Vous êtes sur la page 1sur 1

DIOCESE DE JOINVILLE

Paróquia São Francisco de Assis


Catequese Familiar
Jaraguá do Sul, 20 de julho de 2019

1. A INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ paro básico em psicologia, comunicação e pedagogia,


ampla cultura geral e compromisso com a transforma-
“Propomos que o processo catequético de formação ção evangélica. São critérios para ser catequista:
adotado pela Igreja para a Iniciação Cristã seja assumi-
do em todo o continente [Latino Americano] como a - Já ter recebido os sacramentos da Iniciação Cristã
maneira ordinária e indispensável de introdução na vida - Não ter impedimentos canônicos
cristã e como a catequese básica e fundamental. Depois - Testemunhar a vida e a fé cristãs
virá a catequese permanente que continua o processo - Ter boa formação humana (equilíbrio psicológico, cria-
de amadurecimento da fé...” tividade, bom relacionamento em grupo, etc.)
(c) A equipe de coordenação – A Pastoral Orgânica de-
2. OS ANIMADORES DA INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ ve contemplar uma Comissão da Iniciação à Vida
(a) A família: Não bastam apenas reuniões com os pais Cristã que se preocupe com o processo de iniciação à
das crianças, adolescentes e jovens. A família vida cristã e não simplesmente com a recepção de
agora precisa passar a integrar o processo em forma de sacramentos. Seus membros precisam de formação
uma catequese com adultos que aprofunde seu verda- adequada para poderem ajudar na formação dos de-
deiro compromisso cristão. Há que se considerar as par- mais envolvidos no processo: devem conhecer bem o
ticularidades de cada família, buscando comunhão com RICA e os conteúdos da fé cristã, promoverem e estimu-
a Pastoral Familiar. larem a vivência da fé, assumirem o espírito evangeliza-
(b) O catequista: Ele fala em nome da Igreja. É o media- dor e se aprimorarem na arte coordenar.
dor que ajuda os catecúmenos a acolherem a (+) Comunidade; Ministros Ordenados.
gradual revelação de Deus e o seu projeto salvífico, sua REFERÊNCIAS: (1) Documento Aparecida
inserção na comunidade e sua contribuição para o Rei- (2) Diretório Nacional de Catequese
no de Deus. Do catequista se requer alta competência
no conhecimento dos conteúdos centrais da fé, intensa
vida espiritual, participação ativa na comunidade, pre-