Vous êtes sur la page 1sur 19

FÍSICA E MECÂNICA DOS SOLOS

(TEC-00216)
Ensaios em Laboratório

Prof. Manoel Isidro


Eng. Civil, MSc
1ª AULA - Introdução
AVALIAÇÕES

• CONTROLE DE PRESENÇA
• 1a AVALIAÇÃO: Ensaios de Caracterização.
• 2ª AVALIAÇÃO: Ensaios de Compactação,
Ensaio CBR e outros ensaios.
• Média da parte laboratório Mlab = (P1+P2)/2
Programação das aulas
PROGRAMAÇÃO DAS AULAS DE FÍSICA E MECÂNICA DOS SOLOS (16h às 18h) - Prof. Manoel Isidro 1/2015

nº data Conteúdo

1 09/mar Introdução, NBR5734 Peneiras para ensaios e NBR6502 Rochas e Solos

2 16/mar NBR6457 Preparação de amostras para ensaios

3 23/mar NBR6508 Determinação da massa específica dos grãos

4 30/mar NBR7181 Análise granulométrica - procedimentos do ensaio com sedimentação

5 06/abr NBR7181 Análise granulométrica - cálculos e apresentação gráfica do resultado

6 13/abr Determinação do limite de Plasticidade (NBR7180)

7 20/abr RECESSO

8 27/abr Determinação do limite de Liquidez (NBR6459)

9 04/mai 1ª Prova

10 11/mai NBR9813 e NBR7185 Determinação da massa específica aparente

11 18/mai NBR7182 Ensaio de compactação

12 25/mai NBR7182 Ensaio de compactação

13 01/jun NBR9895 Índice de suporte califórnia

14 08/jun Ensaios de permeabilidade de carga constante

15 15/jun Ensaios de permeabilidade de carga variável

16 22/jun Ensaios de adensamento e de resistência

17 29/jun 2ª Prova

18 06/jul Reposição

19 13/jul Verificação Suplementar


Acesso ao conteúdo
• clicar no link:
• https://sites.google.com/site/fisicaemecanicadossolos/
• Para ter acesso às planilhas e normas.
• Monitor: Rafael nobrega.rodrigues@gmail.com

• Prof. Manoel:
• E-mail: manoel.isidro@ibest.com.br
• Cel: 9-9864-4335
MECÂNICA DOS SOLOS

Mecânica dos sistemas constituídos por


uma fase sólida granular e uma fase fluida.

Alguns conceitos da mecânica do contínuo


são adaptados ao meio particulado.

OBJETIVO: Entender o comportamento


físico dos solos e suas propriedades
mecânicas
Grãos e Partículas dos Solos

O solo é um sistema multifásico constituído de:


Fase sólida – minerais particulados
Fase líquida – fluido, geralmente água
Fase gasosa – fluido, geralmente ar ou vapores
Fase dissolvida – substâncias, geralmente sais ou
bases
Fase orgânica – particulados ou dissolvidos,
geralmente de origem vegetal ou animal
SOLO – Ensaios em Laboratório
Ensaios com base nas normas ABNT:
NBR 6502 Rochas e Solos
NBR 5734 Peneiras para Ensaio
NBR 6457 Preparação de Amostras
NBR 6508 Massa Específica dos Grãos
NBR 7181 Análise Granulométrica
NBR 6459 Limite de Liquidez
NBR 7180 Limite de Plasticidade
NBR 7185 e NBR 9813 Massa Específica Aparente
NBR 7180 Ensaio de Compactação
NBR 9895 Índice de Suporte Califórnia
NBR 6502 Rochas e Solos
Bloco de rocha – f > 1m
Matacão – 20cm < f < 1m
Pedra de mão – 6cm < f < 20cm
Pedregulho – 2mm < f < 6cm
grosso – 20mm < f < 60mm
médio – 6mm < f < 20mm
fino – 2mm < f < 6mm
Areia – 0,06mm < f < 2mm
grossa – 0,6mm < f < 2mm
média – 0,2mm < f < 0,6mm
fina – 0,06mm < f < 0,2mm
Silte – 0,002mm < f < 0,06mm
Argila – f < 2mm
Blocos de Rocha, Matacães e Pedras
Pedregulhos
Areias
NBR 5734 Peneiras para Ensaio
NBR 5734 Peneiras para Ensaio

Designação ABNT em mm (abertura nominal) e


designação em polegadas (”):
a) 76 mm = 3”
b) 50 mm = 2”
c) 38 mm = 1 ½”
d) 25 mm = 1”
e) 19 mm = ¾”
f) 9,5 mm = ⅜”
g) 4,8 mm = #4
h) 2,0 mm = #10
NBR 5734 Peneiras para Ensaio
Designação ABNT em mm (abertura nominal) e
designação ABNT alternativa (nº):
a) 4,8 mm = nº 4
b) 2,4 mm = nº 8
c) 2,0 mm = nº 10
d) 1,2 mm = nº 16
e) 0,6 mm = nº 30
f) 0,42 mm = nº 40
g) 0,3 mm = nº 50
h) 0,25 mm = nº 60
i) 0,15 mm = nº 100
j) 0,075 mm = nº 200
NBR 5734 Peneiras para Ensaio
As peneiras mais usuais são:
a) Série para Análise Granulométrica (76; 50;
38; 25; 19; 9,5; 4,8; 2; 1,2; 0,6; 0,42; 0,25;
0,15; e 0,075mm).
b) Limites de Atterberg (0,42mm).
c) Ensaio de Compactação (19 e 4,8mm).
d) Determinação do Teor de Umidade (76mm).
e) Massa Específica (4,8 e 2mm).
NBR 6457 Preparação para Ensaios de
Compactação e de Caracterização
Ensaios de Caracterização:
a) Análise Granulométrica.
b) Limites de Atterberg.
c) Determinação do Teor de Umidade.
d) Massa Específica.

No mínimo 1 kg de solo, dependendo da


dimensão dos grãos maiores da amostra.
NBR 6457 Preparação para Ensaios de
Compactação e de Caracterização

Quantidade da amostra
Granulometria: 1 kg no mínimo
Umidade: 100 g em 3 determinações.
Limites: 200 g
Massa Específica: 500 g
Compactação: 5 a 25 kg