Vous êtes sur la page 1sur 28

4 ELEMENTOS

ESSENCIAIS PARA
CONSTRUIR A SUA
AUTOESTIMA

Mudança
em Foco
Mudança em Foco

Fique à vontade para compartilhar este

e-book!

Peço apenas que você não altere o

conteúdo nem omita a autoria.

Mudança em Foco 2018 - Todos os direitos


reservados.
Material criado por Heidi Muniz.
O que você vai encontrar neste
e-book?

Olá, seja bem-vindo ao Mudança em Foco!


Neste e-book você vai encontrar 4 elementos
essenciais para construir a sua autoestima:

1. o conceito de autoestima
2. teste de autoconfiança criado por Brian Tracy
3. hábito 1: autorresponsabilidade
4. hábito 2: viver com objetivos
O que é autoestima?

Curioso como pode parecer tão natural se esforçar


para ser a pessoa que os outros querem e não a
pessoa que você quer ser. Ah.. essa doce ilusão de
criar a sua imagem baseada na opinião daqueles
que estão ao seu redor pode durar anos.

Você batalha, tenta exaustivamente fazer o seu


melhor e a sua preocupação é descobrir como você
deveria agir para ser aceito, aprovado ou
admirado.

O tempo passa e a sensação amarga, de


insatisfação, continua. Você se sente fraco, incapaz,
pode até sentir dó de si e se desesperar pensando
que não há esperanças para você.

E por mais que você consiga realizar o que se


propôs a fazer, lá no fundo, você ainda tem medo.
Tem medo de falhar, medo que descubram que
você não é tudo isso, de não atender as suas
próprias expectativas e as daqueles que você
admira e ama.

Esse medo constante vem de falhas na autoestima.


Você pode dizer que não tem problemas com o
espelho e que, portanto, não é este o seu caso.
O que é autoestima?

Mas a autoestima não se resume a se sentir bem


com a sua aparência. Segundo o psicoterapeuta,
Nathaniel Branden, a autoestima é a confiança de
que você é capaz de lidar com os desafios da sua
vida.

Esta autoconfiança é construída a partir da


observação das suas experiências. Você
acompanha todos os dias tudo o que você pensa,
sente e faz. E baseado nesta observação, você cria
uma opinião sobre si mesmo. Dependendo do quão
positiva for esta opinião, você pode se tornar mais
confiante ou, o contrário, mais inseguro.

Com exemplos, tudo fica melhor. Então vamos lá.

Digamos que você tenha um sonho ou objetivo,


pode ser fazer uma faculdade, abrir o próprio
negócio, passar num concurso, fazer aulas de
dança, enfim, algo que te desse satisfação e
felicidade caso conseguisse fazer.

Quando você faz o que tanta deseja, surge a


sensação incrível de “eu sou capaz”. Você vê que o
seu potencial, o seu talento, a sua garra é real. Que
você consegue sim, realizar os seus objetivos.
O que é autoestima?

Isso diminui o seu medo de falhar e te deixa mais


confiante para enfrentar os próximos desafios.

Cada vitória pessoal constrói mais uma parte da


sua autoestima, como se fosse um bloco de uma
fortaleza.

Mas o que acontece quando você desiste ou nem


chega a tentar? Você retira um bloco da fortaleza,
criando uma falha na sua autoestima.

As falhas na autoestima reforçam a insegurança, o


medo e fica cada vez mais difícil se aproximar dos
seus sonhos. Afinal, a falta de vitórias pessoais ou
de tentativas de vencer, faz com que você duvide
do seu potencial. A sua capacidade não parece real
se você não vê resultados.

É por isso que não há como se tornar altamente


confiante de um dia para outro ou usar truques
rápidos e fáceis. A autoestima é algo que você
constrói durante toda a sua vida, a partir de suas
escolhas e ações.

Se a autoestima surge da opinião que você tem


sobre si mesmo, então o mundo lá fora não tem
como te dar esta confiança.
O que é autoestima?

Não adianta todas as pessoas ao seu redor te


dizerem que você é ótimo. Se não enfrentar seus
desafios ou as coisas de que você tem medo, você
continuará inseguro.

Então você pode usar críticas e elogios como


feedback, para melhorar ou identificar pontos
positivos, que passaram despercebidos. Agora,
confiar em si mesmo é algo que só pode ser
construído por você.

E a coragem para dar o primeiro passo não precisa


surgir do nada. Existem hábitos que você pode
praticar para criar e manter a autoconfiança, de
acordo com o seu ritmo. São os chamados “6
pilares da autoestima”, também descritos por
Nathaniel Branden. Um pouco mais adiante,
veremos 2 destes pilares.

Mas antes, que tal dar uma olhada no seu nível de


autoconfiança?

Confira a seguir um teste de autoconfiança, criado


por Brian Tracy (https://www.briantracy.com/),
uma das maiores autoridades do mundo em
desenvolvimento pessoal!
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

Faço esse teste desde 2016 e os resultados têm


sido bastante precisos. Além de ter uma
metodologia inovadora, as perguntas do teste
estão bem alinhadas com o conceito e os pilares de
autoestima do Nathaniel Branden.

Outra coisa interessante é que mudanças no


resultado refletem diferentes momentos da sua
vida. Sim, o resultado muda ao longo do tempo e,
por isso mesmo, pode ser usado como um
indicador: se você anda fortalecendo ou
enfraquecendo a sua autoestima.

Mas afinal quem é Brian Tracy? [bio informada pelo


site do Brian Tracy]

O Brian Tracy é o presidente e o CEO da Brian


Tracy International, uma empresa especializada no
treinamento e no desenvolvimento de indivíduos e
organizações.

Ele tem como propósito ajudar pessoas a realizar


seus objetivos pessoais e profissionais, de uma
maneira mais rápida e mais fácil do que jamais
poderiam imaginar.
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

Visto que o teste de autoconfiança dele realmente


funciona, mas seu site possui apenas a versão em
inglês, eu entrei em contato com a equipe do Brian
Tracy e pedi permissão para traduzir o teste e
incluí-lo neste e-book. E adivinha só? Recebi um
enorme SIM!!!

Então gostaria de agradecer à equipe do Brian


Tracy, por permitir que eu compartilhe este teste
com todas as pessoas que acompanham o Mudança
em Foco! Muito obrigada!

Veja o resultado disso na próxima página. : )

Um nota sobre a tradução: adaptei algumas


expressões para que tivessem sentido no português
e reproduzi apenas os trechos referentes ao teste.
Caso tenha interesse no programa de áudio do
Brian Tracy, que é mencionado na versão original
do teste, confira o site https://www.briantracy.com/
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

O nível de autoconfiança: Teste o seu!

Pessoas vencedoras parecem ter uma qualidade ou


característica, predominantemente, em comum:
autoconfiança.

Como você sabe, a autoconfiança pode te tornar


mais imaginativo, mais criativo, mais disposto a
assumir riscos, mais poderoso e mais bem-
sucedido.

Mesmo que você já desfrute da autoconfiança, este


quiz te ajudará a avaliar o seu nível de
autoconfiança atual. E lembre-se, todo mundo pode
melhorar!

Instruções para fazer o teste

Para fazer o teste, simplesmente circule a sua


melhor resposta, a mais honesta. Quando terminar
o teste, use as instruções de pontuação para fazer
a sua avaliação pessoal, que ficam no final do
questionário. E se pretende fazer o teste várias
vezes, guarde todos os resultados, para que você
possa ver o seu progresso.
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

Teste de autoconfiança

1 . Meus pensamentos e ações estão alinhados com os meus maiores


sonhos.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

2 . Eu tenho absoluta certeza sobre o que eu acredito que é certo, bom


e que vale a pena.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

3 . Numa situação de crise, eu me mantenho calmo e seguro de mim


mesmo.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

4 . Ao me lembrar das escolhas que fiz em circunstâncias estressantes,


eu _______________ me arrependo das minhas ações.
a. nunca b. raramente c. às vezes d. geralmente e. sempre

5 . Eu sei quais são os meus objetivos e, sempre que possível, me


concentro em um objetivo de cada vez, até que cada um deles seja
realizado.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

6 . Imagine que você acabou de ganhar R$ 1 milhão. O que você faria


com o dinheiro?
a. mudaria dramaticamente a minha vida
b. pensaria nas minhas opções antes de mudar qualquer coisa
c. faria mudanças pequenas mas imediatas
d. mudaria eventualmente
e. continuaria na mesma
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

7 . Eu assumo completa responsabilidade por mim mesmo e por tudo o


que acontece comigo.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

8 . Eu estou fazendo o que amo.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

9 . Quando estabeleço uma meta, eu coloco um prazo desafiador para


completá-la.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

10 . Eu __________ sinto que estou no trabalho certo.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

11 . Eu __________ sei quais são os meus valores e já os anotei.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

12 . Eu __________ organizo minha lista de valores de acordo com sua


prioridade em minha vida.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

13 . Eu ___________ termino um relacionamento – mesmo que envolva


um esforço considerável – quando eu sei que é a coisa certa a se
fazer.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

14 . Eu ___________ sei quais são as minhas limitações.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

15 . Quando um colega de trabalho é rude comigo, eu fico chateado


por horas. (Dica da Heidi: se a pergunta não fizer sentido, pense numa
situação em que alguém conhecido é rude com você)
a. nunca b. raramente c. às vezes d. geralmente e. sempre
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

16 . Em vez de simplesmente reagir às coisas que acontecem comigo


na vida, eu ___________ tento escolher minhas próprias experiências.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

17 . Quando estou no controle de minhas emoções, eu escolho ser feliz.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

18 . Quando alguém me fecha no trânsito, eu fico bravo.


a. nunca b. raramente c. às vezes d. geralmente e. sempre

19 . Eu permaneço calmo se inesperadamente sou chamado à sala de


meu chefe. (Dica da Heidi: se você não tiver chefe, imagine uma
situação em que você tenha que conversar com uma pessoa difícil ou
que tenha certa autoridade.)
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

20 . Antes de fazer uma ligação de vendas ou passar por uma


entrevista, eu visualizo a situação e me imagino fazendo o meu
melhor. (Dica de Heidi: se a pergunta não fizer sentido, imagine que
você tenha que fazer algo importante como uma prova, uma
apresentação ou até mesmo a organização de um evento.)
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

21 . Eu faço amizade ou me relaciono com pessoas confiantes e


otimistas.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

22 . Eu acredito que “toda experiência traz um aprendizado” e eu


tento manter a minha percepção da realidade a cada hora do dia.
a. concordo fortemente
b. concordo um pouco
c. neutro – não concordo nem discordo
d. discordo um pouco
e. discordo fortemente

23 . Eu aproveito toda oportunidade para semear o bem com outras


pessoas.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

24 . As pessoas ficam felizes quando falam comigo.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

25 . Eu tenho interesse genuíno nas outras pessoas.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

26 . Eu prefiro perder uma discussão do que perder uma amizade.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

27 . Eu trabalho bem com diferentes tipos de pessoas.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

28 . Eu penso antes de agir.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

29 . Eu me mantenho calmo e paciente ao negociar um aumento de


salário.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

30 . Antes de fazer uma negociação, eu reúno e preparo todas as


informações necessárias, para garantir um bom resultado.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

31 . Eu lido bem com discussões e reclamações das outras pessoas.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

32 . Minha produtividade e concentração diminuem quando há algum


conflito entre eu e meu chefe. (Dica da Heidi: não precisa ser o chefe,
pode ser um familiar ou amigo.)
a. nunca b. raramente c. às vezes d. geralmente e. sempre

33 . Eu ___________ tenho medo de rejeição.


a. nunca b. raramente c. às vezes d. geralmente e. sempre

34 . Eu ___________ tenho medo de discutir com uma pessoa difícil.


a. nunca b. raramente c. às vezes d. geralmente e. sempre

35 . Eu nego ou reprimo meus problemas, em vez de lidar diretamente


com eles.
a. nunca b. raramente c. às vezes d. geralmente e. sempre

36 . Eu cresço todos os dias, com os desafios do meu trabalho.


a. concordo fortemente
b. concordo um pouco
c. neutro – não concordo nem discordo
d. discordo um pouco
e. discordo fortemente

37 . Eu ___________ sei quais são os meus pontos fortes.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

38 . Eu concentro minhas energias em áreas onde o meu potencial é


maior. (Dica da Heidi: isso significa que você concentra seus esforços
nas áreas onde você tem talento.)
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

39 . Eu sei em que áreas eu terei vantagem competitiva no futuro.


(Dica da Heidi: isso significa saber em que áreas você pode ser bem-
sucedido.)
a. concordo fortemente
b. concordo um pouco
c. neutro – não concordo nem discordo
d. discordo um pouco
e. discordo fortemente

40 . Estabeleço prioridades em minha vida, para que eu possa focar


no que eu faço de melhor.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

41 . Eu sempre digo delicadamente ou faço o que eu sei que é certo e


verdadeiro, independentemente de quais forem as consequências a
curto prazo para minha carreira.
a. concordo fortemente
b. concordo um pouco
c. neutro – não concordo nem discordo
d. discordo um pouco
e. discordo fortemente
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

42 . Minha autoconfiança está relacionada com a minha saúde, bem-


estar e capacidade para realizar atividades físicas.
a. concordo fortemente
b. concordo um pouco
c. neutro – não concordo nem discordo
d. discordo um pouco
e. discordo fortemente

43 . Eu mantenho um equilíbrio entre o meu bem-estar físico e as


demandas do meu trabalho.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

44 . Eu consigo criar uma imagem clara de mim mesmo, lidando bem


com uma situação trabalhosa ou desafiadora.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

45 . Quando sinto um bem-estar físico, fico mais relaxado e sou mais


eficaz em minhas interações com as outras pessoas.
a. concordo fortemente
b. concordo um pouco
c. neutro – não concordo nem discordo
d. discordo um pouco
e. discordo fortemente

46 . Eu respeito o meu corpo e percebo a sua relação com a minha


energia ou falta de energia.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

47 . Eu costumo nutrir o meu corpo com refeições saudáveis.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

48 . Eu procuro aprender com cada experiência que vivencio.


a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

49 . Eu aceito o mundo com ele é, em vez de pensar como eu gostaria


que ele fosse.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

50 . Quando eu enfrento um desafio ou uma situação difícil de uma


maneira positiva, eu cresço e me torno mais forte.
a. sempre b. geralmente c. às vezes d. raramente e. nunca

Instruções para calcular o resultado

Multiplique o total de respostas “a” por 4 _______


Multiplique o total de respostas “b” por 3 _______
Multiplique o total de respostas “c” por 2 _______
Multiplique o total de respostas “d” por 1 _______
Multiplique o total de respostas “e” por 0 _______
Some tudo _______

Se a sua pontuação foi:

180 – 200 pontos: Você faz parte dos top 10% que possuem nível
sólido e forte de autoconfiança. No entanto, juntamente com uma
forte consciência também vem a noção de que sempre há espaço para
melhorar a consistência e a intensidade da sua autoconfiança.

150 – 179 pontos: Você tem uma autoconfiança de moderada a


moderadamente forte, que provavelmente não é o suficiente para
você. Você é confiante o suficiente para saber que pode melhorar e
realizar seus objetivos. Trabalhar a sua autoestima pode mover você
para o topo da escala da autoconfiança.
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

100 – 149 pontos: O seu nível de autoconfiança está logo acima do


ponto mediano. Isso significa que a sua autoconfiança pode vacilar
algumas vezes e ser sólida em outros momentos. Ou seja, você pode
trabalhar a sua autoestima para torná-la mais sólida e ganhar controle
sobre a sua autoconfiança.

0 – 99 pontos: Você pontuou logo abaixo do ponto mediano, então há


motivos sim para ficar orgulhoso. Você precisa fortalecer a sua
autoconfiança para ser ainda mais bem-sucedido. Não se desespere, o
fato de que você fez este teste já mostra que você está disposto a se
ajudar.

Acompanhe o seu progresso na escala de


autoconfiança
Para visualizar o seu nível de autoconfiança, veja a escala logo a
seguir. Depois de calcular o resultado do teste, encontre o nível onde
se encaixa a sua pontuação. Marque este nível e verifique se a
descrição coincide com a maneira como você se sente.

A descrição geral deve se aproximar da realidade, mas é possível que


alguns pontos não sejam tão exatos. (Isto se deve ao fato de que pode
haver diferenças - de experiências, personalidade, crenças e
comportamento - entre pessoas com um mesmo nível de
autoconfiança).
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

A sua escala de autoconfiança

180 – 200 pontos: Supremamente confiante

Procura ativamente por e aproveita todos os tipos de eventos


sociais e profissionais.
Habilidades de comunicação altamente desenvolvidas.
É capaz de expressar seus princípios e pontos de vista, mesmo
diante de situações difíceis.
Habilidade excepcional para reconhecer oportunidades
profissionais e aproveita para ser bem pago pelo seu trabalho.
Nunca duvida de suas escolhas, sabe que é capaz de fazer a
escolha certa, ainda que seja uma decisão difícil.

150 – 179 pontos: Confiante na maioria das situações

Lida bem com a maioria dos eventos sociais e profissionais.


Habilidades de comunicação desenvolvidas.
Disposto a expressar seus princípios e pontos de vista.
Reconhece e aproveita a maioria das oportunidades profissionais.
Raramente duvida de si, o que lhe permite tomar decisões com
firmeza na maioria das vezes.

100 – 149 pontos: Às vezes confiante, às vezes não

Se sente confortável entre amigos e colegas e desconfortável


com estranhos.
Habilidades de comunicação médias.
Guarda seus princípios e pontos de vista para si, a não ser que
lhe perguntem. E se for esse o caso, irá defender o que acredita
que é certo.
Deixa passar muitas oportunidades de trabalho; enfatiza demais
os riscos envolvidos em tentar.
Como costuma duvidar de si de vez em quando, pode demorar
um pouco mais para tomar decisões.
Teste de autoconfiança do Brian
Tracy

50 – 99 pontos: Falta autoconfiança em 70% ou mais das situações

Evita conscientemente interações sociais e profissionais, a menos


que seja obrigado.
Habilidades de comunicação de média a abaixo da média.
Raramente expressa seus princípios e pontos de vista;
frequentemente muda de opinião para concordar com os outros.
Deixa passar muitas oportunidades de trabalho; enfatiza demais
os riscos envolvidos em tentar.
Por duvidar muito de suas escolhas, tomar decisões é algo
doloroso ou trabalhoso; frequentemente procrastina.

0 – 49 pontos: Falta de autoconfiança em quase todas as situações,


exceto nas que são muito familiares

Tímido em todos os eventos sociais e profissionais.


Timidez extrema envolve negligenciar ou subestimar suas
habilidades de comunicação.
Nunca arrisca nem tenta; só faz o que lhe parece seguro.
Extrema desconfiança em suas escolhas, que o deixa num estado
imóvel (não age nem toma decisões).

Em seguida, supondo que você não tenha marcado no nível de 180 a


200, veja o nível de autoconfiança logo acima do que você pontuou.
Leia a descrição deste nível. Este pode ser o tipo de pessoa que você
quer se tornar no futuro.

Refaça o teste quando você sentir que mudou de nível e acompanhe o


seu progresso.
Pilares da autoestima

Hábito 1: Autorresponsabilidade

Vamos ver agora um dos hábitos, discutidos por Nathaniel


Branden, fundamentais para uma autoestima saudável. Cada
pilar é um hábito, algo que você pratica para construir a sua
autoestima.

A autorresponsabilidade consiste na consciência de que


você é responsável por suas escolhas e ações. Isso significa
que você é responsável por:

sua felicidade
a maneira como você reage a problemas
realizar seus sonhos
melhorar como pessoa
seu bem-estar e saúde
a maneira como você se relaciona com as pessoas ao
seu redor

A autorresponsabilidade é essencial para construir a sua


autoestima. Ela é a afirmação primordial de que você é
capaz de lidar com os desafios da vida e que, por isso, você
vai saber sim que decisão tomar.

Por outro lado, ao passar o seu poder de escolha para outra


pessoa ou negar a sua responsabilidade sobre o que
acontece em sua vida, você pode acabar reforçando a
insegurança ou se habituar a culpar outras pessoas pelos
seus problemas.
Pilares da autoestima

Confira alguns esquemas mentais típicos usados para negar


a sua responsabilidade:

Mas eu nunca fiz isso sozinho, não vou conseguir!


O que vou fazer sem fulano? É ele quem resolve isso.
Melhor pedir para ela me acordar, se não vou me
atrasar amanhã.
Foi por causa dele que eu perdi a cabeça!
Ver aquela pessoa estragou o meu dia.

Ter responsabilidade por suas escolhas abrange níveis


profundos, como o você pensa e sente.

Por exemplo, suponha que alguém tenha te fechado no


trânsito. A pessoa que te fechou realmente agiu errado com
você. Na hora é muito difícil manter a calma e seria normal
sentir raiva momentaneamente.

Porém, passar o resto do dia de mau humor e sem paciência


já é escolha sua. Percebeu a diferença? Imprevistos ou
situações desagradáveis podem acontecer. Mas a maneira
como você leva o seu dia, sua semana, sua vida, é escolha
sua. Isso é autorresponsabilidade.
Pilares da autoestima

O Nathaniel Branden sugere um exercício bem simples para


começar a trabalhar a autorresponsabilidade. Basta você
completar diariamente frases como estas:

1. Se eu aceitar a responsabilidade pela minha existência, eu


irei …
2. Quando eu rejeito a responsabilidade pela minha própria
existência, eu …

Tente criar pelo menos 5 finais para cada frase. Exemplos de


finais:

1. Se eu aceitar a responsabilidade pela minha própria


existência, a minha saúde passará a ser uma das minhas
prioridades neste ano.

2. Quando eu rejeito a responsabilidade sobre a minha


própria existência, eu fico esperando a aprovação de
alguém pelo que fiz ou vou fazer, para ter certeza de que
estou fazendo a coisa certa.

Ao final da semana, use o modelo do Nathaniel para fazer


uma reflexão sobre o que você tem escrito:

Se alguma coisa que escrevi é verdade, me ajudaria se eu ...


Pilares da autoestima

Exemplo de reflexão:

Se alguma coisa que escrevi é verdade, me ajudaria se eu


continuasse a descartar todo e qualquer pensamento de
vítima. Não preciso da aprovação das outras pessoas, pois
tenho sensatez suficiente para fazer as coisas certas. Não
preciso que ninguém indique o caminho para mim.

Se alguma coisa que escrevi é verdade, me ajudaria se eu


fosse cada vez mais assertiva e tivesse convicção na minha
fala.

Vale muito a pena você tentar este exercício. Ele foi


desenvolvido pelo Nathaniel baseado nas terapias que ele
realizava com seus pacientes e que foi aprimorando ao
longo de vários anos. Eu mesma testei e realmente funciona.

No início vai ser um pouco difícil escrever se você não


costuma dedicar um tempo para perceber o que você
pensa, sente e faz, como era o meu caso. Eu basicamente
não tinha respostas, quando muito, conseguia completar
umas 3 frases.

Mas se mantenha firme e toda semana complete as frases e


a reflexão. Com o tempo, completar as frases será cada vez
mais natural. Além disso, você verá mais claramente como
pode exercer a sua autorresponsabilidade e, assim,
fortalecer a sua autoestima.
Pilares da autoestima

Hábito 2: Viver com objetivos

Este pilar é quase uma consequência de trabalhar a


autorresponsabilidade. Quando você assume a direção de
sua vida, objetivos começam a surgir.

Viver de acordo com seus objetivos fortalece a sua


autoconfiança, pois trabalhar por um sonho faz parte da
eficácia pessoal.

Não é o objetivo que valoriza quem você é. É o processo de


ir lá, tentar, de se dedicar a sua meta, que proporciona a
sensação de que você é competente. Afinal, você melhora
em alguma coisa à medida em que pratica.

E aí sim vem aquela confiança, de alguém que tentou,


acertou, errou, melhorou, enfim, que transformou, de alguma
maneira, seus pensamentos em realidade.

Além disso, ao se empenhar em uma meta, você precisará


usar o seu potencial, talvez aprender novas habilidades e
aprimorar as existentes. E esta é uma ótima oportunidade
para perceber seus pontos fortes e entender que você é
capaz.
Pilares da autoestima

Viver com propósitos também envolve inverter o lema


“Deixa a vida me levar”.

Uma pessoa confiante lidera sua própria vida e determina,


na medida do possível, o que acontece com ela. Isso
significa não contar com a sorte, não viver de esperanças
sem ação, significa se preparar, fazer planos e agir.

O Nathaniel também propõe um exercício para este pilar da


autoestima. Mesmo esquema do anterior, completar todos
os dias algumas frases. Vou deixar 3 delas para você:

1. Se eu trouxer 5% mais de motivação para minha vida …


2. Se eu trouxer 5% mais de motivação para o meu trabalho

3. Se eu trouxer 5% mais de motivação para meus
relacionamentos …

Exemplos de finais:

Se eu agir com 5% mais de motivação no meu trabalho, não


vou passar o dia ressentida, caso meu chefe discorde de
mim.

Se eu trouxer 5% mais de motivação para minhas relações


familiares, vou me policiar para não ficar estressada com
críticas.
Pilares da autoestima

Ao final da semana, faça a sua reflexão:

Se alguma coisa que escrevi é verdade, me ajudaria se eu ...

A dica para completar a reflexão é focar em ações. É claro


que você também pode escrever sobre emoções, coisas que
você entendeu e novas opiniões. Mas sempre inclua ações.
Afinal, a autoestima é construída a partir do que você vive e
para promover melhorias reais, é necessário agir.

Você chegou ao final do e-book!


Aqui você aprendeu o que é autoestima, tem na mão um
super teste de autoconfiança e ainda viu 2 dos 6 pilares da
autoestima.

Então fique de olho na sua caixa de entrada, pois irei te


avisar quando os outros 4 pilares da autoestima forem
publicados no blog. Um forte abraço e até a próxima!

Referências
Livro Os 6 pilares da autoestima – Nathaniel Branden

Teste de autoconfiança – Brian Tracy International -


https://www.briantracy.com/