Vous êtes sur la page 1sur 17

TÉCNICA DE ECONÔMIA DE TRANSPORTES

RAFAEL COUTINHO DA SILVA

T708AG-8 EC0P30

LISTA DE EXERCÍCIOS – TRANSPORTES.

BRASÍLIA 2016
Lista 1

01) O propósito de um sistema de transporte é fornecer um mecanismo para a


superação do espaço, ou seja, das restrições humanas e físicas, como:
distância, tempo, divisões administrativas e topografias. O transporte
fornece os meios para movimentar mercadorias, pessoas ou informações,
de uma origem para um destino, agregando valor ao processo.

A qualidade dos transportes afeta a capacidade de utilização dos recursos


de uma região ou nação. Se a capacidade de transportar é afetada a região
pode se tornar incapaz de oferecer bens de serviços a um preço competitivo
e, portanto, reduzir ou perder sua participação no mercado.

02) Transporte é o fenômeno que consiste em se movimentar cargas, que


podem ser mercadorias, produtos, insumos, etc., e também pessoas,
animais e outros seres viventes, de um ponto inicial para um destino.

03) Com maior qualidade ou nível de serviço de um sistema de transporte


adquire-se uma vantagem competitiva provendo da capacidade de organização
da empresa. Alcançar vantagens competitivas implica em conhecimentos
detalhados da empresa, da área geográfica e dos meios de transportes mais
eficientes para a logística dos seus produtos.

Para que um bom sistema de transporte seja suficiente para garantir o potencial
econômica de uma região ele necessitar ser um sistema de transporte de baixo
custo, confiabilidade e rapidez.

04) A principal característica das nações que possuem bons sistemas de


transporte é o desenvolvimento, ou seja, são países ricos e bem desenvolvidos.
Outras caraterísticas levadas em consideração para a determinação da
qualidade dos transportes são: qualidade da logística, alfândega, infraestrutura,
remessas internacionais, rastreamento e pontualidade.

As três primeiras posições são ocupadas por países desenvolvidos – Alemanha,


Holanda e Bélgica. Entre os últimos estão Somália, Afeganistão e República
Democrática do Congo.
05) Desenvolvimento social;

Redução dos acidentes;

Qualidade de vida;

06) Meios de transporte modernos são um componente essencial dos sistemas


de transporte pois são os meios pelos quais a mobilidade se realiza. No entanto,
ele por sí só não garante que uma região ou país prospere, é preciso, além de
políticas públicas de transporte e logística adequadas, meios necessários e de
acordo com as características do meio de transporte e da região a ser
beneficiada. Cada meio possui seus próprios requisitos e características, e é
adaptado para servir demandas específicas de frotas e tráfegos de passageiros.
Isso aumenta as diferenças no modo que os meios são construídos e utilizados
em diferentes partes do mundo.

07) Os custos diretos são facilmente associado a um produto. Exemplo:


Matérias-primas, componentes, peças, embalagens, etc. Já os custos indiretos
não existem uma associação clara entre o custo e o produto. Exemplo:
Manutenção do equipamento, salário do pessoal administrativo, etc.

08) Desastre Aéreo :30 de junho um avião militar de transporte Hércules, do


Exército da Indonésia, caiu em uma área residencial em Medan, na ilha de
Sumatra, deixando 141 mortos - 19 delas em solo.

Desastre Marítimo: um dos maiores desastres marítimos nos últimos tempos


aconteceu no dia 26 de setembro de 2002, quando a balsa senegalesa de
propriedade do governo Le Joola naufragou ao largo da costa da Gâmbia. O
navio estava transportando muito mais do que o número de pessoas que poderia
transportar. Sua capacidade era de 536 passageiros, mas no momento do
acidente, a balsa estava transportando 1.927 passageiros, mais de três vezes o
número limite. Dentro o número total de pessoas a bordo, 1.863 morreram.

Desastre Ferroviário: Um acidente envolvendo dois trens de passageiros, que


colidiram de frente, deixou ao menos 23 mortos e dezenas de feridos na manhã
desta terça-feira (12), na região de Puglia, no sul da Itália, segundo à TV norte-
americana CNN. A polícia afirmou que a batida aconteceu em um trecho de via
única entre as cidades de Corato e Andria, segundo a Reuters.

Desastre Rodoviário: O maior acidente rodoviário da história brasileira


aconteceu em março de 1988. Um caminhão pau-de-arara capotou e caiu em
um precipício na cidade de Cachoeira (BA). Morreram 67 romeiros que iam de
Coração de Maria, no sertão baiano, para São Félix.

09) O abastecimento de aeronaves, oficinas de refrigeração e armazenamento


de combustíveis e de cargas perigosas. Este tipo de material, em contato direto
com um ser humano, pode causar danos à saúde. Em contato com o meio
ambiente, pode causar sérias contaminações.

Resíduos gerados nos aeroportos, como por exemplo a enorme quantidade de


matéria orgânica e de resíduos sólidos das praças de alimentação.

No setor aquaviário, existem diversos tipos de resíduos, como restos de cargas,


resíduos de papel e plástico, resíduos domésticos gerados nas cantinas,
lavanderias, sanitários e restos de mercadorias; Assim como resíduos perigosos
como lubrificantes, vernizes, solventes e baterias usadas.

O material em deterioração dos veículos pode contaminar o solo e o lençol


freático. A emissão de poluentes atmosféricos pelos veículos é um dos principais
resíduos gerados.

O desmatamento, a interferência humana no habitat de outras espécies, a


construção de canais aquaviários e o uso dos mesmos como vias navegáveis,
entre outras situações que contribuem para um maior impacto ambiental devido
ao transporte.

10) No contexto do desenvolvimento dos países e das sociedades, os meios de


transporte são uns dos principais elementos para garantir a infraestrutura, ou
seja, o suporte material para que tal crescimento se instrumentalize. Os
exemplos disso são as estatísticas a seguir: Mais de 2,8 milhões de decolagens
e pousos de aeronaves anualmente; quase 180 milhões de embarques e
desembarques de passageiros; 1,5 milhão de toneladas de carga e descarga
aérea movimentada; frota nacional de 76,14 milhões de veículos; 1.560 mil km
de malha rodoviária, 30 mil km de malha ferroviária e 29 mil km de malha
hidroviária. Estes são alguns números do sistema de transporte brasileiro
apresentados pelo “Brasil em números 2013”, publicação do Instituto Brasileiro
de Geografia e Estatística (IBGE) lançada recentemente.

Ou seja, dada as dimensões e os números podemos definir a importância do


transporte na sociedade, na política e na vida cotidiana como primordial e de
total relevância nos setores, sociais, econômicos, financeiros individuais,
qualidade de vida e desenvolvimento humano.

Lista 2

01) Explicar como funciona o processo, e as etapas que são usadas no


planejamento de transporte urbano. Isto é feito a fim de ajudar mais pessoas a
entender o processo e suas implicações e ajudar as pessoas a interpretar e
comentar sobre seus resultados.

02) feito a fim de ajudar mais pessoas a entender o processo e suas implicações
e ajudaras pessoas a interpretar e comentar sobre seus resultados. Este
iniciador é dividido em duas secções, uma visão geral do planejamento de
transportes em geral - o que, por que, quem e como de planejamento de
transporte e uma descrição mais específica dos modelos reais usados para
prever viagens futuras. Uma vez que a finalidade básica de planejamento de
transporte é para responder a perguntas sobre o futuro curso, o primer irá usar
um formato de perguntas e respostas para explicar como planejamento de
transporte tem lugar.

03) Planejamento de transporte é um processo que se desenvolve informações


para ajudar a fazer as decisões sobre o desenvolvimento e gestão de
sistemas de transporte futuro, especialmente em áreas urbanas.

04) Transporte pode ter efeitos significativos sobre a mobilidade, o


desenvolvimento económico, qualidade ambiental, finanças públicas e da
qualidade de vida. Planejamento sábio é necessária para ajudar a criar
instalações de transporte e serviços de alta qualidade a um custo razoável com
mínimo impacto ambiental e para melhorar a atividade econômica.
05) Planejamento de transporte é requerida nos Estados Unidos como uma
condição para receber Federal fundos de transporte para maior área urbana. Os
primeiros requisitos para planejamento de transportes urbanos foram
promulgados na legislação aprovada em 1962.

06) Planejamento de transporte regional é um esforço cooperativo entre


diferentes unidades de local, estadual e federal, com oportunidades para a
entrada e participação do cidadão. Normalmente, uma agência designada como
a organização de planejamento metropolitano (MPO) em uma região realiza o
projeto. Isso geralmente é uma agência como um conselho de governos,
comissão de planejamento regional. Em alguns casos, poderia ser um
departamento de estado de o transporte ou um governo do condado. O MPO
trabalha em cooperação com as autoridades locais governo e unidades do
governo do estado, tais como os departamentos estaduais de transportes e dos
recursos naturais na preparação do plano.

07) Planejadores de transporte são profissionais que costumam combinar as


técnicas utilizadas por um (cidade) planejador tradicional com os métodos e
habilidades de um engenheiro de tráfego. Planejadores trabalho transporte numa
área entre estas duas profissões, bem como entre engenheiros e
administradores. Normalmente os planejadores de transporte têm uma
educacional experiência em planejamento de transporte através de um mestrado
em engenharia, embora graus em planejamento urbano, geografia ou outras
áreas com pós-graduação especializado em o transporte ou planejamento são
possíveis.

08) Planejamento de transporte é focado principalmente no desenvolvimento


de longo alcance (15-30 anos) planos de transporte urbano que podem ser
usados para definir prioridades para a implementação do projeto no futuro. Tais
planos devem, idealmente, equilibrar a necessidade de construir novas estradas
e instalações de trânsito (oferta) com os padrões de demanda de viagens futuras
com um mínimo de impacto ambiental e dentro das capacidades de
financiamento das agências governamentais envolvidas. Problemas abordados
podem variar de questões gerais de política a nível federal ou estadual para
programas específicos e projetos a nível local. Além dos problemas de
congestionamento e de viagens de crescimento, estas poderiam.

 Alternativas de demanda de viagens para a redução do congestionamento


 Uso da terra / coordenação de transporte
 Forma urbana / coordenação de transporte
 As medidas de redução de combustível
 Medidas de qualidade do ar
 Medidas de segurança
 Desenvolvimento económico / atividade redesenvolvimento
 Consideração do uso de preços e portagens
 Questões movimentação de cargas
 Acesso Recreativo / turismo
 Questões de conformidade ambiental
 Processo de participação pública
 Documentos relativos à licença
 Melhorias nas ligações intermodais entre modo

09) Definição do problema


Definir metas, objetivos e critérios
Coleção de dados
Previsões
Desenvolver alternativas
Avaliação
Plano de implementação

Planejamento de transporte é um processo contínuo. O período de tempo


para um indivíduo planejamento de esforço depende do tamanho do
problema, a disponibilidade de dados, oportunidades para requisitos de
entrada do cidadão e planejamento. Desenvolvimento de uma grande
atualização de um regional plano de transporte pode levar vários anos ou
mais, dependendo da necessidade de recolher novos dados. As tentativas de
apressar o processo geralmente levam a atrasos posteriores para corrigir
problemas e mau suposições em fases posteriores.

10) Planejamento de transporte envolve previsões complexos de


comportamento humano e económico condições para os próximos dez a trinta
anos. Muitas suposições são necessárias para desenvolver essas previsões
e é improvável que todas estas suposições provarão ser corretas.
Previsões de transporte pode dar resultados razoáveis se eles são baseados
em dados de boa qualidade e suposições razoáveis. É importante que as
hipóteses atrás de um esforço de planeamento ser claramente e que uma
gama razoável de condições futuras ser examinado. O as diferenças entre as
alternativas são susceptíveis de ser mais preciso do que os valores absolutos.
Essas diferenças devem ser a base para tomada de decisão.

11) Os planos regionais devem ser formalmente aprovados pelos governos


locais e estaduais para orientar seus programas. O plano regional, em
seguida, fornece uma base para a preparação de um Programa de
Aperfeiçoamento Transporte (TIP) que enumera os projetos específicos a
ser implementado para os próximos seis anos. Uma vez que um plano de
transporte regional é completo são necessários mais esforços para refinar
e implementar o plano. Estudos de corredores são realizadas para refinar
a localização das principais novas instalações. Isto pode envolver uma
análise de grande investimento que também poderia incluir uma
declaração de impacto ambiental. Outros estudos que são necessários
pode ser o desenvolvimento de planos operacionais de trânsito, estudos
de engenharia preliminares e estudos jurisdicionais. Estes estudos podem
ser feitos pela MPO ou estadual ou local governo, dependendo do
problema a ser resolvido. Planos de transporte regionais deve ser
atualizado periodicamente, pelo menos uma vez a cada dez anos.

12) Os modelos de expressão são utilizados a referir-se a uma série de


equações matemáticas que são utilizados para representam como as
pessoas viagem. Demanda de viagens ocorre como um resultado de
milhares de indivíduo viajantes fazer decisões individuais sobre como,
onde e quando viagem. Estas decisões são afetadas por muitos fatores
tais como a família situações, características da pessoa que efetua a
viagem, e as escolhas (destino, rota e molde) disponível para a viagem.

Lista 3

01) O sistema tem como finalidade identificar e controlar os custos inerentes a


cada operação, sendo importante identificar e medir os custos de cada
elemento existente na cadeia de transporte, a qual envolve não só o
veículo em si, mas também a gestão dos recursos humanos e materiais, o
controle das cargas, os custos de manutenção da frota e índices de
discrepâncias nas entregas,

02) Rodoviário, Ferroviário, Aéreo, Aquaviário e Dutoviário.

03) Rodoviário - o transporte rodoviário é o mais conhecido e utilizado em


toda a extensão do território nacional. A distribuição por meio de
caminhões e carretas nas rodovias brasileiras vem crescendo desde a
década de 50, e atualmente é responsável por 76% da distribuição de
insumos e produtos industrializados em todo o Brasil. Por ser um modal de
transporte rápido e com uma rota flexível, ele é aconselhável para o
transporte a curta distância de produtos acabados ou semiacabados,
produtos com alto valor agregado como eletro e também perecíveis como
grãos, laticínios e carnes.
Ferroviário- O transporte por meio de ferrovias é uma opção de modal de
transporte adequada para cargas de grandes volumes, que percorrerá
longas distância e terá um destino fixo, pois este modal não tem a mesma
flexibilidade de rota que o rodoviário desfruta. Possui baixo custo se
comparado com outros modais de transporte e conta com alta capacidade
para transportar produtos em grande escala e pesados. É ideal para
transportar commodities em alta quantidade, como minério de ferro,
produtos siderúrgicos, derivados do petróleo, fertilizantes, mercadorias
agrícolas, entre outros.
Aéreo- A principal característica do modal de transporte aéreo é a
agilidade e a facilidade em percorrer longas distância, no território nacional
e internacional. Esse modal é uma ótima opção quando os fatores tempo
de entrega e segurança são um requisito para a sua empresa. Apesar de
ter limitações no volume de carga, tamanho, peso e quantidade a ser
transportado, é ideal para produtos eletrônicos, produtos frágeis ou com
curto prazo de validade ou de consumo.
Aquaviário- O modal de transporte aquaviário é indicado para o transporte
de produtos com baixo valor agregado, apesar de ser capaz de transportar
produtos de diversas espécies e em todos os estados: líquido, sólido e
gasoso, desde que em estejam bem armazenados e em containers
adaptados. Capaz de transportar em bastante quantidade, como o modal
ferroviário. Assim como o modal aéreo pode transportar por longas
distâncias, no entanto rapidez e agilidade não é um diferencial. Por ser
uma modal que utiliza vias aquáticas, não disputa espaço com outros
modais de transporte, porém tem um alto custo no seguro das
mercadorias.

Dutoviário- O modal de transporte dutoviário é possibilitado por meio da


implantação de dutos e tubos subterrâneo, submarino ou aparente. Esse
transporte é possibilidade basicamente pelo controle de pressão inserida
nesses dutos. É um modal que permite o transporte a longas distancias e
em grandes quantidades. Apesar te ter um alto custo de implantação e um
percurso inflexível, tem um baixo custo operacional. Esse tipo de modal é
recomendado para fluídos líquidos, gases e sólidos granulares.

Lista 4

1) explique como você e sua comunidade local depende do transporte.

Em Brasília o meio de transporte é de essencial importância, assim o mais


utilizador para locomoção são os ônibus e os automóveis (carros e motos). Esses
veículos são utilizados para ir ao trabalho, lazer entres outros. Devido Brasília
ser uma cidade projetada ela foi dividida em setores, assim pode-se observar
que os setores são distantes um do outro.
2) Que tipo de transporte que você precisa e o que ele poderia fazer por
você?
Na cidade em que moro os meios de trânsporte de maior necessidade é os
onibuos , carro e moto. Contudo o que eu mais utilizo é o carro pois me
facilita para conciliar minhas atividade de trabalho, me disponibilizando um
conforto maior e fazendo com que o tempo de locomoção diminua.Contudo, a
população no geral faz um uso maior do transporte público, principalmente
os moradores das cidades satelites.

3) Estudar a dependência do comércio mundial Estados Unidos e suas


rotas.
Partindo do princípio da necessidade americana de importação de petróleo,
levantou-se alguns dados para se mensurar a quantidade demanda por este
país, donde ficou-se os seguintes dados:
*Este país possui um enorme déficit na produção, sendo este de cerca de 12,6
milhões de barris diários;
*Os americanos são os maiores consumidores mundiais de petróleo;

*O consumo gira em torno de 25% do petróleo produzido, cerca de 20 milhões


de barris/dia;

*As reservas de petróleo declaradamente existentes nos Estados Unidos são


apenas 2,7% da reserva mundial existente, sendo suficiente apenas para quatro
anos de auto abastecimento.

Principais Rotas:
Volume de petróleo e produtos petrolíferos bruto transportado através
chokepoints mundo, 2009-13.

LOCALIZAÇÃO 2009 2010 2011 2012 2013


ESTREITO DE ORMUZ 15.7 15.9 17.0 16.9 17.0
ESTREITO DE MALACA 13.5 14.5 14.6 15.1 15.2
Canal de Suez e sumidos Pipeline 3.0 3.1 3.8 4,5 4.6
Bab el-Mandeb 2,9 2,7 3.4 3.7 3.8
Straits dinamarqueses 3.2 3.3 3.1 3.3
3.0
Estreito da Turquia 2.8 2.8 3.0 2,9 2,9
Canal do Panamá 0,8 0,7 0,8 0,8 0,8

4) Como poderia exibir graficamente as funções de coordenação e


integração?

Como fator de integração e de coordenação em nossa sociedade industrializada


altamente complexa, o transporte é de grande importância para a distribuição de
mercadorias. Estes são inúteis, a menos que eles são úteis; ou seja, que possa
atender às necessidades. Transporte é útil de duas maneiras: utilidade de lugar
e utilidade de tempo, termos econômicos significa, simplesmente, ter a
mercadoria no lugar e no tempo certo, funções essenciais que também podem
ser aplicados ao transporte de passageiros. Por exemplo, o grau de dependência
de uma indústria em particular com base em matérias-primas utilizadas nos seus
processos de fabricação, isto é, o utilitário lugar com tais materiais.

5) Desenvolver custo por tonelada-milhas de uma forma semelhante à


utilizada na Tabela 1.1 para um tipo específico de transporte, ou seja,
caminhões, barcos, aviões, dutos, correias transportadoras ou teleféricos.

De forma simplificada, a eficiência do transporte para baratear os custos unitários


de um determinado insumo ou produto é de grande importância para o alcance
deste objetivo.
Dentre os diferentes tipos de transporte, podemos fazer a relação do custo do
transporte nos diversos sistemas: o modal ferroviário, por exemplo, é
caracterizado, essencialmente, pela capacidade de transportar mercadorias
pesadas e volumosas, a média e longas distâncias, com alta eficiência
energética, quando comparado com o transporte rodoviário.
Além disso, apresenta um menor consumo de energia, menos poluição e índice
reduzido de acidentes e furtos, porém elevado custo para implantação e
manutenção. Paralelamente, no caso do transporte ferroviário, o custo unitário
de uma tonelada por quilômetro é $ 0,0103 quando comparado com o carregador
humana que é de 0,21 $, 20 vezes mais caro o transporte.

6) Cite exemplos de especialização regional e mostre como esta


especialização é possível.

Geografia está ligada à economia. A localização geográfica dos recursos


naturais determina as rotas de transporte que dão acesso a esses recursos e
criar um valor econômico, ou seja, o uso de tempo e lugar, levando-os para um
local onde seu valor é pequeno e transportá-los para outras áreas para
processamento e consumo, o que aumenta o seu valor consideravelmente.
Circulação em grandes lagos como o Lago Titicaca é um fenômeno devido à
localização geográfica na fronteira com o país vizinho do Peru que ajuda
marketing e tráfego entre os dois. Nos Andes, que atravessa o país de norte a
sul, tem áreas difíceis em que características complexas estradas, ferrovias,
túneis, pontes e outros meios para vencer a barreira montanhosa é construído.
Os vales dos rios oferecido canais naturais que facilitam a construção de
ferrovias e estradas. Anteriormente os ventos, então, determinado rotas barcos
e hoje os ventos na estratosfera influenciam as rotas aéreas e horários de voos.

7) Prepare um diagrama esboço para mostrar como princípios científicos


se por: (a) Estradas de ferro (b) transporte rodoviário (c) Empresas aéreas
(d) vias navegáveis (e) ductos.
O diagrama a seguir demonstra a porcentagem dos diferentes sistemas de

transporte brasileiro:
8) Descrever o papel do transporte na produção e distribuição (a) farinha,
(b) a gasolina, (c) frutas e legumes frescos, (d) automóvel, (e) outros itens
específicos.
A logística engloba muitos outros processos além do transporte de cargas. Uma
boa definição da logística é dizer que ela opera como um modo de gestão que
cuida especialmente da movimentação dos produtos, nos diversos segmentos
dentro de toda a cadeia produtiva de qualquer produto, buscando agilidade nas
operações e processos para efetuar suas obrigações no tempo, custo e com a
qualidade devida. Este modo de gestão, opera na movimentação de produtos
também nas diferentes cadeias produtivas do agronegócio, envolvendo o
conjunto de fluxos dos produtos em todas as atividades importantes, durante o
processo produtivo e o refluxo, como todo o conjunto de atividades relacionadas
a suprimentos, às operações de apoio aos processos produtivos e as atividades
voltadas para a distribuição física dos produtos na comercialização, como
armazenagem, transporte e formas de distribuição dos mesmos. Neste sentido,
dentro da participação logística no agronegócio, ela pode ser dividida em três
partes integradas, a logística de suprimentos, logística das operações de apoio
à produção agropecuária e logística de distribuição.

9) (A) Por que razão os aliados bombardearam intensamente serviços de


transporte na Segunda Guerra Mundial? (B) Por que teve tão pouco efeito o
bombardeio estadunidense para parar o fluxo de tropas e material inimigo
durante a Guerra do Vietnã?
(A) Para limitar o acesso a alimentos, combustíveis, munição, armamentos,
etc.
(B) A operação teve quatro objetivos principais que evoluíram ao longo do tempo:
elevar o moral do regime do Vietnã do Sul, persuadir o Vietnã do Norte a cessar
o seu apoio à insurgência comunista no sul sem ter que realmente enviar
qualquer força terrestre ao norte comunista, destruir o sistema de transportes, a
base industrial e as defesas aéreas do Vietnã do Norte, e por um fim no fluxo de
homens e materiais ao Vietnã do Sul. A realização destes objetivos se mostrou
muito dificil devido as restrições impostas aos Estados Unidos e seus aliados
pelas exigências da Guerra Fria e devido ao maciço apoio dado ao Vietnã do
Norte por seus aliados comunistas, a União Soviética e a República Popular da
China.

10) Quais são as alternativas para os serviços e funções desempenhadas


pelo transporte de pessoas e bens (a) dentro de áreas urbanas, (b) entre
áreas urbanas ou entre áreas urbanas e rurais?
Dentro das áreas urbanas as alternativas são: Ônibus; Trem; Metrô; Vlp; Vlt;
Taxi; Caminhões; Motos; e Bicicleta.
Entre áreas urbanas e rurais: Caminhões para transporte de passageiros
conhecido como (pau de arara); Ônibus; e Carroças.

11)(a) Se hoje é privado de sua carteira de motorista, que problemas seriam


apresentados? (B) Que grupos comunidade teria problemas semelhantes?
(A) Sem a carteira de motorista, eu teria que começar a utilizar os transportes
públicos, o que acabaria mudando um pouco a minha rotina. Eu preciso do carro
para resolver os problemas do dia a dia, ir para a faculdade, academia etc, e
tendo que usar o transporte público, teria que mudar meus horários e abrir mão
de algumas atividades.
(B) Para a comunidade seria algo semelhante, e traria um transtorno maior para
os taxistas e motoristas que utilizam a carteira para sua profissão.

12) Qual o papel desempenhado pelo transporte de: (a) o crescimento das
áreas suburbanas e (b) nos problemas internos de cidades?(A)- O transporte
encurta a distância entre o subúrbio e o centro colaborando para o crescimento
daquele local.

(B)- Auxilia e melhora a locomoção das pessoas, melhora a economia local,


valoriza os imóveis e aquece o comércio.

13) Que política externa poderia ter os Estados Unidos hoje em aviões e
foguetes, se não tivessem inventado?
Política de importação de tecnologia.
14) Através de um diagrama de fluxo ou esboço mostrando diferentes
estágios em que o custo de transporte aumentou o preço dos alimentos
ou o preço de venda dos carros.
Hoje, 10 ou 15% do preço de um produto é devido aos custos de transporte e
distribuição. Os custos de transporte, dependendo do número de proprietários
de veículos e viagens diárias entre as cidades pode representar até 10 ou 20%
do orçamento de uma casa moderna.
Desta forma, os custos dos alimentos são diretamente influenciados pelo custo
do transporte desses insumos. Outrossim, quanto mais distante a obtenção da
matéria prima e/ou produto, maior será o custo que chegará ao consumidor final.
O aumento da produtividade do transporte e a diminuição dos preços unitários
foram alcançados ao longo dos anos para transformar e tornar os sistemas de
transporte mais complexos.

15) Explique até que ponto a economia dos EUA está relacionada com (a)
a indústria e os transportes rodoviários (b) transporte em geral.
(a) A chamada “Indústria dos transportes” dos Estados Unidos tem 3,4 milhões
de motoristas de caminhão, mais de 600 mil transportadoras interestaduais
registradas, 97% delas operando com menos de 20 caminhões.
Elas transportam 10,7 bilhões de toneladas de cargas e têm uma receita de
fretes de US$ 623 bilhões por ano. Possuem 26,5 milhões de caminhões para
fins comerciais, dos quais 3,5 milhões da classe 8, os caminhões pesados e
extrapesados.

(b) Os Estados Unidos possuem uma extensiva malha rodoviária, ferroviária e


hidroviária. De fato, a quilometragem destas malhas são as maiores do
mundo em suas respectivas categorias. Existem cerca de 75 mil quilômetros
de rodovias e vias expressas de alta capacidade. Para cada 100 habitantes,
existem cerca de 75 veículos motorizados (carros, caminhões e ônibus) e
56,1 automóveis. Caminhões transportam cerca de um quarto de toda a carga
transportada no país. Trens transportam cerca de 35% de toda a carga
transportada no país, enquanto respondem por apenas 1% dos passageiros
movimentados. O contrário acontece com as linhas aéreas americanas, que
transportam 18% dos passageiros, mas menos de 1% da carga no país. O
mercado estadunidense de passageiros no setor aéreo é a maior do mundo.
Nova Iorque, Chicago, Atlanta, Los Angeles, Dallas, Washington, DC e San
Francisco destacam-se como grandes centros aeroportuários.