Vous êtes sur la page 1sur 6

Olimpíadas FPU 2016 - 2

EDITAL

COMPETIÇÃO DE FONTES RETIFICADORAS

1. Disposições Gerais

1.1. Tema do Concurso

A tarefa proposta é a construção e o teste de carga de uma fonte retificadora linear,


composta por quatro blocos, a saber: Transformador, Etapa Retificadora, Filtragem indutiva e/ou
capacitiva e Circuito de Controle para estabilização da saída, utilizando componentes eletrônicos
dos reciclados eletrônicos (placas de sucatas eletrônicas), conforme especificado no regulamento do
concurso. A fonte deve ser capaz de alimentar diversos tipos de cargas, mantendo-se a saída a mais
linear possível. A construção da fonte deverá ser precedida da análise do circuito elétrico,
contemplando o cálculo do valor médio bem como o cálculo da máxima potência teórica fornecida.

1.2. Equipes

O trabalho deverá ser realizado em grupos formados, com o número máximo de SETE (7)
integrantes.

2. Objetivo do Projeto

 Aplicar conhecimentos básicos de “Circuitos Elétricos I” “Eletrônica Básica" e “Eletrônica analógica”


para resolver problemas de Engenharia.
 Projetar fontes retificadoras simples.
 Colocar em prática o que é estudado e abordado dentro das salas de aula.
 Estimular a criatividade e aceitação de novos desafios explorando trabalho em equipe e
competitividade.

1
3. Premiação

1 Lugar: Jantar para todos os integrantes do grupo.

4. Justificativa

Ao construir uma fonte retificadora previamente projetada, o estudante estará apto a:

 Elaborar conceitos técnicos de relevância sobre dimensionamento de uma fonte DC;


 Aplicar técnicas de construção e montagem de fontes que atendam a determinadas cargas
elétricas;
 Trabalhar com confiança, sabendo que sua fonte irá alimentar a carga estabelecida com sucesso,
desde que realize e implemente o que foi projetado;
 Aprender sobre os desafios enfrentados pelos projetistas de verdade, os quais muitas vezes
são requisitados para construírem fontes que alimentem as mais variadas cargas elétricas.

5. Resultados do aprendizado

Como resultados das atividades propostas, você estará apto à:

 Elucidar o quê é um diodo retificador.


 Identificar os principais componentes de uma fonte retificadora.
 Identificar os vários tipos de fontes retificadoras.
 Explicar os conceitos fundamentais de engenharia elétrica: Tensão, corrente, potência, conversão
AC/DC, filtragem e estabilização.
 Explorar como uma fonte DC retifica (como cada componente individual do circuito contribui para
que toda a rede trabalhe bem e atenda às exigências da carga).
 Ver como a qualidade de montagem do circuito afeta o desempenho da fonte DC.

2
6. Regulamento do concurso

6.1. Disposições Gerais

6.1.1. Cada grupo poderá participar com apenas uma Fonte DC de 12 volts.
6.1.2. As inscrições na competição serão realizadas pelo site da Faculdade Politécnica de
Uberlândia.
6.1.3. Antes da realização dos testes de carga das fontes, cada grupo deverá apresentar uma
estimativa da potência elétrica máxima de sal fonte POR ESCRITO.

6.2. Normas para a construção da fonte

6.2.1. Só será permitido o uso de Componentes reciclados de sucatas eletrônicas. Se questionado,


o grupo deverá apresentar uma foto da sucata que contenha componente em questão.

6.2.2. A fonte deverá ser capaz de manter um comportamento linear quando da variação da carga
elétrica.

6.2.3. A fonte deverá ser indivisível, isto é, composta de um único corpo, sem circuitos auxiliares
que afetem a desempenho da fonte.

6.2.4. A fonte deverá ser acomodada em um recipiente próprio, devidamente protegido, no entanto,
disponível para a verificação de seus componentes e de sua montagem.

6.2.5. O peso-próprio da fonte não poderá ser superior a 400 g.

6.3. Normas para apresentação da ponte

6.3.1. Cada grupo deverá entregar o projeto na forma de relatório com as seguintes informações:
6.3.1.1. Nome do grupo.
6.3.1.2. Nome da Instituição, componentes do grupo com nomes, cursos e períodos.
6.3.1.4. Potência máxima estimada (a utilização de Softwares simuladores é liberada).
6.3.1.5. Custo de materiais para montagem da fonte, caso fossem comprar os componentes.
6.3.1.6. Peso-próprio da estrutura

3
6.4. Normas para a realização dos testes de carga

6.4.1. A ordem da realização dos testes de carga das fontes corresponderá, por ordem das inscrições.
6.4.2. Cada grupo indicará um de seus membros para a realização do teste de carga de sua fonte.
6.4.3. No momento da entrega de cada fonte, membros da comissão de fiscalização do concurso
procederão à pesagem e análise dos componentes e da montagem, verificação do comprimento das
prescrições deste regulamento.
6.4.4. A carga elétrica a ser usada será do tipo resistivo. Ela será conectada na saída da fonte, com
esta desligada. Com um amperímetro e um voltímetro respectivamente em série e paralelo a esta
saída, variando o valor da carga, seus dados serão coletados e lançados em uma planilha eletrônica
para geração das curvas Tensão x Corrente.

6.4.5. Após a aplicação da carga, está será variada de forma a se obter de 5 a 8 leituras nos
instrumentos de medição.

6.4.6. Caso ocorra a queira ou qualquer situação de instabilidade, a comissão julgadora poderá
interromper o ensaio, considerando a última leitura para a avaliação da capacidade.

6.5. Julgamento

6.5.1. Como critérios gerais de julgamento dos trabalhos apresentados serão considerados: Estética;
Potência Máxima e Linearidade de Tensão x Corrente elétrica.

6.5.1.1. Estética: será responsável por 10 pontos da nota final (10%).

6.5.1.2. Estimativa do valor da máxima potência será responsável por 10% da nota final. A equipe
que estiver dentro da margem de erro de até ±10% atingirá nota máxima neste quesito, ou seja, 10
pontos.

6.5.1.3. Eficiência: será responsável pelo complemento da nota final (80%). A eficiência será
estimada pelo comportamento da fonte (linearidade), observando os valores de Tensão x Corrente e
posterior plotagem do gráfico em planilha eletrônica Excel, durante a variação da carga elétrica.

4
6.5.2. A nota final será a soma das notas parciais:

N F = N1 + N2 + N3 (6.1)

An é a nota que decide qual a equipe vencedora.

 N1 é a nota parcial da estética (variando de 0 a 10 pontos)


 N2 é a nota parcial da estimativa da potência máxima (variando de 0 a 10 pontos)
 N3 é a nota parcial da eficiência (20 pontos para cada carga elétrica testada pela fonte).

6.6. Cronograma

6.6.1. O evento ocorrerá no dia 17 de NOVEMBRO de 2016, na Unidade Karaíba, em Uberlândia –


MG.

6.6.2. As equipes deverão apresentar-se às 20h30min;

6.6.3. A competição terá o seu início ás 21h00min;

6.6.4. Logo após a competição será realizada a contabilização de todos os pontos e a divulgação dos
vencedores.

6.7. Considerações Finais.

6.7.1. Os autores declaram que os trabalhos entregues são frutos de suas legítimas criatividades e
autorias, não configurando plágio nem violação a qualquer direito de propriedade intelectual de
terceiros, eximindo a organização do evento e todos envolvidos de qualquer responsabilidade
decorrente da inveracidade desta declaração;

6.7.2. Os autores, desde já, autorizam a organização do concurso a divulgar os seus protótipos, por
qualquer meio, bem como fotografias, tanto das suas obras como suas e a qualquer tempo;

6.7.3. A premiação ocorrerá ao término do julgamento no local do evento.

5
6.7.4. Será de responsabilidade do grupo danos ou perdas, totais ou parciais, que possam ocorrer
com os trabalhos concorrentes, por ocasião do manuseio, funcionamento, etc.

6.7.5. A organização do concurso não se responsabilizará por acidentes na confecção dos protótipos
ou qualquer outra situação decorrente do desafio que venham a ocorrer com o uso de equipamentos,
máquinas, etc.

6.7.6. Qualquer problema, dúvida ou ocorrência não contemplada neste regulamento, deverá ser
analisada pela comissão organizadora, sendo sua decisão irrevogável.

6.7.7. A comissão organizadora reserva-se no direito de anular qualquer dos trabalhos que não
respeitem todos os requisitos do regulamento.

7. Dúvidas e informações

7.1. Qualquer esclarecimento e mais informações sobre o desafio podem ser solicitados diretamente
aos Professores Engenheiro Eletricista M.Sc. Espedito Rodrigues pelo e-mail:
espeditofpu@gmail.com ou Engenheiro Eletricista M.Sc. Eng. Vlamir Botelho Ferreira pelo e-mail
vlamir@vtec.eng.br.

7.2. As equipes devem ser formadas por (7) integrantes,


7.3. O prazo de inscrição termina no dia 14/10/2016.
7.4. Para realização das competições devem ter no mínimo três (3) equipes inscritas.

___________________________________________________.
Juliano Augusto Borges Soares
Coordenador das Engenharias da
Faculdade Politécnica de Uberlândia