Vous êtes sur la page 1sur 7
114028 INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONFISSAO DE DIVIDA E OUTRAS AVENCAS elo presente instrumento particular, de um lado: 1. DESENVOLVE PARTICIPACOES LTDA.. com sede em Brasilia, Distrito Federal, na QS 01 Rua 210 Lote 40, Torre B, Sala 628, Parte D, Taguatinga Shopping, Aguas Claras - CEP 71950-904, inscrita no CNPJIMF sob o n. 13.450.100/0001-61, neste ato representada na forma de seu Contrato Social (‘Desenvolve’); «, de outro lado: 2 TARCISIO MARCIO ALONSO, brasileiro, casado, empresério, residente e domiciiado na Cidade de Sao Paulo, Estado de Sao Paulo, na Rua Deputado Laércio Corte, n. 1455, apto. 41 — Torre Hyde Park, Bloco “B" — CEP 05706-290, portador da cédula de identidade RG n. 15.052.237, expedida pela SSPISP, inscrito no CPF/MF sob o n. 000.641.788-46 ("TMA"); Desenvolve © TMA, em conjunto doravante denominados como “Partes” e, isoladamente, como ‘Parte’ E ainda, como interveniente Anuente 3s URBANIZADORA PARANOAZINHO S.A., sociedade andnima com sede na Cidade de Brasilia, Distrito Federal, na SCS QD 07, Bloco A, 100 — Edificio Torre Patio Brasil, 12° andar ~ Conjuntos 1221-1223, inscrita no CNPJ/MF sob 0 n. 09.615.218/0001-25, neste ‘ato representada por seus representantes legais na forma do seu Estatuto Social CUPSA’: RESOLVEM, de mituo e comum acordo, celebrar o presente Instrumento Particular de Confissao de Divida e Outras Avengas ("Instrumento"), em conformidade com os seguintes termos e condigoes: L OBJETO 44, Por meio deste Instrumento e na melhor forma de direito, DESENVOLVE declara-se & confessa-se devedora de TMA, pela aquisig3o de notas promissérias com valor nominal de R$ 60.000.000,00 (sessenta milhées de reais) originadas com a alienagdo de determinados bens que TMA fez a empresa UPSA, através de escritura lavrada em 9 de abril de 2013 nas Notas do 15° Tabelionato de S80 Paulo, Livro 2327, fis. 169/205. 12, A dlvida ora confessada sera paga da seguinte forma: a) RS 15.000.000,00 (quinze milhdes de reais), sendo (at) R$ 11.500.000,00 (onze milhées e quinhentos mil reais) ja pagos e quitados anteriormente; (a2) R$ 3.500.000,00 (trés milhées e quinhentos mil reais), através de 5 (cinco) parcelas iguais e mensais, cada uma no valor de R$ 667.000,00 (seiscentos e sessenta e sete mil reais), a primeira com vencimento em 10 (dez) de outubro de 2013 as demais em igual dia dos meses subseqUentes e uma titima parcela de RS 165.000 (cento e sessenta e cinco mil reais) ‘com vencimento em 10 (dez) de marco de 2014 (dois mil e catorze); e ) Terrenos urbanizados (LOTES'’) resultantes de projetos de parcelamento de solo das glebas de terras de propriedade da UPSA atuaimente disponiveis para urbanizacao incorporac&o imobiléria na regiéo da “Fazenda Parancazinho", em Sobradinho/DF ((GLEBAS'), preferenciaimente dentro da area compreendida pela Matricula n. 13.929, registrada perante 0 7° Servigo de Registro de Iméveis de Sobradinho, Distrito Federal (Matricula"). Os LOTES deverao estar deyidamente registrados © com matriculas individualizadas no Servigo de Registro de findveis competente, devendo ter potencial construtivo tal que a area privativa total{ seja Ye 200,000 (duzentos mil) metros ‘quadrados. Ww o-\ “ AE a gst ( 192.168.000.254 13, ‘As despesas para aprovago e registro do loteamento dos LOTES, assim como as responsabilidades e custos de execucéo da infraestrutura exigida pelo Distrito Federal, em nenhuma hipétese, poderdo ser exigidas de TMA. 14. Eventuais despesas para aprovagtio e registro da incorporagso imobildria, projeto e ‘construgao dos empreendimentos sobre os LOTES, bem como toda e qualquer despesa ‘ou custo incidente sobre os LOTES apés a sua cessdo em pagamento do presente Instrumento seréio de responsabilidade de TMA e, em nenhuma hipotese, poderao ser exigidos da Desenvolve. 18, A transferéncia da propriedade dos LOTES @ TMA deveré ocorrer no prazo méximo de 60 (sessenta) dias contados da data de obtenco do registro de cada um dos novos Parcelamentos das GLEBAS junto ao Cartério de Iméveis competente, na forma da Lei 1° 6.766/78, ficando estabelecido 0 prazo maximo de 05 (cinco) anos contados da data de obtengao do primeiro destes registros, para a transferéncia a TMA da propriedade de LOTES cujo potencial construtivo totalize os 200.000 (duzentos mil) metros quadrados de area privativa, 1.5.1. Os prazos estabelecidos na Clausula 1.5 terBo inicio na forma acima definida, ainda que utlizada a prerrogativa de execuco posterior das obras de infraestrutura correspondents aos novos parcelamentos, nos termos previstos no inciso V do art. 18 da Lei_n° 6.76/79, ou outro que venha’a ser convencionado com as autoridades competentes. 16. No caso de atraso no pagamento das parcelas previstas na Cldusula 1.2(a) acima, as parcelas em aberto deverao ser acrescidas de corregio monetiiria pelo IGP-M/FGV @ juros de mora no valor de 1% (um por cento) ao més, bem como de multa no valor de 110% (dez por cento) 17. Eventual atraso no cumprimento dos prazos definidos na Cldusula 1.5, no causados por {atos fortuitos ou de forga maior, Implicaré na incidéncia de muita moratoria de RS 10.000,00 (dez mil reais) ao dia de atraso. 4.7.1. Considera-se “Forea Maior’ e "Caso Fortuito’, para 0 fim do disposto neste Instrumento, quaisquer eventos graves e que nao se pode evitar, por serem mals fortes do que a vontade e 0 poder de a¢do das Partes, sejam eles’ de ordem econbmica, Juridica, politica ou social, além dos fendmenos naturais impossiveis de impedir, capazes de interromper e/ou retardar 0s tramites regulares do processo de desmembramento, 18, Considerando que as areas da Matricula onde serdo preferencialmente implantados os “LOTES" séo atualmente de propriedade da UPSA, a fim de cumprir tempestivamente 0 disposto neste Instrumento, a DESENVOLVE deverd adquir-ios previamente, na forma ja assegurada por deliberagao do Conselho de Administragzo da UPSA havida em 30 (trinta) de setembro de 2013 (dois mil e treze), conforme consta do Termo de Aprovagéo do Conselho de Administracdo cuja copia constitui parte integrante @ complementar do presente Instrumento, sob a forma de seu “Anexo 01" 1.8.1. Para efetividade do presente contrato, a DESENVOLVE se obriga a ndo aprovar , também, a orientar os Conselheiros por ela indicados na UPSA, a no aprovar, sem anuéncia prévia © por escrito de TMA, alteracao da referida deliberacdo tomada pelos membros do Conseiho de Administracao da UPSA, sob pena de responder pelos prejuizos que causar & TMA, sem prejuizo da aplicaggo da multa prevista no item 9.4 abaixo. Il OUTORGA DE ESCRITURAS 24 Observado 0 disposto no item 1.5 acima, em até 60 (Sessenta) dias apés a data de obtengao do registro no Cartério de Iméveis de c4da no}o parcelamento das GLEBAS wade a—\ ** 192.168.000.254 22 23 24 t. 34 32 a4 ‘que vier a ser implantado pela UPSA e/ou suas subsididrias, na forma da Lei n° 6766/79, a DESENVOLVE deveré amortizar a divida ora confessada mediante a transferéncia de “LOTES' a TMA que totalizem érea equivalente a nao mais que 40% (dez por cento) do total dos lotes criados a cada novo parcelamento registrado, até que a soma da area privativa dos “LOTES" transferidos @ TMA totalize os 200.000 (duzentos mil) metros quadrados estabelecidos na Clusula 1.2 acima (Os"LOTES" a serem transferidos & TMA deveréo necessariamente: a) ser distribuidos preferencialmente nos projetos de parcelamento a serem aprovados ha Metricula ou, a crilerio da DESENVOLVE, uniformemente entre todos os projetos de parcelamento aprovados nas GLEBAS, sempre até o término do prazo definido em 1.5 acima, ) abranger e representar as diversas tipologias de parcelamentos que vierem a ser aprovados ¢ registrados pela UPSA nas GLEBAS; ¢) ser distribuidos em lotes situados nas laterals, frente e fundos das quadras oriadas de cada novo parcelamento aprovado e registrado; 4) contemplar, pelo menos, 20.000 (vinte mi) metros quadrados de érea privativa ~ ou Ss¢ja, pelo menos 10% do montante total — de potencial construtivo de destinagso nao residencial (comercial ou servigos); e, e) ser entregues acompanhados de projeto conceitual indicative da tipologia de ‘construgdo passivel de aprovacSo junto as autoridades competentes em cada LOTE, pelos quais se possa aferiro atingimento do potencial construtivo dos 200.000 (duzentos mil) metros quadrados de 4rea privativa estabelecidos na Clausula 1.2, acima. Da escritura pablica a ser celebrada para transferéncia de cada um dos LOTES a TMA, (ou seu eventual cessionario ou sucessor, deveré constar: (j) cldusula estabelecendo direito de preferéncia em favor da Desenvolve para compra dos LOTES, nos mesmos moldes da Ciausula IV deste Instrumento; e (i) as obrigagdes constantes da Cldusula 5.1.) abaixo. Todas as despesas, tributos e custos relacionados com as escrituras definitvas de transmiss8o dos LOTES serao de responsabilidade de TMA. CESSAO DO CREDITO ‘A cessdo do crédito representado pela presente Confissao de Divida por TMA a qualquer pessoa, fisica ou juridica ("Tercelro"), apenas poderé ocorrer mediante anuéncia prévia da DESENVOLVE e apés terem sido observadas as regras de Direito de Preferencia estabelecidas na Cléusula IV e condicionada & integral assungdo pelo Terceiro Cessionario de todas as obrigagSes previstas neste Instrumento, sem qualquer reserva fou ressalva, em especial com @ ratificagao das clausulas de Assungao de Obrigagdes, abaixo descritas, Em caso de inadimplemento, por TMA, de qualquer de suas obrigages no Ambit do presente Instrumento, incluindo, sem limitag4o, as referentes as regras de Direito de Preferéncia e Assung8o de ObrigagGes, ficarso suspensos € inexigiveis os prazos @ obrigagbes da DESENVOLVE estabelecides no presente Instrumento. DIREITO DE PREFERENCIA Caso TMA decida alienar, vender, ceder, dispor ou de qualquer outra forma transfer, ireta ou indiretamente (em cada caso, uma “Tr{nsferéncia’), parte ou a totalidade do ‘crédito representado pela presente Confissao de (‘Grédito Ofertado"), a qualquer Terceiro, TMA deverd notificar previa © expressal DESENVOLVE (‘Notificacdo sy Oe 192.168.000.254 &