Vous êtes sur la page 1sur 2

Método Dedutivo

Usado nas ciências matemáticas, parte daquilo que já se sabe, das conclusões
já estabelecidas, para, por meio do raciocínio, chegar a uma questão particular,
uma conclusão. Parte do macro para o micro.

1.6.2 Método Hipotético-Dedutivo

Questiona os conceitos já existentes, a fim de criar novos conhecimentos. De


acordo com GIL (1999), uma hipótese pode ser confirmada por meio do método
dedutivo, enquanto que para derrubar uma hipótese, é possível valer-se do
método hipotético-dedutivo, validando assim a verificação da conclusão a que
se chegou.

1.6.3 Método Dialético

Típico das pesquisas qualitativas tem por característica a interpretação


dinâmica e totalizante da realidade. Nela, os fatos não podem ser considerados
fora de um contexto social (GIL, 1999).

1.6.4 Método Fenomenológico

Ocupa-se da descrição de uma experiência vivida, a fim de descobrir as


estruturas a ela correspondentes. É muito usado para esclarecer um fenômeno,
esclarecendo os fatos que lhe são pertinentes. Não parte de leis, não é
dedutivo e nem empírico. Ocupa-se da descrição da essência, é puramente
descritivo (GIL, 1999; LAKATOS e MARCONI, 2000).

1.7 Tipos de pesquisa científica

As pesquisas científicas podem ser classificadas de várias formas. Neste


estudo, utilizaremos as formas apresentadas por Gil (1999), Andrade (2006) e
Cervo et. al. (2007), ao apontarem as formas mais tradicionais de classificação.
De acordo com os autores, as pesquisas podem ser classificadas conforme:

· Natureza ou finalidade
· Forma de abordagem
· Procedimentos técnicos
· Objetivos

1.7.1 Quanto à natureza ou finalidade

Nesse campo, podemos citar a Pesquisa Básica, também conhecida por


Pesquisa Pura, e a Pesquisa Aplicada. A Pesquisa Básica contribui com a
ciência por meio dos novos conhecimentos que são gerados. Neste tipo de
pesquisa, não há a preocupação de aplicação prática ou imediata dos
resultados. Já a Pesquisa Aplicada volta-se para a solução de problemas
específicos.

1.7.2 Quanto à forma de abordagem do problema

Nesse campo temos as Pesquisas Quantitativas e as Pesquisas Qualitativas.


A Pesquisa Quantitativa organiza os estudos por meio de quantidades,
utilizando números, opiniões e informações, a fim de classificá-los.
Já a Pesquisa Qualitativa tem o seu foco no processo, interpretando os fatos,
dando-lhes significado.

1.7.3 Quanto aos procedimentos técnicos

São vários os procedimentos técnicos que podem classificar as pesquisas.


Assim, temos: Pesquisa Bibliográfica; Pesquisa Documental; Pesquisa
Experimental; Levantamento; Estudo de caso; Pesquisa Expost-Facto;
Pesquisa-Ação; Pesquisa Participante.

Pesquisa Bibliográfica: De acordo com Gil (1999): “A pesquisa bibliográfica é


desenvolvida com base em material já elaborado, constituído principalmente de
livros e artigos científicos”. O autor esclarece que embora quase todos os
estudos exijam a pesquisa bibliográfica, há pesquisas desenvolvidas
unicamente a partir delas.

Pesquisa Documental: É a pesquisa realizada a partir de documentos,


contemporâneos ou retrospectivos. Dela fazem parte as tabelas, os índices,
cartas, pareceres, fotografias. É muito usada no campo das Ciências Humanas.