Vous êtes sur la page 1sur 5

7

Eu e o
Planeta Azul
Físico-Química 7.º ano
Noémia Maciel · Andreia Magalhães · Ana Rita Mota

Projeto
interdisciplinar
Disciplinas a envolver

Inglês
Físico-Química Português e/ou Língua
Estrangeira II
(60%) (10%)
(5%)

Educação
Geografia
Visual TIC
(5%) (10%) (5%)

Cidadania e
Desenvolvimento
(5%)

Oo
Eu e o Planeta Azul 7 Projeto interdisciplinar Oo

Aprendizagens Essenciais O aluno deve ser capaz de:


Distinguir fontes de energia renováveis de
de Físico-Química (AE) não renováveis e argumentar sobre vantagens
Domínio: Energia | Fontes de energia e desvantagens da sua utilização e as respetivas
e transferências de energia consequências na sustentabilidade da Terra,
numa perspetiva interdisciplinar.

Exemplos de tecnologias de produção de energia elétrica

Energias renováveis

Energia Energia Energia


hídrica eólica solar

Energia Cogeração
nuclear Carvão
fóssil

Energias não renováveis

2
Eu e o Planeta Azul 7 Projeto interdisciplinar Oo

Questão motivadora
Qual é a origem da energia elétrica que utilizamos em nossas casas?
 omeçar por analisar a informação que consta de uma fatura/recibo da eletricidade
C
(que consumimos mensalmente em nossas casas) sobre as fontes de energia
utilizadas na produção dessa energia elétrica.

Repartição por tecnologia da energia comercializada pela EDP Serviço Universal em 2018

Cogeração Nuclear
fóssil 2,4%
7,9%

Carvão
11,9%

Gás natural
5,8% Eólica
46,9%
Resíduos sólidos urbanos
1,7%
Outras renováveis
6,3%

Cogeração
renovável
3,8%
Hídrica
13,3%

Exemplos de ações
a desenvolver
Debates em grupo sobre…
• fontes de energia renováveis e não renováveis;
vantagens e desvantagens, a nível de impacte
ambiental e sustentabilidade do planeta;
• problemas económicos, políticos e sociais
associados à atual dependência energética mundial
dos combustíveis fósseis;
• critérios de escolha de fontes de produção de
corrente elétrica para uma dada região, tendo em
consideração os recursos aí existentes, o impacte
ambiental, os fatores económicos, sociais e outros.
Após os debates, os alunos devem elaborar, de
acordo com as orientações dos professores, um
cartaz ou outro trabalho escrito, em que apresentem
as principais ideias debatidas, sempre que possível
ilustradas com imagens ou desenhos.

3
Eu e o Planeta Azul 7 Projeto interdisciplinar Oo

Investigar, em grupo, sobre…


• aproveitamento da energia eólica em Portugal
para produção de eletricidade, com indicação
das regiões onde se encontram os principais
parques eólicos;
• aproveitamento da energia solar em Portugal
para produção de eletricidade, com indicação
das regiões onde se encontram os principais
parques de painéis fotovoltaicos;
• consumo de energia elétrica em nossas casas,
através da análise de faturas/recibos, e fontes
de energia utilizadas na sua produção;
• emissões poluentes e resíduos radioativos
produzidos por fontes de energia não renováveis,
de forma a tomar consciência das consequências
ambientais da energia que se consome Realizadas estas pesquisas (na Internet, livros, revistas
e a promover uma maior racionalização da utilização e/ou jornais), os alunos devem elaborar, de acordo
da energia elétrica; com as orientações dos professores, um trabalho
• o impacto da energia elétrica que consumimos com os resultados da investigação, indicando
vs. fontes utilizadas na sua produção. as fontes de informação que utilizaram.

Realizar uma exposição


(de turma ou de ano) sobre…
• fontes primárias e secundárias de energia; As propostas apresentadas permitem, de uma forma
• fontes de energia renováveis, vantagens e geral, o desenvolvimento de todas as competências
desvantagens da sua utilização; definidas no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade
• fontes de energia não renováveis; impactos Obrigatória.
negativos mais relevantes;
Na conceção deste projeto, foram tidos em
• centrais (com fotografias) que, em Portugal, utilizam
consideração os seguintes aspetos:
fontes de energia renováveis e não renováveis para
• Articulação disciplinar
produção de eletricidade.
• Trabalho colaborativo
NOTA: relativamente às centrais elétricas, referir o nome das • Valores de cidadania
centrais, a sua localização, a época de construção, a produção
energética e outras curiosidades interessantes.

4
Eu e o Planeta Azul 7 Projeto interdisciplinar Oo

Articulação disciplinar
Conhecimentos, Capacidades e Atitudes (AE)
Ações Estratégicas de Ensino Orientadas para o Perfil dos Alunos

Português • 
Problematizar e debater as inter-relações entre
fenómenos e espaços geográficos.
No 7.º ano, a disciplina de Português estará orientada • 
Meio Natural – Identificar exemplos de impactos
para o desenvolvimento das competências da oralidade, da ação humana no território, apoiados em fontes
da leitura centrada em biografias, textos de opinião fidedignas; reconhecer a necessidade
e textos e discursos da esfera da publicidade, bem da cooperação internacional na gestão
como para competências da escrita que incluam de recursos naturais.
obrigatoriamente saber escrever resumos, sínteses,
textos elaborados para exposição de conhecimentos
Educação Visual
e ideias, para partilha de opinião, narrativas, biografias,
guiões de entrevista e comentários. • 
Reconhecer a importância das imagens como meios
de comunicação de massas, capazes de veicular
NOTA: As AE sugerem, como ações a desenvolver, a realização
de percursos pedagógico-didáticos interdisciplinares, diferentes significados (económicos, políticos, sociais,
com Físico-Química, Ciências Naturais, Geografia, História, religiosos, ambientais, entre outros);
Matemática, Educação Física, Educação Visual, TIC e Línguas • 
Organizar exposições em diferentes formatos – físicos
Estrangeiras (preveem capacidades de análise de textos, de e/ou digitais, – individuais ou de grupo, selecionando
registo e tomada de notas, seleção de informação pertinente a trabalhos tendo por base os processos de análise,
partir de análise de fontes escritas, por exemplo). síntese e comparação que conjugam as noções de
composição e de harmonia, de acordo com o objetivo
Inglês e/ou Língua Estrangeira II escolhido/proposto.
• 
Compreensão escrita – Identificar informação
essencial em textos adaptados de jornais e revistas; ler Tecnologia de Informação e Comunicação
pequenos textos adaptados. • 
Propor atividades de trabalho articulado com
• 
Interação oral – Entender e trocar ideias em situações conteúdos de outras áreas disciplinares
quotidianas previsíveis; iniciar, manter e/ou transversais.
ou terminar uma conversa breve. • 
Promover atividades que envolvam a criação
• 
Reconhecer diferentes estratégias de comunicação de instrumentos que apoiem a recolha, gestão
nas fases de planificação, realização e avaliação das e organização de informação, por exemplo: linhas
atividades comunicativas e escolher a mais apropriada; cronológicas, agregadores de conteúdos, entre outras.
preparar, repetir e memorizar uma apresentação oral • 
Fomentar o desenvolvimento de projetos, em
com confiança e criatividade, à turma e/ou a outros articulação com outras áreas disciplinares e/ou
elementos da comunidade educativa; responder domínios das TIC, serviços e projetos da escola, com
com segurança e certeza a perguntas colocadas; a família e com instituições regionais, nacionais ou
participar em atividades de pares e grupos, revelando internacionais.
capacidade para se colocar na posição do outro; pedir
e dar informações; planear, organizar e apresentar uma Cidadania e Desenvolvimento
tarefa de pares ou um trabalho de grupo, minimizando
possíveis diferenças e discordâncias. Domínios (Grupo 1): Desenvolvimento sustentável
e Educação ambiental.
• 
Desenvolver competências pessoais e sociais
Geografia
• 
Promover pensamento crítico
• 
Desenvolvimento pessoal e autonomia – Aplicar o • 
Desenvolver competências de participação ativa
conhecimento geográfico, o pensamento espacial e as • 
Desenvolver conhecimentos em áreas não formais
metodologias de estudo do território, de forma criativa, Desafios: recolha de informação, tratamento da
em trabalho de equipa, para argumentar, comunicar e informação, produção de textos, apresentação das
intervir em problemas reais, a diferentes escalas. tarefas de pares ou trabalhos de grupo e discussão
• 
Sensibilidade estética e artística – Realizar projetos, e partilha de opiniões, numa perspetiva de interligar
identificando problemas e colocando questões-chave, os conhecimentos, as práticas, as ações e os valores.
geograficamente relevantes, a nível económico,
político, cultural e ambiental, a diferentes escalas. NOTA: A avaliação deve integrar e refletir as competências de
natureza cognitiva, pessoal, social e emocional, desenvolvidas
e demonstradas, através de evidências, pelo aluno.