Vous êtes sur la page 1sur 4

Ser sustentável é preocupar-se com o presente e com o futuro.

Usar a energia elétrica corretamente e sem


desperdícios ajuda o Planeta a renovar seus recursos e proporciona uma vida melhor para as próximas gerações

O que tem em nossa festa caipira?

Postado por Atividades Educativas às 16:55 Nenhum comentário:


Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar com o Pinterest

Postado por Atividades Educativas às 16:52 Nenhum comentário:


Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar com o Pinterest

Projeto: Viver e Conviver- Por uma Infância


Comprometida com a Felicidade Humana.
PROJETO: VIVER E CONVIVER: POR UMA INFÂNCIACOMPROMETIDA COM
A FELICIDADE HUMANA.

RESPONSÁVEL PELO PROJETO : PROFESSORA FERNANDA

JUSTIFICATIVA
Na Conjuntura que vivemos, podemos identificar diferentes formas de arranjosfamiliares e de educ
ar as crianças.É possível observar mudanças do século passadoaté o atual no que diz respeito a educaçã
o.Na intenção de estabelecer diálogo e maiorliberdade com as crianças, alguns pais acabaram tendo dificu
ldade de colocar limites, dizer não no momento oportuno, ocasionando um grande conflito no processo de
desenvolvimento das crianças.Tendo em vista que ao longo dos primeiros seis anos devida as crianças te
m um grande desenvolvimento psicológico, cognitivo, social eeconômico, que irá acompanhá-
la durante toda a sua vida e o objetivo da escola que éformar o ser humano integral, e a atuação dos profis
sionais da área é muito complexa, esse projeto foi formulado.
Segundo Julia Formosinho, para que o desenvolvimento profissional das educadoras de educação
infantil seja satisfatório, é necessário ter em mente a responsabilidade de sua profissão, pois irá
desenvolver um trabalho pedagógico não somente com as crianças, mas também com as famílias e
comunidade, assumindo não só a responsabilidade profissional, mas a de relacionar seus conhecimentos,
competências e sentimentos.
Sendo assim, proponho este projeto, devido a dificuldade de lidar com oconflitos em sala de aula, f
undamentais para estabelecer uma boa convivência entretodas as crianças, não para limitar a criança e m
oldá-
la, mas com o objetivo detrabalhar a construção do afeto, aproximando cultura, linguagem, cognição eafeti
vidade, uma vez que essa fase é fundamental para lançar bases decidadania.Assim, permitir a criança res
ponsabilizar-
se no processo de construção deregras de convivência com os seus amigos, entendendo cada criança co
mo um serpensante e capaz.
Partindo da perspectiva de que o professor é um parceiro das crianças no processo de
aprendizagem, pretendo contribuir com situações que ajudem na construção de uma auto-imagem positiva
das crianças, para que consigam lidar com conflitos.

Objetivo Geral

Contribuir com a construção do afeto das crianças, buscando lidar com as seguintes emoções:
alegria, tristeza, medo e ira, aproximando cultura, linguagem, cognição e afetividade.

Objetivo Específico

 Desenvolver competências sociais nas crianças (conteúdos atitudinais: aprender a ser, conviver e
respeitar);
 Ajudá-las a desenvolver laços de amizade;
 Exercitar a identidade, sensibilidade e oralidade sobre os diversos sentimentos;
 Ajudar as crianças a expressarem os sentimentos que lhes desagradam;
 Cooperar com todos para melhorar a convivência;
 Construir coletivamente regras de convivência;
 Desenvolver a autonomia e o protagonismo das crianças;
 Estimular a imaginação;
 Desenvolver a criatividade;
 Construir textos coletivos (professor escriba)
 Possibilitar diversas formas de expressão;
 Contar oralmente;
 Reconhecer o nome próprio e identificar o dos amigos da sala.

Metodologia

 Colocar uma caixa na sala de aula com muitas figuras, com ações positivas e negativas.Pedir para
as crianças pegarem uma e todos comentarem o que está acontecendo em cada uma das cenas.A
professora irá anotar para ajudar as crianças a fazerem um texto coletivo sobre o assunto.
 Fazer um quadro na sala com carinhas (triste, feliz, bravo, medo), mostrar para as crianças e fazer
o levantamento prévio do significado de cada figura e como eles estão se sentindo.
 Lista com o nome das crianças e com carinhas representando o sentimento que a professora está
sentindo em relação as crianças;
 Fazer o seguinte questionamento: Fico feliz quando? Fico triste quando?Quem é meu amigo? Por
quê? Como ele me trata? Como eu devo tratar os meus amigos?
 Roda de conversa sobre como ajudar o meu coleguinha a respeitar os outros.
 Fazer um jogo de boas maneiras.Ex: Você dividiu o brinquedo com um amigo.Parabéns!Ande uma
casa. Ah!Você empurrou um amiguinho.Fiquei triste!Volte uma casa.
 Música de boas maneiras, aprender a socializar com os amigos da escola.
 Escolher um brinquedo com as crianças, torná-lo mascote da turma e cadadia uma criança irá levá-
lo para casa, cuidar, brincar, ensinar e a família iráregistrar em um caderno como foi a experiência.
 Construção de um livro coletivo ilustrado, com as regras construídas pelas crianças.
 No dia do aniversário de cada criança, confeccionar um presente com a turma demonstrando
carinho pelo outro, brincar de faz de conta (Vamos fazer um bolo, arrumar a festa, fazer um dia diferente
para o aniversariante).
 Brincadeiras de roda e jogos.
 Atividades de faz de conta, possibilitando que todos interajam entre si.
 DVD Timoty: Convivendo e Cooperando, Pingu e Turma da Mônica.
 Pique- nique (organizar com as crianças)

Avaliação

Será contínua, realizada através de acompanhamento e registro de todo o processo.


Produto Final:

Apresentar um teatro de boas maneiras para o G1 e o G2A e G2B.