Vous êtes sur la page 1sur 11
oe DAVE 2% vm Exame Final Nacional de Fisica e Quimica A Prova 715 | Epoca Especial | Ensino Secundério | 2019 11." Ano de Escolaridade DectLein” 180012, Seo | Deco n° #52018, 88 eb DDuragdo da Prova: 120 minutos. | Tolerancia: 30 minutos. 13 Péginas Para cada respost,ieniiqueo grupo e tem, \vze apenas caeta ou estergrfica de tina azul ou pot, Nao ¢ peritid o uso de coetor Risque aqui que pretende que ndo sea classiicad, permit 0 uso de requ, esquadro,anstridre calcladera gréica|m moso de exam. ‘Apresene apenas uma resposta para cada tom. [As cots dos itns enconram se no fil do enuncide da prove, ‘A prova incl uma tabele de constantes, um formula e uma tabla persica, Nas resposis aes tens de escrina moti. slacione a opto cometa. Escreva, na flna de rspostas, © ‘7p, © numare do item alata que dentca a ope eecohida size os valores namics fomecides ro enunciado dos tens. Prove THE, Espace agin 113 GRUPOT 4. AFigura 1 representa um gerador de sinais igado a um atfatante e un microfone ligado a um osciloscépio. (0 gerador de sinais produz um sinal ettrico que é convertdo num sinal sonoro pelo altfalante. Este ‘inal sonoto ¢ detetado pelo microfone, que o converte num sinal erica que ¢ visualizado no ecra do osciloscépio. Figuat ‘A Figura 2 representa 0 sinaleltico vsualizado no ecr8 do osclosotpio, quando a base de tempo {do osciloscdpi ests regulada para 250 us por dvisdo e o ampiicador vertical esta regulado para S mV por divis8o, Figua2 Prova 71S. Especial: Pagina 413, 414. O sinal visvaizado no ecr8 do oscloscopio tem um periodo de ‘eum amplitude de (A) LLms.. mV (8) 45ms.4mv (©) Lms..28mv (0) 4,5 ms... 28mV 0 shal sono produit pel aifalante eo sal sono dettad peo mcrofoe terdorequéncias intenssades| (A) diferentes. guass (8) ators. diterentes (C) tua. guais (0) igais..ferentes 2. A Figura 3 representa um microfone de indugde. Este microfone € consttuido, essencialmente, por uma membrana e por uma bobina lade ene, nda por um ran fo coca ra prom da sera vebra tee Expiue coe ¢ eeu sa sno care ru sal elétco, oo nese po dereroones ‘Apresente, rum texto estrturado e com inguagem centiica adequada, a explicarto solctada Fea Prova 71S. Especial» Pgina 5/13 GRUPO ‘A Figura 4 apresenta as curvas caracterstcas, a 25 °C, de um painel fotowoltaco, para trés iradiéncias diferentes. Estas curvasrepresentam a corente etic, /, forecida pelo painel, em funglo da ciferenga de potencal elétrco, U nos seus terminals. 41. Qual 6 0 esboro do gréfco que pode representar, para uma mesma iadiancia, a poténcia elética, P, fomecida pelo painel, em funcéo da dferenca de potencial elec, U, nos seus termineis? “ 2. Acorrente elética fomecida por um painel otovoltico para uma resistencia exterior nuladesigna-se por corrente de curto-creuito CConctua, com base no gréfice da Figura 4, se a corente de curto-crcuito& (ou no) retamente proporconal a imadianca, [Mosize como chegou & concluséo solctada, Prova 71S, Especial» Pagina 613 GRUPO IIL 1. Na Figura 5 (que ndo se encontra & escala), esta epresentado um carinho de brincar, de massa m., que € largado da posigao A, sobre um plano incinado, O carrinho desce esse plano, passa nas posigtes B e C e invert o sentido do movimento na posigdo D. Figures ‘Admita que aintensidade da resultant das forcas dissipativa que atuam no carrnho se mantém constante nos percursos entre as poses Ae B e entre as posigdes Ce D. Enire as poses B C, as forgas dissipativas que atuam no carrinho so desprezéveis. ‘Considere que o carinho pode ser representado pelo seu centro de massa (modelo da particula material) 1.4, Desde a posigdo A até & posigdo D, a diminuigdo da energia potencial graviica do sistema carrinho + Tera € igual a ‘Sendo o trabalho realizado pela forga gravitica que atua ro carrnho igual a (8) Fgh. gh (8) 5 megh.. 3 mgh Liagable rach. 2 (C) 2 gh. 4 mgh (0) 2 mgh...2 meh 1.2. Qual é o esbogo do grifico que pode representar 0 médulo da velocidad, do tempo, 1, ene 2s posigbes Ae D? 4 carn em fungdo “ 7 t q t © ) 0 7 ° P Prova 71S Especial « Pagina 7/13 4.3. Compare a soma dos rabalhosrealzados pels foras que atuam no carn ene as posigtes Ae B ‘oma soma dos trabahos reaizados peas frgas que aluam no cain ene a poids Ce D. 414. Considere o movimento do carinho na descida do plano incinado a parti da posigao A. Se a altura ‘for 40 em, 0 carrinho atingia a posigao B com velocidad de médulo 2,0 ms! Considere um referencial Or coincdente com atraetria do carrnho, com origemna posigo Ae com ‘© sentido do movimento, Determine a componente escolar da aceleragao a, do can, segundo oxo Or, no seu movimento centre as posigdes Ae B Utiize as equagées do movimento x(t) v(). ‘Apresente todas as etapas de resolugdo, explctando todos os céleuos efetuados. 2. Gale idealizou uma experitncia na qual uma esfera,largada sempre de uma mesma altura ht sobre um plano incinado, subira, na auséncia de forgas de ato, um segundo plano inclinado ate altura da qual tina sido largada, qualquer que fosse a inlinagéo 0 do segunco plano, Esta situagdo est representada na Figura 6, Fue CConsidere que aestera pode ser representada pelo seu certo de massa (modelo da particula materia) 2.4. Na subida do segundo piano, desde a posiodo P até @ posicdo de altura h, (A) 2 resultante das forgas que atuam na esferando depende de 0. (B) 2 soma dos trabalhos reazados pelasforgas que atuam na esfera depende de 0. (C) c trabalho realizado peta forga gravica que atua na esfera ndo depende de 0. (0) a intensidade daforca gravitica que atua na estera depende de 0 2.2. Que ipo de movimento teria a esfera a part da posigfo P se a amplitude do anguo 8 fosse 0°? Prova TIS. Especial» Pagina 8/13, GRUPOIV 4. 08 dos isotopos mais abundantes do enxatte, S,s8o 0 enxotre-32 « o enxofre-34 Os atomos destes isttopos tém (A) numero atomic dierent {B) ndmero de eletbes dterent, (C) omesmo ndmero de neues. (©) omesmo nimero de protbes. 2. Apartida confiquracto eletronic do tomo de enxore S, incique quantas energias de remo eletronica _apresentarao dtomo de enxotre no estado fundamental ‘Most como chegou ao valor solcitado. 3. No estado gasoso, a maior energia de remocSo eletrinica do enxotre #239 MJ mol!,€ @ menor energia de remogio eletrénica do enxore 1,0 MI mot ‘Acnergia de inizagto do enxotre & (A) 0X Smo (B) 2.39 108 mol (©) 1.0% 10S mot! (0) 2,39 10-4 J mol! 4. O-enxofre, , pode exisirem pequenas quantidades no ago, ‘Numa andlise de controlo de qualidade, converteu-se todo 0 entte existente numa amostra de 360, de massa 8,30 g, em ddxido de enxofte, SO>() ‘Adiita que todo o didi de enxote formado reagiu com uma solugo de perbxido de hidrogéni,H;0> (aq), 2 qual se tina adcionado uma solucéo de hidréxido de sécio, NaOH (aq).A reago que ocorre pode ser traduzida por $02(2)-+ H:03(aq) +2 0H-(aq) —> SOF (aq) +2 H,0(1) 4.1. Nesta reapio, 0 nimero de oxidago do enxotre sendo 0 SOs a espécie que se (A) aumenta.. oxida (8) aumenta. eduz (C) dimiui... oxida (©) diminui.. edz Prova T1SE. Especial Pagina 9/13 42. Considere que solo de pertxidodehirogénio se tin cisonado2000x 10d de NaOH (a), de concenrago $00 10"mol dan ‘Apes todo 0 SO>(g) ter reagido, veriicou-se que a quantidade de OH(aq) na solugdo era 7,065 x 10-4 mol. Determine a percentagem, em massa, de enxofe, S (M: Apresente tod 06 g mol"), na amostra de ago, tapas de resolugSo, explitando todos os célculos efetuados. ‘5. No ambito de um estudo sobre poluiedo recolneu-se, numa zona da tropostera, uma amostra de ar Veriicou-se que, por cada ,0%10!? moléculasexistentes na amostra, 4,0 x 10? moléculas eram de SO> (M=64,06 g mol), Determine a concentragdo em massa (em g dm’) de SO, na amostra, nas condigées normais de presséo € de temperatura (PTN), ‘Apresente todas as etapas de resolucso, plictando todos os calculos fetuados. GRUPOV 41. A agua, HO, € um liquido & pressdo de | atm e a 25 °C. Nas mesmas condigbes de pressio © de temperatura, o sulureto de hidrogénio, H;S, é um gs. 4.4, As moléulas de 10 @ de HS ___ 0 mesmo nimer de eles de valencia barts, amesma geometia (A) ndotém...apesentando (B) tem. no apresentando (C) ndo tm... no apresertando (0) tom... apeserando 412. As tgagtes que se estabelecem ent moléeuas de H:S resulam predominantemente de sendo mais ____ do que as igagbes que seestabelocem entre moléculas ei, (A) forgas de van der Weal. fortes (6) frgas do van der Weal. fracas (C) ligagbes de hidrogenio ... fortes (0) ligagbes de hidrogénio ... fracas Prova 715. Especial «Pagina 10/13 2. Em qual das seguintes reaptes a agua se comporta como um aeido de Bronsted-Lowry? (A) HS"(0q)+ OH" (aq) == S*(aq) + H,0(1) (8) HS-(aq)+HO(1) = S*(eq)+ 0g) (©) HS(aq)+H:0(1) == HS-(aq) +H,0"(aq) (©) S*(aq)*2Hj0%(ag) == H:S(eq) +2 H:0(1) ‘3. Adureza¢ um parémetro que condiona a uitzarao de uma Squa e que est reacionado com a concentra de determinados ides, etre os quais0i80 Ca" aq) ‘Aadigao de uma solucdo aquosa de sulfato de sbdlo, Na,S0, (aq), @ uma agua contendo ides Ca"*(aq) no alterasignifcativamente a dureza dessa égua. No entanto, nas mesmas condigées de temperatura, « adiglo de uma solugdo aquosa de carbonato de sédio, NayCOs (aq), & mesma gua provoca uma