente. É
como se Deus andasse no mundo disfarçado de gente.
( ) Existe uma trindade, constituída de três pessoas exatamente iguais, todas três
possuindo um corpo físico.
( ) Jeová é único e Jesus é Seu filho, gerado de forma sobrenatural. O Espírito
Santo é apenas uma força ativa de Deus.
( ) Jesus apropriou-se da expressão “Eu Sou”, porque ele é Deus.
( ) Jesus é apenas um homem comum, um profeta que veio pregar a verdade de
Deus.
( ) Jesus é o Deus Todo-Poderoso em todos os sentidos. Ele tomou um corpo como
um “tabernáculo” no qual habitou pelo tempo que viveu na terra, logo se descartando de
tal envoltório, voltando à sua luz original.
( ) Jesus é o Redentor de toda a humanidade.
( ) Jesus é o Redentor dos escolhidos de Deus.
( ) Jesus é um ser criado, menor do que Deus e maior do que o homem ( ).
( ) Jesus era impecável, porque não podia ser tentado pela sua própria cobiça.
( ) Jesus foi e continua sendo o supremo sacerdote.
( ) Jesus foi sem pecado, mas não era impecável.
( ) Jesus foi um grande profeta, com profundo conhecimento da ciência do
Altíssimo, a qual usava para a cura das enfermidades, no entanto era simplesmente um
iluminado ou espírito superior.
( ) Jesus foi um profeta, pois foi o revelador de Deus.
( ) Jesus não foi um profeta, pois era Deus.
( ) Jesus possuía alma humana, racional, dotada de intelecto, sensibilidade, vontade
e consciência.
( ) Jesus recebeu adoração de algumas pessoas, porque elas estavam acostumadas a
adorar os profetas.
( ) Jesus recebeu adoração de algumas pessoas, porque elas reconheceram sua
divindade.
( ) Jesus teve uma só natureza e esta era divina. Até seu corpo era divino.
( ) Jesus tinha um caráter messiânico, mas não era o filho de Deus em qualquer
sentido especial.
( ) Jesus tinha uma natureza humana, mas não era humano, pois humanidade
implica em corrupção.
( ) Jesus, como homem possuía conhecimento sobrenatural, mas não era onisciente.
( ) Jesus, como homem, possuía poder miraculoso, mas não era onipotente.
( ) Jesus, mesmo em carne, era onisciente e onipotente.
( ) Jesus, tendo duas naturezas, é duas pessoas distintas.
( ) Na encarnação Jesus tornou-se homem e foi, e continuou a ser, Deus e homem,
em duas naturezas distintas.
( ) Na pessoa teantrópica existe uma comunicação, um compartilhamento e uma
transferência dos atributos de uma natureza para a outra (communicatio idiomatum).
( ) Na pessoa teantrópica existe uma união e comunhão de naturezas (koinonia
idiomatum).
( ) Não existe a união das duas naturezas em uma só pessoa, pois a humanidade de
Jesus impede que Deus se una com ele em carne.
( ) O apóstolo Paulo afirmou que Jesus nasceu de uma virgem.
( ) O nascimento virginal de Cristo foi negado, durante séculos, por muitos
teólogos.
( ) O Pai e o Filho têm uma só substância.
( ) O Senhor teve duas naturezas, uma humana e outra divina, mas é uma só pessoa.
( ) Os atributos divinos foram comunicados à natureza humana, de modo que a
natureza humana de Cristo é todo-poderosa, onisciente e onipresente, tanto o corpo
quanto a alma.
( ) Os quatro evangelhos mencionam o nascimento virginal de Cristo.
( ) Quando João afirma que o Verbo “se fez carne”, isto implica uma transmutação,
ou transubstanciação, do divino em humano.
( ) Somente dois evangelhos mencionam o nascimento virginal de Cristo: Mateus e
Lucas.
( ) O judaísmo da época de Jesus considerava o sofrimento expiatório do Messias
como algo importante e imprescindível.
( ) O judaísmo da época de Jesus considerava o sofrimento expiatório do Messias
como algo herético.
( ) O judaísmo da época de Jesus considerava o sofrimento expiatório do Messias
como algo que poderia ou não ter acontecido.

PROVA DE HISTÓRIA DO CRISTIANISMO

(Responda as questões abaixo e, se possível, acrescente alguma informação e/ou


comentário.)

1. O que foi a Diáspora?

2. Quem foi Nero?

3. Quem foram os Ebionitas?

4. Quem foi Trajano?

5. Quem foram os Visigodos?

6. Quem foi Diocleciano?

7. Quem foi Constantino?

8. O que foi o Édito de Tolerância?

9. O que foi o Gnosticismo?

10. Quem foram os Montanistas?

11. O que foi o Concílio de Nicéia?

12. Quem foram os Muçulmanos?

13. Quem foi Ansgar?

14. O que é Transubstanciação?


15. O que são Indulgências?

16. Quem foi John Wycliff?

17. Quem foi John Huss?

18. Quem foi John Knox?

19. O que foi a Dieta de Worms?

20. Quem foram os Puritanos?

PROVA DE TEOLOGIA DO VELHO TESTAMENTO

PARA ESTA MATÉRIA NÃO FORNECEMOS APOSTILA. PREENCHA OS


PARÊNTESES COM UM “V”, PARA AS AFIRMAÇÕES VERDADEIRAS E “F”,
PARA AS FALSAS.
( ) A revelação da pessoa de Deus no Velho Testamento é obscura em todos os seus
livros.
( ) JEOVÁ é o nome correto de Deus.
( ) É impossível sabermos hoje a pronúncia exata do nome de Deus.
( ) TETRAGRAMATON são letras hebraicas sem pronúncia vocálica que
designam o nome de Deus.
( ) O Velho Testamento anteviu, em vários textos, a obra de Jesus Cristo.
( ) A maioria dos israelitas imaginava que Deus era apenas mais um dentre outros,
assim como Baal era o deus dos moabitas e Dagom o deus dos filisteus.
( ) Não podemos afirmar, com segurança, que algum texto do VT refere-se a Jesus.
( ) A salvação no VT é decorrente simplesmente do cumprimento da Lei.
( ) Apesar de a Lei ser apresentada ao povo, já existia a idéia de que a salvação era
pela graça.
( ) A idéia da ressurreição dos mortos já era bem conhecida em Israel, no VT.
( ) Governo TEOCRÁTICO é aquele em que os sacerdotes do Senhor governam.
( ) Governo TEOCRÁTICO é aquele no qual um rei é colocado no trono por Deus.
( ) Governo TEOCRÁTICO é aquele no qual os profetas dirigem o povo.
( ) Governo TEOCRÁTICO é aquele no qual só Deus governa o povo, através de
algum meio terreno.
( ) Deus escolheu a Israel para ser seu povo escolhido, pelos méritos do povo.
( ) Deus escolheu a Israel, por causa dos seus excelentes guerreiros.
( ) Deus escolheu a Israel pelas promessas feitas a Abraão.
( ) Deus escolheu a Israel por sua própria e soberana vontade.
( ) Deus escolheu a Israel, apesar de haver outros povos maiores e melhores do
que ele, a quem Deus poderia escolher.
( ) Deus escolheu a Israel por causa da fidelidade do povo.
( ) Lendo o VT, descobrimos que Deus “escreve certo por linhas tortas”.
( ) Lendo o VT, descobrimos que aquilo que parecem “linhas tortas”, são
parâmetros corretos.
( ) Deus levantou os juizes por causa da fidelidade do povo.
( ) Deus levantou os juizes por causa da maldade do povo.
( ) Deus levantou os juizes por causa da necessidade do povo.
( ) A obra dos juizes foi a mais perfeita que houve em Israel.
( ) A obra dos juizes foi a mais imperfeita que houve em Israel.
( ) A obra dos juizes foi simplesmente igual às outras que houve em Israel.
( ) Deus instituiu os sacerdotes para que os sacrifícios fossem regulamentados.
( ) Deus instituiu os sacerdotes porque o povo não tinha condições de acesso
direto a Ele.
( ) Os sacrifícios de animais eram uma prática indispensável.
( ) Os sacrifícios de animais não eram parte da vontade perfeita de Deus.
( ) Deus mesmo afirmou que os sacrifícios não eram coisa boa.
( ) A Lei foi dada ao povo porque não aceitaram a orientação direta de Deus.
( ) A Monarquia trouxe grande progresso econômico a Israel.
( ) A Monarquia trouxe grande progresso político a Israel.
( ) A Monarquia trouxe grande progresso moral a Israel.
( ) A Monarquia trouxe grande progresso espiritual a Israel.
( ) A Monarquia trouxe grande desenvolvimento militar a Israel.
( ) A Monarquia foi a perfeita vontade de Deus para o Seu povo.
( ) Deus levantou os profetas por causa da rebeldia do povo.
( ) Profetas são pessoas que simplesmente predizem o futuro.
( ) Profetas são pessoas que falam em lugar de Deus.
( ) As leis de higiene e saúde foi algo que Deus usou para mostrar às nações que
seu povo era santo.
( ) As leis de higiene e saúde dadas por Deus são úteis para qualquer pessoa até
aos dias de hoje.
( ) Deus fez várias alianças com o seu povo escolhido, mas o povo quebrou cada
uma delas.
( ) O templo dos judeus jamais cumpriu sua finalidade.
( ) O templo foi a vontade perfeita de Deus para com o seu povo.
( ) O povo não entendeu o verdadeiro culto a Deus, transferindo-o para as coisas
materiais, dentre as quais o próprio templo.
( ) A causa principal da queda e cativeiro de Israel foi porque Deus não quis
interferir no livre arbítrio do povo.
( ) A causa principal da queda de Israel foi porque o povo persistiu no pecado.
( ) O Ano do Jubileu era o ano de celebrar as colheitas.
( ) O Ano do Jubileu era o ano de libertar os cativos.
( ) O Ano do Jubileu acontecia a casa sete anos.
( ) O Ano do Jubileu era celebrado a cada cinqüenta anos.
( ) Deus escolheu outros povos para cumprir Seus propósitos.
( ) Depois da vinda de Cristo, Deus anulou todas as alianças que tinha com Israel.
( ) Muitos judeus desconfiavam da descrição do Servo Sofredor, em Isaías,
referindo-se ao Messias.

PROVA DE TEOLOGIA PASTORAL

 CITE OS TRÊS PROBLEMAS QUE MAIS ACONTECEM NA VIDA DE UM


MINISTRO.

 MOSTRE COMO UM MINISTRO PODE EVITAR, ESPECIFICAMENTE, CADA


UM DOS PROBLEMAS CITADOS.

 LEIA E COMENTE HEBREUS 5:1-4, EM RELAÇÃO AO MINISTÉRIO.

 LEIA E COMENTE I CORINTIOS 4:1,2, EM RELAÇÃO AO MINISTÉRIO.

 LEIA E COMENTE ROMANOS 10:13-15, EM RELAÇÃO AO MINISTÉRIO.

 ANALISE JOÃO 10:1-14 E DESCUBRA TRÊS CARACTERÍSTICAS DO


SUPREMO PASTOR QUE TAMBÉM PODEM E DEVEM SER APLICADAS A UM
MINISTRO CRISTÃO.

 POR QUE UM MINISTRO É UM PESCADOR?

 POR QUE UM MINISTRO É UM LAVRADOR?

 POR QUE UM MINISTRO É UM DESPENSEIRO?

 POR QUE UM MINISTRO É UM ANJO?


 BASEADO EM SUA OBSERVAÇÃO, CITE OS TRÊS PROBLEMAS QUE
MAIS ACONTECEM NA VIDA DE UM MINISTRO.

 BASEADO(A) EM SUA OBSERVAÇÃO ECLESIÁSTICA, CITE OS TRÊS


PROBLEMAS QUE MAIS ACONTECEM NA VIDA DE UM MINISTRO.

 MOSTRE COMO UM MINISTRO PODE EVITAR, ESPECIFICAMENTE, CADA


UM DOS PROBLEMAS CITADOS.
 LEIA E COMENTE HEBREUS 5:1-4, EM RELAÇÃO AO MINISTÉRIO.

 LEIA E COMENTE I CORINTIOS 4:1,2, EM RELAÇÃO AO MINISTÉRIO.

 LEIA E COMENTE ROMANOS 10:13-15, EM RELAÇÃO AO MINISTÉRIO.

 ANALISE JOÃO 10:1-14 E DESCUBRA TRÊS CARACTERÍSTICAS DO


SUPREMO PASTOR QUE TAMBÉM PODEM E DEVEM SER APLICADAS A UM
MINISTRO CRISTÃO.

BOA PROVA!!!