Vous êtes sur la page 1sur 3

RECICLE A INFORMAÇÃO:

PASSE ESTE JORNAL A OUTRO LEITOR Pergunta


à Tina
email
averdademz@gmail.com

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA


twitter.com/verdademz DE SABER SOBRE SAÚDE
Jornal Gratuito Quinta-Feira 11 de Abril de 2019 • Venda Proibida • Edição Nº 541 • Ano 11 • Fundador: Erik Charas SEXUAL E REPRODUTIVA

Detido raptor de Governo determina o abate de 5ª feira de chuva


uma menor em no Norte e
Lichinga 25 elefantes em Moçambique alguns chuviscos
no resto de
A Polícia da República de Moçambique;
Moçambique (PRM) deteve,
semana finda, um indivíduo
30º em Maputo
de 25 anos, acusado de
tentar raptar uma menor O Instituto Nacional de Meteo-
de sete anos de idade, nos rologia prevê o seguinte estado
arredores da cidade de do tempo para esta quinta-feira
Lichinga. Entre 30 de Março (11) em Moçambique:
e 5 de Abril a PRM registou
Nas províncias de Niassa, Cabo
114 delitos e clama haver Delgado e Nampula céu geral-
esclarecido 101 deles. mente muito nublado. Ocor-
rência de chuvas ou aguaceiros
Texto: Redacção locais com trovoadas. Vento
de sudoeste a nordeste fraco a
moderado.
O indiciado, tio da vítima, te-
ria raptado a criança, quan- Para as províncias de Tete, Zam-
do a saia das aulas na escola bézia, Manica e Sofala céu pouco
primária do bairro Cerâmica nublado com períodos de muito
e, aproveitando-se dos laços nublado em Tete e Zambézia,
familiares, terá dito à criança onde se espera a ocorrência de
aguaceiros e chuvas locais com
que o pai tinha mandado para
trovoadas. Possibilidade de ne-
levá-la junto à casa. Conven-
blinas ou nevoeiros locais, prin-
cendo-a, levou a menor para cipalmente ao longo do vale do
um cativeiro, por sinal casa O Governo de Filipe Nyusi que tem como uma das suas prioridades “Assegurar a Gestão Zambeze. Vento de sudoeste a
de uma amiga do indicia- Sustentável e Transparente dos Recursos Naturais e do Ambiente” e recebe milhões nordeste fraco a moderado.
do algures na cidade. Horas de dólares de doadores para o Plano Nacional de Protecção do Elefante determinou o Nas províncias de Inhambane,
depois, ligou para a família abate de 25 paquidermes até ao final deste ano. Ambientalistas disserem ao @Verdade Gaza e Maputo céu pouco nu-
da vítima, exigindo um valor não serem públicos os critérios usados no estabelecimento das quotas de abate ainda blado localmente muito nubla-
monetário de 60 mil Meticais mais enquanto se aguarda pelos resultados do 3º Censo Nacional daquele que é o maior do. Chuvas ou aguaceiros com
para o resgate da menor. mamífero terrestre. trovoadas, principalmente em
Segundo Alves Mate, porta- Texto: Adérito Caldeira continua Pag. 02 Inhambane e Gaza. Vento de su-
doeste a leste fraco a moderado.
-voz da PRM no Niassa, a de-
tenção do raptor foi graças à
pronta denúncia dos pais da
Sobe para 4 óbitos pela cólera na Beira que causou Confira as temperaturas previstas:
vítima às autoridades poli- 2 mortos em Nhamatanda Cidade Máx ºC Mín ºC
ciais que de imediato, efe- Maputo 30 21
tuaram diligências de modo Dois novos óbitos de cólera foram registadas entre segunda-feira (08) e quarta-feira (10) Xai-Xai 28 22
a resgatar a menor e, poste- na Província de Sofala elevando para oito o número de vítimas mortais do surto que eclodiu,
Inhambane 30 23
riormente, a capturar o autor após a passagem do Ciclone IDAI e das cheias que se seguiram no Centro de Moçambique.
do crime. Mais de 12 mil doentes foram tratados por cólera e malária nos últimos 14 dias na Cidade da Vilankulo 30 22
Beira e nos distritos de Nhamatanda, Dondo e Búzi. Beira 29 24
Durante a semana em ba-
lanço a polícia reporta em Texto: Adérito Caldeira • Foto: Fernando Domingos Chimoio 27 18
comunicado de imprensa ter Nesta terça-feira (09) foi A campanha de vacinação Tete 33 23
registado 114 delitos, 18 con- registada a segunda vítima contra o vibrião colérico Quelimane 32 23
tra pessoas, 73 contra o pa- mortal pelo vibrião coléri- terminou com um balanço Nampula 32 22
trimónio, 13 contra a ordem co no Distrito de Nhama- de 803.125 pessoas imu-
tanda onde desde o pas- nizadas, correspondentes Pemba 31 22
e segurança pública, seis cri-
mes de perigo comum ainda sado dia 27 de Março 602 a 98 por cento da meta Lichinga 23 17
pessoas foram tratadas prevista. Aproximadamen-
três com recurso a arma de
com cólera. te 390 mil dos imunizados
fogo dos quais 89 por cento
são residentes da Beira,
Diga-nos quem é o
foram esclarecidos. De acordo com as auto- uma Cidade que de acordo
ridades de saúde desde com o Censo de 2017 tem
a eclosão do surto 4.373 533.825 munícipes. da semana
doentes foram tratados
tendo melhorado e rece- “Nós ainda cerca de 50
bido alta cerca de 70 por cento de Calamidades mantém em mil doses de vacinas disponíveis
deles. O maior número de casos, 602 o número total de óbitos e estamos neste momento a tra-
3.207, foram registados na Cida- pelo impacto directo do Ciclone balhar para aloca-las a comuni-
de da Beira. IDAI e das cheias que se segui- dades que vivem em zonas que
ram há 2 semanas e afectaram são identificadas como de risco
Oficialmente apenas oito pes- as províncias de Sofala, Manica, alto”, explicou o Director Geral
soas morreram pela cólera no Tete e Zambézia. do Instituto Nacional de Saúde,
Centro de Moçambique, porém Ilesh Jani.
há registo de três óbitos por A Província de Sofala foi a mais
diarreias agudas e vómitos no castigada com 402 mortos, 1.597 Preocupa também as autorida-
Distrito de Changara, na Provín- feridos, 163.692 casas danificadas des de saúde os doentes com
cia de Tete. que deixaram afectadas 1.190.594 malária que já afectou 8.250
pessoas, 41.431 a viverem nos 37 pessoas, a maioria no Distrito de Escreva um E-Mail para
O Instituto Nacional de Gestão centros de acomodação criados. Nhamatanda. averdademz@gmail.com
02
Sociedade
www.verdade.co.mz
11 de Abril de 2019

continuação Pag. 01 - Governo determina o abate de 25 elefantes em Moçambique

Está em aberta desde o passado veis e difíceis de alcançar, e têm Nelson pontuou que é preciso
dia 1 Abril, até 30 de Novembro, baixas densidades de vida selva- ter em conta se o número de
a época de caça em Moçambi- gem. A maioria dos turistas que elefantes a serem caçados são
que durante a qual o Governo, viajam para fotos não querem ir para áreas onde sabemos que
através do Diploma Ministerial a esses lugares e grande parte as taxas de caça ilegal são in-
nº 23/2019 de 15 de Março, ru- das áreas de vida selvagem em significantes e as populações de
bricado pelo ministro Celso Cor- Moçambique encaixam-se nessa elefantes ainda estão a aumen-
reia, estabelece as quotas para o descrição, então a caça é impor- tar; apurar quantos elefantes
abate de 19.864 animais selva- tante para trazer receitas para machos estão nas subpopula-
gens. Destacam-se no documen- os departamentos do governo ções específicas de elefantes em
to na posse do @Verdade os 49 que protegem a vida selvagem Moçambique; e, uma vez que
leões, 103 leopardos e 25 elefan- e o meio ambiente, e também tenhamos uma estimativa para
tes a serem abatidos ao que tudo para trazer benefícios para a elefantes machos nestas sub-
indica por caçadores. população local”. -populações, determinar se 25
é uma quantidade sustentável
Moçambique é um dos maiores No entanto chama atenção as- para serem abatido.
cemitérios de elefantes no mun- pectos importantes que têm de
do, cerca de 10 mil foram mor- funcionar para que a caça seja Além disso o conservacionista
tos por caçadores furtivos entre eficaz para a conservação. “A revelou ao @Verdade que a caça
2010 e 2015 reduzindo a popula- receita está a ser coletada cor- de troféus faz-se para elefantes
ção para cerca de 9 mil animais. retamente? A receita está a ser adultos pois além da caçada gera
Nos anos subsequentes quase usada de forma adequada e receita do marfim que pode ser
500 elefantes foram abatidos transparente? Os benefícios cor- exportado para o país de origem
caçadores ilegais que buscam os retos fluem para a população do caçador, naturalmente me-
seus dentes de marfim, que das local regularmente e de forma diante um processo legal exis-
áreas de conservação são trafi- transparente? Os locais são en- tente. Já os chamados conflito
cados pelos portos e aeroportos volvidos na gestão das áreas de homem-animal habitualmente
nacionais para os ávidos merca- conservação?”, detalhou. tem como protagonista machos
dos na China. jovens que ainda estão a estabe-
lecer os seus domínios.
Com início da governação de Fi- Quota para abate em áreas
lipe Nyusi tornou-se a proteção onde a vida selvagem está a Paradoxalmente parte da quota
do elefante, assim como outras ca "a explicação é uma, os ele- acesso a recursos ou terra”. ser repovoada de elefantes a serem abatidos
espécies animais, numa priori- fantes empurram as árvores e está alocada a fazendas do bra-
dade nacional por isso o @Ver- quanto estão numa quantidade “Idealmente, esses custos de- Contudo existe uma segunda vio no Parque Transfronteiriço
dade questionou ao Ministério para além da carga de uma de- vem ser aliviados pelo governo, vertente que precisa de ser sal- do Grande Limpopo área que
da Terra, Ambiente e Desenvol- terminada área são um proble- que deve visar iniciativas de de- vaguardada que está relacio- estava despida de vida selvagem
vimento Rural (MITADER) por ma e tem que se diminuir aque- senvolvimento económico e ele- nada com os números da vida e conta com doações de animais
que razões uma espécie protegi- les que estão a mais”. vação social nessas áreas, por- selvagem em Moçambique, es- do Zimbabwe e Botswana para
da estava na lista de animais a que essas pessoas incorrem em pecialmente de elefantes. ser repovoado.
serem caçados em 2019. “Sim gera receitas que são pa- custos para o benefício nacional
gas ao Estado e 20 por cento vão - parques nacionais ou proteção Alastair Nelson assinalou que sem
Decorrida mais de uma sema- para as comunidades circunvi- de florestas e bacias hidrográfi- os dados recentes da contagem de Tradição da maior igreja
na o gabinete o ministro Celso zinhas” confirmou o nosso en- cas que beneficiam os usuários elefantes não pode aprofundar a evangélica do Sul de África
Correia assim como a Adminis- trevistado que estimou em pelo a jusante etc. As pessoas envol- questão adequadamente, em alu- ameaça leopardos em
tração Nacional das Áreas de menos 50 mil Dólares norte- vidas são relativamente poucas são aos dados do 3º Censo Nacio- Moçambique
Conservação (ANAC) não res- -americanos o custo mínimo de nessas áreas remotas, então os nal do Elefente que deverão ser
ponderam aos questionamentos uma caçada do elefante. governos e seus parceiros de divulgados nos próximos meses. Relativamente a caça ao leopar-
do @Verdade. desenvolvimento não assumem do que este ano estão previsto
essa responsabilidade e prefe- “Mas o que posso dizer é que a abater 103, a ANAC disse ao @
Caça pode gerar receitas para rem dizer que as organizações ANAC está a fazendo o melhor Verdade em 2017 desconhecer a
Caçada do elefante custa pelo protegem da vida selvagem e conservacionistas tem encon- para monitorar e gerir a popu- população exacta de animais em
menos 50 mil Dólares beneficiar população local trar de encontrar formas de ge- lação de elefantes em Moçam- Moçambique no entanto alerta-
rar de receitas diretas a partir bique. Eles pararam a caça de va que uma tradição da maior
Um funcionário de uma das fa- Para o ambientalista e conser- de actividades e compartilhar elefantes na Reserva do Niassa igreja evangélica do Sul de Áfri-
zendas do bravio no Sul de Mo- vacionista Alastair Nelson nada os benefícios”, explicou. após a contagem de 2014, que ca, professada pelos zulus, esta-
çambique onde serão abatidos justifica a caça de animais par- mostrou um declínio tão gran- va a ameaçar os leopardos em
seis elefantes tentou explicar ao @ ticularmente do elefante africa- Na óptica de Nelson, que tem de lá. Esta é a área de caça mais Moçambique.
Verdade que “os animais ocupam no contudo em muitos países, larga experiência de trabalho importante de Moçambique, e a
um espaço territorial, comem e “os custos de proteger o meio na protecção da biodiversida- caça de elefantes trouxe muita “Eles usam vestes com base na
bebem água e a caça é um instru- ambiente, a vida selvagem e as de em Moçambique, e não só, receita. Existem algumas áreas pele de leopardo” afirmou na
mento de gestão sustentável”. áreas naturais são suportados “Existem algumas maneiras de de caça em Moçambique que fi- ocasião o chefe do Departamen-
por pessoas pobres que vivem fazer isso, e a caça de troféus é zeram um trabalho muito bom to de Fiscalização da Adminis-
A fonte que pediu para não ser nas áreas de conservação ou uma delas. A caça aos troféus para proteger os elefantes, e te- tração Nacional das Áreas de
identificada citou como exem- perto delas. Estes custos são é uma ferramenta particular- nho a certeza de que têm popu- Conservação, Carlos Lopes Pe-
plo parte do parque nacional diretos, por ex. danos nas ma- mente boa em lugares remotos lações suficientemente saudá- reira, que lamentava “já não há
Kruger que estará semi-desérti- chambas, ou indireto, falta de e selvagens que são desconfortá- veis para caçar”, clarificou. leopardos para fazer isto”.

Jornalista Amade Abubacar detido ilegalmente em Cabo Delgado é acusado de violação


de segredo de Estado
O jornalista Amade Abubacar que está detido ilegalmente há 95 dias na Província de Cabo Delgado é acusado de violação de segredo de Estado e “aliciava
jovens a difundir informações, e exibia alguns órgãos de corpos das vítimas dos ataques perpetrados por grupos criminosos”.
Texto: Adérito Caldeira

Detido a 5 de Janeiro enquanto entrevista- conta fictícia de uma rede social”. prazo máximo de detenção preventiva em
va e fotografava populares que chegavam Moçambique seja de 90 dias.
à vila de Macomia, à procura de refúgio na “Com recurso a esta conta, aliciava jovens a
sequência dos ataques perpetrados por gru- difundir informações, e exibia alguns órgãos O jornalista, de acordo com o Processo nº
pos armados que desde Outubro de 2017 de corpos das vítimas dos ataques perpe- 66/02/P/2019 da PGR, “foi encontrado
registam-se na Província de Cabo Delgado, trados por grupos criminosos, que têm cria- com uma lista de nomes de jovens que se
Abubacar é acusado pela Ministério Público do pânico na Província de Cabo Delgado”, presume terem-se juntado aos crimino-
“do crime de violação do segredo do Estado informará Beatriz Buchili aos deputados. sos no Distrito de Macomia”.
por meios informáticos e instigação pública”.
Amade Abubacar que esteve inicialmen- Ainda no mesmo Processo, autuado a 27
De acordo com a Informação que a Pro- te detido num quartel militar em Mue- de Março de 2019 e em instrução prepa-
curadora-Geral da República (PGR) vai da e posteriormente foi transferido para ratória, está também detido preventiva-
prestar brevemente na Assembleia da fotografias às Forças de Defesa e Segu- a cadeia de Mieze, no distrito de Metuge, mente um segundo jornalista, trata-se de
República, e que o @Verdade teve aces- rança de Moçambique, sem autorização, completa 95 dias em “prisão preventiva” Germano Daniel Adriano da Rádio e Tele-
so, o jornalista “foi surpreendido a tirar com o objectivo de publica-las em uma segundo a guardiã da legalidade, embora o visão de Macomia.
Por opção editorial, o exercício da liberdade de expressão é total, sem limitações, 03
Cidadania
www.verdade.co.mz
nesta secção. As escolhas dos leitores podem, por vezes, ter um conteúdo
susceptível de ferir o código moral ou ético de algumas pessoas, pelo que o Jornal 11 de Abril de 2019
@Verdade não recomenda a sua leitura a menores ou a pessoas mais sensíveis.
As opiniões, informações, argumentações e linguagem utilizadas pelos participantes nesta secção não reflectem, de algum modo, a linha editorial ou o trabalho jornalístico do @Verdade.
Os que se dignarem a colaborar são incentivados a respeitar a honra e o bom nome das pessoas. As injúrias, difamações, o apelo à violência, xenofobia e homofobia não serão tolerados.
Diga-nos quem é o Xiconhoca desta semana. Envie-nos um E-MAIL para averdademz@gmail.com

Gamito Rachide Tenho


goste de nós no goste de nós no certesa que essa nao e
.com/JornalVerdade .com/JornalVerdade
seleçao moçambicana,
e uma equipe formada por
Jornal @Verdade Jornal @Verdade mulheres do sul do pais, o
A reabilitação da Estrada Nacional nº6, Depois da humilhação em Blantyre a mesmo que tem acontecido ate
entre a cidade da Beira e Machipanda, selecção feminina futebol de Moçambique não conseguiu mostrar alguma na musica · 12 h
orçada em mais de 410 milhões de honra nesta terça-feira (09) no Zimpeto e consumou a sua eliminação das Babu Salam Gaspar
Dólares norte-americanos assim como eliminatórias de acesso aos Jogos Olímpicos de Tóquio por um agregado de Kkkkkkkkkkkkk, será que
as obras na estrada entre Tica – Búzi – 1-14 para o Malawi. era futsal? · 15 h
Nova Sofala, que deveriam custar 118 milhões de Dólares, vão custar mais hƩp://www.verdade.co.mz/desporto/68328 Jose DI Maria Sitole
dinheiro por não terem aguentado as cheias trazidas pelo Ciclone IDAI. Kkkkkk kkkkkk as
hƩp://www.verdade.co.mz/nacional/68329 Félix Miguel Boaventura de gastarmos com viagens, estagios e marandzas nem correr não
Khovilo É jogo ou muito mais. Ou por outra, que se aguentam já cansaram parecem
diminuir o tempo de espera onde eu brincadeira... · 3 h invista dinheiro destes NDHINYAS de kokuanas · 13 h
Chubbe Chubbe Meus
esperei duas horas. E quando chega futebol em BASQUETBOLL & VOLLEY,
irmãos está estrada ainda Lino Lino Como vamos gerir Boy Kelly Chihau Por mim
meia noite fecham ninguém passa estamos cansados de sofrer de
vai dar que falar. Tem que esse resultado de 14 golos esse dinheiro q é gasto por
mas só se dares algum dinheiro ao TENSAO com esta cena de FUTEBOL...
alguém assumir. Meu ponto de vista há 1. Essas marandzas nos pessoas sem futebol iam
trânsito consegues passar o que não Pelo menos no BASKET e VOLEY ha
quando eles começaram a levantar a envergonharam pa · 2 h canalizar para outros fins · 15 h
é correcto. Irmãos este é o nosso momentos que o adversario se deixa
cota entre Ɵca mútua ninguém Jorge Malema Ser Araújo Abdula Afinal não
Moçambique · 10 h enganar e pontuamos, enquanto que
pensou que a água que passava por Moçambique é diİcil Ɵnham banido o futebol
no futebol basta inclinar, eh so
cima da estrada era muita e Ɵnha Felisberto Luis Machava E mesmo · 1 h feminino dos jogos
ENGOLIRMOS... pfutsekani · 7 h
que ter algum siƟo para passar. Eles agora kuando se fizeram internacionais pelo mesmos resultados
Ismael BapƟsta Mas que António Matola Andam a
eng. Deveriam ter colocado mas os contractos de encargos dolorosas desse género? · 14 h
selecção se nem recolher marandzas, com
sistemas de tubo ou viadutos para não previam enventuais situações campeonato temos? média de 4 filhos e 2 Celso Lobo Muito triste! ·
que facilita se a passagem da água. tendo em conta k as estradas sofrem Brincadeiras de mau gosto · 9 h abortos para jogar futebol, porra! · 15 h
Agora querem mas dinheiro se as constantemente com cheias?. como
obras ainda não foram entregues Fernanda Munguambe 44 min
assim · 10 h
mesmos os postos de luz não Ismael BapƟsta só por dizer... Ajm Selemane Nao Vizado Cachoma Claro
aguentaram vamos ter que dar mas AgosƟnho o nosso meƟcal Xii · 9 h desistam Eliminar ou que quando se fala de
dinheiro. N.B.- Passei uns dias atrás nao vale? Kuando é a ocultar isto · 6 h selecao nacional falase de
Asmim Janeiro Adolph
por aquele troço os trânsito que enfra-estrutura ouço falar revuma a Mpto eles nao
Parabéns Selecção Joaquim Eugenio
estão lá fazem tudo por tudo para de norte americano. · 10 h considerarm isso. Vala se levasse um
Feminina de Moz. Outras Mondlane Parabéns as
acumular viaturas depois deixam Araújo Abdula Espro que cenas!!! · 6 h meninas que lutaram grupo de mulhers num dos distritos
passar. Segundo aquele troço por essa via a minha tentaram não foi desta mais do norte de Mz soment pra teste da
poderia ter mas paragem para que os Mauricio Zaqueu Covane
cidade seja bonita do país. Sebe se que ha muito preparação. Cada pais tem seu selecao de mz so pra ver · 2 h
carros não demorasse muito. Por · 13 h potencial no despoto para moz não é
dinheiro doado anualmente Asbanz da Ybg Mas com
exemplo depois da curva das o futebol. · 11 h
pela FIFA para macificacao de fetebol essas gordas a jogarem
mangueiras tem a parte rebentada Pedro Lamas Nao
femenino. · 10 h Aulate Baltazar de esperavam o que · 14 h
daí para frente está quase tudo bom aguentou porque foi feita
até à Lamego onde deveria ter pelos chineses... · 12 h Bento Mussumbuluco Almeida Danilo Tiago, esta Juliao Muchanga São
segundo posto de espera enquanto Andaram a sacrificar as ver onde e como marhandzas, jogaram a
Vembane Rogério Cotado manas, sò para não lhes patrioƟsmo doenƟo termina nem?
que outros carros saíssem da balança pensar nas barracas. · 14 h
com nhóga? · 13 h pagar pela parƟcipação, esquecendo um agregado de 14-1, a favor de
em Nhamatanda outros carros Kino FlorenƟno Silva
aguardavam. Isto tudo poderia que deviam primeiro prepará-las Malawi, quer dizer la fora marcamos
kkkkk,vao selecionar
para estes embates, temos que nos um golo de honra, em casa nem um
impalas mulheres
queixar do sistema, não das perigo sequer... · 11 h
pensando que vao jogar? · 13 h
jogadoras... · 3 h Neston Dos Santos Mais
JusƟno Manhique
Joaquim Nakata Manhica afinal estão a gastar
Marandzas no seu melhor
Valeu ...iriamx ser dinheiro com isso porquê?
Lol · 14 h
humilhados jogos É obrigatório um país ter seleção de
futebol? Vamos invesƟr em outras JúNior de Castro Muito
Olímpicos · 6 h
modalidades que estão a trazer estranho isso · 14 h
Chadreque Moamba Ainda
orgulho e sem apóio do governo.
bem que ficamos em solo
Querem exemplos?1 · 10 h Aughusto Tembe
patrio. Moz devia pedir
intervalo nas compeƟcoes Imamo Abdull Sim queremos Frustrante · 15 h
internacionais de Futebol porque so Manda vir · 26 min
estamos a gastar dinheiro que devia Pedro Soares Opha, isso é
Juliao Muchanga Agora
ajudar na (re)construcao de hospitais, bem ridículo. · 15 h
marcaram as suplentes
pontes e estradas, etecetera, em vez
malawianas. · 14 h

Sociedade
Nos bairros da Liberdade, Bunhiça e Djuba: Água vai jorrar de novo com regularidade
A empresa Águas da Região de Maputo (AdeM) prevê, para breve, a conclusão de dois importantes projectos de lançamento de condutas, que irão permitir
o reabastecimento de água a perto de 1.700 famílias, localizadas em zonas altas e distantes dos centros distribuidores, nos bairros da Liberdade, Bunhiça e
Djuba, localizados no município da Matola, na província de Maputo.
Texto: www.fimdesemana.co.mz

Estes beneficiários - para além para o reforço do forneci- mento de Água - teve início em ridade”, frisou Arone Tivane. finais de Abril, estas obras es-
de uma parte significativa de mento de água às zonas de 2016 mas, devido a questões tarão concluídas, uma vez que
empresas e instituições que Djuba, Beluluane, Bunhiça de ordem financeira, as obras Em relação ao projecto de re- toda a conduta já foi implanta-
operam no parque industrial e Liberdade, visa permitir sofreram uma paralisação, forço de abastecimento às zo- da, faltando efectuar algumas
de Beluluane - passarão a ter que a água chegue aos pon- tendo sido retomadas em Ja- nas de Bunhiça e Liberdade, a conexões, testes de pressão,
água com maior regularidade, tos mais altos e distantes dos neiro do corrente ano, com o partir do Centro Distribuidor lavagem e desinfecção.
após terem sido afectados por centros distribuidores da Ma- término previsto para meados da Machava, as obras encon-
medidas restritivas no seu for- tola Rio e Machava. de Maio próximo. tram-se a um nível de execu- Por outro lado, o arranque
necimento, resultante do bai- ção de 70 por cento, faltando do reforço de abastecimen-
xo caudal do rio Umbelúzi. No caso específico da linha de “Trata-se de uma empreitada apenas realizar algumas cone- to de água potável ao bairro
reforço ao Centro Distribuidor que vai beneficiar as popula- xões na nova tubagem, ora ins- Djonasse está previsto para
De acordo com Arone Tiva- da Matola Rio e ao parque in- ções do bairro de Djuba e al- talada, e o reforço da antiga. o corrente mês. Com uma
ne, gestor do Departamento dustrial de Beluluane e Djuba, gumas empresas do parque in- duração de dois meses, o
de Projectos da AdeM, a im- o projecto - financiado pelo dustrial de Beluluane que não Segundo garantiu o gestor do projecto é financiado pelo
plementação dos projectos FIPAG-Fundo de Investimen- estão, presentemente, a rece- Departamento de Projectos FIPAG e vai beneficiar um
de lançamento de condutas, to e Património do Abasteci- ber água, com a devida regula- da AdeM, tudo indica que, até total de 600 famílias.

Ficha Técnica
NAMPULA-Av. 25 de Setembro 57 A
Telemóvel+258 84 39 98 635

MAPUTO-Avenida Mao Tse Tung 479


Jornal registado no GABINFO, sob o número 014/GABINFO-DEC/2008; Propriedade: Charas Lda; Fundador: Erik Charas.
Telemóvel+258 86 45 03 076 Director: Adérito Caldeira; Director-Adjunto: Sérgio Labistour; NAMPULA - Delegado: Hélder Xavier; Director Gráfico: Nuno Teixeira; Periodicidade: Diário.
E-mail:averdademz@gmail.com