Vous êtes sur la page 1sur 8

Texto: Tiago 1.

Tema: Um mensageiro e Sua Mensagem

Série: respondendo biblicamente as várias questões da vida.

Introdução

A. Uma das grandes características desta carta é que Ela possui pouca argumentação
teológica e em contrapartida a carta possui um vasto conteúdo extremamente prático.
a. Logo, nós iremos perceber que em sua epistola Tiago procura nos dar um
verdadeiro manual da vida cristã prática.
i. Essa epistola torna-se extremamente importante para nossas vidas
especialmente diante da realidade de que todo cristão tem uma grande
dificuldade, a saber dificuldade de transformar conhecimento em
prática.
ii. Nós precisamos avaliar se nós temos um conhecimento que tem
educado a mente e transformado o coração ou somos apenas aquele
que:
1. Nós somos aqueles conhecemos grandes verdades teológicas,
no entanto essas verdades ficam somente na mente.
2. Nós somos aqueles que temos boa doutrina, mas não temos
boa conduta (no entanto somente boa doutrina).
3. Nós somos aqueles que sabemos o que dizer no evangelismo
mas não dizemos absolutamente nada.
iii. Então diante dessa realidade assustadora, de crentes que sabem mais
não vivem Tiago deseja entrar em cada cômodo da nossa vida e dizer
exatamente o que precisamos fazer e onde precisamos reformar.
iv. Acima de tudo ele deseja:
1. Transformar o nosso conhecimento teórico em prática.
2. Transformar conhecimento em aplicação
3. Transformar a nossa confissão de fé em comportamento
transformado.
v. Pois conforme disse John Bunya, em seu livro O Peregrino: “a alma da
religião é a parte prática”.
vi. O próprio Tiago nos diz que a fé sem obras é morta e que, a verdadeira
religião é vista e não simplesmente ouvida.
vii. Uma curiosidade é que Tiago está tão interessado em acabar com a
nossa vida cristã confortável que em toda a epístola ele escreve 54
imperativos.
1. Ou seja, isso significa que ele tem 54 orações exclamativas para
as nossas vidas.
b. Então, resumidamente Tiago está mais interessado em escrever a acerca
daquilo que devemos fazer do que sobre o que precisamos crer.
i. E é claro que esse estilo não diminui a sua escrita, pois devemos estar
conscientes de a verdadeira vida cristã é vista na prática.
ii. Quando olhamos para os escritos Paulinos, nós notamos que ele
geralmente trata sobre aquilo que cremos, Tiago por sua vez discorrerá
sobre como devemos viver.
B. Por que Tiago escreve um conteúdo extremamente prático ao ponto de se abster do seu
cabedal de conhecimento teológico?
a. Nós já vimos que Tiago deseja nos dar um manual da vida cristã, mas por duas
razões básicas:
i. É fácil ser um cristão fiel quando tudo vai bem.
1. É fácil sorrir quando não existem problemas.
2. É fácil vir a igreja quando as finanças estão boas.
3. É fácil servir quando está tudo bem.
4. É fácil viver em amor quando os pensamentos são
convergentes.
ii. Mas, e quando nada vai bem? Como é ser fiel quando a vida está
completamente atribulada?
iii. Tiago deseja encorajar os cristãos que estão passando por várias
dificuldades, a apresentar respostas bíblicas as provas da vida.
1. Ele deseja estimular-nos a um cristianismo prático mesmo
diante das dificuldades da vida.
2. Ele quer nos ensinar a viver com fé em um mundo caído.
iv. Além disso, Tiago quer nos mostrar quais são as marcas de um
verdadeiro cristianismo.
1. Um dos nossos grandes problemas atuais é o da falsificação,
tudo está falsificado.
a. E nós temos um teste para saber se cédulas são
verdadeiras ou falsas.
2. E esse problema de falsificação também atinge o cristianismo.
a. Existem muitos crentes que parecem falsificados.
b. Pessoas que professam uma fé que parece verdadeira,
no entanto tem uma vida que diz o contrário.

Ilustração: há muitos anos atrás nos Estados Unidos era costume os pastores irem de
um lugar a outro de cavalo para pregar o Evangelho. E ao pousarem nos hotéis, o
proprietário não cobrava nada.

Um pastor pousou em um hotel na Carolina do Norte e na hora de sair o proprietário


apresentou a conta.

O pastor disse: Não entendo, vocês nunca cobram de religiosos, por que esta conta?

O proprietário respondeu: fiquei de olho em você. Não orou uma só vez antes das
refeições, nunca o vi com a Bíblia na mão. Em suas conversas nunca falou o nome de
Deus e o pior o vi fumando um charuto. Como a gente ia descobrir que o senhor era um
pastor?

Então, já que o senhor vive como um pecador vai pagar como um pecador.

É exatamente isso que encontramos em nossos dias.

3. [Tiago deseja estimula-los a uma vida santa e marcada por fé, o


que por sua vez iria identifica-los com o verdadeiro
cristianismo.]
C. Alguém disse que: “quando nós lemos um livro sem conhecer o autor as verdades são
clarificadas com uma lanterna, mas quando nós lemos um livro conhecendo a mente do
autor é como estar lendo diante do sol do meio dia”.
a. Como disse Kent Hughes, “conhecer o autor serve como uma excelente
introdução para carta”.
Propósito: por isso nesta noite nós estudaremos o verso 1 e veremos 3 facetas do nosso autor.

Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que se encontram na
Dispersão, saudações. (Jam 1:1 ARA)

1. Sua Biografia (v. 1a).

A. Quem foi Tiago escritor desta carta?


a. Foi o meio irmão de Jesus.
i. Tiago foi um nome muito comum na primeira era cristã, e por isso nós
encontraremos várias ocasiões onde esse nome é citado, no entanto só
existem dois “Tiagos” que poderiam ter escrito esta epístola.
ii. Um Tiago seria o Filho de Zebedeu, o apóstolo.
1. A grande questão é que ele foi o primeiro apostolo a ser morto
antes que a epistola fosse escrita.
iii. Logo, nos resta admitir que o autor desta carta foi o Tiago que era meio
irmão de Jesus.
b. Uma questão apologética.
i. A igreja católica não acredita que esse Tiago possa ter sido irmão de
Jesus, porque segundo o seu livro de dogmas, Maria permaneceu
virgem mesmo depois de ter gerado Jesus.
ii. Essa doutrina foi tão amplamente divulgada pela igreja que em 1854, o
papa declarou a doutrina da “concepção imaculada”, que ela nasceu
sem pecado e morreu sem pecado.
iii. E a longo do tempo a igreja tem afirmado que Maria permaneceu
virgem, mesmo depois do nascimento de Cristo.
c. No entanto, a Bíblia desmente essa mentira, provando que Maria teve outros
filhos.
i. Mateus 1. 20-21,25.
20Enquanto ponderava nestas coisas, eis que lhe apareceu,
em sonho, um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi,
não temas receber Maria, tua mulher, porque o que nela foi
gerado é do Espírito Santo.
21 Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus,

porque ele salvará o seu povo dos pecados deles.


(Mat 1:20-21 ARA)
25Contudo, não a conheceu, enquanto ela não deu à luz
um filho, a quem pôs o nome de Jesus. (Mat 1:25 ARA)

ii. Lucas 2. 6-7


6 Estando eles ali, aconteceu completarem-se-lhe os dias,
7 e ela deu à luz o seu filho primogênito, enfaixou-o e o deitou

numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.


(Luk 2:6-7 ARA)
iii. Mateus fala nomeia os seus irmãos 13. 55
55Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama sua mãe Maria, e
seus irmãos, Tiago, José, Simão e Judas? (Mat 13:55 ARA)

Voltando a nossa pergunta: “quem foi Tiago?”

d. Foi alguém que experimentou uma transformação genuína.


i. Lembremos que no inicio do ministério de Jesus Tiago e seus irmãos não
acreditaram nas Palavras de Jesus.

1. Eles acharam que Jesus estava fora de si.


21E, quando os parentes de Jesus ouviram isto, saíram para o
prender; porque diziam: Está fora de si. (Mar 3:21 ARA)

2. Mas, depois da ressurreição de Jesus algo extraordinário


aconteceu (1Co 15. 7).
a. O Cristo Ressurreto apareceu para Tiago e Ele creu.
3. Tiago se junta a comunidade cristã, estando presente no início
da igreja no dia de pentecostes.
3 Quando ali entraram, subiram para o cenáculo onde se
reuniam Pedro, João, Tiago, André, Filipe, Tomé,
Bartolomeu, Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o
Zelote, e Judas, filho de Tiago.
14 Todos estes perseveravam unânimes em oração, com

as mulheres, com Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos


dele.
(Act 1:13-14 ARA)

Aplicação: Nós achamos que só nossas famílias têm problemas, ou só nós que sofremos com
familiares descrentes, mas note que até o próprio Jesus tinha irmãos incrédulos.

Nós vemos aqui alguém que conhecia Jesus a muito tempo, alguém provavelmente tenha
dividido o quarto com Senhor, mas que sofria de incredulidade aguda.

Mas tudo mudou na vida de Tiago quando ele tem um encontro real com o Senhor Jesus, o que
nos faz pensar algumas coisas importantes:

1. Não importa o quanto você conhece sobre Jesus, a transformação genuína acontece
quando nós conhecemos Suas Palavras e entendemos a Sua Obra e a sua relevância
para nossas vidas.
2. Segundo, Tiago passa da incredulidade para uma vida cristã vitoriosa através da fé em
Jesus.
3. O que nossas famílias mais precisam é de Jesus.

Transição: segundo faceta do de Tiago que queremos ver é o eu caráter...

2. Seu caráter (v. 1b).

“servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo,”


A. Segundo a história da igreja ele era um homem de oração.
a. Eusebio um historiador da igreja conta o testemunho de Hegésipo um cristão
do primeiro século que lutou contra o gnosticismo e marcionismo.
b. Hegésipo conta que Tiago era um homem de oração, e essa prática rendeu à
ele um apelido carinhoso de “joelhos de camelo”.

Mas além da história eclesiástica a maneira como Tiago se apresenta no verso 1 revelar algumas
características do seu caráter.

B. Um homem humilde.
a. Onde sua humildade é vista?
i. A sua humildade é vista quando nós conhecemos a proeminência
ministerial de Tiago e como ele se apresenta.
1. Embora não fosse um apóstolo, mesmo assim Tiago logo se
tornou um de seus principais líderes.
2. Foi considerado por Paul em Galatas 2. 9-12 como um pilar da
igreja juntamente com Pedro e João.
3. Sua liderança proeminente fez dele o responsável por presidir
um importante concilio de Jerusalém descrito em Atos 15.
4. Além de tudo isso, ele era filho de Maria, e meio irmão de
Jesus.
5. Mas o que encontramos é que quando Tiago se apresenta, ele
não se apresenta como irmão de Jesus ou como cabeça da
igreja, mas como servo.
ii. Nós reconhecemos a sua humildade quando entendemos que a sua
grande pretensão e o seu maior orgulho era de ser um “servo de Jesus”.
b. Isso nos faz pensar que Tiago conhecia bem os provérbios que dizia:
i. “Seja outro que te louvem e não seus próprios lábios”.
ii. “Deus usa os humildes, mas resiste os soberbos”.
iii. Ele sabia que a humildade é uma virtude que nos aproxima do caráter
de Cristo.

Aplicação: é importante olhar para essa faceta do seu caráter e refletirmos em nossas vidas,
diante da realidade que vivemos em um mundo composto por pessoas que:

 não sabem nada e pensa que sabe tudo.


 Não é ninguém e acha é tudo.
 Não tem nada e acha que possui tudo.

Aqui nós encontramos um homem proeminente que se orgulhava em ser um servo.

- Essa faceta do seu caráter nos ensina que:

 Devemos ter cuidado com a autopromoção.


o Tenha cuidado como você fala acerca de si mesmo.
 Devemos ter cuidado com o que pensamos de nós mesmos.
o Nós somos tendenciosos a nutrir um pensamento elevado a cerca de nós
mesmos e isso é reprovável.
o Só vai dá certo se eu fizer, se fulano fizer não vai funcionar, se eu fizesse seria
melhor.
o “sou bom em tudo que faço, ninguém ainda conseguiu me alcançar”.
 Acima de tudo devemos ter cuidado para não vivermos em busca de reconhecimento
humano.
o Quem vive assim, nunca estará satisfeito e está fadado a uma vida marcada por
frustração.

Hudson Taylor foi usado de forma singular e


poderosa pelo nosso Senhor apara levar o evangelho
ao interior da China nos anos de 1800. Ele era um
homem calmo e despretensioso que andou com
Deus e serviu a Deus por 50 anos na China. Quando
estava na Austrália, ele foi convidado a falar numa
grande igreja e, ao chegar, viu que o templo estava
lotado sem mais nenhum assento disponível. O líder
apresentou Hudson Taylor como um homem idoso
eloquente com frases bem selecionadas para
descrever as poderosas realizações de sua obra
missionária. O anfitrião terminou de apresentar
Hudson Taylor dizendo que ele era o “convidado
ilustre.” Calmamente, Hudson ficou lá de pé por
alguns segundos e depois disse: “Queridos amigos,
sou apenas o servo de um Senhor ilustre.”15
Nossa intensão, deve ser fazer o Senhor grande não a nós mesmos.

Outra faceta do seu caráter é que ele é um...

C. um homem servo.
a. Ele se presenta como um servo (a palavra é Doulos que significa servo-servo).

i. Existiram duas palavras gregas que podem ser traduzidas por escravos:
1. Uma que falava de alguém que foi feito escravo.

2. E a nossa palavra que fala de uma pessoa:


a. Que já nasceu escravo.
b. pessoa privada de toda liberdade pessoal e totalmente
sob o controle de seu mestre.
c. Fala de alguém que tem obediência absoluta e lealdade
ao seu mestre.
d. Refere-se a alguém que não foi feito escravo, mas que
já nasceu escravo.
ii. Então a pergunta é: por que Tiago se apresenta com servo?
1. Porque ele entendeu que a sua nova vida em Cristo lhe rendeu
nova uma posição, a saber a posição de Escravo de Cristo.
2. Ele compreendeu que a sua fé em Cristo lhe rendeu um novo
nascimento e também uma nova posição, escravo de Cristo.
iii. Então notemos que embora escrevendo uma carta extremamente
prática, nós vemos que ele conhecia bem doutrina.
1. Ele sabia que da mesma maneira que o nascimento natural nos
coloca em uma posição de pecadores.
2. novo nascimento em Cristo Jesus nos coloca em uma posição
de escravos.

Aplicação: Logo, servir a Deus é a resposta mais lógica de alguém que recebeu Jesus pela fé.

Se você é crente está intrínseco o serviço.

Notemos que diante disso, nós vemos que servir a Deus não uma questão de capacidade, tempo,
idade ou escolha, servir a Deus é uma questão de identidade está relacionado a quem você é
em Cristo, um servo.

Quando um crente não serve a Deus ele não somente está se omitido da sua tarefa, mas ele está
também negando quem ele é, a sua posição.

Além disso, existem os benefícios de servir.

 Quando você serve você cresce espiritualmente.


o Talvez esteja faltando isso em sua vida.
o Porque quando o crente não trabalha ele dar trabalho, mexe com um mexe com
outro e assim vai.
 Quando você serve sua família se fortalece.
 Quando você serve você se aproxima de Jesus.
 Quando você serve Deus se agrada da sua vida.
o Esse termo foi utilizado para descrever todos os grandes líderes que ocuparam
posições de honra.

Abrãao
Na mesma noite, lhe apareceu o SENHOR e disse: Eu sou o Deus de Abraão,
teu pai. Não temas, porque eu sou contigo; abençoar-te-ei e multiplicarei a tua
descendência por amor de Abraão, meu servo. (Gen 26:24 ARA)

Moisés

E viu Israel o grande poder que o SENHOR exercitara contra os egípcios; e o


povo temeu ao SENHOR e confiou no SENHOR e em Moisés, seu servo.
(Exo 14:31 ARA)

Davi
18 Fazei-o, pois, agora, porque o SENHOR falou a Davi, dizendo: Por intermédio

de Davi, meu servo, livrarei o meu povo das mãos dos filisteus e das mãos de
todos os seus inimigos. (2Sa 3:18 ARA)

Transição: por fim queremos ver o seu ministério.

3. Seu ministério (v. 1c).


A. Tiago escreveu as doze tribos.
a. Um título utilizado comumente para se referir a nação de Israel (Matt. 19:28;
Acts 26:7; Rev. 21:12).
b. Logo, Tiago escreveu a todos os judeus que se encontram na dispersão.
c. Judeus convertidos ao cristianismo que foram espalhados pelo mundo por
causa perseguição.
B. Tiago demonstra um cuidado pela vida dos outros.
Conclusão

A. De fato, Tiago foi um cristã singular. Mas onde estava o segredo da sua vitalidade
espiritual?
a. O segredo está no seu entendimento de quem é Jesus.
b. No verso 1 a expressão “servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo,” não possui
artigo, isso significa dizer que ele conecta esses títulos como uma só Pessoa.
c. Literalmente ele disse: “Tiago, servo de Jesus Cristo que é Deus e Senhor”.
d. Ele sabia bem quem era Jesus!
B. Se nós desejamos prosperar na vida espiritual devemos nos apegar a Jesus.