Vous êtes sur la page 1sur 8

Lista 2: Universidade de Mogi das Cruzes – UMC

Automação Industrial – Engenharia Mecânica


Prof. Alex Carvalho

Resolva os exercícios abaixo não esquecendo de colocar o correto endereçamento


das entradas e saídas no circuito Ladder.

1) Um dispositivo de uma indústria metalúrgica tem como função a fixação de peças em


um molde. Esta fixação é feita por um atuador linear de dupla ação que avança mediante
o acionamento de dois botões (S1 e S2) e retorna caso os botões sejam desacionados.
Elabore um programa em linguagem Ladder que resolva este problema e teste no CLP.

2) Verificar através de botões e de uma lâmpada a tabela da verdade da função ou-


exclusivo. Elabore um programa em linguagem Ladder e teste no CLP.

3) Em uma câmara escura (local usado para revelar fotografias), existe um sensor
binário de presença, que age como um interruptor, indicando “chave fechada” (ou seja,
interruptor pressionado) quando alguém está na sala. Para evitar que alguém entre na
sala durante o processo de revelação, existem duas lâmpadas, uma verde e uma
vermelha na entrada da sala. Faça um programa em lógica ladder que acenda a lâmpada
vermelha quando houver alguém na sala, e acenda a verde caso contrário.

4) Desenvolver um programa aplicativo para o comando de partida direta de um motor


com sinalizações de ligado, desligado e sobrecarga (desconsidere os fusíveis de
comando) de acordo com o circuito de comando mostrado na figura abaixo.
Também deve-se elaborar o mesmo circuito, porém, com o uso das instruções de Latch /
Unlach, eliminando a necessidade do contato de selo.

1
Obs 1: Os botões liga e desliga motor devem ser do tipo push-botton (pulso) e o
relé de sobrecarga quando atuado, deve também indicar que o motor está
desligado (sobrecarga + desligado).
Obs 2: Insira o correto endereçamento com seus respectivos comentários de
acordo com o circuito de comando abaixo.

5) Uma empresa está instalando um sistema de elevação de carga e para segurança a


carga deverá ser movimentada enquanto o operador estiver acionando o botão
correspondente ao sentido de elevação. Para evitar danos ao equipamento foi instalado
um sensor de posição no piso superior e outro no piso inferior. Quando a carga estiver
posicionada deverá acender a lampada de sinalização de localização da carga. E em
relação a segurança do mecanismo, além dos sensores, o motor deverá ser desligado
caso haja alguma sobrecarga, representada pelo relé termico.
Elabore o diagrama Ladder para esta aplicação, não esquecendo que sempre que houver
a necessidade de reverter a operação de um motor devemos criar um intertravamento
entre as funções.

Mapa das entradas / saídas


Slot 2 porta 0, Botão Subir (NA)
Slot 2 porta 1, Botão Descer (NA)

2
Slot 2 porta 2, Limite piso superior(NA)
Slot 2 porta 3, Limite piso inferior (NA)
Slot 2 porta 4, Relé termico (NF)
Slot 3 porta 0, Liga Motor no sentido de subida
Slot 3 porta 1, Liga Motor no sentido de descida
Slot 3 porta 2, Indicação carga no piso superior
Slot 3 porta 3, Indicação carga no piso Inferior

6) Uma empresa esta implantando um processo de transporte de chapas metálicas


através de esteiras. Ao pressionar um botão de partida é ligado um motor que aciona a
esteira 1, um sensor instalado no final da esteria 1 detecta a chegada da chapa e com
isto liga a esteira 2, no final da esteira 2 tem um sensor que desliga a esteira 1 e 2. Por
segurança o operador precisa acionar o botão de liga para iniciar um novo ciclo de
transporte e existe um botão de emergencia para desligar as duas esteiras.

Fig.1 – Sistema de transporte

Elabore a programação Ladder para atender as necessidades apontadas em duas versões,


uma utilizando apenas a função Latch/ UnLatch e outra somente com sistema de selo.

Mapa das entradas / saídas


Slot 3 porta 0, Botão pulsante liga (NA)
Slot 3 porta 1, Botão retentivo de emergencia (NF)
Slot 3 porta 2, S1- Sensor 1 esteria 1 – (NF)
Slot 3 porta 3, S2- Sensor 2 esteria 2 – (NF)
Slot 2 porta 0, Motor esteira 1
Slot 2 porta 1, Motor esteira 2

3
7) Desenvolver um programa aplicativo para uma partida direta de um motor (circuito
de comando) com inversão do sentido de rotação com sinalizações de ligado (frente e
ré), desligado e sobrecarga.

8) Desenvolva um programa em Ladder de forma que o motor seja acionado dez


segundos após ter sido pressionado um botão liga. É preciso prever um botão de
desligamento (push botton).

9) Deseja-se desenvolver um sistema de segurança residencial no qual pretende-se inibir


a ação de invasores no interior de um imóvel.
O sistema contará com 4 sensores de presença ligados em paralelo localizados na
entrada da residência (ex. garagem) + um alarme sonoro. O sistema deverá funcionar da
seguinte forma: detectada a presença de alguma pessoa na área monitorada
(garagem/entrada da residência), será acionado um alarme e ao mesmo tempo será
efetuada uma ligação para o proprietário via telefonia móvel. O desacionamento /
desligamento do alarme deverá ser feito somente pelo proprietário por um botão / chave
de segurança localizado no interior da residência. Desenvolva um circuito Ladder que
resolva este problema e teste no CLP.

10) Em motores de elevada potência, recorre-se a um sistema de partida indireta, que


tem por objetivo, reduzir o pico de corrente na entrada. O sistema de partida indireta
mais usado é a partida estrela-triângulo que consiste em ligar, numa primeira instância,
as bobinas do enrolamento do motor numa configuração estrela e, portanto, alimentando
cada bobina com 1/√3 vezes a tensão nominal do motor. Quando o motor atingir
aproximadamente a metade de sua rotação nominal, a ligação das bobinas é mudada
para a configuração triângulo, com isso alimentando o motor com sua tensão nominal.
Tal mudança pode ser feita por um operador, por relés temporizados ou por contatores
controlados.

4
Mediante a isso, desenvolva um programa em Ladder que simule o sistema de partida
indireta estrela-triângulo, utilizando um temporizador. Deve-se iniciar o processo de
partida com o acionamento de um botão tipo push-button Liga. A lâmpada sinalizadora
do processo de partida (Ex. motor partindo) deve acender-se durante 15 segundos. Após
esse tempo, ocorre o funcionamento pleno, representado pela segunda lâmpada acesa
(Ex. motor funcionamento pleno). Acione o push-button Desliga, para interromper o
funcionamento, que é sinalizado pelo desligamento da segunda lâmpada e ligação de
uma terceira lâmpada sinalizando motor desligado. Deve-se prever um relé térmico de
segurança com sinalização de sobrecarga.

11) Desenvolver um projeto de controle para a seguinte instalação (linguagem


LADDER).

Através do programa o utilizador deve ser capaz de selecionar o modo de


funcionamento : Automático ou Manual (deve-se prever indicadores para cada modo).
Em MANUAL, a Bomba poderá ser ligada pressionando-se o botão LIGA e desligada
pressionando-se o botão DESLIGA. Neste modo, as bóias de Nível não tem nenhuma
ação. Em AUTOMÁTICO, a bomba será ligada 10 seg. após a detecção de NÍVEL
BAIXO, permanecendo ligada independentemente do estado da chave NÍVEL BAIXO,
e desligada 10 seg. após a detecção de NÍVEL ALTO.

12) Deseja-se acender uma lâmpada após um botão ser acionado cinco vezes. Outro
botão apaga a lâmpada (se ela estiver acesa) e reinicia a contagem. Elabore um
programa em linguagem Ladder que resolva este problema e teste no CLP.

13) Em uma casa de shows, deseja-se limitar o número de pessoas por questões de
segurança, evitando a superlotação do local e garantindo um controle efetivo da
quantidade de pessoas.

5
O estabelecimento possui uma entrada / catraca no qual obrigatoriamente devem passar
todas as pessoas por ela, limitando-se ao valor máximo de 250 pessoas. Ao atingir o
valor máximo de pessoas, a catraca deve travar.
Deve-se prever um botão para o destravamento da catraca.
Elabore um programa Ladder que atenda a essas condições.

14) Deseja-se engarrafar bebidas de modo automático utilizando-se um CLP. As


garrafas movimentam-se através de uma esteira rolante acionada por um motor elétrico,
o qual é ligado e desligado pelo CLP, conforme a figura abaixo. Quando cinco garrafas
passarem por um sensor de presença (Sensor A), o motor deve ser desligado e um
conjunto de cinco bicos injetores de cerveja deve ser acionado por 5 segundos (para
encher as garrafas). Após esse tempo, o motor da esteira deve voltar a movimentá-la, até
que outras cinco garrafas vazias passem pelo Sensor A. Quando isso ocorrer, o processo
se repetirá.

15) Em uma loja, deseja-se montar um contador automático de parafusos, separando-os


em dezenas. O sistema é composto de um reservatório do tipo funil que contém os
parafusos. Em sua extremidade mais fina há uma válvula 2/2 vias; simples solenóide
que, quando energizada, aciona um mecanismo que permite a queda dos parafusos um a
um, e também um sensor que gera um pulso todas as vezes que um parafuso passa à sua
frente. Após ser atingida a contagem de 10 parafusos, a válvula deve ser fechada. Após
o acionamento de um outro botão, o sistema deve ser reiniciado novamente. Elabore um
diagrama em Ladder para atender essa necessidade.

6
16) A figura abaixo mostra um misturador usado para fazer cores personalizadas de
tinta. Possuem dois encanamentos entrando no topo do tanque, fornecendo dois
ingredientes diferentes, e um único encanamento no fundo do tanque para transportar a
tinta misturada finalizada. Nessa aplicação você vai controlar a operação de
preenchimento , monitorar o nível do tanque , e controlar o misturador e o período de
aquecimento . Seguir os passos 1 até o 8 listados abaixo.
1o passo – Encha o tanque com o ingrediente 1.
2o passo – Encha o tanque com o ingrediente 2.
(a utilização do 1o ou do 2o ingrediente são independentes)
3o passo – Monitore o nível do tanque para o acionamento da chave “High-Level”,
utilizando um sensor de nível .
4o passo – Manter o status da bomba se a chave “Start” está aberta, isto é, a chave
"start'' deve ser independente (também perceba que o contato a ser utilizado deve ser
normal fechado).
5o passo – Comece a misturar os ingredientes e o período de aquecimento (10 Seg. por
exemplo).
6o passo – Ligue o motor do misturador e a válvula de vapor (através destes haverá a
mistura e aquecimento, respectivamente).
7o passo – Drene o tanque da mistura através da válvula "Drain Valve"( válvula de
drenagem ) e do motor "Drain Pump"(bomba de drenagem).
8o passo – Crie um modo de contar quantas vezes este processo (descrito do 1o ao 7o
passo) é realizado por completo.

17) Em um sistema de lubrificação progressiva utilizado em diversos tipos de máquinas,


uma bomba de alimentação ou limitador de vazão fornece lubrificante ao distribuidor
através da linha principal, servindo cada saída progressivamente com uma quantidade

7
definida de lubrificante. O distribuidor opera pelo princípio progressivo, ou seja, a
movimentação dos seus pistões é feita de forma seqüencial e seriada. Baseado neste
princípio de funcionamento, podemos afirmar que se um pistão movimenta-se,
obrigatoriamente os demais também se movimentarão. Tal sistema pode ser controlado
eletricamente pelo uso de um sensor de presença acoplado a um dos pistões do
distribuidor. A figura abaixo, ilustra o diagrama de controle de um sistema de
lubrificação com controle de pulso e indicador de sujidade do filtro.

De acordo com o exposto, pede-se: Desenvolva um programa em ladder que monitore o


funcionamento do distribuidor (detalhe) parametrizado para 20 pulsos/minuto, com
indicadores de lubrificação em ordem, moto-bomba ligada, lubrificação em falha e
moto-bomba desligada, além de botões para ligar e desligar a moto-bomba a qualquer
momento.
Obs: desconsiderar o controle de sujidade dos filtros.