Vous êtes sur la page 1sur 2

C orrespondências

orrespondências

A importância da Faculdade interesse público, segundo o Sindicato dos Importância do PCR para
de Medicina da Universidade Médicos do Rio de Janeiro (Sinmed). hepatite C na triagem de
Estadual do Ceará Tenho esperança que, na minha querida doadores de sangue
Tenho a honra e a satisfação de apresentar, terra natal, o novo governador recém-eleito Desde 1999, o Hospital do Câncer está
voluntariamente, as minhas sinceras congratu- (Lúcio Gonçalo Alcântara), tenha uma visão mais trabalhando com um teste de biologia mole-
lações ao atual reitor da Universidade Estadual clara e progressista do que seja universidade e de cular para detectar diretamente o RNA do
do Ceará (UECE) (Prof. Dr. Manassés Claudino seu papel para com a sociedade. Este mandatário vírus da hepatite C baseado em reação em
Fonteles) e ao competente e interessado corpo é médico e professor universitário, portanto cadeia da polimerase (PCR) e oferecendo este
docente desta alentada universidade, pela cria- espero uma maior sensibilidade para a questão, serviço aos doadores de sangue da Instituição,
ção da Faculdade de Medicina da UECE. Julgo não devendo se omitir e nem ceder às pressões além do exame de triagem obrigatório de
ser um prêmio de incentivo e esperança ao de distintas origens. O Hospital Universitário detecção de anticorpos contra o vírus da
sofrido e explorado povo do Ceará. da UECE, já foi batizado, recentemente, com hepatite C. Neste período, observamos que
Uma escola médica inserida no contexto o nome do seu ilustre pai, Waldemar de muitos doadores apresentavam teste positivo
de uma prestigiada universidade (que respeita Alcântara, também médico e professor de na técnica de PCR sem a presença de anticor-
o pluralismo de idéias e a liberdade de pensa- medicina, a quem tive o privilégio de conhe- pos (Método imunoenzimático de 3ª geração
mento) constitui um lugar apropriado para a cer. Foi uma justa homenagem prestada. Abbott Murex, versão 4.0:negativo). Opta-
criação e divulgação do saber, bem como Li e aprovei, recentemente, os argumen- mos por reconvocar estes doadores e repetir
presta uma valorosa contribuição ao desen- tos irrefutáveis a propósito da viabilidade os exames em nosso laboratório e em outra
volvimento regional. financeira do curso de Medicina da UECE,
instituição, através de metodologia Amplicor-
É de relevante valia e de máximo prestí- escrita pelo competente e dedicado Professor
versão 2.0 Roche e nested PCR, respectiva-
gio, a instituição deste curso para a comunida- Titular de Saúde Pública da UECE Marcelo
mente, a partir de janeiro de 2001 a maio de
de cearense e nordestina, pois se trata de uma Gurgel Carlos da Silva, destacado escritor e
meu contemporâneo na Faculdade de Medici- 2002. Na maioria das repetições não foi
UniversidadePÚBLICAeGRATUITA.Auniver- confirmado o teste positivo quando as amos-
sidade pública não objetiva o lucro, tem papel na (UFC). Portanto, repito, considero por
demais viável a Faculdade de Medicina na tras foram testadas individualmente em ambas
preponderante na formação de médicos as instituições e atribuímos este fato à padro-
dotados de qualidade e competência. Nela a UECE, pois acredito que aumentará a compe-
titividade entre os cursos médicos no Ceará. nização inicial desta rotina. Além disso, confir-
pesquisa se destaca, contribuindo para a mamos, com concordância de resultados, o
qualidade do produto final. Torna-se imprescindível a retirada urgente da
cobiça, da inveja e da vaidade de ilustres per- caso de um doador de repetição que detalha-
Inquestionavelmente, o ensino superior
sonalidades locais. A grande psicanalista Mela- remos a seguir:
privado cresceu, demasiadamente, no fami-
gerado governo FHC. Atualmente, o ensino nie Klein (Viena, 1882 – Londres, 1960) rela- I.E.S., 52 anos, sexo feminino, natural de
superior brasileiro é liderado por duas institui- tou em “Inveja e Gratidão”, que “o invejoso Bauru. Os antecedentes epidemiológicos
ções particulares (a Universidade Paulista – adoece diante do regozijo do outro”. Só se são negativos para transfusão prévia e uso de
UNIP, com 81.459 alunos - dados do ano sente bem com a miséria alheia. “Todo esfor- drogas, apenas relatava que nos últimos sete
2001 e pela Universidade Estácio de Sá, no ço para satisfazer um invejoso é infrutífero”. anos trabalhava com crianças carentes de 0 a
Rio de Janeiro, com 60.067 alunos). Esta últi- Não considero exaltação recomendar a 4 anos. Os resultados dos testes realizados
ma, faz vestibular: tradicional, por computa- releitura do consagrado livro: Reflexões sobre nas doações de sangue e na repetição encon-
dor, portador de diploma (isenção do vestibu- a Vaidade dos Homens, escrito por Matias tram-se na tabela na página ao lado.
lar), transferência externa, Exame Nacional de Aires da Silva de Eça (1705-1763) (Editora O sangue total coletado na doação de
Ensino Médio (Enem), quase semanalmente. Martins Fontes, 1993). É preciso colocar o 01/04/2002 foi desprezado, a doadora foi
Realiza múltiplos convênios com taxas de des- ensino médico público, que não é mercado- orientada e está em acompanhamento com
contos diferenciadas e muita propaganda, en- ria, acima dos interesses individuais e priva- infectologistas, iniciando tratamento antiviral.
chendo, diariamente, as páginas dos grandes dos. Finalizando, não há porque recuar na Durante o período de 17 meses detecta-
jornais. Possui notáveis “lobistas”, enquanto instituição desta nova escola médica. A qual- mos uma soroconversão em 20.000 doações
nas universidades públicas não há dinheiro quer preço, deve-se manter o concurso ves- de sangue.
sequer para coisas elementares, quem dirá tibular/2003, com as 40 (quarenta) vagas para Nos EUA, Europa e Japão a prevalência de
para propaganda. Possui um curso médico, o curso de Medicina. E, subseqüentemente, portadores da hepatite C atinge, nos dias atu-
que não formou, até o presente, nenhuma ministrar um excelente curso, com qualidade ais, médias percentuais entre 1% e 2% da
turma. Não possui hospital universitário pró- e competência, pois possui infra-estrutura população geral. No Brasil, os dados são ainda
prio, conseqüentemente usa o hospital públi- adequada e um corpo docente de elevado muito precários, com as estimativas atuais
co (Hospital Geral de Bonsucesso – HGB) do padrão técnico-científico. atingindo 1,5%, em média¹.
Ministério da Saúde para o ensino (internato), PAULO CÉSAR ALVES CARNEIRO O risco de contágio de hepatite C por
num convênio lesivo para o patrimônio e Rio de Janeiro - RJ transfusão de sangue e hemoderivados

242 Rev Assoc Med Bras 2003; 49(3): 225-43


C orrespondências
orrespondências

Data PCR Hospital do Câncer PCR Fundação Pró-Sangue Referências


19/09/2001 negativo – 1. Focaccia R, Conceição O, Oliveira UB em
26/12/2001 negativo – I Consenso da Sociedade Paulista de Infec-
01/04/2002 positivo – tologia para Manuseio e Terapia da Hepatite C
30/04/2002 (repetição de amostra) positivo Positivo 2002; 7-8.
2. Hitzler WE e Runkel S. Routine HCV-PCR
screening of blood donations to identify early
reduziu-se drasticamente nos anos 90 com a obrigatório desde abril de 1999. Hitzler e HCV infection in blood donors lacking anti-
introdução de testes de alta sensibilidade e Runkel5 identificaram uma doação HCV-RNA bodies to HCV. Transfusion 2001; 41: 333-7.
técnicas de inativação viral, passando de 0,5% positiva com anticorpo negativo. Estes auto- 3. Portaria 79 DOU 03/02/2003.
por unidade de sangue transfundida nos anos 70 res também não conseguiram informações 4. Widell A, Molnegren V, Pieksma F, Cal-
para cerca de 0,01% a 0,001% após 1994. sobre os fatores de risco dos doadores mann M, Peterson J e Lee SR. Detection of
Com os testes de terceira geração e em alguns infectados². hepatitis C core antigen in serum or plasma asa
centros de hemoterapia em que se faz a seleção A Cruz Vermelha japonesa avaliou desde marker of hepatitis C viraemia in the sero-
de doadores de sangue por PCR individualmen- outubro de 1999 um teste Multiplex para logical window-phase. Transfusion Medicine
te ou em “pool”, o risco tem reduzido ainda detecção simultânea de hepatite B-DNA, he- 2002; 12: 107-13.
mais acentuadamente¹. O período de janela patite C-RNA e HIV 1-RNA e encontrou para 5. Hitzler WE e Runkel S. Screening of blood
imunológica pode ser reduzido para 60 dias HCV-RNA uma média de detecção de 31 dias donations by hepatitis C virus polymerase
com a introdução de PCR para triagem rotineira antes do anticorpo HCV. A média de detecção chain reaction (HCV-PCR) improves safety of
de doadores de sangue para hepatite C². para HIV1-RNA foi de 14 dias antes do anti- blood products by window period reduction.
Segundo a Portaria n° 79 do DOU 03/02/ corpo HIV1 e uma média de nove dias antes Clin Lab 2001; 47: 219-22.
2003³, a partir de fevereiro de 2004 todo o do antígeno p24 6. 6. Meng Q, Wong C, Rangachari A, Tama-
sangue coletado no país deverá ser testado O risco de transmissão transfusional de tsukuri S, Sasaki M, Fiss E et al. Automated
através de técnicas de biologia molecular para hepatite C ainda existe devido a falha dos Multiplesx Assay System for simultaneous
diminuir a transmissão transfusional de hepati- testes de triagem sorológica atuais em detection of hepatitis B virus DNA,
te C (HCV) e do vírus da imunodeficiência identificar os doadores recentemente hepatitis C virus RNA and Human
adquirida humana (HIV), denominadas de infectados durante o período de janela Immunodeficiency virus type 1 RNA.
teste de ácidos nucléicos (NAT). imunológica ou em detectar variantes anti - Journal of Clinical Microbiology 2001; 39:
As principais dificuldades para a implanta- gênicas destes vírus, além das diferenças 2937-45.
ção do NAT em doadores de sangue têm sido individuais na resposta imune dos doadores 7. Glynn SA, Kleinman SH, Wright DJ, Busch
a logística, alto custo e problemas de contami- que limitam a eficácia dos testes de anti- MP. International application of the Incidence
nação das amostras 4. corpos para hepatite C². Rate/Window Period model. Transfusion
A maioria dos países desenvolvidos Segundo modelo matemático utilizado 2002; 42: 966-71.
já adotou esta metodologia desde 1999, nos Estados Unidos desde 1990 para estimar
MÔNICA CAAMAÑO CRISTOVÃO POLI
isoladamente ou de forma combinada a probabilidade da existência de uma doação R AFAEL COLELLA
(“primers” diferentes para cada agente potencialmente infectante no estoque de san- DENISE A LBUQUERQUE DOURADO
infeccioso) utilizando a modalidade gue, houve redução no risco de transmitir YONÁ MURAD
Multiplex da técnica de PCR. hepatite C de 1: 120.000 antes da implantação CATARINA SIMPSON
Experiência semelhante foi descrita na do NAT para 1: 1.000.000 na Austrália e de N ANCI A LVES SALLES
Alemanha, em que o teste de HCV-RNA é 1:800.000 para 1:10.000.000 na França 7. SÃO P AULO - SP

Rev Assoc Med Bras 2003; 49(3): 225-43 243