Vous êtes sur la page 1sur 53

Autocad 2d e 3d

Autor:
Cristiano Pinto Dutra
AutoCAD EM DUAS DIMENSÕES

O curso dado aqui é um modelo do que ensino na Escola


Politécnica. Ele é dado semanalmente no primeiro semestre e
aqui vou colocar todos os comandos importantes fazendo uma
breve explicação e em seguida darei as coordenadas de como
utilizar cada comando passo a passo.
Chamo esse curso de "Relâmpago pois não me preocupo em
ficar dando definições complexas e, geralmente o que os alunos
querem é ir direto ao assunto e o AutoCAD permite isso.

Iniciando o curso
Quando colocamos o AutoCAD para funcionar muitas vezes
gostaríamos de mudar a cor da tela. No CAD R12, por exemplo,
ela é preta. Antes de mudarmos a cor vou falar como e onde
ativar os comandos
Bem, a primeira coisa que podemos analisar no programa
AutoCAD logo que começamos a utilizá-lo é a presença da tela
principal onde temos o menu superior que acessamos pelo
mouse e o menu inferior para o qual utilizamos o teclado. Esse
curso vai se apoiar no uso do teclado pois a partir daí esses
comandos podem ser aceitos tanto na versão R12 como na R13 e
a última versão R14.
Ao movimentarmos o mouse o cursor irá se deslocar na tela. A
folha de desenho apresenta dimensões indefinidas e o seu
monitor destaca apenas parte dessa folha de desenho.

Como Mudar a Cor da Tela


Primeiro digite no menu inferior "preferences"
Command: Preferences
Em seguida vai aparecer em sua tela um menu de opções. Clique
na guia Display.Clique no botão Color. A partir daí é só escolher a
cor e depois dar OK que vai funcionar.

Primeiros Comandos

Line

No menu inferior você verá escrito: "Command:" Em seguida


digite: line
Command: line (Em seguida tecle Enter ou clique com o botão
direito do mouse)

Há três maneiras de se fazer uma linha:

Primeira maneira: Coordenadas Absolutas

É como em geometria analítica:


Command: line (ou digite apenas l)
From point: 0,0
To point: 10,5

Caso a reta não apareça na tela experimente usar zoom all

Para cancelar qualquer comando aperte Esc (CAD 14) ou Ctrl+C

Segunda maneira: Coordenadas Relativas

Você vai digitar primeiro o deslocamento na direção x(delta x) e


em seguida na direção y(delta y)
Command: line
From Point: 5,5
To Point: @5,10 (o delta x vale 5 e o delta y vale 10)
Obs: Para apagar o excesso de linhas use erase

Terceira maneira: Coordenadas Polares

Você fornece o comprimento do segmento e em seguida o ângulo


em relação ao eixo x
Command: line From Point: 20,30
To Point: @100<30

Comandos bastante importantes

Erase
O nome diz tudo
Volta ao line Command: Erase (e)
Select objects: Clique nas linhas que quiser apagar Caso queira
apagar tudo digite "all"
Zoom
Volta ao line
Command: zoom
Digite "all" para que tudo que estiver em seu desenho passe a
aparecer em sua tela

Undo/Redo

Aconte muitas vezes de se utilizar algum comando e você se


arrepender. Logo existe o comando undo que, por exemplo, você
apagou uma linha (ou todas) e quer voltar atrás basta digitar
"undo"
Command: undo

O comando Redo anula o último comando undo utilizado


Command: redo

Continuação do Curso

Parte dois do curso de CAD 2D

Após estudarmos os primeiros conceitos essa parte


complementa os comandos fundamentais do CAD em duas
dimensões. Então vamos iniciar a parte 2

Circunferências
Command: circle
Em seguida dê as coordenadas do centro desta circunferência
Agora dê o raio

A segunda maneira de se fazer uma circunferência no CAD é:

Command: circle
3P/2P/TTR/(center): 3p
Como se pode fazer apenas uma cirunferência com 3 pontos não
alinhados clique em três pontos na tela ou digite a coordenada de
cada um destes pontos e você terá sua circunferência

A terceira maneira é clicar em dois pontos onde a circunferência


vai tangenciar e dar o raio desta circunferência

Command: circle
3P/2P/TTR/(center):ttr
Clique em duas figuras onde sua circunferência tangenciará
Dê o raio adequado a essa circunferência que você fará

Move
Move figuras na tela

Command: move(m)
Clique nos objetos que deseja mover ou enquadre-os clicando
num ponto e arrastando o mouse até enquadrá-los
Digite as coordenadas dum ponto onde o CAD vai "segurar" sua
figura Digite as coordenadas dum ponto onde você quer colocar
essa figura, isto é o ponto onde aquele primeiro que voce digitou
vai coincidir

Copy
Copia o que você selecionar e colocará em algum lugar
Command: copy
Siga os mesmos passos do comando move

Pan
Move a tela sem alterar as coordenadas de suas figuras
Command: pan
No CAD R14 aparecerá uma pequena representação de uma mão.
Quando você clicar nela e arrastar você vai movimentar a tela
para poder posicionar melhor seu desenho.

Trim
Esse comando apara linhas que se interceptam

Command: trim
Select objects: all (SEMPRE DIGITE ALL)
Pressione "Enter"
Clique nas partes onde você deseja aparar

Arcos
Você pode acionar o comando "arc"pelo teclado digitando:

Command: arc

Como há várias maneiras de se fazer um arco é melhor acessar


pelo menu superior:
Clique em: Draw Em seguida clique em Arc Escolha uma das
opções para construir o arco

Polígonos
Command: polygon
Digite o número de lados que se deseja
Agora você tem duas opções para fazer seu polígono:

Primeira opção

Digite "edge"
Clique em dois pontos da tela ou de as coordenadas de dois
pontos para que o CAD possa, construir esse lado.
A partir desse lado o AutoCAD fará automaticamente os outros
lados do polígono

Segunda Opção

Clique num ponto ou dê a coordenada desse ponto que será o


centro da circunferência onde
o polígono poderá estar inscrito ou circunscrito

Agora o CAD perguntará se você quer que o polígono é inscrito


ou circunscrito
Digite "I" para inscrito ou "C" para circunscrito

Agora digite o raio dessa circunferência que o CAD cuidará do


resto

Array
Esse comando fará varias cópias do desenho que você
selecionar e em seguida irá posicioná-los em fileiras e colunas
ou como se estivesse nos vértices de um polígono imaginário

Command: array
Select objects: Selecione as figuras que serão usadas
(R)/P:Você tem duas opções para digitar:

Digitando "R"

Essa é a opção de disposição em linhas e colunas


Number of Rows: Digite o número de linhas
Number of Colums: Digite o número de colunas
Agora digite a distância entre as linhas e em seguida entre as
colunas

Digitando "P"

Após digitar "P" você deve determinar o centro de rotação


Clique num local ou digite as coordenadas deste centro de
rotação do Array
Digite o número de ítens
Angle (360): Dê Enter (assim todos os ítens estarão no espaço de
360 graus>
Rotate objects? (Y): Normalmente basta dar Enter. Veja na figura
abaixo a difernça de rodar ou não os objetos

Mirror

Command:: mirror
Select objects: Selecione as figuras
Agora clique em dois pontos onde o CAD colocará um espelho
para refletir as figuras
Agora dê enter para não apagar as figuras-origem
Extend
"Estica" uma linha até uma fronteira selecionada

Command: extend
Select borders: all
Dê enter
Clique nas linhas que você queira extender

Rotate
Roda sua figura na tela
Command: rotate
Select objects: Selecione
Selecione agora um ponto pelo qual o CAD irá "segurar" seu
desenho para rodá-lo
Digite o ângulo de rotação

Offset
Faz segmentos ou curvas "paralelas" à original

Command: offset
Digite a distância utilizada no offset
Select objects: Selecione
Clique para que lado que o offset seja executado

Fillet
Arredonda as "quinas de objetos". Por exemplo, o encontro de
duas linhas

Command: fillet
Digite "R" e dê Enter
Digite o raio do fillet
Command: fillet
Select first: Selecione a primeira linha
Select Second: Selecione outra linha que esteja interceptando a
primeira

Obs.: Caso o fillet não funcione verifique se você digitou um raio


adequado para o fillet
Chamfer
Faz chanfrados

Command: chamfer
Digite "d" e dê enter
First distance: Digite um valor para o primeiro chanfrado
Second distance: Digite o segundo valor
Command: chamfer
Select first: Selecione a primeira linha
Select Second: Selecione outra linha

Pline
Experimente fazer várias linhas seguidas com esse comando e
tente depois clicar nas linhas que você construiu para ver o
resutado

Command: pline
Agora siga os mesmos passos que você utilizaria para fazer uma
linha
Pedit
Muda propriedades de linhas transformado-as em plines e muda
propriedades das polylines (pline)

Command:: pedit
Select: (Se você selecionar uma não pline o CAD pergunta se
você quer transformá-la em uma. Dê Enter.
Agora você tem várias opções:

Digitando j (join)

ESSA É A OPÇÃO MAIS IMPORTANTE QUE SERÁ USADO


AMPLAMENTE NO CAD 3D

Após digitar "j" e der Enter você selecionará as linhas as quais


você quer transformar em plines

Digitando "w"

Aqui você ajusta a grossura da linha


Basta digitar a nova grossura e ver os resultados

Digitando "f"

Você fará com que um conjunto de linhas retas se transfomem


em curvas

Osnap
ESTE É UM COMANDO MUITO IMPORTANTE. Permite que você
selecione com precisão finais de linhas (end), intersecções (int),
centros de circunferência (cen), perpendicularismo (per) e meios
de linha (mid)
Toda a vez que voce quiser selecionar algum destes pontos basta
escrever seu correspondente

Exemplo: Command:: Copy


Selecione os objetos
Base point: end
Leve o cursor até o fim de uma linha e clique
Digite int dê Enter e clique na intersecção de linhas ou arcos

Você tambem pode fazer o seguinte:


Command: osnap
Selecione os quadros que interessarem e clique em OK

Layer
Permite você colocar como uma folha de plástico na tela para
você desenhar sobre seu desenho

Command: layer
Clique em New
Coloque um nome para o layer
Clique em Current para ativar esse layer

Linetype
Aqui você pode mudar as propriedades de uma linha como sua
cor e o tipo de linha como, por exemplo, tracejada.

Command: linetype
Digite "l" (load) para o CAD carregar as linhas
No CAD R12 digite * para carregar todas
Selecione o tipo de linha que você deseja
Command: DDCHPROP
Clique na linha e dê Enter
Clique em Linetype
Selecione o novo tipo de linha

Ltscale
Pode ser que o último comando pareça não ter funcionado.
Talvez seja necessário mudar a escala dessa linha:

Command: ltscale
New factor: (Digite um outro valor)

UCS
Muda o sistema de coordenadas

Command: UCS
Digite "o" e dê Enter
New origin: cen
Clique numa circunferência para que a nova origem seja no
centro dessa circunferência

Outra opção do UCS:

Command: UCS
Digite 3p
Origin: Cique no começo de uma reta
Positive X: clique no final dessa mesma reta (use Osnap)
PositiveY: clique do lado que será a direção do eixo Y
Comandos Complementares

Nesta parte do curso vou apresentar comandos que geralmente


não são ensinados em cursos rápidos porém são fáceis de se
aprender e vão facilitar bastante o uso do CAD.

Dist

Esse comando simplesmente mede a distância entre dois pontos.


Evita o problema de nós precisarmos em várias ocasiões refazer
linhas por não se lembrar do comprimento desta.

Command: dist First point: end (pode ser int, cen,... Depende do
ponto que você quer)
Depois de digitar end clique (nesse caso) no final de uma linha
Second point: end
Mesmo processo

List

Semelhante ao dist, mas ele é mais completo. Além de dar a


distância também indica quanto foi o deslocamento e as
coordenadas da linha ou circunferência.

Command: List
Select objects: Selecione a entidade
Grid e Snap

Eles são muito útil, principalmente quando nosso desenho


apresenta muitas partes retas ou com circunferências.
O "Grid" faz com que a tela do CAD fique com vários pontos
igualmente espaçados na horizontal e na vertical como um papel
"quadriculado" de pontos. O "Snap" permite o mais importante
que é forçar o cursor a ir de encontro sempre a um desses
pontos quando movimentado.

Command: grid
Digite "A" de Aspect
Digite o espaçamento horizontal
Digite o espaçámento vertical

Command: snap

Caso o grid pareça não aparecer na sua tela é provável que, ou o


espaçamento esteja muito grande ou muito pequeno. Faça as
alterações nos espaçamentos que vai dar certo

Digite "A"
Faça como no grid

Outra opção interessante que você tem é de simular um papel


para construções de figuras em perspectiva isométrica. Para isso
basta seguir os passos para ativar o grid já explicado e, em
seguida, o seguinte:

Command: snap
Digite "S" de Style
(S)/(I): i (pois s é standard e i é isométrico)
Dê Enter e pronto

Scale

Já imaginou você ter tido um grande trabalho de fazer uma figura


e, em seguida, precisar fazer outra igual porém de tamanho
reduzido? Sabendo até aqui você deveria fazê-la novamente.
Entretanto o CAD permite a alteração do tamanho de uma figura
da seguinte maneira:

Command: scale
Select objects: Selecione as figuras que aumentarão ou vão
diminuir
Base point: clique num ponto da tela para referência
Reference: Se você quiser dobrar o tamanho digite 2.
Para reduzir à metade digite 0.5
Reference é o valor com o qual o CAD vai multiplicar o tamanho
do desenho
Dimensões

Aqui vou explicar como colocar cotas usando o menu inferior

Command: dim
Dim: Para medir distâncias horizontais digite "hor"
Para distâncias verticais "ver"
Para inclinadas "aligned"
Para medir raio "radius"
Diâmetro: Diameter
Agora clique no primeiro ponto da medida
Clique agora no segundo ponto
IMPORTANTE: Caso não apareça o valor deve-se mudar a escala
da cota da seguinte maneira:

Command: dimscale
New value for DIMSCALE: Coloque um número bem maior do que
o mostrado

Units

Permite mudar a precisão (número de casas decimais após a


vírgula)

Command: Units
No CAD 14 você verá várias perguntas. Vá dando Enter até
aparecer: "Number of digits to right of decimal point (0 to 8):"
Então digite o número de casas decimais que desejar

Escrevendo textos

O CAD aceita que você apenas faça isso:


Command: text
Height: Digite o tamanho do texto
Start point: Clique no ponto que deseja
Rotation angle: Digite o ângulo que fará com a horizontal
Digite seu texto

Para mudar a fonte é melhor fazer pelo menu superior para você
ver as fontes:
Clique em "Format", clique em "Text Style", escolha a fonte e
clique em Apply

Donut

Faz coroas circulares

Command: donut
Inside diameter: Digite o diâmetro interno
Outside diameter: Digite o diâmetro externo
Clique no ponto onde o donut será colocado ou digite as
coordenadas de seu centro

Tolerâncias

Para encerrar esse curso tolerância é um acréscimo ou


decréscimo de medida de uma dimensão de uma determinada
peça. Siga os passos:

Command: ddim (esse comando dará a possibilidade de


conhecer e mudar vários aspéctos que dizem respeito de
dimensões)
No menu que aparecer em sua tela clique em "Anotation"
Em "Tolerance" clique em Method e selecione deviation
Coloque em upper value o acréscimo e em lower value o
decréscimo
Siga os passos do tópico dimensões

Depois de aprender todos esses comandos você


pode testá-los fazendo vários desenhos. Tente
desenhos que você está acostumado a fazer à
mão-livre até acostumar a desenhar em
computador.
Conhecendo todos esses comandos você já
apresenta capacidade o suficiente para dizer que
conhece CAD bidimensional e tem capacidade de
aprender o curso de

Curso de CAD 3D
Neste curso você terá a possibilidade de aprender o curso
completo de AutoCAD em três dimensões. A cada quinze dias
estarei renovando este curso com novas aulas até que você
tenha então o curso passo a passo. Dê uma olhada na primeira
aula e saiba sobre alguns destaques desse curso cujas figuras eu
fiz para mostrar que é possível fazer belos desenhos usando
apenas o AutoCAD.

Aula 1
As aulas de AutoCAD 3D que apresentarei nesta página são destinadas
àqueles que desejam aprender a usar o CAD em ambiente tridimensional.
Estou colocando o número das aulas pois este site tambem pode ser
acompanhado pelos alunos do curso de Desenho Para Engenharia II (
PCC-118) da Escola Politécnica da USP.

Assim como eu fiz todas as figuras desse Site você tambem terá
capacidade de fazê-las, e até melhor.

Se você está interessado em saber como o curso de AutoCAD 3D vai ser,


o que você deve saber e como utilizar os melhores comandos do CAD
acompanhe a explicação que darei logo abaixo.

Onde o CAD 3D se encaixa e como ele é?


Em primeiro lugar podemos dividir o AutoCAD em duas partes. A primeira
é a bidimensional que você conhece ou pode aprender nesse Site. A
segunda parte é 3D que nos interessa. Agora, falando do CAD
tridimensional podemos dividi-la em duas partes. A primeira nós vamos
utilizar recursos de WireFrame que é como a estrutura de um desenho
feito a partir de linhas, seria o esqueleto do desenho.

Tendo esse "esqueleto" poderemos em seguida usar o recurso do


faceamento ou o uso de superficies para fazer o CAD "entender que seu
desenho tem faces e superfícies. Podemos também fazer superfícies
complexas de compostas de montanhas irregulares.

O seu trabalho ficará melhor à medida que você der maior precisão aos
pontos selecionados. Ainda na primeira parte temos a possibilidade de
fazer superfícies de revolução. Você define linhas que, após giradas a
partir de um eixo formam figuras com simetria radial como vasos
luminárias e outros.
A segunda parte do CAD 3D envolve a parte mais importante:
Modelamento de Sólidos. Com esse recurso você será capaz de, a partir
de figuras simples como caixas, cilindros, esferas, todos maciços chegar
a figuras complexas e bem feitas.

Outro recurso no modelamento de sólidos envolve a extrusão. Você faz


linhas em duas dimensões e faz com que elas sejam extrudadas a uma
determinada altura.

Como em superfícies você será capaz de fazer superfícies de revolução.

O que seria uma terceira parte do CAD 3D é a que considero mais


importante quanto a apresentação de um desenho. É a parte Foto-
Realística.
Com o CAD 14 você poderá, sem utilizar o 3D Studio, fazer com que suas
peças tenham características típicas de um uma peça real. Isto é ela pode
ser de madeira, ouro, plástico, granito e até de vidro colorido que você
pode controlar a transparência.
Aula 2
Nessa primeira aula efetiva de 3D vamos primeiro ter uma noção de como
se posicionar no espaço que o CAD nos fornece.
O comando que utilizaremos é o "vpoint". Faça uma figura em duas
dimensões e em seguida faça o seguinte:

Command: vpoint
Rotate/(View point) (0,0,0): -1,-1,1

Você colocou o observador na coordenada -1,-1,1 observando sua figura.


Com isso seu desenho terá coordenadas simulando a perspectiva
isométrica.
Para voltar ao vpoint antigo você posicionará o observador de modo que
ele observe seu desenho "de cima". Faça então:

Command: vpoint
Digite 0,0,1

Outro bom vpoint que pode nos dar uma noção melhor do desenho é a
coordenada -1,-2,1 que faz seu desenho ficar mais virado para frente.
Experimente.

Como estamos no ambiente 3D podemos então acrescentar uma nova


coordenada ao fazermos uma reta, indicarmos o centro de uma
circunferência, etc... Faça por exemplo:

Command: line
From point: 0,0,0
To point: 1,1,1
To point: @0,0,-1
To point: 1,0,0

Note a presença de uma terceira coordenada em relação à linha em 2D.


Experimente agora fazer uma figura simples como um cubo com linhas.
Não esqueça de mudar o vpoint para ver melhor os resultados.

Outro comando bastante interessante para aprendermos é o "dview" que


nos permite posicionar uma câmera para melhor observar nosso objeto
em 3D. Faça o seguinte:

Command: dview
Select objects: ( clique nos desenhos ou digite all)
Digite "ca"
Agora mexa com o mouse para encontrar uma melhor posição em que a
sua figura pode ser rodada e clique com o botão esquerdo do mouse.
Dê Enter para fixar essa vista

O "Dview" apresenta várias opções como, por exemplo, posicionar a


câmera, o alvo (target), você pode omitir algumas figuras da tela que
atrapalham a visualização (clip), definir como seria a visão de uma pessoa
ao ver o objeto (distance), dar zoom da vista e outros recursos que
podem ser explorados posteriormente.
O último comando dessa aula é bastante importante por facilitar nosso
trabalho. Ele se chama "Elevation":

Command: vpoint
Digite 0,0,1
Command: elevation (elev)
New current elevation: ( dê Enter)
New current thickness: 50
Command: line
From point: 0,0
To point: 100,100
To point 0,100
Dê Enter
Command: vpoint
Digite -1,-2,1

Você acabou de desenhar duas faces. Essa é a função do elevation. As


linhas que você desenhou são a base dessas faces que tem a altura de
50. Agora faça o seguinte:

Command: elevation
New current elevation: 50
New current thickness: (dê Enter)
Command: line
From point: 0,0
To point: 100,-50

Agora você está fazendo faces com 50 de altura e as linhas que você fizer
em duas dimensões estarão no plano Z=5 (como em Geometria Analítica).
Caso você não tenha visto bem digite o comando "hide" e veja o
resultado.

Command: hide
Por hoje é só. Daqui a quinze dias estarei colocando as duas próximas
aulas. Até lá você poderá praticar bastante esses primeiros comandos do
CAD 3D que são importantes para as próximas aulas.

Aula 3

Esta aula é uma continuação da última. Até agora estivemos aprendendo


a fazer estruturas de nossos desenhos, os chamados "Wireframe".
Gostaria de dar destaque aos comandos mais importantes que vimos, que
são fundamentais para todo esse curso. Os comandos são:

vpoint;
pedit; (Reveja no curso de duas dimensões)
dview;

Caso você não tenha ainda entendido todos os comandos da última aula
faça o máximo para entender pelo menos os comandos mostrados acima.

Antes de facearmos nossas figuras quero primeiro lembrar um comando


bastante importante que pode ser largamente utilizado em três
dimensões. O comando se chama UCS. O ucs permite que você alinhe o
sistema de coordenadas com uma face de seu desenho. Assim, quando
você fizer um arco ou circunferência, esta estará "paralela" ao plano xy
do UCS.

Exemplo:
Command: vpoint
Digite -1,-2,1
Command: ucs
Digite x para rodar o eixo de coordenadas em torno do eixo x.
Digite 90 para indicar que se quer rodar em 90 graus.
Veja como ficou o ícone do sistema de coordenadas

Você poderia ter rodado o eixo de coordenadas em torno de y ou z, veja


como fica. Outra opção é, ao invés de digitar x,y ou z digite 3p. Essa
opção permitirá a você selecionar 3 pontos que definirão primeiro o novo
centro de coordenadas, depois o sentido do eixo x positivo e, por fim, o
sentido positivo do eixo y.

Depois de revermos o conceito de ucs vamos então começar a facear


objetos. Primeiro construa um simples cubo com Wireframe, isto é
construindo suas arestas.

Em seguida faça o seguinte:

Command: 3dface
First point: Clique num dos vertices de uma face
Second point: Clique no vértice ao lado
Third point: Clique no próximo
Forth point: Clique no último
Third point: Dê Enter

Para facear triângulos selecione seus 3 vértices e quando o CAD pedir o


quarto ponto apenas dê Enter.
E se agora eu quiser fazer superfícies? Utilizaremos o comando Rulesurf.

Para ser mais prático explicarei duas coisas ao mesmo tempo. Mostrarei
o Rulesurf e como fazer um orifício em uma face:

Primeiro faça uma figura igual a que é mostrada logo abaixo em duas
dimensões:

Use o trim para que a figura fique dessa maneira:


Vamos usar agora o Rulesurf:
Command: rulesurf
Selecione a primeira linha (mais para o lado direito)
Selecione a segunda linha (também mais para o lado direito)

Agora use Array polar para distribuir essa face nos quatro lados do
quadrado.
Aula 4
Nessa aula veremos alguns conceitos já vistos em duas dimensões,
porém esses comandos apresentam algumas diferenças por serem
adaptadas ao ambiente 3D.

O primeiro comando é aquele que usamos com maior freqüência em 3


dimensões. Ele é usado para girar as figuras. Ele se chama Rotate 3D.
Para entendê-lo vou mostrar um exemplo bem simples que poderá ser
praticado por você logo em seguida. Siga esses passos:

Command:vpoint
Digite -1,-2,1
Command: box (vamos criar um sólido)
Dê Enter
Digite "L"
Digite 10
Digite 10
Digite 100
Command: zoom
Digite "all"
Command: Rotate3d
Selecione o "box"
Digite "x"
Clique no vértice inferior ponto 0,0,0
Digite 90

Você acaba de girar seu objeto tomando como base o eixo "x" rodando
em 90 graus. Faça o mesmo selecionando os outros eixos.

Vamos usar agora o comando 3dArray . Siga os passos:


Command: 3darray
Selecione um objeto (faça um box de 10 de aresta)
Digite p
Digite 5
Dê enter
Dê enter
Selecione um ponto do eixo mostrado na figura
Selecione um outro ponto desse eixo

A outra opção do 3darray é a retangular:

Faça um box de 10 unidades de aresta


Command: 3darray
Selecione o objeto
Digite "r"
Digite 3
Digite 3
Digite 3
Digite 15 três vezes
Digite hide para ver os resultados
Para encerrar a aula de hoje vou colocar passo a passo a maneira de se
utilizar o mirror3d que vai "refletir" as figuras selecionadas a partir de um
plano:

Faça uma figura em 3 dimensões


Command: mirror3d
Selecione sua figura
Se você quiser dê as coordenadas de três pontos que pertencem ao plano
de reflexão ou selecione um plano de reflexão (XY, YZ ou ZX).
Se você selecionou um plano de reflexão dê as coordenadas de um ponto
desse plano

Aula 5
Estamos de volta para mais uma aula de CAD 3D. Até a última aula
procurei explicar alguns dos conceitos mais importantes para utilizarmos
o CAD 3D. Nesta aula pretendo encerrar a parte relacionada a superfícies.
Depois que eu explicar esses comandos aconselho você a praticar
bastante essa parte de superfícies. Principalmente saber usar o UCS e
pedit. Só praticando você encontrará dificuldades e aprenderá a superá-
las.

Surftab1 e Surftab2
Estes são comandos que, com certeza tirarão muitas dúvidas, mesmo
daqueles que já aprenderam a usar o CAD sozinhos. O mais importante
deles é o surftab1.Ele vai, simplesmente dividir num número maior a
malha que você criará utilizando, por exemplo rulesurf ou edgesurf. Para
ficar mais fácil de entender como ele funciona teste o seguinte exemplo e
verifique os resultados mostrados nas figuras Antes disso, use o rulesurf
como na aula passada. Depois digite undo para voltar e em seguida faça o
seguinte:

Command: surftab1
(6): 20

Eu coloquei o número vinte para que as divisões nas malhas sejam iguais
a vinte e não 6 como estará indicado no CAD sem ter sido modificado.
Agora experimente usar o rulesurf e veja os novos resultados.

O Surftab2 é um comando complementar que funciona em malhas. Como


assim? Use por exemplo o comando edgesurf que fará uma malha a partir
de 4 curvas. Há malhas em uma direção e malhas na direção
perpendicular. A divisão dessas malhas será determinada pelo surftab2.
Utilize o edgesurf normalmente e veja como fica seu desenho. Em
seguida digite undo e faça o seguinte:

Command: surftab2
(6): 20

É o mesmo caso do surftab1. Use agora o edgesurf novamente e veja os


resultados:

Tabsurf
Esse comando é simples e, se caso você já ouviu falar em extrusão o
tabsurf é SEMELHANTE. Para usá-lo precisamos primeiro fazer um
desenho em duas dimensões. Depois você deve utilizar o pedit que já foi
ensinado para transformar esse desenho de duas dimensões numa
polyline, isto é como se fosse uma linha só. Em seguida devemos fazer a
direção do vetor. Esse vetor nada mais é do que uma reta inclinada ou
não que será a direção da extrusão. Faça esses dois procedimentos e em
seguida faça o seguinte:

Command: tabsurf
Selecione a curva que você fez em 2D
Selecione o vetor que você fez.

O resultado deve ser semelhante ao mostrado abaixo:


Revsurf
Para encerrar essa aula quero ensinar agora o último comando mais
importante de superfícies. O Revsurf permitirá você construir uma
superfície de revolução. Com isso você poderá fazer jarros, lustres,
abajures, garrafas e outros objetos.
Primeiro Você deve fazer a curva que será revolucionada. Se for, por
exemplo uma garrafa imagine a seção transversal desta. Esta seção
apresenta simetria, então faça apenas uma metade dessa seção. Depois
faça o eixo de rotação pelo qual o CAD vai rodar seu objeto. Em seguida
faça o seguinte:

Command: revsurf
Select path: Selecione seu desenho
Select axis: Selecione o eixo de rotação
Start angle: Dê enter
angle: Digite o ângulo que seu desenho será rodado. Por exemplo, se
você digitar 180 você terá 180 graus de revolução e então, por exemplo,
uma garrafa cortada longitudionalmente. Para ser mais rápido apenas dê
Enter e o CAD fará uma revolução em um círculo completo (360 graus).

Nunca se esqueça de usar o pedit para que todas as curvas sejam uma
única. Agora, para treinar experimente fazer a polia abaixo para ver se
você está entendendo. Do lado direito eu mostro a curva que será
rotacionada e o eixo de rotação. Do lado esquerdo a polia pronta:
Aula 6

Finalmente vamos começar a parte mais importante do AutoCAD. Essa


parte é a de sólidos. A partir daqui nós vamos aprender como criar
sólidos e, na próxima aula vamos aprender a modelá-los, isto é, vamos
poder subtrair sólidos, cortá-los, unir esses sólidos e várias outras
possibilidades.
Como estamos iniciando uma parte importante eu não quero ensinar
sólidos e modelamento desses sólidos de uma vez. Não vou fazer isso
pois é bom conhecermos bem esses sólidos para depois "brincar" com
eles.

Box
Esse é um dos sólidos mais utilizados. Ele é nada mais do que um
paralelepípedo. Se suas arestas forem de mesma dimensão logo teremos
obviamente um cubo. A diferença dele para os desenhos em wireframe é
que esse cubo será maciço e não oco como antes, usando 3DFACE. É
bem fácil ativar essa "caixa" (box).

Command: box (se você estiver usando o CAD 12 digite solbox)


Corner: Digite a coordenada onde estará o primeiro vértice do box
Second corner/Lenght: L (vamos digitar suas dimensões)
Lenght: Digite o comprimento (Será na direção X. Veja no ícone do UCS)
Widht: Digite a espessura (Na direção Y)
Height: Digite a altura (Na direção perpendicular ao plano XY)
Assim estará feito seu primeiro sólido. Pratique bastante para você pegar
prática

Cylinder
Acho que nem preciso explicar o que quer dizer esse comando. No
entanto esse sólido será um cilindro:

Command: cylinder (No CAD 12 digite solcyl)


Clique ou dê as coordenadas do centro da base desse cilindro.
Digite o raio do cilindro
Digite a altura do cilindro

A grande maioria dos desenhos em 3D que usam apenas sólidos prontos


será composta basicamente de box e cylinder. Portanto pratique
bastante!!

Cone
Command: cone (solcone em CAD 12)
Siga os mesmos passos do comando "Cylinder"

Por hoje é só. Pratique bem essas duas aulas. Faça exercícios e explore
bem o CAD. Se você estiver demorando para fazer os desenhos que
deseja não se desanime pois desenhar em três dimensões é realmente
mais difícil que em duas dimensões. E espero encontrá-los nas próximas
aulas. Até lá.
Aula 7
Vamos então continuar o curso de CAD, agora veremos um pouco mais
aprofundado a parte relacionada a modelamento de sólidos. Vimos na
última aula os modelos primitivos mais utilizados. Para não faltar os
outros vou citá-los para você saber que eles existem:

Sphere

Esse primitivo vai fazer um sólido bastante utilizado que é a esfera:

Command: sphere (solsphere)


Center: Dê as coordenadas do centro da esfera
Radius: Dê o raio desta esfera

Wedge ou Cunha
Este primitivo não é tão importante pois no modelamento de sólido basta
fazermos um box e cortá-lo com um plano que explicarei mais adiante.

Command: wedge (solwedge)


Corner(0,0,0):Dê as coordenadas de um dos cantos da cunha ou clique na
tela
Lengh\(Other corner): Lenght (fica mais fácil darmos suas dimensões)
Lenght: Dê o comprimento na direção X (olhe para o ícone do UCS)
Widht: Dê sua espessura na direção Y (olhe para o ícone do UCS o eixo Y)
Height: Dê a altura dessa cunha
Torus
Fará uma "rosquinha tridimensional"

Command: Torus (soltorus)


Center: Dê o centro
Tube Radius: Agora dê o raio da coroa do torus
Torus Radius: Dê o raio principal

Modelamento de Sólidos
Agora sim nós vamos ao que interessa e digo já que essa parte de
modelamento é BASTANTE IMPORTANTE para entender. Logo, se você
quer aprender bem essa parte de CAD 3D é fundamental aprender a fazer
e modelar os sólidos.

Vou colocar em ordem decrescente de importância os comandos de


modelamento de sólidos, logo preste atenção principalmente nos
primeiros:

Extrude
Esse comando vai te permitir nada mais nada menos do que extrudar
curvas fechadas que DEVEM ser polylines. Logo, se você não souber para
que que serve o comando PEDIT ou POLYLINE aprenda agora mesmo a
utilizá-los.

Primeiro vamos fazer, em duas dimensões um desenho, por exemplo, a


seção de uma barra prismática como na figura abaixo. Em seguida use o
comando PEDIT para transformar esse desenho (as retas) numa polyline
(uma única entidade). Agora faça o seguinte:

Command: extrude
Select path curve: Selecione o desenho
Heigh: Dê o comprimento dessa futura barra
Angle: Dê enter
Solrev
Aqui faremos um sólido de revolução. Você se lembra do REVSURF. Caso
não se lembre vá à aula 5 e reveja. Então, o processo é igual mas preste
atenção pois a polyline deve ser FECHADA e, ao invés de digitar revsurf
digite:

Command: Rev (solrev)

Aula 8
Em fim, vamos começar a modelar sólidos. Note que vou ensinar com
comandos que funcionam no AutoCAD 12 para facilitar àqueles a quem
dou aula e estão utilizando o AutoCAD 12 para Windows. Quem tem o
CAD 14 não se preocupe, basta procurar o tollbar de "MODIFY" ou
"MODIFY II" e clicar nos ícones para acionar os comandos.
Solsub
É um dos comandos mais utilizados para modelamento. Faremos em
princípio dois sólidos: Um que é o meu desenho, e outro que será a parte
que subtrairá do meu desenho. Se não ficou claro siga as instruções e o
desenho abaixo:

Construa um box grande e outro menor


Coloque o menor interceptando o maior

Command: solsub
Select object: Selecione o menor
Select source: Selecione o maior
Solcut
Bastante importante esse comando permite que eu corte meu objeto com
um plano o qual definirei geralmente com 3 pontos:

Command: solcut
Select object: Selecione apenas o objeto que você deseja cortar
Digite 3p para darmos 3 pontos do plano cortante
First point: Dê a coordenada
Second point: Como em cima
Third point: Faça o mesmo para o último ponto

Sabemos que, ao dar três pontos o CAD dividiu nosso espaço onde está o
desenho em dois semi-espaços. Em um deles está a parte que quero
jogar fora e em outro a parte que desejo.
Dê as coordenadas de um ponto pertencente ao semi-espaço que está a
parte da peça que quero MANTER.

Solunion
Se pegarmos, por exemplo, um cilindro e movê-lo para dentro de um num
cubo de modo que parte desse cilindro fique de fora o CAD continuará a
considerar como o cubo e o cilindro peças independentes. Para uní-los
utilizaremos o comando Solunion.

Command: solunion
Select objects: Selecione-os

Solint
Se pegarmos o mesmo exemplo anterior e ao invés de usar o solunion
utilizarmos solint o CAD vai obter a intersecção dos sólidos.

Command: solint
Select objects: Selecione-os

Aula 9
Quero nesta aula apenas encerrar a parte ligada a modelamento de
sólidos com comandos que costumávamos utilizar em duas dimensões e
agora aplicaremos em sólidos. Durante a aplicação dos comandos darei
maiores detalhes sobre eles e possíveis problemas que costumam
aparecer. Vamos aos comandos:

Solfill
Você se lembra do fillet, aquele comando de CAD 2D que usávamos para
arredondar quinas de um desenho? Pois bem, vamos generalizar esse
comando para arredondarmos agora as quinas de nossos sólidos. Siga
os seguintes passos para aplicarmos o solfill:

Primeiro faça um desenho fácil de modelar (um box por exemplo)


Command: solfill
Agora clique na aresta ou arestas que você quer arredondar
Digite agora o raio do arredondamento

Solcham
Você que lembrou do fillet agora podemos lembrar também do chamfer.
Com esse comando costumávamos conferir ao nosso desenho a
característica de chanfrado a suas quinas.

A princípio ele pode parecer supérfluo quando temos o solcut, afinal


podemos utilizar o solcut para cortar quinas de nosso desenho para
caracterizar o chanfrado. Entretanto lembremo-nos que o solcut irá cortar
e eliminar tudo que está num semi-plano e isso pode afetar partes da
peça nas quais não gostaríamos de cortar. Logo lembre que existe o
solcham:

Com o seu sólido na tela faça:


Command: solcham
Clique na superfície desejada
Caso não foi selecionada a que você queria digite "N" para selecionar a
próxima
Agora clique na aresta que será chanfrada.
O primeiro valor que você digitar será relativo à face destacada. Digite o
valor.
Agora digite o valor referente a outra face

DDCHPROP
Bem esse comando era bem utilizado em CAD 2D. Com esse comando
podíamos mudar três propriedades de nossa figura: Seu tipo de linha
(pontilhada, tracejada,...); Sua cor e o Layer ao qual ela pertencerá.
Quanto ao sólido nos limitaremos a utilizá-lo apenas para mudar a cor de
nosso objeto bem como a cor de qualquer desenho de nossa tela. Esse
comando é bem fácil de utilizar:

Command: ddchprop
Select objects: Selecione seu desenho ou parte dele
Na caixa de diálogo que aparecer em sua tela Clique em "Color" e, em
seguida elcolha a nova cor do(s) objeto(s) selecionado(s).
Clique em OK até encerrar o comando

Obs.: Para quem não conseguir mudar a cor de seu objeto,


principalmente na hora de renderizar vá, no menu superior em "Model",
"Finish" para mudar a textura do seu objeto e, conseqüêntemente sua
cor.

Aula 10
Bem, se você está entendendo os comandos vistos até aqui vale lembrar
que é muito importante que você pratique bem o modelamento de sólidos
pois, só na prática é que os problemas aparecerão e, resolvendo estes é
que você definitivamente aprenderá o AutoCAD.

Nessa aula eu vou colocar aqui, passo a passo, como colocar linhas
tracejadas em seu desenho ou esconder essas linhas. Além disso
mostrarei como conseguir, a partir do seu sólido feito, fazer as projeções
ortogonais desse objeto para que você possa montar seu desenho de
execução. Para quem não sabe o desenho de execução possui vistas
ortogonais do objeto, uma perspectiva isométrica para entender o
desenho, legenda, cotas e outras coisas.
Não vou entrar em detalhes pois fiz isso quando expliquei para a classe,
mas você que não acompanhou essa aula siga passo a passo o que vou
colocar logo abaixo:

Primeiro, é óbvio, faça seu desenho modelando um sólido.


Para quem utiliza o CAD 12 é necessário carregar o SOLVIEW que fará as
projeções ortogonais: No menu superior vá até "File", "Aplications" e na
caixa de diálogo clique em \SOLVIEW.EXE e clique em "Load".
Command: ucs
(world):3p
(coloque o plano XY do ícone do ucs PARALELO á vista frontal de sua
peça)
Command: tilemode
Digite 0
(para trabalharmos em paperspace, seu desenho desaparecerá, não se
preocupe)
Command: Solview
Digite ucs
Dê enter para dizer quer a vista paralela ao ucs
Scale: Dê enter
View center: clique num ponto da tela
View center: Dê enter

Agora o CAD colocou na sua tela a primeira vista ortogonal de seu


desenho

First corner: enquadre o desenho que apareceu na tela


Second corner: para terminar o enquadramento
View name: Coloque um nome que você não se esqueça depois

Vamos agora fazer as próximas projeções:

Command: Solview
Digite "ortho" para dizer que queremos uma projeção ortogonal a partir
do objeto que está na tela
Side: Clique por exemplo na linha de cima daquela moldura que você
colocou no primeiro desenho
View center: Como o anterior
View center: Dê enter
Agora o CAD colocou na sua tela a segunda vista ortogonal de seu
desenho

First corner: enquadre o desenho que apareceu na tela


Second corner: para terminar o enquadramento
View name: Coloque um nome que você não se esqueça depois

Agora vamos fazer com que o CAD projete as linhas invizíveis:

Command: Soldraw

Com isso o CAD já sabe o que é linha invisível, visível e de cota. Para
colocarmos linhas tracejadas em nosso desenho faça o seguinte:
Command: linetype
../load/..: L
Digite * e dê enter para carregarmos todos os tipos de linha

Agora clique no botão de layer e veja que cada vista que você fez possui
três layers. Vá naquele que que estiver (nome do layer)-HID. Clique nesse
layer, clique no botão Linetype, e mude para, por exemplo HIDDEN.
Se uma linha que deveria ser pontilhada naquela vista não aparecer então
mude a escala da linha pontilhada:

Command: ltscale
Digite um número maior ou menor até assimilar o melhor tamanho.

Você deve estar achando que há muita coisa mas faça uma de cada vez
pois o processo é longo e deve ser assimilado aos poucos. Talvez numa
próxima aula eu possa explicar mais sobre esses e outros comandos
relacionados com desenho de execução. Então, apenas para entender a
diferença entre modelspace e paper space faça o seguinte:

Command: mspace
Clique nos seus desenhos
Command: pspace

Por enquanto é só e, se achar necessário vou colocar uma aula extra para
explicar detalhadamente como cotar circunferências, conseguir uma
projeção isométrica e outros. Por enquanto tente entender bem essa aula
antes de querer avançar. Até a próxima.