Vous êtes sur la page 1sur 2

Rotâmetro é um medidor de vazão de área variável, no qual um flutuador é arrastado pelo fluido

para cima, dentro de um tubo cônico transparente, de modo que a velocidade de escoamento
em torno do flutuador resulta em uma força de arraste que equilibra seu peso. Dessa forma,
dependendo da vazão, o flutuador irá se localizar em uma certa posição relativa à escala, como
ilustra a figura abaixo.
Sabendo que a força de arraste é proporcional à massa específica do fluido, avalie as seguintes
asserções e a relação proposta entre elas.
I. Em um rotâmetro calibrado para a medição de vazão de água(massa
específica = 1 000 kg/m3), se for medida a vazão de um fluxo de óleo
diesel (massa específica = 850 kg/m3), a leitura de vazão na escala do
rotâmetro será menor que a vazão real.
POR QUE
II. Com menor massa específica, a velocidade para se obter o equilíbrio
entre o peso e o arrasto será maior, posicionando-se o flutuador em uma
parte inferior ao tubo cônico, onde a área de passagem é menor que a
necessária para uma mesma vazão de água.

A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. (0,5 ponto)

As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II justifica a I.

Pesquisadores freqüentemente se deparam com a necessidade de desenvolver modelos em


escala reduzida para analisar produtos antes que estes sejam liberados para comercialização. Para
que o modelo e o protótipo tenham semelhança completa é necessário que os números
adimensionais do modelo e do protótipo sejam iguais. Se as escalas de semelhança forem
representadas pelo símbolo K, as relações de semelhança para o número de Euler serão
representadas por:

KF =K ρ .K 2V .K L2 .

Avaliação NP1 Mecânica dos Fluidos Página 1


A análise dimensional é um método para reduzir o número e a complexidade das variáveis
experimentais que afetam um dado fenômeno físico, pela aplicação de um tipo de técnica de
compactação. Se um fenômeno depende de n variáveis dimensionais, a análise dimensional
reduzirá o problema a apenas k variáveis adimensionais, em que a redução n – k = 1,2,3 ou 4,
dependendo da complexidade do problema. Geralmente, n – k é igual ao número de dimensões
diferentes (as vezes chamadas de dimensões básicas ou primárias ou fundamentais) que regem o
problema.

Fonte: WHITE, Frank M. Mecânica dos fluidos. 6. ed. Porto Alegre: AMGH, 2011.

Em relação aos benefícios da análise dimensional, podemos destacar, exceto:

A análise dimensional não ajuda nosso raciocínio e planejamento para um experimento ou uma
teoria. Ela não sugere maneiras adimensionais de escrever equações antes de gastarmos dinheiro
em análises numéricas para encontrar soluções.

Na figura observa-se um desviador de jato ou pá. Esse caso tem sua aplicação, por exemplo, em
pás de turbinas. O fluido lançado contra o desviador sofre uma deflexão provocada por este e
conseqüentemente gera uma força na superfície do desviador. A equação que quantifica as
componentes horizontal e vertical da força é a equação da quantidade de movimento. Aplicando a
equação da quantidade de movimento para o sistema de controle ilustrado e considerando
desprezível o atrito com o ar, assinale qual conjunto de equações simplificadas está correto:

Fsx = .A j .v 2j .(1- cosθ)


Fsy = - .A j .v 2j .senθ

Avaliação NP1 Mecânica dos Fluidos Página 2