Vous êtes sur la page 1sur 122

Instruções de instalação

Inversor PowerFlex® série 750

Introdução Ao ler este documento, procure pelo símbolo “ Etapa x ” para orientar você
pelas 5 ETAPAS BÁSICAS necessárias para instalar e realizar a partida
do inversor de frequência variável PowerFlex® série 750. É necessário um
módulo de interface homem-máquina (IHM) para realizar a rotina de
partida descrita neste manual.

As informações fornecidas não substituem o Manual do Usuário e são


destinadas apenas a pessoal qualificado na manutenção do inversor.

Para obter informações detalhadas sobre o inversor PowerFlex série 750,


incluindo programação, considerações sobre aplicações e cuidados
relacionados, consulte as seguintes publicações on-line em:
www.rockwellautomation.com/literature

Materiais de referência
Título Publicação
PowerFlex 750-Series User Manual 750-UM001
Enhanced PowerFlex 7-Class Human Interface Module (HIM) User Manual 20HIM-UM001
PowerFlex 750-Series Safe Torque Off User Manual 750-UM002
Safe Speed Monitor Option Module for PowerFlex 750-Series AC Drives Safety 750-RM001
Reference Manual
PowerFlex 755 Drive Embedded EtherNet/IP Adapter User Manual 750COM-UM001
PowerFlex 750-Series Drive DeviceNet Option Module User Manual 750COM-UM002
PowerFlex 7-Class Network Communication Adapter User Manuals 750COM-UMxxx
Calculadora do resistor de frenagem dinâmica PFLEX-AT001
Wiring and Grounding Guidelines for Pulse Width Modulated (PWM) AC Drives DRIVES-IN001

Para solicitar cópias impressas da documentação técnica, entre em contato com


o distribuidor ou representante de vendas local da Rockwell Automation.

Para localizar o distribuidor local da Rockwell Automation, visite


www.rockwellautomation.com/locations

Suporte técnico para inversores


da Allen-Bradley On-line em a Pelo e-mail a Pelo telefone a
www.ab.com/support/abdrives support@drives.ra.rockwell.com 262-512-8176

Certificação do produto As certificações do produto e declarações de conformidade estão


disponíveis na internet em:
www.rockwellautomation.com/products/certification
2

Instruções de instalação em outros idiomas

English This instruction sheet is available in multiple languages at http://rockwellautomation.com/


literature. Select publication language and type “750-IN001” in the search field.
Deutsch Diese Installationsanleitung ist in mehreren Sprachen unter http://rockwellautomation.com/
literature verfügbar. Wählen Sie Ihre Sprache aus und geben Sie “750-IN001” in das Suchfeld ein.
Français Ces instructions sont disponibles dans différentes langues à l’adresse suivante:
http://rockwellautomation.com/literature. Sélectionner la langue puis taper « 750-IN001 » dans
le champ de recherche.
Italiano La presente scheda d’istruzione è disponibile in varie lingue sul sito
http://rockwellautomation.com/literature. Selezionare la lingua desiderata e digitare
“750-IN001” nel campo di ricerca.
Español Puede encontrar esta hoja de instrucciones en varios idiomas en http://rockwellautomation.com/
literature. Selecione el idioma de publicación y escriba “750-IN001” en el campo de búsqueda.
Português Esta folha de instruções está disponível em várias línguas em http://rockwellautomation.com/
literature. Selecione o idioma da publicação e insira “750-IN001” no campo de pesquisa.
Chinês 从以下网页可以获得本说明书的多种语言的版本 :http://rockwellautomation.com/literature 。
(simplificado) 请选择出版物的语言 , 并在搜索栏输入 “750-IN001 印?
Japonês 本説明書シートの多言語版は Web サイト http://rockwellautomation.com/literature
にて入手できます。出版言語を選択し、検索フィールドに 「750-IN001」とタイプしてくださ
い。

Coreano 㢨 ⮹⥭ ⺴ http://rockwellautomation.com/literature㜄㉐ 㜠⤠ 㛬㛨⦐ ㇠㟝䚔 ㍌㢼㏩⏼␘.


㻐䑄 㛬㛨㝴 㡔䝉㡸 ㉔䈑䚌㐡㐐㝘 "750 - IN001"ᶴㇽ 䙸☐㜄㢼␘.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


3

Sumário

Explicação sobre o código de catálogo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4


Etapa 1 Leia as Precauções gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5
Conformidade CE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .6
Considerações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .6
Etapa 2 Montagem do inversor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .10
Temperaturas e condições em operação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .10
Espaços mínimos de montagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .14
Dimensões. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .14
Içamento do inversor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .32
Acesso aos terminais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .35
Etapa 3 Fiação do inversor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .37
Considerações especiais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .37
Considerações sobre o motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .38
Tolerância de tensão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .39
Recomendações de fiação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .40
Especificações do bloco terminal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .41
Cablagem de alimentação do barramento comum . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .45
Resistência mínima de frenagem dinâmica. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .48
Uso de inversores série 750 com unidade de alimentação regenerativa . . . . . .49
Fiação de alimentação e aterramento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .49
Classificação do inversor, fusível e disjuntor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .50
Configuração do jumper de alimentação do inversor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .53
Etapa 4 Fiação de E/S . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .58
Acesso à cápsula de controle do inversor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .59
Placa de controle principal PowerFlex 753 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .61
Placa de controle principal PowerFlex 755 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .63
Circuitos de habilitação do hardware. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .64
Circuito de habilitação de segurança. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .65
Instalação do módulo opcional . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .66
Módulo de E/S . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .67
Exemplos de fiação de E/S . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .70
Módulo com opção de desligamento com torque seguro . . . . . . . . . . . . . . . . . .77
Módulo opcional de monitoração de velocidade segura . . . . . . . . . . . . . . . . . . .78
Módulo opcional do encoder incremental simples. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .80
Módulo opcional do encoder incremental dulplo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .82
Módulo opcional de realimentação universal (inversores 755 somente) . . . . . . .84
Módulo opcional com fonte de alimentação auxiliar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .87
Módulo opcional DeviceNet . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .88
Transportadora 20-COMM. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .90
Etapa 5 Lista de verificação na partida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .91
Preparação para a partida inicial do inversor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .91
Menu de partida. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .92
Visão geral da Interface Homem-Máquina (IHM) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .94
Portas e dispositivos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .97
Indicadores de status . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .99
Exibição de códigos de falha e alarme . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .101
Localização de falhas – Descrições de falhas do inversor e alarmes . . . . . . . .101
Remoção manual de falhas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .109
Sintomas comuns e ações corretivas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .109
Lista de parâmetros do inversor (porta 0) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .112

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


4

Explicação sobre o código de catálogo

Posição
1…3 4 5 6 7 8…10 11 12 13 14 15 16 17 18

20F 1 1 N D 248 A A 0 N N N N N
a b c d e f g h

a f1 f2
Inversor Classificação ND Classificação ND
Código Tipo Entrada 400 V, 50 Hz Entrada 480 V, 60 Hz
20F PowerFlex 753 Carcaça Carcaça
20G PowerFlex 755 Código Amps kW Código do gabinete Código Amps Hp Código do gabinete
N F G N F G

b 2P1 2,1 0,75 2P1 2,1 1


3P5 3,5 1,5 3P4 3,4 2
Uso futuro
5P0 5,0 2,2 5P0 5,0 3
8P7 8,7 4 2 2 2 8P0 8,0 5 2 2 2
c 011 11,5 5,5 011 11 7,5
Tipo de entrada 015 15,4 7,5 014 14 10
Código Descrição Carcaças 022 22 11 022 22 15
1 6 pulsos, c/ terminais CC 2…7 030 30 15 027 27 20
Barramento comum CC 037 37 18,5 3 3 3 034 34 25 3 3 3
4 com pré-carga 5…7
043 43 22 040 40 30
A 6 pulsos, c/ terminais CC 6, 7
060 60 30 4 052 52 40 4
Para carcaças 2 a 4, o código 1 também fornece 4 4 4 4
a funcionalidade do barramento comum CC com 072 72 37 065 65 50
5 5
pré-carga. para carcaças 5 e maiores, o código 4 085 85 45 077 77 60
é necessário para o barramento comum CC com 5 5 5 5
pré-carga. 104 104 55 096 96 75
140 140 75 125 125 100
6 6
170 170 90 156 156 125
d 6 6
205 205 110 186 186 150
Gabinete
260 260 132 ‡ 248 248 200 ‡
Código Descrição
302 302 160 302 302 250
F Borda (NEMA/UL Tipo 4X traseiro) § ‡ 7 7
367 367 200 7 361 361 300 7
G IP54, NEMA/UL Tipo 12§
456 456 250 415 415 350
N IP20/IP00, NEMA/UL Tipo Aberto
‡ Para carcaças 6 a 7, um kit de borda instalado ‡ Para carcaças 6 a 7, um kit de borda instalado
‡ Para carcaças 6 a 7, um kit de borda instalado pelo usuário está disponível para converter pelo usuário está disponível para converter
pelo usuário está disponível para converter um inversor com código N que fornece um um inversor com código N que fornece um
um inversor com código N que fornece um NEMA/UL Tipo 4X traseiro. NEMA/UL Tipo 4X traseiro.
NEMA/UL Tipo 4X traseiro.
§ Carcaças 2 a 5 somente.
As carcaças 2 a 5 são IP20, as carcaças 6 a
g
7 são IP00. Filtro e configuração da tampa CM
Conexão da tampa
Código Filtro
CM padrão
e A Sim Jumper removido
Tensão nominal
J Sim Jumper instalado
Código Tensão
Em todos os casos, os jumpers estão
C 400 Vca incluídos para reconfiguração em campo
D 480 Vca como desejado.

h
Frenagem dinâmica
Resistor interno Transistor interno
Código

A Não Sim
B Sim Sim
N Não Não
Carcaça 2 somente.
Padrão nas carcaças 2 a 5, opcional nas
carcaças 6 a 7.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


5

Etapa 1 Leia as Precauções gerais

Pessoal qualificado
ATENÇÃO: Apenas o pessoal qualificado e familiarizado com inversores de freqüência ajustável e máquinas
associadas devem planejar ou implementar a instalação, a partida e a manutenção subsequente do sistema.
! A não observância dessas instruções poderá resultar em ferimentos pessoais e/ou danos ao equipamento.

Segurança pessoal
ATENÇÃO: Para evitar perigos de choque elétrico, verifique se a tensão nos capacitores de barramento foi
completamente descarregada antes da manutenção. Verifique a tensão do barramento CC no borne de
! alimentação medindo entre os terminais +CC e –CC (consulte a página 44 para obter a localização), entre o
terminal +CC e o rack e entre o terminal –CC e o rack. A tensão deve ser zero para todas as três medições.
ATENÇÃO: Há perigo de ferimentos pessoais ou danos ao equipamento quando forem usadas fontes de
entrada bipolar. Circuitos de entrada sensíveis a ruído e desvio podem provocar alterações imprevisíveis na
! velocidade e no sentido de rotação do motor. Use os parâmetros de comando de velocidade para ajudar a
reduzir a sensibilidade da fonte de entrada.
ATENÇÃO: Há risco de ferimentos ou danos ao equipamento. Produtos host com DPI ou SCANport não
devem ser interconectados diretamente com cabos 1202. Poderá ocorrer um comportamento imprevisível se
! dois ou mais dispositivos forem interligados desta maneira.
ATENÇÃO: Os circuitos de controle de partida/parada/habilitação incluem componentes de estado sólido.
Se houver perigos decorrentes do contato acidental com máquinas em movimento ou fluxo indesejado de
! líquidos, gases ou sólidos, um circuito de parada adicional conectado com fio poderá ser necessário para
remover a linha CA do inversor. Um método de frenagem auxiliar poderá ser necessário.
ATENÇÃO: Há o risco de ferimentos pessoais ou danos ao equipamento devido à operação inesperada da
máquina se o inversor estiver configurado para emitir um comando de partida ou operação automaticamente.
! Não use essas funções sem considerar os códigos, normas ou regulamentações internacionais, nacionais e
locais aplicáveis ou orientações industriais.

Segurança do produto
ATENÇÃO: Um inversor aplicado ou instalado incorretamente poderá provocar danos a componentes ou
redução na vida útil do produto. Erros de fiação ou aplicação como subdimensionamento do motor, fonte CA
! incorreta ou inadequada ou temperaturas excessivas ao redor do equipamento podem resultar em defeito de
funcionamento do sistema.
ATENÇÃO: Este inversor contém peças e conjuntos sensíveis a ESD (descarga eletrostática). São
necessárias precauções de controle de eletricidade estática ao instalar, testar, manter ou reparar este conjunto.
! Poderão ocorrer danos aos componentes se não forem obedecidos os procedimentos de controle de descarga
eletrostática. Se você não estiver familiarizado com os procedimentos de controle de descarga eletrostática,
consulte Proteção contra danos eletrostáticos, publicação 8000-4.5.2 ou outro manual aplicável de proteção
contra descarga eletrostática.
ATENÇÃO: Configurar uma entrada analógica para operação de 0 a 20 mA e acioná-la por uma fonte de
tensão pode danificar os componentes. Verifique se a configuração está correta antes de aplicar sinais de
! entrada.
ATENÇÃO: Um contator ou outro dispositivo que rotineiramente desconecta e reaplica a linha CA ao
inversor para dar partida e parar o motor pode causar danos do hardware do inversor. O inversor foi projetado
! para utilizar sinais de entrada de controle que darão partida ou pararão o motor. Se for usado um dispositivo de
entrada, a operação não deverá exceder um ciclo por minuto, caso contrário, ocorrerão danos ao inversor.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


6

Produto com LED classe 1


ATENÇÃO: Há o risco de danos permanentes nos olhos quando usar um equipamento de transmissão óptica.
Este produto emite luz intensa e radiação invisível. Não olhe pelas portas do módulo nem dos conectores dos
! cabos de fibra óptica.

Conformidade CE

A conformidade com a Diretriz de baixa tensão e a Diretriz de


compatibilidade eletromagnética foi demonstrada utilizando os padrões da
Norma Européia (EN) harmonizada, publicada no Jornal Oficial das
Comunidades Européias. Os inversores PowerFlex série 750 estão em
conformidade com as normas listadas abaixo quando instalados de acordo
com as instruções de instalação do inversor CA PowerFlex da série 750 e
com o manual do usuário do inversor CA PowerFlex da série 750.

As declarações de conformidade com a norma CE estão disponíveis on-line


no endereço:
www.rockwellautomation.com/products/certification/

Diretriz de baixa tensão (2006/95/EC)


• EN 61800-5-1 Sistemas de acionamento de energia elétrica com
velocidade variável – Parte 5-1: Exigências de segurança – elétrica,
térmica e de energia.

Diretriz EMC (2004/108/EC)


• EN 61800-3 Sistemas de acionamento de energia elétrica com
velocidade variável – Parte 3: A norma de EMC do produto que inclui
métodos de teste específicos.

Considerações gerais
• Para conformidade CE, os inversores devem satisfazer as especificações
de instalação relacionadas às normas EN 61800-5-1 e EN 61800-3
fornecidas neste documento.
• Os inversores PowerFlex série 750 obedecem às exigências EMC da
norma EN 61800-3 quando instalados de acordo com as boas práticas
EMC e as instruções fornecidas neste documento. Porém, muitos fatores
podem influenciar a conformidade EMC de toda uma máquina ou
instalação, bem como a conformidade do próprio inversor não garante a
conformidade de todas as aplicações.
• Os inversores PowerFlex série 750 não se destinam ao uso em redes
públicas de baixa tensão projetadas para uso doméstico. Sem migração
adicional, é bem provável que haja interferência de frequência de rádio
se forem usados em tais redes. O instalador é responsável por medir os
filtros de linha e os gabinetes complementares para evitar a interferência,
bem como pelas especificações de instalação deste documento.
• As especificações para redução adicional relacionadas aos limites de
emissão de alta frequência são fornecidas na Tabela 1.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


7

• Os inversores PowerFlex série 750 geram emissões de corrente


harmônica no sistema de alimentação CA. Quando operado em uma rede
pública de baixa tensão, é responsabilidade do instalador ou do usuário
assegurar que as exigências aplicáveis do operador da rede de
distribuição sejam atendidas. Pode ser necessário consultar o operador
da rede e a Rockwell Automation.

ATENÇÃO: Os inversores PowerFlex série 750 produzem a


! corrente CC no condutor de aterramento de proteção que pode
reduzir a capacidade dos RCDs (dispositivos de proteção
operados por corrente residual) ou dos RCMs (dispositivos de
monitoração operados por corrente residual) do tipo A ou CA
para proteger os outros equipamentos na instalação.

Especificações de instalação relacionadas à EN 61800-5-1 e a Diretriz de baixa


tensão
• Os inversores PowerFlex série 750 de classe 600 V e 690 V são
projetados para estar em conformidade CE somente se NÃO estiverem
conectados aos sistemas de alimentação “com aterramento parcial” em
que uma das três fases do sistema de alimentação foi aterrada.
• Os inversores PowerFlex série 750 com classes até 480 V estão em
conformidade com a diretriz CE LV quando usados em um sistema de
alimentação “com aterramento parcial”, bem como todos os outros
sistemas de alimentação comuns para altitudes de até 2.000 m
(6.562 pés) inclusive.
• Quando usados em altitudes acima de 2.000 m (6.562 pés) até 4.865 m
(15.961 pés) no máximo, os inversores PowerFlex série 750 classificados
para tensão de até 480 V podem não ser energizados pelo sistema de
alimentação “com aterramento parcial” para manter a conformidade com
a diretriz CE LV.
• Os inversores fornecidos no gabinete IP54, NEMA/UL tipo 12 estão em
conformidade com a diretriz CE LV quando instalados em ambientes
com grau de poluição 1 a 4. Todos os outros tipos de gabinetes devem ser
instalados em ambientes com grau de poluição 1 ou 2 para estar em
conformidade com a diretriz CE LV. As características das classificações
do grau de poluição são fornecidas na Tabela 6 na página 12.
• Os inversores montados em borda e tipo aberto NEMA/UL devem ser
instalados em um gabinete complementar ou equipado com um “kit
NEMA tipo 1” para estar em conformidade CE em relação à proteção
contra choque elétrico.
• Os inversores PowerFlex série 750 produzem corrente de fuga no
condutor de aterramento de proteção que excede 3,5 mA CA e/ou
10 mA CC. O tamanho mínimo do condutor de aterramento de proteção
usado na aplicação deve estar de acordo com as regulamentações de
segurança do local para equipamentos de corrente com condutor de
aterramento com alto grau de proteção.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


8

Especificações de instalação relacionadas à norma EN 61800-3 e à diretriz EMC


• O inversor deve ser aterrado conforme descrito no manual do usuário
PowerFlex série 750, publicação 750-UM001.
• A fiação da potência de saída para o motor deve usar cabos blindados
trançados que forneçam cobertura de 75% ou mais, ou os cabos devem
estar alojados em eletrodutos de metal ou, ainda, deve ser fornecida
blindagem equivalente. A blindagem contínua deve ser fornecida a partir
do gabinete do inversor para o gabinete do motor. Ambas as
extremidades da blindagem do cabo do motor (ou eletroduto) devem
terminar com uma conexão à terra de baixa impedância. Na extremidade
do inversor do cabo do motor
a. A blindagem do cabo deve estar grampeada a uma “placa EMC”
instalada corretamente para o inversor. Número do kit
20-750-EMC1-Fx.
ou

b. A blindagem do cabo ou eletroduto deve terminar em um conector


blindado usado juntamente com uma placa de eletroduto ou uma
caixa de eletrodutos instalada corretamente e fornecida no “kit
NEMA tipo 1” para o inversor. Cód. cat. do kit 20-750-NEMA1-Fx.
• Na extremidade do motor, a blindagem do cabo do motor ou o eletroduto
deve terminar em um conector blindado que deve estar devidamente
instalado em uma caixa de fiação do motor aterrado e conectada ao
motor. A cobertura da caixa de fiação do motor deve estar instalada e
aterrada.
• Toda a fiação de E/S de controle e sinal do inversor deve usar cabos
blindados trançados que forneçam cobertura de 75% ou mais ou os cabos
devem estar alojados em eletrodutos de metal ou deve ser fornecida
blindagem equivalente. Quando for usado o cabo blindado, somente a
extremidade do cabo blindado com o inversor deve terminar com uma
conexão aterrada de baixa impedância. A blindagem do cabo deve
terminar com um conector blindado juntamente com uma placa de
eletroduto ou caixa de eletroduto, a blindagem deve estar grampeada a
uma “placa EMC”.
• O cabeamento do motor deve estar separado da fiação de controle e de
sinal sempre que possível.
• O comprimento máximo do cabo do motor não deve exceder o
comprimento máximo indicado na Tabela 1 para estar em conformidade
com os limites de emissão de radiofrequência para a norma específica e o
ambiente de instalação.
• Os núcleos EMC devem ser aplicados ao cabeamento do motor e à
alimentação de entrada para alguns modelos dos inversores PowerFlex
série 750 conforme indicado na Tabela 1.
• O inversor deve ser energizado por um sistema de alimentação aterrado
como um sistema TN ou TT e os jumpers PE-A e PE-B devem estar
instalados no inversor (consulte Configuração do jumper de alimentação
do inversor que começa na página 53).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


9

Tabela 1 Especificações de instalação e conformidade com emissão RF do


PowerFlex série 750
Norma/Limites
EN61800-3 Cat. C2 EN61800-3 Cat. C3
EN61000-6-4 (I ≤ 100 A)
EN61800-3 Cat. C1 CISPR11 Grupo 1 CISPR11 Grupo 1
EN61000-6-3 Classe A Classe A
Carcaça do inversor CISPR11 Grupo 1 (alimentação de (Alimentação de EN61800-3 Cat. C3
Cód. cat. Classe B entrada ≤ 20 kVA) entrada > 20 kVA) I > 100 A
Carcaça 2 Possível conformidade com Cabo do motor com limite Cabo do motor com limite N/A
20F11xx2P1 a 20F11xx022 a redução complementar de 30 m com núcleo de de 30 m com núcleo de
20G11xx2P1 a 20G11xx022 (Consulte a fábrica) entrada (1) entrada (1)
Carcaça 3 Possível conformidade com Cabo do motor com limite Cabo do motor com limite N/A
20F11xx030 a 20F11xx043 a redução complementar de 30 m com núcleo de de 30 m com núcleo de
20G11xx030 a 20G11xx043 (Consulte a fábrica) entrada (1) entrada (1)
Carcaça 4 Possível conformidade com Cabo do motor com limite Cabo do motor com limite N/A
20F11xx060 a 20F11xx072 a redução complementar de 30 m com núcleos de de 30 m com núcleos de
20G11xx060 a 20G11xx072 (Consulte a fábrica) entrada e saída (1) entrada e saída (1)
Carcaça 5 Possível conformidade com Cabo do motor com limite Cabo do motor com limite Cabo do motor com limite
20F11xx085 a 20F11xx104 a redução complementar de 30 m com núcleos de de 30 m com núcleos de de 30 m com núcleos de
20G11xx085 a 20G11xx104 (Consulte a fábrica) entrada e saída (1) entrada e saída (1) entrada e saída (1)
Carcaça 6 Possível conformidade com Possível conformidade com Cabo do motor com limite Cabo do motor com limite
20F11xx140 a 20F11xx260 a redução complementar a redução complementar de 30 m de 30 m
20G11xx140 a 20G11xx260 (Consulte a fábrica) (Consulte a fábrica)
Carcaça 7 Possível conformidade com Possível conformidade com Cabo do motor com limite Cabo do motor com limite
20F11xx302 a 20F11xx477 a redução complementar a redução complementar de 30 m de 30 m
20G11xx302 a 20G11xx477 (Consulte a fábrica) (Consulte a fábrica)
Limites mais rígidos Limites menos rígidos
(1) Os núcleos EMC com classificação específica são parte dos kits EMC cód. cat. 20-750-EMC1-xx e 20-750-EMC2-xx.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


10

Etapa 2 Montagem do inversor


Importante: Os inversores PowerFlex série 750 com gabinetes IP00, IP20
e NEMA/UL tipo aberto devem ser montados em um local
limpo e seco. Os agentes agressivos como óleo, vapores
corrosivos e detritos abrasivos devem ser mantidos distantes
do gabinete. Esses gabinetes são projetados para uso interno
principalmente para que forneçam um grau de proteção contra
o contato com o equipamento que abriga. Esses gabinetes não
oferecem nenhuma proteção contra contaminantes suspensos
no ar. Consulte a Tabela 6 e a Tabela 7 para uma explicação
sobre as opções do gabinete.

Temperaturas e condições em operação

Os inversores PowerFlex série 750 são projetados para operar nas seguintes
temperatura ambientes sem redução de capacidade.

Tabela 2 Temperatura do ar circundante aceitável


Grau de proteção do gabinete Faixa de temperatura Inversor
IP20, NEMA/UL tipo aberto 0 a 50 °C (32 a 122 °F) Carcaças 2 a 5, todas as
classificações
IP00, NEMA/UL tipo aberto 0 a 50 °C (32 a 122 °F) Carcaças 6 a 7, todas as
classificações
IP20, NEMA/UL tipo 1 0 a 40 °C (32 a 104 °F) Carcaças 2 a 5, todas as
(com proteção contra detritos) classificações
IP20, NEMA/UL tipo 1 0 a 40 °C (32 a 104 °F) Carcaças 6 a 7, todas as
(com registro de detritos) classificações
Instalado em borda –
Frontal
IP20, NEMA/UL tipo aberto 0 a 50 °C (32 a 122 °F) Carcaças 2 a 5, todas as
classificações
IP00, NEMA/UL tipo aberto 0 a 50 °C (32 a 122 °F) Carcaças 6 a 7, todas as
classificações
Traseira/dissipador de calor:
IP66, NEMA/UL tipo 4X 0 a 40 °C (32 a 104 °F) Todas as carcaças, todas
as classificações
Montagem independente/em parede –
IP54, NEMA/UL tipo 12 0 a 40 °C (32 a 104 °F) Todas as carcaças, todas
as classificações

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


11

Tabela 3 Classificações de 400 Volts – Perda de potência


Carcaça (1) ND kW Potência externa Potência interna Potência total
2 0,75 16 55 71
1,5 26 57 83
2,2 39 58 97
4,0 75 64 139
5,5 108 70 178
7,5 161 80 241
11 225 86 311
3 15 300 103 403
18,5 362 115 477
22 505 126 631
4 30 487 130 617
37 615 147 762
5 45 705 162 867
55 928 201 1129
6 75 1239 319 1558
90 1381 300 1681
110 1893 381 2274
132 2449 502 2951
7 160 2566 461 3027
200 3322 586 3908
250 3922 743 4665
(1) Gabinetes com códigos F e N somente.

Tabela 4 Classificações de 480 Volts – Perda de potência


(1)
Carcaça ND HP Potência externa Potência interna Potência total
2 1,0 17 60 77
2,0 27 61 88
3,0 41 63 104
5,0 71 68 139
7,5 108 74 182
10 149 81 230
15 237 91 328
3 20 273 101 374
25 368 115 483
30 503 126 629
4 40 422 125 547
50 559 144 703
5 60 646 158 804
75 855 189 1044
6 100 1109 299 1408
125 1299 294 1593
150 1718 358 2076
200 2384 492 2876
7 250 2704 491 3195
300 3409 606 4015
350 3604 683 4287
(1) Gabinetes com códigos F e N somente.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


12

Tabela 5 Especificações ambientais


Especificação Descrição
Altitude 1.000 m (3.300 pés) no máximo sem redução da capacidade
Temperatura de armazenamento –40 a 70 °C (–40 a 158 °F)
Atmosfera Importante: O inversor não deve ser instalado em uma área em
que o ar do ambiente contenha poeiras, vapores ou gases
voláteis ou corrosivos. Se o inversor não for instalado por um
período, ele deve ser armazenado em uma área em que não seja
exposto a uma atmosfera corrosiva.
Umidade relativa 5 a 95% sem condensação
Choque – em operação Carcaça 2 a 6: 15 g de pico para 11 ms de duração (±1,0 ms)
Carcaça 7: 10 g de pico para 11 ms de duração (±1,0 ms)
Choque – empacotado para envio Carcaça 2: 381 mm (15 pol.) de altura de largada
Carcaça 3 a 4: 330 mm (13 pol.) de altura de largada
Carcaça 5: 305 mm (12 pol.) de altura de largada
Carcaça 6 a 7: Satisfaz o procedimento de teste 2B da
International Safe Transit Association (ISTA)
Vibração – em operação Carcaça 2: 1,000 mm (0,040 pol.) de deslocamento, 2 g pico
Carcaça 3 a 5: 1,000 mm (0,040 pol.) de deslocamento,
1,5 g pico
Carcaça 6 a 7: 1,000 mm (0,040 pol.) de deslocamento, 1 g pico
Vibração – empacotado para
envio
Carga livre senoidal: Carcaça 2 a 5: 20,0 mm (0,8 pol.) pico a pico, 2 a 5,186 Hz;
1,1 g de pico a partir de 5,186 a 20 Hz
Carcaça 6 a 7: Atende as normas de invólucro ISTA 2B
Aleatória garantida: Carcaça 2 a 5: Frequência (Hz) PSD (g2/Hz)
1 0,00005
4 0,01
16 0,01
40 0,001
80 0,001
200 0,00001
Carcaça 6 a 7 Satisfaz o procedimento de teste 2B da
International Safe Transit Association (ISTA)
Grau de poluição do ambiente
circundante (1)
Grau de poluição 1 e 2: Todos os gabinetes aceitáveis.
Grau de poluição 3 e 4: Gabinete que atenda ou exceda IP54, NEMA/UL tipo 12
necessário.
(1) Consulte a Tabela 6 na página 12 para descrições de cada classificação de grau de poluição.

Tabela 6 Classificações de grau de poluição de acordo com EN 61800-5-1


Grau de
poluição Descrição
1 Sem poluição ou somente poluição seca e não condutiva ocorre. A poluição não tem
nenhuma influência.
2 Geralmente, ocorre somente poluição não condutiva. Porém, de vez em quando, uma
condutividade temporária causada por condensação deve ser esperada, quando o
inversor estiver fora de operação.
3 Ocorre poluição condutiva ou não condutiva seca, que se torna condutiva devido à
condensação, que é esperada.
4 A poluição gera condutividade contínua causada, por exemplo, por poeira condutiva,
chuva ou neve.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


13

Tabela 7 Grau de proteção do gabinete do inversor


Tipo de Classificação lateral traseira/dissipador de
gabinete Kit de Classificação da lateral frontal calor
(Cód. cat. acessórios Grau de Grau de
Carcaças posição 6) instalados Tipo de gabinete poluição Tipo de gabinete poluição
2, 3, 4, 5 N Nenhuma IP20 1, 2 IP20 1, 2
NEMA/UL tipo aberto NEMA/UL tipo aberto
NEMA tipo 1 IP20 1, 2 IP20 1, 2
NEMA/UL tipo 1 NEMA/UL tipo 1
Borda IP20 1, 2 IP20 1, 2
NEMA/UL tipo 1 NEMA/UL tipo 1
F Nenhuma IP20 1, 2 IP66 1, 2, 3, 4
NEMA/UL tipo aberto NEMA/UL tipo 4X
G Nenhuma IP54 1, 2, 3, 4 IP54 1, 2, 3, 4
NEMA/UL tipo 12 NEMA/UL tipo 12
6, 7 N Nenhuma IP00 1, 2 IP00 1, 2
NEMA/UL tipo aberto Kit NEMA/UL tipo aberto
NEMA tipo 1 IP20 1, 2 IP20 1, 2
NEMA/UL tipo 1 NEMA/UL tipo 1
NEMA tipo 4X IP00 1, 2 IP66 1, 2, 3, 4
borda NEMA/UL tipo aberto NEMA/UL tipo 4X
G Nenhuma IP54 1, 2, 3, 4 IP54 1, 2, 3, 4
NEMA/UL tipo 12 NEMA/UL tipo 12

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


14

Espaços mínimos de montagem

Especificações de espaço vertical determinadas (indicadas na Figura 1)


devem ser aplicadas de inversor a inversor. Outros objetos podem ocupar
esse espaço; mas a redução do fluxo de ar poderá fazer os circuitos de
proteção acionarem uma falha no inversor. O inversor deve ser montado na
posição vertical conforme mostrado. Além disso, a temperatura do ar na
entrada não deve exceder as especificações do produto.

Figura 1 Espaços mínimos de montagem do gabinete do inversor

76.2 mm (3.0 in.)

76.2 mm (3.0 in.) A circulação de ar através do


inversor não deve ser impedida.

Dimensões

Tabela 8 Referência cruzada de carcaças/classificação


Entrada de 400 Vca Entrada de 480 Vca Dimensões da carcaça
Regime de Regime de Código do gabinete
trabalho Aplicação trabalho Aplicação
Código de normal pesada Código de normal pesada
catálogo Saída kW Saída kW catálogo Saída HP Saída HP N F G
20x a C2P1 0,75 0,75 20x a D2P1 1 1
20x a C3P5 1,5 1,5 20x a D3P4 2 2
20x a C5P0 2,2 2,2 20x a D5P0 3 3
20x a C8P7 4 4 20x a D8P0 5 5 2 2 2
20x a C011 5,5 5,5 20x a D011 7,5 7,5
20x a C015 7,5 5,5 20x a D014 10 7,5
20x a C022 11 7,5 20x a D022 15 10
20x a C030 15 11 20x a D027 20 15
20x a C037 18,5 15 20x a D034 25 20 3 3 3
20x a C043 22 18,5 20x a D040 30 25
20x a C060 30 22 20x a D052 40 30 4
4 4
20x a C072 37 30 20x a D065 50 40
5
20x a C085 45 37 20x a D077 60 50
5 5
20x a C104 55 45 20x a D096 75 60
20x a C140 75 55 20x a D125 100 75
6
20x a C170 90 75 20x a D156 125 100
6
20x a C205 110 90 20x a D186 150 125
20x a C260 132 110 20x a D248 200 150 N/A
20x a C302 160 132 20x a D302 250 200
7
20x a C367 200 160 20x a D361 300 250 7
20x a C456 250 200 20x a D415 350 300

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


15

Figura 2 IP20, NEMA/UL tipo aberto, carcaças 2 a 5 (Carcaça 2 mostrada)


A C
D

6.4 (0.25)

14.3 (0.56)

B
F

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).


Os pesos estão em quilogramas e (libras).

Carcaça A B C D E F Peso kg (lb)


2 134,5 424,2 212,0 100,0 100,0 404,2 7,8
(5,30) (16,70) (8,35) (3,94) (3,94) (15,91) (17,2)
3 190,0 454,0 212,0 158,0 158,0 435,0 11,8
(7,48) (17,87) (8,35) (6,22) (6,22) (17,13) (26,1)
4 222,0 474,0 212,0 194,0 202,0 455,0 13,6
(8,74) (18,66) (8,35) (7,64) (7,95) (17,91) (30,0)
5 270,0 550,0 212,0 238,0 238,0 531,0 20,4
(10,63) (21,65) (8,35) (9,37) (9,37) (20,91) (45,0)

Recomendam-se parafusos de fixação M6 (1/4 pol.).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


16

Figura 3 Kit IP20, NEMA/UL tipo 1, carcaças 2 a 5 (Carcaça 4 mostrada)


A

D C

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).


Carcaça A B C D
2 222,2 (8,75) 497,1 (19,57) 117,7 (4,63) 38,0 (1,50)
3 223,1 (8,78) 530,1 (20,87) 154,7 (6,09) 38,0 (1,50)
4 222,7 (8,77) 564,4 (22,22) 154,7 (6,09) 40,0 (1,57)
5 222,7 (8,77) 665,4 (26,20) 155,0 (6,10) 55,0 (2,17)

Importante: Os kits NEMA tipo 1 (20-750-NEMA-Fx) não mudam as


dimensões de montagem na Figura 2.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


17

Figura 4 Dimensões da vista inferior de NEMA/UL tipo 1, carcaças 2 a 5


89.7 (3.53) 130.0 (5.12)
87.0 (3.43) 125.0 (4.92)
67.5 (2.66) 95.0 (3.74)
48.0 (1.89) 65.0 (2.56)
5x: Ø22.0 5x: Ø22.2
45.3 (1.78) (Ø0.87) 60.0 (2.36)
(Ø0.87)

2x: Ø43.7
2x: Ø29.0 (Ø1.72)
(Ø1.14)
168.7
171.6 (6.64)
(6.76)137.6 156.7
(5.42) 94.6 (6.17)
(3.72) 118.7
(4.67)

Carcaça 2 Carcaça 3

158.8 (6.25) 201.0 (7.91)


144.8 (5.70) 180.0 (7.09)
110.8 (4.36) 135.0 (5.31)
76.8 (3.02) 5x: Ø22.2 90.0 (3.54) 5x: Ø22.2
62.8 (2.47) (Ø0.87) 69.0 (2.72) (Ø0.87)

2x: Ø43.7 2x: Ø50.0


187.0 (Ø1.72) 187.0 (Ø1.97)
(7.36) (7.36)
168.7 173.0
(6.64) (6.81)
118.7 123.0
(4.67) (4.84)

Carcaça 4 Carcaça 5

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


18

Figura 5 Kit de placa EMC, carcaças 2 a 5 (Carcaça 4 mostrada)


A

B
C

E D
F

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Carcaça A B C D E F
2 134,5 (5,30) 485,9 (19,13) 424,2 (16,70) 61,7 (2,43) 43,5 (1,71) 79,5 (3,13)
3 190,0 (7,48) 514,0 (20,24) 454,0 (17,87) 60,0 (2,36) 74,0 (2,91) 116,0 (4,57)
4 222,0 (8,74) 533,7 (21,01) 474,0 (18,66) 59,7 (2,35) 84,0 (3,31) 138,0 (5,43)
5 270,0 (10,63) 609,7 (24,00) 550,0 (21,65) 59,7 (2,35) 77,8 (3,06) 191,8 (7,55)

Importante: Os kits EMC (20-750-EMC-Fx) não mudam as dimensões


de montagem na Figura 2. Consulte PowerFlex 750-Series
EMC Plate and Core(s) Installation Instructions, publicação
750-IN006, para informações detalhadas sobre a instalação
do kit.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


19

Figura 6 IP00, NEMA/UL tipo aberto, carcaças 6 e 7 (Carcaça 6 mostrada)

A C

D 6.4 (0.25)
F

ø14.5 (0.57)
6
ø6.5 (0.26)

14.5 (0.57)

8.5 (0.33)

E G
ø16.0 (0.63)

7
ø8.5 (0.33)

25.0 (0.98)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).


Os pesos estão em quilogramas e (libras).

Peso
Carcaça A B C D E F G kg (lb)
6 308,0 665,5 346,4 283,0 623,0 254,0 609,0 38,6
(12,13) (26,20) (13,64) (11,14) (24,53) (10,00) (23,98) (85,0)
7 430,0 881,5 349,6 380,0 838,0 330,0 825,0 72,6 a 108,9
(16,93) (34,70) (13,76) (14,96) (32,99) (12,99) (32,48) (160,0 a 240,0)

Carcaça 6: Recomendam-se parafusos de fixação M6 (1/4 pol.).


Carcaça 7: Recomendam-se parafusos de fixação M8 (5/16 pol.).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


20

Figura 7 Kit NEMA/UL tipo 1, carcaça 6


308.0 346.7
(12.13) (13.65)

945.1
(37.21)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Importante: O kit NEMA tipo 1 (20-750-NEMA-F6) não muda as


dimensões de montagem na Figura 6.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


21

Figura 8 NEMA/UL tipo 1, carcaça 7


430.0
(16.93)
380.0
(14.96)

1271.0
(50.04)

1221.0
(48.07)

881.8
(34.72)

825.0
(32.48)

8.5 (0.33)

ø16.0 (0.63)

339.2 389.2
(13.35) (15.32)

20.5 389.0 561.0


(0.81) (15.31) (22.08)
430.0
(16.93)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


22

Figura 9 Kit IP54, NEMA/UL tipo 12, carcaças 2 a 5 (Carcaça 2 mostrada)


A
D C
6.4 (0.25)

14.3 (0.56)

B
E

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).


Os pesos estão em quilogramas e (libras).

Carcaça A B C D E Peso kg (lb)


2 215,3 (8,48) 543,2 (21,39) 222,2 (8,75) 100,0 (3,94) 528,2 (20,80) 7,8 (17,2)
3 268,0 (10,55) 551,0 (21,69) 220,1 (8,67) 158,0 (6,22) 533,0 (20,98) 11,8 (26,1)
4 300,0 (11,81) 571,0 (22,48) 220,1 (8,67) 194,0 (7,64) 553,0 (21,77) 13,6 (30,0)
5 348,0 (13,70) 647,0 (25,47) 220,1 (8,67) 238,0 (9,37) 629,0 (24,76) 20,4 (45,0)

Recomendam-se parafusos de fixação M6 (1/4 pol.).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


23

Figura 10 Dimensões da vista inferior de IP54, NEMA/UL tipo 12, carcaças 2 a 5


88.1 (3.47) 135.8 (5.35)
85.7 (3.37) 123.3 (4.85)
65.1 (2.56) 92.8 (3.65)
44.5 (1.75) 62.3 (2.45) 3x: Ø22.2
2x: Ø22.0
42.1 (1.66) (Ø0.87) 49.8 (1.96) (Ø0.87)

2x: Ø43.7
(Ø1.72)
3x: Ø29.0
(Ø1.14)

179.4 183.5
(7.06)146.4 (7.22)
(5.76)109.4 136.5
(5.37)
(4.31)

Carcaça 2 Carcaça 3

165.8 (6.53) 212.8 (8.38)


140.8 (5.54) 172.8 (6.80)
108.8 (4.28) 132.8 (5.23)
76.8 (3.02) 3x: Ø22.2 92.8 (3.65) 3x: Ø22.2
51.8 (2.04) (Ø0.87) 52.8 (2.08) (Ø0.87)

2x: Ø43.7 2x: Ø50.0


(Ø1.72) (Ø1.97)

182.0 181.9
(7.17) (7.16)
136.5 141.9
(5.37) (5.59)

Carcaça 4 Carcaça 5

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


24

Figura 11 IP54, NEMA/UL Tipo 12, Carcaça 6


609.4
(23.99)
558.8 464.7
(22.00) (18.30)

1298.3
(51.11)

1238.3
(48.75)

10.5 (0.41)

ø22.0 (0.87)

1058.1
(41.66)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


25

Figura 12 IP54, NEMA/UL Tipo 12, Carcaça 7


609.6
(24.00)
558.8 464.8
(22.00) (18.30)

1614.0
(63.54)

1543.1
(60.75)

10.5 (0.41)

ø22.0 (0.87)

1058.4
(41.67)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


26

Figura 13 Carcaça 2 instalada em borda


206.2 212.0
(8.12) (8.35)

481.8
(18.97)

188.3 (7.41)
169.2 (6.66)
14x: Ø3.50
94.2 (3.71) (Ø0.138)
19.2 (0.76)

63.7
(2.51)
460.6
(18.13) 399.60 +1.80/-0.00
(15.7 +0.1/-0.0)
395.3
(15.56)

285.3
(11.23)
175.3
(6.90)

65.3
(2.57) 128.00 +1.80/-0.00 30.5
(5.0 +0.1/-0.0) (1.20)
30.2
(1.19)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Importante: Deve usar as ferramentas de montagem para atender ao grau


de proteção do gabinete.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


27

Figura 14 Carcaça 3 instalada em borda


260.0 212.0
(10.24) (8.35)

515.0
(20.28)

240.5 (9.47)
208.3 (8.20)
16x: Ø3.50
120.3 (4.74) (Ø0.138)
32.3 (1.27)

84.6
495.5 (3.33)
(19.51)

457.8
(18.02)

352.8 434.00 +1.80/-0.00


(13.89) (17.087 +0.070/-0.000)

247.8
(9.76)
142.8
(5.62) 4x: 5.00R
(0.197R)

37.8
(1.48) 179.00 +1.80/-0.00 30.75
(7.047 +0.070/-0.000) (1.211)
30.75
(1.211)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Importante: Deve usar as ferramentas de montagem para atender ao grau


de proteção do gabinete.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


28

Figura 15 Carcaça 4 instalada em borda


292.0 211.9
(11.50) (8.34)

535.0
(21.06)

272.50 (10.728)
224.25 (8.829)
16x: Ø3.50
136.25 (5.364) (Ø0.138)
48.25 (1.900)

84.5
(3.33)
515.50
(20.295)

477.75
(18.809)
454.00 +1.80/-0.00
367.75 (17.874 +0.070/-0.000)
(14.478)

257.75
(10.148)
147.75
(5.817) 4x: 5.00R
(0.197R)

37.75
(1.486) 211.00 +1.80/-0.00 30.75
(8.307 +0.070/-0.000) (1.211)
30.75
(1.211)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Importante: Deve usar as ferramentas de montagem para atender ao grau


de proteção do gabinete.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


29

Figura 16 Carcaça 5 instalada em borda


340.0 211.9
(13.39) (8.34)

611.0
(24.06)

320.50 (12.618)
280.25 (11.033)
200.25 (7.884)
22x: Ø3.50
120.25 (4.734) (Ø0.138)
40.25 (1.585)

591.50
(23.287)

550.75
(21.683) 84.5
(3.33)

465.75
(18.337)

531.0 +1.8/-0.0
380.75 (20.91 +0.07/-0.00)
(14.990)

295.75
(11.644)

210.75
(8.297)

125.75 4x: 5.00R


(4.951) (0.197R)

40.75
(1.604) 30.25
259.0 +1.8/-0.0 (1.191)
(10.20 +0.07/-0.00)
30.75
(1.211)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).

Importante: Deve usar as ferramentas de montagem para atender ao grau


de proteção do gabinete.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


30

Figura 17 Carcaça 6 instalada em borda


346.4
(13.64)
308.0 208.4
(12.13) (8.20)

665.5
(26.20)

284.0 (11.18)
258.0 (10.16)
225.5 (8.88)
193.0 (7.60)
91.0 (3.58)
58.5 (2.30)
26.0 (1.02) 24x: Ø6.4
(Ø0.25)

624.0
(24.57)

600.0
(23.62)

562.0 138.0
(22.13) (5.43)

462.0 561.0 +2.0/-1.5


(18.19) (22.09 +0.08/-0.06)

362.0
(14.25)

262.0
(10.31)

162.0
(6.38)

62.0
(2.44) 268.0 +2.0/-1.5 31.5
24.0 (10.60 +0.08/-0.06) (1.24)
(0.94) 8.0
(0.30)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).


Importante: Deve usar um kit adaptador de borda (20-750-FLNG4-F6)
para atender o grau de proteção do gabinete.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


31

Figura 18 Carcaça 7 instalada em borda


430.0 208.4
(16.93) (8.20)

875.0
(34.45)

138.0
(5.43)

403.00 (15.87)
352.63 (13.88)
251.88 (9.92) 32x: Ø7.0
(Ø0.28)
151.13 (5.95)
50.38 (1.98)

812.0
(31.97)

784.0
(30.87)

744.8
(29.32)

666.4
(26.24)
768.0
(30.24)
588.0
(23.15)

509.6
(20.06)
431.2
(16.98)
352.8
(13.89)
274.4
(10.80)
196.0
(7.72)
117.6
(4.63)

39.2
(1.54)
28.0 387.0 8.0
(1.10) (15.24) (0.31)
8.0
(0.31)

As dimensões estão em milímetros e (polegadas).


Importante: Deve usar um kit adaptador de borda (20-750-FLNG4-F7)
para atender o grau de proteção do gabinete.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


32

Içamento do inversor

As dimensões e pesos especificados devem ser levados em consideração ao


montar o inversor. Todos os equipamentos e componentes de içamento
(ganchos, argolas, elevadores, lingas, correntes etc.) devem estar
corretamente dimensionados e classificados para levantar o inversor e
aguentar o peso com segurança durante a montagem.

ATENÇÃO: Para proteger-se de possíveis ferimentos pessoais


! e/ou danos ao equipamento a
• Inspecione todo o hardware de içamento para conexão
adequada antes de levantar o inversor.
• Não permita que nenhuma parte do inversor ou mecanismo de
içamento entre em contato com os componentes ou
condutores eletricamente carregados.
• Não sujeite o inversor a altas taxas de aceleração ou
desaceleração durante o transporte para o local de montagem
ou quando for levantado.
• Não deixe que as pessoas, ou seus membros, fiquem
diretamente embaixo do inversor quando ele estiver sendo
levantado e montado.

Figura 19 Carcaça 6 tipo aberto e instalada em borda: Peso 38,6 kg (85,0 lb)

<45°
>1/2 A

Figura 20 Carcaça 7 tipo aberto e instalada em borda:


Peso 72,6 a 108,9 kg (160,0 a 240,0 lb)
Carcaça 6 NEMA/UL tipo 4X/12: Weight 90,7 kg (200 lb)
Carcaça 7 NEMA/UL tipo 4X/12: Peso 171 kg (377 lb)

<45°
>1/2 A

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


33

IP00, NEMA/UL tipo aberto


Pontos de içamento da carcaça 6 – 6 locais

Pontos de içamento da carcaça 7 – 8 locais

IP66, NEMA/UL tipo 4X/12 montado em borda


Pontos de içamento da carcaça 6 – 2 locais

Pontos de içamento da carcaça 7 – 4 locais

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


34

IP54, NEMA/UL tipo 12


Pontos de içamento da carcaça 6 e 7 – 4 locais

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


35

Acesso aos terminais

Abertura da tampa

Figura 21 IP20, NEMA/UL tipo aberto, carcaças 2 a 5

Figura 22 IP20, NEMA/UL tipo 12, carcaças 2 a 5

2x:
M4 X 0.7

Quando a tampa é recolocada:

• Torque recomendado (parafusos e porcas) = 0,68 Nm (6,0 lb.pol.)


• Chave de fenda recomendada = 6,4 mm (0,25 pol.) chata ou
T20 hexalobular
• Soquete hex recomendado = 7 mm

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


36

Figura 23 IP00, NEMA/UL tipo aberto, carcaças 6 e 7

90°

Quando a tampa é recolocada:

• Chave de fenda recomendada = 9,5 mm (0,375 pol.) chata


Figura 24 Porta de acesso de IP00, NEMA/UL tipo aberto, carcaças 6 e 7

Quando a porta é recolocada:

• Chave de fenda recomendada = 6,4 mm (0,25 pol.) chata ou


T20 hexalobular

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


37

Etapa 3 Fiação do inversor

ATENÇÃO: As normas e códigos nacionais (NEC, VDE, BSI


! etc.), bem como os códigos locais, resumem as condições para a
instalação segura do equipamento elétrico. A instalação deve estar
em conformidade com as especificações referentes aos tipos de
fios, tamanhos dos condutores, proteção de circuitos de
desconexão e dispositivos de desconexão. A não observância
dessa conformidade pode resultar em ferimentos pessoais e/ou
danos ao equipamento.

Considerações especiais

Os inversores PowerFlex série 750 são adequados para uso em um circuito


capaz de fornecer uma corrente simétrica de até 200,000 rms no máximo,
480 volts com os fusíveis/disjuntores recomendados.

ATENÇÃO: Para proteção contra ferimentos pessoais e/ou


! danos ao equipamento causados por seleção de fusíveis ou
disjuntores incorretos, use somente os fusíveis/disjuntores de
linha especificados em Fusíveis na página 50.

Se um detector de corrente residual (RCD) for usado como um monitor de


falta à terra do sistema, somente dispositivos tipo B (reguláveis) devem ser
usados para evitar desarmes por transientes.

Sistemas de distribuição desbalanceados, não aterrados, de impedância ou


aterrados por fases

Se a fase para a tensão de terra exceder 125% da linha normal até a tensão
da linha ou se o sistema de alimentação não for aterrado, consulte
Orientações de fiação e aterramento para inversores PWM, publicação
DRIVES-IN001.

ATENÇÃO: Os inversores PowerFlex 750 contêm MOVs


! (varistores de óxido metálico) de proteção e capacitores de modo
comum recomendados para o aterramento. Para proteger o
inversor de danos, esses dispositivos devem ser configurados de
acordo com as recomendações na Tabela 21 na página 54.
Consulte as páginas 55 a 57 para locais de jumper.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


38

Condicionamento da alimentação de entrada

Determinados eventos no sistema de alimentação de um inversor podem


provocar danos a componentes ou reduzir a vida útil do produto. Essas
condições são divididas em 2 categorias básicas:

1. Todos os inversores

– O sistema de alimentação tem capacitores de correção do fator de


potência ligados ou não ao sistema, seja pelo usuário ou pela
concessionária de energia.

– A fonte de alimentação tem impulsos intermitentes de tensão


superiores a 6.000 volts. Esses impulsos podem ser provocados por
outros equipamentos na mesma linha ou por eventos como raios.

– A fonte de alimentação tem interrupções frequentes.

2. Inversores de 5 HP ou menos (além do “1” acima)

– O transformador de alimentação mais próximo tem mais de 100 kVA


ou a corrente disponível de curto circuito (falha) é superior a
100.000 A.

– A impedância no lado da entrada do inversor é menor que 0,5%.

Se houver alguma dessas condições, é necessária uma fonte de impedância


normal. A impedância total de entrada é uma função de todos os
transformadores, cabeamentos e reatores (se usados) que fornecem
alimentação ao inversor. A impedância pode ser calculada usando as
informações fornecidas nas Orientações de fiação e aterramento para
inversores PWM, publicação DRIVES-IN001.

Considerações sobre o motor

Devido às características em operação dos inversores de frequência


variável CA, os motores com sistemas de isolamento da classe do
inversor projetados para satisfazer ou exceder as normas NEMA MG1
Parte 31.40.4.2 para resistências a impulsos de 1.600 volts são
recomendados.

As orientações devem ser seguidas quando usar motores com classe sem
inversor para evitar falhas prematuras do motor. Consulte Orientações de
fiação e aterramento para inversores PWM, publicação DRIVES-IN001
para recomendações.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


39

Tolerância de tensão

Faixa de plena Faixa de


Classificação do Tensão nominal Tensão nominal potência do operação do
inversor de linha do motor inversor inversor
380 a 400 380 380 380 a 528 342 a 528
400 400 400 a 528
480 460 460 a 528

Faixa de plena potência do


inversor = Tensão nominal do motor a tensão nominal do inversor +10%.
A corrente nominal está disponível por toda a faixa de plena potência
do inversor
Faixa de operação do
inversor = Tensão nominal do motor mais baixa –10% a tensão nominal do
inversor +10%.
A saída do inversor tem a capacidade linearmente reduzida quando a
tensão real da linha é menor que a tensão nominal do motor
Hp @ Motor (Drive Output)

Derated Power Range


No Drive
Output Full Power Range
Drive Operating Range

Nominal Motor Voltage -10% Drive Rated Voltage


Nominal Motor Voltage Drive Rated Voltage +10%
Actual Line Voltage (Drive Input)

Exemplo:

Calcule a potência máxima de um motor de 5 HP, 460 V conectado a um


inversor classificado 480 V fornecido com uma entrada de tensão real da
linha de 342 V.

• Tensão real da linha/tensão nominal do motor = 74,3%


• 74,3% × 5 HP = 3,7 HP
• 74,3% × 60 Hz = 44,6 Hz

Com tensão real da linha de 342 V, a potência máxima é de 5 HP, o motor de


460 V pode produzir 3,7 HP em 44,6 Hz.
5 Hp
Hp @ Motor (Drive Output)

3.7 Hp

No Drive
Output

342V 480V
460V 528V
Actual Line Voltage (Drive Input)

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


40

Recomendações de fiação

Tipo Tipo(s) de fio Descrição Isolamento mín.


Alimentação Padrão – • Quatro condutores de cobre 600 V,
(1)(2) estanhado com isolamento de 75 °C (167 °F)
polietileno reticulado.
• Combinação de malha de cobre/
blindagem de alumínio e fio dreno
de cobre estanhado.
• Invólucro de PVC.
Sinal E/S analógica padrão – 0,750 mm2 (18 AWG), par trançado, 300 V,
(1) (3) (4) 100% blindado com dreno. 75 a 90 °C
Potenciômetro remoto – 0,750 mm2 (18 AWG), 3 condutores, (167 a 194 °F)
blindado.
E/S de encoder/pulso Combinado 0,196 mm2 (24 AWG)
<30 m (100 pés) Pares blindados individualmente
E/S de encoder/pulso Sinal 0,196 mm2 (24 AWG)
30 a 152 m Pares blindados individualmente
(100 a 500 pés) Alimentação 0,750 mm2 (18 AWG), pares blindados
individualmente
Combinado 0,330 mm2 (18 AWG), alimentação é
0,500 mm2 (20 AWG), pares blindados
individualmente.
E/S de encoder/pulso Sinal 0,196 mm2 (24 AWG)
152 a 259 m Pares blindados individualmente
(500 a 850 pés) Alimentação 0,750 mm2 (18 AWG), pares blindados
individualmente.
Combinado 0,750 mm2 (18 AWG), pares blindados
individualmente.
E/S digital Não blindado – De acordo com NEC dos EUA ou código 300 V,
Entradas de local ou nacional aplicável. 60 °C (140 °F)
segurança Blindado Blindagem do cabo com 0,750 mm2 (18 AWG), 3 condutores,
Entradas normais multicondutores blindado.
(1)(3)(4)

(1) Os fios de controle e sinal devem ser separados dos fios de alimentação em 0,3 m (1 pé), no mínimo.
(2) O uso de fio blindado para a entrada de alimentação CA poderá não ser necessário mas sempre é recomendado.
(3) Se os fios forem curtos e contidos dentro de um painel que não tenha circuitos sensíveis, o uso de fio blindado poderá ser desnecessário, mas sempre é
recomendado.
(4) Os terminais de E/S marcados com “(–)” ou “Common” não são referenciados ao terra real e são previstos para reduzir significativamente a interferência de modo
comum. O aterramento desses terminais pode causar ruído no sinal.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


41

Especificações do bloco terminal

Tabela 9 Bornes de alimentação com carcaças 2 a 5


Faixa de bitola do cabo (1) (2) Comprimento Torque Ferramenta(s)
Carcaça Máximo Mínimo da tira recomendado recomendada(s)
2 4,0 mm2 0,2 mm2 8,0 mm 0,5 Nm Chave de fenda
(10 AWG) (24 AWG) (0,31 pol.) (4,4 lb.pol.) chata nº 1
3 16,0 mm2 0,5 mm2 10,0 mm 1,2 Nm Chave de fenda
(6 AWG) (20 AWG) (0,39 pol.) (10,6 lb.pol.) chata nº 2
4 25,0 mm2 2,5 mm2 10,0 mm 2,7 Nm #2 Pozidrive®
(3 AWG) (14 AWG) (0,39 pol.) (24 lb.pol.) 492-C Phillips®
Chave de fenda
chata 0,25 pol.
5 35,0 mm2 10,0 mm2 12,0 mm 4,0 Nm #2 Pozidrive®
(1 AWG) (8 AWG) (0,5 pol.) (35 lb.pol.) 492-C Phillips®
Chave de fenda
chata 0,25 pol.
(1) Dimensões máxima/mínima dos fios aceitas pelo bloco de terminais – essas não são recomendações.
(2) Os bornes são projetados para aceitar um fio simples.

Tabela 10 Bornes de alimentação com carcaças 6 e 7


Tamanho do
Largura máx. Torque parafuso do Ferramenta
Carcaça do terminal recomendado terminal recomendada
6 34,6 mm 11,3 Nm M8 x 1,25 Soquete hex. de
(1,36 pol.) (100 lb.pol.) 13 mm
7 43,5 mm 11,3 Nm M8 x 1,25 Soquete hex. de
(1,71 pol.) (100 lb.pol.) 13 mm

Tabela 11 Terminal de terra PE com carcaças 2 a 7


Tamanho do
Torque parafuso do Ferramenta
Carcaça recomendado terminal recomendada
2 1,36 Nm M4 7 mm de
(12 lb.pol.) profundidade do
soquete hex.
3 3,4 Nm M6 10 mm de
(30 lb.pol.) profundidade do
soquete hex.
4 3,4 Nm M6 10 mm de
(30 lb.pol.) profundidade do
soquete hex.
5 3,4 Nm M6 10 mm de
(30 lb.pol.) profundidade do
soquete hex.
6 11,3 Nm M8 Soquete hex. de
(100 lb.pol.) 13 mm
7 11,3 Nm M8 Soquete hex. de
(100 lb.pol.) 13 mm

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


42

Figura 25 Local do borne típico e pontos de terminação

➌ ➌

➊ ➋ ➊
Carcaça 2 ➋
Carcaça 3

➌ ➊

➋ ➊
Carcaça 4


Carcaça 5

Tabela 12 Carcaças 2 a 5
Nº Nome Descrição
➊ Borne de alimentação R/L1, S/L2, T/L3, BR1, BR2, +CC, –CC, U/T1, V/T2, W/T3
➋ Terminais de terra PE Ponto de terminação do aterramento do rack para a linha CA
de entrada e blindagens do motor.
➌ PE-A e PE-B Parafusos dos jumpers MOV e CMC
➍ Caixa de eletroduto NEMA/UL Ponto de terminação de aterramento do rack para linha AC
tipo 1 opcional de entrada, blindagens do motor e dos cabos de controle.
➎ Placa EMC opcional Ponto de terminação de aterramento do rack para linha AC
de entrada, blindagens do motor e dos cabos de controle.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


43

Figura 26 Local do borne típico e pontos de terminação (continuação)



➊ ➋
Carcaça 6



Carcaça 7

Tabela 13 Carcaças 6 a 7
Nº Nome Descrição
➊ Bornes de alimentação R/L1, S/L2, T/L3, U/T1, V/T2, W/T3
➋ Terminais de terra PE Ponto de terminação do aterramento do rack para a linha CA
de entrada e blindagem do motor.
➌ Terminais de freio e +CC, –CC, BR1, BR2
barramento CC
➍ PE-A e PE-B Fios dos jumpers MOV e CMC
➎ CC+ e CC– Pontos de teste de tensão do barramento

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


44

Bornes de alimentação
Carcaça Bornes de alimentação
2

L1 L2 L3 BR BR + - T1 T2 T3
R S T 1 2 DC DC U V W
3

L1 L2 L3 BR BR + - T1 T2 T3
R S T 1 2 DC DC U V W
4

6 (1)

7 (1)

(1) Os terminais do barramento CC são opcionais nos inversores com carcaça 6 e 7: posição 5 do código de
catálogo 5.
Os terminais do resistor de frenagem dinâmica são opcionais nos inversores com carcaça 6 e 7: posição 12
do código de catálogo.
Consulte a explicação sobre o código de catálogo na página 4.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


45

Designações do borne de alimentação


Terminal Descrição Observações
+DC Barramento de CC (+) Alimentação de entrada CC ou chopper de frenagem
dinâmica
–DC Barramento de CC (–) Alimentação de entrada CC ou chopper de frenagem
dinâmica
BR1 Freio CC (+) Conexão do resistor de frenagem dinâmica (+)
BR2 Freio CC (–) Conexão do resistor de frenagem dinâmica (–)
U U (T1) Conexões do motor (1)
V V (T2)
W W (T3)
R R (L1) Alimentação de entrada da linha CA
S S (L2)
T T (L3)
PE/ Aterramento de PE Ponto de terminação do aterramento do rack para a linha
CA de entrada e blindagem do motor.
(1) Importante: São recomendados os motores com sistemas de isolamento de grade do inversor NEMA MG1
parte 31.40.4.2. Se você pretende conectar um motor que não tem grade do inversor classificada, consulte
Orientações de fiação e aterramento para inversores PWM, publicação DRIVES-IN001 para recomendações.

Cablagem de alimentação do barramento comum


Figura 27 Local do borne do barramento comum e pontos de terminação

➋ ➋


Carcaça 5
Tabela 14 Barramento comum da carcaça 5
Nº Nome Descrição
➊ Conexões do borne de +DC, –DC, U/T1, V/T2, W/T3
alimentação
➋ Terminais de terra PE Ponto de terminação do aterramento do rack para a linha
CC de entrada e blindagens do motor.
➌ PE-B Parafuso do jumper CMC
➍ Caixa de eletroduto NEMA/UL Ponto de terminação de aterramento do rack para linha AC
tipo 1 opcional de entrada, blindagens do motor e dos cabos de controle.
➎ Placa EMC opcional Ponto de terminação de aterramento do rack para linha AC
de entrada, blindagens do motor e dos cabos de controle.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


46

Figura 28 Local do borne do barramento comum e pontos de terminação


(continuação)


Carcaça 6


➋ ➌
Carcaça 7

Tabela 15 Barramento comum das carcaças 6 a 7


Nº Nome Descrição
➊ Bornes de alimentação +DC, –DC, U/T1, V/T2, W/T3
➋ Terminais de terra PE Ponto de terminação do aterramento do rack para a linha
CC de entrada e blindagem do motor.
➌ Terminais de freio e +CC, –CC, BR1, BR2
barramento CC
➍ PE-B Fio do jumper CMC
➎ CC+ e CC– Pontos de teste de tensão do barramento

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


47

Bornes de alimentação do barramento comum


Carcaça Bornes de alimentação
5

6 (1)

7 (1)

(1) Os terminais do resistor de frenagem dinâmica são opcionais nos inversores com carcaça 6 e 7: posição 12
do código de catálogo.
Consulte a explicação sobre o código de catálogo na página 4.

Terminal Descrição Observações


+DC Barramento de CC (+) Alimentação de entrada CC
–DC Barramento de CC (–) Alimentação de entrada CC
BR1 Freio CC (+) Conexão do resistor de frenagem dinâmica (+)
BR2 Freio CC (–) Conexão do resistor de frenagem dinâmica (–)
U U (T1) Conexões do motor (1)
V V (T2)
W W (T3)
PE/ Aterramento de PE Ponto de terminação do aterramento do rack para a linha
CC de entrada e blindagem do motor.
(1) Importante: São recomendados os motores com sistemas de isolamento de grade do inversor NEMA MG1
parte 31.40.4.2. Se você pretende conectar um motor que não tem grade do inversor classificada, consulte
Orientações de fiação e aterramento para inversores PWM, publicação DRIVES-IN001 para recomendações.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


48

Resistência mínima de frenagem dinâmica

Tabela 16 Classificações de 400 Volts – Resistência mínima


Carcaça ND kW Resistência mínima Corrente DB máxima
2 0,75 31,6 25
1,5 31,6 25
2,2 31,6 25
4,0 31,6 25
5,5 31,6 25
7,5 31,6 25
11 22,6 34,9
3 15 31,6 25
18,5 31,6 25
22 16,6 47,6
4 30 15,8 50
37 15,8 50
5 37 (IP54, NEMA/UL tipo 12) 7,9 100
45 7,9 100
55 7,9 100
6 55 (IP54, NEMA/UL tipo 12) 3,3 239,4
75 3,3 239,4
90 3,3 239,4
110 3,3 239,4
132 3,3 239,4
7 132 (IP54, NEMA/UL tipo 12) 2,4 329
160 2,4 329
200 2,4 329
250 1,65 478,8

Tabela 17 Classificações de 480 Volts – Resistência mínima


Carcaça ND HP Resistência mínima Corrente DB máxima
2 1,0 31,6 25
2,0 31,6 25
3,0 31,6 25
5,0 31,6 25
7,5 31,6 25
10 31,6 25
15 22,6 34,9
3 20 31,6 25
25 31,6 25
30 16,6 47,6
4 40 15,8 50
50 15,8 50
5 50 (IP54, NEMA/UL tipo 12) 7,9 100
60 7,9 100
75 7,9 100
6 75 (IP54, NEMA/UL tipo 12) 3,3 239,4
100 3,3 239,4
125 3,3 239,4
150 3,3 239,4
200 3,3 239,4
7 200 (IP54, NEMA/UL tipo 12) 2,4 329
250 2,4 329
300 2,4 329
350 1,65 478,8

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


49

Uso de inversores série 750 com unidade de alimentação regenerativa

Se uma unidade regenerativa (ex.: 1336 REGEN) for usada como uma fonte
do barramento ou um freio, os capacitores de modo comum devem estar
desconectados. Consulte a página 53 para informações sobre a remoção de
capacitores de modo comum.

Unidade regenerativa para conexões do inversor


Modo de frenagem regenerativa
Terminais
Carcaça(s) 1336 Regen Inversor PowerFlex série 750
2a7 CC+ e CC– +CC e –CC

Modo de alimentação regenerativa do barramento


Terminais
Carcaça(s) 1336 Regen Inversor PowerFlex série 750
2a7 CC+ e CC– +CC e –CC

Consulte o manual do usuário do pacote de regeneração da linha 1336


REGEN, publicação 1336-REGEN-5.0, para mais informações.

Fiação de alimentação e aterramento

R (L1) U (T1)
S (L2) V (T2)
T (L3) W (T3)

PE

SHLD

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


50

Classificação do inversor, fusível e disjuntor

A Tabela 19 e a Tabela 20 fornecem as classificações do inversor (incluindo


contínua, 1 minuto e 3 segundos) e as informações sobre os disjuntores e
fusíveis de entrada de linha CA recomendados. As dimensões listadas são
as recomendadas com base em 40 °C e a U.S N.E.C. Outros códigos de país,
estado ou região podem exigir classificações diferentes.

Consulte a Tabela 18 que descreve as especificações do dispositivo de


entrada com base nas opções da instalação física.

Tabela 18 Especificações do dispositivo de entrada


Código de
catálogo do Certificação UL não
Carcaças gabinete Tipo de gabinete Tipo de instalação Certificação UL necessária necessária
IP20 Instalado em um painel sem
N
NEMA/UL tipo aberto ventilação. O dissipador de Todos os dispositivos na
calor está dentro ou fora do Tabela 19 são aceitáveis.
F Borda painel.
IP20 Os dispositivos na Tabela 19
N
2, 3, 4, 5 NEMA/UL tipo aberto Instalado fora do painel excluindo os fusíveis com
usando um kit NEMA tipo 1 ou atraso de tempo e o valor
F Borda em um painel ventilado. máximo para fusíveis sem
atraso de tempo. Todos os dispositivos na
IP54 Instalado dentro ou fora de Todos os dispositivos na Tabela 19 são aceitáveis.
G
NEMA/UL tipo 12 qualquer painel. Tabela 19 são aceitáveis.
Instalado em qualquer painel.
O dissipador de calor está
IP00 dentro ou fora do painel. Todos os dispositivos na
N
NEMA/UL tipo aberto Tabela 19 são aceitáveis.
6, 7 Instalado fora do painel
usando um kit NEMA tipo 1.
IP54 Instalado dentro ou fora de Todos os dispositivos na
G
NEMA/UL tipo 12 qualquer painel. Tabela 19 são aceitáveis.

Fusíveis

Para proteção ideal, o fusível do tipo semicondutor é recomendado.

Para fusíveis para fins gerais, consulte os tipos recomendados listados


abaixo.

• IEC – BS88 (Padrão Britânico) Partes 1 e 2 (1), EN60269-1, Partes 1 e 2,


tipo gG ou equivalentes devem ser usadas.
• UL – UL classe CC, T, RK1 ou J devem ser usados.

(1) As designações típicas incluem, mas não podem estar limitadas às seguintes: Partes 1 e 2: AC, AD, BC, BD,
CD, DD ED, EFS, EF, FF, FG, GF, GG, GH.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


Tabela 19 Dispositivos de proteção de entrada 400 Vca
Inversor dimensionado
para regime de trabalho Inversor dimensionado Quantidade Quantidade de Proteção da
normal para aplicação pesada de entrada Dispositivos de proteção de entrada CA entrada entrada CC
Fusível Tama- Prote-
Corrente de Corrente de retardado nho tor do
Classifica- Corrente Código de sobrecarga Código de sobrecarga Entrada CA com elemento Fusível máx. circuito Entrada CC
ção apli- de saída catálogo de saída catálogo de saída contínua duplo ultrarrápido disjun- do Partida de motor 140M com faixa de corrente contínua Fusível

Carcaça (2)
cada (1) contínua (x = F ou G) 60 s 3 s (x = F ou G) 60 s 3 s kVA A Mín. (3) Máx. (4) Mín. (3) Máx. (4) tor (5) motor (6) ajustável (7) (8) kW A ultrarrápido
Entrada de 400 Vca Entrada de 540 Vcc
0,75 kW 2 2,1 20x a C2P1 3,1 3,7 20x a C2P1 3,1 3,7 1,2 1,7 3 6 3 8 15 3 M-C2E-B25 M-D8E-B25 1,1 2,1 JKS-6
1,5 kW 2 3,5 20x a C3P5 5,2 6,3 20x a C3P5 5,2 6,3 1,9 2,8 6 7 6 12 15 7 M-C2E-B40 M-D8E-B40 2,0 3,7 JKS-8
2,2 kW 2 5 20x a C5P0 7,5 9,0 20x a C5P0 7,5 9,0 3,1 4,5 6 10 6 20 20 7 M-C2E-B63 M-D8E-B63 2,9 5,3 JKS-10
4,0 kW 2 8,7 20x a C8P7 13,0 15,6 20x a C8P7 13,0 15,6 5,4 7,8 10 17,5 10 30 30 15 M-C2E-C10 M-D8E-C10 M-F8E-C10 5,0 9,3 HSJ15
5,5 kW 2 11,5 20x a C011 17,2 20,7 20x a C011 17,2 20,7 7,4 10,7 15 25 15 45 45 15 M-C2E-C16 M-D8E-C16 M-F8E-C16 6,8 12,6 HSJ20
7,5 kW 2 15,4 20x a C015 16,9 23,1 20x a C022 24,2 33,0 10,1 14,6 20 30 20 60 60 20 M-C2E-C20 M-D8E-C20 M-F8E-C20 9,2 17,0 HSJ25
11 kW 2 22 20x a C022 24,2 33,0 20x a C030 33,0 45,0 14,6 21,1 30 45 30 80 80 30 M-C2E-C25 M-D8E-C25 M-F8E-C25 13,3 24,6 HSJ40
15 kW 3 30 20x a C030 33,0 45,0 20x a C037 45,0 55,5 19,9 28,7 40 60 40 120 100 50 M-F8E-C32 18,1 33,6 HSJ50
18,5 kW 3 37 20x a C037 40,7 55,5 20x a C043 55,5 66,6 24,5 35,4 45 80 45 125 110 50 M-F8E-C45 22,3 41,4 HSJ70
22 kW 3 43 20x a C043 47,3 64,5 20x a C060 66,0 90,0 28,5 41,2 55 90 55 150 120 60 26,0 48,1 HSJ90
30 kW 4 60 20x a C060 66,0 90,0 20x a C072 90,0 108,0 39,8 57,4 75 125 75 225 180 100 36,2 67,1 HSJ100
37 kW 4 72 20x a C072 79,2 108,0 20x a C085 108,0 129,6 48,9 70,5 90 150 90 275 200 100 44,5 82,4 HSJ125
45 kW 5 85 20x a C085 93,5 127,5 20x a C104 127,5 156,0 57,7 83,3 110 175 110 325 250 150 52,5 97,3 HSJ150
55 kW 5 104 20x a C104 114,4 156,0 20x a C140 156,0 210,0 71,3 102,9 130 225 130 400 300 150 64,9 120,2 HSJ175
75 kW 6 140 20x a C140 154,0 210,0 20x a C170 210,0 255,0 95,0 137,2 175 300 175 550 400 250 86,5 160,3 HSJ250
90 kW 6 170 20x a C170 187,0 255,0 20x a C205 255,0 307,5 115,4 166,5 225 375 225 600 500 250 105,1 194,6 HSJ350
110 kW 6 205 20x a C205 225,5 307,5 20x a C260 307,5 390,0 139,1 200,8 275 450 275 600 600 400 126,7 234,7 HSJ350
132 kW 6 260 20x a C260 286,0 390,0 20x a C302 390,0 468,0 176,5 254,7 325 575 325 750 700 400 160,7 297,7 HSJ400
160 kW 7 302 20x a C302 332,2 453,0 20x a C367 453,0 550,5 205,0 295,9 400 675 400 900 900 600 186,7 345,7 Bussman 170M6608
200 kW 7 367 20x a C367 403,7 550,5 20x a C456 550,5 684,0 249,1 359,5 475 800 475 1000 1100 600 226,9 420,2 Bussman 170M6612
250 kW 7 456 20x a C456 501,6 684,0 309,5 446,7 600 1000 600 1800 1300 600 281,9 522,0 Bussman 170M6613
Observações:
(1) “Classificação aplicada” refere-se ao motor que será conectado ao inversor. Por exemplo, um “inversor C015” pode ser usado no modo Regime de trabalho normal em um motor de 7,5 kW ou no modo Aplicação pesada em
um motor de 5,5 kW. O inversor pode ser programado para ambos os modos. A fiação e os fusíveis podem ser dimensionados com base no modo programado. Para qualquer código de catálogo do inversor fornecido, o
modo Regime de trabalho normal fornece corrente contínua mais alta, mas corrente de sobrecarga menor com em relação ao modo Aplicação pesada. Consulte o parâmetro 306 [Taxa Serviço].
(2) Gabinetes com códigos F e N somente. Consulte a Tabela 8 para tamanhos de carcaças de outros tipos de gabinetes.
(3) O tamanho mínimo do dispositivo de proteção é o dispositivo com a menor classificação que ofereça proteção máxima sem desarmes por transientes.
(4) O tamanho máximo do dispositivo de proteção é o dispositivo com classificação mais elevada que ofereça proteção do inversor. Para o NEC dos EUA, o tamanho mínimo é 125% da corrente à plena carga do motor. As
taxas mostradas são as máximas.
(5) Disjuntor – interruptor de tempo inverso. Para o NEC dos EUA, o tamanho mínimo é 125% da corrente à plena carga do motor. As taxas mostradas são as máximas.
(6) Protetor de circuito do motor recomendada – disjuntor de desarme instantâneo. A configuração do desarme deve ser definida para a corrente de entrada do inversor e deve ser dimensionada para a corrente contínua do
sistema.
(7) O cód. cat. 140M com faixa variável de corrente deve ter o desarme de corrente definido como a faixa mínima na qual o dispositivo não desarme.
(8) Controlador do motor combinado autoprotegido manual (tipo E). Entrada CA 480Y/277V e 600Y/347V.
51

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


Tabela 20 Dispositivos de proteção de entrada 480 Vca 52
Inversor dimensionado
para regime de trabalho Inversor dimensionado Quantidade Quantidade de Proteção da
normal para aplicação pesada de entrada Dispositivos de proteção de entrada CA entrada entrada CC
Corrente de Corrente de Fusível Tama- Prote-
Código de sobrecarga Código de sobrecarga Entrada CA retardado com Fusível nho tor do Entrada CC
Classifica- Corrente catálogo de saída catálogo de saída contínua elemento duplo ultrarrápido máx. circuito contínua
ção apli- de saída disjun- do Partida de motor 140M com faixa de corrente Fusível

Carcaça (2)
cada (1) contínua (x = F ou G) 60 s 3 s (x = F ou G) 60 s 3s kVA A Mín. (3) Máx. (4) Mín. (3) Máx. (4) tor (5) motor (6) ajustável (7) (8) kW A ultrarrápido
Entrada de 480 Vca Entrada de 650 Vcc
1,0 HP 2 2,1 20x a D2P1 3,1 3,7 20x a D2P1 3,1 3,7 1,3 1,6 2 6 2 8 15 3 M-C2E-B25 M-D8E-B25 1,2 1,9 JKS-6
2,0 HP 2 3,4 20x a D3P4 5,1 6,1 20x a D3P4 5,1 6,1 2,2 2,6 4 7 4 12 15 7 M-C2E-B40 M-D8E-B40 1,9 3,0 JKS-6
3,0 HP 2 5 20x a D5P0 7,5 9,0 20x a D5P0 7,5 9,0 3,2 3,9 6 10 6 20 20 7 M-C2E-B63 M-D8E-B63 2,9 4,5 JKS-10
5,0 HP 2 8 20x a D8P0 12,0 14,4 20x a D8P0 12,0 14,4 5,7 6,9 10 17,5 10 30 30 15 M-C2E-C10 M-D8E-C10 M-F8E-C10 5,2 8,1 HSJ15
7,5 HP 2 11 20x a D011 16,5 19,8 20x a D011 16,5 19,8 7,9 9,5 12 20 12 40 40 15 M-C2E-C16 M-D8E-C16 M-F8E-C16 CMN-2500 7,2 11,1 HSJ20
10 HP 2 14 20x a D014 15,4 21,0 20x a D022 24,2 33,0 10,4 12,5 20 30 20 55 50 20 M-C2E-C16 M-D8E-C16 M-F8E-C16 CMN-4000 9,5 14,7 HSJ30
15 HP 2 22 20x a D022 24,2 33,0 20x a D027 33,0 40,5 16,6 19,9 30 50 30 80 80 30 M-C2E-C25 M-D8E-C25 M-F8E-C25 CMN-4000 15,1 23,3 HSJ40
20 HP 3 27 20x a D027 29,7 40,5 20x a D034 40,5 51,0 20,6 24,8 35 60 35 100 100 50 M-F8E-C32 CMN-4000 18,8 28,9 HSJ50
25 HP 3 34 20x a D034 37,4 51,0 20x a D040 51,0 61,2 25,9 31,2 45 75 45 125 100 50 M-F8E-C45 CMN-6300 23,6 36,4 HSJ60
30 HP 3 40 20x a D040 44,0 60,0 20x a D052 60,0 78,0 30,5 36,7 50 90 50 150 120 50 M-F8E-C45 CMN-9000 27,8 42,9 HSJ80
40 HP 4 52 20x a D052 57,2 78,0 20x a D065 78,0 97,5 39,7 47,7 65 110 65 200 150 70 CMN-9000 36,1 55,7 HSJ90
50 HP 4 65 20x a D065 71,5 97,5 20x a D077 97,5 117,0 49,6 59,6 90 125 90 250 175 100 CMN-9000 45,1 69,7 HSJ100
60 HP 5 77 20x a D077 84,7 115,5 20x a D096 115,5 144,0 60,1 72,3 100 170 100 300 225 100 54,7 84,5 HSJ150
75 HP 5 96 20x a D096 105,6 144,0 20x a D125 144,0 187,5 74,9 90,1 125 200 125 375 275 125 68,3 105,3 HSJ175
100 HP 6 125 20x a D125 137,5 187,5 20x a D156 187,5 234,0 97,6 117,4 175 275 175 500 375 250 88,9 137,1 HSJ200
125 HP 6 156 20x a D156 171,6 234,0 20x a D186 234,0 280,8 121,8 146,5 200 350 200 600 450 250 110,9 171,2 HSJ300
150 HP 6 186 20x a D186 204,6 279,0 20x a D248 279,0 372,0 145,2 174,6 250 400 250 600 550 250 132,2 204,1 HSJ400
200 HP 6 248 20x a D248 272,8 372,0 20x a D302 372,0 453,0 193,6 232,8 325 550 325 700 700 400 176,3 272,1 HSJ400
250 HP 7 302 20x a D302 332,2 453,0 20x a D361 453,0 543,6 235,7 283,5 400 675 400 900 900 600 214,7 331,3 Bussman 170M6608
300 HP 7 361 20x a D361 397,1 541,5 20x a D415 541,5 649,8 281,8 338,9 475 800 475 1000 1000 600 256,6 396,1 Bussman 170M6612
350 HP 7 415 20x a D415 456,5 622,5 323,9 389,6 525 900 525 1200 1200 600 295,0 455,3 Bussman 170M6612
Observações:
(1) “Classificação aplicada” refere-se ao motor que será conectado ao inversor. Por exemplo, um “inversor D014” pode ser usado no modo de regime de trabalho normal em um motor de 10 HP ou no modo aplicação pesada
em um motor de 7,5 HP. O inversor pode ser programado para ambos os modos. A fiação e os fusíveis podem ser dimensionados com base no modo programado. Para qualquer código de catálogo do inversor fornecido, o
modo Regime de trabalho normal fornece corrente contínua mais alta, mas corrente de sobrecarga menor com em relação ao modo Aplicação pesada. Consulte o parâmetro 306 [Taxa Serviço].
(2) Gabinetes com códigos F e N somente. Consulte a Tabela 8 para tamanhos de carcaças de outros tipos de gabinetes.
(3) O tamanho mínimo do dispositivo de proteção é o dispositivo com a menor classificação que ofereça proteção máxima sem desarmes por transientes.
(4) O tamanho máximo do dispositivo de proteção é o dispositivo com classificação mais elevada que ofereça proteção do inversor. Para o NEC dos EUA, o tamanho mínimo é 125% da corrente à plena carga do motor. As
taxas mostradas são as máximas.
(5) Disjuntor – interruptor de tempo inverso. Para o NEC dos EUA, o tamanho mínimo é 125% da corrente à plena carga do motor. As taxas mostradas são as máximas.
(6) Protetor de circuito do motor recomendada – disjuntor de desarme instantâneo. A configuração do desarme deve ser definida para a corrente de entrada do inversor e deve ser dimensionada para a corrente contínua do
sistema.
(7) O cód. cat. 140M com faixa variável de corrente deve ter o desarme de corrente definido como a faixa mínima na qual o dispositivo não desarme.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


(8) Controlador do motor combinado autoprotegido manual (tipo E). Entrada CA 480Y/277V e 600Y/347V.
53

Configuração do jumper de alimentação do inversor

Os inversores PowerFlex 750 contêm MOVs (varistores de óxido metálico)


de proteção e capacitores de modo comum recomendados para o
aterramento. Para proteger o inversor de danos e/ou problemas de operação,
esses dispositivos devem estar corretamente configurados de acordo com a
Tabela 21.

Circuitos do capacitor de modo comum e do capacitor MOV, EMI CA

Figura 29 Fase do capacitor MOV e EMI CA para terra


R/L1
S/L2
T/L3
2 3 4 2 3 4

1 1

PE–A

Figura 30 Capacitores de modo comum para terra


DC+

PE–B
DC–

ATENÇÃO: Os jumpers PE-A e PE-B devem ser configurados


! de acordo com as recomendações na Tabela 21.

ATENÇÃO: Para evitar perigos de choque elétrico, verifique se


! a tensão nos capacitores de barramento foi totalmente
descarregada antes de remover/instalar jumpers. Verifique a
tensão do barramento CC no borne de alimentação medindo-a
entre os terminais +CC e –CC (consulte a Figura 25 e a Figura 26
para obter a localização), entre o terminal +CC e o rack e entre o
terminal –CC e o rack. A tensão deve ser zero para todas as três
medições.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


54

Tabela 21 Configurações dos jumper de alimentação recomendados


Tampas do
Tampas do modo Configuração Benefícios da
filtro de comum do padrão configuração correta
Tipo de fonte de entrada/MOV barramento (Posição 11 do tipo de fonte de
alimentação (1) (PE-A) (2) CC (PE-B) do cód. cat.) alimentação
Desconhecida Conectada Desconectada A Consulte abaixo.
• Alimentada CA, Conectada Conectada J Conformidade UL
solidamente aterrada Ruído elétrico reduzido,
• Alimentada CC do Operação mais estável,
retificador passivo Conformidade EMC,
que tem uma fonte Esforço por tensão
CA solidamente reduzido nos
aterrada componentes e mancais
do motor
• Alimentada CA não Desconectada Desconectada N/A Ajuda a evitar graves
aterrada danos ao equipamento
• Impedância aterrada quando ocorrer uma falta
• Alimentada CC por à terra
um conversor ativo
(1) É altamente recomendada para determinar o tipo de fonte de alimentação de forma precisa e configurá-la
corretamente.
(2) Quando os MOVs estão desconectados, o sistema de alimentação deve ter sua própria proteção de transiente
para assegurar as tensões conhecidas e controladas.

Para conectar ou desconectar esses dispositivos, consulte a localização do


jumper mostrada na Figura 32, na Figura 33 e na Figura 34.

Além disso, em um sistema de distribuição aterrado em que as tensões linha


a terra em qualquer fase possa exceder 125% da tensão nominal linha a
linha, deve ser instalado um transformador de isolação. Consulte Wiring
and Grounding Guidelines for Pulse Width Modulated (PWM) AC Drives,
publicação DRIVES-IN001 em www.rockwellautomation.com/literature
para mais informações sobre os sistemas de impedância aterrados e não
aterrados.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


55

Armazenamento e remoção do parafuso do jumper de alimentação

As carcaças 2 a 5 usam parafusos de jumper para completar uma conexão


elétrica quando instaladas. Instale ou remova os parafusos do jumper de
acordo com as recomendações na Tabela 21.

ATENÇÃO: Há o risco de danos ao equipamento se os jumpers


! não forem desconectados corretamente. Para carcaças 2 a 5,
remova completamente o parafuso do jumper da placa de
circuito.

Quando os parafusos do jumper de alimentação não forem usados, eles são


armazenados na parede esquerda do rack interior conforme mostrado.

Figura 31 Local de armazenamento do parafuso do jumper de carcaças 2 a 5 típicas


(carcaça 4 mostrada)

Quando os parafusos estão instalados:

• Torque recomendado = 1,36 Nm (12,0 lb.pol.) +/– 0,14 Nm (1,2 lb.pol.)


• Chave de fenda recomendada = 6,4 mm (0,25 pol.) chata ou
T15 hexalobular
Figura 32 Local de armazenamento do parafuso do jumper de carcaças 2 a 5 típicas
(carcaça 4 mostrada)

Conectada Desconectada

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


56

Armazenamento e remoção do fio do jumper de alimentação

As carcaças 6 a 7 usam fios Instale ou remova os fios do jumper de acordo


com as recomendações na Tabela 21.

ATENÇÃO: Há o risco de danos ao equipamento se os jumpers


! não forem desconectados corretamente. Para carcaças 6 e 7, fixe
o fio do jumper desconectado ao espaçador fornecido.

Figura 33 Locais do fio do jumper da carcaça 6

Conectada Desconectada

Modo Comum

MOV

Quando os fios do jumper estão conectados:

• Torque recomendado (parafusos e porcas) = 1,36 Nm (12,0 lb.pol.)


• Soquete hex recomendado = 7 mm
• Chave de fenda recomendada = T20 hexalobular

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


57

Figura 34 Locais do fio do jumper da carcaça 7


Conectada Desconectada

Modo Comum

MOV

Quando os fios do jumper estão conectados:

• Torque recomendado (parafusos e porcas) = 1,36 Nm (12,0 lb.pol.)


• Soquete hex recomendado = 7 mm
• Chave de fenda recomendada = T20 hexalobular

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


58

Etapa 4 Fiação de E/S


Pontos importantes a serem lembrados sobre a fiação de E/S:
• Sempre use fios de cobre.
• São recomendados fios com isolamento de 600 V ou mais.
• Os fios de controle e sinal devem ser separados dos fios de alimentação
em 0,3 m (1 pé), no mínimo.
• Para manter segurança elétrica a todos os circuitos de baixa tensão
acessíveis pelo usuário (circuitos ELV e PELV), os terminais de E/S
designados para 24 V ou tensão mais baixa não devem ser conectados a
um circuito de tensão mais alta ou a um circuito que não esteja
devidamente isolado de tensões perigosas com isolamento duplo ou
reforçado dentro de outro equipamento conectado ou fiação.
• Deve-se tomar cuidado para fornecer uma referência ao terra comum
para todos os equipamentos adequados ao inversor a fim de fornecer
segurança elétrica aos circuitos de E/S de baixa tensão acessíveis pelo
usuário que são referenciados ao terra (circuitos PELV) e que podem ser
tocados simultaneamente.
Importante: Os terminais de E/S marcados com “(–)” ou “Common” não
são referenciados ao terra real e são previstos para reduzir
significativamente a interferência de modo comum. O
aterramento desses terminais pode causar ruído no sinal.

ATENÇÃO: Há perigo de ferimentos pessoais ou danos ao


! equipamento quando forem usadas fontes de entrada bipolar.
Circuitos de entrada sensíveis a ruído e desvio podem provocar
alterações imprevisíveis na velocidade e no sentido de rotação do
motor. Use os parâmetros de comando de velocidade para ajudar a
reduzir a sensibilidade da fonte de entrada.

Bornes de E/S
Tabela 22 Especificações do borne de E/S
Faixa de bitola do cabo Torque Comprimento
Nome Máximo Mínimo Máximo Recomendado da tira
753 Módulo de controle 2,5 mm2 0,3 mm2 0,25 N•m 0,2 N•m 6 mm
TB2 (14 AWG) (28 AWG) (2,2 lb•in) (1,8 lb•in) (0,24 pol.)
753 Módulo de controle 2,5 mm2 0,3 mm2 0,25 N•m 0,2 N•m 6 mm
TB1 e TB3 (14 AWG) (28 AWG) (2,2 lb•in) (1,8 lb•in) (0,24 pol.)
755 Módulo de controle 2,5 mm2 0,3 mm2 0,25 N•m 0,2 N•m 6 mm
TB1 (14 AWG) (28 AWG) (2,2 lb•in) (1,8 lb•in) (0,24 pol.)
755 Módulo de E/S TB1 2,5 mm2 0,3 mm2 0,25 N•m 0,2 N•m 6 mm
(14 AWG) (28 AWG) (2,2 lb•in) (1,8 lb•in) (0,24 pol.)
755 Módulo de E/S TB2 4,0 mm2 0,25 mm2 0,5 N•m 0,4 N•m 7 mm
(12 AWG) (24 AWG) (4,4 lb•in) (3,5 lb•in) (0,28 pol.)
Desligamento com torque 0,8 mm2 0,3 mm2 N/A 10 mm
seguro (18 AWG) (28 AWG) (0,39 pol.)
Encoder incremental 0,8 mm2 0,3 mm2 N/A 10 mm
simples (18 AWG) (28 AWG) (0,39 pol.)
Monitoração de velocidade 2,5 mm2 0,25 mm2 0,25 N•m 0,2 N•m 6 mm
segura TB1 e TB2 (14 AWG) (24 AWG) (2,2 lb•in) (1,8 lb•in) (0,24 pol.)
Encoder incremental duplo 0,8 mm2 0,3 mm2 N/A 10 mm
(18 AWG) (28 AWG) (0,39 pol.)
Módulo de realimentação 0,8 mm2 0,3 mm2 N/A 10 mm
universal (18 AWG) (28 AWG) (0,39 pol.)
Fonte de alimentação 2,5 mm2 0,3 mm2 0,25 N•m 0,2 N•m 6 mm
auxiliar TB1 (14 AWG) (28 AWG) (2,2 lb•in) (1,8 lb•in) (0,24 pol.)

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


59

Acesso à cápsula de controle do inversor


1. Remova a tampa do inversor

Carcaças 2 a 5

– Aperte as guias de travamento e puxe a parte inferior da tampa.


– Puxe e retire a tampa do rack.

Carcaças 6 a 7

– Solte os parafusos da porta.


– Com cuidado, use a chave para fazer uma alavanca na abertura da
porta para removê-la.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


60

2. Levante o cavalete da interface homem-máquina (IHM) (todas as


carcaças).

– Solte o parafuso de retenção.

– Levante o cavalete até a trava se feche.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


61

Placa de controle principal PowerFlex 753






Tabela 23 Detalhes da placa de controle principal 753


Nº Nome Descrição
➊ Conector da IHM Conexão DPI porta 1 (cavalete da IHM).
➋ Conector do ventilador Fonte de alimentação para ventilador interno (carcaças 2
e 3).
➌ Receptáculo da A bateria de célula tipo moeda de lítio CR1220 instalada
bateria pelo usuário fornece energia ao relógio em tempo real
(opcional, não fornecido).
➍ Jumper de habilitação J1 Jumper que habilita o hardware. Removido quando for
utilizada a configuração de habilitação do hardware.
➎ Jumper de segurança J2 Jumper que habilita a segurança. Removido quando a
opção de segurança está instalada.
➏ Modo de entrada do jumper J4 Jumper do modo de entrada. Selecione o modo de tensão
ou o modo de corrente.
➐ TB1 Borne de E/S.
➑ DPI porta 2 A conexão do cabo para opções de IHM remota e portátil.
➒ TB3 Borne de alimentação da entrada digital.
➓ TB2 Borne de relés.

Tabela 24 Jumper do modo de entrada J4


Posição do jumper Modo de tensão Modo de corrente

31 31
J4 J4
42 42

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


62

Tabela 25 Designações do terminal TB1


Parâm.
relacio-
Terminal Nome Descrição nado
Ao0– Saída analógica 0 (–) Bipolar, ±10 V, 11 bits e sinal, carga
Ao0+ Saída analógica 0 (+) mínima de 2 k ohms.
4 a 20 mA, 11 bits e sinal, carga
Ao0-
máxima de 400 ohms.
Ao0+
10VC 10 VC Ponto comum de Para referências de (+) 10 Volts.
+10V
Ai0-
Ai0+
10 Volts mínima de 2 k ohms.
Ptc-
Ptc+ +10 V Referência de +10 Volts
To0
24VC
+24V
Ai0– Entrada analógica 0 (–) Isolada (1), bipolar, diferencial, ±10 V,
Entrada analógica 0 (+) 11 bits e sinal, impedância de entrada
Di C
Di 1
Di 2
Ai0+
de 88 k ohms.
PTC– PTC do motor (–) Dispositivo de proteção do motor
PTC+ PTC do motor (+) (Coeficiente de temperatura positiva).
T0 Saída do transistor 0 Saída de drenagem aberta, 48 Vcc,
carga máxima de 250 mA.
24 VC Ponto comum de Alimentação de entrada da lógica
24 Volts fornecida pelo inversor.
+24 V +24 Volts CC 150 mA no máximo
Di C Ponto comum da 24 Vcc – Opticamente isolado
entrada digital Nível lógico 0: menos de 5 Vcc
Di 1 Entrada digital 1 Nível lógico 1: maior que 20 Vcc
Di 2 Entrada digital 2
(1) Isolamento diferencial – a fonte externa deve ser mantida abaixo de 160 V com relação ao PE. A entrada
fornece alta imunidade de modo comum.

Observação: Os exemplos de fiação do TB1 da E/S da placa de controle


principal 753 começam em página 70.

Tabela 26 Designações do terminal TB2


E/S fixa Terminal Nome Descrição
R0NC N.F. do relé 0 Contato normalmente fechado do relé de
saída 0.
R0NC

R0C
R0C Ponto comum do relé 0 Ponto comum do relé da saída 0
R0NO R0NO N.A. do relé 0 Contato normalmente aberto do relé de
saída 0.

Tabela 27 Designações do terminal TB3


Bloco de
alimentação Terminal Nome Descrição
Di 0 dc Entrada digital 120 Vca Conexões para a fonte de alimentação CC.
Di 0dc
Di C
Di C Ponto comum da entrada Ponto comum da entrada digital
Di 0ac digital
Di 0 ac Entrada digital 24 Vcc Conexões para a fonte de alimentação CA.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


63

Placa de controle principal PowerFlex 755




Tabela 28 Detalhes da placa de controle


Nº Nome Descrição
➊ Conector da IHM Conexão DPI porta 1 (cavalete da IHM).
➋ Conector do ventilador Fonte de alimentação para ventilador interno (carcaças 2
e 3).
➌ Receptáculo da A bateria de célula tipo moeda de lítio CR1220 instalada
bateria pelo usuário fornece energia ao relógio em tempo real
(opcional, não fornecido).
➍ DPI porta 2 A conexão do cabo para opções de IHM remota e portátil.
➎ Seletores de endereço EtherNet/ Seccionadoras para ajustar o menor octeto de endereço
IP incorporado (1) EtherNet (força o endereço para 192.168.1.xxx). Consulte o
manual do usuário, publicação 750-UM001 para instruções
sobre a configuração do endereço IP.
➏ Conector EtherNet/IP (1) Conexão do cabo de rede
incorporado
➐ Jumper de segurança J2 Jumper que habilita a segurança. Removido quando a
opção de segurança está instalada.
➑ Jumper de habilitação J1 Jumper que habilita o hardware. Removido quando for
utilizada a configuração de habilitação do hardware.
➒ TB1 Borne de E/S.
(1) Consulte PowerFlex 755 Drive Embedded EtherNet/IP Adapter User Manual, publicação 750COM-UM001.

Tabela 29 Designações do terminal de E/S TB1


E/S fixa Terminal Nome Descrição
Di 0 ac Entrada digital 120 Vca Conexões para a fonte de alimentação CA.
Di 0ac
Di C Ponto comum da entrada Ponto comum da entrada digital
Di C digital
Di 0dc
Di 0 dc Entrada digital 24 Vcc Conexões para a fonte de alimentação CC.
+24V

24VC
+24 V Alimentação de +24 Volts Conexões para o inversor com
24 VC Ponto comum de 24 Volts alimentação 24 V.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


64

Circuitos de habilitação do hardware

O módulo de controle principal tem uma entrada digital que pode ser usada
como uma entrada programável para uso geral ou por remoção de um
jumper, configurado como um circuito de habilitação de um hardware
dedicado, que não é afetado pelos ajustes de parâmetros. Para configurar a
entrada como um circuito de habilitação de hardware dedicado, execute as
seguintes etapas.

1. Acesse a cápsula de controle como descrito no início da página 59.

2. Localize e remova o jumper de habilitação J1 na placa de controle


principal (consulte o diagrama).

PowerFlex 753 – Localização do jumper J1

J1

PowerFlex 755 – Localização do jumper J1

J1

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


65

Circuito de habilitação de segurança

O inversor é enviado com o jumper de habilitação de segurança


(J2 SAFETY) instalado. Este jumper deve ser removido quando usar as
opções de desligamento com torque seguro ou monitoração de velocidade
segura.

Importante: Se não remover o jumper o inversor irá falhar quando for


emitido um comando de partida.

PowerFlex 753 – Localização do jumper J2

J2

PowerFlex 755 – Localização do jumper J2

J2

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


66

Instalação do módulo opcional

Os locais de portas compatíveis podem ser restritos para cada


módulo. Um ícone com o(s) número(s) de posição é fornecido para
indicar que as portas do módulo opcional são compatíveis. Por
exemplo, o ícone à direita indica que o módulo opcional é
compatível somente com a porta 4.

ATENÇÃO: Há um risco de danos ao equipamento se um


! módulo opcional for instalado ou removido enquanto o inversor
estiver energizado. Para evitar danificar o inversor, verifique se a
tensão nos capacitores do barramento foi totalmente descarregada
e toda a alimentação de controle foi removida antes de trabalhar
no inversor. Verifique a tensão do barramento CC no borne de
alimentação medindo entre os terminais +CC e –CC (consulte a
Figura 25 e a Figura 26 para obter a localização), entre o terminal
+CC e o rack e entre o terminal –CC e o rack. A tensão deve ser
zero para todas as três medições.

Para instalar um módulo opcional:

1. Pressione firmemente o conector da borda do módulo na porta desejada.

2. Aperte os parafusos de retenção superiores e inferiores.


– Torque recomendado = 0,45 N•m (4,0 lb•in)
– Chave de fenda recomendada = T15 hexalobular

Importante: Não aperte os parafusos de retenção excessivamente.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


67

Módulo de E/S
Tabela 30 Jumpers do modo de entrada
Posição do
jumper Modo de tensão Modo de corrente
20-750-2262C-2R
20-750-2262D-2R
Ai1 Ai1
20-750-2263C-1R2T
Ai0 Ai0

Tabela 31 Designações do terminal TB1


Parâm.
relacio-
Terminal Nome Descrição nado
Sh Blindagem Ponto de terminação para blindagem
Sh do fio quando uma placa EMC ou uma
caixa de eletrodutos não estiver
instalada.
PTC– PTC do motor (–) Dispositivo de proteção do motor 40
PTC+ PTC do motor (+) (coeficiente de temperatura positiva).
Ao0– Saída analógica 0 (–) Bipolar, ±10 V, 11 bits e sinal, carga 75
Sh
Sh
Ao0+ Saída analógica 0 (+) mínima de 2 k ohms.
PTC–
PTC+
Ao0– Ao1– Saída analógica 1 (–) 4 a 20 mA, 11 bits e sinal, carga 85
Ao0+
máxima de 400 ohms.
Ao1–
Ao1+ Ao1+ Saída analógica 1 (+)
–10V
10VC
+10V
–10 V Referência de –10 Volts mínima de 2 k ohms.
Ai0–
Ai0+
Ai1–
10 VC Ponto comum de Para referências de (–) e (+) 10 Volts.
Ai1+
24VC
10 Volts
+24V
DiC
Di0
+10 V Referência de +10 Volts mínima de 2 k ohms.
Di1
Di2 Ai0– Entrada analógica 0 (–) Isolada (2), bipolar, diferencial, ±10 V, 50, 70
Di3
Di4
Di5
Ai0+ Entrada analógica 0 (+) 11 bits e sinal, impedância de entrada
Ai1– Entrada analógica 1 (–) de 88 k ohms. 60, 70
Ai1+ Entrada analógica 1 (+)
24 VC Ponto comum de Alimentação de entrada da lógica
24 Volts fornecida pelo inversor.
+24 V +24 Volts CC 200 mA máx.
Di C Ponto comum da Ponto comum para entradas
entrada digital digitais 0 a 5
Di 0 Entrada digital 0 (1) 24 Vcc – Opticamente isolada 1
Di 1 Entrada digital 1 (1) Nível lógico 0: menos de 5 Vcc
Di 2 Entrada digital 2 (1) Nível lógico 1: maior que 20 Vcc
11,2 mA CC
Di 3 Entrada digital 3 (1) 115 Vca, 50/60 Hz – Opticamente
Di 4 Entrada digital 4 (1) isolado
Di 5 Entrada digital 5 (1) Nível lógico 0: menos de 30 Vca
Nível lógico 1: mais de 100 Vca
(1) As entradas digitais sejam 24 Volts CC (2262C) ou 115 Volts CA (2262D) com base no código de catálogo do
módulo. Assegure-se de que a tensão aplicada esteja correta para o módulo de E/S.
(2) Isolamento diferencial – a fonte externa deve ser mantida abaixo de 160 V com relação ao PE. A entrada
fornece alta imunidade de modo comum.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


68

Tabela 32 Designações do terminal TB2 (saídas a relé 2: 2R)


Parâm.
relacio-
Saída a relé Terminal Nome Descrição nado
R0NO N.A. do relé 0 Saída do contato de relé 10
R0NO R0C Ponto comum do Classificação: 240 Vca ou 24 Vcc =
R0C

R0NC
relé 0 2 A máx.
R1NO
R0NC N.F. do relé 0 Indutiva/resistiva
R1C

R1NC
R1NO N.A. do relé 1 20
R1C Ponto comum do
relé 1
R1NC N.F. do relé 1

Tabela 33 Designações do terminal TB2 (1 relé e 2 saídas do transistor: IR2T)


Parâm.
relacio-
Saída a relé Terminal Nome Descrição nado
R0NO N.A. do relé 0 Saída do contato de relé 10
R0NO R0C Ponto comum do Classificação: 240 Vca ou 24 Vcc =
R0C

R0NC
relé 0 2 A máx.
T0
R0NC N.F. do relé 0 Indutiva/resistiva
TC

T1
T0 Saída do transistor 0 Saída do transistor 20
TC Ponto comum da Classificação: 24 Vcc = 1 A máx.
saída do transistor Resistiva
T1 Saída do transistor 1 30

Acesso aos parâmetros

Consulte Seleção de um dispositivo na página 98 para instruções sobre


como acessar os parâmetros em um módulo opcional.

Tabela 34 Lista de parâmetros do módulo de E/S (por número)


Número Nome do parâmetro Grupo Número Nome do parâmetro Grupo
1 Stat Ent. Dig Entradas digitais 56 BW Filt Ent0 Anl Entradas
analógicas
2 MáscFltrEntDig (1) Entradas digitais 60 Valor En1 Anlg Entradas
analógicas
3 FiltrEntDig (1) Entradas digitais 61 En1 Anlg At Entradas
analógicas
5 Status Saíd Dig Saídas Digitais 62 En1 Anlg Bx Entradas
analógicas
6 Invert Saíd Dig Saídas Digitais 63 PerdAct Ent1 Anl Entradas
analógicas
7 PntConf Sda Dig Saídas Digitais 64 Val InicEn1Anlg Entradas
analógicas
10 Selec. RO0 Saídas Digitais 65 Filt Gn En1 Anlg Entradas
analógicas
11 Selec. Nv. RO0 Saídas Digitais 66 BW Filt Ent1 Anl Entradas
analógicas
12 Nv. RO0 Saídas Digitais 70 Tipo Sd. Anlg Saídas
analógicas
13 Sts Cmp Niv RO0 Saídas Digitais 71 Abs Sd. Anlg Saídas
analógicas
14 Tem RO0 lig Saídas Digitais 75 Selec. Sd0 Anlg Saídas
analógicas
15 Temp. RO0 desl Saídas Digitais 76 Stpt Sd0 Anlg Saídas
analógicas
20 RO1 Selec. (2) Saídas Digitais 77 Dados Sd0 Anlg Saídas
analógicas
Selec TO0 (3) Saídas Digitais 78 DadosAl Sd0 Anlg Saídas
analógicas

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


69

Número Nome do parâmetro Grupo Número Nome do parâmetro Grupo


21 Selec Niv RO1 (2) Saídas Digitais 79 DadosBx Sd0 Anlg Saídas
analógicas
Sel Nív TO0 (3) Saídas Digitais 80 Sd0 Anlg Al Saídas
analógicas
22 Niv RO1 (2) Saídas Digitais 81 Sd0 Anlg bx Saídas
analógicas
Nív TO0 (3) Saídas Digitais 82 Sd0 Anlg val Saídas
analógicas
23 Sts Cmp Niv RO1 (2) Saídas Digitais 85 Sd1 Anlg Selec. Saídas
analógicas
Sts Cmp. Niv TO0 (3) Saídas Digitais 86 Confg. Sd1 Anlg Saídas
analógicas
24 RO1 em temp (2) Saídas Digitais 87 Dados Sd1 Anlg Saídas
analógicas
TO0 Temp Lig (3) Saídas Digitais 88 DadosAl Sd1 Anlg Saídas
analógicas
25 RO1 fora tem (2) Saídas Digitais 89 DadosBx Sd1 Anlg Saídas
analógicas
TO0 Temp Desl (3) Saídas Digitais 90 Sd1 Anlg Bx Saídas
analógicas
30 Selec TO1 (3) Saídas Digitais 91 Sd1 Anlg Bx Saídas
analógicas
31 Sel Nív TO1 (3) Saídas Digitais 92 Val Sd1 Anlg Saídas
analógicas
32 Nív TO1 (3) Saídas Digitais 99 Status ManPredit Manutenção
preditiva
33 Sts Cmp Niv TO1 (3) Saídas Digitais 100 Tpo Carga RO0 Manutenção
preditiva
34 TO1 Temp Lig (3) Saídas Digitais 101 Amps Cga RO0 Manutenção
preditiva
35 TO1 Temp Desl (3) Saídas Digitais 102 DurTotal RO0 Manutenção
preditiva
40 Config PTC PTC do motor 103 TempDec RO0 Manutenção
preditiva
41 Status PTC PTC do motor 104 TempRest RO0 Manutenção
preditiva
42 Val. Inic PTC PTC do motor 105 NivEventDur RO0 Manutenção
preditiva
45 Tipo Ent. Anal Entradas 106 ActnEvntDur RO0 Manutenção
analógicas preditiva
46 Sqrt EntAnalóg Entradas 110 Tipo carg RO1 (2) Manutenção
analógicas preditiva
47 Sts Pda Ent Anlg Entradas 111 Amps cga RO1 (2) Manutenção
analógicas preditiva
50 Valor Anlg In0 Entradas 112 Dur.Total RO1 (2) Manutenção
analógicas preditiva
51 En0 Anlg At Entradas 113 Temp. Dec. RO1 (2) Manutenção
analógicas preditiva
52 Ent0 Anlg baixa Entradas 114 Temp. Rest RO1 (2) Manutenção
analógicas preditiva
53 Pda Actn EnAnlg Entradas 115 DurEvnNiv RO1 (2) Manutenção
analógicas preditiva
54 Val InicEn0Anlg Entradas 116 DurEvntAtiv RO1 (2) Manutenção
analógicas preditiva
55 Filt Gn En0 Anlg Entradas
analógicas
(1) O parâmetro se aplica aos modelos C-2R e C-1R2T somente.
(2) O parâmetro se aplica aos modelos C-2R e D-2R somente.
(3) O parâmetro se aplica ao modelo C-1R2T somente.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


70

Exemplos de fiação de E/S

Exemplos de fiação do TB1 da placa de controle principal 753


Entrada/Saída Exemplo de conexão Alterações dos parâmetros necessários
Referência de • Definir modo de sentido
velocidade unipolar do Porta 0: P308 [Modo Direção] = 0 “Unipolar”
potenciômetro 10VC • Definir seleção
Pot. 10 k ohm +10V Porta 0: P545 [Sel Ref A Veloc] = Porta 0: P260 [Valor Anlg In0]
Ai0–
recomendado Ai0+ • Ajustar conversão de escala
(mínimo de 2 k ohm) Porta 0: P261 [En0 Anlg At] = 10 Volts
Porta 0: P262 [En0 Anlg bx] = 0 Volts
Porta 0: P547 [Spd Ref A AnlgHi] = 60 Hz
Porta 0: P548 [Spd Ref A AnlgLo] = 0 Hz
• Visualizar resultados
Porta 0: P260 [Valor Anlg In0]
Porta 0: P592 [Ref Veloc Selec]
Entrada analógica • Definir modo de sentido
Referência de Porta 0: P308 [Modo Direção] = 1 “Bipolar”
velocidade bipolar Common Ai0– • Definir seleção
+ Ai0+
Entrada de ±10 V Porta 0: P545 [Sel Ref A Veloc] = Porta 0: P260 [Valor Anlg In0]
• Ajustar conversão de escala
Porta 0: P261 [En0 Anlg At] = +10 Volts
Porta 0: P262 [En0 Anlg bx] = –10 Volts
Porta 0: P547 [Spd Ref A AnlgHi] = +60 Hz
Porta 0: P548 [Spd Ref A AnlgLo] = –60 Hz
• Visualizar resultados
Porta 0: P260 [Valor Anlg In0]
Porta 0: P592 [Ref Veloc Selec]
Entrada de tensão • Definir modo de sentido
analógica Referência de Porta 0: P308 [Modo Direção] = 0 “Unipolar”
Common Ai0–
velocidade unipolar + Ai0+ • Definir seleção
Entrada de 0 a +10 V Porta 0: P545 [Sel Ref A Veloc] = Porta 0: P260 [Valor Anlg In0]
• Ajustar conversão de escala
Porta 0: P261 [En0 Anlg At] = 10 Volts
Porta 0: P262 [En0 Anlg bx] = 0 Volts
Porta 0: P547 [Spd Ref A AnlgHi] = 60 Hz
Porta 0: P548 [Spd Ref A AnlgLo] = 0 Hz
31 • Visualizar resultados
J4 Porta 0: P260 [Valor Anlg In0]
42 Porta 0: P592 [Ref Veloc Selec]

Entrada de corrente • Definir modo de sentido


analógica Referência de Porta 0: P308 [Modo Direção] = 0 “Unipolar”
velocidade unipolar Common Ai0–
+ Ai0+ • Definir seleção
Entrada de 0 a 20 mA Porta 0: P545 [Sel Ref A Veloc] = Porta 0: P260 [Valor Anlg In0]
• Ajustar conversão de escala
Porta 0: P261 [En0 Anlg At] = 20 mA
Porta 0: P262 [En0 Anlg bx] = 0 mA
Porta 0: P547 [Spd Ref A AnlgHi] = 60 Hz
Porta 0: P548 [Spd Ref A AnlgLo] = 0 Hz
31 • Visualizar resultados
J4 Porta 0: P260 [Valor Anlg In0]
42 Porta 0: P592 [Ref Veloc Selec]

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


71

Entrada/Saída Exemplo de conexão Alterações dos parâmetros necessários


PTC de entrada de HW • Configuração
PTC Nominal = 1,8 k Ohm Porta 0: P250 [Config PTC] = 0 “Ignor.,” 1 “Alrm.,” 2 “Falh Mn,”
Desarme do PTC = 1.8k Ptc– 3 “FltCoastStop,” 4 “Prd Incl Flt,” ou 5 “Prd CL Flt”
PTC
3,1 k Ohm Ptc+
• Visualizar resultados
Reset do PTC = Porta 0: P251 [Status PTC]
2,2 k Ohm

ATENÇÃO: Para evitar o perigo de um choque elétrico, a


! conexão do sensor de temperatura do motor precisa de isolação
dupla ou reforçada entre as partes energizadas do motor e o PTC.
Saída de tensão • Configuração
analógica Porta 0: P270 [Tipo Sd. Anlg], bit 0 = 0
±10 V, 0 a 20 mA Bipolar • Definir seleção
+10 V Unipolar + –
Ao0– Porta 0: P275 [Selec. Sd0 Anlg] = Porta 0: P3 [Mtr Vel Fdbk]
Ao0+
• Ajustar conversão de escala
Porta 0: P278 [DadosAl Sd0 Anlg] = 60 Hz
Porta 0: P279 [DadosBx Sd0 Anlg] = 0 Hz
Porta 0: P280 [Sd0 Anlg Al] =10 V/20 mA
Porta 0: P281 [Sd0 Anlg bx] = 0 V/0 mA
• Visualizar resultados
Porta 0: P277 [Dados Sd0 Anlg]
Porta 0: P282 [Sd0 Anlg val]
Controle a 2 fios sem • Definir modo de sentido
reversão Porta 0: P308 [Modo Direção] = 2 “Rev Desativ”
Alimentação interna de Stop-Run 24VC • Configuração
+24V
24 Vcc Di C Porta 0: P150 [Conf Ent Digital] = 1 “Nível Exec”
Di 1
• Definir seleção
Porta 0: P163 [Exec ED] = Porta 0: P220 [Sts Ent Digital], bit 1 = Ent Dig 1
• Visualizar resultados
Porta 0: P220 [Sts Ent Digital]
Porta 0: P935 [Status do Inversor 1]
Controle a 2 fios com • Definir modo de sentido
reversão +24V Common Porta 0: P308 [Modo Direção] = 0 “Unipolar”
Fonte externa • Configuração
Run Fwd Di C Porta 0: P150 [Conf Ent Digital] = 1 “Nível Exec”
Di 1
Run Rev Di 2 • Definir seleção
Porta 0: P164 [Exec Avan ED] = Porta 0: P220 [Sts Ent Digital],
bit 1 = Ent Dig 1
Porta 0: P165 [Exec Rev ED] = Porta 0: P220 [Sts Ent Digital],
bit 2 = Ent Dig 2
• Visualizar resultados
Porta 0: P220 [Sts Ent Digital]
Porta 0: P935 [Status do Inversor 1]
Controle a 3 fios • Definir seleção
Alimentação interna Porta 0: P158 [Inter ED] = Porta 0: P220 [Sts Ent Digital], bit 1 = Ent Dig 1
24VC Porta 0: P161 [Início ED] = Porta 0: P220 [Sts Ent Digital], bit 2 = Ent Dig 2
+24V
Stop Di C • Visualizar resultados
Di 1
Di 2
Porta 0: P220 [Sts Ent Digital]
Start
Porta 0: P935 [Status do Inversor 1]

Controle a 3 fios • Definir seleção


Fonte externa +24V Common Porta 0: P158 [Inter ED] = Porta 0: P220 [Sts Ent Digital], bit 1 = Ent Dig 1
Porta 0: P161 [Início ED] = Porta 0: P220 [Sts Ent Digital], bit 2 = Ent Dig 2
Stop Di C
Di 1
• Visualizar resultados
Start
Di 2 Porta 0: P220 [Sts Ent Digital]
Porta 0: P935 [Status do Inversor 1]

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


72

Entrada/Saída Exemplo de conexão Alterações dos parâmetros necessários


Entrada digital • Definir seleção
Módulo de saída do CLP Neutral/ Porta 0: P158 [Inter ED] = Porta 0: P220 [Sts Ent Digital], bit 1 = Ent Dig 1
Common
Porta 0: P161 [Início ED] = Porta 0: P220 [Sts Ent Digital], bit 2 = Ent Dig 2
10k Ohm, 2 Watt
DiC • Visualizar resultados
Control from Di1
Prog. Controller Di2
Porta 0: P220 [Sts Ent Digital]
Porta 0: P935 [Status do Inversor 1]

Saída digital • Definir seleção


Alimentação interna Porta 0: P240 [Selec TO0] = Porta 0: P935 [Status do Inversor 1],
T0 bit 7 = com falha
+24V • Visualizar resultados
Porta 0: P225 [Status Saíd Dig]
Saída digital
Fonte externa
T0
24VC
+24V Common

OR

PLC

T0
5k Ohm 24VC
2 Watt

+24V Common

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


73

Exemplos de fiação TB1 do módulo de E/S da série 750


Entrada/Saída Exemplo de conexão Alterações dos parâmetros necessários
Referência de • Definir modo de sentido
velocidade unipolar do Porta 0: P308 [Modo Direção] = 0 “Unipolar”
potenciômetro 10VC • Definir seleção
Pot. 10 k ohm +10V Porta 0: P545 [Sel Ref A Veloc] = Porta X (Módulo de E/S):
Ai0–
recomendado Ai0+ P50 [Valor Anlg In0]
(mínimo de 2 k ohm) • Ajustar conversão de escala
Porta X (Módulo de E/S): P51 [En0 Anlg At] = 10 volts
Porta X (Módulo de E/S): P52 [En0 Anlg bx] = 0 volts
Porta 0: P547 [Spd Ref A AnlgHi] = 60 Hz
Porta 0: P548 [Spd Ref A AnlgLo] = 0 Hz
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P50 [Valor Anlg In0]
Porta 0: P592 [Ref Veloc Selec]
Referência da • Definir modo de sentido
velocidade bipolar do Porta 0: P308 [Modo Direção] = 1 “Bipolar”
joystick • Definir seleção
Entrada de ±10 V –10V
Porta 0: P545 [Sel Ref A Veloc] = Porta X (Módulo de E/S):
10VC
+10V P50 [Valor Anlg In0]
Ai0–
Ai0+ • Ajustar conversão de escala
Porta X (Módulo de E/S): P51 [En0 Anlg At] = +10 volts
Porta X (Módulo de E/S): P52 [En0 Anlg bx] = –10 volts
Porta 0: P547 [Spd Ref A AnlgHi] = +60 Hz
Porta 0: P548 [Spd Ref A AnlgLo] = –60 Hz
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P50 [Valor Anlg In0]
Porta 0: P592 [Ref Veloc Selec]
Entrada analógica • Definir modo de sentido
Referência de Porta 0: P308 [Modo Direção] = 1 “Bipolar”
velocidade bipolar Common Ai0– • Definir seleção
+ Ai0+
Entrada de ±10 V Porta 0: P545 [Sel Ref A Veloc] = Porta X (Módulo de E/S):
P50 [Valor Anlg In0]
• Ajustar conversão de escala
Porta X (Módulo de E/S): P51 [En0 Anlg At] = +10 volts
Porta X (Módulo de E/S): P52 [En0 Anlg bx] = –10 volts
Porta 0: P547 [Spd Ref A AnlgHi] = +60 Hz
Porta 0: P548 [Spd Ref A AnlgLo] = –60 Hz
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P50 [Valor Anlg In0]
Porta 0: P592 [Ref Veloc Selec]
Entrada de tensão • Definir modo de sentido
analógica Porta 0: P308 [Modo Direção] = 0 “Unipolar”
Common Ai0–
Referência de + Ai0+ • Definir seleção
velocidade unipolar Porta 0: P545 [Sel Ref A Veloc] = Porta X (Módulo de E/S):
Entrada de 0 a +10 V P50 [Valor Anlg In0]
• Ajustar conversão de escala
Porta X (Módulo de E/S): P51 [En1 Anlg At] = 10 volts
Ai1 Porta X (Módulo de E/S): P52 [En1 Anlg Bx] = 0 volts
Ai0 Porta 0: P547 [Spd Ref A AnlgHi] = 60 Hz
Porta 0: P548 [Spd Ref A AnlgLo] = 0 Hz
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P50 [Valor Anlg In0]
Porta 0: P592 [Ref Veloc Selec]

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


74

Entrada/Saída Exemplo de conexão Alterações dos parâmetros necessários


Entrada de corrente • Definir modo de sentido
analógica Porta 0: P308 [Modo Direção] = 0 “Unipolar”
Referência de Common Ai0–
+ Ai0+ • Definir seleção
velocidade unipolar Porta 0: P545 [Sel Ref A Veloc] = Porta X (Módulo de E/S):
Entrada de 0 a 20 mA P50 [Valor Anlg In0]
• Ajustar conversão de escala
Porta X (Módulo de E/S): P51 [En0 Anlg At] = 20 mA
Ai1 Porta X (Módulo de E/S): P52 [En0 Anlg bx] = 0 mA
Ai0 Porta 0: P547 [Spd Ref A AnlgHi] = 60 Hz
Porta 0: P548 [Spd Ref A AnlgLo] = 0 Hz
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P50 [Valor Anlg In0]
Porta 0: P592 [Ref Veloc Selec]
PTC de entrada de HW • Configuração
PTC Nominal = 1,8 k Ohm Porta X (Módulo de E/S): P40 [Config PTC] = 0 “Ignor.,” 1 “Alarm,”
Desarme do PTC = 1.8k Ptc– 2 “Falh Mn,” 3 “FltCoastStop,” 4 “PrdIncl Flt,” ou 5 “Prd CL Flt”
PTC
3,1 k Ohm Ptc+
• Visualizar resultados
Reset do PTC = 2,2 kOhm Porta X (Módulo de E/S): P41 [Status PTC]
Porta X (Módulo de E/S): P42 [Val. Inic PTC]

ATENÇÃO: Para evitar o perigo de um choque elétrico, a


! conexão do sensor de temperatura do motor precisa de isolação
dupla ou reforçada entre as partes energizadas do motor e o PTC.
Saída de tensão • Configuração
analógica Porta X (Módulo de E/S): P70 [Tipo Sd. Anlg], bit 0 = 0
±10 V, 0 a 20 mA Bipolar • Definir seleção
+10 V Unipolar + –
Ao0– Porta X (Módulo de E/S): P75 [Anlg Out0 Sel] = Port 0: P3 [Mtr Vel Fdbk]
Ao0+
• Ajustar conversão de escala
Porta X (Módulo de E/S): P78 [DadosAl Sd0 Anlg] = 60 Hz
Porta X (Módulo de E/S): P79 [DadosBx Sd0 Anlg] = 0 Hz
Porta X (Módulo de E/S): P80 =10 V/20 mA
Porta X (Módulo de E/S): P81 = 0 V/0 mA
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P77 [Dados Sd0 Anlg]
Porta X (Módulo de E/S): P82
Controle a 2 fios sem • Definir modo de sentido
reversão Porta 0: P308 [Modo Direção] = 2 “Rev Desativ”
Alimentação interna de Stop-Run 24VC • Configuração
+24V
24 Vcc Di C Porta 0: P150 [Conf Ent Digital] = 1 “Nível Exec”
Di 0
• Definir seleção
Porta 0: P163 [DI Run] = Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig],
bit 0 = Ent 0
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig]
Porta 0: P935 [Status do Inversor 1]
Controle a 2 fios com • Definir modo de sentido
reversão +24V Common Porta 0: P308 [Modo Direção] = 0 “Unipolar”
Fonte externa • Configuração
Run Fwd Di C Porta 0: P150 [Conf Ent Digital] = 1 “Nível Exec”
Di 0
Run Rev Di 1 • Definir seleção
Porta 0: P164 [Exec Avan ED] = Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig],
bit 0 = Ent 0
Porta 0: P165 [Exec Rev ED] = Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig],
bit 1 = Ent 1
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig]
Porta 0: P935 [Status do Inversor 1]

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


75

Entrada/Saída Exemplo de conexão Alterações dos parâmetros necessários


Controle a 3 fios • Definir seleção
Alimentação interna Porta 0: P158 [DI Stop] = Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig],
24VC bit 0 = Ent 0
+24V
Stop Di C Porta 0: P161 [DI Start] = Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig],
Di 0 bit 1 = Ent 1
Di 1
Start
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig]
Porta 0: P935 [Status do Inversor 1]
Controle a 3 fios • Definir seleção
Fonte externa +24V Common Porta 0: P158 [DI Stop] = Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig],
bit 0 = Ent 0
Stop Di C Porta 0: P161 [DI Start] = Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig],
Di 0
Di 1 bit 1 = Ent 1
Start
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig]
Porta 0: P935 [Status do Inversor 1]
Entrada digital • Definir seleção
Módulo de saída do CLP Neutral/ Porta 0: P158 [DI Stop] = Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig],
Common
bit 0 = Ent 0
10k Ohm, 2 Watt
DiC Porta 0: P161 [DI Start] = Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig],
Control from Di0 bit 1 = Ent 1
Prog. Controller Di1
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P1 [Stat Ent. Dig]
Porta 0: P935 [Status do Inversor 1]
Saída digital • Definir seleção
Alimentação interna Porta X (Módulo de E/S): P20 [Selec TO0] = Porta 0:
24VC P935 [Status do Inversor 1], bit 7 = com falha
+24V
• Visualizar resultados
Porta X (Módulo de E/S): P5 [Status Saíd Dig]

T0
TC
T1

Saída digital
Fonte externa

T0
TC
T1
+24V Common

OR

PLC

T0
5k Ohm TC
2 Watt T1
+24V Common

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


76

Exemplos de fiação do relé


Entrada/Saída Exemplo de conexão Alterações dos parâmetros necessários
Saída a relé Placa de controle principal 753 • Definir seleção
Fonte externa Porta 0: P230 [Selec. RO0] = Porta 0: P935 [Status do Inversor 1],
R0NC bit 7 = com falha
R0C
R0NO • Visualizar resultados
Power
Porta 0: P225 [Status Saíd Dig]
Source

Módulo de E/S da série 750 • Definir seleção


Porta X (Módulo de E/S): P10 [Selec. RO0] = Porta 0:
P935 [Status do Inversor 1], bit 7 = com falha
• Visualizar resultados
R1NO Porta X (Módulo de E/S): P5 [Status Saíd Dig]
R1C
R1NC

or R0NO
R0C
R0NC
Power
Source

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


77

Módulo com opção de desligamento com torque seguro

A opção de desligamento com torque seguro é apenas um componente em


um sistema de controle de segurança. Os componentes do sistema devem
ser escolhidos e aplicados corretamente para se obter o nível desejado de
proteção e segurança do operador. Para informações detalhadas sobre a
aplicação desta aplicação, consulte PowerFlex 750-Series Safe Torque Off
User Manual, publicação 750-UM002.

Tabela 35 Designações do terminal TB2


Terminal Nome Descrição
20-750-S
SP+ Alimentação de segurança Alimentação de 24 volts fornecida pelo
SP+ SP-
SE+ SE- de +24 Volts usuário.
Sd Sd 45 mA típico
SP– Ponto comum da alimentação
de segurança
SE+ Habilitação de segurança de Alimentação de 24 volts fornecida pelo
+24 Volts usuário.
25 mA típico
SE– Ponto comum de habilitação
de segurança
Sd Blindagem Ponto de terminação para blindagem do fio
quando uma placa EMC ou uma caixa de
Sd Blindagem
eletrodutos não estiver instalada.

Entrada de segurança Exemplo de conexão


Fonte de alimentação
Common SP-
+24V SP+
SE- Common
SE+ +24V
Sd Sd

Observações sobre a instalação

1. Certifique-se de que o jumper de ativação de segurança (J2 SAFETY)


esteja removido.

2. Certifique-se de que o jumper de ativação de hardware (J2 ENABLE)


esteja instalado. Se não estiver instalado, o inversor falhará quando um
comando para iniciar for emitido.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


78

Módulo opcional de monitoração de velocidade segura

A opção de monitoração de velocidade segura é apenas um componente em


um sistema de controle de segurança. Os componentes do sistema devem
ser escolhidos e aplicados corretamente para se obter o nível desejado de
proteção e segurança do operador. Para informações detalhadas sobre a
aplicação desta opção, consulte Safe Speed Monitor Option Module for
PowerFlex 750-Series AC Drives Safety Reference Manual,
publicação 750-RM001.

Tabela 36 Designações do terminal TB1


Terminal Nome Nome do sinal Descrição
20-750-S1
S11 Pto0 TEST_OUT_0 Fonte de teste de pulso para entradas de
S11 segurança.
S11
S11
S11
S11
S21
S21 S21 Pto1 TEST_OUT_1 Fonte de teste de pulso para entradas de
S21

S21 segurança.
S21

Tabela 37 Designações do terminal TB2


Parâm.
relacio-
Terminal Nome Descrição nado
S34 Res0 Reset
52 Dco1 Saída de controle da porta. 74
51 Dco0 Habilita teste de pulso.
78 Slo1 Saída de velocidade limitada segura. 73
68 Slo0 Habilita teste de pulso.
44 Sso1 Saída de parada segura. 72
34 Sso0 Habilita teste de pulso.
X42 Lmi1 Entrada de monitoração da trava 60
X32 Lmi0
S34
52
S42 Dmi1 Entrada de monitoração da porta 58
51
78
68
S32 Dmi0
44
34 S62 Sli1 Entrada de velocidade limitada segura 52
X42
20-750-S1 20-750-DENC-1 X32
S42
S52 Sli0
S32
S62
S52
S82 Esm1 Entrada de monitoração da chave 54
S82
S72 S72 Esm0 habilitadora
S22
S12
A2 S22 Ssi1 Entrada de parada segura 44
A1
S12 Ssi0
A2 24 VC 24 Vcc fornecido pelo cliente. O módulo
A1 +24 V não funciona sem essas conexões.

Observações sobre a instalação

1. Certifique-se de que o jumper de ativação de segurança (J2 SAFETY)


esteja removido.
2. Certifique-se de que o jumper de ativação de hardware (J2 ENABLE)
esteja instalado. Se não estiver instalado, o inversor falhará quando um
comando para iniciar for emitido.
Importante: Quando a opção Monitoração de velocidade segura for usada
com a opção Encoder incremental duplo, ambos os módulos
devem ser instalados no mesmo backplane (portas 6, 5, 4).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


79

Tabela 38 Parâmetros de monitoração de velocidade segura listados por número


Nome do Nome do
Número parâmetro Grupo Número parâmetro Grupo
1 Senha Segurança 44 Entrada de parada Parada
segura
5 Estado Trav Segurança 45 Tipo Parada Seg Parada
6 Modo em Operação Segurança 46 Atras Mon Parada Parada
7 Padr Reset Segurança 47 Tempo Parada Máx Parada
10 ID Assin Segurança 48 Espera Parada
13 Nova Senha Segurança 49 Pos Esp Parada
17 Comand Senha Segurança 50 Vel Ref Desac Parada
18 Cód Seg Segurança 51 Tol Desac Parada Parada
19 Senha Fornecedor Segurança 52 Entr Vel Lim Velocidade
limitada
20 Config cascata Geral 53 Atraso Mon Vel Lim Velocidade
limitada
21 Modo Seg Geral 54 Ativar Entr SW Velocidade
limitada
22 Tipo Reset Geral 55 Lim Vel Seg Velocidade
limitada
24 Resp Sobrevel Geral 56 Hist Veloc Velocidade
limitada
27 Modo Fbk Realimentação 57 Tipo Saída Porta Controle da
porta
28 Tipo Fbk 1 Realimentação 58 Entrada MD Controle da
porta
29 Unids Fbk 1 Realimentação 59 Ativ Mon Trava Controle da
porta
30 Polar Fbk 1 Realimentação 60 Entr Mon Trava Controle da
porta
31 Res Fbk 1 Realimentação 61 Ativ Vel Máx Velocidade
máx.
32 Mon Volt Fbk 1 Realimentação 62 Vel Máx Seg Velocidade
máx.
33 Vel Fbk 1 Realimentação 63 Tipo Parada Vel Máx Velocidade
máx.
34 Unids Fbk 2 Realimentação 64 Ativ Acel Máx Velocidade
máx.
35 Pol Fbk 2 Realimentação 65 Limite Acel Seg Velocidade
máx.
36 Resol Fbk 2 Realimentação 66 Tip Par Ac Máx Velocidade
máx.
37 Mon Volt Fbk 2 Realimentação 67 Status Falha Falhas
38 Vel Fbk 2 Realimentação 68 Status Prot Falhas
39 Tx Vel Fbk Realimentação 69 Status Diag E/S Falhas
40 Tol Vel Fbk Realimentação 70 Cód Flt Config Segurança/
falhas
41 Tol Pos Fbk Realimentação 72 Modo Saída SS Geral
42 Mon Dir Realimentação 73 Modo Saída SLS Geral
43 Tol Dir Realimentação 74 Modo Saída Porta Controle da
porta

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


80

Módulo opcional do encoder incremental simples


Tabela 39 Especificações do encoder incremental simples
Consideração Descrição
20-750-ENC-1 Entrada Operação simples ou diferencial, operação de retorno de corrente
constante ~10 mA
5 Vcc no mínimo a 15 Vcc no máximo sourcing 10 mA
tensão mínima no nível lógico 1 de 3,5 Vcc
tensão máxima no nível lógico 1 de 0,4 Vcc
Comprimento máximo do 30 m (100 pés) a 5 V, 183 m (600 pés) a 12 V
cabo
Frequência máxima de 250 kHz
entrada

Tabela 40 Designações do terminal TB1


Terminal Nome Descrição
Sd Blindagem Ponto de terminação para blindagem do fio
Sd 12
Com 5 quando uma placa EMC ou uma caixa de
A A- eletrodutos não estiver instalada.
B B- 12 Alimentação CC de +12 Volts Fonte de alimentação para encoder de
Z Z-
+24 24C 250 mA.
HmC Hm Com Ponto comum Ponto comum de +12 V e +5 V
5 Alimentação CC de +5 Volts Fonte de alimentação para encoder de
250 mA.
A Encoder A Entrada de canal único ou em
A– Encoder A (NÃO) quadratura A.
B Encoder B Entrada em quadratura B.
B– Encoder B (NÃO)
Z Codificador Z Pulso, entrada de marcador ou registro.
Z– Codificador Z (NÃO)
+24 +24 Volts Fonte de alimentação para entrada
24C Ponto comum normal.
HmC Ponto comum de entrada Captura o contador de borda AB.
normal
Hm Entrada normal

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


81

Tabela 41 Exemplo de fiação do encoder incremental simples


E/S Exemplo de conexão
Alimentação do encoder Com
pelo inversor
12 Vcc, 250 mA Sh
ou +12 VDC
5 Vcc, 250 mA +5

Encoder alimentado –
separadamente Com

Sh

Sinal do encoder –
Terminação simples, canal
duplo
Com
Sh
A A-
B B-
Z Z-

Sinal do encoder –
Sh
Diferencial, canal duplo
A-
A
B-
B
Z-
Z

Sinal normal –
Alimentação interna do
inversor
+24V 24VC
HmC Hm

Acesso aos parâmetros

Consulte Seleção de um dispositivo na página 98 para instruções sobre


como acessar uma configuração de parâmetro opcional.

Tabela 42 Parâmetros do encoder incremental simples listados por número


Número Nome do parâmetro
1 Cfg Cod
2 PPR Encoder
3 Cfg PrdFrFdb
4 Feedback Encoder
5 Status Encoder
6 Status Erro
7 Contagem Perda Fase
8 Contagem Prd. Verf

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


82

Módulo opcional do encoder incremental dulplo


Tabela 43 Configurações do jumper do encoder incremental duplo
Jumper Posição habilitada Posição de armazenamento
20-750-DENC-1
P3 – Jumper de
segurança
P3 P3
Habilita o uso com a
opção de segurança
de monitoração de
velocidade
(20-750-S1).

P4 – Jumper 12 V
Habilita o uso com
fonte de 12 volts na
posição “Enabled” e
fonte de 5 volts na
posição “Storage”.
P4 P4

Consulte o aviso de
Tabela 44 Especificações do encoder incremental duplo
Importante na
página 78. Consideração Descrição
Entrada Operação simples ou diferencial, operação de retorno de corrente
constante ~10 mA
5 Vcc no mínimo a 15 Vcc no máximo sourcing 10 mA
tensão mínima no nível lógico 1 de 3,5 Vcc
tensão máxima no nível lógico 1 de 0,4 Vcc
Comprimento máximo do 30 m (100 pés) a 5 V, 183 m (600 pés) a 12 V
cabo
Frequência máxima de 250 kHz
entrada

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


83

Tabela 45 Designações do terminal de encoder incremental duplo


Terminal Nome Descrição
ES Alimentação CC +12 ou Fonte de alimentação para encoder de 0,
+5 Volts 250 mA.
ES EC
EC Ponto comum Encoder 0 +12 V e +5 V, ponto comum
0A 0A- 0A Encoder 0: A Entrada de canal único ou em
0B 0B- 0A– Encoder 0: A (NÃO) quadratura A.
0Z 0Z-
Sd Sd 0B Encoder 0: B Entrada em quadratura B.
ES EC 0B– Encoder 0: B (NÃO)
1A 1A-
1B 1B- 0Z Encoder 0: Z Pulso, entrada de marcador ou registro.
1Z 1Z- 0Z– Encoder 0: Z (NÃO)
24 24C
Hm HmC Sd Blindagem do encoder Ponto de terminação para blindagem do fio
Sd Blindagem do encoder quando uma placa EMC ou uma caixa de
eletrodutos não estiver instalada.
ES Alimentação CC +12 ou Fonte de alimentação para Encoder de 1,
+5 Volts 250 mA.
EC Ponto comum Encoder 1 +12 V e +5 V, ponto comum
1A Encoder 1: A Entrada de canal único ou em
1A– Encoder 1: A (NÃO) quadratura A.
1B Encoder 1: B Entrada em quadratura B.
1B– Encoder 1: B (NÃO)
1Z Encoder 1: Z Pulso, entrada de marcador ou registro.
1Z– Encoder 1: Z (NÃO)
24 +24 Volts Fonte de alimentação para entrada
24C Ponto comum normal.
Hm Entrada normal Captura o contador de borda AB.
HmC Ponto comum de entrada
normal

Tabela 46 Parâmetros do encoder incremental simples listados por número


Nome do Nome do
Número parâmetro Grupo Número parâmetro Grupo
1 Cnfg. Cod. 0 Encoder 0 11 Cnfg. Cod. 1 Encoder 1
2 PPR Cod. 0 Encoder 0 12 PPR Cod. 1 Encoder 1
3 CnfgPrdFdbk Enc0 Encoder 0 13 CnfPrdFdbk Eric1 Encoder 1
4 Fdbk Cod 0 Encoder 0 14 Fdbk Cod 1 Encoder 1
5 Status Cod. 0 Encoder 0 15 Status Cod. 1 Encoder 1
6 Sts Err Cod0 Encoder 0 16 Sts Err Cod1 Encoder 1
7 Cnt PrdFs Cod0 Encoder 0 17 Cnt PrdFs Cod1 Encoder 1
8 Cnt PrdQuad Cod0 Encoder 0 18 Cnt PrdQuad Cod1 Encoder 1
20 Conf. Inic Conf. Inic
21 Status do Mód. Status do
módulo

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


84

Módulo opcional de realimentação universal (inversores 755 somente)


Tabela 47 LEDs de indicação do módulo opcional de realimentação universal
LED Nome Cor Estado Descrição
20-750-UFB-1 ➊ Placa Apagado Desativado Não energizado.

➋ Verde Intermitente Inicializando, não ativo.
Perda de comunicação, tentativa de reconectar.
Estável Em operação, nenhuma falha presente.
Vermelho Intermitente Erro do módulo.
• Verifique P1 [Status do Mód.]
Estável Operação normal.
O módulo está carregando.
Erro fatal do módulo.
• Desligue e ligue a alimentação
• Atualizar o firmware do módulo
• Substituir o módulo
Amarelo Intermitente Existe uma condição de alarme tipo 2.
• Verifique P1 [Status do Mód.]
Estável Existe uma condição de alarme tipo 1.
• Verifique P1 [Status do Mód.]
Amarelo/ Pisca alter- O módulo está atualizando.
verde nadamente
➋ DPI Apagado Desativado Não energizado. Sem comunicação.
Verde Intermitente O módulo está tentando se comunicar com o
host DPI.
Estável • Conectado e se comunicando
corretamente.
• O módulo está atualizando.
Vermelho Intermitente O módulo não está se comunicando com o host
DPI.
Estável Falha de comunicação DPI como porta inválida.
Amarelo Intermitente Operação normal.
Estável O periférico está conectado a um produto
SCANport e não suporta um modo de
compatibilidade SCANport.

Tabela 48 Configurações da minisseletora do módulo opcional com realimentação


universal (Aplicação de segurança)
Configurações da
Seleção do canal de segurança minisseletoras
Canal de segurança primário
Para conectar os sinais ao Canal de segurança primário, configure: S1 S2 S3
Sliders S1 para ON
Sliders S2 para OFF
Slider S3 para ON

Canal de segurança secundário


Para conectar os sinais ao canal de segurança secundário, configure: S1 S2 S3
Sliders S1 para OFF
Sliders S2 para ON
Slider S3 para ON

Canais de segurança primário e secundário


Para conectar os sinais de realimentação tanto ao canal de segurança S1 S2 S3
primário quanto ao secundário, configure:
Sliders S1 para ON
Sliders S2 para ON
Slider S3 para ON

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


85

Tabela 49 Encoder AquadB incremental de realimentação universal


Consideração Descrição
Entrada Operação simples ou diferencial, operação de retorno de corrente
constante ~10 mA
3,5 Vcc no mínimo a 7,5 Vcc no máximo sourcing 10 mA
tensão mínima no nível lógico 1 de 3,5 Vcc
tensão máxima no nível lógico 1 de 0,4 Vcc
Comprimento máximo do 30 m (100 pés) a 5 V, 183 m (600 pés) a 12 V
cabo
Frequência máxima de 250 kHz
entrada

Tabela 50 Designações do terminal TB1


Terminal Nome Descrição
-Sn +Sn –Sn Seno (–) Sinal de seno negativo
-Cs +Cs +Sn Seno (+) Sinal de seno positivo
IS OS
-Xc +Xc –Cs Co-seno (–) Sinal de co-seno negativo
-Xd +Xd +Cs Co-seno (+) Sinal de co-seno positivo
-Hf +Hf
5c +5 Is Blindagem interna Terminal de blindagem interna
12c +12 Heidenhain
-A A Os Blindagem externa Terminal de blindagem do cabo
-B B
-Z Z –Xc Relógio do canal X (–) Terminal do relógio negativo (Canal X)
+Xc Relógio do canal X (+) Terminal do relógio positivo (Canal X)
–Xd Dados do canal X (–) Terminal de dados negativo (Canal X)
+Xd Dados do canal X (+) Terminal de dados positivo (Canal X)
–Hf Realimentação da fonte Para aplicações com realimentação
Heidenhain (–) incremental, interligue o terminal –Hf a
+Hf Realimentação da fonte 5c e o terminal +Hf a +5 para a
Heidenhain (+) regulagem correta da tensão.
5c Ponto comum Ponto comum de +5 V
+5 Alimentação CC de +5 Volts Fonte de alimentação para encoder de
250 mA
12c Ponto comum Ponto comum de +12 V
+12 Alimentação CC de +12 Volts Fonte de alimentação para encoder
(10,5 V @ 250 mA)
–A Encoder A (NÃO) Canal único ou entrada A de
A Encoder A quadratura ou saída do encoder.
–B Encoder B (NÃO) Entrada B da quadratura ou saída do
B Encoder B encoder.
–Z Codificador Z (NÃO) Pulso, marcador, entrada de registro ou
Z Codificador Z saída do encoder.

Tabela 51 Designações do terminal TB2


Terminal Nome Descrição
-Hm +Hm –Hm Entrada inicial (–) 12 Vcc a 9 mA a 24 Vcc a 40 mA
-R0 +R0 +Hm Entrada inicial (+)
-R1 +R1
-YC +YC –R0 Entrada de registro 0 (–) Terminais de registro do encoder
-YD +YD +R0 Entrada de registro 0 (+) positivo e negativo.
–R1 Entrada de registro 1 (–) 12 Vcc a 9 mA a 24 Vcc a 40 mA
+R1 Entrada de registro 1 (+)
–Yc Relógio do canal Y (–) Terminal do relógio negativo (Canal Y)
+Yc Relógio do canal Y (+) Terminal do relógio positivo (Canal Y)
–Yd Dados do canal Y (–) Terminal de dados negativo (Canal Y)
+Yd Dados do canal Y (+) Terminal de dados positivo (Canal Y)

Importante: Somente um dispositivo de realimentação linear pode ser


conectado ao módulo opcional. Conecte o dispositivo ao
Canal X em TB1 ou ao Canal Y em TB2.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


86

Tabela 52 Parâmetros do módulo opcional de realimentação universal listados por


número
Nome do Nome do
Número parâmetro Grupo Número parâmetro Grupo
1 Status do Mód. Módulo 90 Arm Registro Registro
2 Reini Err Módulo Módulo 91 Filtro Rgsn In0 Registro
5 Posição Coment Realimentação 0 92 Filtro Rgsn In1 Registro
6 Sel Disp Coment Realimentação 0 93 Filtro Rgsn HmIn Registro
7 Fdbk0 Identify Realimentação 0 94 Status Rgsn Registro
8 Cfg Coment Realimentação 0 100 Cnfg Rgsn Latch1 Registro
9 Cfg Prd Coment Realimentação 0 101 Rgsn Latch1 Psn Registro
10 Stat. Coment Realimentação 0 102 Temp Rgsn Latch1 Registro
15 FB0 IncAndSC PPR Realimentação 0 103 Cnfg Rgsn Latch2 Registro
16 Cfg Incmtl Com. Realimentação 0 104 Rgsn Latch2 Psn Registro
17 Sts Incmtl Com. Realimentação 0 105 Temp Rgsn Latch2 Registro
20 Cfg SSI Coment Realimentação 0 106 Cnfg Rgsn Latch3 Registro
21 Resol SSI Com. Realimentação 0 107 Rgsn Latch3 Psn Registro
22 Voltas SSi Com. Realimentação 0 108 Temp Rgsn Latch3 Registro
25 CPR Lin Com. Realimentação 0 109 Cnfg Rgsn Latch4 Registro
26 LinUpdRate Com. Realimentação 0 110 Rgsn Latch4 Psn Registro
27 Sts LinStahl FB0 Realimentação 0 111 Temp Rgsn Latch4 Registro
35 Posição Coment Realimentação 1 112 Cnfg Rgsn Latch5 Registro
36 Sel Disp Coment1 Realimentação 1 113 Rgsn Latch5 Psn Registro
37 Fdbk0 Identify Realimentação 1 114 Temp Rgsn Latch5 Registro
38 Cfg Coment Realimentação 1 115 Cnfg Rgsn Latch6 Registro
39 Cfg Prd Coment1 Realimentação 1 116 Rgsn Latch6 Psn Registro
40 Stat. Coment Realimentação 1 117 Temp Rgsn Latch6 Registro
45 FB1 IncAndSC PPR Realimentação 1 118 Cnfg Rgsn Latch7 Registro
46 Cfg Incmtl Com.1 Realimentação 1 119 Rgsn Latch7 Psn Registro
47 Sts Incmtl Com.1 Realimentação 1 120 Temp Rgsn Latch7 Registro
50 Cfg SSI Coment1 Realimentação 1 121 Cnfg Rgsn Latch8 Registro
51 Resol SSI Com.1 Realimentação 1 122 Rgsn Latch8 Psn Registro
52 Vlts. SSI Com.1 Realimentação 1 123 Temp Rgsn Latch8 Registro
55 CPR Lin Com.1 Realimentação 1 124 Cnfg Rgsn Latch9 Registro
56 LinUpdRate Com.1 Realimentação 1 125 Rgsn Latch9 Psn Registro
57 Sts LinStahl FB1 Realimentação 1 126 Temp Rgsn Latch9 Registro
80 Saída Cod CBF Saída do encoder 127 Cnfg RgsnLatch10 Registro
81 Saída Cod CBF Saída do encoder 128 RgsnLatch10 Psn Registro
82 EncOut FD PPR Saída do encoder 129 Temp RgsnLatch10 Registro
83 EncOut Z Offset Saída do encoder
84 EncOut Z Offset Saída do encoder

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


87

Módulo opcional com fonte de alimentação auxiliar


Tabela 53 Designações do terminal TB1
20-750-APS Terminal Nome Descrição
AP+
AP+ Alimentação auxiliar de Conexões para a fonte de alimentação
AP– +24 Volts 24 V/3 A fornecida pelo cliente.
Sh
AP– Ponto comum da alimentação
AP+
auxiliar
AP-
Sh
Sh Blindagem Ponto de terminação para blindagem do fio
quando uma placa EMC ou uma caixa de
eletrodutos não estiver instalada.

Importante: O módulo opcional da fonte de alimentação auxiliar pode ser


instalada em qualquer porta opcional. Devido ao seu tamanho,
o módulo bloqueará uma porta adjacente. Portanto,
recomenda-se a instalação na porta 8.

Um cabo conector é fornecido com os módulos opcionais da fonte de


alimentação auxiliar para usar nos inversores PowerFlex 753. O cabo é
usado para conectar o módulo ao backplane quando instalado nos suportes
da cápsula de controle superior. O cabo do conector não é usado com o s
inversores PowerFlex 755.

Figura 35 Instalação da fonte de alimentação auxiliar nos inversores 753

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


88

Módulo opcional DeviceNet

Para informações completas sobre o módulo opcional DeviceNet, consulte


PowerFlex 750-Series Drive DeviceNet Option Module User Manual,
publicação 750COM-UM002.

Tabela 54 LED de indicação do módulo opcional DeviceNet


20-750-DNET LED Nome Descrição
➊ Porta Status da conexão DPI
➊ ➋ MOD Status do módulo opcional
➋ ➌ NET A Status da DeviceNet

Tabela 55 Seccionadoras do módulo opcional DeviceNet


Seccio-
nadora Nome Descrição
➊ Seletora de taxa Define a taxa de dados DeviceNet e que o
de dados módulo opcional se comunica.

➋ Seletora de Define o endereço do nó do módulo opcional.
➋ endereço do nó

Tabela 56 Designações do terminal TB1


Terminal Cor Sinal Função
5 Vermelho V+ Fonte de alimentação
4 Branco CAN_H Sinal alto
3 Descascado BLINDAGEM Blindagem
5 2 Azul CAN_L Sinal baixo
4
3
1 Preto V– Ponto comum
2
1

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


89

Módulo opcional ControlNet

Para informações completas sobre o módulo opcional ControlNet, consulte


PowerFlex 20-750-CNETC Coaxial ControlNet Option Module User
Manual, publicação 750COM-UM003.

Tabela 57 LED de indicação do módulo opcional ControlNet


20-750-CNETC LED Nome Descrição
➊ Porta Status da conexão DPI
➊ ➋ MOD Status do módulo opcional
➋ ➌ NET A Status A do canal ControlNet
➌ ➍ NET B Status B do canal ControlNet

Tabela 58 Seccionadoras do módulo opcional ControlNet


Seccio-
nadora Nome Descrição
➊ Seccionadora Define o endereço do nó do módulo opcional.
TENS
➊ ➋ Seccionadora
ONES

Tabela 59 Receptáculos coaxiais


Receptáculo Nome Descrição
➊ Canal A Conexão BNC do canal A com a rede.
➋ Canal B Conexão BNC do canal B (redundante) com a rede.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


90

Transportadora 20-COMM
Habilita o uso de alguns adaptadores 20-COMM com inversores da série
PowerFlex 750. Veja na Tabela 60.
20-750-20COMM
Consulte a publicação 750COM-IN001 para as instruções sobre a instalação
de um adaptador na transportadora 20-COMM.

Tabela 60 Compatibilidade do adaptador de rede 20-COMM-* com inversores da


série 750
Acessa as portas 2, 3 e 6
para conexões de E/S Acessa a porta 7 Suporta perfis
(envio de mensagem através de add-on do Suporta idiomas
Tipo de adaptador implícita e explícita) 14 dispositivos inversor asiáticos (5)
20-COMM-B BACnet MS/TP Não
20-COMM-C ControlNet (Coaxial) ✓ (1) ✓ v3.001 (3) ✓ (4) ✓ v3.001 (3)
20-COMM-D DeviceNet ✓ v2.005 (3) Não
20-COMM-E EtherNet/IP ✓ v4.001 (3) ✓ (4) ✓ v4.001 (3)
20-COMM-H RS-485 HVAC ✓ (2) Não
20-COMM-I Interbus ✓ (1)
20-COMM-K CANopen
20-COMM-L LonWorks Não
20-COMM-M Modbus/TCP ✓ (1) ✓ v2.001 (3) Não ✓ v2.001 (3)
20-COMM-P Profibus DP Não
20-COMM-Q ControlNet (Fibra) ✓ v3.001 (3) ✓ (4) ✓ v3.001 (3)
20-COMM-R Remote I/O Não
20-COMM-S RS-485 DF1
(1) O controlador deve ser capaz de ler/gravar os valores de ponto flutuante de 32 bits (REAL).
(2) Funciona somente com o modo RTU ModBus.
(3) Precisa desta versão do firmware do adaptador ou mais recente.
(4) Requer um firmware de versão v1.05 ou superior dos perfis add-on do inversor para RSLogix 5000, versão v16
ou superior.
(5) Os idiomas chinês, japonês e coreano são suportados no momento da publicação.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


91

Etapa 5 Lista de verificação na partida


• Essa lista de verificação suporta a opção do menu de partida.
• É necessária uma interface homem-máquina (IHM) para executar a
rotina de partida.

Importante: Consulte a página 94 para uma visão geral dos elementos


da tela e a navegação dos menus da interface
homem-máquina (IHM).

• A rotina de partida pode modificar valores de parâmetros para E/S


analógica e digital.

ATENÇÃO: Deve-se aplicar energia ao inversor para realizar


! o seguinte procedimento de partida. Algumas das tensões
presentes estão no potencial de linha de entrada. Para evitar risco
de choque elétrico ou danos ao equipamento, somente pessoal
qualificado deve realizar o seguinte procedimento. Leia e entenda
completamente o procedimento antes de iniciar.

Preparação para a partida inicial do inversor


❏ 1. Confirme se todas as entradas estão conectadas aos terminais corretos e
se estão firmes.
❏ 2. Verifique se a alimentação da linha de CA do dispositivo de desconexão
está dentro da faixa de valores do inversor.
❏ 3. Verifique se a tensão da alimentação de controle está correta.
❏ 4. O lembrete deste procedimento requer que uma interface
homem-máquina (IHM) deve ser conectado à porta 1 ou 2 DPI.
Figura 36 Portas DPI ➊ e ➋

❏ 5. Aplique alimentação CA e as tensões de controle ao inversor.


Se alguma entrada digital estiver configurada para Parar – CF,
Executar ou Habilitar, verifique se os sinais estão presentes ou o
inversor não ligará. Consulte Localização de falhas – Descrições de
falhas do inversor e alarmes na página 101 para obter uma lista de
possíveis conflitos de entradas digitais.
Se o LED STS não estiver piscando verde no momento, consulte
Indicadores de status na página 99.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


92

❏ 6. Quando solicitado, selecione um idioma para a tela. A tela Start-Up


exibirá automaticamente os inversores que não foram configurados
anteriormente.

Caso a tela Start-Up não seja exibida, pressione a tecla Enter.

❏ 7. Pressione a tecla Enter para exibir o Menu de partida.

❏ 8. Use as setas de tecla de seleção para destacar “2. Basic”.

❏ 9. Pressione a tecla Enter. Siga o menu usando a tecla Enter para percorrer
até a rotina de partida.

A rotina de partida faz perguntas simples e solicita a você as informações


necessárias.

Menu de partida

O menu General Start-up é exibido por padrão mediante a energização


inicial do inversor.

General Startup

Menu principal Start-Up


Completa essas etapas na
sequência:
Controle do motor
Dados do motor
Realimentação
Limites
Testes
Ref, Ramp, Stop
E/S
Concluído

Controle do Dados do Realimenta- Limites Testes Referência E/S Concluído


motor motor ção
Retorna ao
Dados do Feedback Ref, Ramp,
Motor Ctrl Limites Testes E/S Menu
motor Config Stop
principal

Dados do Ref, Ramp,


Motor Ctrl Fdbk Cnfg Limites Testes E/S
motor Stop
Retorna a Retorna a Retorna a Retorna a Retorna a
Retorna a Retorna a

Retorna ao
Menu
principal

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


93

Navegação até o menu Start-Up usando a IHM

1. Para acessar o menu Start-Up após a energização inicial do inversor,


aplique a alimentação ao inversor.

Mediante uma energização subsequente, a tela Status para a porta 00


(inversor host) é exibida por padrão.
Figura 37 Tela de status

Parado AUTO
0,00 Hz F
Inversor host
240 V 4,2 A
Rev 3,002 Ser. A
00
ESC REF PAR# TEXT

2. Pressione a tecla (Folders) para acessar a tela Folder.


Figura 38 Tela folder

Parado AUTO
0,00 Hz F
DEV PARAM
Linear List
File-Group
00 Changed Params
ESC

3. Use a tecla ou para navegar pela tela da pasta START UP.


Figura 39 Tela Start Up

Parado AUTO
0,00 Hz F
START UP
Begin Start Up
Continue Start Up
00
ESC

4. Use a tecla ou para selecionar uma das opções de partida.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


94

Visão geral da Interface Homem-Máquina (IHM)

Todas as informações sobre o uso da IHM (Códigos de catálogo


20-HIM-A6 e 20-HIM-C6S) para configurar e monitorar seu inversor são
fornecidas no Enhanced PowerFlex 7-Class Human Interface Module
(HIM) User Manual, publicação 20HIM-UM001.

Elementos da tela LCD

A tela da IHM está dividida em três zonas:

➊ Barra de status
➋ Área de dados
➌ Etiquetas de teclas de função

Figura 40 Zonas da tela da IHM

parado AUTO
0,00 Hz F ➊
Inversor host
240 V 4,2 A ➋
Rev 3,002 Ser. A
00
ESC REF PAR# TEXT ➌

Barra de status

A barra de status fornece informações sobre as condições de operação do


inversor host.
Figura 41 Barra de status na tela

parado AUTO
0,00 Hz F

Elemento Descrição
Ícone do host Uma pequena imagem do inversor host conectado.

Parado Texto de status Indica o status atual de operação do inversor host.


O texto pisca quando há uma falha.
0,00 Hz Realimentação Indica a realimentação de saída do inversor
(por exemplo, Hz, RPM, ampères etc.)
AUTO/MAN Indicação de modo Indica o status manual ou automático da IHM.
 Indicação de alarme O ícone de sino indica que há um alarme.
F R Indicação de rotação Indica a direção de operação do inversor host.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


95

Teclas de função

Até cinco teclas de função dinâmicas (mostradas sombreadas na Figura 42)


podem estar disponíveis. Uma tecla de função muda sua função/nome com
base na tela de IHM ou no modo de entrada de dados. Quando uma tecla de
função está ativa, sua função presente é mostrada na tela LCD em sua
etiqueta de tecla de função correspondente (item 3 em Figura 40).

Figura 42 Teclas de função

Teclas de navegação e número

As cinco teclas de multifunções azuis mostradas na Figura 43 são usadas


para navegar pelos menus/telas, executar funções correspondentes na área
de dados (item 2 na Figura 40) ou inserir valores numéricos. As cinco teclas
de número cinza (0, 1, 3, 7 e 9) são usadas somente para inserir seus
respectivos valores numéricos.

Figura 43 Teclas de navegação e número

Tecla Nome Descrição


2/seta para baixo • Insere o valor numérico “2.”
• Vai para baixo para selecionar um item.
4/seta para baixo • Insere o valor numérico “4.”
• Vai para a esquerda para selecionar um item.
5/Enter • Insere o valor numérico “5.”
• Exibe o próximo nível de um item de menu
selecionado.
• Insere novos valores.
• Executa ações pretendidas.
6/seta para a • Insere o valor numérico “6.”
direita • Vai para a direita para selecionar um item.
8/seta para cima • Insere o valor numérico “8.”
• Vai para cima para selecionar um item.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


96

Teclas de função única

Cada uma das quatro teclas de função única mostradas na Figura 44 sempre
executa somente sua função específica.

Figura 44 Teclas de função única

Tecla Nome Descrição


Partida Partir o inversor.

Pasta Acessa parâmetros, diagnósticos, funções de memória,


preferências e outras tarefas como a partida.

Barra de Acessa a função de jog, direção, auto/manual e outras funções de


controle controle.

Parada Usada para parar o inversor ou remover uma falha.


Esta tecla está sempre ativa.
Controlada pelo parâmetro 370 [Inter Modo A].

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


97

Portas e dispositivos

Portas do dispositivo do inversor

Conectores, dispositivos incorporados e módulos opcionais instalados,


como E/S, adaptadores de comunicação e DeviceLogix, têm atribuições
exclusivas de números de portas. Os conectores e dispositivos incorporados
têm números de portas fixos que não podem ser alterados. Aos módulos
opcionais são atribuídos um número de porta quando instalados.

Figura 45 Portas do dispositivo do inversor


00

07
08

01
14

04
02
05
06
03 02
13

Porta Dispositivo Descrição


00 Inversor host Porta fixa para o inversor.
01 IHM Porta fixa em um conector do cavalete da IHM.
O conector do cabo de expansão fornece a porta 01 quando o
conector do cavalete da IHM não é usado.
02 DPI porta Conexão da IHM portátil ou remota.
Conexão do cabo de expansão.
03 Cabo de expansão Conecta-se à porta 02 DPI.
Fornece a porta 02 e 03.
04 a 08 Módulos opcionais Portas disponíveis para módulos opcionais. Consulte a seção
Fiação de E/S que começa na página 67, para obter as
recomendações sobre portas dos opcionais.
(Portas 07 e 08 dos inversores PowerFlex 755 somente.)
09 a 12 Reservado para uso futuro.
13 EtherNet/IP Porta fixa para EtherNet/IP incorporada (inversores PowerFlex 755
somente).
14 DeviceLogix Porta fixa para DeviceLogix incorporada (inversores PowerFlex 755
somente).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


98

Seleção de um dispositivo

1. Acesse a tela Status.

Quando o inversor é energizado, a tela Status para a porta 00 (inversor


host) é mostrada por padrão.
Figura 46 Tela Status exibindo a porta 00 (inversor host)

Parado AUTO
0,00 Hz F
Inversor host
240 V 4,2 A
Rev 3,002 Ser. A
00
ESC REF PAR# TEXT

2. Use a tecla ou para navegar até a porta desejada.


Figura 47 Tela Status exibindo a porta 01 (IHM instalada em cavalete)

Parado AUTO
0,00 Hz F
20-HIM-x6
IHM de LCD
Em operação
01
ESC REF PAR# TEXT

3. Pressione a tecla de função PAR# ou a tecla (Folders) para acessar


os parâmetros.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


99

Indicadores de status

Tabela 61 Descrições do indicador de status do inversor PowerFlex 753


Nome Cor Estado Descrição
STS Verde Intermitente O inversor está pronto, mas não está em operação e não há
(Status) presença de falhas.
Estável Inversor operando, sem presença de falhas.
Amarelo Intermitente O inversor não está em operação, há uma condição de alarme de
tipo 2 (não configurável) e o inversor não pode ser iniciado.
Estável O inversor não está operando, há uma condição de alarme tipo 1.
O inversor pode ser iniciado.
Vermelho Intermitente Ocorreu uma falha grave. O inversor parará. O inversor não pode
ser iniciado até que a condição de falha seja removida.
Estável Ocorreu uma falha não reinicializável.
Vermelho/ Pisca alter- Ocorreu uma falha de advertência. Em operação, o inversor
amarelo nadamente continua a operar. O sistema é levado a parar no controle do
sistema. A falha deve ser removida para continuar. Use o
parâmetro 950 [Conf Falh Menor] para habilitar. Se não estiver
habilitado, age como uma falha grave.
Amarelo/ Pisca alter- Ao operar, um alarme do tipo 1 existe.
PowerFlex 753
verde nadamente
Verde/ Pisca alter- O inversor está atualizando.
vermelho nadamente

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


100

Tabela 62 Descrições do indicador de status do inversor PowerFlex 755


Nome Cor Estado Descrição
STS Verde Intermitente O inversor está pronto, mas não está em operação e não há
(Status) presença de falhas.
Estável Inversor operando, sem presença de falhas.
Amarelo Intermitente O inversor não está em operação, há uma condição de alarme de
tipo 2 (não configurável) e o inversor não pode ser iniciado.
Estável O inversor não está operando, há uma condição de alarme tipo 1.
O inversor pode ser iniciado.
Vermelho Intermitente Ocorreu uma falha grave. O inversor parará. O inversor não pode
ser iniciado até que a condição de falha seja removida.
Estável Ocorreu uma falha não reinicializável.
Vermelho/ Pisca alter- Ocorreu uma falha de advertência. Em operação, o inversor
amarelo nadamente continua a operar. O sistema é levado a parar no controle do
sistema. A falha deve ser removida para continuar. Use o
parâmetro 950 [Conf Falh Menor] para habilitar. Se não estiver
habilitado, age como uma falha grave.
Amarelo/ Pisca alter- Ao operar, um alarme do tipo 1 existe.
PowerFlex 755
verde nadamente
Verde/ Pisca alter- O inversor está atualizando.
vermelho nadamente
ENET Apagado Desativado O adaptador e/ou a rede não estão energizados, o adaptador não
está corremente conectado à rede ou o adaptador precisa de um
endereço IP.
Vermelho Intermitente Uma conexão EtherNet/IP expirou.
Estável O adaptador falhou ao duplicar o teste de detecção do endereço IP.
Vermelho/ Pisca alter- O adaptador está executando um autoteste.
verde nadamente
Verde Intermitente O adaptador está conectado corretamente, mas não está se
comunicando com todos os dispositivos da rede.
Estável O adaptador está conectado corretamente e se comunicando na
rede.
LINK Apagado Desativado O adaptador não está energizado ou não está transmitindo na
rede.
Verde Intermitente O adaptador está conectado corretamente e transmitindo pacotes
de dados na rede.
Estável O adaptador está conectado corretamente, mas não está
transmitindo na rede.

Importante: Os LEDs indicadores de status no cavalete da IHM não indicam o status das redes de
comunicação, mas sim o status da porta 13, EtherNet incorporada. Se um adaptador de
comunicação estiver instalado, consulte o manual do usuário do acessório para uma descrição
do local e indicação do LED.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


101

Exibição de códigos de falha e alarme

Os códigos de falha e alarme do PowerFlex série 750 são exibidos em um


dos três formatos.

• A porta 00 (inversor host) exibe somente o número do evento.


Por exemplo, Falha 3 “Prd Energia” é exibido como:
Código de falha 3.
• As portas 01 até 09 usam o formato PEEE, indicando o número da porta
(P) e o número do evento (EEE). Por exemplo, a falha 1 “Perda Ent
Analog” em um módulo de E/S instalado na porta 4 é exibido como:
Código de falha 4001.
• As portas 10 até 14 usam o formato PPEEE, indicando o número da
porta (PP) e o número do evento (EEE). Por exemplo, a falha 37
“Timeout ES Rede” na porta 14 é exibida como:
Código de falha 14037.

Localização de falhas – Descrições de falhas do inversor e alarmes

A tabela abaixo contém uma lista de falhas de inversores e alarmes, o tipo


de falha ou de alarme, a ação tomada quando o inversor falhar, o parâmetro
usado para configurar a falha ou o alarme (se aplicável) e uma descrição e
ação (quando aplicável).

Importante: Consulte o manual do usuário, publicação 750-UM001, para


descrições de falhas e alarmes gerados pelos módulos
opcionais instalados.

Tabela 63 Ações, descrições e tipos de falhas e alarmes do inversor


Ação Reset
Nº do da Parâmetro de auto-
evento Texto da falha/alarme Tipo falha configuração mático Descrição/ação(ões)
0 S/Ent
2 Entrada Auxiliar Falha Parada Um intertravamento da entrada auxiliar está aberto.
reincializável por
inércia
3 Perda de potência Configurável P449 S A tensão do barramento CC permaneceu abaixo de
[Ação Perda Eng] P451/P454 [Perda Pot X Nível] da tensão nominal por
mais tempo que o programado em P452/P455
[Perda Pot X Tempo].
4 Voltagem Bx Configurável P460 S Se a tensão do barramento em P11 [Volts de Bar Dir] cair
[Ação Baixa Volt] abaixo do valor definido no P461 [Nível Baixa Volt], há uma
condição de subtensão.
5 Sobretensão Falha Parada S A tensão do barramento CC excedeu o valor máximo.
reincializável por
inércia
7 Sobrecarga do Motor Configurável P410 S Ocorreu um desarme interno por sobrecarga eletrônica.
[Ação SC Motor]
8 SobrTemp DisCal Falha Parada S A temperatura do dissipador de calor excedeu 100% da
reincializável por temperatura do inversor.
inércia
9 SobrTemp Trnsist Falha Parada S Os transitores de saída excederam a temperatura máxima
reincializável por de operação.
inércia
10 SobrTemp FrenDin Alarme 1 O resistor de frenagem dinâmica excedeu sua temperatura
máxima de operação.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


102

Ação Reset
Nº do da Parâmetro de auto-
evento Texto da falha/alarme Tipo falha configuração mático Descrição/ação(ões)
12 HW Sobrcorr Falha Parada S A corrente de saída do inversor excedeu o limite de
reincializável por corrente do hardware.
inércia
13 Falta à terra Falha Parada S Ocorreu um caminho de corrente a terra maior que cerca
reincializável por de 25% da classificação do inversor.
inércia
14 Alerta Terra Configurável A corrente de aterramento excedeu o nível definido em
P467 [Nvl Alerta Terra].
15 Prd Carga Configurável P441 A corrente de torque de saída está abaixo do valor
[Ação Perd Carg] programado em P442 [Nível Perd Carg] por um período
maior que o programado em P443 [Temp Perd Carg].
17 Perd Fase Entrd Configurável P462 O ripple do barramento CC excedeu um nível
[AçãoPerda pré-selecionado.
EmFase]
18 Desarme do PTC do Configurável P250 Sobretemperatura do PTC do motor (coeficiente de
motor [Config PTC] temperatura positiva).
20 TorqPrv Spd Band Falha Parada A diferença entre o P2 [RefVel comandada] e o P3
reincializável por [Fdbk Veloc Mtr] excedeu o nível programado no P1105
inércia [Band Dev Veloc] por um período maior que o tempo
programado em P1106 [Int Band Veloc].
21 PerdaFase Saída Configurável P444 A corrente em uma ou mais fases foi perdida ou
[AçãoPrdFaseSaída] permanece abaixo de um nível pré-selecionado.
24 Inhib. Desacel. Configurável P409 O inversor não está seguindo a desaceleração comandada
[Ação Inib Desac] porque está tentando limitar a tensão no barramento.
25 Limite Sobrevel Falha Parada S A velocidade de operação do motor excede o limite definido
reincializável por em ajuste de velocidade máxima P524 [Limite Sobrevel].
inércia Para rotação do motor de avanço, este limite é de P520
[Veloc Avanc Máx] + P524 [Limite Sobrevel]. Para rotação
do motor reversa, este limite é de P521 [Veloc Rev Máx] –
P524 [Limite Sobrevel]. Quando os modos de controle
vetorial de fluxo são selecionados em P35 [Modo Cntl
do Mtr], a velocidade de operação do motor é determinada
por P131 [Fdbk Vel Ativa]. Para todos os outros modos que
não sejam controle vetorial de fluxo, a velocidade de
operação do motor é determinada por P1 [Freq de Saída].
26 Frenam Desliz Alarme 1 O movimento do encoder excedeu o nível no P1110
[Cont Desl Freio] depois que o freio foi ajustado e a
manobra de escorregamento de frenagem está controlando
o inversor. (O inversor está ativo.)
Alarme 2 O movimento do encoder excedeu o nível em P1110
[Cont Desl Freio] depois que o freio foi ajustado e a
manobra de escorregamento de frenagem foi concluída.
(O inversor está parado.)
27 Cflt Prove Torq Alarme 2 Quando o P1100 [Cnfg Prov Torq] estiver habilitado, o P35
[Modo Cntl do Mtr], P125 [Sel Fdbk Vel Pri] e o P135
[Sel Fdbk Pso Mtr] devem estar devidamente ajustado.
Se esses parâmetros apontarem para um módulo de
realimentação, os parâmetros do módulo também devem
estar devidamente ajustados.
28 CnfgSCod PrvTq Alarme 2 O TorqProve sem encoder foi habilitado, mas o usuário não
leu nem compreendeu os cuidados com as aplicações com
operação sem encoder. Consulte PowerFlex 750-Series
User Manual, publicação 750-UM001, para informações e
precauções relacionadas ao usado do TorqProve sem
encoder.
29 Perda Ent Analog Configurável 263 A entrada analógica perdeu o sinal.
[Pda Actn En Anlg]
33 ReinAut Esgtados Falha Parada O inversor tentou reinicializar uma falha e recomeçar a
reincializável por operação pelo número de vezes programado sem sucesso.
inércia

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


103

Ação Reset
Nº do da Parâmetro de auto-
evento Texto da falha/alarme Tipo falha configuração mático Descrição/ação(ões)
36 SW SobCorrent Falha Parada S A corrente de saída do inversor excedeu a capacidade de
reincializável por corrente de 1 ms. Essa taxa é superior à taxa de corrente
inércia de 3 segundos e inferior ao nível de falha de sobrecorrente
do hardware. Normalmente é de 200 – 250% da taxa
contínua do inversor.
38 Fase U para Ter Falha Parada Uma fase de falta à terra foi detectada entre o inversor e o
39 Fase V para Ter reincializável por motor nesta fase.
40 Fase W para Ter inércia
41 Curto BV Fase Falha Parada Foi detectada a corrente excessiva entre esses dois
42 Curto VW Faset reincializável por terminais de saída.
43 Curto WU Fase inércia
44 Fase UNão paraTer Falha Parada Uma fase de falta à terra foi detectada entre o inversor e o
45 Fase VNão paraTer reincializável por motor nesta fase.
46 Fase WNão paraTer inércia
48 Sist Default Falha Parada O inversor recebeu o comando para gravar os valores
reincializável por padrão.
inércia
49 Inicial Unid – Um identificador de energização na fila de falha que indica
que a alimentação do inversor foi desligada e ligada.
51 Elim Fila Falha – Indicação de que a fila de falhas foi removida.
55 Sobretemp Pl Ctl Falha Parada O sensor de temperatura na placa de controle principal
reincializável por detectou calor excessivo. Consulte as especificações de
inércia temperatura do produto.
58 Mód. Padronizado Falha Parada O módulo recebeu o comando para gravar os valores
reincializável por padrão.
inércia
59 Código inválido Falha Parada Erro interno.
reincializável por
inércia
61 Pin Cort 1 Configurável P435 S O valor programado em P436 [Nível Pino1 Cort] foi
[Acão Pino Cort 1] excedido.
62 Pin Cort 2 Configurável P438 S O valor programado em P439 [Nível Pino2 Cort] foi
[Acão Pino Cort 2] excedido.
64 SobrCarg Unidd Alarme 1 S O P940 [Cont Sobrec Un] excedeu 50%, mas está abaixo
de 100%.
Falha Parada P940 [Cont Sobrec Un] excedeu 100%. Reduza a carga
reincializável por mecânica no inversor.
inércia
67 Desligamento da Alarme 1 A condição de desligamento da bomba foi detectada.
bomba
71 Port 1 Adapt Falha Parada A opção de comunicação DPI tem uma falha.
72 Port 2 Adapt reincializável por Consulte a fila de eventos do dispositivo.
73 Port 3 Adapt inércia
74 Port 4 Adapt
75 Port 5 Adapt
76 Port 6 Adapt
77 Interv Volt RI Alarme 2 O padrão para P70 [AjusteAuto] é 1 “Calcular” e o valor
calculado a partir dos valores da placa de identificação do
motor retornaram a um valor para P73 [Queda Volt RC] que
não está na faixa de valores aceitáveis.
Falha Parada O P70 [AjusteAuto] está ajustado para 2 “Sint Est” ou
reincializável por 3 “Sint. Rotaç” e o valor medido pelo procedimento de
inércia autoajuste para P73 [Queda Volt RC] não está na faixa de
valores aceitáveis.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


104

Ação Reset
Nº do da Parâmetro de auto-
evento Texto da falha/alarme Tipo falha configuração mático Descrição/ação(ões)
78 Int Ref Amp Flux Alarme 2 O padrão para P70 [Sint Autom] é 1 “Calcular” e o valor
para corrente de fluxo determinada pelo procedimento
de autoajuste excede o valor programado no P26
[Amp An Motor].
Falha Parada P70 [Sint Autom] é 2 “Sint Est” ou 3 “Sint. Rotaç” e o valor
reincializável por para corrente de fluxo determinada pelo procedimento
inércia de autoajuste excede o valor programado no P26
[Amp An Motor].
79 Carg Excessiva Falha Parada O motor não atingiu a velocidade no tempo determinado
reincializável por durante o autoajuste.
inércia
80 AutoAjus Cancel Falha Parada A função de autoajuste foi cancelada manualmente ou
reincializável por ocorreu uma falha.
inércia
81 Port 1 Perd DPI Falha Parada A porta DPI parou de comunicar-se.
82 Port 2 Perd DPI reincializável por Verifique as conexões e o aterramento do inversor.
83 Port 3 Perd DPI inércia
84 Port 4 Perd DPI
85 Port 5 Perd DPI
86 Port 6 Perd DPI
87 InterVoltag IXo Alarme 2 O padrão para P70 [Sint Autom] é 1 “Calcular” e a tensão
calculada para a impedância indutiva do motor excede 25%
do valor de P25 [Volts An Motor].
Falha Parada P70 [Sint Autom] está ajustado para 2 “Sint Est” ou 3 “Sint.
reincializável por Rotaç” e a tensão medida para a impedância indutiva do
inércia motor excede 25% do valor de P25 [Volts An Motor].
91 Per FdbkVel Pri Configurável Observação: Uma perda de realimentação foi detectada para a fonte de
Consulte o módulo P134 [Feedback Vel Aux]. Isto pode ser devido a um
opcional para o problema detectado pelo módulo opcional de
número do realimentação selecionado em P125 [Sel Fdbk Vel Pri] ou
parâmetro de devido a uma perda na comunicação entre o módulo
configuração. opcional de realimentação e a placa de controle principal.
A fonte de realimentação de velocidade primária deve ser
configurada para não falhar se o recurso de comutação da
realimentação for usado.
93 Verificação de Falha Parada A ativação do hardware está desabilitada (jumper
Ativação Hw reincializável por instalado), mas indica que não está ativado.
inércia
94 Perd FdbkVel Alt Configurável Observação: Uma perda de realimentação foi detectada para a fonte de
Consulte o módulo P128 [Sel Fdbk Vel Alt]. Isto pode ocorrer devido a um
opcional para o problema detectado pelo módulo opcional de
número do realimentação selecionado em P128 [Sel Fdbk Vel Alt] ou
parâmetro de devido a uma perda na comunicação entre o módulo
configuração. opcional de realimentação e a placa de controle principal.
95 Perd FdbkVel Aux Configurável Uma perda de realimentação foi detectada para a fonte de
P132 [Sel Fdbk Vel Aux]. Isto pode ocorrer devido a um
problema detectado pelo módulo opcional de
realimentação selecionado em P132 [Sel Fdbk Vel Aux] ou
devido a uma perda na comunicação entre o módulo
opcional de realimentação e a placa de controle principal.
96 PerdFdbkPosição Configurável Uma perda de realimentação foi detectada para a fonte de
P847 [Fdbk Posição]. Isto pode ocorrer devido a um
problema detectado pelo módulo opcional de
realimentação selecionado em P135 [Sel Fdbk Pso Mtr] ou
devido a uma perda na comunicação entre o módulo
opcional de realimentação e a placa de controle principal.
97 Chave Tac Auto Falha Parada Indicação de que uma das seguintes condições existe.
reincializável por • Chave Tac ocorreu e um dispositivo de realimentação
inércia alternativo falhou.
• A chave Tac não ocorreu, a opção Auto Tach Switch está
habilitada e ambos os dispositivos principal e alternativo
falharam.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


105

Ação Reset
Nº do da Parâmetro de auto-
evento Texto da falha/alarme Tipo falha configuração mático Descrição/ação(ões)
100 SomaVer Parâmetr Falha Parada O checksum lido no armazenamento não volátil não
reincializável por corresponde ao checksum calculado. Dados configurados
inércia para o valor padrão.
104 SomVer Plc Ener Falha não O checksum lido no armazenamento não volátil não
reinicializável corresponde ao checksum calculado. Dados configurados
para o valor padrão.
106 PE PCP Incompat Falha não Parada A placa de controle principal não reconheceu a estrutura de
reinicializável por alimentação. Atualize com uma versão mais nova da
inércia aplicação.
107 PE PCP Substit Falha Parada A placa de controle principal foi movida para uma estrutura
reincializável por de alimentação diferente. Dados configurados para os
inércia valores padrão.
108 Chksum Calib Anlg Falha não Parada O checksum lido nos dados de calibração analógica não
reinicializável por corresponde ao checksum calculado.
inércia
111 ID Inválido PIEg Falha não Parada ID da estrutura de alimentação inválida. Atualize com uma
reinicializável por versão mais nova da aplicação.
inércia
112 VerMin Aplo PlEg Falha Parada A estrutura da alimentação precisa da versão mais nova da
reincializável por aplicação. Atualize com uma versão mais nova da
inércia aplicação.
113 ErrDados Rastr Falha Parada Erro de dados interno.
reincializável por
inércia
115 Tab FalEng Comp Falha Parada Erro de dados interno.
reincializável por
inércia
116 EntrFalEg2Grande Falha Parada Erro de dados interno.
reincializável por
inércia
117 Sver Dados FalEg Falha Parada Erro de dados interno.
reincializável por
inércia
118 SVer FalEng PIEg Falha Parada Erro de dados interno.
reincializável por
inércia
124 ID Ap Alterado Falha Parada O firmware da aplicação mudou. Verifique a versão da
reincializável por aplicação.
inércia
125 Usando Ap Backup Falha Parada A aplicação não atualizou corretamente. Faça a atualização
reincializável por novamente.
inércia
134 Ini na Inicia Alarme 1 Quando P345 [Inic No InícSist] estiver habilitado, um
alarme será configurado para o tempo programado em
P346 [Atraso InicSist].
137 Err Pré-cg Ext Configurável P323 O contato do selo no contator de pré-carga externa abriu
[Cfg Err Pré-Carg] (conforme sinalizado por P190 [Ved Pré-Carg ED])
enquanto o inversor estava em operação (PWM estava
ativo).
138 Pré-cga Abta Falha Parada A pré-carga interna foi comanda para abrir enquanto o
reincializável por inversor estava em operação (PWM estava ativo).
inércia A retenção da falha interna será automaticamente
removida quando PWM for desabilitado.
141 Âng Cod AjAut Falha Parada P78 [CompAng Sem Cod] está fora da faixa.
reincializável por
inércia
142 Vel AjAut Restr Falha Parada Os ajustes no limite de frequência estão impedindo que o
reincializável por inversor alcance a velocidade adequada durante um teste
inércia de ajuste de inércia.
143 RegCor AjustAut Falha Parada O valores calculados para P96 [Kp Reg Cor CCV] e/ou P97
reincializável por [Ki Reg Cor CCV] estão fora da faixa.
inércia

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


106

Ação Reset
Nº do da Parâmetro de auto-
evento Texto da falha/alarme Tipo falha configuração mático Descrição/ação(ões)
144 Inércia AjusAuto Falha Parada Os resultados do teste Ajust Inérci está fora da faixa para
reincializável por P76 [Inércia Total].
inércia
145 Viag AjustAuto Falha Parada Quando P77 [Lim Test Inércia] estiver ajustado, o teste
reincializável por Ajust Inérci foi impedido de chegar a uma velocidade
inércia adequada para executar o teste.
152 Sem Origem de Falha Parada Origem Últ Inter foi removida.
Interrupção reincializável por
inércia
155 Conflit Bipolar Alarme 2 O P308 [Modo Direção] está ajustado em 1 “Bipolar” ou
2 “Rev Desativ” e uma ou mais entradas digitais estão
habilitadas para o controle de direção.
157 EntDig Cfg B Alarme 2 Conflito da entrada digital. Corrija a configuração da
entrada digital.
158 EntDig Cfg C Alarme 2 Conflito da entrada digital. Corrija a configuração da
entrada digital.
161 Config Esp Alarme 2 Há um erro de configuração Sleep/Wake. Com o modo
Sleep Wake = direto, as possíveis causa incluem:
O inversor para e Nível Wake < Nível Sleep.
Stop = CF, Run, Run Fwd ou Run Rev não está configurado
em funções de entrada digital.
162 Ligando Alarme 2 O temporizador Wake está contando em direção a um valor
que iniciará o inversor.
168 DissCalSubTmp Falha O sensor de temperatura do dissipador de calor está
reincializável reportando um valor abaixo de –18,7 °C (–1,66 °F) ou o
circuito de realimentação do sensor está aberto.
169 Red Freq MLP Alarme 1 A freqüência MLP foi reduzida do valor ajustado em P38
[Freqüência MLP] devido às temperaturas excessivas de
junção do transistor bipolar com gate isolado.
170 LimitCor Reduzid Alarme 1 O valor limite de corrente foi reduzido do valor ajustado em
P422/423 [Lim Corrente X] devido às temperaturas
excessivas da junção do transistor bipolar com gate isolado
ou P940 [Cont Sobrec Un] = 95%.
171 Ref Tensão Adj Alarme 1 Conflito na seleção de referência de tensão ajustável
inválida.
177 Perfil Ativo Alarme 1 O perfil/indexador está ativo.
178 Posicion Ativ Alarme 1 A função Homing está ativa.
179 Orig Não Def Alarme 1 A posição Home não foi definida antes da operação de
perfil.
185 Conflito Freq Alarme 2 Indica que os valores de P520 [Veloc Avanc Máx] e P521
[Veloc Rev Máx] estão em conflito com o valor de P63
[Frequência de Quebra].
186 Decli Neg VHz Alarme 2 Indica que o segmento de curva V/Hz resultou em uma
curvatura V/Hz negativa.
187 Limit Imp VHz Alarme 2 Indicação de que uma das seguintes condições existe.
• P60 [Iniciar/Acel Imp] and P61 [Exec Imp] são maiores
que P25 [Volts An Motor] x 0,25 quando P65
[Curva VHz] = 0 “V/Hz Person.”
• P61 [Exec Imp] é maior que P25 [Volts An Motor] x 0,25
quando P65 [Curva VHz] = 1 “Vent/Vál.”
190 Fdbk Pri FV IP Alarme 2 Indica um erro de configuração em um modo de controle e
no dispositivo de realimentação principal. O P35
[Modo Cntl do Mtr] está ajustado para um modo de controle
de vetor de fluxo “FV”, P125 [Sel Fdbk Vel Pri] está
ajustado para 137 (porta 0, P137 [Fbdb Circ Aberto]).
191 Fdbk Alt FV IP Alarme 2 Indica um erro de configuração em um modo de controle e
no dispositivo de realimentação alternativo. O P35
[Modo Cntl do Mtr] está ajustado para um modo de controle
de vetor de fluxo “FV”, P635 [Cntl Opções Vel] está
ajustado para o bit 7 “Alt Tac Auto,” P125 (porta 0, P137
[Fbdb Circ Aberto]).

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


107

Ação Reset
Nº do da Parâmetro de auto-
evento Texto da falha/alarme Tipo falha configuração mático Descrição/ação(ões)
192 Cnf Lim Vel Avan Alarme 2 A referência de velocidade de avanço está fora da faixa.
Verifique os ajustes de P38 [Freqüência MLP] e P520
[Veloc Avanc Máx]. As frequências portadoras mais baixas
reduzem a faixa de frequência de saída.
Verifique se P522 [Veloc Avanc Mín] é menor que P520
[Veloc Avanc Máx].
193 Cnf Lim Vel Rev Alarme 2 A referência de velocidade reversa está fora da faixa.
Verifique os ajustes de P38 [Freqüência MLP] e P521
[Veloc Rev Máx]. As frequências portadoras mais baixas
reduzem a faixa de frequência de saída.
Verifique se P523 [Veloc Rev Mín] é menor que P521
[Veloc Rev Máx].
203 Porta 13 Adapt Falha Parada O adaptador EtherNet/IP incorporado tem uma falha.
reincializável por Consulte a fila de eventos da EtherNet/IP.
inércia
204 Porta 14 Adapt Falha Parada Há uma falha no adaptador DeviceLogix.
reincializável por
inércia
205 ErrTransport DPI Alarme 1 Ocorreu um erro de comunicação DPI.
210 Saída Jumper Falha Parada Um módulo opcional de segurança está presente e o
Ativação HW reincializável por Jumper J1 ENABLE está removido. Instale o jumper.
inércia
211 Falh PI Seguran Falha Parada Um módulo opcional de segurança indicou uma falha.
reincializável por Verifique se o Jumper J1 ENABLE está instalado. Reinicie
inércia ou desligue e ligue o inversor.
212 SaídaJumper Falha Parada O Jumper J2 SAFETY não está instalado e não há um
Segurança reincializável por módulo opcional de segurança. Instale o jumper.
inércia
213 Ent Ponte Segur Falha Parada O Jumper J2 SAFETY está instalado e há um módulo
reincializável por opcional de segurança. Remova o jumper.
inércia
214 ConflitoPortaSeg Alarme 2 Número permitido de opções de segurança excedido.
224 Port 4 Perd Com Falha Parada O dispositivo na porta parou de se comunicar com a placa
225 Port 5 Perd Com reincializável por de controle principal.
226 Port 6 Perd Com inércia Verifique se o dispositivo está presente e funcionando.
Verifique as conexões da rede.
227 Port 7 Perd Com Verifique se os opcionais instalados nas portas 4 a 8 estão
228 Port 8 Perd Com encaixados na porta e presos com parafusos de fixação.
229 Port 9 Perd Com
230 Port10 Perd Com
231 Port11 Perd Com
232 Port12 Perd Com
233 Port13 Perd Com
234 Port14 Perd Com
244 Port 4 Cfg Alarme 2 A placa de controle principal não tem a opção correta na
245 Port 5 Cfg porta.
246 Port 6 Cfg A opção pode não ser compatível com o produto ou o
firmware MCB precisa ser atualizado para suportá-lo.
247 Port 7 Cfg O opcional pode ter sido movido ou removido, aceite a
248 Port 8 Cfg alteração de configuração do opcional.
249 Port 9 Cfg
250 Port 10 Cfg
251 Port 11 Cfg
252 Port 12 Cfg
253 Port 13 Cfg
254 Port 14 Cfg

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


108

Ação Reset
Nº do da Parâmetro de auto-
eventoTexto da falha/alarme Tipo falha configuração mático Descrição/ação(ões)
264 Port 4 Soma Ver Falha Parada O checksum de armazenamento do módulo opcional
265 Port 5 Soma Ver reincializável por falhou.
266 Port 6 Soma Ver inércia Os dados opcionais foram definidos para os valores
padrão.
267 Port 7 Soma Ver
268 Port 8 Soma Ver
269 Port 9 Soma Ver
270 Port10 Soma Ver
271 Port11 Soma Ver
272 Port12 Soma Ver
273 Port13 Soma Ver
274 Port14 Soma Ver
291 Dur Vent DC Configurável P493 A função de manutenção preditiva alcançou o nível do
[AçãoEvent VentDC] evento. Realize a manutenção.
292 Dur Ven In Configurável P500
[AçãoEvnt EmVent]
293 Dur MtrBrng Configurável P506
[AçãoEventMancMtr]
294 Lub MancMt Configurável P510
[AçãoEvntLubrfMtr]
295 Dur MancMMaq Configurável P515
[AçãoEventMancMtr]
296 Lub MancMaq Configurável P519
[AçãoEvntLubrfMáq]
307 Port7 Cart Inv Falha não Parada A opção não é válida para aquela porta. Remova o módulo
reinicializável por opcional.
inércia
308 Port8 Cart Inv Falha não Parada
reinicializável por
inércia
313 SomVer ENet Falha Parada O checksum de armazenamento da Ethernet/IP falhou.
reincializável por Dados configurados para os valores padrão.
inércia
314 SomVer DLX Falha Parada O checksum de armazenamento DeviceLogix falhou.
reincializável por Dados configurados para os valores padrão.
inércia
14037 Limite ES Rede Configurável P52 O DeviceLogix foi desabilitado.
[Cond Prog DLX]

Importante: Os números de eventos de falhas e alarmes entre 3000 e 13999 são gerados por um módulo
instalado em uma porta. Consulte Exibição de códigos de falha e alarme na página 101 para obter
uma explicação.

Consulte as publicações a seguir para informações detalhadas sobre falhas e


alarmes.
Faixa de número do
evento Título da publicação Número da publicação
3000 a 12999 PowerFlex 750-Series AC Drives User Manual 750-UM001
13000 a 13999 PowerFlex 755 Drive Embedded EtherNet/IP 750COM-UM001
Adapter User Manual

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


109

Remoção manual de falhas

Etapa Tecla(s)
1. Pressione a tecla de função “Clear” para reconhecer a falha. As informações de
falha serão removidas de forma que você possa usar a IHM. CLR
2. Corrija a condição que causou a falha.
A causa deve ser corrigida antes que a falha seja removida.
3. Depois de efetuar a ação corretiva, remova a falha com um destes métodos:
• Pressione Stop (o inversor irá parar se estiver em operação)
• Desligue e ligue novamente o inversor
• Selecione a tecla de função “Clear” no menu Faults da pasta Diagnostic da
IHM.

Sintomas comuns e ações corretivas


O inversor não inicia a partir das entradas de Partida ou Operação conectadas
ao borne.
Causa(s) Indicação Ação corretiva
Inversor com falha Luz de status Remover a falha.
vermelha • Pressione Parar
piscando • Desligue e ligue a alimentação
(intermitente)
• “Limpar falhas” no menu de
diagnósticos da IHM.
Fiação de entrada incorreta. Consulte Nenhuma Faça a fiação das entradas
página 70 para exemplos de fiação. corretamente.
• O controle por 2 fios requer entrada de
Operação, Oper. Frente, Oper. Reversa
ou Jog.
• O controle a 3 fios requer entradas de
Partida e Parada.
• Verifique se o ponto comum de 24 Volts
está conectado ao ponto comum da
entrada digital.
Programação incorreta da entrada digital. Nenhuma Configure a função de entrada.
• Foram feitas escolhas mutuamente Luz de status Resolva os conflitos da função de
exclusivas (isto é, Jog e Jog p/frente). amarelo entrada.
• A programação de 2 e 3 fios pode estar piscando e a
em conflito. indicação
• Partida configurada sem uma parada “Conf Ent Dig B”
configurada. ou
“Conf Ent Dig C”
na IHM de LCD.
P936 [Status
Unid 2] mostra
alarme(s) do
tipo 2.
O borne não tem controle. Nenhuma Verifique P324 [Másc Lógica].

O inversor não iniciar a partir da IHM.


Causa(s) Indicação Ação corretiva
O inversor está configurado para Nenhuma Mude P150 [Conf Ent Dig] para corrigir a
controle de nível por 2 fios. função de controle.
Outro dispositivo tem o controle Nenhuma
manual.
A porta não tem controle. Nenhuma Mude P324 [Másc Lógica] para ativar a porta
correta.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


110

O inversor não responde a mudanças no comando de velocidade.


Causa(s) Indicação Ação corretiva
Nenhum valor está chegando da A linha de status 1. Se a fonte for uma entrada analógica,
fonte de comando. da IHM de LCD verificar a fiação e usar um medidor para
indica “Na checar a presença de sinal.
Velocidade” e a 2. Verifique P2 [RefVel comandada] para a
saída é de 0 Hz. fonte correta.
Foi programada uma fonte de Nenhuma 3. Verifique P545 [Sel Ref A Veloc] para a
referência incorreta. fonte de referência de velocidade.
4. Reprograme P545 [Sel Ref A Veloc] para
fonte correta.
Uma fonte de referência incorreta Nenhuma 5. Verifique se há seleções de fonte
está sendo selecionada por meio inesperadas nos bits 12 e 13 do P935
de dispositivo remoto ou entradas [Status do Inversor 1].
digitais. 6. Verifique P220 [Digital In Sts] para
confirmar se as entradas estão
selecionando uma fonte alternativa.
7. Verifique a configuração das funções
P173-175 [Selc 1 Vel DI X].

O motor e/ou o inversor não acelera para a velocidade comandada.


Causa(s) Indicação Ação corretiva
O tempo de aceleração é Nenhuma Reprograme P535/536 [Temp Acel X].
excessivo.
Carga excessiva ou tempos de Nenhuma Verifique o bit 27 do P935 [Status do
aceleração curtos forçam o Inversor 1] para confirmar se o inversor está
inversor ao limite de corrente, no limite de corrente.
reduzindo ou parando a Remova a carga excessiva ou reprograme
aceleração. P535/536 [Temp Acel X].
O valor ou a fonte de comando de Nenhuma Verificar se o comando de velocidade está
velocidade não é conforme correto realizando as etapas de 1 a 7
esperado. anteriores.
A programação está impedindo a Nenhuma Verifique P520 [Veloc Avanc Máx], P521
saída do inversor de exceder os [Veloc Rev Máx] e P37 [Freq Máxima] para
valores limitadores. garantir que a velocidade não seja limitada
pela programação.

A operação do motor é instável.


Causa(s) Indicação Ação corretiva
Os dados do motor foram inseridos Nenhuma 1. Inserir corretamente os dados da placa de
incorretamente ou o autoajuste identificação do motor.
não foi realizado. 2. Execute o procedimento de autoajuste
“Sint Est” ou “Sint. Rotaç”.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


111

O inversor não reverterá o sentido do motor.


Causa(s) Indicação Ação corretiva
A entrada digital não está Nenhuma Verifique se a função de reversão DI está
selecionada para controle de corretamente configurada.
reversão.
A fiação da entrada digital está Nenhuma Verifique a fiação da entrada digital.
incorreta.
O parâmetro Modo de sentido está Nenhuma Reprograme P308 [Modo Direção] para
programado erradamente. controle “Bipolar” analógico ou “Unipolar”
digital.
A fiação do motor está ligada com Nenhuma Troque a posição de dois fios do motor.
fase errada para reversão.
Uma entrada de comando Nenhuma 1. Use um medidor para verificar se há tensão
analógico bipolar está ligada na entrada analógica.
incorretamente ou não existe sinal. 2. Verifique a fiação do sinal analógico bipolar.
Uma tensão positiva comanda no sentido de
avanço. Uma tensão negativa comanda no
sentido de reversão.

Desligamento dos resultados do inversor em uma falha de Inibir


desaceleração.
Causa(s) Indicação Ação corretiva
O recurso de regulagem do Tela de falha 1. Reprograme os parâmetros 372/373
barramento está habilitado e Inhib. Desacel. [Modo Reg Barram X] para eliminar
parando a desaceleração devido A linha de status qualquer seleção de “Ajustar Freq”.
a um excesso de tensão no no LCD indica 2. Desabilite a regulagem do barramento
barramento. Um excesso de “Com falha”. (parâmetros 372/373 [Modo Reg Barram X])
tensão no barramento e adicione uma frenagem dinâmica.
normalmente é devido a um 3. Corrija a instabilidade na linha de entrada
excesso de energia regenerada ou CA ou adicione um transformador de
a tensões instáveis na entrada de isolação.
linha CA. 4. Reinicialize o inversor.
O temporizador interno parou a
operação do inversor.

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


112

Lista de parâmetros do inversor (porta 0)

Número Nome do parâmetro Grupo Número Nome do parâmetro Grupo


1 Freq de Saída Medição 79 CompVlt Sem Cod Sint Autom
2 RefVel comandada Medição 80 Config ImP 755 Sint Autom
3 Mtr Vel Fdbk Medição 81 Offst CodPrim Im 755 Sint Autom
4 Torque Comand Medição 82 Offst CodAlt ImP 755 Sint Autom
5 Fdbk Cr Torque Medição 83 Cor TstOfst ImP 755 Sint Autom
6 Fdbk Cr Flux Medição 84 Ra Cr TstOfst Im 755 Sint Autom
7 Corrente Saí Medição 85 RaF TstOfst ImP 755 Sint Autom
8 Voltagem Saí Medição 86 Volt FCEM ImP 755 Sint Autom
9 Energia de Saída Medição 87 Voltagem RI ImP 755 Sint Autom
10 Fatr de Ener Saí Medição 88 Volt EiXq ImP 755 Sint Autom
11 Volts de Bar Dir Medição 89 Volt EiXd ImP 755 Sint Autom
12 Mem. Bar Dir Medição 91 Kp Reg Vqs ImP 755 Sint Autom
13 MWHr Decorrido Medição 92 Ki Reg Vqs ImP 755 Sint Autom
14 kWHr Decorrido Medição 93 Cor Test Dir ImP 755 Sint Autom
15 Tempo Exec Decor Medição 95 LB Reg Cor CCV Regulador do vetor
20 Voltagem nom Dados do inversor 96 Kp Reg Cpr CCV Regulador do vetor
21 Amp nominal Dados do inversor 97 Ki Reg Cor CCV Regulador do vetor
22 kW nominais Dados do inversor 98 Kp RegF SemCodV Regulador do vetor
25 Volts An Motor Dados do motor 99 Ki RegF SemCodV Regulador do vetor
26 Amp An Motor Dados do motor 100 Ativ Reg Desliz Regulador do vetor
27 Hertz An Motor Dados do motor 101 Ki Reg Desliz Regulador do vetor
28 RPM An Motor Dados do motor 102 Kp Reg Deliz Regulador do vetor
29 Uni Ener An Mtr Dados do motor 103 Ativ Reg Flux Regulador do vetor
30 Ener Anunc Motor Dados do motor 104 Ki Reg Flux Regulador do vetor
31 Polos do Mtr Dados do motor 105 Kp Reg Flux Regulador do vetor
35 Modo Cntl do Mtr Opções Cntl Mtr 106 Veloc Adapt Torq Regulador do vetor
36 Voltagem Máxima Opções Cntl Mtr 107 Ativ Adapt Torq Regulador do vetor
37 Freq Máxima Opções Cntl Mtr 108 Comp Atraso Fase Regulador do vetor
38 Frequência MLP Opções Cntl Mtr 109 Modo Comp Torque Regulador do vetor
40 Cfg Opções Mtr Opções Cntl Mtr 110 Motor Comp Torq Regulador do vetor
42 Utilização Bar Opções Cntl Mtr 111 Regen Comp Torq Regulador do vetor
43 Ativ Flux Sub Opções Cntl Mtr 112 Lqs Adapt Desliz Regulador do vetor
44 Tmp Flux Sub Opções Cntl Mtr 113 LmtRot AdaptFD Regulador do vetor
45 Ki Flux Desc Opções Cntl Mtr 114 TaxaRot AdaptFD Regulador do vetor
46 Kp Flux Desc Opções Cntl Mtr 115 NvlCnvsão AdptFD Regulador do vetor
47 Econ no Ki Ref Opções Cntl Mtr 116 LmtCnvsão AdptFD Regulador do vetor
48 Econ Ki AceDesac Opções Cntl Mtr 125 Sel Fdbk Vel Pri Realimentação
49 Econ Kp AceDesac Opções Cntl Mtr 126 FltrFdbk Vel Pri Realimentação
50 Filtro de Estab Opções Cntl Mtr 127 Feedback Vel Pri Realimentação
51 Ganho Volt Estab Opções Cntl Mtr 128 Sel Fdbk Vel Alt Realimentação
52 Ganho Âng Estab Opções Cntl Mtr 129 FltrFdbk Vel Alt Realimentação
60 Iniciar/Acel Imp Volts por Hertz 130 Feedback Vel Alt Realimentação
61 Exec Imp Volts por Hertz 131 Fdbk Vel Ativa Realimentação
62 Voltagem Abert Volts por Hertz 132 Sel Fdbk Vel Aux Realimentação
63 Frequência Abert Volts por Hertz 133 FltrFdbk Vel Aux Realimentação
64 Filtr de Imp SVC Volts por Hertz 134 Feedback Vel Aux Realimentação
65 Curva VHz Volts por Hertz 135 Sel Fdbk Pso Mtr Realimentação
70 Sint Autom Sint Autom 136 SelFdbk Pso Carg 755 Realimentação
71 Torq Sint Autom Sint Autom 137 Fbdb Circ Aberto Realimentação
73 Queda Volt RC Sint Autom 138 Simulador Fdbk Realimentação
74 Queda Volt Rfg Sint Autom 139 Ref Veloc Retard 755 Realimentação
75 Ref corrent flux Sint Autom 140 RtardCod Virtual 755 Realimentação
76 Inércia Total Sint Autom 141 EPR Cod Virtual 755 Realimentação
77 Lim Test Inércia Sint Autom 142 Pso Cod Virtual 755 Realimentação
78 ComAng Sem Cod Sint Autom 150 Conf Ent Digital Funções digin

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


113

Número Nome do parâmetro Grupo Número Nome do parâmetro Grupo


155 Ativ ED Funções digin 242 Nív TO0 753 Saídas Digitais
156 Falha Clar ED Funções digin 243 Sts Cmp. Niv TO0 753 Saídas Digitais
157 Falha Aux ED Funções digin 244 TO0 Temp Lig 753 Saídas Digitais
158 DI Stop Funções digin 245 TO0 Temp Desl 753 Saídas Digitais
159 Inter Lim Cor ED Funções digin 250 Config PTC 753 PTC do motor
160 Inter Desacel ED Funções digin 251 Status PTC 753 PTC do motor
161 DI Start Funções digin 255 Tipo Ent. Anal 753 Entradas analógicas
162 Avan Revert ED Funções digin 256 Sqrt EntAnalóg 753 Entradas analógicas
163 Exec AD Funções digin 257 Sts Pda En Anlg 753 Entradas analógicas
164 Exec Avan ED Funções digin 260 Valor Anlg In0 753 Entradas analógicas
165 Exec Rev ED Funções digin 261 En0 Anlg At 753 Entradas analógicas
166 DI Transm 1 Funções digin 262 En0 Anlg bx 753 Entradas analógicas
167 DI trans 1 Avan Funções digin 263 Pda Actn En Anlg 753 Entradas analógicas
168 DI trans 1 Volta Funções digin 264 Val InicEn0Anlg 753 Entradas analógicas
169 DI Transm 2 Funções digin 265 Filt Gn En0 Anlg 753 Entradas analógicas
170 DI Trans 2 Avan Funções digin 266 BW Filt Ent0 Anl 753 Entradas analógicas
171 DI Trans 2 Volta Funções digin 270 Tipo Sd. Anlg 753 Saídas analógicas
172 Cntl Manual ED Funções digin 271 Abs Sd. Anlg 753 Saídas analógicas
173 Selc 0 Vel DI Funções digin 275 Selec. Sd0 Anlg 753 Saídas analógicas
174 Selc 1 Vel DI Funções digin 276 Stpt Sd0 Anlg 753 Saídas analógicas
175 Selc 2 Vel DI Funções digin 277 Dados Sd0 Anlg 753 Saídas analógicas
177 Inc POM ED Funções digin 278 DadosAl Sd0 Anlg 753 Saídas analógicas
178 DI MOP Dec Funções digin 279 DadosBx Sd0 Anlg 753 Saídas analógicas
179 Accel 2 ED Funções digin 280 Sd0 Anlg Al 753 Saídas analógicas
180 Decel 2 ED Funções digin 281 Sd0 Anlg bx 753 Saídas analógicas
181 Sel 0 SP TqPs DI Funções digin 282 Sd0 Anlg val 753 Saídas analógicas
182 Sel 1 SP TqPs DI Funções digin 285 Status ManPredit RO 753 ManPredit R0
185 Int ED Modo B Funções digin 286 Tipo Carga RO0 753 ManPredit R0
186 RegBar ED Modo B Funções digin 287 Amps Carga RO0 753 ManPredit R0
187 Prd Eng ED ModoB Funções digin 288 DurTotal RO0 753 ManPredit R0
188 Prd Eng ED Funções digin 289 TempDec Ro0 753 ManPredit R0
189 Pré-Carg ED Funções digin 290 TempRest RO0 753 ManPredit R0
190 Ved Pré-Carg ED Funções digin 291 Niv EventDur RO0 753 ManPredit R0
191 Ativ DIP ED Funções digin 292 ActnEvntDur RO0 753 ManPredit R0
192 Mant Dip ED Funções digin 300 Unids Veloc Preferências
193 Redef DIP ED Funções digin 301 Nível acesso Preferências
194 Invert DIP ED Funções digin 302 Idioma Preferências
195 PontAjA Torq ED Funções digin 305 Classe Voltagem Conf controle
196 Lim Ext Avanç ED Funções digin 306 Taxa Serviço Conf controle
197 Lim Dec Avanç EDt Funções digin 308 Modo Direção Conf controle
198 Lim Ext Rev ED Funções digin 309 PsoTrqVeloc Md A Conf controle
199 Lim Desac Rev ED Funções digin 310 PsoTrqVeloc Md B Conf controle
200 HdwrP ED Sbrcursl Funções digin 311 PsoTrqVeloc Md C Conf controle
201 HdwrN ED Sbrcurs Funções digin 312 PsoTrqVeloc Md D Conf controle
220 Sts Ent Digital Entradas digitais 313 MD Pos TqVel Ativ Conf controle
222 MáscFltrEntDig 753 Entradas digitais 314 Ptaj Erro TALV Conf controle
223 FiltrEntDig 753 Entradas digitais 315 Temp Cont TALV Conf controle
225 Status Saíd Dig 753 Saídas Digitais 321 Control Pré-Carg Conf controle
226 Invert Saíd Dig 753 Saídas Digitais 322 Atraso Pré-Carg Conf controle
227 PntConf Sda Dig 753 Saídas Digitais 323 Cfg Err Pré-Carg Conf controle
230 Selec. RO0 753 Saídas Digitais 324 Másc lógica Ctrl auto-manual
231 Sel. Nív. RO0 753 Saídas Digitais 325 Másc Autok Ctrl auto-manual
232 Nív. RO0 753 Saídas Digitais 326 Másc Cmd Manual Ctrl auto-manual
233 Sts Cmp Niv RO0 753 Saídas Digitais 327 Más Ref Manual Ctrl auto-manual
234 Tem RO0 lig 753 Saídas Digitais 328 Sel Ref Man Alt Ctrl auto-manual
235 Tem RO0 desl 753 Saídas Digitais 329 Rf Man Alt AnAlt Ctrl auto-manual
240 Selec TO0 753 Saídas Digitais 330 Rf Man Alt AnBai Ctrl auto-manual
241 Sel Nív TO0 753 Saídas Digitais 331 Pré-carg Manual Ctrl auto-manual

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


114

Número Nome do parâmetro Grupo Número Nome do parâmetro Grupo


336 Redef Medids Memória do inversor 415 Nvl redef SC Mtr Sobrecarga do Motor
345 Inic No InícStat Recursos de partida 416 Hora Redef SCMtr Sobrecarga do Motor
346 PowerUp Delay Recursos de partida 418 Contagens SC Mtr Sobrecarga do Motor
347 Falha Tent Auto Recursos de partida 419 Hora Viag SC Mtr Sobrecarga do Motor
348 Tent Reinic Auto Recursos de partida 420 Modo SC Unidade Limites Carga
349 Rtrd Reinic Auto Recursos de partida 421 Sel Lmt Corrente Limites Carga
350 Modo Sleep Wake Recursos de partida 422 Lim Corrente 1 Limites Carga
351 SelRef SleepWake Recursos de partida 423 Lim Corrente 2 Limites Carga
352 Nível Sleep Recursos de partida 424 Lim Corr Ativa Limites Carga
353 Hora Sleep Recursos de partida 425 Lim Taxa Corrent Limites Carga
354 Nível Wake Recursos de partida 426 Lim Energ Regen Limites Carga
355 Hora Wake Recursos de partida 427 Lmt Energ Motor Limites Carga
356 Mode FlyingStart Recursos de partida 428 Kd Lim Corrente Limites Carga
357 Ganho FS Recursos de partida 429 Ki Lim Corrente Limites Carga
358 Ki FS Recursos de partida 430 Kp Lim Corrente Limites Carga
359 Ki Reg Veloc FS Recursos de partida 431 Kp CorFrq Bx Id Limites Carga
360 Kp Reg Veloc FS Recursos de partida 432 Kp CorFrq Bx lq Limites Carga
361 Ki Excitação Fs Recursos de partida 433 Ganho Jerk Limites Carga
362 Kp Excitação FS Recursos de partida 434 Config Pino Cort Limites Carga
363 Retard Recon FS Recursos de partida 435 Ação Pino Cort 1 Limites Carga
364 NvlCor Medida FS Recursos de partida 436 Nível Pino 1 Cort Limites Carga
370 Inter Modo A Recursos de frenagem 437 Tempo Pino Cort 1 Limites Carga
371 Inter Modo B Recursos de frenagem 438 Ação Pino Cort 2 Limites Carga
372 Reg Bar Mode A Recursos de frenagem 439 Nível Pino 2 Cort Limites Carga
373 Reg Bar Mode B Recursos de frenagem 440 Tempo Pino Cort 2 Limites Carga
374 Cnfg Nvl Reg Bar Recursos de frenagem 441 Ação Perd Carg Limites Carga
375 Nível Reg Bar Recursos de frenagem 442 Nível Perd Carg Limites Carga
376 Kp Limite Bar Recursos de frenagem 443 Temp Perd Carg Limites Carga
377 Kd Limite Bar Recursos de frenagem 444 AçãoPrdFaseSaída Limites Carga
378 Ki RCA Limit Bar Recursos de frenagem 445 NvlPerdFase Saí Limites Carga
379 Kp RCA Limit Bar Recursos de frenagem 449 Ação Perda Eng Perda de potência
380 Ki Reg Bar Recursos de frenagem 450 Perda Eng Modo A Perda de potência
381 Kp Reg Bar Recursos de frenagem 451 Nível Perda Eng A Perda de potência
382 Tipo Resistor FR Recursos de frenagem 452 Temp Perd Eng A Perda de potência
383 Ohms Ext FR Recursos de frenagem 453 Perda Eng Modo B Perda de potência
384 Watts Ext Fr Recursos de frenagem 454 Nível Perda Eng B Perda de potência
385 WattsPulsExt FR Recursos de frenagem 455 Temp Perd Eng B Perda de potência
388 Ativ FrnagFlux Recursos de frenagem 456 KpBar FS PerdEng Perda de potência
389 Lmt Frnag Fluxo Recursos de frenagem 457 KdBar FS PerdEng Perda de potência
390 Ki Frnag Fluxo Recursos de frenagem 458 KpRCA FS Perd Eng Perda de potência
391 Kp Frnag Fluxo Recursos de frenagem 459 KiRCA FS PerdEng Perda de potência
393 Sel Nvl Frnag CD Recursos de frenagem 460 Ação Baixa Volt Perda de potência
394 Nível FrnagCD Recursos de frenagem 461 Nível Baixa Volt Perda de potência
395 Hora Frnag CD Recursos de frenagem 462 AçãoPerda EmFase Perda de potência
396 Ki Frnag CD Recursos de frenagem 463 Nvl Perd Em Fase Perda de potência
397 Kp Frnag CD Recursos de frenagem 464 Redef Mem Bar CD Perda de potência
398 Fltr Vq Frng CD Recursos de frenagem 466 Ação AlertaTerra Falta à terra
399 Filtr Vd Frng CD Recursos de frenagem 467 Nvl Alerta Terra Falta à terra
400 Ki Frng Rápida 755 Recursos de frenagem 469 Status ManPredit Manutenção preditiva
401 Kp Frng Rápida Recursos de frenagem 470 TempAmbManPred Manutenção preditiva
402 Adj 1 Freio Desl Recursos de frenagem 471 Ativ RedManPrd Manutenção preditiva
403 Adj 2 Freio Desl Recursos de frenagem 472 Redef Manut Pred Manutenção preditiva
409 Ação Inib Desac Recursos de frenagem 488 RedTax VentDC Manutenção preditiva
410 Ação SC Motor Sobrecarga do Motor 489 DurTotal VentDC Manutenção preditiva
411 SC Mtr inicializ Sobrecarga do Motor 490 Durdec VentDC Manutenção preditiva
412 Nvl Alarm SC Mtr Sobrecarga do Motor 491 DurRest VentDC Manutenção preditiva
413 Factor SC Mtr Sobrecarga do Motor 492 NívelEvent VentDCl Manutenção preditiva
414 Hertz SC Mtr Sobrecarga do Motor 493 AçãoEvent VentDC Manutenção preditiva

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


115

Número Nome do parâmetro Grupo Número Nome do parâmetro Grupo


494 LogRed VentDC Manutenção preditiva 550 Sel Ref B Veloc Referência de
495 RedTX EmVent Manutenção preditiva Velocidade
496 DurTotal EmVent Manutenção preditiva 551 PntConf Rf B Veloc Referência de
497 DurDecor EmVent Manutenção preditiva Velocidade
498 DurRest EmVent Manutenção preditiva 552 ÂngAlto Rf B Vel Referência de
Velocidade
499 NívlEvent EmVent Manutenção preditiva
553 Spd Ref B AnlgLo Referência de
500 AçãoEvnt EmVent Manutenção preditiva
Velocidade
501 LogRed EmVent Manutenção preditiva
554 Mult Ref B Veloc Referência de
502 DurTotMancMtr Manutenção preditiva Velocidade
503 DurDecMancMtr Manutenção preditiva 555 Escala Ref Veloc Referência de
504 DurRestMancMtr Manutenção preditiva Velocidade
505 NvlEventMancMtrl Manutenção preditiva 556 Transm Veloc 1 Referência de
506 AçãoEventMancMtr Manutenção preditiva Velocidade
507 LogRedef MancMtr Manutenção preditiva 557 Transm Veloc 2 Referência de
508 HrDecLubrifMtr Manutenção preditiva Velocidade
509 NvlEventLubrfMtrl Manutenção preditiva 558 Referência POM Referência de
510 AçãoEvntLubrfMtr Manutenção preditiva Velocidade
511 DurTotalMancMáq Manutenção preditiva 559 Salvar Ref POM Referência de
Velocidade
512 DurDecMancMáq Manutenção preditiva
560 Taxa POM Referência de
513 DurRestMancMáq Manutenção preditiva Velocidade
514 NvlWventMancMáq Manutenção preditiva 561 Limite Alto POM Referência de
515 AçãoEventMancMáq Manutenção preditiva Velocidade
516 LogRedefMancMáq Manutenção preditiva 562 Limite Baixo POM Referência de
517 HrDecLubriMáq Manutenção preditiva Velocidade
518 NvlEvent LubrfMáq Manutenção preditiva 563 Sel Ref Man ED Referência de
519 AçãoEventLubrfMáq Manutenção preditiva Velocidade
520 Veloc Avanc Máx Limite de velocidade 564 AngAlt RefMan ED Referência de
521 Veloc Rev Máx Limite de velocidade Velocidade
522 Min Fwd Speed Limite de velocidade 565 AngBai RefMan ED Referência de
Velocidade
523 Veloc Rev Mín Limite de velocidade
571 Veloc 1 Atual Referência de
524 Limite Sobrevel Limite de velocidade
Velocidade
525 Limit veloc Zero Limite de velocidade
572 Veloc 2 Atual Referência de
526 Ign Veloc 1 Limite de velocidade Velocidade
527 Ign Veloc 2 Limite de velocidade 573 Veloc 3 Atual Referência de
528 Ign Veloc 3 Limite de velocidade Velocidade
529 Ign Band Veloc Limite de velocidade 574 Veloc 4 Atual Referência de
535 Temp Acel 1 Taxas aceleração rampa Velocidade
velocidade 575 Veloc 5 Atual Referência de
536 Temp Acel 2 Taxas aceleração rampa Velocidade
velocidade 576 Veloc 6 Atual Referência de
537 Temp Desacel 1 Taxas aceleração rampa Velocidade
velocidade 577 Veloc 7 Atual Referência de
538 Temp Desacel 2 Taxas aceleração rampa Velocidade
velocidade 588 Filt Ref Veloc Referência de
539 Temp Des Ac Tran Taxas aceleração rampa Velocidade
velocidade 589 LB Filt Ref Vel Referência de
540 Curva Acel S Taxas aceleração rampa Velocidade
velocidade 590 GanFltr RF Vel Referência de
541 Desac Curva S Taxas aceleração rampa Velocidade
velocidade 591 Sel Sts Rf Vel Referência de
545 Sel Ref A Veloc Referência de Velocidade
Velocidade 592 Ref Veloc Selec Referência de
546 PntConf RF A Vel Referência de Velocidade
Velocidade 593 Ref Vel Limited Referência de
547 ÂngAlt Ref A Vel Referência de Velocidade
Velocidade 594 Ref Veloc Arranq Referência de
548 ÂngBai Ref A Vel Referência de Velocidade
Velocidade 595 Ref Vel Filtrado Referência de
549 Mult Ref A Veloc Referência de Velocidade
Velocidade

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


116

Número Nome do parâmetro Grupo Número Nome do parâmetro Grupo


596 Ref Taxa Veloc Referência de 671 Limite Torque Neg Limites de torque
Velocidade 675 Sel Ref A Torque Referência de torque
597 Ref Veloc Final Referência de 676 PntConf Rf A Tq Referência de torque
Velocidade 677 Torq RefA AnlgHi Referência de torque
600 Sel Ref Ref A Cort AjusteVelocidade 678 Torq RefA AnlgLo Referência de torque
601 PntCnf Rf A Cort AjusteVelocidade 679 Mult Rf A Torq Referência de torque
602 ÂngAlt RefA Cort AjusteVelocidade 680 Sel Ref B Torque Referência de torque
603 ÂngBai RefA Cort AjusteVelocidade 681 PtCnf Rf B Torq Referência de torque
604 Sel Ref B Cort AjusteVelocidade 682 Torq RefB AnlgHi Referência de torque
605 PtConf Rf B Cort AjusteVelocidade 683 Torq RefB AnlgLo Referência de torque
606 ÂngAlt RfB Cort AjusteVelocidade 684 Mult Ref B Torq Referência de torque
607 ÂngBai RfB Cort AjusteVelocidade 685 RefTorq Selecion Referência de torque
608 Sel RfA PctCt AjusteVelocidade 686 Etapa Torque Referência de torque
609 Ptconf RefA PctCt AjusteVelocidade 687 Frq Ftr RejFaix Referência de torque
610 ÂngAl RfA PctCt AjusteVelocidade 688 Aten Flr RejFaix Referência de torque
611 ÂngBai RfA PctCt AjusteVelocidade 689 RefTorq Filtrada Referência de torque
612 Sel RefB PctCt AjusteVelocidade 690 Ref Torq Limitad Referência de torque
613 Ptcpnf RfB PctCt AjusteVelocidade 695 Modo Comp Inérci 755 Comp. inércia
614 ÂngAl RfB PctCt AjusteVelocidade 696 Gan Acel Inércia 755 Comp. inércia
615 ÂngBai RfB PctCt AjusteVelocidade 697 Gan Desac Inérci 755 Comp. inércia
616 FntRefPercCtVelo AjusteVelocidade 698 LBFPB Comp Inérc 755 Comp. inércia
617 Fonte Cort Veloc AjusteVelocidade 699 Saída Comp Inérc 755 Comp. inércia
620 Red RPM em ACT Comp. escorreg/queda 700 Ref Arranq Ext 755 Comp. inércia
621 Desl RPM em ACT Comp. escorreg/queda 704 Md ObsCar AdIner 755 Comp. atrito
622 Desl LB Comp Comp. escorreg/queda 705 LB Adapt Inércia 755 Comp. atrito
623 VHzSV RegCrtVel Comp. escorreg/queda 706 GanAdaptInércia 755 Comp. atrito
635 Cntl Opções Vel Regulador veloc. 707 Estimat Carga 755 Comp. atrito
636 LB Reg Veloc Regulador veloc. 708 AdapTorq Inércia 755 Comp. atrito
637 Sel Fltr FB RegV Regulador veloc. 709 Retd ObsCg IA 755 Comp. atrito
638 GanFltr FB RegS Regulador veloc. 710 LBFltrAdptInérc 755 Comp. atrito
639 LB Fltr FB RegV Regulador veloc. 711 LB Observador Cg 755 Comp. atrito
640 VelFdbk Filtrado Regulador veloc. 720 StatusRefPos PAP Conf/Sts posição
641 Erro Veloc Regulador veloc. 721 Controle Pos Conf/Sts posição
642 Ganho Bloq Servo 755 Regulador veloc. 722 Ref Selec Pos Conf/Sts posição
643 AntiBckup RegVel Regulador veloc. 723 Comand Pos Conf/Sts posição
644 LB Filt Err Vel Regulador veloc. 724 Status Reg Pos Conf/Sts posição
645 Kp Reg Veloc Regulador veloc. 725 Posição Zero Conf/Sts posição
646 Kp Máx Reg Vel Regulador veloc. 726 Band Posit InPos Conf/Sts posição
647 Ki Reg Veloc Regulador veloc. 727 PositDwell InPos Conf/Sts posição
648 LB Reg Veloc Alt Regulador veloc. 730 Status Retorn Posição inicial
649 Kp Reg Veloc Alt Regulador veloc. 731 Control Retorn Posição inicial
650 Ki Reg Veloc Alt Regulador veloc. 732 Local Orig ED Posição inicial
651 LBFltr ErrVelAlt Regulador veloc. 733 Pos Redefin ED Posição inicial
652 Pred Torq RegV Regulador veloc. 734 Limit Orig CA ED Posição inicial
653 Amortec Circ Vel Regulador veloc. 735 Local Veloc Orig Posição inicial
654 Saí Int Reg Vel Regulador veloc. 736 Loc Arran Orig Posição inicial
655 Lmt Pos Reg Vel Regulador veloc. 737 Pos Orig Real Posição inicial
656 Lmt Neg Reg Vel Regulador veloc. 738 Pos Orig Us Posição inicial
657 SelFtr Saí RegV Regulador veloc. 745 Sel ObserPos 1 755 Obs. posição
658 GanFltrSai RegV Regulador veloc. 746 DtcEnt ObsPos 1 755 Obs. posição
659 LBFtr Saída RegV Regulador veloc. 747 PtCnf ObsPos 1 755 Obs. posição
660 Saída Reg Vel Regulador veloc. 748 Sel ObserPos 2 755 Obs. posição
663 Kp Reg Vel VSVHz Regulador veloc. 749 DtcEnt ObserPos2 755 Obs. posição
664 Ki Reg Vel VSHz Regulador veloc. 750 PtCnf ObsPos2 755 Obs. posição
665 Sel Comp Veloc Comp. velocidade 765 Selec RefPos Direção
666 Gan Comp Veloc Comp. velocidade 766 PtCf Direto Pos Direção
667 Saída Comp Veloc Comp. velocidade 767 Ref Direta Pos Direção
670 Limite Torque Pos Limites de torque 770 Controle PAP Ponto a ponto

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


117

Número Nome do parâmetro Grupo Número Nome do parâmetro Grupo


771 Modo PAP Ponto a ponto 840 Lmt Int Pos RegP Reg. posição
772 Etapa Ind ED Ponto a ponto 841 Lmt Int Neg RegP Reg. posição
773 Rev Etap Ind ED Ponto a ponto 842 Saí Integ RegPso Reg. posição
774 Pred Etap Ind ED Ponto a ponto 843 Saí Vel RegPso Reg. posição
775 Sel Ref PAP Ponto a ponto 844 Lim Vel Pos RegP Reg. posição
776 Referência PAP Ponto a ponto 845 Lim Vel Pos RegP Reg. posição
777 Feedback PAP Ponto a ponto 846 Red Reg Pso Reg. posição
778 Escala Ref PAP Ponto a ponto 847 Fdbk Posição Reg. posição
779 Pred Índice PAP Ponto a ponto 871 Port 1 Referênc Controle Comun
780 PontoConf PAP Ponto a ponto 872 Port 2 Referênc Controle Comun
781 Tempo Acel PAP Ponto a ponto 873 Port 3 Referênc Controle Comun
782 Tempo Desac PAP Ponto a ponto 874 Port 4 Referênc Controle Comun
783 RefAva Vel PAP Ponto a ponto 875 Port 5 Referênc Controle Comun
784 Comando PAP Ponto a ponto 876 Port 6 Referênc Controle Comun
785 Lim Vel Ava PAP Ponto a ponto 877 Port 13 Referênc 755 Controle Comun
786 Lim Vel Rev PAP Ponto a ponto 878 Port14 Referênc Controle Comun
787 Curva S PAP Ponto a ponto 879 Res Lógic Unid Controle Comun
788 Subst Vel PAP Ponto a ponto 880 Res Ref DPI Controle Comun
789 Mult PTP EGR Ponto a ponto 881 Res Acel DPI Controle Comun
790 Div PTP EGR Ponto a ponto 882 Res Lóg DPI Controle Comun
795 Controle CBF 755 Malha trav. fase 883 Res Ref Inver 753 Controle Comun
796 Sel Vel Ext CBF 755 Malha trav. fase 884 Res. Rampa Inver 753 Controle Comun
797 PtCnf Vl Ext CBF 755 Malha trav. fase 885 MáscPrtAct Segurança
798 EsclVel Ext CBF 755 Malha trav. fase 886 MáscLógicAct Segurança
799 Sel Ref Pos CBF 755 Malha trav. fase 887 MáscEscritAct Segurança
800 PtCnf Pos CBF 755 Malha trav. fase 888 Cnf Másc Grv Segurança
801 LB CBF 755 Malha trav. fase 895 En Dads A1 Datalinks DPI
802 LB FiltroCB CBF 755 Malha trav. fase 896 En Data In A2 Datalinks DPI
803 RPM Cod Virt CBF 755 Malha trav. fase 897 En Dads B1 Datalinks DPI
804 Entrada EPR CBF 755 Malha trav. fase 898 En Dads B2 Datalinks DPI
805 Entrada Rvls CBF 755 Malha trav. fase 899 En Dads C1 Datalinks DPI
806 Filtr Saí Ps CBF 755 Malha trav. fase 900 En Dads C2 Datalinks DPI
807 Saída Veloc CBF 755 Malha trav. fase 901 En Dads D1 Datalinks DPI
808 Saí Avan Vel CBF 755 Malha trav. fase 902 En Dads D2 Datalinks DPI
809 Saída Cod CBF 755 Malha trav. fase 905 En Dads A1 Datalinks DPI
810 Saída Av Cod CBF 755 Malha trav. fase 906 En Dads A2 Datalinks DPI
811 Saída EPR CBF 755 Malha trav. fase 907 En Dads B1 Datalinks DPI
812 Saí Rvls CBF 755 Malha trav. fase 908 En Dads B2 Datalinks DPI
815 Saí TME Ref Pso Engrenagem eletrônica 909 En Dads C1 Datalinks DPI
816 Mult TME Pso Engrenagem eletrônica 910 En Dads C2 Datalinks DPI
817 Div TME Pso Engrenagem eletrônica 911 En Dads D1 Datalinks DPI
820 Sel Pso Offst 1 Offset de posição 912 En Dads D2 Datalinks DPI
821 Pso Offset 1 Offset de posição 919 Int Propriet Leitura de controle
822 Sel Pso Offset 2 Offset de posição 920 Inic Propriet Leitura de controle
823 Pso Offset 2 Offset de posição 921 Trans Prop Leitura de controle
824 Vel Offset Pso Offset de posição 922 Prp Direç Leitura de controle
825 Mult Fdbk PosCg 755 Esc. real. pos. carga 923 Elim Prop Falha Leitura de controle
826 Div Fdbk PsoCg 755 Esc. real. pos. carga 924 Prop Manual Leitura de controle
830 FreqFtrRejFaiPso Reg. posição 925 Ref Prop Selec Leitura de controle
831 ProfFtrRejPso Reg. posição 930 Origem Ref Veloc Status
832 Sel Fltr Saí Pso Reg. posição 931 OrigemÚlt Inicio Status
833 GanFltr Saí Pso Reg. posição 932 Origem Últ Inter Status
834 Sel Flt Saíd Pso Reg. posição 933 Inic Inibições Status
835 Erro Posição Reg. posição 934 Último InicInib Status
836 Posição Real Reg. posição 935 Status Unid 1 Status
837 Carg Real Pso 755 Reg. posição 936 Status Unid 2 Status
838 Ki Reg Pso Reg. posição 937 Sts Condição 1 Status
839 Kp Reg Pso Reg. posição 940 Cont. Sobrec Un Status

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


118

Número Nome do parâmetro Grupo Número Nome do parâmetro Grupo


941 Pct Temp TBTI Status 1079 Sel Saída DIP PID de processo
942 Temp C TBTI Status 1080 Mult Saída DIP PID de processo
943 Pct Temp Unid Status 1081 Limit Sup DIP PID de processo
944 Temp C Unid Status 1082 Limit Inf DIP PID de processo
945 Status No Lim Status 1083 Fxmorta DIP PID de processo
946 Pad Port Seg Status 1084 LB Filtro PB DIP PID de processo
950 Conf Falh Menor Info falha/alarme 1085 Pré-cg DIP PID de processo
951 Últ Código Falha Info falha/alarme 1086 Gan Prop DIP PID de processo
952 Status Falha A Info falha/alarme 1087 Tempo Int DIP PID de processo
953 Status Falha B Info falha/alarme 1088 Temp Deriv DIP PID de processo
954 Status1 na Falha Info falha/alarme 1089 Status DIP PID de processo
955 Status2 at Falha Info falha/alarme 1090 Med Ref DIP PID de processo
956 Freq Falhas Info falha/alarme 1091 Med Fdback DIP PID de processo
957 Amps Falha Info falha/alarme 1092 Med Erro DIP PID de processo
958 Volts Bar Falha Info falha/alarme 1093 Med Saída DIP PID de processo
959 Status AlarmeA Info falha/alarme 1100 Cnfg Prov Torq 755 Teste de torque
960 Status AlarmeB Info falha/alarme 1101 Cnfg Prov Torq 755 Teste de torque
961 Alarmes Tipo2 Info falha/alarme 1102 PsoMicroFlut ED 755 Teste de torque
962 AlarmeA c Falha Info falha/alarme 1103 Status Prov Torq 755 Teste de torque
963 AlarmeB c Falha Info falha/alarme 1104 TaxaGir LmtTorq 755 Teste de torque
970 Selec Pt Teste 1 Pontos de teste 1105 Band Dev Veloc 755 Teste de torque
971 Aval Pt Teste 1 Pontos de teste 1106 Int Band Veloc 755 Teste de torque
972 Niv Pt Teste 1 Pontos de teste 1107 Tempo Liber Fr 755 Teste de torque
974 Selec Pt Teste 2 Pontos de teste 1108 Tempo Def Freio 755 Teste de torque
975 Aval Pt Teste 2 Pontos de teste 1109 Viag Alarm Freio 755 Teste de torque
976 Niv Pt Teste 2 Pontos de teste 1110 Cont Desl Freio 755 Teste de torque
978 Selec Pt Teste 3 Pontos de teste 1111 Tolerância Flut 755 Teste de torque
979 Aval Pt Teste 3 Pontos de teste 1112 PctEscalPsoMicro 755 Teste de torque
980 Niv Pt Teste 3 Pontos de teste 1113 TempoFlutVelZero 755 Teste de torque
982 Selec Pt Teste 4 Pontos de teste 1120 Controle Fibra 753 Função das fibra
983 Aval Pt Teste 4 Pontos de teste 1121 Status da Fibra 753 Função das fibra
984 Niv Pt Teste 4 Pontos de teste 1122 Tempo Sinc 753 Função das fibra
1035 Real PtCf DetPic 755 Detecção de pico 1123 Inc Transversal 753 Função das fibra
1036 Int D PtCf DtPic 755 Detecção de pico 1124 Dec Transversal 753 Função das fibra
1037 Sel En Dt Pic1 755 Detecção de pico 1125 Transversal Máx 753 Função das fibra
1038 SelPredDetPic1 755 Detecção de pico 1126 Salto P 753 Função das fibra
1039 Conf Pico1 755 Detecção de pico 1129 HabSinc Fibra Ent Dig 753 Função das fibra
1040 Pico 1 Alt 755 Detecção de pico 1130 Des Transv Fibra Ent Função das fibra
1041 Saída DetPico1 755 Detecção de pico Dig 753
1042 Sel En Dt Pic2 755 Detecção de pico 1131 Config Tensão Ajust 753 Tensão Ajust
1043 SelPredDetPico2 755 Detecção de pico 1133 Seleç Tensão Ajust 753 Tensão Ajust
1044 Conf Pico 2 755 Detecção de pico 1134 Ref Tensão Alt Ajust 753 Tensão Ajust
1045 Pico 2 Alt 755 Detecção de pico 1135 Ref Tensão Bx Ajust 753 Tensão Ajust
1046 Saída DetPico2 755 Detecção de pico 1136 SelCorte Tensão Ajust 753 Tensão Ajust
1065 Config DIP PID de processo 1137 Corte Tensão Alt Ajust 753 Tensão Ajust
1066 Controle DIP PID de processo 1138 Corte Tensão Bx Ajust 753 Tensão Ajust
1067 Sel Ref DIP PID de processo 1139 Comando Tensão Ajust 753 Tensão Ajust
1068 ÂngAlt Ref DIP PID de processo 1140 TempAcel Tensão Ajust 753 Tensão Ajust
1069 ÂngBai Ref DIP PID de processo 1141 TempDesac Tensão Tensão Ajust
1070 PontConf DIP PID de processo Ajust 753
1071 Mult Ref DIP PID de processo 1142 Tensão Ajust Pred1 753 Tensão Ajust
1072 Sel Feedback DIP PID de processo 1143 Tensão Ajust Pred2 753 Tensão Ajust
1073 ÂngAlt Fdbk DIP PID de processo 1144 Tensão Ajust Pred3 753 Tensão Ajust
1074 ÂngBai Fdbk DIP PID de processo 1145 Tensão Ajust Pred4 753 Tensão Ajust
1075 Sel VI PerFB DIP PID de processo 1146 Tensão Ajust Pred5 753 Tensão Ajust
1076 SelTq PerdFB DIP PID de processo 1147 Tensão Ajust Pred6 753 Tensão Ajust
1077 Feedback DIP PID de processo 1148 Tensão Ajust Pred7 753 Tensão Ajust
1078 Mult Fdbk DIP PID de processo 1149 MultRef Tensão Ajust 753 Tensão Ajust

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


119

Número Nome do parâmetro Grupo Número Nome do parâmetro Grupo


1150 CurvaS Tensão Ajust 753 Tensão Ajust 1224 Sel2 EtapInic ED 755 Perfil
1151 PctCorte Tensão Ajust 753 Tensão Ajust 1225 Sel3 EtapInic ED 755 Perfil
1152 Tensão Ajust Mín 753 Tensão Ajust 1226 Sel4 EtapInic ED 755 Perfil
1165 Veloc Rolete 753 Balancim de Bomba 1230 a 1380 Etapa 1 a 16 Tipo 755 Perfil
1166 Torque Rolete 753 Balancim de Bomba 1231 a 1381 Etapa 1 a 16 Perfil
1167 Comand Veloc Rolete 753 Balancim de Bomba Velocidade 755
1168 Ação AlarmTorq 753 Balancim de Bomba 1232 a 1382 Etapa 1 a 16 Acel 755 Perfil
1169 Config AlarmTorq 753 Balancim de Bomba 1233 a 1383 Etapa 1 a 16 Desacel 755 Perfil
1170 Contato AlarmTorq 753 Balancim de Bomba 1234 a 1384 Etapa 1 a 16 Valor 755 Perfil
1171 Nível AlarmTorq 753 Balancim de Bomba 1235 a 1385 Etapa 1 a 16 Contato 755 Perfil
1172 Limite AlmTorq 753 Balancim de Bomba 1236 a 1386 Etapa 1 a 16 Batch 755 Perfil
1173 Ativ TO AlarmTorq 753 Balancim de Bomba 1237 a 1387 Etapa 1 a 16 Avançar 755 Perfil
1174 Tx Total de Engren 753 Balancim de Bomba 1238 a 1388 Etapa 1 a 16 Ação 755 Perfil
1175 Veloc Máx Rolete 753 Balancim de Bomba 1239 a 1389 Etapa 1 a 16 Ent Dig 755 Perfil
1176 Torque Máx Rolete 753 Balancim de Bomba 1390 Control PCAM 755 Came eletrônico
1177 Veloc Mín Rolete 753 Balancim de Bomba 1391 Modo PCAM 755 Came eletrônico
1178 Polia do Motor 753 Balancim de Bomba 1392 Selec Pos PCAM 755 Came eletrônico
1179 Conf Bomba PoçPetr 753 Balancim de Bomba 1393 PtCf Pos PCAM 755 Came eletrônico
1180 Polia Bomba PCP 753 Balancim de Bomba 1394 Offset Pos PCAM 755 Came eletrônico
1181 Limite Cx Engren 753 Balancim de Bomba 1395 Eps PsoOff PCAM 755 Came eletrônico
1182 Classif Cx Engren 753 Balancim de Bomba 1396 Exten X PCAM 755 Came eletrônico
1183 Taxa Cx Engren 753 Balancim de Bomba 1397 Exten X PCAM 755 Came eletrônico
1184 Polia Cx Engren 753 Balancim de Bomba 1398 Exten Y PCAM 755 Came eletrônico
1187 Conf Desl Bomba 753 Desligamento da bomba 1399 Sel EscalY PCAM 755 Came eletrônico
1188 Ajuste Desl Bomba 753 Desligamento da bomba 1400 PtCnfEscalY PCAM 755 Came eletrônico
1189 Ação Desl Bomba 753 Desligamento da bomba 1401 SelEscalVel PCAM 755 Came eletrônico
1190 Controle Desl Bomba 753 Desligamento da bomba 1402 PtCfEscalVl PCAM 755 Came eletrônico
1191 Status Desl Bomba 753 Desligamento da bomba 1403 Inic Decliv PCAM 755 Came eletrônico
1192 Armaz Ciclo Bomba 753 Desligamento da bomba 1404 Térm Decliv PCAM 755 Came eletrônico
1193 Ajust Sup do Êmbolo 753 Desligamento da bomba 1405 PtTérm Prin PCAM 755 Came eletrônico
1194 Vlr Ref Torque 753 Desligamento da bomba 1406 Tipos Prin PCAM 755 Came eletrônico
1195 Nível Deslig Bomba 753 Desligamento da bomba 1407 a 1437 PCAM Prin Pt X 0 a 15 755 Came eletrônico
1196 Veloc Deslig Bomba 753 Desligamento da bomba 1408 a 1438 PCAM Prin Pt Y 0 a 15 755 Came eletrônico
1197 Tempo Deslig Bomba 753 Desligamento da bomba 1439 PtTér Aux PCAM 755 Came eletrônico
1198 Torque Ciclo Pct 753 Desligamento da bomba 1440 Tipos Aux PCAM 755 Came eletrônico
1199 Torque Içam Pct 753 Desligamento da bomba 1441 a 1469 PCAM Aux Pt X 1 a 15 755 Came eletrônico
1200 Torque Queda Pct 753 Desligamento da bomba 1442 a 1470 PCAM Aux Pt Y 1 a 15 755 Came eletrônico
1201 Cont Pos Êmbolo 753 Desligamento da bomba 1471 Status PCAM 755 Came eletrônico
1202 Êmbolo por Min 753 Desligamento da bomba 1472 Sd Vel PCAM 755 Came eletrônico
1203 Cont Deslig Bomba 753 Desligamento da bomba 1473 Sd Pso PCAM 755 Came eletrônico
1204 ContSleep Desligamento da bomba 1474 Partida DI PCAM 755 Came eletrônico
DesligBomba 753
1205 Cont Êmbolo Dia 753 Desligamento da bomba “753” indica que o parâmetro é usado somente pelos
1206 Desab DesligBomba Desligamento da bomba inversores PowerFlex 753.
EntrDig 753
1207 NvlSleepDeslig Bomba 753 Desligamento da bomba
“755” indica que o parâmetro é usado somente pelos
1210 Status Perfil 755 Perfil
1212 Unids Viajadas 755 Perfil
inversores PowerFlex 755.
1213 Comando Perfil 755 Perfil
1215 Contag Por Unid 755 Perfil
1216 Substit Vel Perf 755 Perfil
1217 Inver ED Perf 755 Perfil
1218 Mant Etap ED 755 Perfil
1219 Etapa Canc ED 755 Perfil
1220 Canc Perf ED 755 Perfil
1221 Substit Vel ED 755 Perfil
1222 Sel0 EtapInic ED 755 Perfil
1223 Sel1 EtapInic ED 755 Perfil

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


120

Observações:

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


121

Observações:

Instruções de instalação PowerFlex da série 750 – Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


Suporte técnico para inversores da Allen-Bradley nos EUA – Tel: (1) 262-512-8176, Fax: (1) 262-512-2222, Email: support@drives.ra.rockwell.com,
Site: www.ab.com/support/abdrives

Publicação 750-IN001C-PT-P – Setembro de 2009


Substitui 750-IN001B-PT-P – Junho de 2009 Copyright ® 2009 Rockwell Automation. Todos os direitos reservados. Impresso nos EUA.