Vous êtes sur la page 1sur 28

A indústria Aniel produz sabão em pó e sabão líquido, ambos específicos para lavagem de roupa à margem dos

rios do nordeste brasileiro. Em determinado período, produziu 20.000 caixas de sabão em pó e 16.000 frascos
líquidos, incorrendo nos seguintes custos:

Pó Líquido
Matéria-prima $2/kg 12.000 kg 8.000 kg
Mão-de-obra Direta $5/hora 6.000 h 3.000 h

Custos Indiretos de Produção (CIP) (em $):


- Supervisão da produção 3,600
- Depreciação de equipamentos de produção 12,000
- Aluguel do galpão industrial 4,500
- Seguro dos equipamentos da produção 1,500
- Energia elétrica consumida na produção 2,400

Os custos de matéria-prima, mão-de-obra direta e os Custos Indiretos de Produção são comuns aos dois produtos

A Aniel possui contrato de demanda da energia elétrica com a concessionária, pelo qual paga apenas uma quantia
fixa por mês, e não mede o consumo por tipo de produto.
Os CIP são apropriados aos produtos de acordo com o tempo de MOD empregado na produção de um e outro,
sabendo-se que são necessários 18 minutos para produzir uma caixa de sabão em pó e 11,25 minutos para
produzir um frasco de sabão líquido.
A indústria utiliza em sua produção uma máquina que devido à corrosão, tem sua vida útil física e econômica
limitada pela quantidade de matéria-prima processada (a vida útil é estimada pelo fabricante do equipamento em
400.000kg de processamento de matéria-prima). Foi adquirida por $320.000 e seu custo ainda não está incluído n
relação acima.

Pede-se:
a) Elaborar um quadro de apropriação de custos aos produtos; e
b) Calcular o custo unitário de cada produto.

Resolução
Pó Líquido
Produção 20000 16000
MP 12000 8000
MOD 6000 3000

CIP 24,000

Valor equipamento 320,000 $


Quant. Processada 400,000 kg
Depreciação 0.8 $/kg

a)

Pó Líquido
Custos Diretos
MP 2 24000 16000
MOD 5 30000 15000
Depreciação 0.8 9600 6400
Total CD 63600 37400
Custos Indiretos
% 9000 0.67 0.33
CIP 24,000 16000 8000
Total CI 16000 8000
Custos Totais 79600 45400

b)

Pó Líquido
Produção 20000 16000
Custos Totais 79600 45400
Custo unitário 3.98 2.84
gem de roupa à margem dos
bão em pó e 16.000 frascos

são comuns aos dois produtos.

qual paga apenas uma quantia

na produção de um e outro,
ó e 11,25 minutos para

vida útil física e econômica


fabricante do equipamento em
custo ainda não está incluído na
Uma indústria de confecções produz e vende dois tipos de roupas femininas: saias e vestidos. Ela não possui sistema
de Contabilidade de Custos por departamento e as principais informações são dadas a seguir:

Tabela 1 - Preços e volumes normais de produção e vendas


Preço de Volume de
Produtos Venda bruto Volume (em un.) vendas ( em
($ por un.) un.)
Saias 60 35,000 30,000
Vestidos 80 29,000 25,000

Tabela 2 - Dados físicos de produção


Saias Vestidos
Quantidade MP (m) 3 5
Tempo MOD (hh) 2.4 4
Área Ocupada (m2) 600 400
Consumo de energia (kWh) 12000 13000
Tempo de Máquina (hmáq) 110 140

Tabela 3 - Estrutura básica de custos e despesas


MP 7 $ por metro de tecido
MOD 6 $ por hora
Tributos sobre receita bruta 15%
Comissões sobre a receita líquida 8%
Aluguel do galpão industrial 60000 $ por período
Supervisão geral da produção 40000 $ por período
Energia elétrica na produção (demanda) 30000 $ por período
Depreciação das máquinas de produção 15000 $ por período
Despesas com publicidade e propaganda 120000 $ por período
Despesas administrativas gerais da empresa 150000 $ por período

Sabendo-se que não havia estoques iniciais, pede-se calcular, utilizando o Custeio por Absorção:
a) O custo total de cada produto;
b) O custo unitário de cada produto;
c) O lucro bruto de cada produto vendido
e o total da empresa;

Obs.: Ratear o custo de supervisão com base na mão-de-obra direta (MOD)

Resolução
Saias Vestidos
Custos Diretos
MP 3 5
MOD 2 4
Aluguel 60% 40%
EE 48% 52%
Depreciação 44% 56%
Custos Indiretos
Supervisão 42% 58%

a)

Saias Vestidos
Custos Diretos
MP 7 735,000 1,015,000
MOD 6 504,000 696,000
Aluguel 60,000 36,000 24,000
EE 30,000 14,400 15,600
Depreciação 15,000 6,600 8,400
Total CD 1,296,000 1,759,000
Custos Indiretos
Supervisão 40,000 16,800 23,200
Total CI 16,800 23,200
Custos Totais 1,312,800 1,782,200

b)

Saias Vestidos
Produção 35,000 29,000
Custos Totais 1,312,800 1,782,200
Custo unitário 37.51 61.46

c)

Saias Vestidos
Produção 35,000 29,000
Vendas 30,000 25,000
Preço de venda 60.00 80.00
Receita Bruta 1,800,000 2,000,000
Tributos 270,000 300,000
Receita Líquida 1,530,000 1,700,000
Custo Unitário 37.51 61.46
CPV 1,125,257.14 1,536,379.31
Total Custos 1,125,257.14 1,536,379.31
Resultado 404,742.86 163,620.69
Lucro Bruto 568,363.55

d)

Total
Lucro Bruto 568,364
Despesas com publicidade e propaganda 120,000
Despesas administrativas gerais da empresa 150,000
Depesa Comissão 258,400
Resultado 39,964
os. Ela não possui sistema
uir:
Total

1,750,000
1,200,000
60,000
30,000
15,000
3,055,000
-
40,000
40,000
3,095,000
A metalúrgica Dobra e Fecha produz dobradiças e fechaduras. O ambiente de produção é formado por seis
departamentos: Estamparia, Furação, Montagem, Almoxarifado, Manutenção e Administração Geral da Produção.

A produção de dobradiças é totalmente realizada apenas nos departamentos de Estamparia e Furação; as fechaduras
passam pelos três departamentos de produção.

Em determinado período foram produzidas 12.000 dobradiças e 4.000 fechaduras, e os custos diretos foram os
seguintes (em $):
Custos diretos Dobradiças Fechaduras Total
Material 8,352 5,568 13,920
Mão-de-obra 6,048 4,032 10,080
Total 14,400 9,600 24,000

Os custos indiretos de produção do período estão apresentados no quadro que se apresenta no final (Quadro de
distribuição de Custos).
As bases de distribuição dos custos são as seguintes:
• O custo de aluguel é inicialmente atribuído apenas à Administração Geral da Produção.
• Os custos da Administração Geral da Produção são distribuídos aos demais departamentos à base do número de
funcionários.
Departamentos Nº de
%
funcionários
Estamparia 35 0.35
Montagem 15 0.15
Furação 30 0.3
Almoxarifado 10 0.1
Manutenção 10 0.1
Total 100

• A Manutenção presta serviços somente aos departamentos de produção, e o rateio é feito à base do tempo de uso de
máquinas:
Departamentos de Quantidade de
produção horas- %
máquina
Estamparia 4,800 0.4
Montagem 3,000 0.25
Furação 4,200 0.35
Total 12,000

• O almoxarifado distribui seus custos a base do número de requisições:


Departamentos de Número de
%
produção requisições
Estamparia 600 0.5
Montagem 300 0.25
Furação 300 0.25
Total 1,200

• A distribuição de custos departamentos de produção aos produtos é feita na mesma proporção que o custo do material
direto.
• A distribuição de custos departamentos de produção aos produtos é feita na mesma proporção que o custo do material
direto.
• Os volumes de produção, em unidades, foram:
Dobradiças 12,000
Fechaduras 4,000

Pede-se para completar o mapa de apropriação de custos e calcular:


a) O custo total de cada departamento de produção;
b) O custo total de cada produto;
c) O custo unitário de cada produto.

Quadro de distribuição de Custos


Adm. Geral da
Custos Indiretos Manutenção Almoxarifado Montagem Furação
Produção
Mat. Indireto 336 112 90 46 57
Energia Elétrica 148 240 240 1,340 432
Mão-de-obra indireta 896 170 140 390 672
Aluguel 3,200
Total 4,580 522 470 1,776 1,161

Rateio da Adm. Geral (4,580) 458 458 687 1,374


Soma - 980 928 2,463 2,535
Rateio da
- (980) - 245 343
Manutenção
Soma - - 928 2,708 2,878
Rateio do
- - (928) 232 232
Almoxarifado
Soma - - - 2,940 3,110

Fechaduras 2,940 1,244


Dobradiças - 1,866

Material Direto %
Fechadura 5,568 0.4
Dobradiça 8,352 0.6
Total 13,920

c)

Fechadura Dobradiça Total


Custos Diretos
Material 5,568 8,352 13,920
Mão-de-obra 4,032 6,048 10,080
Total CD 9,600 14,400 24,000
Custos Indiretos
Montagem 2,940 - 2,940
Furação 1,244 1,866 3,110
Estamparia 2,220 3,330 5,550
Total CI 6,404 5,196 11,600
Custos Totais 16,004 19,596 35,600
Quant. Prod 4,000 12,000
Custo Unitário 4.00 1.63
ução é formado por seis
ministração Geral da Produção.

tamparia e Furação; as fechaduras

e os custos diretos foram os

apresenta no final (Quadro de

ução.
rtamentos à base do número de

o é feito à base do tempo de uso de

ma proporção que o custo do material


Estamparia Total

159 800
2,400 4,800
532 2,800
3,200
3,091 11,600

1,603 4,580
4,694 11,600
392 980
5,086 11,600
464 928
5,550 11,600 a)

2,220 6,404 b)
3,330 5,196
A empresa DR aplica o método dos centros de custos para o cálculo e controle de seus custos de transformação, sendo d
centros: administração geral, manutenção, usinagem e montagem. A administração é um centro muito amplo, pois realiza
grande de atividades distintas, mas o trabalho principal está relacionado com a administração de pessoal. A manutenção
para manter os equipamentos da usinagem e montagem, sendo que pode efetuar até 200 horas de manutenção por mês.
relacionada com a fabricação dos itens que serão montados na montagem,sendo que ambos os centros também têm cap
por mês. Os itens de custos estão separados em salários, energia elétrica, depreciação e materiais de consumo.

No mês de julho, os custos de transformação totalizaram $8.500,00, sendo divididos da seguinte forma:
Salários: 5,000.00
Materiais de consumo: 2,000.00
Depreciação: 1,000.00
Energia Elétrica: 500.00

A empresa fabrica dois produtos (P1 e P2), que passam pela usinagem e pela montagem com os seguintes tempos-padrã
Produto
Tempo de usinagem Tempo de
(h/un.) montagem (h/un.)

P1 0.9 0.1
P2 0.1 1.4

Em julho, o banco de dados da empresa DR apresentou os valores constantes na Tabela 6.1:


Tabela 6.1 – Dados relativos à empresa DR em julho
Centros de Custo
Dado Administração Manutenção Usinagem Montagem
Salários ($) 2,500 500 1,500 500
Material requisitados ($) 200 450 500 850
Valor equipamentos ($) 800 7,200 8,000 -
Potência instalada (HP) 5 10 30 5
Número de empregados 5 5 15 30
Tempo de manutenção (h) - - 108 12
Produção P1 - - 200 200
Produção P2 - - 100 100

Com base nesses dados, calcule os custos dos centros da empresa DR e, utilizando o método de custeio por absorção, c
transformação dos produtos em julho.

Distri. Primária Administração Manutenção Usinagem Montagem


Material requisitados ($) 10.0% 22.5% 25.0% 42.5%
Valor equipamentos ($) 5.0% 45.0% 50.0% 0.0%
Potência instalada (HP) 10.0% 20.0% 60.0% 10.0%

Distri. Secundária Manutenção Usinagem Montagem Total


Número de empregados 10.0% 30.0% 60.0% 50
Tempo de manutenção (h) --- 90.0% 10.0% 120

Quadro de distribuição de Custos


Base de Administração
Item de custo Valor ($) Manutenção
Distribuição Geral
Distribuição Primária
Salários 5,000 Direto 2,500 500
Materiais de consumo 2,000 Requisição 200 450
Depreciação 1,000 Valor equip. 50 450
Energia Elétrica 500 Potência 50 100
Total 8,500 2,800 1,500
Distribuição Secundária
Rateio Adm. 2,800 Nº empregados (2,800) 280
Soma - 1,780
Rateio Manutenção 1,780 Tempo manut. (1,780)
Soma -

Usinagem Montagem
Produção equivalente (h) 190 160

Custo unitários dos centros


Usinagem Montagem
Custos Totais 5,242.00 3,258.00
Produção equivalente (h) 190 160
Custos unitários ($/h) 27.59 20.36

Custo unitários dos produtos


P1 P2
Usinagem 24.83 2.76
Montagem 2.04 28.51
Custo unitários 26.87 31.27
de transformação, sendo dividida em quatro
muito amplo, pois realiza um número muito
e pessoal. A manutenção trabalha basicamente
s de manutenção por mês. A usinagem está
s centros também têm capacidade de 200 horas
iais de consumo.

e forma:

os seguintes tempos-padrão:

de custeio por absorção, calcule os custos de

Total
2,000
16,000
50

Usinagem Montagem Total


1,500 500 5,000
500 850 2,000
500 - 1,000
300 50 500
2,800 1,400 8,500

840 1,680 2,800


3,640 3,080 8,500
1,602 178 1,780
5,242 3,258 8,500
Uma empresa compra matéria-prima a R$ 0,10 por kg e a processa, gerando quatro produtos finais: produto A e produto B
produto A é vendido no mercado pelos preços de R$ 0,25 e R$ 1,00 (embalagens de 1 e 5 kg, respectivamente), ao passo
R$ 0,30 e R$ 1,10 (embalagens de 1 e 5 kg). A estrutura organizacional da empresa é composta por: Administração, Man
Vendas.
As atividades da Administração são voltadas principalmente para o gerenciamento de pessoal e as atividades de manuten
o funcionamento dos equipamentos de processamento e embalagem. O processamento é efetuado por meio de equipam
de matéria-prima por dia, gerando os produtos A e B com o mesmo esforço. A embalagem é feita por meio de equipament
despendido para embalar uma unidade independe do peso da mesma. Vendas preocupa-se em faturar os pedidos, e o es
praticamente constante.
Os custos contabilizados pela empresa nos últimos 6 meses são os seguintes (em R$):
Mão-de-obra 7,500.00
Máteria-prima 16,100.00
Outros materiais 1,000.00
Energia Elétrica 1,000.00
Depreciação 2,000.00
Outros Custos 2,000.00
A produção do semestre foi:
Produto A (1 kg): 50,000 kg 50,000
Produto A (5 kg): 80,000 kg 16,000
Produto B (1 kg): 10,000 kg 10,000
Produto B (5 kg): 20,000 kg 4,000

Outras informações são apresentadas a seguir:


Administração Manutenção Processamento
Nº funcionários 2 2 3
Potência Instalada (HP) 50 100 500
Tempo de manutenção (h) - - 600
Valor dos equipamentos (R$) 300 1,200 5,000

A contabilidade informa a distribuição das seguintes espécies de custo:


Administração Manutenção Processamento
Mão-de-obra (R$) 1,500.00 1,000.00 1,500.00
Outros materias (R$) 150.00 200.00 300.00
Outros custos (R$) 700.00 100.00 100.00

Além disso, sabe-se que, neste período, foram emitidas 200 faturas para o produto A1, 200 faturas para o produto A5, 200
do produto B5.
Pede-se:
a) O custo total de cada departamento de produção;
b) O custo total de cada produto;
c) O custo unitário de cada produto. Teve algum produto que deu prejuízo?

Distri. Primária Administração Manutenção Processamento


Potência Instalada (HP) 5% 10% 50%
Valor dos equipamentos (R$) 3% 12% 50%
Distri. Secundária Manutenção Processamento Embalagem
Número de empregados 20% 30% 30%
Tempo de manutenção (h) --- 60% 40%

Quadro de distribuição de Custos


Base de
Item de custo Valor (R$) Administração
Distribuição
Distribuição Primária
Mão-de-Obra 7,500 Direto 1,500
Outros Materiais 1,000 Direto 150
Energia Elétrica 1,000 Potência 50
Depreciação 2,000 Valor equip. 60
Outros Custos 2,000 Direto 700
Total 13,500 2,460
Distribuição Secundária
Rateio Adm. 2,460 Nº empregados (2,460)
Soma -
Rateio Manutenção 2,132 Tempo manut.
Soma

Custo total de cada produto


% Processamento Embalagem Vendas
A1 31.25% 62.50% 25%
A5 50.00% 20.00% 25%
B1 6.25% 12.50% 25%
B5 12.50% 5.00% 25%
Total 160,000.00 80,000.00 800

Custo Matéria Prima 0.10 R$/kg

Matéria-Prima Processamento Embalagem


A1 R$ 5,031.25 R$ 1,692.88 R$ 2,681.75
A5 R$ 8,050.00 R$ 2,708.60 R$ 858.16
B1 R$ 1,006.25 R$ 338.58 R$ 536.35
B5 R$ 2,012.50 R$ 677.15 R$ 214.54
Total R$ 16,100.00 R$ 5,417.20 R$ 4,290.80

Custo unitários dos produtos


Custo total Quant. Prod Custo Un.
A1 R$ 10,353.88 50,000 R$ 0.21
A5 R$ 12,564.76 16,000 R$ 0.79
B1 R$ 2,829.18 10,000 R$ 0.28
B5 R$ 3,852.19 4,000 R$ 0.96
quatro produtos finais: produto A e produto B, em embalagens de 1 e 5 quilos cada. O
gens de 1 e 5 kg, respectivamente), ao passo que os preços de venda do produto B são
mpresa é composta por: Administração, Manutenção, Processamento, Embalagem e

mento de pessoal e as atividades de manutenção estão basicamente relacionadas com


essamento é efetuado por meio de equipamento automatizado, que processa 1.000 kg
A embalagem é feita por meio de equipamento automatizado, sendo que o esforço
as preocupa-se em faturar os pedidos, e o esforço para a emissão de cada fatura é

s (em R$):

un.
un.
un.
un.

Embalagem Vendas
3 2
300 50
400 -
3,000 500

Embalagem Vendas
1,500.00 2,000.00
200.00 150.00
100.00 1,000.00

oduto A1, 200 faturas para o produto A5, 200 faturas para o produto B1 e 200 faturas

Embalagem Vendas Total


30% 5% 1000
30% 5% 10,000
Vendas Total
20% 10
0% 1,000

Manutenção Processamento Embalagem Vendas Total

1,000 1,500 1,500 2,000 7,500


200 300 200 150 1,000
100 500 300 50 1,000
240 1,000 600 100 2,000
100 100 100 1,000 2,000
1,640 3,400 2,700 3,300 13,500

492 738 738 492 2,460


2,132 4,138 3,438 3,792 13,500
(2,132) 1,279 853 - 2,132
- 5,417.2 4,290.8 3,792.0 13,500.0

Vendas Total
R$ 948.00 R$ 10,353.88
R$ 948.00 R$ 12,564.76
R$ 948.00 R$ 2,829.18
R$ 948.00 R$ 3,852.19
R$ 3,792.00 R$ 29,600.00

Preço de Venda Análise


R$ 0.25 R$ 0.04 Lucro
R$ 1.00 R$ 0.21 Lucro
R$ 0.30 R$ 0.02 Lucro
R$ 1.10 R$ 0.14 Lucro
A empresa gama trabalha por pedido e, por consequência, calcula seus custos a cada pedido recebido. A repartição dos
custos indiretos entre os centros de atividade foi preparado como segue:
Centros Auxiliares Centros Principais
Administração Manutenção Compras
Repartição Primária 4,850 2,500 7,750
dos quais fixos (4,850) (2,500) (4,000)
Repartição Secundária
Administração - 10% 30%
Manutenção 5% - 25%
Unid. De Dist. De Custo kg de MP
Número de U.D.C 1,000
Capac. Normal (em U.D.C.) 1,000

Existe igualmente um extrato da folha de imputação do mês de janeiro de 19nn.


Matéria-Prima Mão-de-Obra Custos Indiretos (H
Pedidos
(kg) Direta ($) Maq)
Pedido Nº 14 120 9,000 50

Em 01/01/19nn a empresa dispunha de um estoque de produtos de 500 kg avaliado em $ 90 por kg. Durante o mês de
janeiro, ela comprou e trabalhou um estoque de 1.000 kg a $95 por kg.
Pede-se:

a) Determinar o custo de obtenção do pedido nº 14 no caso onde a empresa aplica o método dos centros de análise.

SOLUÇÃO:
Neste caso, existem custos da administração que devem ser imputados a manutenção e vice-versa.
Seja X o custo total da administração e Y o custo total da manutenção:
X = 4.850 + 0,05 Y ===>
Y = 2.500 + 0,10 X ===>

Quadro de repartição dos custos indiretos


Centros Auxiliares Centros Principais
Administração Manutenção Compras
Repartição Primária 4,850 2,500 7,750
Repartição Secundária
Administração (5,000) 500 1,500
Manutenção 150 (3,000) 750
Total - - 10,000
Unid. De Dist. De Custo kg de MP
Número de U.D.C 1,000
Custo U.D.C 10

Custo de compra das matérias-primas:


C.M.P. = (500 X 90) + (1.000 X 95 + 1.000 X 10) / (500 + 1.000) =

Custo Final do pedido nº14


Quantidade Custos Total
Custos Diretos
Matéria-prima 120 100 R$ 12,000.00
Mão-de-obra-direta R$ 9,000.00
Custos Indiretos
Fabricação 50 50 R$ 2,500.00
Total = Custos de Produção R$ 23,500.00
Distribuição 350 5 R$ 1,750.00
Total = Prod + Distr. R$ 25,250.00
cada pedido recebido. A repartição dos

Centros Principais
Fabricação Distribuição
22,000 17,900
(12,000) (10,000)

30% 30%
50% 20%
H maq $100
500 400,000
625 5,000

Preço Faturado
($)
35,000

do em $ 90 por kg. Durante o mês de

ca o método dos centros de análise.

enção e vice-versa.

X = 5,000
Y = 3,000

Centros Principais
Fabricação Distribuição
22,000 17,900

1,500 1,500
1,500 600
25,000 20,000
H maq $100
500 4,000
50 5
100 $

Produto Matéria-prima Mão-de-obra


X 3 kg/un. 4 h/un.
Y 5 kg/un. 2 h/un.
A Pimpolho Ind. e Com. Ltda. fabrica, dentre outros produtos infantis, creme dental com sabor de
frutas. O custo-padrão de cada tubo de creme dental é o seguinte:
Materiais diretos: 45 g 0.12 $/g
Mão-de-obra direta: 16 Min 0.25 $/min
Custos indiretos: 2.70 $/u

Entretanto. os custos efetivos de outubro foram:


Materiais diretos: 46 g 0.14 $/g
Mão-de-obra direta: 14 Min 0.25 $/min
Custos indiretos: 2.70 $/u

Faça os cálculos das variações dos materiais diretos, bem como os da mão-de-obra direta relativas
ao mês de outubro, e faça também a representação gráfica de cada uma das variações.

SOLUÇÃO:
Custo Padrão por Tubo de creme dental Qtde Preço
Materiais diretos: 45 0.12 5.40
Mão-de-obra direta: 16 0.25 4.00
Custos indiretos: 1 2.70 2.70

Custos efetivos por Tubo de creme dental Qtde Preço


Materiais diretos: 46 0.14 6.44
Mão-de-obra direta: 14 0.25 3.50
Custos indiretos: 1 2.70 2.70

Devio Materiais
Desvio qtde (0.12)
Desvio de Preço (0.92)
Desvio total de materiais (1.04) (desvio desfavorável)
ou
Desvio total de materiais (1.04)

Desvio Mão-de-obra direta


Desvio qtde 0.50
Desvio de Preço -
Desvio total de MOD 0.50 (desvio Favorável)
ou
Desvio total de MOD 0.50

Desvio total dos custos diretos (0.54)


A empresa Padroniza S.A. estabeleceu os seguintes padrões para sua
principal matéria-prima e mão-de-obra direta:
MP 2 kg/un. 4.00 $/kg
MOD 3 horas/un. 2.00 $/h

A produção do período foi 5.000 unidades. Para isso, foram utilizados 12.000
kg de MP e 15.50 horas de mão-de-obra direta. O custo de MOD foi $29.450.
Durante o período foram comprados 50.000kg de MP, ao custo de $205.000.
Considerando esses dados, pede-se para determinar as variações de MP e
MOD.

SOLUÇÃO:

Produção 5,000 un.


MP utilizada 12,000 kg
MOD utilizada 15,500 h
Custo MOD 29,450 $
MP comprada 50,000 kg
Custo MP comprada 205,000 $

MP
Preço padrão 4.00 $/kg
Quantidade padrão 10,000 kg
Preço real 4.10 $/kg
Quantidade real 12,000 kg

Custo - padrão 40,000 $


Custo real 49,200 $
Variação total (9,200.00) $
Variação devido ao preço (1,200.00) $
Variação devido à quantidade (8,000.00) $

MOD
Preço padrão 2.00 $/h
Quantidade padrão 15,000 h
Preço real 1.90 $/h
Quantidade real 15,500 h

Custo - padrão 30,000 $


Custo real 29,450 $
Variação total 550.00 $
Variação devido ao preço 1,550.00 $
Variação devido à quantidade (1,000.00) $
A empresa Matéria Ltda. trabalha com os seguintes padrões de MP e MOD:

MP 2 m/un. 4.00 $/m


MOD 1.5 horas/un. 5.00 $/h

No período, foram produzidas 100.000 unidades. Para isso, foram utilizados


220.000 metros de MP e 160.000 horas de mão-de-obra direta. O custo de
MOD foi $ 784.000. Durante o período, foram comprados 100.000 metros de
MP, ao custo total de $ 405.000. Considerando esses dados, pede-se para
determinar e analisar as variações de MP e MOD.

SOLUÇÃO:

Produção 100,000 un.


MP utilizada 220,000 m
MOD utilizada 160,000 h
Custo MOD 784,000 $
MP comprada 300,000 m
Custo MP comprada 1,215,000 $

MP
Preço padrão 4.00 $/m
Quantidade padrão 200,000 kg
Preço real 4.05 $/kg
Quantidade real 220,000 kg

Custo - padrão 800,000 $


Custo real 891,000 $
Variação total (91,000.00) $
Variação devido ao preço (11,000.00) $
Variação devido à quantidade (80,000.00) $

MOD
Preço padrão 5.00 $/h
Quantidade padrão 150,000 h
Preço real 4.90 $/h
Quantidade real 160,000 h

Custo - padrão 750,000 $


Custo real 784,000 $
Variação total (34,000.00) $
Variação devido ao preço 16,000.00 $
Variação devido à quantidade (50,000.00) $