Vous êtes sur la page 1sur 2

JUSTIFICATIVA

A presente pesquisa surge das inquietações referentes ao aumento da situação de criminalidade


do roubo de assessórios nos bairros urbanos da cidade de Maputo, que a partir da análise da
actuação das entidades policiais na manutenção da ordem e tranquilidade pública, capaz de
garantir segurança aos cidadãos e os seus bens na cidade de Maputo.

A escolha do presente tema, prende-se com facto de a autora ser um dos que sofreu com roubo de
acessórios, como espelho, faróis, e ter constatado que a continuada prática do conhecimento
desta pratica do cometimento desta pratica do tipo legal que tem influenciado em grande medida,
negativamente a imagem da corporação, criando o sentimento de insegurança por parte da
população que espera da policia uma resposta mais eficaz no combate deste casos.

A nível institucional, a pesquisadora tenciona contribuir com ideias e medidas visão o


melhoramento de acções e envolvimento eficiente dos agentes no combate ao crime conducentes
a identificação dos criminosos procurados.

Uma vez concluída a pesquisa, os seus resultados poderão trazer um contributo no cenário da
estabilidade social através da melhoria do clima de segurança e consequentemente a diminuição
do sentimento de insegurança dos frequentadores da cidade de Maputo.

Igualmente ao nível académico e científico, a pesquisa vai contribuir para o aumento do acervo
documental em matérias policiais que possam servir de consulta.

No contexto ambiental, a pesquisa será importante na medida em que permitir uma reflexão por
partes da policia na cidade de Maputo sobre o roubo de acessórios das viaturas, pois permitira
que, com base nos resultados da pesquisa, o que pode ser melhorado a nível social para que os
serviços oferecidos sejam de qualidade e garantam a ordem e tranquilidade no seio da população
desta cidade.

No contexto tecnológico, esta prática pode de certa forma criar insegurança daqueles que
pretendem investir na cidade de Maputo uma vez que deparando com situações de invasão dos
bens, dentre eles, extracção de assessórios nas suas viaturas! Porque não se pode investir numa
cidade que está em apuros quanto à sua segurança num todo.
No contexto económico, esta prática instala o sentimento de medo e insegurança daqueles que
fazem turista nesta cidade, empresários e agentes económicos nacionais e internacionais que de
certa pode gerar dúvidas nas pretensões destes em investir nesta cidade das acácias apesar de ser
um crime em pequena espécie.

Por fim, no contexto político, espera-se que a presente pesquisa contribua para a realização de
uma avaliação da eficácia na aplicação das políticas de protecção social no geral com o intuito de
reduzir dos níveis alarmantes de roubos de acessórios de viaturas na cidade de Maputo.

Por isso que, as recomendações a serem produzidas pelo presente projecto de pesquisa poderão
contribuir não apenas para o combate do crime em causa mas também o impacto na tranquilidade
e segurança da população e, consequentemente na imagem da PRM através do aumento da
eficácia da sua actuação.

O estudo reveste-se de grande importância científica e social na medida em que pretende


contribuir para uma melhor compreensão as motivações que levam os jovens a engrenar no
mundo de roubos de assessórios de viaturas, bem como pretende trazer elementos novos no
campo científico baseando-se no delineamento das estratégias com vista a desencorajar a esta
prática.

A pertinência de o estudo ser realizado, resulta do facto de ser um tema que tem sido objecto de
variados debates dentro do espaço público, político, média e académico porque trata-se de um
assunto que preocupa a sociedade em geral. Por outro lado, o crime de roubo de assessórios das
viaturas se constitui como um fenómeno social passível de ser estudado na AP.

Portanto, com este estudo esperamos contribuir para o conhecimento científico e reforçar as
abordagens sobre a problemática do crime de roubo de assessórios de viaturas em Moçambique.