Vous êtes sur la page 1sur 41

Aula 01 – Medidas e Anotações

Unidades
Sistema Internacional de Medidas (SI)

O Sistema internacional de Medidas é um conjunto


sistematizado e padronizado de definições para unidades de
medida, utilizado em quase todo o mundo moderno, que visa a
uniformizar e facilitar as medições e as relações internacionais
daí decorrentes.

O SI não é estático, novas unidades são criadas e as


definições são criadas por meios de acordos internacionais
entre as muitas nações conforme a tecnologia avança e a
precisão das medições aumenta.

A seguir, serão mostrados algumas unidades básicas do


utilizadas no SI:

Grandeza Unidade Símbolo


Comprimento Metro M
Massa Quilograma Kg
Tempo Segundo S
Corrente Ampére A
Elétrica
Temperatura Kelvin K
Termodinâmica
Quantidade de Mol Mol
matéria
Intensidade Candela cd
luminosa
Unidades derivadas

Todas as unidades existentes podem ser derivadas das


unidades básicas do SI. Entretanto, consideram-se apenas
aquelas que podem ser expressas através das unidades básicas
do SI e sinais de multiplicação ou divisão.

Fonte:
www.mundoeducacao.com
1
Anotações

Fonte: www.brasilescola.com

Fonte: www.brasilescola.com

Notação Científica

Forma de representar números extensos. Criada pelo


matemático e filósofo Arquimedes. Baseado nas potências de
base 10. Sua forma é :

N x 10n

Onde :

N = Valor compreendido entre 1 e 10

n = Valor do expoente. Será negativo caso o valor(extenso)


seja inferior a 1, será positivo caso o valor(extenso) seja
superior a 1.

Exemplo :

1000 = 103

0,001 = 10-3

Caso tenhamos bases iguais possuímos 4 regras:


1)
Multiplicação de Bases = quando multiplicamos números
de bases iguais, mantemos a base e somamos os expoentes
Ba x Bc = B a+c

2
2) ivisão de Bases = quando dividimos números de bases Anotações
iguais, mantemos a base e subtraímos os expoentes.

Ba / Bc = Ba-c

3) Expoente de expoente = ao elevar uma base ao


expoente, repetimos a base e multiplicamos os
expoentes

(Ba)c = Bac

Algarismos significativos:

Conjunto de algarismos corretos de uma medida mais


um último algarismo que é o duvidoso. Zeros a esquerda não
são contados, enquanto que os algarismos a direita são
contados.

Exemplos :

001234,56 =

0,000443 =

12,00 =

12,37 + 13,1 =

Fonte : www.10emtudo.com

Quais são os valores acima marcados pelas réguas?

Régua 01 =

Régua 02 =

3
Ordem de Grandeza

A potência de 10 mais próxima do valor encontrado


para a grandeza. Tendo:

Nx10n

Caso N seja maior ou igual que 3,16 a ordem de grandeza


passa a ser 10n+1

Exercícios:
Questão 01) ENEM 2009 (Cancelado)

Questão 02) Transforme em unidades do SI:

a) 70 km=
b) 5000 cm =
c) 327 dm =
d) 23 min =
e) 4h =

4
Questão 03) Utilize notação científica abaixo:

a) 320000 =
b) 0,000000004345 =
c) 10000000000000 =
d) 1000000 x 0,004 =
e) 1000 / 100 =

Questão 04) Um estudante utilizou um cronômetro para determinar o


intervalo de tempo em que uma pedra, abandonada de uma certa
altura atinge o chão. O resultado obtido é indicado na foto abaixo.
Qual a leitura do cronômetro em algarismos significativos? Quais os
algarismos corretos e o primeiro duvidoso

Questão 05) (Inatel-MG) – A tabela abaixo descreve alguns eventos


temporais a respeito da formação do nosso sol e da terra

Se adotarmos a formação do sol ocorreu a 1 dia terrestre, quando se

5
iniciou a história da civilização humana nessa nova escala de tempo?
(1 dia terrestre = 86.400s)

a) 76 segundos, aproximadamente.
b) 76 milissegundos, aproximadamente .
c) 76 microssegundos, aproximadamente.
d) 78 milissegundos, aproximadamente.
e) 78 microssegundos, aproximadamente.

Questão 06) (UFRJ) Numa fila de banco a aproximadamente 300


pessoas. O guarda autoriza a entrar no banco, durante 10 segundos,
30 pessoas. Para nova autorização há espera de 20 minutos.
Levando-se em consideração serem sempre constantes os intervalos
mencionados, as 300 pessoas da fila serão atendidas
aproximadamente em:

a) 201 min
b) 191 min
c) 181 min
d) 171 min
e) 161 min

Questão 07) (Cesgranrio-RJ) Alguns experimentos realizados por


virologistas demonstram que um bacteriófago (vírus que parasita e
se multiplica no interior de uma bactéria) é capaz de formar 100
novos vírus em apenas 30 minutos. Se introduzir 1.000 bacteriófagos
em uma colônia suficientemente grande de bactérias, qual será a
ordem de grandeza do número de vírus existentes após 2 horas?

a) 107
b) 108
c) 109
d) 1010
e) 1011

6
Aula 02 – Cinemática
Escalar
Cinemática é a parte da mecânica que descreve os
movimentos, procurando determinar a posição, velocidade e
aceleração de um corpo em cada instante.

Nesse estudo, os corpos são considerados pontos


materiais. Ponto material é um corpo no qual as dimensões
são desprezíveis para o problema. Quando as dimensões do
corpo são relevantes para o problema chamamos de corpo
extenso.

Trajetória e Referencial.

Inicialmente associamos a um determinado corpo uma


posição. Por exemplo, em uma viagem a posição do corpo está
ligado ao marco quilométrico que o carro passa em
determinado instante. Temos que deixar claro que o marco
quilométrico ele apenas localiza um determinado local, não
indica o quanto um móvel andou.

Trajetória é o conjunto de posições sucessivas ocupadas


pelo móvel no decorrer do tempo. Faz-se comum adotar um
determinado ponto como sendo o marco zero e a partir disso
determinar um sentido para o qual o movimento será positivo e
um sentido para o qual o movimento será negativo.

Figura a) determinação do marco zero. b) determinação dos


sentidos positivos e negativos

7
Figura que representa a trajetória de um míssil lançado de um
avião.

Um corpo está em movimento ou não quando este varia sua


posição no decorrer do tempo. O corpo no qual nos baseamos
para dizer se um móvel está em movimento ou em repouso é
chamado de referencial ou sistema de referência. Ou seja, um
determinado corpo pode estar em movimento em relação a um
certo referencial bem como pode estar em repouso em relação
a outro referencial.

Velocidade Escalar Média e Velocidade Escalar Instantânea

A Velocidade Escalar Média é dada pela divisão entre a


variação do espaço e a variação no tempo.

𝑉 𝛥𝑠 𝑠𝑓 −𝑠𝑖
𝑚= =
𝛥𝑡 𝑡𝑓 −𝑡𝑖

𝑠𝑓 = Espaço Final.
𝑠𝑖 = Espaço Inicial.
𝑡𝑓 = tempo final.
𝑡𝑖 = tempo inicial.

Analisando a equação acima, a variação de tempo


sempre será positiva, enquanto que a variação do espaço
poderá ser positiva, nula ou negativa. Determinando assim, o
sinal da velocidade.

A Velocidade Escalar Instantânea corresponde a


Velocidade momentânea do móvel. Tendo em vista, que a
velocidade varia sempre.

Unidade no SI : a unidade de velocidade no sistema


internacional de medidas é o m/s. Geralmente, as velocidades
são dadas em m/s ou km/h. logo, para transformar um no outro,
fazemos:

m/s multiplica por 3,6 para transformar em km/h

km/h divide por 3,6 para transformar em m/s

8
Exemplos:

01) Um ônibus passa pelo quilometro 90 de uma rodovia,


as 6hrs da manhã, e as 9h 30min passa pelo quilometro
240. Qual foi a velocidade escalar média desenvolvida
pelo ônibus?
02) Um ônibus percorre uma distancia de 300km entre
Natal-Recife, com uma velocidade escalar média de
60km/h. Entre natal e João Pessoa o carro percorre 180
km desenvolvendo uma velocidade escalar média de
90km/h. qual a velocidade escalar média desenvolvida
entre João Pessoa e Recife.
03) A velocidade escalar média de um móvel durante a
metade de um percurso é 30km/h. já na outra metade
do percurso o móvel desenvolve uma velocidade de
10km/h. qual a velocidade escalar média desenvolvida
durante o percurso completo

Estudo do Movimento Uniforme(MU)

O movimento uniforme pode ser classificado como :

1) Progressivo = Quando o móvel caminha na orientação


positiva da trajetória. Ou seja, a velocidade é positiva.
2) Retrógrado = Quando o móvel caminha na orientação
contrária, ou seja, negativa da trajetória. Isto é, a
velocidade é negativa.

Para estudo do movimento uniforme, definimos uma


função horária do movimento, que estabelece uma relação
entre o espaço e o tempo.

𝑆 = 𝑆0 + 𝑉𝑡
𝑆0 = Espaço Inicial.
𝑆 = Espaço Final.
𝑉 = Velocidade
𝑡 = Tempo

Podemos então, a partir da função horária definir se o


movimento é progressivo ou retrógrado.

9
Exemplos:

S = 10 + 5t

S = 20 -5t

S = 8 – 4t + t2

Exemplos:

01) Duas estações A e B são separadas por uma distância


de 200 km, medido ao longo de sua trajetória. Pela
estação A passa um trem P, no sentido de A para B, e
instantaneamente passa na estação B um trem Q, no
sentido de B para A. Os trens P e Q têm movimentos
uniformes com velocidades de valores absolutos
70km/h e 30km/h, respectivamente. Determine:
a) O instante do encontro b) a posição do encontro
02) Um certo carro de 4 metros de comprimento desloca-se
em movimento retilíneo uniforme com velocidade
escalar de 15m/s, aproximando-se de um cruzamento.
Quando o carro está a 150m do semáforo, a luz do
semáforo passa de vermelha para verde, assim
permanecendo por 15s, a largura da rua é de 26m.
Determine se o carro cruzará totalmente a rua com a luz
ainda verde.

10
Movimento Uniformemente Variado(MUV)

No Movimento Uniformemente Variado, a velocidade


escalar varia com o tempo, fato que não ocorre no Movimento
Uniforme, onde a velocidade é constante.

O responsável pela variação da velocidade no tempo, é


a aceleração.

𝛥𝑣
𝑎𝑚 =
𝛥𝑡
𝑎𝑚 = aceleração média

𝛥𝑣 = variação da velocidade

𝛥𝑡 = variação do tempo.

Unidades:

m/s2 (metros por segundo ao quadrado)

km/h2 (quilômetros por hora ao quadrado)

No Movimento Uniforme a velocidade é constante e a


aceleração é igual a zero.

É costume dizer que, quando um carro está acelerando,


sua velocidade aumenta no decorrer do tempo, enquanto que
quando se está retardando, sua velocidade diminui no decorrer
do tempo. No entanto, na cinemática não é bem assim, isso só
seria verdade caso as velocidades fossem positiva. Por isso,
podemos definir que:

Movimento Acelerado : O módulo da velocidade


aumenta.

Movimento retardado : o módulo da velocidade


diminui.

O sinal da aceleração escalar depende do sinal da


variação da velocidade e de acordo com a orientação da
trajetória. Um movimento seja ele acelerado ou retardado pode
ser progressivo(Mesma orientação da trajetória) ou retrógrado
(Orientação contrária da trajetória).

11
Caso 01) Movimento acelerado: Os sinais de velocidade e
aceleração possuem o mesmo sinal.

Caso 02) Movimento retardado : Os sinais de velocidade e


aceleração são contrários.

Funções horárias do MUV:

𝑉 = 𝑉0 + 𝑎𝑡
𝑎𝑡 2
𝑆 = 𝑆0 + 𝑉0 𝑡 +
2
𝑉 2 = 𝑉02 + 2𝑎𝛥𝑠

12
Exercícios
Questão 01) (Olimpíada Paulista de Física)(Adaptada) A
velocidade do crescimento dos fios de cabelo é de 1,5cm/mês.
Suponha que Júlio, que possui 1,8m, deseja ter um cabelo
cumprido, de forma que o cabelo dele toque o chão quando ele
esteja em pé. Calcule a quantidade de anos que Júlio precisa
ficar no mínimo sem cortar o cabelo para atingir tal feito.

Questão 02) (PUC-Campinas/SP) numa corrida de carros ,


suponha que o vencedor gastou 1h e 30 min para completar o
circuito, desenvolvendo uma velocidade media de 240 km/h ,
enquanto que um outro carro o segundo colocado, desenvolveu
uma velocidade media de 236 km/h . Se a pista tem 30 km ,
quantas voltas o carro vencedor chegou a frente do segundo
colocado ?

Questão 03) (UFPE) Quatro cidades A,B,C,D , estão dispostas


tal que as distâncias rodoviárias entre A e B, B e C, e C e D
são, respectivamente , AB=60 km, BC=100km, e CD= 90km.
Se um automóvel vai de A até B a uma velocidade de 60 km/h,
da cidade B até a C a uma velocidade média de 50 km/h e de C
até D a uma velocidade média de 45 km/h, determine a
velocidade média deste automóvel em km/h, para o percurso
de A até D.

Questão 04) (Unicamp-SP) A figura abaixo mostra o esquema


simplificado de um dispositivo colocado em uma rua para
controle de velocidade de automóveis (dispositivo
popularmente chamado de radar).

13
Os sensores S1 e S2 e a câmera estão ligados a um
computador. Os sensores enviam um sinal ao computador
sempre que são pressionados pelas rodas de um veículo. Se a
velocidade do veículo está acima da permitida, o computador
envia um sinal para que a câmera fotografe sua placa traseira
no momento em que esta estiver sobre a linha tracejada. Para
um certo veículo, os sinais dos sensores foram os seguintes:

a) Determine a velocidade do veículo em km/h.

b) Calcule a distância entre os eixos do veículo.

Questão 05) (UEPB) Um professor de física verificando em


sala de aula que todos os seus alunos encontram-se sentados,
passou a fazer algumas afirmações para que eles refletissem e
recordassem alguns conceitos sobre movimento.
Das afirmações seguintes formuladas pelo professor, a única
correta é:

a) Pedro (aluno da sala) está em repouso em relação aos


demais colegas , mas todos nós estamos em movimento em
relação à Terra.
b) Mesmo para mim (professor), que não paro de andar, seria
possível achar um referencial em relação ao qual eu estivesse
em repouso.
c) A velocidade dos alunos que eu consigo observar agora,
sentados em seus lugares, é nula para qualquer observador
humano.
d) Como não há repouso absoluto, nenhum de nós está em
repouso, em relação a nenhum referencial.
e) O Sol está em repouso em relação a qualquer referencial.

14
Questão 06) (UFMG) Júlia esta andando de bicicleta com
velocidade constante, quando deixa cair uma moeda. Tomás
está parado na rua e vê a moeda cair. Considere desprezível a
resistência do ar, qual alternativa em que melhor estão
representadas as trajetórias da moeda, como observadas por
Júlia e por Tomás.

Questão 07) (UFRN) Uma das teorias para explicar o


aparecimento do ser humano no continente americano propõe
que ele, vindo da Ásia, entrou na América pelo Estreito de
Bering e foi migrando para o sul até atingir a Patagônia, como
indicado no mapa a seguir.Datações arqueológicas sugerem
que foram necessários cerca de 10 000 anos para que essa
migração se realizasse. O comprimento AB, mostrado ao lado
do mapa, corresponde à distância de 5 000 km nesse mesmo
mapa. Com base nesses dados, pode-se estimar que a
velocidade escalar média de ocupação do continente americano
pelo ser humano, ao longo da rota desenhada, foi de
aproximadamente:

a) 0,5 km/ano b) 8,0 km/ano c)24km/ano d) 2,0 km/ano

15
Questão 08) (UFES) Uma pessoa caminha 1,5 passos/segundo,
com passos que medem 70 cm cada um . ela deseja atravessar
uma avenida com 21 m de largura. o tempo minimo que o sinal
de transito de pedestre deve ficar aberto para que essa pessoa
atravesse avenida com segurança e de :

Questão 09) (Enem) As cidades de Quito e Cingapura


encontram-se próximas a linha
do Equador e em pontos diametralmente opostos no globo
terrestre. Considerando o raio da terra igual a 6370km, pode-se
afirmar que um avião saindo de Quito, voando em média
800km/h, descontando-se as paradas de escala, chega a
Cingapura em aproximadamente:
a) 16h b)20h c)25h d)32h e)36h

Questão 10) (UFRJ 2004) Dois trens, um de carga e outro de


passageiros, movem-se nos mesmos trilhos retilíneos, em
sentidos opostos, um aproximando-se do outro, ambos com
movimentos uniformes. O trem de carga, de 50 m de
comprimento, tem uma velocidade de módulo igual a 10 m/s e
o de passageiros, uma velocidade de módulo igual a v. O trem
de carga deve entrar num desvio para que o de passageiros
possa prosseguir viagem nos mesmos trilhos, como ilustra a
figura. No instante focalizado, as distâncias das dianteiras dos
trens ao desvio valem 200 m e 400 m, respectivamente.Calcule
o valor máximo de v para que não haja colisão.

A) 16 m/s B) 25 m/s C) 32 m/s D) 40 m/s E)


58 m/s

16
Questão 11) (Vunesp) uma caixa de papelão vazia,
transportada na carroceria de um caminhão que trafega a
90km/h num trecho reto de uma estrada, é atravessada por uma
bala perdida. a largura da caixa é de 2 metros e a distância
entre as retas perpendiculares às duas laterais perfuradas da
caixa e que passam, respectivamente, pelos orifícios de entrada
e de saída da bala(ambos na mesma altura) é de 0.20 metros.

supondo que a direção do disparo é perpendicular às laterais


perfuradas da caixa e ao deslocamento do caminhão e que o
atirador estava parado na estrada, determine a velocidade da
bala, suposta constante.

Questão 12) Determine o intervalo de tempo para a luz vir do


sol a terra. No vácuo, a velocidade da luz é constante e
aproximadamente igual a 3,0.105 Km/s. A distância entre o sol
e a terra é de 1,49.108Km. Considere o movimento de
propagação da luz como retilíneo e uniforme

Questão 13) Um atirador aponta para um alvo e dispara um


projétil que sai da arma com velocidade de 300m/s. O impacto
do projétil no alvo é ouvido pelo atirador 3,2s após o disparo.
Sendo de 340m/s a velocidade de propagação do som no ar,
calcule a distância do atirador ao alvo.

Questão 14) Dois automóveis A e B passam por um mesmo


ponto P de uma estrada. Suas velocidades escalares são
constante e valem respectivamente 15m/s e 20m/s. O
automóvel B passa pelo ponto P 2s após a passagem de A.
Determine a posição e o instante em que B alcança A.

Questão 15) (Fuvest-SP) Um filme comum é formado por uma


série de fotografias individuais que são projetadas à razão de
24 imagens (ou quadros) por segundo, o que nos dá a sensação
de movimento contínuo. Esse fenômeno é devido ao fato de

17
que nossos olhos retêm a imagem por um intervalo de tempo
um pouco superior a 1/20 de segundos. Essa retenção é
chamada de persistência da retina.

a)Numa projeção de filme com duração de 30s, quantos


quadros são projetados?

b)Uma pessoa, desejando filmar o desabrochar de uma flor


cuja duração é de aproximadamente 6h, pretende apresentar
esse fenômeno num filme de 10 minutos de duração. Quantas
fotografias individuais do desabrochar da flor devem ser
tiradas?

Questão 16) (Fuvest-SP) O sistema GPS (Global Positioning


System) permite localizar um receptor especial, em qualquer
lugar da Terra, por meio de sinais emitidos por satélites. Numa
situação particular temos dois satélites, A e B, estão alinhados
sobre uma reta que tangencia a superfície da Terra no ponto O
e encontra-se à mesma distância de O. O protótipo de um novo
avião, com um receptor R, encontra-se em algum lugar dessa
reta e seu piloto deseja localizar sua própria posição.

Os intervalos de tempo entre a emissão dos sinais pelos


satélites A e B e sua recepção por R são, respectivamente ∆tA
= 68,5 x 10-3 s e ∆tB = 64,8 x 10-3 s. Desprezando possíveis
efeitos atmosféricos e considerando a velocidade de
propagação dos sinais como igual à velocidade c da luz no
vácuo, determine:

a) A distância D, em km, entre cada satélite e o ponto O.

b) A distância X, em km, entre o receptor R, no avião, e o


ponto O

18
Questão 17) (Vunesp) A missão Deep Impact, concluída com
sucesso em julho, consistiu em enviar uma sonda ao cometa
Tempel, para investigar a composição do seu núcleo.
Considere uma missão semelhante, na qual uma sonda espacial
S, percorrendo uma trajetória retilínea, aproxima-se do núcleo
de um cometa C, com velocidade v constante relativamente ao
cometa. Quando se encontra à distância D do cometa, a sonda
lança um projétil rumo ao seu núcleo, também em linha reta e
com velocidade constante 3v/2, relativamente ao cometa. No
instante em que o projétil atinge seu alvo, a sonda assume nova
trajetória retilínea, com a mesma velocidade v, desviando-se
do cometa. A aproximação máxima da sonda com o cometa
ocorre quando a distância entre eles é D/5, como
Esquematizado na figura.

Desprezando efeitos gravitacionais do cometa sobre a sonda


e o projétil, calcule:

a) a distância x da sonda em relação ao núcleo do cometa,


no instante em que o projétil atinge o cometa.
Apresente
a sua resposta em função de D.
b) o instante, medido a partir do lançamento do projétil,
em que ocorre a máxima aproximação entre a sonda e o
cometa. Dê a resposta em função de D e v.

Questão 18) (Olimpíada Brasileira de Física) Uma máquina


fotográfica é ajustada para executar uma sequencia de
fotografias de duas partículas movendo-se ao longo de trilhos
paralelos em movimento retilíneo uniforme. Os intervalos de
tempo entre duas fotos consecutivas são constantes e iguais a
0,25 segundo. Na primeira fotografia, a distância entre as
partículas é de 24cm. A comparação entre a primeira e a
segunda foto mostra que as partículas se movem EM sentidos
opostos, tendo então se deslocado distâncias respectivamente
iguais a 5 cm e 2,5 cm. Pode-se afirmar que:

19
I – a partícula mais veloz vê a mais lenta se aproximar com
uma velocidade de 1,5 vezes maior que a sua;

II – o instante em que uma partícula passa pela outra é


registrado em fotografias;

III – 5 fotografias são tiradas desde o instante inicial até o


momento em que a partícula mais veloz passa pela posição
inicial da partícula mais lenta.

Questão 19) (Uespi) Um passageiro que perdeu um ônibus que


saiu da rodoviária há 5 minutos,pega um táxi para alcança-lo.O
ônibus desenvolve uma velocidade média de 60 km/h e o
táxi,90km/h.Para o táxi alcançar o ônibus são necessários:
a)25 min b)20 min c)15 min d)10 min E)5 min

Questão 20) Ao ver passar uma bela garota loura dirigindo


uma Ferrari vermelha que desenvolve velocidade constante de
72 km por hora, um apaixonado rapaz resolve sair ao seu
encalço pilotando sua possante moto. No entanto, ao conseguir
partir com a moto, com aceleração igual a 4 metros por
segundo ,o carro ja está 22 metros a frente.

a) Após quanto tempo o rapaz alcança o carro da moça


b) Que distância a moto percorreu até o instante em que os
dois veículos se emparelham

c)Qual a velocidade da moto no instante em que alcança o


carro

Questão 21) (UFPE) Um veículo em movimento sofre uma


desaceleração uniforme em uma pista reta, até parar. Sabendo-
se que, durante os últimos 9,0 m de seu deslocamento, a sua
velocidade diminui 12 m/s, calcule o módulo da desaceleração
imposta ao veículo, em m/s2.

20
Questão 22)(OPF) Um avião a jato,partindo do repouso, é
submetido a uma aceleração constante de 4,0m/s2. Qual o
intervalo de tempo T de aplicação desta aceleração para que o
jato atinja a velocidade de decolagem de 160m/s? Qual a
distancia D percorrida até a decolagem?

Questão 23) (UNIUBE MG) Durante uma viagem pelo


interior de São Paulo, um motorista de carro desloca–se
retilineamente com velocidade constante de 72 km/h quando
vê uma vaca parada no meio da estrada a 100m de distância.
Imediatamente ele aciona os freios, adquirindo uma aceleração
escalar de módulo 5m/s2. Pode–se afirmar que o motorista

a) não conseguirá evitar a colisão com o animal.


b) conseguirá parar o carro exatamente na frente do
animal.
c) conseguirá parar o carro a 60m do animal.
d) conseguirá parar o carro a 50m do animal.
e) conseguirá parar o carro a 40m do animal.

Questão 24) (UEPB) Dois automóveis, A e B, deslocam-se um


em direção ao outro numa competição. O automóvel A
desloca-se a uma velocidade de 162 km/h; o automóvel B, a
108 km/h. Considere que os freios dos dois são acionados ao
mesmo tempo e que a velocidade diminui a uma razão de 7,5
m/s, em cada segundo. Qual é a menor distância entre os carros
A e B para que eles não se choquem?

21
Aula 03 – Movimento
Vertical no Vácuo e
Gráficos
O movimento vertical de um corpo próximo ao solo é
chamado de queda livre, quando o corpo é solto no vácuo ou
se desconsidera a resistência do ar. A aceleração do
movimento é denominada de aceleração da gravidade e
representada pela letra g, onde:

g = 9,8m/s2

Na queda, o movimento é acelerado, já na subida o


movimento é retardado. Na medida em que o móvel sobe, o
módulo da sua velocidade escalar vai diminuindo até tornar-se
nula no ponto mais alto, a partir dai o móvel muda de sentido
fazendo um movimento acelerado.

Determinar se um movimento é acelerado ou retardado,


independo do referencial adotado do movimento, vejamos:

Funções horárias do MUV:

𝑉 = 𝑉0 + 𝑔𝑡

22
𝑔𝑡 2
𝑆 = 𝑆0 + 𝑉0 𝑡 +
2
𝑉 2 = 𝑉02 + 2𝑔𝛥𝑠
Exemplos:

01) Abandona-se a pedra do alto de um edifício e esta


atinge o solo 4s depois. Considere g=10m/s2 e despreze
a resistência do ar. Determine
a) A altura do edifício b) o módulo da velocidade que a
pedra atinge o solo
02) Dois móveis A e B são lançados verticalmente para
cima, com a mesma velocidade inicial de 15m/s, do
mesmo ponto. O móvel A é lançado no instante t=0s e
o móvel B é lançado 2s depois. Determine a contar do
ponto de lançamento, a posição e o instante do encontro
dos móveis dos móveis. Considere g=10m/s2

GRÁFICOS

Construções gráficas com duas variáveis são feitas no


que chamamos de plano cartesiano. O plano cartesiano é
constituído por dois eixos (x e y) que se interceptam na
origem.

23
Funções constantes:

O que representa o gráfico acima?

A qual movimento pertence este gráfico?

Função do 1º Grau

Função da forma y = a + bx, no qual a e b são números reais.

Determine as equações da reta:

Funções do MU e MUV

24
Função do 2º Grau

Função dada pela forma : y = a + bx + cx 2 , sendo a, b e


c números reais e c ≠0. O gráfico é uma parábola, em que no
caso de c >0, possui concavidade voltada para cima, e caso
c<0, possui concavidade voltada para baixo.

A função horária do MUV é uma função de 2º grau


𝑎𝑡 2
𝑆 = 𝑆 +𝑉 𝑡+
0 0 com a concavidade do
2
gráfico sendo determinada pela aceleração.

Cálculo de Áreas:

No movimento Uniforme, a velocidade escalar é uma


função constante com o tempo, nesse gráfico, a área A é
numericamente igual a variação do espaço Δs no intervalo de
tempo t1 e t2 .

25
No Movimento Uniformemente Variado, a aceleração é uma
função constante com o tempo. Nesse gráfico, a área A é
numericamente igual a variação de velocidade Δv no intervalo
de tempo t1 e t2

Gráficos do MU:

26
Gráficos do MUV:

S = f(t)

V = f(t)

27
A = f(t)

28
Exercícios
Questão 01) (EEM-SP) Calcule a relação entre as alturas
atingidas por dois corpos lançados verticalmente com
velocidades iguais, um na Terra, outro na Lua. Sabe-se que a
aceleração da gravidade na terra é 6 vezes maior do que na
Lua. Desprezam-se as resistências opostas aos movimentos.

Questão 02) (UFPE) No instante t=0 um menino lança uma


pedra verticalmente para cima. após 1s, o movimento da pedra
ainda é ascendente com uma velocidade que é a metade da
velocidade inicial de lançamento. Supondo que o atrito com o
ar pode ser desprezado, calcule a altura máxima atingida pela
pedra, em metros. Adote g= 10m/s2.

Questão 03) (unitau-sp) Um modelo de foguete é impulsionado


verticalmente para cima, com a aceleração constante de
50m/s².o motor para de funcionar após 4s do lançamento. em
que altura está o foguete, quando o motor para?

a) 100m b)250m c)300m d)350m e)400m


Questão 04)(UEM-PR) Uma torneira localizada a uma altura H
em relação ao solo é deixada semi–aberta e começa a gotejar.
Considere que as gotas abandonam a torneira com velocidade
inicial nula, que o intervalo de tempo entre duas gotas
consecutivas que abandonam a torneira é T, e que g é a
aceleração da gravidade local. Nessas condições, é correto
afirmar que:

29
Questão 05) (Vunesp) um corpo A é abandonado de uma altura
de 80m no mesmo instante que um corpo B é lançado
verticalmente para baixo com velocidade inicial de 10m/s de
uma altura de 120m. desprezando a resistência do ar e
considerando a aceleração da gravidade como sendo 10m/s² é
correto afirmar que :

a) os dois chegam ao solo no mesmo instante


b)o corpo B chega ao solo 2s antes que o corpo A
c) o tempo gasto para o corpo A chegar ao solo é 2s menor que
o tempo gasto pelo B
d) o corpo A atinge o solo 4s antes que o corpo B
e) o corpo b atinge o solo 4s antes que o corpo A

Questão 06) (ENEM 2009 Cancelado) O Super-homem e as


leis do movimento KAKALIOS, J. The Physics of
Superheroes, Gothan Books, USA, 2005.

Uma das razões para pensar sobre física dos super-heróis é,


acima de tudo, uma forma divertida de explorar muitos
fenômenos físicos interessantes, desde fenômenos corriqueiros
até eventos considerados fantásticos. A figura ao lado mostra o
Super-homem lançando-se no espaço para chegar ao topo de
um prédio de altura H. Seria possível admitir que com seus
superpoderes ele estaria voando com propulsão própria, mas
considere que ele tenha dado um forte salto. Neste caso, sua
velocidade final no ponto mais alto do salto deve ser zero, caso
contrário, ele continuaria subindo. Sendo g a aceleração da
gravidade, a relação entre a velocidade inicial do Super-
homem e a altura atingida Venezuela. é dada por: v 2 = 2gH.

A altura que o Super-homem alcança em seu salto depende do


quadrado de sua velocidade inicial porque

a) a altura do seu pulo é proporcional à sua velocidade média


multiplicada pelo tempo que ele permanece no ar ao
quadrado.
b) o tempo que ele permanece no ar é diretamente
proporcional à aceleração da gravidade e essa é
diretamente proporcional à velocidade.
c) o tempo que ele permanece no ar é inversamente
proporcional à aceleração da gravidade e essa é
inversamente proporcional à velocidade média.
d) a aceleração do movimento deve ser elevada ao quadrado,
pois existem duas acelerações envolvidas: a aceleração da
gravidade e a aceleração do salto.
30
e)a altura do seu pulo é proporcional à sua velocidade média
multiplicada pelo tempo que ele permanece no ar, e esse tempo
também depende da sua velocidade inicial.

Questão 07) (ENEM 2011) Para medir o tempo de reação de


uma pessoa, pode-se realizar a seguinte experiência:
I. Mantenha uma régua (com cerca de 30 cm) suspensa
verticalmente, segurando-a pela extremidade superior,
de modo que o zero da régua esteja situado na extremidade
inferior.
II. A pessoa deve colocar os dedos de sua mão, em forma de
pinça, próximos do zero da régua, sem tocá-la.
III. Sem aviso prévio, a pessoa que estiver segurando a régua
deve soltá-la. A outra pessoa deve procurar segurá-la o mais
rapidamente possível e observar a posição onde conseguiu
segurar a régua, isto é, a distância que ela percorre durante a
queda. O quadro seguinte mostra a posição em que três pessoas
conseguiram segurar a régua e os respectivos tempos de
reação.

A distância percorrida pela régua aumenta mais


rapidamente que o tempo de reação porque a
a) energia mecânica da régua aumenta, o que a faz cair mais
rápido.
b) resistência do ar aumenta, o que faz a régua cair com menor
velocidade.
c) aceleração de queda da régua varia, o que provoca um
movimento acelerado.
d) força peso da régua tem valor constante, o que gera um
movimento acelerado.
e) a velocidade da régua é constante, o que provoca uma
passagem linear do tempo.

31
Questão 08) (Enem 2008)- O gráfico ao lado modela a
distância percorrida, em km, por uma pessoa em certo período
de tempo. A escala de tempo a ser adotada para o eixo das
abscissas depende da maneira como essa pessoa se desloca.
Qual é a opção que apresenta a melhor associação entre meio
ou forma de locomoção e unidade de tempo, quando são
percorridos 10 km?

a) carroça – semana b) carro – dia c) caminhada – hora


d) bicicleta – minuto e) avião–segundo

Questão 09) (ENEM 2010 segunda aplicação)

Rua da Passagem

Os automóveis atrapalham o trânsito.

Gentileza é fundamental.

Não adianta esquentar a cabeça.

Menos peso do pé no pedal.

O trecho da música, de Lenine e Arnaldo Antunes (1999),


ilustra a preocupação com o trânsito nas cidades, motivo de
uma campanha publicitária de uma seguradora brasileira.
Considere dois automóveis, A e B, respectivamente
conduzidos por um motorista imprudente e por um motorista
consiente e adepto da campanha citada. Ambos se encontram
lado a lado no instante inicial t=0s, quando avistam um
semáforo amarelo ( que indica atenção, parada obrigatória ao
se tornar vermelho). O movimento de A e B pode ser

32
analisado por meio do gráfico, que representa a velocidade de
cada automóvel em função do tempo.

As velocidade dos veículos variam com o tempo em dois


intervalos:(l) entre os instantes 10 s e 20 s; (ll)entre os
instantes 30 s e 40 s. de acordo com o gráfico, quais são os
módulos das taxas de variação da velocidade do veículo
conduzido pelo motorista imprudente, em m/s2, nos intervalos
(l) e (ll), respectivamente?

2,0 e 1,5

10,0 e 30,0

2,0 e 3,0

1,0 e 3,0

2,0 e 1,0

33
Questão 10) (ENEM) O gráfico abaixo mostra a área
desmatada da Amazônia, em km2, a cada ano, no período de
1988 a 2008.

As informações do gráfico indicam que

a) o maior desmatamento ocorreu em 2004.


b) a área desmatada foi menor em 1997 que em 2007.
c) a área desmatada a cada ano manteve-se constante entre
1998 e 2001.
d) a área desmatada por ano foi maior entre 1994 e 1995 que
entre 1997 e 1998.
e) o total de área desmatada em 1992, 1993 e 1994 é maior que
60.000 km2

34
Questão 11) (ENEM)

O gráfico acima ilustra a evolução do consumo de eletricidade


no Brasil, em GWh, em quatro setores de consumo, no período
de 1975 a 2005.

A racionalização do uso da eletricidade faz parte dos


programas oficiais do governo brasileiro desde 1980. No
entanto, houve um período crítico, conhecido como “apagão”,
que exigiu mudanças de hábitos da população brasileira e
resultou na maior, mais rápida e significativa economia de
energia. De acordo com o gráfico, conclui-se que o “apagão”
ocorreu no biênio

a) 1998-1999. b) 1999-2000. c) 2000-2001. d) 2001-2002.


e) 2002-2003.

Questão 12) (ENEM) Baseando-se no gráfico da questão 12.


Observa-se que, de 1975 a 2005, houve aumento quase linear
do consumo de energia elétrica. Se essa mesma tendência se
mantiver até 2035, o setor energético brasileiro deverá
preparar-se para suprir uma demanda total aproximada de
a) 405 GWh. b) 445 GWh. c) 680 GWh. d) 750 GWh.
e) 775 GWh.

35
Questão 13) (ENEM- 2008)

A passagem de uma quantidade adequada de corrente elétrica


pelo filamento de uma lâmpada deixa-o incandescente,
produzindo luz. O gráfico abaixo mostra como a intensidade da
luz emitida pela lâmpada está distribuída no espectro
eletromagnético, estendendo-se desde a região do ultravioleta
(UV) até a região do infravermelho.

A eficiência luminosa de uma lâmpada pode ser definida como


a razão entre a quantidade de energia emitida na forma de luz
visível e a quantidade total de energia gasta para o seu
funcionamento. Admitindo-se que essas duas quantidades
possam ser estimadas, respectivamente, pela área abaixo da
parte da curva correspondente à faixa de luz visível e pela área
abaixo de toda a curva, a eficiência luminosa dessa lâmpada
seria de aproximadamente

a) 10%. b) 15%. c) 25%. d) 50%. e) 75%.

Questão 14) Suponha que o universo tenha 15 bilhões de anos


de idade e que toda a sua história seja distribuída ao longo de 1
ano — o calendário cósmico —, de modo que cada segundo
corresponda a 475 anos reais e, assim, 24 dias do calendário
cósmico equivaleriam a cerca de 1 bilhão de anos reais.
Suponha, ainda, que o universo comece em 1.º de janeiro a
zero hora no calendário cósmico e o tempo presente esteja em
31 de dezembro às 23 h 59 min 59,99 s. A escala abaixo traz o
período em que ocorreram alguns eventos importantes nesse
calendário.

36
Se a arte rupestre representada ao lado fosse inserida na escala,
de acordo com o período em que foi produzida, ela deveria ser
colocada na posição indicada pela seta de número

a) 1. b) 2. c) 3. d) 4. e) 5.

37
Questão 16)(UFRJ) Em um filme, para explodir a parede da
cadeia a fim
de que seus comparsas pudessem escapar, o “bandido” ateia
fogo a um pavio de 0,6 m de comprimento, que tem sua outra
extremidade presa a um barril contendo pólvora. Enquanto o
pavio queima, o “bandido” se põe a correr em direção oposta e,
no momento em que salta sobre uma rocha, o barril explode.

Ao planejar esta cena, o piroplasta utilizou os dados gráficos


obtidos cuidadosamente da análise das velocidades do dublê
(que representa o bandido) e da chama no pavio, o que
permitiu determinar que a rocha deveria estar a uma distância,
relativamente ao ponto em que o pavio foi aceso, em m, de
a)20. b)25. c)30. d)40. e)45.

38
Aula 04 – Cinemática
Vetorial
Revisão Vetores:

Algumas grandezas físicas, estão completas apenas


com a informação da unidade. Por exemplo, o tempo. Caso
alguma pessoa lhe diga que são 17hrs, esta informação está
completa, ou seja, será entendida sem necessidade de algo
mais, este tipo de grandeza física é chamada grandeza
escalar. Entretanto, quando uma pessoa lhe diz que um certo
móvel passou em frente a ele com uma velocidade de 20m/s,
essa informação não está completa, você é incapaz de saber
para onde o carro esta indo, isto é, você precisa de informações
adicionais como direção e sentido, esse tipo de grandeza é
chamado grandeza vetorial.

Os vetores nos fornecem essas informações, eles nos


indicam módulo, direção e sentido.

O módulo é caracterizado pelo tamanho do vetor, a


direção e sentido são explícitos na figura. Dois vetores são
diferentes quando apresentam ao menos um desses elementos
diferentes.

39
Adição, Subtração e Componentes de um vetor:

Considerando os Vetores ⃗⃗⃗


𝑉1 e ⃗⃗⃗
𝑉2, representados pelo
segmentos de reta AB e BC, com o ponto B em comum, o
Vetor ⃗⃗⃗
𝑉𝑠 é denominado de vetor soma dos vetores ⃗⃗⃗
𝑉1 e⃗⃗⃗⃗⃗
𝑉2.

A construção da subtração de vetores constitui-se da


mesma forma que a adição, entretanto o vetor subtraído
encontra-se no sentido oposto ao seu sentido original.

A decomposição vetorial advém dos elementos da


trigonometria

⃗⃗⃗⃗⃗
𝑉𝑥 = 𝑣𝑐𝑜𝑠𝜃

⃗⃗⃗⃗⃗
𝑉𝑦 = 𝑣𝑠𝑒𝑛𝜃

Velocidade e Aceleração Vetorial

A Velocidade Vetorial média, é diferente da


Velocidade escalar média. A Velocidade Vetorial constitui-se

40
basicamente de um segmento de reta orientado de uma
extremidade de um ponto a outro. Ou seja, em uma trajetória
curvilínea a distância percorrida será menor que a distância
escalar. Logicamente sua velocidade vetorial, será menor.

Logo:

𝑑
⃗𝑚 =
𝑉
𝛥𝑡
Em trajetórias curvilíneas, a velocidade vetorial varia
sua direção e no movimento variado seu módulo.

41