Vous êtes sur la page 1sur 23

1 SAMUEL

16.1-13
“Samuel pegou o chifre cheio de azeite e
ungiu Davi na frente dos seus irmãos. E o
Espírito do SENHOR dominou Davi e daquele
dia em diante ficou com ele. E Samuel voltou
para Rama.“
(1 Samuel 16.13)
ESTIMULAR A comunhão e a intimidade com Deus;
Que Deus exalta os pequenos e
desprezados;
ENSINAR
As formas que Deus tem de escolher
seus servos.
MOSTRAR
Vamos aprender com mais essa história, que Deus
quando escolhe alguém para sua obra, não considera a
aparência, a força, a beleza, ou mesmo os conceitos
humanos. Antes, Deus olha para o coração, uma vez que
somente o Senhor conhece o que há dentro de cada um
de nós. Foi desse modo que Ele escolheu Davi.
• A escolha divina é uma oportunidade para
participarmos dos projetos de Deus porém, maior
que o escolhido em si, é a escolha e o projeto.

• Deus não abre mão do projeto, Deus não cancela o


projeto, porque um escolhido se afasta dele, se
rebela, ou ignora e despreza a sua palavra. Pelo
contrário se necessário, ele troca o escolhido mas
mantém o projeto.
• Deus se arrepender é Deus se entristecer porque
aquele a quem escolheu, a quem deu a
oportunidade de participar de um projeto
maravilhoso, o abandonou, e por causa da dimensão
do projeto, houve a necessidade de substitui-lo.

• Saul foi escolhido por Deus (1 Sm 10.24 ) mas


rejeitou a Deus e por isso Deus o Rejeitou (1 Sm
15.26 ) não existe imunidade parlamentar com
Deus, ou cumprimos sua vontade ou ele nos
substitui, pois seus planos não podem ser
impedidos. (Jó 42.2)
• O menor em idade, tamanho e importância era odiado por
seus irmãos, ficava no campo cuidando das ovelhas
malhadas, não se sentava a mesa para fazer as refeições
como os demais. (1 Sm 16.11 / 2 Sm 7.8)

• Davi estava afastado das pessoas que deveriam ama-lo, mas


na solidão do campo vivia em íntima comunhão com deus.
(Sl 23 experiência no campo)

• O DESPREZO SOFRIDO POR DAVI, FORTALECEU SEU CARÁTER.


• Lição : Transformar dor em experiência, aquilo que nos fere,
pode ser aquilo que nos fortalece, pois, as feridas no corpo
ativam o sistema de defesa e o organismo reage se
fortalecendo para proteger e curar o corpo. As feridas do
coração podem ser curadas por uma alma confiante no
senhor, que não se abala com os conflitos, mas que os
enfrenta e os supera, tornando-se cada vez mais forte e
resistente. Deus usou toda essa trajetória triste e solitária de
Davi para preparar o seu caráter Deus transforma nossas
dores em história de superação.
• Talvez a maior marca de Davi seja sua dependência de Deus,
mesmo depois de se tornar rei, de ser ungido Davi era
eternamente dependente de Deus. (Sl 34)

• A dependência divina nos ajuda a enfrentar todos os


momentos da vida quando estamos bem e tudo dá certo,
reconhecemos que é Deus que está a nossa frente, quando
as coisas ficam difíceis, confiamos que Deus também está no
controle.
• Davi tinha habilidade com a funda e com a harpa e foi nessas
habilidades que Deus o usou para derrotar o espírito
maligno e os filisteus.

• Nem adianta ficar querendo a habilidade do outro, a unção


do outro, Deus colocou habilidades em você ache as em
oração e dependência divina, Pois, é através delas que Deus
realizará grandes coisas em sua vida e no meio dessa
geração.
• Davi tinha seu coração entregue a Deus e assim buscava
constantemente a sua face (Sm 16.7 – 27.8)

• Davi tinha um carinhoso e profundo zelo pela honra e


reputação do senhor Deus de Israel, ele percebeu que Golias
estava afrontando não somente o exercito de Israel, mas o
próprio senhor Deus
• Davi confiava não em si mesmo, mas em Deus, para obter a
vitória sobre Golias e os filisteus.

• O espirito de senhor veio poderosamente sobre ele, sempre


que os filhos de Deus enfrentam problemas e situações
parecendo intransponíveis, esse gigantes podem ser
derrotados se exercemos fé como Davi, e se dependermos
do poder do Espirito Santo.
• Alguém sincero diante de Deus até nas fraquezas e
necessidades. (Sl 32)
• Alguém de quem as pessoas davam bom testemunho. (1 Sm
16.18)

• INTIMIDADE – RELACIONAMENTO – QUEBRANTAMENTO -


RENDIÇÃO
• Não tenho dúvidas em dizer, que a maior necessidade dessa
geração de adolescentes e jovens é desenvolverem um
relacionamento pessoal e diário com Deus por meio da
oração, jejum e meditação em sua palavra.

• Deus tem muito a fazer através de nossas vidas, mas


precisamos ser pessoas segundo o seu coração, como Davi,
não é alguém perfeito, mas alguém que reconhece suas
fragilidades e pecados, que não se esconde de Deus, mas
que se aproxima pois sabe que só nele há perdão, força e
poder.
• POIS DEUS ESCOLHE OS IMPERFEITOS PARA NOS
APERFEIÇOAR PELO SEU PODER. (2 Co 12.9 / Tg 1.2-4)
A história do jovem pastor Davi nos ensina muitas lições. Além
de ter se tornado o maior rei de Israel, conquistou muitas
vitórias para o povo de Deus. Seu coração sincero e humilde
agradava ao Criador. Embora tenha cometido alguns erros
irreparáveis, Davi se arrependeu de coração e Deus nunca o
desamparou. Caro adolescente, Deus também te escolheu! Não
duvide da sua chamada e da sua capacidade, pois o Senhor
deseja realizar grandes coisas através da sua vida!

Centres d'intérêt liés