Vous êtes sur la page 1sur 2

Objeto direto e indireto

Para que possamos compreender melhor sobre este tema, é de fundamental


importância sabermos que o objeto direto e o indireto ligam-se ao predicado.

Ao falarmos sobre o predicado, logo nos lembramos da presença do verbo. Observe o


exemplo:
Mariana adora trufas de chocolate.
A informação que temos sobre Mariana é que ela adora trufas de chocolate. Portanto,
já reconhecemos o predicado, no qual o verbo “adorar” é a palavra principal.

Imagine como ficaria o sentido desta oração se resolvêssemos dizer somente que
“Mariana adora”.

Mas ela adora o quê? Poderia ser doces, frutas, passear, ir ao clube, ao cinema, entre
outros.

Então, o termo que complementou o sentido da forma verbal “adora” denomina-se


“objeto direto”.

Observe agora este caso:

O bebê precisa de muito cuidado.

Essa oração também ficaria sem sentido se não houvesse um complemento para a
forma verbal “precisa”. Desta maneira, o complemento – “de cuidado” é denominado
de “objeto indireto”.

Vamos agora entender a diferença entre objeto direto e indireto:


Para descobrirmos o objeto direto, sempre fazemos a pergunta ao verbo por meio de
alguns termos, como: “O quê? Quem?”
Ex: Eu li a história. “A história” é o objeto direto.

Percebemos que o verbo não é acompanhado de preposição.

Para o objeto indireto, fazemos a pergunta ao verbo utilizando os termos: “De que? De
quem? Em quê? Em quem? A quê? A quem?

Ex: Eu acredito em você. “Em você” é o objeto indireto.

Sempre o objeto indireto virá acompanhado pela preposição.


Aí vai um lembrete especial:

Em uma mesma oração poderá ocorrer tanto o objeto direto quanto o indireto.

Ex: Eu emprestei o brinquedo para meu amigo.

O brinquedo – objeto direto


Para meu amigo – objeto indireto
Exercícios
1- Classifique os termos sublinhados de acordo com o seguinte código:
OD- Objeto direto
OI- Objeto indireto
a) Esse garoto desconfia das pessoas. (oi)
b) Eles encontraram o documento. (od)

c) O trabalho produz a riqueza e a felicidade. (od)

d) O Dourado se alimenta de outros peixes. (oi)

e) O agricultor deve ao Banco. (oi)

f) Carlos gosta de Luciana. (oi)

g) Não vejo ninguém. (od)

2- Classifique e responda segundo o modelo, os complementos nas frases


abaixo de acordo com a seguinte legenda:

OD – Objeto Direto OI – Objeto Indireto ODI – Objeto Direto e Indireto


a) Prefiro cinema a teatro. Cinema a teatro – ODI
b) Nunca namorei essa garota. Essa garota – OD
c) Obedeça à sinalização! À sinalização – OI
d) Quem queria os doces eram as crianças. Os doces – OD

3- Qual das frases abaixo não tem objeto direto?


a) Caroline ama a Deus. direto
b) Maria vendia doces. direto
c) Dolly pediu um pouco de silêncio. Direto
d) A avó obedeceu a sua tia. indireto

4- Na expressão “Comprei um novo aparelho” o trecho em destaque é um


complemento do verbo “comprar”, logo é:
a) Objeto indireto b) Objeto direto e indireto
c) Objeto direto d) Nenhuma das respostas