Vous êtes sur la page 1sur 7

Interbits – SuperPro ® Web

1. (Eear 2019) Uma criança gira no plano horizontal, uma pedra com massa igual a 40 g
presa em uma corda, produzindo um Movimento Circular Uniforme. A pedra descreve uma
trajetória circular, de raio igual a 72 cm, sob a ação de uma força resultante centrípeta de
módulo igual a 2 N. Se a corda se romper, qual será a velocidade, em m s, com que a pedra
se afastará da criança?
Obs.: desprezar a resistência do ar e admitir que a pedra se afastará da criança com uma
velocidade constante.
a) 6
b) 12
c) 18
d) 36

Resposta:

[A]

Utilizando a relação da força centrípeta, temos:


mv 2
Fcp 
R
40  103  v 2 2  72
2  v2   36
2
72  10 4
v  6 m s

2. (Unesp 2017) Em um edifício em construção, João lança para José um objeto amarrado a
uma corda inextensível e de massa desprezível, presa no ponto O da parede. O objeto é
lançado perpendicularmente à parede e percorre, suspenso no ar, um arco de circunferência
de diâmetro igual a 15 m, contido em um plano horizontal e em movimento uniforme, conforme
a figura. O ponto O está sobre a mesma reta vertical que passa pelo ponto C, ponto médio do
segmento que une João a José. O ângulo θ, formado entre a corda e o segmento de reta OC,
é constante.

Considerando sen θ  0,6, cos θ  0,8, g  10 m s2 e desprezando a resistência do ar, a


velocidade angular do objeto, em seu movimento de João a José, é igual a

Página 1 de 7
Interbits – SuperPro ® Web

a) 1,0 rad s.
b) 1,5 rad s.
c) 2,5 rad s.
d) 2,0 rad s.
e) 3,0 rad s.

Resposta:

[A]

A figura 1 destaca o raio da trajetória efetuada pelo objeto.

AB  15 m
AB
R  7,5 m
2

A figura 2 mostra as forças (e componentes) agindo sobre o objeto.

Equacionando o movimento:

Página 2 de 7
Interbits – SuperPro ® Web

F  F  F sen θ  m ω2 R
 x cp sen θ ω2 R g sen θ 10(0,6) 6
    ω   
 y
F  P  F cos θ  m g cos θ g R cos θ 7,5(0,8) 6

ω  1rad s.

3. (Pucpr 2017) Numa pista de corrida sobrelevada, deseja-se verificar a inclinação da pista
numa curva de raio igual 60 3 m sem considerar o atrito, onde o carro possa desenvolver
uma velocidade de 72 3 km h.
Na figura a seguir, estão representados o carro de corrida e a pista numa perspectiva frontal,
em que θ é a inclinação da pista. Considere g  10 m s2 .

Qual a inclinação da pista de corrida para que a segurança do piloto não dependa do atrito
entre a pista e os pneus do carro?
a) 40.
b) 30.
c) 25.
d) 35.
e) 45.

Resposta:

ANULADA

Para a resolução do problema vamos analisar o diagrama de forças da pista inclinada:

Desconsiderando o atrito entre a pista e os pneus:


v2
m
F v2
tan θ  c  tan θ  R  tan θ 
P mg Rg

Página 3 de 7
Interbits – SuperPro ® Web

Substituindo os valores e transformando as unidades da velocidade para o Sistema


Internacional (S.I.), temos:
2
 1m s 
 72 3 km h  
v2  3,6 km h  2
tan θ    tan θ  3
2
Rg 60 3 m  10 m s 3

E, finalmente calculando o arco tangente deste valor, temos o ângulo da pista:


2
θ  arc tan 3  θ  49,1
3

Questão anulada pela banca por não fornecer nenhuma alternativa com a resposta correta.

4. (Uemg 2017)

A figura representa o instante em que um carro de massa M passa por uma lombada existente
em uma estrada. Considerando o raio da lombada igual a R, o módulo da velocidade do carro
igual a V, e a aceleração da gravidade local g, a força exercida pela pista sobre o carro, nesse
ponto, pode ser calculada por
MV 2
a)  Mg
R
MV 2
b) Mg 
R
MR2
c) Mg 
V
MR2
d)  mg
V

Resposta:

[B]

Questão envolvendo a dinâmica no movimento circular uniforme, em que a força resultante no


ponto mais alto da lombada é representado na figura abaixo:

Página 4 de 7
Interbits – SuperPro ® Web

A resultante das forças é a força centrípeta:


M v2 M v2
Fr  Fc  P  N   Mg  N 
R R
M v2
 N  Mg 
R

5. (G1 - ifsul 2018) Uma caixa encontra-se em repouso sobre um plano inclinado, o qual forma
um ângulo θ com a horizontal. Sabe-se que a caixa está submetida à ação de uma força F,
indicada na figura a seguir, cujo módulo é igual a 25 N, e que existe atrito entre superfície de
contato da caixa e do plano. Considere a aceleração da gravidade igual a 10 m s2 , o
coeficiente de atrito estático entre as superfícies de contato igual a 0,5, o cos θ  0,8, o
senθ  0,6 e a massa da caixa igual a 10 kg.

A força de atrito estático entre as superfícies de contato do corpo e do plano tem módulo igual
a
a) 35 N e mesmo sentido da força F.
b) 35 N e sentido contrário ao da força F.
c) 40 N e mesmo sentido da força F.
d) 40 N e sentido contrário ao da força F.

Resposta:

[A]

De acordo com o diagrama de forças abaixo.

Página 5 de 7
Interbits – SuperPro ® Web

No eixo normal ao plano temos:


N  Py  P  cos θ

No eixo paralelo ao plano inclinado, temos:


Px  F  Fat
P  sen θ  F  Fat
m  g  sen θ  F  Fat
Fat  m  g  sen θ  F
Fat  10  10  0,6  25  Fat  35 N

A força de atrito aponta no mesmo sentido de F.

Página 6 de 7
Interbits – SuperPro ® Web

Resumo das questões selecionadas nesta atividade

Data de elaboração: 28/08/2019 às 15:43


Nome do arquivo: Complemento - 3° AP ITA

Legenda:
Q/Prova = número da questão na prova
Q/DB = número da questão no banco de dados do SuperPro®

Q/prova Q/DB Grau/Dif. Matéria Fonte Tipo

1 ............. 182508 ..... Baixa ............. Física............. Eear/2019 ............................ Múltipla escolha

2 ............. 165558 ..... Média ............ Física............. Unesp/2017.......................... Múltipla escolha

3 ............. 164377 ..... Média ............ Física............. Pucpr/2017........................... Múltipla escolha

4 ............. 167254 ..... Média ............ Física............. Uemg/2017 .......................... Múltipla escolha

5 ............. 184101 ..... Média ............ Física............. G1 - ifsul/2018...................... Múltipla escolha

Página 7 de 7

Centres d'intérêt liés