Vous êtes sur la page 1sur 25

maio

24
sexta-feira

CLIPPING
24 | Maio | 2019

AGÊNCIA - PARÁ
Governo garante que, agora, ver calização mineral será concre zada
O governador Helder Barbalho (c), ao lado do vice-governador Lúcio Vale, segura o protocolo de intenções para a
ver calização de minério de ferro no Pará, assinado com as empresas Vale e CCCC, controladora da brasileira Concremat
.
24/05/2019 00:12h
"Estamos abrindo uma janela que permite um horizonte de novos negócios para a a vidade da mineração,
absolutamente importante para o Estado", afirmou o governador Helder Barbalho, durante a assinatura do protocolo de
intenções para implantação da primeira planta de ver calização de minério de ferro do Pará, no município de Marabá
(região sudeste), na noite desta quinta-feira (23), no Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas, em Belém. O
inves mento na implantação da usina de laminação de aço é de US$ 450 milhões, equivalente a cerca de R$ 1,5 bilhão, e
tem como parceiros as empresas Vale e China Communica on Constru on Company (CCCC), controladora da brasileira
Concremat.
Para Helder Barbalho, a medida traz inúmeros bene cios ao Estado, e uma delas é a oportunidade de atrair outras
indústrias de diversos segmentos, que enxergam no Pará grandes oportunidades a par r dessa implementação, sempre
com ênfase na geração de emprego e renda, e ainda no desenvolvimento econômico e social.
Vale e CCCC devem apresentar até o ano que vem o projeto e o licenciamento completos, com previsão de início das
obras para 2021 e funcionamento já a par r de 2022.
Caminho inverso - "Enquanto todos os inves mentos estão retraindo no resto do País, estamos inves ndo R$ 1,5 bi, o
que reforça nosso ambiente econômico de atração de negócios como resistente a essas dificuldades", avaliou o
governador. "Com o protocolo e mais a retomada das a vidades de 100% da Hydro, creio que em uma próxima avaliação
do comportamento da economia e do emprego no Estado já haverá um cenário apontando para uma rota de
crescimento", acrescentou Helder Barbalho, aproveitando para reforçar sua expecta va de anunciar, ainda este ano, os
inves dores consolidados para a construção dos mais de 700 quilômetros da Ferrovia Paraense, que ligará Barcarena a
Marabá, e à Norte-Sul.
Ele também adiantou que em agosto irá à China com empresários paraenses para apresentar o Estado a novos
inves dores e propor mais parcerias.
Sobre a escolha de Marabá para sediar o polo, o chefe do Execu vo estadual enalteceu o hub logís co da região e a
proximidade da mina de ferro. "A ar culação ins tucional e polí ca precisa estar compa vel com a viabilidade do
projeto", reiterou. "Ainda mais com as obras do derrocamento do Pedral do Lourenço garan das para iniciar em
setembro, teremos a navegabilidade plena do Rio Tocan ns todos os meses do ano a par r de 2022. Tudo isso monta um
cenário favorável", afirmou o governador.
Cobrança - Aos parceiros, Helder Barbalho agradeceu a confiança no potencial do Estado, mas adiantou que será firme
rumo ao resultado final, lembrando que outros protocolos semelhantes foram firmados em gestões passadas e não se
concre zaram. "Podem ter certeza de que o Governo não permi rá ou aceitará que este protocolo não saia do papel.
Vamos cobrar e fazer nosso dever de casa, garan ndo ambiente ins tucional de segurança jurídica e atração econômica.
Trabalharemos para agilizar o processo ambiental, e não mediremos esforços para que toda e qualquer burocracia possa
ser eliminada. Estamos falando de um projeto estratégico, estruturante e determinante", garan u.
A tão esperada ver calização mineral deve tornar, futuramente, o Pará apto também a discu r a produção da chamada
linha branca – geladeiras e outros eletrodomés cos - e mesmo a de veículos. "Invertemos a lógica. Foram 40 anos
rando nossos minérios in natura apenas na a vidade primária, para beneficiamento em outros países e estados. Agora
é perspec va real de extração, oferta e agregação de valor", pontuou o governador.
Reconhecimento – O diretor-presidente da Vale, Eduardo Bartolomeu, reconheceu a importância do Pará no tamanho
que a empresa ostenta hoje. "Acreditamos que podemos ir além. O Pará fez da Vale uma empresa forte, e nosso
compromisso é contribuir para que o Pará prospere", assegurou.
Mauro Viegas Neto, presidente execu vo da Concremat, lembrou que a trata va para a assinatura do protocolo de
intenções começou há um ano e meio. "Temos indicações posi vas de atra vo do empreendimento, além da força e
seriedade da parceria. Que esse projeto seja uma alavanca econômica de empregos para a região", reforçou.
O prefeito de Marabá, Tião Miranda, destacou a importância de o Pará seguir na contramão do restante do Brasil em um
momento de economia instável. "É importante ver calizar o minério de ferro. Vai gerar emprego e renda, um dos
grandes desafios agora nesse País. Somos privilegiados. Não há desenvolvimento sem ver calização", disse o gestor
24 | Maio | 2019

municipal.
O senador Jader Barbalho (MDB-PA) disse esperar "que as gerações futuras assistam o Pará ser festejado e proclamado
como um Estado rico e com um povo que usufrui dessa riqueza".
Por Carol Menezes
h p://agenciapara.com.br/No cia/197133/governo-garante-que-agora-ver calizacao-mineral-sera-concre zada

Hospital de Paragominas promove ação para reduzir acidentes de trânsito


A equipe do HRPL que promoveu a ação externa de educação no trânsito, em parceria com a Semutran de Paragominas,
Polícia Rodoviária Federal e voluntários da empresa Hydro.

23/05/2019 22:07h

O Hospital Regional Público do Leste (HRPL), localizado no município de Paragominas, no sudeste paraense, realizou
nesta quinta-feira (23) uma ação externa de educação e conscien zação no trânsito. Em parceria com a Secretaria
Municipal de Trânsito e Cidadania (Semutran), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e voluntários da empresa Hydro, a ação
ocorreu no centro da sede municipal, com o obje vo de chamar a atenção dos condutores para a u lização correta das
vagas de estacionamento des nadas a idosos e pessoas com deficiência, e o respeito à faixa de pedestres.
Além da distribuição de material informa vo, a encenação com ví mas de acidentes aumentou a interação dos
voluntários com condutores, ciclistas e pedestres. “Quando a gente para pra pensar que pode ser com a gente chega a
dar uma sensação ruim”, disse o motociclista Felipe Santos, 28 anos, abordado durante a ação.
A coordenadora do Grupo de Trabalho e Humanização, Regina Pantoja, destacou a atuação dos colaboradores, e disse
que a encenação causou grande impacto, alertando as pessoas para os perigos e a importância da conscien zação para
um trânsito mais seguro. “Algumas pessoas ficaram realmente impressionadas, e foi muito gra ficante ver que elas
estavam entendendo a nossa mensagem. Foi uma sensação de que, de fato, nós conseguimos alcançar nosso obje vo”,
ressaltou.
Segundo o diretor Assistencial do Hospital, Clóvis Guse, o obje vo era frisar a importância da prevenção de acidentes.
“Nós temos um alto índice de acidentes de trânsito em Paragominas, principalmente envolvendo motociclistas. E isso
representa um impacto muito grande para a saúde do município, porque uma ví ma de trânsito é um prejuízo tanto para
o usuário, quanto para a família e para a sociedade, devido à ocupação de leitos e aos gastos com medicamentos e
tratamento”, explicou o diretor.
Clóvis Guse disse ainda que as esta s cas levaram o Hospital a ins tuir o Projeto Parceria que Salva Vidas, com o apoio
dos órgãos de trânsito do município, a fim de promover ações de conscien zação. “As parcerias que nós temos dentro do
projeto são fundamentais para o sucesso das nossas ações. Essa de hoje, sem dúvida, deixou uma contribuição posi va
para a sociedade”, reiterou.
Atendimentos - O Hospital Regional do Leste, que presta assistência aos casos de média e alta complexidade, registrou,
de janeiro a abril deste ano, 1.079 atendimentos no serviço de urgência e emergência, sendo 129 casos de
traumatologia. Destes, 56 atendimentos foram prestados a ví mas de acidentes de trânsito: 54 com motocicleta e dois
com automóveis.
A programação terá con nuidade com mais duas ações. No próximo dia 28 (terça-feira), no bairro Nagibão (Rodovia BR-
010), e no dia 29 (quarta-feira), na recepção central do Hospital, com uma palestra voltada para funcionários e usuários.
As ações terão o apoio da Polícia Rodoviária Federal.
Por Vera Rojas
h p://agenciapara.com.br/No cia/197124/hospital-de-paragominas-promove-acao-para-reduzir-acidentes-de-transito

Especialistas debatem em Belém clima, economia e meio ambiente


O tular da Semas, Mauro Ó de Almeida (e), e o presidente da Fiepa em exercício, José Fernando Gomes, abriram a
programação.
23/05/2019 19:38h
Qualificar debates em torno de temas das áreas de economia e meio ambiente, sob a perspec va das demandas da
Amazônia, em especial as do Estado do Pará, foi o obje vo da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
(Semas) ao convidar quatro conferencistas, com trabalhos reconhecidos no Brasil e exterior, para apresentarem palestras
na Mesa-redonda Desafios Ambientais e Econômicos na Amazônia Paraense, organizada pela Semas, nesta quinta-feira
(23), no auditório da Federação das Indústrias do Pará (Fiepa). O evento teve apoio do Sindicato das Indústrias Minerais
24 | Maio | 2019

(Simineral) e do Centro Universitário do Pará (Cesupa). Diálogo, pacto, interação e união foram expressões enfa zadas
em todos os debates.
O tular da Semas, Mauro Ó de Almeida, e o presidente da Fiepa em exercício, José Fernando Gomes, iniciaram a
programação. O secretário de Meio Ambiente falou sobre as a vidades da Semas neste início de governo, mostrando a
evolução nos procedimentos do Plano Estadual de Segurança de Barragens e a elaboração do Plano Estadual de
Prevenção de Acidentes, e ressaltando, ainda, a importância da par cipação de todos os envolvidos.
“Queremos dialogar com todos os setores: prefeituras, quilombolas, indígenas, Ministério Público e demais en dades
que privilegiem o diálogo, com esforço de interação entre todos. Queremos a conscien zação do que está ocorrendo no
mundo, e como vamos nos inserir. Estamos imbuídos disso”, afirmou Mauro Ó de Almeida.
Fábio Feldmann, especialista em Meio Ambiente e um dos parlamentares que elaboraram a Cons tuição brasileira,
abordou a economia nos contextos nacional e mundial, com ênfase em experiências e tendências dentro do conceito de
desenvolvimento sustentável. O advogado ressaltou que a mudança no clima é o grande tema a ser deba do no
momento atual. Segundo o palestrante, o Brasil tem que assumir esse protagonismo, que significa “um desafio é co e
responsabilidade jurídica. A questão climá ca é o grande desafio do século XXI”.
Centro dos debates - O jurista Paulo de Bessa Antunes abordou a “Ins tucionalidade jurídica de temas ambientais e
econômicos: desafios e perspec vas para polí cas públicas”. O palestrante afirmou que o Pará, por suas peculiaridades,
tende a estar no centro das discussões no Brasil. Ele também frisou que o direito ambiental no País tem um componente
de falta de assistência social e que a preocupação internacional com o meio ambiente veio para ficar. “A confiança nos
órgãos ambientais precisa ser recuperada. A responsabilidade social corpora va precisa ser, de fato, implantada, com
expansão de serviços básicos, como escola e saúde. Precisamos estabelecer diálogo permanente e condições de
credibilidade. É a grande responsabilidade da Secretaria de Meio Ambiente do Pará”, ressaltou.
Izabella Teixeira, ex-ministra do Meio Ambiente, falou sobre o tema “Perspec vas ambientais e econômicas em tempos
de mudança do clima: inves mentos para estratégias de mi gação e adaptação”. A especialista ambiental destacou que
estudantes, empresários, funcionários públicos e Terceiro Setor têm que estar unidos na busca de soluções para as
questões ambientais. “Há necessidade de pacto, erradicação da pobreza, segurança alimentar, financiamentos, inovação
tecnológica e redução da emissão de carbono. O Brasil precisa se preparar para um caminho de inves mentos, fim do
desmatamento ilegal e compar lhamento com liderança”, reiterou.
O ex-secretário Execu vo dos ministérios do Meio Ambiente e do Planejamento, Orçamento e Gestão, Francisco Gaetani,
também par cipou da mesa-redonda, expondo o tema “Gestão pública ambiental: capital de coordenação, integração de
polí cas públicas e governanças a serviço da eficiência administra va”.
Patrícia Rocha, representante da Comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Pará, que
assis u às palestras, lembrou que “o meio ambiente é onde nós estamos, na cidade ou no campo. Precisa ser
acompanhado por todos. É um tema que sempre vai estar em discussão, e que as pessoas precisam se envolver e se
preocupar cada vez mais".
Por Ronan Frias
h p://agenciapara.com.br/No cia/197115/especialistas-debatem-em-belem-clima-economia-e-meio-ambiente

Governo do Pará vai a China atrair inves mentos para o Estado


O governador Helder Barbalho (entre os deputados Mar nho Carmona e Elcione Barbalho), acertou com o presidente da
Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China, Charles Tang (e), a ida de uma missão comercial do Pará à China.
23/05/2019 18:54h
O governador Helder Barbalho recebeu, na tarde desta quinta-feira (23), no Palácio do Governo, em Belém, o presidente
da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China, Charles Tang. O encontro serviu para dar seguimento às trata vas com o
governo do Estado para levar uma missão local à China, onde pretende apresentar, aos inves dores chineses, as
oportunidades de negócios do Pará. A ida da comi va paraense está sendo organizada para o segundo semestre e deverá
visitar cidades como Pequim, Xangai e Macau.
Helder esteve acompanhado do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Iran Lima, e dos deputados
Mar nho Carmona (estadual) e Elcione Barbalho (federal).
Segundo Charles Tang, as conversas sobre a missão avançaram muito desde abril, quando esteve na capital paraense
para tratar sobre o assunto, e a ideia é que a comi va paraense possa atrair inves mentos chineses para o Estado em
áreas como infraestrutura, mineração, siderurgia, logís ca, agricultura e turismo.
“A visita, sem dúvida, vai ser de suma importância para o Estado, pois o governador é uma pessoa dinâmica e que quer
fazer as coisas acontecerem em prol do Pará. Por isso, nós também estamos conversando sobre uma possível
24 | Maio | 2019

representação permanente do estado paraense na China, o que deve dinamizar ainda mais essas relações”, detalhou.
Por Elck Oliveira
h p://agenciapara.com.br/No cia/197120/governo-do-para-vai-a-china-atrair-inves mentos-para-o-estado

Conselho discute financiamento de projetos para estados da Amazônia

Es veram em pauta na reunião, realizada na sede da ins tuição, em Belém, as polí cas públicas para impulsionar o
desenvolvimento na região. Baixar Foto Foto: Marco Santos / Ag. Pará Entre as propostas discu das estão as normas para
a definição do montante de recursos do Fundo Cons tucional de Financiamento do Norte (FNO).
23/05/2019 17:19h
Representantes de oito estados da Amazônia Legal, de órgãos e en dades de classe par ciparam, na manhã desta sexta-
feira (23), da 19ª Reunião Ordinária do Conselho Delibera vo (Condel), da Superintendência do Desenvolvimento da
Amazônia (Sudam). Presidido pelo ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, o evento contou com a
presença do governador do Pará, Helder Barbalho, e de parlamentares e autoridades nacionais. Es veram em pauta na
reunião, realizada na sede da ins tuição, em Belém, as polí cas públicas para impulsionar o desenvolvimento na região.
Entre as propostas discu das estão as normas para a definição do montante de recursos do Fundo Cons tucional de
Financiamento do Norte (FNO), que poderá ser repassado a outras ins tuições financeiras. Também foram deba dos os
municípios considerados prioritários para efeito do Fator de Localização (FL), a ser u lizado nas operações de crédito não
rural com recursos do FNO, e o Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia (PRDA).
Em sua 19º edição, o Condel é um órgão colegiado da Sudam responsável por acompanhar e avaliar a implementação de
programas regionais na Amazônia Legal, determinando os ajustes necessários para o desenvolvimento dos Estados da
região. No espaço, também são discu das deliberações estratégicas voltadas para mudar a realidade dos estados
localizados nessa área da federação.
Para o governador Helder Barbalho, a reunião foi posi va, pois é uma oportunidade de discu r o desenvolvimento da
região e a possibilidade de que o fundo FNO possa ser operado, além do Banco da Amazônia, por outros bancos da
região.
“Par cularmente, o Banpará deseja, em parceria com o Banco da Amazônia, fazer a operação do FNO. Com isso, estará
presente nos 144 municípios do nosso estado, aproximando e ofertando com agilidade este emprés mo diferenciado
para potencializar as nossas ações e desenvolver o Pará, gerando emprego para a nossa gente. Quando se discute a
ampliação da operação do FNO, tratamos também da preocupação de sinalizar ao governo gederal o que é estratégico
para o desenvolvimento da nossa região”, destacou o chefe do Execu vo estadual.
Aprovação – As pautas aprovadas são relacionadas, principalmente, à aplicação do FNO e aos relatórios do fundo
cons tucional e do plano de aplicação, ou seja: como o banco vai aplicar o Fundo em 2019. Se aprovado, significa dizer
que o banco elaborou um plano adequado e que atendeu às necessidades dos Estados.
O presidente do Banco da Amazônia, Valdecir Tose, ressaltou que a reunião “é determinante. O Condel reúne os
governadores ou vice-governadores da região amazônica, mais o ministério, representantes das classes e dos
trabalhadores, além do banco. Então, eles discutem pontos importantes para a região amazônica e diretrizes para a
aplicação do fundo cons tucional, do FNO e do FDE, os principais fundos de desenvolvimento da região”, concluiu.
As reuniões do Condel são trimestrais. Em 2019, ainda haverá outros dois encontros, que já foram agendados. Segundo o
secretário execu vo do Conselho, o superintendente da Sudam, Paulo Roberto Correia da Silva, a responsabilidade do
grupo é atuar como um fórum de debates de temá cas relevantes para a região e se manter atuante, aprovando atos
que visem o desenvolvimento da Amazônia.
Na ocasião, es veram presentes também o governador de Roraima, Antonio Denarium; vice-governador do Amazonas,
Carlos Alberto Souza de Almeida Filho; vice-governador do Acre, Wherles Fernandes Rocha; vice-governador do Amapá,
Jaime Nunes; vice-governador de Rondônia, José A lio Salazar; vice-governador do Maranhão, Carlos Orleans Brandão
Júnior; vice-governador de Tocan ns, Wanderlei Barbosa Castro.
Por William Serique
h p://agenciapara.com.br/No cia/197110/conselho-discute-financiamento-de-projetos-para-estados-da-amazonia

Profissionais de enfermagem da Santa Casa comemoram suas a vidades


O obje vo da programação é fortalecer o trabalho da categoria e despertar nos profissionais a busca incessante por
melhorias.
23/05/2019 14:19h
24 | Maio | 2019

O corpo de enfermagem da Fundação Santa Casa realiza uma programação especial para festejar a data em que se
comemora a a vidade da categoria. Nesta quinta-feira (23), os profissionais de enfermagem par cipam de um dia
especial, que vai até o final da tarde. Pela manhã aconteceu a conferência: o papel do enfermeiro em um projeto de
melhoria, proferida pelo enfermeiro especialista Guilherme Dias Santos. Pela parte da tarde, a par r das 15h, haverá
duas conferências. O obje vo maior é fortalecer o trabalho da categoria e despertar nos profissionais a busca incessante
por melhorias.
Para o presidente da Fundação Santa Casa, Bruno Mendes Carmona, que par cipou da abertura do evento, é importante
destacar a atuação dos profissionais de enfermagem, no trabalho diário do hospital. “Todos nós da área da saúde nos
formamos para a assistência e precisamos desse foco voltado ao paciente, buscando sempre a qualidade. Atender o
paciente com atendimento adequado é o nosso obje vo maior. Ninguém vem ao hospital se não es ver precisando”.
Reforçou Bruno Carmona, enaltecendo o trabalho de todos nessa tarefa.
A diretora assistencial da Santa Casa, Norma Assunção, falou da importância do trabalho dos profissionais no hospital e
destacou que a profissão é uma extensão do amor, de se doar pelo paciente. "O hospital vem oferecendo o espaço
adequado para que esses profissionais, que estão ao lado do paciente, con nuem salvando vidas. Essa é uma prova de
amor incontestável”, reforça a médica. A gerente geral de enfermagem, Tássia Camila, destacou o trabalho incansável do
profissional, que se revezam por 24 horas no hospital. “Cuidar de pessoas, é preciso de atenção, para desenvolver a
consciência de cuidar. Desafio de transformar e fazer da enfermagem a protagonista de sua própria história”, concluiu
Tássia.
Em sua palestra, Guilherme Dias Santos fez um apanhado desde os tempos históricos da profissão e do pensamento de
estudiosos sobre o trabalho desse profissional no decorrer dos anos. Ele destaca que as situações de saúde estão cada
vez mais complexas e o paciente quer ser, e precisa ser, tratado da melhor forma possível. Para isso ele enfa za que é
fundamental que o profissional trabalhe com resolu vidade, tanto na admissão como na alta de um paciente.
Força de Trabalho – 48,82% dos servidores da Fundação Santa Casa são profissionais da área de enfermagem. O maior
con ngente que trabalha no hospital. Comemora-se o dia do enfermeiro no dia 12 de maio, e do Técnico de Enfermagem
no dia 20 de maio. Nesta sexta-feira, 24, os profissionais da Santa Casa comemoram com um baile e jantar em uma Casa
de Eventos no bairro de Nazaré.
Por Samuel Mota
h p://agenciapara.com.br/No cia/197094/profissionais-de-enfermagem-da-santa-casa-comemoram-suas-a vidades

Governo e FAB inauguram Memorial da Força Aérea Brasileira


O chefe do Poder Execu vo destacou a valorização de espaços para socializar com a população a história da Aeronáu ca
e a das forças armadas, que se confunde com a história de ocupação da Amazônia e do povo paraense.
23/05/2019 13:57h
Belém agora conta com um Memorial da Força Aérea Brasileira (FAB) na Amazônia. Localizado na base aérea de Belém, o
memorial foi inaugurado nesta quinta-feira (23), na base aérea de Belém, (hoje chamada de Ala 9), no bairro de Val-de-
Cans, às proximidades do Aeroporto Internacional. O local fará parte do Sistema Integrado de Memoriais e Museus do
Pará. O governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, par cipou da cerimônia de inauguração, juntamente com o
Comandante da Aeronáu ca, Tenente-Brigadeiro do Ar Antônio Carlos More Bermudez.
Este é o primeiro memorial do po a ser construído em toda a região Norte e Nordeste, e visa preservar o acervo
histórico existente, bem como mostrar a relação da FAB com a integração desta localidade e o restante do país. Ele é o
resultado de uma parceria entre a Força Aérea Brasileira (FAB) e o Governo do Estado, que ajudou na construção do
prédio, que teve custo total es mado em quase R$2 milhões.
O espaço, com cerca de 650 metros de área construída, pretende resgatar a história da FAB a par r da sua presença em
Belém. De acordo com o comandante, a pesquisa histórica foi realizada pelo Museu Emílio Goeldi, em conjunto com o
Ins tuto Histórico-Cultural da Aeronáu ca.
Para o Comandante da Aeronáu ca, Tenente-Brigadeiro do Ar, Antônio Carlos More Bermudez, o primeiro memorial da
região norte e nordeste enche de orgulho, pois passa a contribuir para a história do país e, logicamente, a história da
Força Aérea e do Estado do Pará, que “tão bem nos acolhe durante tantos anos”.
“O memorial enaltece o pioneirismo dos que antecederam os nossos pilotos, que integravam os esquadrões aéreos da
época e que nham a missão de integrar o Brasil especialmente a região amazônica, levando apoio, educação e mais do
que tudo isso, a brasilidade aos que estavam na época mais distantes. Hoje sinte zamos o grande trabalho por eles
realizado que é a missão da Força Aérea: controlar, defender, integrar esse nosso imenso território de 8 milhões e meio
quilômetros quadrados”, ressaltou.
24 | Maio | 2019

ESPAÇO - No local, os visitantes terão a oportunidade de visualizar, por meio de painéis e materiais que estarão em
exposição, toda a história e evolução das a vidades e das aeronaves da Força Aérea no Pará e na região amazônica,
desde a década de 1930, passando pela Segunda Guerra Mundial, até os dias atuais.
Em seguida, a visita con nua até o Hangar Tenente Cézar, onde estão expostos uma aeronave Catalina, uma aeronave C-
47 e um helicóptero UH-1H, modelos que voaram mais de 50 mil horas durante quase quatro décadas, e foram
responsáveis por levar cidadania e desenvolvimento aos mais distantes rincões da Amazônia brasileira.
O chefe do Poder Execu vo destacou a valorização de espaços para socializar com a população a história da Aeronáu ca
e a das forças armadas, ue se confunde com a história de ocupação da Amazônia, e do povo paraense. “É fundamental
que possamos sempre valorizar a memória para que tenhamos condição de aprender com os acertos, analisar e avaliar
como o futuro será pautado a par r e exatamente de bases que preservem a memória. Portanto, eu festejo este
momento onde a Força Aérea Brasileira, em parceria com o governo do Estado, possam abrir para a sociedade este
espaço. Que os paraenses tenham neste museu, um espaço de cultura, de educação, de lazer, um incremento dentre as
rotas de museus existentes no Pará”, ressaltou Helder.
A cerimônia contou ainda com a presença do Comandante Militar do Norte, General de Exército Paulo Sérgio Nogueira
de Oliveira, Comandante da Ala 9, Brigadeiro do Ar, Ricardo Campos, Comandante de Preparo, Antônio Carlos Egito do
Amaral, do presidente da Associação Brasileira dos Catalineiros (ABRACAT), Suboficial R1 Antônio Lemansky,
representantes e de demais autoridades e convidados militares e civis.
Por William Serique
h p://agenciapara.com.br/No cia/197092/governo-e-fab-inauguram-memorial-da-forca-aerea-brasileira
24 | Maio | 2019
24 | Maio | 2019
24 | Maio | 2019
24 | Maio | 2019
24 | Maio | 2019

O LIBERAL
Cantor Heraldo Ramos começa temporada de shows
23.05.19 10h57
O cantor Heraldo Ramos começa hoje temporada de shows na Boate UP. “Quinta In Live” promete movimentar as
quintas na capital paraense, com repertório cheio de influências do ar sta e é claro, com muitas novidades. A direção
musical leva assinatura do produtor Rodrigo Camarão. ()
MERCADO
O Colégio Equipe promove no sábado, a 3ª edição da “Feira de Profissões”, no Shopping Bosque Grão-Pará. O evento
contará com feira de exposições e palestras sobre mo vação, empreendedorismo e superação e desafios. O público
poderá conferir os perfis dos cursos ofertados por 11 ins tuições de ensino públicas e par culares, campos de atuação
profissional e rar dúvidas rela vas aos processos sele vos e formas de ingresso. O Centro de Instrução Almirante Braz
de Aguiar (Ciaba) também terá um estande no evento.
O protocolo de intenções para a implantação de usina de laminação de aço, em Marabá, será assinado pelo governador
Helder Barbalho e pelo presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo, hoje, às 18h, no Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação
das Docas.
A cantora Steffany Laura, paraense ex-par cipante do The Voice Kids/ TV Globo, comemorou aniversário ontem. Também
acadêmica de Direito, ela retoma a carreira após período de dedicação aos estudos. Atualmente, trabalha na escolha das
músicas para o repertório de shows e faz gravações de vídeos para seu canal no YouTube. A cantora Steffany Laura,
paraense ex-par cipante do The Voice Kids/ TV Globo, comemorou aniversário ontem. Também acadêmica de Direito,
ela retoma a carreira após período de dedicação aos estudos. Atualmente, trabalha na escolha das músicas para o
repertório de shows e faz gravações de vídeos para seu canal no YouTube. A paraense Beatriz Ornela, de 18 anos, é a
representante do Brasil no concurso “Miss Teen Mundial” que vai acontecer no dia 25, a par r das 22h, em El Salvador. A
modelo profissional já par cipou de outros concursos de beleza e esse ano foi convidada pelo dono da franquia “Miss
Teen Brasil”, Gerson Antonelli, para ser a representante do nosso país em um dos concursos internacionais mais
disputados pela categoria “teen”. O evento, que está na sua quinta edição, vai reunir candidatas das Américas, Ásia e
Europa. O Brasil já venceu o concurso em 2015. A disputa será transmi da ao vivo pelo site www.orbitatv.com. A
paraense Beatriz Ornela, de 18 anos, é a representante do Brasil no concurso “Miss Teen Mundial” que vai acontecer no
dia 25, a par r das 22h, em El Salvador. A modelo profissional já par cipou de outros concursos de beleza e esse ano foi
convidada pelo dono da franquia “Miss Teen Brasil”, Gerson Antonelli, para ser a representante do nosso país em um dos
concursos internacionais mais disputados pela categoria “teen”. O evento, que está na sua quinta edição, vai reunir
candidatas das Américas, Ásia e Europa. O Brasil já venceu o concurso em 2015. A disputa será transmi da ao vivo pelo
site www.orbitatv.com. O arcebispo metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, celebra, no dia 23 de junho, a missa
que marca o início do Cerco de Jericó, às 9h, na Capela Bom Pastor. O Cerco é uma realização da Diretoria da Festa e vai
até o dia 29 de junho. É um momento em que a Igreja Católica realiza uma sucessão de rosários, para que o Círio 2019
exerça cada vez mais o papel de evangelização do povo. O arcebispo metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira,
celebra, no dia 23 de junho, a missa que marca o início do Cerco de Jericó, às 9h, na Capela Bom Pastor. O Cerco é uma
realização da Diretoria da Festa e vai até o dia 29 de junho. É um momento em que a Igreja Católica realiza uma sucessão
de rosários, para que o Círio 2019 exerça cada vez mais o papel de evangelização do povo. A Mineração Rio do Norte foi
uma das vencedoras nacionais do “21º Prêmio de Excelência da Indústria MineroMetalúrgica Brasileira”, na categoria
Gestão. A premiação nacional foi conferida pela revista Minérios & Minerales com o obje vo de reconhecer inicia vas
inovadoras no setor mineral. Maior produtora de bauxita do Brasil e terceira maior do mundo, a MRN desenvolveu
projeto de o mização de custos que gerou economia de 14%, e, ao mesmo tempo, manteve a melhoria da
produ vidade. Na foto Takehiro Moraes e Paulo Roberto Nascimento, engenheiros de Minas e Produção da MRN,
respec vamente. A Mineração Rio do Norte foi uma das vencedoras nacionais do “21º Prêmio de Excelência da Indústria
MineroMetalúrgica Brasileira”, na categoria Gestão. A premiação nacional foi conferida pela revista Minérios & Minerales
com o obje vo de reconhecer inicia vas inovadoras no setor mineral. Maior produtora de bauxita do Brasil e terceira
24 | Maio | 2019
24 | Maio | 2019

DIÁRIO ON LINE
Pará deve ganhar usina de produção de aço até 2023
Sexta-Feira, 24/05/2019, 07:59:02
Pará deve ganhar usina de produção de aço até 2023 (Foto: Maycon Nunes/Diário do Pará) O governador Helder Barbalho assinou o
protocolo de intenções ao lado do vice, Lúcio Vale, e dos representantes da Vale e da Concremat .
Um novo modelo produ vo para a cadeia do minério pode trazer ao Pará um status inédito no que diz respeito à ver calização do
ferro. Para tanto, o Governo do Estado, em cooperação com a empresa Vale e a Concremat, controlada pela China Communica ons
Construc on Company (CCCC), assinou, na noite de ontem (23), em Belém, um protocolo de intenções para a implantação de uma
usina de laminação de aço, no município de Marabá, com previsão de início das a vidades até 2023 e inves mentos de R$ 1,5 bilhão.
Na prá ca, a medida vai permi r que o ferro extraído em solo paraense possa ser beneficiado dentro do Estado, com a finalidade
voltada para a indústria branca, que comportam bens de consumo duráveis como eletrodomés cos não-portáteis (fogões, geladeiras,
lavadoras), podendo alcançar inclusive braços da indústria automobilís ca e todo segmento que u liza o ferro beneficiado.
O documento foi assinado pelo governador do estado, Helder Barbalho, pelo presidente da Vale, Eduardo Bartolomeu, e pelo
presidente da Concremat, Mauro Viegas Neto, em uma cerimônia realizada no teatro Maria Silvia Nunes, na Estação das Docas,
diante de uma plateia formada por polí cos, empresários e autoridades, dispostos a conhecer mais sobre o projeto que promete
alavancar a economia estadual. “Neste momento estamos falando em um inves mento que permi rá ao Estado a consolidação da
cadeia do minério de ferro, com a agregação de valores, oportunidade de novas industrias, e que diversos segmentos da economia
olhem o Pará como um estado produ vo, capaz de projetar uma perspec va de desenvolvimento, geração de emprego e garan a de
que as vocações cheguem à sociedade”, frisou Helder.
A parceria entre o estado, a Vale e a Concremat, anima o governador no que diz respeito ao enfrentamento da crise econômica que
a nge a maioria dos estados, tornando a economia local mais atra va para os inves dores. “O fundamental é compreender que,
hoje, a economia global se posiciona de acordo com as demandas do mercado. Par cularmente, o Brasil vive uma crise severa, com
13 milhões de desempregados. Enquanto todos os inves mentos estão parados, nós anunciamos um de 1,5 bilhão, o que demonstra
que, apesar da crise, o ambiente econômico do Pará sobrevive”, ressalta o governador.
HISTÓRIA
O polo industrial será sediado em Marabá, devido a localização, logís ca e pela proximidade da mina. Além do mais, a ar culação
ins tucional e polí ca para a execução, segundo Helder, precisa estar compa vel com a viabilidade do projeto. Por conta disso, a
cidade foi escolhida pela facilidade logís ca, seja rodoviária ou hidroviária, com o auxílio do derrocamento do Pedral do Lourenço,
que vai abrir o transporte por meio dos rios durante o ano inteiro, programada para iniciar a par r de setembro.
O prefeito do município, Sebas ão Miranda, comemorou a assinatura. “É uma conquista que vai gerar emprego e renda. Hoje,
Marabá tem uma siderúrgica que produz 350 mil toneladas e gera 1500 empregos diretos. Esse aumento vai trazer muito mais e nós
apostamos pelos menos o dobro de empregos e desenvolvimento dos segmentos econômicos da região”.
Jader lembrou que foi o governador que inaugurou o distrito industrial de Marabá e que gerou frutos até hoje. (Foto: Maycon Nunes)
A bancada paraense no senado também esteve presente, através dos senadores Jader Barbalho, Paulo Rocha e Zequinha Marinho.
Uma das preocupações é garan r que este anseio seja finalmente concre zado. Neste contexto, a Vale, como ressalta Jader Barbalho,
tem papel fundamental. Jader lembrou que no dia 12 de março de 1987, foi à Marabá para inaugurar o distrito industrial do
município.
“E lá ve a oportunidade de par cipar do início, do embrião de ver calização, que foi um projeto da Cosipar, um projeto do Luiz
Carlos Monteiro. Se inaugurava ali o primeiro processo, ainda incipiente, do ferro guza, e eu ve a oportunidade, como governador
do estado, de entregar e par cipar”, relembra. “Os anos se passaram, e 20 anos depois, eu fui convidado para um jantar aqui em
Belém. Eu não entendi bem qual era a razão do jantar e quase ao final, o Luiz Carlos disse que se completava 20 anos da inauguração
da Cosipar e do Distrito Industrial de Marabá e eu recebi uma placa. E me entregou a placa rela va à este episódio”
Por isso, Jader disse que agora está como testemunha e espectador engajado. “Eu acompanhei a luta da sociedade paraense para
ver calizar o ferro, para fazer com que o Pará entre na indústria do aço e possa se desenvolver”.
EM NÚMEROS
- Inves mentos: R$ 1,5 bilhão
- Apresentação do projeto e licenciamentos: 2020
- Funcionamento: 2023.
- Capacidade de produção anual: 300 mil toneladas de produtos laminados.
h ps://www.diarioonline.com.br/no cias/para/no cia-597633-para-deve-ganhar-usina-de-producao-de-aco-ate-2023.html
24 | Maio | 2019
24 | Maio | 2019
24 | Maio | 2019

BELÉM, 23/05/2019 ÀS 11:46


Governo assina Protocolo de Intenções para implantação da Usina de Laminação de Aço
Pela primeira vez em mais de quatro décadas de exploração mineral no território paraense, o Pará dispõe de um novo
modelo produ vo para a cadeia do minério de ferro, que torna possível a implantação de uma usina laminadora de aço
em Marabá, com capacidade para alavancar a economia de dezenas de municípios mineradores, produtores de matéria-
prima de alta qualidade, com grandes estoques para assegurar produtos de ponta, pronto atendimento e
personalização dos itens importantes do segmento de laminação de aço para os mercados da construção civil, de
equipamentos agrícolas, de empresas automo vas e de máquinas e equipamentos.
Às 18h, desta quinta-feira, 23, no Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas, em Belém, o governador Helder
Barbalho assinará protocolo de intenções para implantação da primeira planta de ver calização de minério de ferro no
Pará. O inves mento é de R$ 1,5 bilhão, em parceria com a Vale e a empresa China Communica on Constru on
Company (CCC5), controladora da brasileira Concremat.
“Estamos construindo um novo paradigma, um novo patamar para a base produ va econômica paraense'', frisou o
governador, ao ponderar que os modelos produ vos de ver calização tentados até hoje no Estado não ob veram
sucesso, pois eram baseados no conceito de usinas siderúrgicas de grande porte para produção de produtos
semielaborados, como placas de aço para exportação a outros países, onde são processados e transformados em
produtos de consumo.
“O Brasil não é compe vo, em termos mundiais, para esse po de produto, pela estrutura tributária, pelo custo do
capital no Brasil e, principalmente, pelo excesso de capacidade produ va ociosa nas usinas siderúrgicas no mundo”,
observou o governador.
Sobre a escolha de Marabá, Helder Barbalho frisou os atributos do polo regional para capitanear esse novo processo
industrial que agrega valor à base econômica minerária: localização geográfica estratégica, como centro de serviços e
comércio, e excelentes malhas ferroviária e hidroviária disponíveis para atender as regiões mais distantes dos grandes
centros produtores de aço no Brasil.
Pelo acordo firmado nesta quinta-feira, em Belém, a Vale se compromete a viabilizar instrumentos financeiros para
construir a nova indústria. A expecta va é de que até o final de 2020 todos os financiamentos e licenças necessárias
estejam liberados para que as obras possam começar em 2021.
A Vale desenvolveu uma nova tecnologia para produzir metálicos, chamada Tecnored. A empresa trabalha agora na
engenharia da primeira planta industrial que u lizará a nova tecnologia. A intenção é disponibilizá-la à usina laminadora
de Marabá, com a construção de um forno elétrico para produzir placas de aço para a demanda do mercado local.
"A região de Marabá e o povo do Pará aguardavam por esse momento. O governo criou um ambiente propício no
mundo econômico, ganhando a confiança do mercado inves dor nacional e estrangeiro. Vamos ver calizar o minério de
ferro, com transparência e compromisso com o meio ambiente", destacou o governador.
h p://www.portalparanews.com.br/no cia/pa/belem/governo/governo-assina-protocolo-de-intencoes-para-
implantacao-da-usina-de-laminacao-de-aco

BARCARENA, 23/05/2019 ÀS 11:11


Estado autoriza reformas emergenciais em quatro escolas em Barcarena
O governador do Pará, Helder Barbalho, e o vice-governador, Lúcio Vale, receberam na tarde desta quarta-feira (22), no
Palácio do Governo, em Belém, uma comissão formada pelo prefeito Antônio Carlos Vilaça e vereadores do município
de Barcarena, nordeste do Estado. O grupo apresentou ao governador demandas nas áreas de infraestrutura, educação
e segurança, e saiu da audiência com a garan a do apoio do governo na busca de soluções para os problemas
enfrentados pelo município.
Entre as demandas apresentadas estão reformas emergenciais em quatro escolas estaduais: Acyr Barros, José Maria
Machado, José Maria Moraes e Eduardo Angelim, todas já autorizadas pelo governador. As obras devem ser realizadas
em julho, para não interferir no calendário escolar.
Trafegabilidade - Além disso, o chefe do Execu vo estadual autorizou serviços de manutenção e melhoria na Rodovia
PA-483, no trecho que vai da Alça Viária até o Trevo do Peteca, com extensão de quase 12 quilômetros, e também o
asfaltamento de 4,3 quilômetros de vias na sede municipal, as quais são diretamente afetadas pelo incremento do
tráfego oriundo das balsas que fazem o traslado de Belém para Barcarena, por conta da interrupção do fluxo de veículos
24 | Maio | 2019
24 | Maio | 2019

Sobre a Unidade
Referência em atendimento de trauma de média e alta complexidades para 22 municípios paraenses, o HRSP tem 115
leitos, sendo 77 de Unidades de Internação e 38 de Unidades de Terapia Intensiva. Possui perfil cirúrgico e habilitação
em Traumato-ortopedia pelo Ministério da Saúde, oferecendo atendimento gratuito nas especialidades de Cardiologia,
Cirurgia Buco-maxilo-facial,Cirurgia Plás ca Reparadora, Cirurgia Pediátrica, Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular, Clínica
Médica, Fisioterapia, Infectologia, Medicina Intensiva adulto, pediátrica e neonatal, Nutrição, Obstetrícia de Alto Risco,
O almologia, Otorrinolaringologia, Urologia, Neurocirurgia, Terapia Ocupacional, Traumato-ortopedia, Nefrologia e
Anestesiologia.
Por Aretha Fernandes
h p://www.portalparanews.com.br/no cia/pa/maraba/saude/cresce-numero-de-atendimento-a-vi mas-de-acidente-
de-transito-no-hospital-de-maraba
24 | Maio | 2019

Coluna do Salame
https://belemdopara.com.br/colunadosalame/
25 | Janeiro | 2019

CORREIO BRAZILIENSE
Saúde
Cien stas descobrem porque ingerir alimentos fermentados faz bem à saúde
Adaptações celulares permitem que homens e grandes símios consumam fermentados e se
beneficiem dos efeitos, no intestino, de bactérias ligadas a esse processo, mostra estudo alemão.
A descoberta poderá ajudar na criação de tratamentos para doenças inflamatórias

DF registra mais que o dobro de casos de caxumba no ficados em 2018


De janeiro a 18 de maio deste ano, foram registrados 632 casos da doença no DF, o que
representa mais do dobro de notificações em relação ao mesmo período de 2018. Por isso, a
importância da vacinação

O GLOBO
Saúde
Especialista diz que Rio já enfrenta epidemia de chicungunha, com 11.392 casos este ano
Só em Campo Grande, na Zona Oeste, o bairro com o maior número de registros da doença,
foram 1.027 infectados em 2019

JORNAIS – POLÍTICA, BRASIL E MUNDO

CORREIO BRAZILIENSE
Política
Bolsonaro defende manifestações marcadas pra domingo, mas pede bom senso
Em mais um café da manhã com jornalistas, o presidente da República afirma que protestos
marcados para domingo (26/5) não devem ser contra o Congresso e o Judiciário. Também deixou
claro que não tem planos de privatizar o Banco do Brasil e a Caixa

MP da reforma administra va passa na Câmara; no Senado, PSL quer mudanças


Medida provisória 870 é aprovada na Câmara, depois de discussões exaltadas, e PSL quer
continuar brigando, no Senado, para que a Coaf volte para as mãos Moro

Aposentadorias especiais pressionam a Previdência dos estados


Relatório do Ministério da Economia mostra que aposentadorias de categorias, como policiais e
professores, em estados e municípios têm grande peso no Orçamento e, por isso, devem ser
incluídos na regra única pretendida pela União na reforma

O GLOBO
Política
Sem Medida Provisória do Saneamento, país perderá até R$ 700 bilhões em inves mentos
Por divergências entre União e estados, novas regras para promover universalização de água e
esgoto não deverão ser votadas até 3 de junho. Em 14 anos, 700 mil empregos seriam gerados

Bancada das 'lives': o que disseram os deputados do PSL durante sessão que re rou Coaf de Moro

Editorial
Apoio ao Coaf precisa ser preservado

Colunas
Merval Pereira – Nova taxa imobiliária: simples e errada

Lauro Jardim – Deputado diz uma verdade ao general preferido de Bolsonaro


25 | Janeiro | 2019
25 | Janeiro | 2019

PSL tentará no Senado devolver o Coaf a Moro


Mesmo com risco de a MP 870 perder a validade, senadores da base aliada vão tentar devolver o
Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o ministro da Justiça e Segurança
Pública, Sergio Moro

Com seis votos, STF criminaliza a homofobia


Novo pedido de vistas impediu conclusão do julgamento, mas maioria já está formada

Editorial
Experiências pioneiras no reúso industrial de água
Grandes consumidores já racionalizam processos, mas o reúso de água de fontes externas ainda
é incipiente
25 | Janeiro | 2019
GUIA DE PESQUISA

http://www.agenciapara.com.br/
http://www.diarioonline.com.br/
https://www.oliberal.com/
https://www.oliberal.com/amazonia
https://www.romanews.com.br/noticias/
https://g1.globo.com/pa/para/
http://www.portalparanews.com.br/
http://uruatapera.blogspot.com/
http://www.jesocarneiro.com.br/
http://pererecadavizinha.blogspot.com/
http://www.ver-o-fato.com.br/

Clipping CONASS